Você está na página 1de 88

pcimarkpci MjgwNDowN2Y3OmE1OGU6OTBkZTpmNTExOmFiZWE6NTMxYjo3MDJj:RnJpLCAwMSBEZWMgMjAxNyAyMToyMTozMCAtMDIwMA==

CONCURSO P⁄BLICO 03/2017 1 A CEMIG, atravÈs da

CONCURSO P⁄BLICO 03/2017

1

A CEMIG, atravÈs da SuperintendÍncia de RelaÁıes e Recursos Humanosñ RH, no uso das suas

atribuiÁıes, torna p˙blica a realizaÁ„o de Concurso P˙blico para provimento de vagas e a formaÁ„o de

cadastro de reserva para as funÁıes constantes no Anexo B para contrataÁ„o pela Empresa, sob regime

da CLT, mediante as condiÁıes estabelecidas neste Edital.

1- Das disposiÁıes preliminares

1.1- O Concurso P˙blico ser· regido por este Edital, seus anexos, eventuais retificaÁıes, caso existam,

e realizado sob a responsabilidade, execuÁ„o e operacionalizaÁ„o da FundaÁ„o Mariana Resende

Costa ñ FUMARC, endereÁo eletrÙnico <www.fumarc.com.br>, com apoio da Companhia EnergÈtica

de Minas Gerais ñ CEMIG.

1.2- A participaÁ„o do candidato implicar· na aceitaÁ„o das normas e condiÁıes para este Concurso P˙blico, constantes do presente Edital e dos comunicados e retificaÁıes a ele referentes.

1.3- … de inteira responsabilidade do candidato acompanhar a publicaÁ„o e a divulgaÁ„o de todos os atos, editais, retificaÁıes e comunicados referentes a este Concurso P˙blico, que ser„o divulgados na Intranet da CEMIG, nos endereÁos eletrÙnicos da CEMIG <www.cemig.com.br/pt- br/Recursos_Humanos/Carreiras> e FUMARC <www.fumarc.com.br> e publicados no ”rg„o Oficial dos Poderes do Estado de Minas Gerais e em jornal de grande circulaÁ„o.

1.4- Para efeito de contagem de prazo para interposiÁ„o de recursos, dever„o ser consideradas as datas de publicaÁ„o dos atos no jornal Oficial de Minas Gerais.

1.5- O Concurso P˙blico ser· compreendido de provas objetivas de conhecimentos, de car·ter

classificatÛrio e eliminatÛrio, de responsabilidade da FUMARC e a realizaÁ„o de avaliaÁ„o prÈ- admissional de sa˙de, de car·ter eliminatÛrio, obedecendo ao disposto na NR-07, do MinistÈrio do Trabalho e Emprego, de responsabilidade da CEMIG. A avaliaÁ„o prÈ-admissional de sa˙de compreender· exames de acordo com a funÁ„o a ser exercida para todos os candidatos aprovados

e classificados, dentro do n˙mero de vagas oferecidas.

1.6- O candidato aprovado ser· convocado obedecendo, rigorosamente, ‡ ordem de classificaÁ„o, por meio de telegrama, com aviso de recebimento, para comprovar os requisitos exigidos da funÁ„o, de acordo com a necessidade e conveniÍncia da CEMIG e critÈrios estabelecidos neste Edital, e dentro do prazo de validade do concurso, que È de 24 (vinte e quatro) meses, contados a partir da data da homologaÁ„o do resultado, podendo ser prorrogado por igual perÌodo.

1.6.1- A convocaÁ„o poder·, a exclusivo critÈrio da CEMIG, ser enviada tambÈm para o e-mail do candidato, de forma complementar ao telegrama, para aqueles candidatos que fornecerem o e-mai em seu cadastro.

1.6.2- Para todos os efeitos, ser· considerada a convocaÁ„o formalizada por meio do telegrama, com aviso de recebimento.

1.7- Por ocasi„o da sua admiss„o, o candidato poder·, por definiÁ„o da CEMIG, ser contratado por qualquer de suas subsidi·rias integrais.

2- Das funÁıes

2.1- As funÁıes que s„o objetos desse Concurso P˙blico, o cÛdigo das funÁıes, os requisitos, os sal·rios, os sum·rios, o n˙mero de vagas, bem como a regi„o de trabalho constam dos Anexos B,

C e D do presente Edital.

www.pciconcursos.com.br

pcimarkpci MjgwNDowN2Y3OmE1OGU6OTBkZTpmNTExOmFiZWE6NTMxYjo3MDJj:RnJpLCAwMSBEZWMgMjAxNyAyMToyMTozMCAtMDIwMA==

3- Do regime e das condiÁıes de trabalho

2

3.1- O regime jurÌdico para a contrataÁ„o È o da ConsolidaÁ„o das Leis do Trabalho ñ CLT.

3.2- A jornada de trabalho È de 40 (quarenta) horas semanais, mantido o s·bado como dia ˙til remunerado para todos os efeitos, sendo algumas funÁıes sujeitas ao regime de escala de revezamento, exceto para a funÁ„o de Assistente Social JR, cÛdigo da funÁ„o 211 que ser· de 30 horas semanais, em cumprimento ‡ Lei 12.317, de 26/08/2010.

3.3- O local de trabalho ser· de acordo com a opÁ„o do candidato feita no ato da inscriÁ„o. No entanto, na forma do par·grafo 1 , do Artigo 469, da ConsolidaÁ„o das Leis do Trabalho - CLT, a critÈrio exclusivo da Empresa poder· o empregado ser transferido do seu local de trabalho para atender real necessidade de serviÁo, sem obrigatoriedade de modificaÁ„o salarial, de qualquer natureza.

3.4- Aos profissionais universit·rios das escolas de Engenharia, de QuÌmica, de Arquitetura, de Agronomia e de Geologia ser· assegurada na admiss„o a remuneraÁ„o inicial de 8,5 (oito e meio) sal·rios mÌnimos, em cumprimento ‡ Lei n 4950-A, de 22/04/1966.

3.5- Aos candidatos que concorrerem ‡ funÁ„o de Advogado, cÛdigo 171, ser· devido alÈm da remuneraÁ„o prevista no Anexo B deste edital, honor·rios advocatÌcios de sucumbÍncia vari·veis na forma da legislaÁ„o em vigor e normas internas da Empresa.

3.6- Os benefÌcios concedidos s„o aqueles aprovados pela Diretoria Executiva da Companhia e podem sofrer alteraÁ„o a qualquer momento mediante normas da Companhia ou Acordo Coletivo de Trabalho. Os benefÌcios atuais s„o:

a) Plano de sa˙de e plano odontolÛgico, em regime de coparticipaÁ„o, nos temos da legislaÁ„o pertinente e no acordo coletivo vigente;

b) PrevidÍncia privada, em regime de coparticipaÁ„o, nos temos da legislaÁ„o pertinente e no acordo coletivo vigente;

c) Seguro de vida em grupo, em regime de coparticipaÁ„o, nos temos da legislaÁ„o pertinente e no acordo coletivo vigente;

d) Vale-alimentaÁ„o ou Vale-refeiÁ„o, em regime de coparticipaÁ„o, nos termos da legislaÁ„o pertinente e no acordo coletivo vigente.

4- Das condiÁıes para admiss„o

4.1- Ter idade mÌnima de 18 (dezoito) anos comprovados atÈ a data da admiss„o; os candidatos do sexo masculino dever„o apresentar certificado de reservista ou de dispensa de incorporaÁ„o.

4.2- Encontrar-se no pleno exercÌcio dos direitos civis e polÌticos.

4.3- Estar em dia com as obrigaÁıes eleitorais.

4.4- Ser brasileiro nato ou naturalizado e, em caso de nacionalidade portuguesa, estar amparado pela reciprocidade de direitos advinda da legislaÁ„o especÌfica.

4.5- Possuir os requisitos exigidos para a funÁ„o pretendida de acordo com o disposto no Anexo B deste Edital. Os documentos comprobatÛrios de escolaridade ñ diplomas registrados ou certificados acompanhados de histÛrico escolar ñ devem referir-se a cursos devidamente reconhecidos pelo MinistÈrio da EducaÁ„o e Cultura ñ MEC, Conselho Nacional de EducaÁ„o ñ CNE ou Secretaria Estadual de EducaÁ„o ñ SEE.

4.5.1- Os cursos de especializaÁ„o exigidos no Anexo B, para os cargos universit·rios dever„o ser no mÌnimo Lato Sensu com carga hor·ria, mÌnima, de 360 (trezentos e sessenta) horas.

4.6- Ter sido aprovado no Concurso e ter sido considerado apto nos exames admissionais realizados por profissionais da Companhia EnergÈtica de Minas Gerais - CEMIG ou por ela indicados.

4.6.1- Ser„o eliminados, de imediato, os candidatos convocados para avaliaÁ„o mÈdica para as funÁıes de TÈcnico de OperaÁ„o de Subest„Áıes, TÈcnico de Sistema ElÈtrico Campo, TÈcnico Mantenedor EletroeletrÙnico da GeraÁ„o, TÈcnico Mantenedor Mec‚nico da GeraÁ„o, TÈcnico de Sistemas Eletromec‚nicos e TÈcnico de TelecomunicaÁıes, que na data de realizaÁ„o da avaliaÁ„o apresentarem:

Deficiente forÁa fÌsica ‡ dinamometria feita no local do exame ou em clÌnica indicada pela CEMIG, caracterizada por:

www.pciconcursos.com.br

pcimarkpci MjgwNDowN2Y3OmE1OGU6OTBkZTpmNTExOmFiZWE6NTMxYjo3MDJj:RnJpLCAwMSBEZWMgMjAxNyAyMToyMTozMCAtMDIwMA==

3

a) forÁa manual: m„o dominante menor que 41 kgf

m„o n„o dominante menor que 35 kgf

b) forÁa escapular: menor que 30 kgf

c) forÁa lombar: menor que 110 kgf

Õndice de Massa Corporal inadequado para a funÁ„o a ser exercida, calculado da seguinte forma: IMC = p/a , onde ìpî corresponde ao peso do candidato e ìaî corresponde ‡ sua altura. O IMC do candidato ser· calculado de acordo com as mediÁıes realizadas no local da avaliaÁ„o mÈdica e resultados acima de 29,99 ser„o considerados inadequados para a funÁ„o a ser exercida.

Peso corporal maior que 110 kg.

4.6.1.1- Os limites estabelecidos para a forÁa manual, escapular, lombar e o IMC atendem aos critÈrios estabelecidos no Programa de Controle MÈdico e Sa˙de Ocupacional ñ PCMSO da Empresa, que È executado conforme as exigÍncias constantes nas Normas Regulamentadoras do MinistÈrio do Trabalho e Emprego.

4.6.1.2- O limite de peso corporal estabelecido no subitem 4.6.1 est· relacionado ‡ carga m·xima operacional dos equipamentos de uso nas atividades que ser„o desenvolvidas.

4.7- O candidato aprovado que, na data de admiss„o, n„o reunir ou n„o comprovar os requisitos relacionados nos subitens acima, perder· o direito ‡ investidura no cargo.

4.8- Em caso de inaptid„o, a Cemig disponibilizar· consulta devolutiva, na qual ser· entregue, pessoalmente, a motivaÁ„o da inaptid„o, documentada. Ser· enviado ao candidato telegrama informando o perÌodo para agendamento prÈvio e realizaÁ„o da consulta devolutiva.

4.9- N„o receber proventos ou remuneraÁ„o de cargo, emprego ou funÁ„o p˙blica, ressalvados os cargos acumul·veis previstos na ConstituiÁ„o Federal.

4.10- Cumprir as determinaÁıes deste Edital.

5- Das InscriÁıes

5.1- As inscriÁıes ser„o efetuadas exclusivamente nas formas descritas neste Edital.

5.1.1- Antes de efetuar a inscriÁ„o e/ou o pagamento da taxa de inscriÁ„o, o candidato dever· tomar conhecimento do disposto neste Edital e em seus Anexos e certificar-se de que preenche todos os requisitos exigidos.

5.1.2- A inscriÁ„o do candidato implicar· o conhecimento e a t·cita aceitaÁ„o das normas e condiÁıes estabelecidas neste Edital, bem como em eventuais aditamentos ou erratas, comunicaÁıes, instruÁıes e convocaÁıes relativas ao certame, que passar„o a integrar o instrumento convocatÛrio como se nele estivessem transcritos e acerca dos quais n„o poder· o candidato alegar desconhecimento.

5.1.3- O candidato dever· possuir, obrigatoriamente, Cadastro de Pessoa FÌsica ñ CPF e documento de identidade, com n˙mero de registro geral, emitido por Ûrg„o do Estado de origem, cujos n˙meros dever„o ser informados em campos prÛprios constantes do Requerimento EletrÙnico de InscriÁ„o ou IsenÁ„o. Caso n„o seja o primeiro emprego, o candidato ainda dever· informar o n˙mero do PIS ou PASEP.

5.1.4- N„o haver·, sob qualquer pretexto, inscriÁ„o provisÛria, condicional ou extempor‚nea.

5.1.5- N„o ser· admitida, sob qualquer pretexto, inscriÁ„o feita por fax, via postal, correio eletrÙnico ou outro meio que n„o os estabelecidos neste Edital e seus anexos.

5.1.6- A isenÁ„o, a inscriÁ„o e o valor pago referente ‡ taxa de inscriÁ„o s„o pessoais e intransferÌveis.

5.1.7- O pagamento da taxa de inscriÁ„o, por si sÛ, n„o confere ao candidato o direito de submeter-se ‡s etapas deste Concurso P˙blico.

5.1.8- O candidato poder· concorrer para uma ˙nica funÁ„o/regi„o de trabalho respeitando-se as exigÍncias referentes aos requisitos mÌnimos de escolaridade, conforme discriminados no Anexo B deste Edital.

www.pciconcursos.com.br

pcimarkpci MjgwNDowN2Y3OmE1OGU6OTBkZTpmNTExOmFiZWE6NTMxYjo3MDJj:RnJpLCAwMSBEZWMgMjAxNyAyMToyMTozMCAtMDIwMA==

5.1.9-

ApÛs confirmados e transmitidos os dados cadastrados

4

pelo candidato no Requerimento

EletrÙnico de InscriÁ„o ou na Ficha EletrÙnica de IsenÁ„o, n„o ser„o aceitos:

a) TransferÍncias de inscriÁıes ou da isenÁ„o da taxa de inscriÁ„o entre pessoas;

b) TransferÍncia de pagamentos entre pessoas;

c) AlteraÁ„o da inscriÁ„o do concorrente na condiÁ„o de candidato da ampla concorrÍncia para a condiÁ„o de pessoa com deficiÍncia.

d) AlteraÁ„o na funÁ„o, na regi„o de trabalho e na cidade de prova indicados pelo candidato no Requerimento EletrÙnico de InscriÁ„o ou na Ficha EletrÙnica de IsenÁ„o;

5.1.10- Confirmados os dados, o candidato receber· por meio do e-mail cadastrado no ato da inscriÁ„o ou isenÁ„o, o ìN˙mero de Controleî, com o qual poder· acessar e acompanhar informaÁıes do seu cadastro, tais como, consultar dados, gerar boleto, gerar 2™ via do boleto, verificar se o pagamento da taxa de inscriÁ„o est· confirmado ou se seu pedido de isenÁ„o foi deferido ou indeferido, e ainda consultar e imprimir o Cart„o de InformaÁ„o (CDI) com a data, o hor·rio e o local de prova, etc.

5.1.11- Ao imprimir o Cart„o de InformaÁ„o ñ CDI, o candidato receber· o ìn˙mero definitivo de inscriÁ„oî, que juntamente com o n do CPF, dar· acesso, via internet, aos resultados deste Concurso P˙blico.

5.1.12- A n„o comprovaÁ„o do pagamento da taxa de inscriÁ„o ou o pagamento efetuado em quantia inferior determinar· o cancelamento autom·tico do Requerimento EletrÙnico de InscriÁ„o.

5.1.13- As informaÁıes constantes no Requerimento EletrÙnico de InscriÁ„o ou no Requerimento de IsenÁ„o de Taxa s„o de inteira responsabilidade do candidato, eximindo-se a CEMIG e a FUMARC de quaisquer atos ou fatos decorrentes de informaÁıes incorretas, endereÁo inexato ou incompleto.

5.1.14- As declaraÁıes falsas ou inexatas dos dados constantes no Requerimento EletrÙnico de InscriÁ„o ou no Requerimento de IsenÁ„o de Taxa ou falsidade de qualquer declaraÁ„o, que comprometam a lisura do certame, determinar„o o cancelamento da inscriÁ„o e a anulaÁ„o de todos os atos dela decorrentes, em qualquer Època, sem prejuÌzo das sanÁıes penais, sendo garantido ao candidato o direito ‡ ampla defesa.

5.1.15- A CEMIG e a FUMARC n„o se responsabilizam por inscriÁıes n„o recebidas por falhas de comunicaÁ„o; eventuais equÌvocos provocados por operadores das instituiÁıes banc·rias, assim como no processamento do boleto banc·rio; congestionamento das linhas de comunicaÁ„o; falhas de impress„o; problemas de ordem tÈcnica nos computadores utilizados pelos candidatos, bem como por outros fatores alheios que impossibilitem a transferÍncia dos dados e impress„o do boleto banc·rio ou da 2™ (segunda) via do boleto banc·rio, ressalvado, para tanto, quando a responsabilidade for atribuÌvel exclusivamente aos organizadores do concurso

5.1.16- Com exceÁ„o dos documentos constantes no item 6 de que trata o Pedido de IsenÁ„o da Taxa, n„o se exigir· do candidato cÛpia de nenhum documento, no ato do preenchimento do Requerimento EletrÙnico de InscriÁ„o ou do Requerimento de IsenÁ„o de Taxa, sendo de sua exclusiva responsabilidade a veracidade dos dados informados.

5.2- Procedimentos para inscriÁ„o e formas de pagamento:

5.2.1- O valor correspondente ‡ Taxa de InscriÁ„o È de:

CÛdigo da FunÁ„o:

Valor da Taxa de InscriÁ„o:

011 e 021

R$50,00

Valor da Taxa de InscriÁ„o: 011 e 021 R$50,00 036 a 161 R$60,00 171 a 211
Valor da Taxa de InscriÁ„o: 011 e 021 R$50,00 036 a 161 R$60,00 171 a 211

036

a 161

R$60,00

171

a 211

R$85,00

221

a 291

R$130,00

5.2.2- As inscriÁıes dever„o ser efetuadas via internet, das 09h00min do dia 05 de fevereiro de 2018 ‡s 23h59min do dia 12 de marÁo de 2018, atravÈs do endereÁo eletrÙnico da FUMARC <www.fumarc.com.br>, Concurso P˙blico CEMIG 03/2017, clicar em ìFaÁa sua InscriÁ„oî, conforme os procedimentos estabelecidos a seguir:

a) Ler atentamente o Edital e seus anexos, disponÌveis no endereÁo eletrÙnico da FUMARC <www.fumarc.com.br>;

www.pciconcursos.com.br

pcimarkpci MjgwNDowN2Y3OmE1OGU6OTBkZTpmNTExOmFiZWE6NTMxYjo3MDJj:RnJpLCAwMSBEZWMgMjAxNyAyMToyMTozMCAtMDIwMA==

5

b) Preencher o Requerimento EletrÙnico de InscriÁ„o, indicando o cÛdigo da funÁ„o, a funÁ„o e a regi„o de trabalho para o qual concorrer· de acordo com o Anexo B deste Edital, bem como a cidade de prova;

c) Confirmar os dados cadastrados e transmiti-los pela internet;

d) Gerar e imprimir o boleto banc·rio, que estar· disponÌvel para impress„o somente no perÌodo de inscriÁ„o;

e) Efetuar o pagamento da import‚ncia referente ‡ inscriÁ„o expressa no item 5.2.1 atÈ o dia 13 de marÁo de 2018.

5.2.2.1- Para os candidatos que n„o dispuserem de acesso ‡ internet, nos perÌodos a que se referem os itens 5.2.2, 6.23, 8.2 e item 11 e seus subitens, a FUMARC disponibilizar· no endereÁo: Avenida Francisco Sales, 540 ñ Floresta ñ BH/MG, nos dias ˙teis, das 9h00min ‡s 12h00min e das 13h30min ‡s 17h00min (exceto s·bados, domingos e feriados), posto de inscriÁ„o com computador e impressora que, alÈm das isenÁıes, inscriÁıes, impress„o do Cart„o de InformaÁ„o, impress„o do modelo da Capa e Formul·rio para interposiÁ„o de recursos, tambÈm poder· protocolar recursos e realizar consultas sobre as publicaÁıes referentes a este Edital.

5.2.3-

A geraÁ„o do boleto banc·rio somente estar· disponÌvel durante o perÌodo de inscriÁ„o determinado no item 5.2.2 deste Edital

5.2.3.1- A eventual impress„o da 2™ via do boleto banc·rio, disponÌvel atÈ ‡s 16 horas do dia 13 de marÁo de 2018,somente ser· possÌvel caso o candidato conclua a inscriÁ„o, como determinado no item 5.2.2, alÌnea ìcî.

5.2.4-

O boleto banc·rio ou 2™ via do boleto banc·rio ser· emitido em nome do requerente e dever· ser impresso em impressora a laser ou jato de tinta para possibilitar a correta impress„o e leitura dos dados e do cÛdigo de barras e ser pago atÈ o dia 13 de marÁo de 2018.

5.2.5-

O candidato, para efetivar sua inscriÁ„o, dever·, obrigatoriamente, efetuar o pagamento do valor da inscriÁ„o impresso no boleto banc·rio, na rede banc·ria, observados os hor·rios de atendimento e das transaÁıes financeiras de cada instituiÁ„o banc·ria, atÈ o dia 13 de marÁo de 2018.

5.2.6-

Em caso de feriado ou evento que acarrete o fechamento de agÍncias banc·rias na localidade em que se encontra, o candidato dever· antecipar o pagamento, considerando o 1 dia ˙til que antecede o feriado, desde que o pagamento seja feito no perÌodo de inscriÁ„o determinado neste Edital.

5.2.7-

A impress„o do boleto banc·rio ou de sua segunda via em outro tipo de impressora È de

exclusiva responsabilidade do candidato, eximindo-se a CEMIG

e a FUMARC de eventuais

dificuldades na leitura do cÛdigo de barras e consequente impossibilidade de efetivaÁ„o da

inscriÁ„o.

5.2.8-

A inscriÁ„o somente ser· processada e validada apÛs a confirmaÁ„o ‡ FUMARC, pela instituiÁ„o banc·ria, do pagamento do valor da taxa de inscriÁ„o concernente ao candidato, sendo automaticamente cancelado o Requerimento EletrÙnico de InscriÁ„o em que o pagamento n„o for comprovado, feito a menor ou efetuado apÛs a data estabelecida no item 5.2.2, alÌnea ìeî, deste Edital.

5.2.9-

N„o ser· aceito pagamento da taxa de inscriÁ„o por depÛsito em caixa eletrÙnico, transferÍncia ou depÛsito em conta corrente, DOC, TED, cheque, cart„o de crÈdito, ordens de pagamento ou qualquer outra forma diferente daquela prevista neste Edital.

5.2.10- O boleto banc·rio devidamente quitado, sem rasuras, emendas e outros,ser· o comprovante de requerimento de inscriÁ„o provisÛrio do candidato neste Concurso P˙blico. Para esse fim, o boleto dever· estar autenticado ou acompanhado do respectivo comprovante do pagamento realizado atÈ a data limite do vencimento ñ 13 de marÁo de 2018, n„o sendo considerado para tal o simples agendamento de pagamento, uma vez que este pode n„o ser processado ante a eventual insuficiÍncia de fundos ou outras situaÁıes que n„o permitam o pagamento efetivo do valor da taxa de inscriÁ„o.

5.2.11- Considera-se efetivada a inscriÁ„o do candidato que realizar o pagamento da taxa de inscriÁ„o nos termos do presente Edital, bem como as inscriÁıes deferidas atravÈs dos pedidos de isenÁ„o do pagamento da taxa de inscriÁ„o.

5.2.12- A listagem dos candidatos que tiverem as suas inscriÁıes deferidas ser· divulgada no endereÁo eletrÙnico <www.fumarc.com.br> atÈ o dia 21 de marÁo de 2018.

www.pciconcursos.com.br

pcimarkpci MjgwNDowN2Y3OmE1OGU6OTBkZTpmNTExOmFiZWE6NTMxYjo3MDJj:RnJpLCAwMSBEZWMgMjAxNyAyMToyMTozMCAtMDIwMA==

6

5.2.13- Nos casos em que o candidato tiver sua inscriÁ„o indeferida por inconsistÍncia no pagamento do valor da taxa de inscriÁ„o, o mesmo dever· se manifestar formalmente por meio de recurso administrativo previsto no item 11.1, alÌnea ìbî, deste Edital e seus anexos.

5.3-Da devoluÁ„o da taxa de inscriÁ„o:

5.3.1- A devoluÁ„o do valor da taxa de inscriÁ„o somente ser· admitda nas hipÛteses abaixo:

a) Pagamento extempor‚neo ou realizado em duplicidade pelo candidato ou com valor em desconformidade com o do valor da taxa de inscriÁ„o;

b) Cancelamento ou suspens„o do concurso, previstos na Lei Estadual 13.801, de 26/12/2000;

c) Adiamento ou alteraÁ„o da data prevista para as provas;

d) AlteraÁ„o ou extinÁ„o da funÁ„o para o qual o candidato estiver inscrito.

5.3.1.1- Nos casos elencados no item 5.3.1, alÌnea ìaî, o valor somente ser· devolvido desde que solicitado por escrito pelo candidato e apÛs an·lise do requerimento e documentos comprobatÛrios e consequente aprovaÁ„o da FUMARC, devendo o candidato arcar com os custos banc·rios do boleto para o processamento da devoluÁ„o.

5.3.1.2- Indeferida a devoluÁ„o pela FUMARC, cabe ao candidato o direito ao contraditÛrio e ‡ ampla defesa, exercidos por recurso a ser encaminhado ‡ FUMARC, no prazo e termos previstos neste Edital.

5.3.1.3- Nos casos de suspens„o deste Concurso P˙blico em que j· tenha sido realizada a prova na data prevista, o candidato n„o ter· direito ‡ devoluÁ„o do valor da taxa de inscriÁ„o, garantidos o contraditÛrio e a ampla defesa.

5.3.1.4- Nos casos de cancelamento do processo seletivo, mesmo que j· tenha sido realizada a prova, o candidato ter· direito ‡ devoluÁ„o do valor da taxa de inscriÁ„o.

5.3.2- Nas hipÛteses previstas no item 5.3.1, o candidato dever· requerer a devoluÁ„o da Taxa de InscriÁ„o por meio do preenchimento e assinatura do Requerimento para DevoluÁ„o da Taxa de InscriÁ„o, Anexo F, disponÌvel no endereÁo eletrÙnico <www.fumarc.com.br>, que dever· ser entregue:

a) Em atÈ 10 (dez) dias ˙teis apÛs o encerramento do perÌodo de inscriÁıes, para os pedidos de devoluÁ„o nos termos do item 5.3.1, alÌnea ìaî, ou

b) Em atÈ 30 (trinta) dias ˙teis apÛs a publicaÁ„o do Ato de cancelamento, suspens„o do concurso ou divulgaÁ„o da data das provas, para os pedidos de devoluÁ„o nos termos do item 5.3.1, alÌneas ìbî, ìcî e ìdî.

5.3.3- No Requerimento para DevoluÁ„o da Taxa de InscriÁ„o, o candidato dever· informar os seguintes dados para obter a devoluÁ„o da taxa de inscriÁ„o:

a) MotivaÁ„o para solicitaÁ„o da devoluÁ„o, conforme previsıes do item 5.3.1;

b) Nome completo, n˙mero da identidade e da inscriÁ„o do candidato;

c) Nome e n˙mero do banco, nome e n˙mero da agÍncia com dÌgito, n˙mero da conta corrente e CPF do titular da conta;

d) N˙meros de telefones, com cÛdigo de ·rea, para eventual contato;

e) EndereÁo completo, inclusive CEP.

5.3.4- O Requerimento de DevoluÁ„o da Taxa de InscriÁ„o dever· ser entregue ou enviado, dentro dos prazos previstos no item 5.3.2, alÌneas ìaî e ìbî, devidamente preenchido e assinado pelo candidato e acompanhado da cÛpia de seu documento de identidade e do comprovante de pagamento da inscriÁ„o, em envelope fechado, por uma das seguintes formas:

a) Pessoalmente ou por terceiro, ‡ FUMARC ñ Concursos, Avenida Francisco Sales, 540, Floresta, Belo Horizonte- MG , das 9h00min ‡s 12h00min e das 13h30min ‡s 17h00min (exceto s·bados, domingos e feriados); ou

b) Via Sedex ou por carta, ambos com Aviso de Recebimento (AR), ‡ FUMARC ñ Concursos, Avenida Francisco Sales, 540, Floresta, Belo Horizonte- MG, CEP 30150-220.

5.3.5- O envelope dever· conter em sua face frontal os seguintes dados:

www.pciconcursos.com.br

pcimarkpci MjgwNDowN2Y3OmE1OGU6OTBkZTpmNTExOmFiZWE6NTMxYjo3MDJj:RnJpLCAwMSBEZWMgMjAxNyAyMToyMTozMCAtMDIwMA==

7

CONCURSO P⁄BLICO CEMIGñ EDITAL 03/2017 REFER NCIA: PEDIDO DE DEVOLU« O DE TAXA DE INSCRI« O NOME COMPLETO DO CANDIDATO:

N⁄MERO DE CONTROLE:

FUN« O/REGI O DE TRABALHO PARA A QUAL CONCORRER£

5.3.6- A devoluÁ„o da Taxa de InscriÁ„o ser· processada nos 30 (trinta) dias corridos seguintes ao tÈrmino do prazo fixado no item 5.3.2, alÌneas ìaî e ìbî, por meio de depÛsito banc·rio na conta corrente indicada no respectivo formul·rio de devoluÁ„o.

5.3.7- … de inteira responsabilidade do candidato a informaÁ„o correta e completa de todos os dados requeridos para a eventual devoluÁ„o do valor da taxa de inscriÁ„o, n„o se podendo atribuir ‡ CEMIG ou ‡ FUMARC a responsabilidade pela impossibilidade de devoluÁ„o, caso os dados sejam insuficientes ou incorretos.

5.3.8- O depÛsito banc·rio n„o poder· ser realizado em conta sal·rio ou conta poupanÁa.

5.3.9- Nos casos previstos no item 5.3.1, alÌneas ìbî, ìcî e ìdî, o valor a ser devolvido ao candidato ser· corrigido monetariamente pela variaÁ„o do Õndice Geral de PreÁos do Mercado - IGPM ou por outro Ìndice que vier a substituÌ-lo, desde a data do pagamento da inscriÁ„o atÈ a data da efetiva devoluÁ„o.

5.3.10- N„o haver· transferÍncia do valor da taxa de inscriÁ„o entre pessoas.

5.3.11- O candidato que n„o requerer a devoluÁ„o do valor da taxa de inscriÁ„o nos prazos e nas formas estabelecidas no item 5.3 e seus subitens, deste Edital, n„o poder· requerÍ-la posteriormente.

5.3.12- Qualquer d˙vida quanto ao procedimento ou dificuldade na inscriÁ„o, o candidato dever· entrar em contato com a FUMARC pelo telefone (31) 3249-7455 para orientaÁıes.

6- Da IsenÁ„o do Pagamento da Taxa de InscriÁ„o

6.1- Considerando os princÌpios fundamentais estabelecidos na ConstituiÁ„o Federal/88, È garantido o acesso ‡ isenÁ„o da taxa de inscriÁ„o deste Concurso P˙blico a todos os candidatos que, em raz„o

de limitaÁıes de ordem financeira, n„o possam pag·-la, sob pena de comprometimento do sustento

prÛprio e da famÌlia, sendo comprovada essa situaÁ„o mediante qualquer meio legalmente admitido.

O candidato que se julgue enquadrar em qualquer padr„o de hipossuficiÍncia poder· pleitear a

isenÁ„o da taxa de inscriÁ„o, exclusivamente das 9 (nove) horas do dia 05 de fevereiro de 2018

‡s 23:59 (vinte e trÍs horas e cinquenta e nove minutos) do dia 09 de fevereiro de 2018.

6.2- A IsenÁ„o do Pagamento da Taxa de InscriÁ„o ser· concedida a todos aqueles candidatos que se enquadrarem nas situaÁıes dispostas no item 6.7, 6.8, 6.9 e 6.10.

6.3- No Requerimento de IsenÁ„o da Taxa que dever· ser impresso, assinado, entregue ou enviado, o candidato firmar· declaraÁ„o de que È desempregado, que n„o se encontra em gozo de nenhum benefÌcio previdenci·rio de prestaÁ„o continuada, exceto a proveniente de seguro-desemprego, ou que se encontra em condiÁ„o de hipossuficiÍncia econÙmica financeira e que sua situaÁ„o econÙmico financeira n„o lhe permite pagar o valor da inscriÁ„o deste Concurso P˙blico sem prejuÌzo do sustento prÛprio ou de sua famÌlia, respondendo civil e criminalmente pelo inteiro teor de sua declaraÁ„o.

6.4- A declaraÁ„o falsa ou inexata dos dados no Requerimento de IsenÁ„o da Taxa, fornecidos pelo candidato, ou a apresentaÁ„o de documentos falsos ou inexatos, que evidencie m· fÈ, determinar· o cancelamento da inscriÁ„o e a anulaÁ„o de todos os atos dela decorrentes, em qualquer Època, sujeitando-se o requerente ‡s sanÁıes civis, criminais e administrativas cabÌveis, assegurados o direito ao contraditÛrio e a ampla defesa.

6.5- O Requerimento de IsenÁ„o, se assinado por terceiro, dever· ser acompanhado por instrumento de procuraÁ„o simples.

6.6- O candidato para requerer a IsenÁ„o do Pagamento da Taxa de InscriÁ„o dever· acessar no prazo estipulado no item 6.1, o endereÁo eletrÙnico da FUMARC <www.fumarc.com.br>, Concurso P˙blico CEMIG 03/2017, clicar em ìFaÁa sua InscriÁ„oî, informando os dados exigidos em todos os campos e, apÛs confirmaÁ„o dos dados, clicar em ìSolicitar IsenÁ„oî, imprimir o Requerimento de IsenÁ„o, assin·-lo, marcando a situaÁ„o em que se enquadra e instrui-lo com a documentaÁ„o comprobatÛria de sua situaÁ„o financeira e envi·-lo ‡ FUMARC.

www.pciconcursos.com.br

pcimarkpci MjgwNDowN2Y3OmE1OGU6OTBkZTpmNTExOmFiZWE6NTMxYjo3MDJj:RnJpLCAwMSBEZWMgMjAxNyAyMToyMTozMCAtMDIwMA==

8

6.7- Para solicitar a isenÁ„o na condiÁ„o de HipossuficiÍncia EconÙmica Financeira, o candidato dever· estar inscrito no Cadastro ˙nico para Programas Sociais do Governo Federal (Cad⁄nico), de que trata o Decreto Federal n 6.135, de 26 de junho de 2007 e indicar seu N˙mero de IdentificaÁ„o Social (NIS) v·lido, atribuÌdo pelo Cad⁄nico no Requerimento de IsenÁ„o de Taxa, apÛs sua impress„o e assinatura.

6.7.1- A informaÁ„o prestada pelo candidato ser· consultada junto ao Ûrg„o gestor do Cad⁄nico, vinculado ao MinistÈrio do Desenvolvimento Social e Combate ‡ Fome e/ou junto a outros Ûrg„os e entidade p˙blicas, para verificar a veracidade das informaÁıes.

6.8- Para solicitar a isenÁ„o na condiÁ„o de Desempregado, de acordo com a Lei Estadual n 13.392, de 07 de dezembro de 1999, o candidato dever· comprovar:

6.8.1- Se tiver extinto vÌnculo empregatÌcio registrado na CTPS, apresentar cÛpias das p·ginas da CTPS que contenha a foto; p·gina com qualificaÁ„o civil; p·gina com a anotaÁ„o do ˙ltimo contrato de trabalho do candidato, na qual dever· constar o registro de saÌda; primeira p·gina subsequente ‡ da anotaÁ„o do ˙ltimo contrato de trabalho ocorrido, em branco; p·ginas contendo outras anotaÁıes pertinentes, quando houver;

6.8.1.1- Caso o contrato de trabalho do candidato tenha sido registrado em P·ginas de AnotaÁıes Gerais de sua CTPS, alÈm da p·gina constando o ˙ltimo contrato registrado e a p·gina subsequente em branco, o candidato dever· apresentar tambÈm as cÛpias das p·ginas da CTPS em que foram registrados os contratos de trabalho ou outras informaÁıes.

6.8.1.2- Se na Carteira de Trabalho constar anotaÁ„o de recadastramento da CTPS, tambÈm dever· apresentar cÛpia das CTPSs anteriores relativas as p·ginas que contenham fotografia, qualificaÁ„o civil, ˙ltimo contrato de trabalho com a devida escrituraÁ„o da data de saÌda do ˙ltimo emprego.

6.8.2- Ainda na condiÁ„o de desempregado, o candidato dever· apresentar as declaraÁıes, de prÛprio punho, nos Modelos A, B, e C em que declarar· que n„o tem vÌnculo estatut·rio vigente com o Poder P˙blico Municipal, Estadual ou Federal, e; que n„o tem contrato de prestaÁ„o de serviÁos vigente com o Poder P˙blico nos ‚mbitos Municipal, Estadual ou Federal, e; que n„o exerce atualmente nenhuma atividade legalmente reconhecida como autÙnoma, n„o auferindo qualquer tipo de renda (exceto aquela proveniente de seguro desemprego).

6.8.3- Se teve vÌnculo estatut·rio com o Poder P˙blico Municipal, Estadual ou Federal, e este foi extinto, dever· apresentar certid„o expedida por Ûrg„o ou entidade competente, em papel timbrado, com identificaÁ„o e assinatura legÌvel da autoridade emissora do documento, informando o fim do vÌnculo estatut·rio, ou a cÛpia da publicaÁ„o oficial do ato que determinou a extinÁ„o do vÌnculo, ou; se nunca teve vÌnculo estatut·rio com o Poder P˙blico Municipal, Estadual ou Federal, apresentar declaraÁ„o de prÛprio punho, no modelo D.

6.8.4- Se teve contrato de prestaÁ„o de serviÁos com o Poder P˙blico Municipal, Estadual ou Federal, dever· apresentar cÛpia do contrato extinto, acompanhado da documentaÁ„o pertinente que comprove sua extinÁ„o, ou; se nunca teve contrato de prestaÁ„o de serviÁos com o Poder P˙blico Municipal, Estadual ou Federal, apresentar declaraÁ„o de prÛprio punho, no modelo E.

6.8.5- Se exerceu atividade legalmente reconhecida como autÙnoma, dever· apresentar cÛpia da certid„o em que conste a baixa da atividade autÙnoma, ou; declaraÁ„o de prÛprio punho, no modelo F, na qual informar· que nunca exerceu nenhuma atividade legalmente reconhecida como autÙnoma.

6.9- Para solicitar a isenÁ„o na condiÁ„o de que Nunca trabalhou, o candidato dever· apresentar cÛpia das p·ginas da Carteira de Trabalho e PrevidÍncia Social que contenham fotografia, qualificaÁ„o civil e contrato de trabalho em branco e ainda apresentar as declaraÁıes, de prÛprio punho, nos Modelos D, E, F, previstos nos itens 6.8.3, 6.8.4 e 6.8.5 deste Edital.

6.10- O candidato que se julgue enquadrar em outras situaÁıes e padrıes de hipossuficiÍncia, poder· pleitear a isenÁ„o, cabendo exclusivamente ao mesmo comprovar sua condiÁ„o de forma suficiente e indubit·vel, valendo-se de qualquer meio plausÌvel e legalmente admitido, que n„o dispıe de recursos para o pagamento da taxa de inscriÁ„o, sem prejuÌzo do prÛprio sustento e de sua famÌlia.

6.11- O Requerimento de IsenÁ„o da Taxa assinado acompanhado dos documentos comprobatÛrios da situaÁ„o econÙmico financeira do candidato, de acordo com a condiÁ„o em que ele se enquadrar, dever· ser entregue ou enviado em envelope fechado, atÈ a data de 09 de fevereiro de 2018, por uma das seguintes formas:

www.pciconcursos.com.br

pcimarkpci MjgwNDowN2Y3OmE1OGU6OTBkZTpmNTExOmFiZWE6NTMxYjo3MDJj:RnJpLCAwMSBEZWMgMjAxNyAyMToyMTozMCAtMDIwMA==

9

a) Pessoalmente ou por terceiro, no endereÁo: Avenida Francisco Sales, 540 ñ Floresta ñ BH/MG, nos dias ˙teis, das 9h00min ‡s 12h00min e das 13h30min ‡s 17h00min (exceto s·bados, domingos e feriados); ou

b) Via Sedex ou por carta, ambos com Aviso de Recebimento (AR), ‡ FUMARC ñ Concursos, Avenida Francisco Sales, 540, Floresta, Belo Horizonte- MG, CEP 30150-220, com os custos correspondentes por conta do candidato.

6.12- O envelope dever· conter em sua face frontal os seguintes dados:

CONCURSO P⁄BLICO CEMIGñ EDITAL 03/2017 REFER NCIA: PEDIDO DE ISEN« O DA TAXA DE INSCRI« O NOME COMPLETO DO CANDIDATO:

N⁄MERO DE CONTROLE:

FUN« O/REGI O DE TRABALHO PARA A QUAL CONCORRER£

6.13- A comprovaÁ„o da tempestividade da solicitaÁ„o de isenÁ„o do pagamento do valor da inscriÁ„o ser· feita pela data de postagem nos Correios ou pela data de protocolo de entrega dos documentos na FUMARC.

6.14- Cada candidato dever· encaminhar individualmente seu Requerimento de IsenÁ„o e sua documentaÁ„o comprobatÛria, sendo vedado o envio de documentos de mais de um candidato no mesmo envelope.

6.15- N„o ser„o analisados os documentos encaminhados em desconformidade com o previsto neste Edital.

6.16- O candidato poder· ser convocado para apresentar documentaÁ„o original, bem como outros documentos complementares, n„o sendo admitido em hipÛtese alguma a apresentaÁ„o ou inclus„o, em grau de recurso, de novos documentos.

6.17- A solicitaÁ„o de isenÁ„o do pagamento do valor da inscriÁ„o que n„o atender a qualquer das exigÍncias determinadas neste Edital ser· indeferida.

6.18- N„o ser„o considerados as solicitaÁıes de IsenÁ„o do Valor da Taxa de InscriÁ„o encaminhadas via fax, correio eletrÙnico ou qualquer outra forma que n„o seja prevista neste Edital, assim como aquelas apresentadas fora do prazo determinado no item 6.11 deste Edital.

6.19- As solicitaÁıes de isenÁ„o do pagamento do valor da inscriÁ„o deste Concurso P˙blico ser„o analisadas pela FUMARC, salvo a condiÁ„o prevista no item 6.7, cuja consulta ser· feita ao Ûrg„o gestor de Cad⁄nico, o qual deliberar· sobre o deferimento ou indeferimento da solicitaÁ„o de isenÁ„o.

6.20- N„o ser· concedida isenÁ„o do pagamento do valor da taxa de inscriÁ„o ao candidato que:

a) Deixar de solicitar o pedido de isenÁ„o dentro do perÌodo fixado ou por meio distinto do previsto neste edital;

b) N„o observar os prazos para entrega e postagem do Requerimento de IsenÁ„o da Taxa, da documentaÁ„o comprobatÛria e das declaraÁıes previstas neste Edital;

c) N„o assinar e/ou n„o entregar o Requerimento de IsenÁ„o da Taxa;

d) N„o enviar a documentaÁ„o comprobatÛria e declaraÁıes previstas neste Edital, de acordo com o seu enquadramento;

e) Omitir informaÁıes e/ou torn·-las inverÌdicas;

f) N„o enviar as declaraÁıes, de prÛprio punho, de acordo com o seu enquadramento, exigidas nos itens referentes ·s situaÁıes de desempregado ou que n„o tenha tido vÌnculo empregatÌcio.

6.21- O resultado da an·lise da documentaÁ„o apresentada para solicitaÁ„o de isenÁ„o do pagamento da taxa de inscriÁ„o ser· feito por meio de publicaÁ„o oficial e divulgado no endereÁo eletrÙnico da FUMARC <www.fumarc.com.br>, atÈ o dia 21 de fevereiro de 2018.

6.22- O candidato poder· consultar o motivo do indeferimento do seu Pedido de IsenÁ„o, acessando o endereÁo eletrÙnico da FUMARC <www.fumarc.com.br>, por meio de Consulta Individual.

6.23- Caber· recurso quanto ao indeferimento da solicitaÁ„o de isenÁ„o do pagamento do valor da inscriÁ„o deste Concurso P˙blico, conforme previsto no item 11.1, alÌnea ìaî deste Edital.

6.24- O candidato que tiver seu pedido de isenÁ„o do pagamento da taxa de inscriÁ„o indeferido poder· recorrer desta decis„o, e, apÛs fase recursal, em sendo o recurso julgado improcedente, poder·

www.pciconcursos.com.br

pcimarkpci MjgwNDowN2Y3OmE1OGU6OTBkZTpmNTExOmFiZWE6NTMxYjo3MDJj:RnJpLCAwMSBEZWMgMjAxNyAyMToyMTozMCAtMDIwMA==

10

finalizar sua inscriÁ„o pendente de pagamento, imprimindo o boleto banc·rio e efetuando o pagamento do valor da inscriÁ„o atÈ o dia 13 de marÁo de 2018.

6.25- O candidato que n„o regularizar sua inscriÁ„o por meio do pagamento do boleto banc·rio n„o ter· o pedido de inscriÁ„o efetivado.

6.26- O candidato cujo requerimento de isenÁ„o do pagamento da taxa for deferido estar· automaticamente inscrito, devendo consultar e imprimir o seu Cart„o de InformaÁ„o ñ CDI, em conformidade com o item 8 deste Edital.

ser·

6.27- Constatada

a

irregularidade

no

deferimento

da

isenÁ„o,

a

inscriÁ„o

do

candidato

automaticamente cancelada,

assegurado o contraditÛrio e a ampla defesa.

sendo

considerados

nulos

todos

os

atos

dela

decorrentes,

7- Das vagas destinadas a pessoas com deficiÍncia

7.1- DisposiÁıes Gerais

7.1.1- ¿s pessoas com deficiÍncia que pretendam fazer uso das prerrogativas que lhes s„o facultadas no inciso VIII do art. 37 da ConstituiÁ„o da Rep˙blica, na Lei n 7.853, de 24 de outubro de 1989, nos Decretos Federais n s 3298, de 20/12/99 e 5296, de 02/12/04, bem como na S˙mula n 377 do Superior Tribunal de JustiÁa, È assegurado o direito de inscriÁ„o para a funÁ„o em Concurso P˙blico cujas atribuiÁıes sejam compatÌveis com a deficiÍncia de que s„o portadoras.

7.1.2- Para fins de identificaÁ„o de cada tipo de deficiÍncia, adotar-se-· a definiÁ„o contida no art. 4 do Decreto Federal n . 3.298, de 20 de dezembro de 1999, que regulamentou a Lei n . 7.853, de 1989, com as alteraÁıes advindas do Decreto Federal n 5.296, de 2 de dezembro de 2004, bem como a S˙mula 377 do STJ.

7.1.3- As deficiÍncias dos candidatos, admitida a correÁ„o por equipamentos, adaptaÁıes, meios ou recursos especiais, devem permitir o desempenho adequado das atribuiÁıes especificadas para a funÁ„o.

7.1.4- Conforme estabelecido na Lei Estadual 11.867/95, fica a administraÁ„o p˙blica direta e indireta do Estado obrigada a reservar 10% (dez por cento) dos cargos ou empregos p˙blicos, em todos os nÌveis, para pessoas com deficiÍncia. De acordo com o ß 1 do art. 1 da referida lei, quando a aplicaÁ„o do percentual supramencinado resultar em n˙mero fracion·rio, arredondar-se-· a fraÁ„o igual ou superior a 0,5 (cinco dÈcimos) para o n˙mero inteiro subsequente e a fraÁ„o inferior a 0,5 (cinco dÈcimos) para o n˙mero inteiro anterior. Para provimento imediato, ser„o reservadas 10 % (dez por cento) do total de vagas, ou seja, 11 (onze) vagas para pessoas com deficiÍncia, assim caracterizadas pela legislaÁ„o mencionada no item 7.1.2, observadas as exigÍncias de compatibilidade entre a deficiÍncia e as atribuiÁıes das funÁıes.

7.1.4.1- Havendo acrÈscimo de vagas para as funÁıes/regiıes de trabalho que possuem vagas reservadas para pessoas com deficiÍncia, cujo provimento ser· imediato, observadas as exigÍncias de compatibilidade entre a deficiÍncia e as atribuiÁıes das funÁıes, as prÛximas convocaÁıes de candidato com deficiÍncia classificado ocorrer„o quando da existÍncia da 11™ (dÈcima primeira), 21™ (vigÈsima primeira), 31™ (trigÈsima primeira) vaga de cada funÁ„o/regi„o de trabalho e assim sucessivamente, durante o prazo de validade deste Concurso P˙blico.

7.1.4.2- Havendo acrÈscimo de vagas para as funÁıes/regiıes de trabalho que n„o possuem vagas reservadas para pessoas com deficiÍncia para provimento imediato, observadas as exigÍncias de compatibilidade entre a deficiÍncia e as atribuiÁıes das funÁıes, as convocaÁıes de candidato com deficiÍncia classificado ocorrer„o quando da existÍncia da 5™ (quinta), 11™ (dÈcima primeira), 21™ (vigÈsima primeira), 31™ (trigÈsima primeira) vaga de cada funÁ„o/regi„o de trabalho e assim sucessivamente, durante o prazo de validade deste Concurso P˙blico.

7.1.5- Para as funÁıes que exigem aptid„o plena do candidato ser· cumprido o que determina o artigo 38, item II, do Decreto Federal n 3298, de 20/12/99.

7.1.5.1- … assegurado aos candidatos com deficiÍncia o direito de se inscreverem no presente concurso para as funÁıes indicadas no Anexo B, exceto para as funÁıes que exigem aptid„o plena descritas a seguir: TÈcnico de OperaÁıes de SubestaÁıes, TÈcnico de Planejamento HidroenergÈtico, TÈcnico de Projetos e Obras Civis, TÈcnico de SeguranÁa do Trabalho, TÈcnico de Sistema ElÈtrico Campo, TÈcnico Mantenedor EletroeletrÙnico da GeraÁ„o, TÈcnico Mantenedor Mec‚nico da GeraÁ„o, TÈcnico de Sistemas Eletromec‚nicos, TÈcnico de TelecomunicaÁıes.

www.pciconcursos.com.br

pcimarkpci MjgwNDowN2Y3OmE1OGU6OTBkZTpmNTExOmFiZWE6NTMxYjo3MDJj:RnJpLCAwMSBEZWMgMjAxNyAyMToyMTozMCAtMDIwMA==

11

7.1.6- Caso n„o haja candidatos aprovados para as vagas decorrentes do percentual definido por Lei para as pessoas com deficiÍncia, essas ser„o preenchidas pelos demais candidatos, observando- se a ordem de classificaÁ„o, primeiramente, por candidato de mesma funÁ„o e regi„o de trabalho e, na sequÍncia, pela classificaÁ„o geral dos candidatos de mesma funÁ„o.

7.1.7- Depois de preenchidas todas as vagas para a funÁ„o, a manutenÁ„o do percentual legal ser· garantida com a contrataÁ„o de deficientes apenas para substituir pessoas com deficiÍncia que tenham deixado a funÁ„o.

7.1.8- Os candidatos com deficiÍncia, resguardadas as condiÁıes previstas no Decreto Federal n. 3.298/1999, particularmente em seu art. 40, e neste Edital, participar„o deste Concurso P˙blico em igualdade de condiÁıes com os demais candidatos, no que concerne ao conte˙do das provas, ‡ avaliaÁ„o e aos critÈrios de aprovaÁ„o, ao dia, hor·rio e local de aplicaÁ„o das provas e ‡ nota mÌnima exigida para aprovaÁ„o e a todas as demais normas de regÍncia do Concurso P˙blico.

7.1.9- Os candidatos com deficiÍncia classificados, que vierem a ser convocados para os procedimentos prÈ-admissionais, ser„o submetidos, nos exames mÈdico-psicolÛgicos, ‡ perÌcia especÌfica destinada a verificar a existÍncia da deficiÍncia declarada, observado o Decreto Federal 3.298 de 20/12/99, alterado pelo Decreto Federal 5.296 de 02/12/04, bem como a S˙mula 377 do STJ e a compatibilidade de sua deficiÍncia com o exercÌcio das atribuiÁıes a serem desempenhadas na funÁ„o especificada neste edital e em seus anexos.

7.1.10- A compatibilidade da deficiÍncia com o exercÌcio das atribuiÁıes da funÁ„o, citado no item 7.1.9 ser· definida, exclusivamente, pela GerÍncia de Sa˙de, Higiene e SeguranÁa do Trabalho da CEMIG, podendo a ·rea mÈdica solicitar avaliaÁ„o de um especialista na ·rea da respectiva deficiÍncia, para comprovaÁ„o da deficiÍncia, cabendo recurso contra essa decis„o.

7.1.11- O candidato que, apÛs a perÌcia, n„o for considerado deficiente nos termos do Decreto Federal

n 3.298/99, alterado pelo Decreto Federal 5.296/04, bem como a S˙mula 377 do STJ

permanecer· somente na lista de ampla concorrÍncia de classificaÁ„o da funÁ„o/regi„o de

trabalho para a qual se inscreveu.

7.1.12- O candidato com deficiÍncia classificado na prova objetiva submeter-se-· ‡ perÌcia especifÌca, sem nenhuma diferenÁa dos candidatos n„o deficientes, considerando as exigÍncias fÌsicas e aptidıes necess·rias para exercer as atividades inerentes ‡ funÁ„o, em conformidade com o estabelecido neste Edital. Sua admiss„o somente ser· efetuada se for considerado apto na PerÌcia MÈdica.

7.1.13- Todos os procedimentos da PerÌcia MÈdica ocorrer„o sem qualquer Ùnus para o candidato.

7.1.14- Os candidatos que, no ato da inscriÁ„o ou do pedido de isenÁ„o, declararem-se portadores de deficiÍncia no do Requerimento EletrÙnico de InscriÁ„o ou IsenÁ„o se classificados nas provas, alÈm de figurarem na lista geral de classificados por funÁ„o/regi„o de trabalho, ter„o seus nomes publicados em relaÁ„o ‡ parte, observada a respectiva ordem de classificaÁ„o por funÁ„o/regi„o de trabalho.

7.2- Procedimentos para inscriÁ„o das pessoas com deficiÍncia

7.2.1- Para concorrer ‡s vagas reservadas e ter as condiÁıes especiais atendidas para realizaÁ„o das provas, a pessoa com deficiÍncia, alÈm de observar os procedimentos descritos no item 5.2 e seus subitens deste Edital, dever· durante o preenchimento do Requerimento EletrÙnico de InscriÁ„o ou IsenÁ„o, proceder da seguinte forma:

a) Informar se possui deficiÍncia;

b) Manifestar interesse em concorrer ‡s vagas reservadas as pessoas com deficiÍncia;

c) Selecionar o tipo de deficiÍncia;

d) Informar se necessita de condiÁıes especiais para a realizaÁ„o das provas;

e) Enviar laudo mÈdico nos termos dos itens 7.2.4 e 7.2.4.1 deste Edital.

7.2.2- A pessoa com deficiÍncia que n„o preencher os campos especÌficos do Requerimento EletrÙnico de InscriÁ„o ou de IsenÁ„o e n„o cumprir o determinado no item 7.2 e seus subitens, ter· a sua inscriÁ„o processada como candidato de ampla concorrÍncia, bem como n„o ter· atendidas as condiÁıes especiais para realizaÁ„o das provas, n„o podendo alegar posteriormente essa condiÁ„o para reivindicar a prerrogativa legal.

7.2.3- A pessoa com deficiÍncia que desejar concorrer apenas ‡s vagas reservadas para ampla concorrÍncia poder· fazÍ-lo por opÁ„o e responsabilidade pessoal, informando a referida opÁ„o no Requerimento EletrÙnico de InscriÁ„o ou de IsenÁ„o, n„o podendo, a partir de ent„o, concorrer ‡s vagas reservadas para pessoas com deficiÍncia, conforme disposiÁ„o legal.

www.pciconcursos.com.br

pcimarkpci MjgwNDowN2Y3OmE1OGU6OTBkZTpmNTExOmFiZWE6NTMxYjo3MDJj:RnJpLCAwMSBEZWMgMjAxNyAyMToyMTozMCAtMDIwMA==

12

7.2.4- A pessoa com deficiÍncia que desejar concorrer ‡s vagas reservadas e ter as condiÁıes especiais atendidas dever· no prazo de inscriÁıes estabelecido no item 5.2.2, entregar ou enviar Laudo MÈdico, no original ou em cÛpia autenticada em serviÁo notarial e de registros (CartÛrio de Notas), expedido no prazo m·ximo de 90 (noventa) dias antes do tÈrmino das inscriÁıes, o qual dever· atestar a espÈcie e o grau ou nÌvel de deficiÍncia, com expressa referÍncia ao cÛdigo correspondente da ClassificaÁ„o Internacional de DoenÁa (CID-10), com a prov·vel causa da deficiÍncia ou Certificado de HomologaÁ„o de ReadaptaÁ„o ou HabilitaÁ„o Profissional emitido pelo INSS, inclusive para assegurar previs„o de adaptaÁ„o da sua prova, nos termos do item 7.2.5 deste Edital.

7.2.4.1- O laudo mÈdico citado no item 7.2.4 deste Edital dever· expressar, obrigatoriamente, a categoria em que se enquadra a pessoa com deficiÍncia, nos termos do art. 4 do Decreto Federal n. 3.298/1999 e suas alteraÁıes.

7.2.5- O Laudo MÈdico dever· ser entregue ou enviado, atÈ o tÈrmino das inscriÁıes por uma das seguintes formas:

a) Pessoalmente ou por terceiro, no endereÁo: Avenida Francisco Sales, 540, bairro Floresta ñ BH/MG, das 9h00min ‡s 12h00min e das 13h30min ‡s 17h00min (exceto s·bados, domingos e feriados); ou

b) Via Sedex ou por carta, ambos com Aviso de Recebimento (AR), ‡ FUMARC ñ Concursos, Avenida Francisco Sales, 540, Floresta, Belo Horizonte- MG, CEP 30150-220. Nesse caso, para sua validade, prevalecer· a data de postagem.

7.2.5.1- O Laudo MÈdico dever· ser entregue em envelope fechado, tamanho ofÌcio, contendo na parte externa frontal, os seguintes dados:

CONCURSO P⁄BLICO CEMIGñ EDITAL 03/2017 REFER NCIA: LAUDO M…DICO NOME COMPLETO DO CANDIDATO:

N⁄MERO DE CONTROLE:

FUN« O/REGI O DE TRABALHO PARA A QUAL CONCORRER£

7.2.5.2- A FUMARC n„o se responsabiliza por qualquer tipo de extravio que impeÁa a chegada do laudo mÈdico a seu destino, se enviado via correios.

7.2.6- O laudo mÈdico ter· validade somente para este Concurso P˙blico e n„o ser· devolvido, ficando a sua guarda sob a responsabilidade da CEMIG.

7.2.7- Perder· o direito de concorrer ‡s vagas que vierem a surgir no prazo de validade deste Concurso P˙blico, o candidato que n„o enviar o laudo mÈdico, nas especificaÁıes e dentro do prazo definidos no item 7.2 e seus subitens, mesmo que declarada tal condiÁ„o no Requerimento EletrÙnico de InscriÁ„o ou IsenÁ„o, sendo o seu nome excluÌdo das vagas reservadas as pessoas com deficiÍncia, permanecendo somente na lista dos candidatos que concorrem ‡s vagas de ampla concorrÍncia.

7.3- Procedimentos para solicitaÁ„o de condiÁıes especiais para realizaÁ„o das provas

7.3.1- A pessoa com deficiÍncia poder· requerer, no ato da inscriÁ„o ou isenÁ„o, condiÁ„o especial para realizaÁ„o das provas, indicando as condiÁıes de que necessita para a realizaÁ„o destas, conforme previsto no artigo 40, par·grafos 1 e 2 , do Decreto Federal n 3.298/1999 e suas alteraÁıes.

7.3.2- A pessoa com deficiÍncia dever· assinalar, no Requerimento EletrÙnico de InscriÁ„o ou IsenÁ„o, nos respectivos prazos, a condiÁ„o especial de que necessitar para a realizaÁ„o da prova.

7.3.3- A pessoa com deficiÍncia que necessitar de Tempo Adicional para a realizaÁ„o das provas, alÈm de indicar essa necessidade no Requerimento EletrÙnico de InscriÁ„o ou IsenÁ„o, dever· enviar ou entregar o Laudo MÈdico acompanhado de parecer emitido por especialista da ·rea de sua deficiÍncia, que justificar· a necessidade do tempo adicional solicitado pelo candidato, nos termos do ß 2 do art. 40, do Decreto Federal n. 3.298/1999, atÈ o prazo estabelecido e nas formas previstas no item 7.2.5, deste Edital.

7.3.3.1- A concess„o de tempo adicional para a realizaÁ„o das provas somente ser· deferida caso tal recomendaÁ„o seja decorrente de orientaÁ„o mÈdica especÌfica contida no laudo mÈdico enviado pelo candidato ou em parecer emitido por profissional de sa˙de.

www.pciconcursos.com.br

pcimarkpci MjgwNDowN2Y3OmE1OGU6OTBkZTpmNTExOmFiZWE6NTMxYjo3MDJj:RnJpLCAwMSBEZWMgMjAxNyAyMToyMTozMCAtMDIwMA==

13

7.3.4- A pessoa com deficiÍncia visual (cego) que solicitar prova especial em Braile ou Fiscal Ledor, ser· oferecida prova nesse sistema ou Fiscal Ledor.

7.3.5- A pessoa com deficiÍncia visual (amblÌope), que solicitar prova especial ampliada, ser· oferecida prova com tamanho de letra correspondente a corpo 24.

7.3.6- A pessoa com deficiÍncia que necessitar transcrever a prova, dever· solicitar auxÌlio para transcriÁ„o das respostas. Neste caso, o candidato ter· o auxÌlio de um fiscal, n„o podendo a CEMIG e FUMARC serem responsabilizadas, sob qualquer alegaÁ„o por parte do candidato, por eventuais erros de transcriÁ„o cometidos pelo fiscal.

7.3.7- A pessoa com deficiÍncia auditiva que solicitar condiÁıes especiais ser· oferecido intÈrprete de libras somente para traduÁ„o das informaÁıes e/ou orientaÁıes para realizaÁ„o da prova.

7.3.8- A realizaÁ„o de provas nas condiÁıes especiais solicitadas pelo candidato, assim consideradas aquelas que possibilitam a prestaÁ„o do exame respectivo, ser· condicionada ‡ solicitaÁ„o do candidato e ‡ legislaÁ„o especÌfica.

7.3.9- Dentro das possibilidades tÈcnicas e verificada a legalidade e viabilidade da solicitaÁ„o do candidato na forma deste Edital, ser· garantida ‡ pessoa com deficiÍncia a realizaÁ„o de provas adaptadas de acordo com o tipo de deficiÍncia apresentada pelo candidato, a fim de que este possa prestar o Concurso P˙blico em condiÁıes de igualdade com os demais.

7.3.10- A pessoa com deficiÍncia que eventualmente n„o proceder conforme disposto no item 7.2.1, n„o indicando no Requerimento EletrÙnico de InscriÁ„o ou IsenÁ„o, a condiÁ„o especial de que necessita, poder· fazÍ-lo, atÈ o tÈrmino das inscriÁıes, ainda, por meio de requerimento de prÛprio punho, datado e assinado, que dever· ser enviado ‡ FUMARC, nas formas previstas no item 7.2.5, acompanhado do respectivo Laudo MÈdico, conforme disposto no item 7.2.4 neste Edital.

7.3.11- Excepcionalmente e a critÈrio mÈdico devidamente comprovado, atravÈs de laudo mÈdico, o candidato que n„o estiver concorrendo ‡s vagas reservadas ‡s pessoas com deficiÍncia e que, em raz„o de alguma limitaÁ„o tempor·ria, necessitar de atendimento especial para a realizaÁ„o das provas poder· fazer, atÈ o tÈrmino das inscriÁıes, por meio de requerimento de prÛprio punho, datado e assinado, indicando as condiÁıes que necessitar para a realizaÁ„o das provas e as razıes de sua solicitaÁ„o, e envi·-lo ‡ FUMARC, nas formas previstas no item 7.2.5, acompanhado do respectivo laudo mÈdico, com as especificaÁıes determinadas no item 7.2.4 neste Edital. A concess„o do atendimento especial ficar· condicionada ‡ an·lise da viabilidade e possibilidade tÈcnica.

7.3.12- A falta de solicitaÁ„o de tratamento diferenciado para realizaÁ„o da prova, no prazo e forma previstas neste Edital, implicar· a sua n„o concess„o, sejam quais forem os motivos alegados, sendo de exclusiva responsabilidade do candidato a opÁ„o de realizar ou n„o a prova sem as condiÁıes especiais n„o solicitadas.

7.3.13- Para efeito de atendimento especial, a FUMARC analisar· se o Laudo MÈdico encaminhado pelo candidato, est· de acordo com as especificaÁıes e os prazos definidos no item 7.2 e seus subitens. Estando em desacordo, o candidato n„o ter· a condiÁ„o especial atendida, mesmo que a tenha solicitada no ato da inscriÁ„o ou isenÁ„o, resguardado o direito ‡ ampla defesa.

7.3.14- O resultado da an·lise das solicitaÁıes de atendimento especial, ser· feito por meio de publicaÁ„o no endereÁo eletrÙnico da FUMARC <www.fumarc.com.br> atÈ o dia 21 de marÁo de 2018.

7.3.15- O candidato poder· consultar o motivo do indeferimento da sua solicitaÁ„o de atendimento especial acessando o endereÁo eletrÙnico da FUMARC <www.fumarc.com.br>, por meio de Consulta Individual.

7.4- Candidatas lactantes - Procedimentos da solicitaÁ„o da condiÁ„o especial

7.4.1- Fica assegurado ‡s lactantes o direito de participarem do Concurso, nos critÈrios e condiÁıes estabelecidos pelos artigos 227 da ConstituiÁ„o Federal, artigo 4 da Lei Federal n. 8.069/90 (Estatuto da CrianÁa e do Adolescente) e artigos 1 e 2 da Lei Federal n. 10.048/2000.

7.4.2- A candidata que seja m„e lactante dever· requerer o atendimento de prÛprio punho e encaminh·- lo a FUMARC, especificando esta condiÁ„o. O requerimento dever· ser enviado atÈ o encerramento das inscriÁıes e nas formas previstas no item 7.2.5.

7.4.2.1- A candidata que n„o apresentar a solicitaÁ„o atÈ o encerramento das inscriÁıes e nas formas previstas neste Edital, seja qual for o motivo alegado, poder· n„o ter a solicitaÁ„o atendida por

www.pciconcursos.com.br

pcimarkpci MjgwNDowN2Y3OmE1OGU6OTBkZTpmNTExOmFiZWE6NTMxYjo3MDJj:RnJpLCAwMSBEZWMgMjAxNyAyMToyMTozMCAtMDIwMA==

14

questıes de n„o adequaÁ„o das instalaÁıes fÌsicas do local de realizaÁ„o das provas.

7.4.3- Nos hor·rios previstos para amamentaÁ„o, a m„e poder· retirar-se, temporariamente, da sala em que estar„o sendo realizadas as provas, para atendimento ao seu bebÍ, em sala especial a ser reservada pela CoordenaÁ„o.

7.4.3.1- Ser· assegurada ‡ candidata lactante a compensaÁ„o do tempo efetivamente despendido para a amamentaÁ„o quando da realizaÁ„o das provas.

determinado pela

7.4.3.2- Para

a amamentaÁ„o o bebÍ dever·

permanecer

no ambiente a

ser

CoordenaÁ„o.

7.4.4- A crianÁa dever· estar acompanhada somente de um maior de 18 (dezoito) anos, capaz, respons·vel por sua guarda (familiar ou terceiro indicado pela candidata), e a permanÍncia tempor·ria desse adulto, em local apropriado, ser· autorizada pela CoordenaÁ„o deste concurso p˙blico.

7.4.4.1- A candidata nesta condiÁ„o que n„o levar acompanhante, n„o realizar· as provas.

7.4.4.2- A FUMARC n„o disponibilizar· acompanhante para guarda de crianÁa.

7.4.5- A candidata, durante o perÌodo de amamentaÁ„o, ser· acompanhada de uma ìFiscalî da FUMARC, sem a presenÁa do respons·vel pela guarda da crianÁa, que garantir· que sua conduta esteja de acordo com os termos e condiÁıes deste Edital.

8- Cart„o de InformaÁ„o ñ CDI / Local de RealizaÁ„o das Provas

8.1- N„o ser· enviado, via Correios, o Cart„o de InformaÁ„o de realizaÁ„o das provas.

8.2- O Cart„o de InformaÁ„o (CDI) contendo a data, o hor·rio e o local da realizaÁ„o das Provas ser· disponibilizado, para consulta e impress„o pelo prÛprio candidato, em atÈ 05 (cinco) dias ˙teis antes da data prov·vel de aplicaÁ„o das provas no endereÁo eletrÙnico da FUMARC <www.fumarc.com.br>.

8.3- Caso o candidato n„o consiga obter o CDI, apÛs ser disponibilizado conforme item 8.2, dever· entrar em contato com a FUMARC pelo telefone (31) 3249-7455 ou comparecer no endereÁo:

Avenida Francisco Sales, 540, bairro Floresta ñ BH/MG, das 9h00min ‡s 12h00min e das 13h30min ‡s 17h00min (exceto s·bados, domingos e feriados), munido do boleto banc·rio, juntamente com o comprovante de pagamento devidamente quitado, atÈ o dia 20 de abril de 2018, para orientaÁıes.

8.4- … de exclusiva responsabilidade do candidato que tiver sua inscriÁ„o deferida, consultar e imprimir no endereÁo eletrÙnico <www.fumarc.com.br> Cart„o de InformaÁ„o - CDI, onde constar„o a data, hor·rio e local de realizaÁ„o das provas.

8.5- No CDI estar„o expressos o nome completo do candidato, o n˙mero do documento de identidade, a data de nascimento, as datas, os hor·rios, os locais de realizaÁ„o das provas (escola/prÈdio/sala) e outras orientaÁıes ˙teis ao candidato.

8.6- … obrigaÁ„o do candidato conferir no CDI seu nome, o n˙mero do documento utilizado na inscriÁ„o, a sigla do Ûrg„o expedidor, bem como a data de nascimento.

8.7- Eventuais erros de digitaÁ„o ocorridos no nome do candidato, na sua data de nascimento, no n˙mero do documento de identidade utilizado na inscriÁ„o, ou na sigla do Ûrg„o expedidor, constantes do CDI dever„o ser comunicados pelo candidato ao aplicador de provas no dia, no hor·rio e no local de realizaÁ„o da prova objetiva e constar„o na Ata de OcorrÍncias da sala.

8.7.1- Caso o candidato n„o comunique o erro de digitaÁ„o referente a sua data de nascimento em atÈ 48 horas apÛs a aplicaÁ„o das provas arcar· com o prejuÌzo advindo de tal erro.

8.8- Em nenhuma hipÛtese ser„o efetuadas alteraÁıes e/ou retificaÁıes nos dados informados ou confirmados pelo candidato no Requerimento EletrÙnico de InscriÁ„o ou na Requerimento de IsenÁ„o de Taxa, relativos ‡ funÁ„o, regi„o de trabalho e a cidade de prova indicados no ato da inscriÁ„o ou do pedido de isenÁ„o, bem como ‡ condiÁ„o em que concorre.

8.9- O candidato n„o poder· alegar desconhecimento acerca da data, hor·rio e local de realizaÁ„o das provas, para fins de justificativa de sua ausÍncia.

8.10- … de exclusiva responsabilidade do candidato, tomar ciÍncia do trajeto atÈ o local de realizaÁ„o das provas, a fim de evitar eventuais atrasos, sendo aconselh·vel ao candidato visitar o local de realizaÁ„o das provas com antecedÍncia.

8.11- N„o haver· segunda chamada seja qual for o motivo alegado para justificar o atraso ou a ausÍncia

www.pciconcursos.com.br

pcimarkpci MjgwNDowN2Y3OmE1OGU6OTBkZTpmNTExOmFiZWE6NTMxYjo3MDJj:RnJpLCAwMSBEZWMgMjAxNyAyMToyMTozMCAtMDIwMA==

do candidato.

15

8.12- O n„o comparecimento ‡s provas, por qualquer motivo, caracterizar· a desistÍncia do candidato e resultar· em sua eliminaÁ„o deste Concurso P˙blico.

8.13- O candidato que, por qualquer motivo, n„o visualizar o seu Cart„o de InformaÁ„o (CDI), mas que apresente o respectivo comprovante de pagamento, efetuado nos moldes previstos neste Edital, poder· participar do Concurso P˙blico.

8.13.1- Para ser incluÌdo, o candidato dever· entrar em contato com a FUMARC imediatamente apÛs a disponibilizaÁ„o do CDI, de que trata o item 8.2, pelo telefone (31)3249-7455, para ser informado do local onde realizar· as provas, onde dever· ser preenchido e assinado, no dia da prova, formul·rio especÌfico.

8.13.2- A inclus„o de que trata o item anterior ser· realizada de forma condicional, sujeita a posterior verificaÁ„o quanto ‡ regularidade da referida inscriÁ„o.

8.13.3- Constatada a irregularidade da inscriÁ„o, a inclus„o do candidato ser· automaticamente cancelada, considerados nulos todos os atos dela decorrentes.

9- Do Processo Seletivo

9.1- O concurso p˙blico constar· de provas objetivas, de car·ter eliminatÛrio e classificatÛrio, a serem aplicadas pela FUMARC, a todos os candidatos, contendo 70 (setenta) questıes elaboradas pelo sistema de m˙ltipla escolha com 04 (quatro) alternativas de respostas, das quais apenas 01 (uma) resposta ser· correta, sendo cada quest„o com o valor de 01 (um) ponto. O conte˙do program·tico e bibliografias constam no Anexo E, deste Edital.

9.1.1- Ser„o aplicadas as seguintes provas:

Prova

£rea de Conhecimento

N de Questıes

Prova £rea de Conhecimento N de Questıes P1 Conhecimentos EspecÌficos 30 P2 InterpretaÁ„o de

P1

Conhecimentos EspecÌficos

30

P2

InterpretaÁ„o de Texto/PortuguÍs Instrumental

20

P3

P4

InglÍs Intermedi·rio

10

P2 InterpretaÁ„o de Texto/PortuguÍs Instrumental 20 P3 P4 InglÍs Intermedi·rio 10 RaciocÌnio LÛgico 10

RaciocÌnio LÛgico

10

9.1.1.1- Ser· aprovado o candidato que obtiver:

a) nota igual ou superior a 50% dos pontos possÌveis em cada prova de P1 e P2;

b) nota igual ou superior a 50% dos pontos possÌveis do conjunto de P3 e P4, n„o podendo zerar nenhuma das provas;

9.1.1.2- A classificaÁ„o dos candidatos obedecer· ao somatÛrio dos pontos obtidos nas quatro provas. Havendo empate na apuraÁ„o total dos pontos, ser· dada preferÍncia para efeito de classificaÁ„o final, pela ordem, ao candidato que sucessivamente:

a) Tiver idade igual ou superior a 60 (sessenta) anos, completados atÈ a data a ser procedido o desempate, na forma do disposto no par·grafo ˙nico do art. 27 da Lei n 10.741, de 01 de outubro de 2003 (Estatuto do Idoso);

a.1) Caso exista mais de um candidato com idade igual ou superior a 60 (sessenta) anos, completados atÈ a data a ser procedido o desempate, ser· dada preferÍncia ao candidato de idade mais elevada, na forma do disposto no par·grafo ˙nido do art. 27 da Lei n 10.741, de 01 de outubro de 2003 (Estatuto do Idoso);

b) Obtiver o maior n˙mero de pontos na prova de conhecimentos especÌficos (P1);

c) Obtiver o maior n˙mero de pontos na prova de interpretaÁ„o de texto/portuguÍs instrumental

(P2);

d) Obtiver o maior n˙mero de pontos na prova de raciocÌnio lÛgico (P3);

e) Obtiver o maior n˙mero de pontos na prova de inglÍs intermedi·rio (P4);

f) For o mais velho, considerando ano, mÍs e dia de nascimento informados pelo candidato no Requerimento EletrÙnico de InscriÁ„o ou IsenÁ„o;

g) Ainda assim permanecendo o empate, Sorteio P˙blico a ser realizado pela CEMIG.

9.2- O resultado ser· homologado e publicado no jornal Oficial de Minas Gerais e divulgado, tambÈm nos endereÁos eletrÙnicos da FUMARC, <www.fumarc.com.br> e da CEMIG, <www.cemig.com.br/pt-br/Recursos_Humanos/Carreiras>.

www.pciconcursos.com.br

pcimarkpci MjgwNDowN2Y3OmE1OGU6OTBkZTpmNTExOmFiZWE6NTMxYjo3MDJj:RnJpLCAwMSBEZWMgMjAxNyAyMToyMTozMCAtMDIwMA==

16

9.2.1- A publicaÁ„o de que trata o item anterior contemplar·, separadamente, os candidatos aprovados em ampla concorrÍncia, por ordem de classificaÁ„o na funÁ„o/regi„o de trabalho, e os candidatos com deficiÍncia, por ordem de classificaÁ„o na funÁ„o/regi„o de trabalho.

9.2.2- Ser· publicada tambÈm, separadamente, lista por classificaÁ„o geral por funÁ„o, para candidatos aprovados da ampla concorrÍncia e para aprovados com deficiÍncia.

9.2.3- No resultado final constar„o o nome do candidato, o n˙mero de inscriÁ„o, o n˙mero de identidade, o somatÛrio das notas, a data de nascimento e a classificaÁ„o final para cada funÁ„o e cÛdigo funÁ„o/regi„o de trabalho.

9.3- Na publicaÁ„o no jornal Oficial de Minas Gerais constar„o somente os candidatos aprovados nos termos do item 9.1.1.1.

9.4- Os candidatos n„o aprovados nas provas ser„o excluÌdos do Concurso.

9.4.1- Os candidatos n„o aprovados poder„o obter informaÁ„o sobre a sua situaÁ„o neste Concurso P˙blico atravÈs de Consulta Individual no endereÁo eletrÙnico da FUMARC <www.fumarc.com.br> apÛs a publicaÁ„o de que trata o item 9.4.

9.5- N„o ser· possÌvel o conhecimento de qualquer resultado, nota ou classificaÁ„o, via telefone, fax ou e-mail.

10- Das CondiÁıes para RealizaÁ„o das Provas

10.1- As Provas Objetivas de M˙ltipla Escolha ser„o aplicadas na data prov·vel de 22 de abril de 2018 , no hor·rio, dia e locais indicados no Cart„o de InformaÁ„o-CDI.

10.2- O candidato realizar· a prova na cidade de sua opÁ„o manifestada no ato de sua inscriÁ„o, de acordo com o quadro abaixo:

CIDADE DE PROVA

C”DIGO DA CIDADE DE PROVA

Belo Horizonte

01

Juiz de Fora

Montes Claros

Uberl‚ndia

Varginha

02

03

04

05

06

07

DivinÛpolis

Governador Valadares

10.3-

Em nenhuma hipÛtese ser· permitido ao candidato prestar provas fora da data, da cidade, do hor·rio estabelecido ou do espaÁo fÌsico determinado pela FUMARC.

10.4-

Havendo indisponibilidade de locais suficientes ou adequados nas cidades de realizaÁ„o das provas, estas poder„o ser realizadas em outras localidades a ser informada posteriormente

10.5- N„o haver· segunda chamada para quaisquer das provas, seja qual for o motivo alegado para justificar o atraso ou a ausÍncia do candidato. A ausÍncia do candidato, por qualquer motivo, inclusive doenÁa ou atraso, implicar· na sua eliminaÁ„o do Concurso P˙blico.

10.6- As provas objetivas de m˙ltipla escolha ter„o duraÁ„o de no mÌnimo 1 (uma) hora e no m·ximo de 05 (cinco) horas.

10.7- A CEMIG e a FUMARC n„o assumem qualquer responsabilidade quanto ao transporte, alojamento e alimentaÁ„o dos candidatos residentes ou domiciliados em Belo Horizonte ou em outro municÌpio, que exija o deslocamento para a realizaÁ„o das provas.

10.8- O candidato somente poder· realizar a prova na data, local e hor·rio definido no Cart„o de InformaÁ„o ñ CDI.

10.9- O candidato n„o poder· alegar desconhecimento acerca da data, hor·rio e local de realizaÁ„o de quaisquer das provas, para fins de justificativa de sua ausÍncia.

10.10-

N„o haver· prorrogaÁ„o do tempo de duraÁ„o de quaisquer das provas, salvo na hipÛtese prevista no item 7.3.3 deste Edital.

10.11-

Os candidatos somente poder„o ausentar-se do recinto de realizaÁ„o das provas objetivas, decorrida 1 (uma) hora do inÌcio de aplicaÁ„o das mesmas, por motivo de seguranÁa.

www.pciconcursos.com.br

pcimarkpci MjgwNDowN2Y3OmE1OGU6OTBkZTpmNTExOmFiZWE6NTMxYjo3MDJj:RnJpLCAwMSBEZWMgMjAxNyAyMToyMTozMCAtMDIwMA==

17

10.12-

O candidato que, por qualquer motivo se recusar a permanecer em sala durante o perÌodo mÌnimo estabelecido no item 10.11 ter· o fato consignado em ata e ser· automaticamente eliminado do Concurso P˙blico.

10.13-

A

inviolabilidade

dos

malotes

das

provas

objetivas

ser·

comprovada

no

momento

do

rompimento de

seus

lacres,

mediante

termo

formal,

na

presenÁa

de,

no

mÌnimo,

trÍs

candidatos convidados aleatoriamente nos locais de realizaÁ„o das provas.

 

10.14-

A inviolabilidade dos pacotes das provas objetivas ser· comprovada no momento do rompimento do lacre dos pacotes, na presenÁa de todos os candidatos, nas salas de realizaÁ„o das provas.

10.15-

Durante o perÌodo de realizaÁ„o das provas, n„o ser· permitida qualquer espÈcie de consulta ou comunicaÁ„o entre os candidatos ou entre estes e pessoas estranhas, oralmente ou por escrito, assim como n„o ser· permitido o uso de livros, cÛdigos, manuais, impressos, anotaÁıes ou quaisquer outros meios.

10.16- O candidato n„o poder· fazer

anotaÁ„o

de

questıes ou

informaÁıes relativas ‡s

suas

respostas em quaisquer outros meios que n„o os permitidos nesse Edital e seus anexos, especificados na capa da prova.

10.17- O tempo de duraÁ„o das provas objetivas abrange a assinatura da Folha de Respostas e a transcriÁ„o das respostas do Caderno de Questıes da Prova Objetiva para a Folha de Respostas oficial.

10.18-

N„o ser· permitida, nos locais de realizaÁ„o das provas, a entrada e/ou permanÍncia de pessoas n„o autorizadas pela FUMARC, salvo o previsto no item 7.4.4 deste Edital.

10.19-

N„o ser· permitida a entrada de candidato no estabelecimento onde ser„o aplicadas as provas apÛs o fechamento dos portıes e, nessa hipÛtese, o candidato ser· automaticamente eliminado desse Concurso P˙blico.

10.20-

O candidato dever· comparecer ao local de realizaÁ„o das provas, com antecedÍncia mÌnima de 60 (sessenta) minutos do hor·rio previsto para inÌcio de realizaÁ„o das provas, munido do original de documento de identidade oficial com foto, que tenha sido indicado no Requerimento EletrÙnico de InscriÁ„o ou de IsenÁ„o, de caneta esferogr·fica ponta grossa (tinta preta ou azul), fabricada em material transparente, l·pis e borracha, e, preferencialmente, do Cart„o de InformaÁ„o-CDI ou do boleto original quitado com comprovante de pagamento.

10.21-

Os candidatos n„o poder„o utilizar-se, em hipÛtese alguma, de lapiseira, corretivos ou l·pis- borracha ou outro material distinto do constante no item 10.20 deste Edital.

10.22-

O ingresso do candidato na sala para a realizaÁ„o das provas somente ser· permitido dentro do hor·rio estabelecido pela FUMARC, informado no Cart„o de InformaÁ„o ou divulgado na forma prevista neste Edital e seus anexos.

10.23-

Somente ser· admitido no local de realizaÁ„o das provas, o candidato que estiver previamente inscrito e munido de seu documento de identidade, sendo exigida a apresentaÁ„o do documento original e v·lido, n„o sendo aceita cÛpia, mesmo que autenticada.

10.24- Ser· obrigatÛria a apresentaÁ„o de documento de identidade original no dia e no local das provas. No caso de perda, roubo ou na falta do documento de identificaÁ„o com o qual se inscreveu neste Concurso P˙blico, o candidato poder· apresentar outro documento de identificaÁ„o equivalente, conforme disposto no item 10.26 deste Edital.

10.25- O comprovante de pagamento de inscriÁ„o e o Cart„o de InformaÁ„o (CDI), por si sÛ, n„o ser· aceito para a identificaÁ„o do candidato.

10.26- S„o considerados documentos de identidade, v·lidos: carteiras expedidas pelos MinistÈrios Militares, pelas Secretarias de SeguranÁa P˙blica, pelos Institutos de IdentificaÁ„o e pelos Corpos de Bombeiros Militares; carteiras expedidas pelos Ûrg„os fiscalizadores de exercÌcio profissional (ordens, conselhos, etc); passaporte; certificado de reservista; carteiras funcionais do MinistÈrio P˙blico; carteiras funcionais expedidas pelo Ûrg„o p˙blico que, por lei federal, valham como identidade; carteira de trabalho; carteira nacional de habilitaÁ„o com fotografia (modelo novo).

10.27- N„o ser„o aceitos, por serem documentos destinados a outros fins, Protocolos, Boletim de OcorrÍncia, Certid„o de Nascimento, TÌtulo Eleitoral, Carteira Nacional de HabilitaÁ„o emitida anteriormente ‡ Lei Federal n. 9.503/97, Carteira de Estudante, Crach·s, Identidade Funcional de natureza p˙blica ou privada, cÛpias dos documentos citados, ainda que autenticadas, ou quaisquer outros documentos n„o constantes deste Edital.

10.28- O documento de identificaÁ„o dever· estar em perfeita condiÁ„o a fim de permitir, com clareza,

www.pciconcursos.com.br

pcimarkpci MjgwNDowN2Y3OmE1OGU6OTBkZTpmNTExOmFiZWE6NTMxYjo3MDJj:RnJpLCAwMSBEZWMgMjAxNyAyMToyMTozMCAtMDIwMA==

18

a identificaÁ„o do candidato e dever· conter, obrigatoriamente, filiaÁ„o, fotografia, data de nascimento e assinatura.

10.29-

N„o ser„o aceitos documentos de identificaÁ„o com prazos de validade vencidos, ilegÌveis, n„o identific·veis e/ou danificados.

10.30-

O candidato que n„o apresentar documento de identidade oficial e v·lido, conforme descrito nos itens 10.26 e 10.28 deste Edital, n„o poder· fazer as provas.

10.31- Depois de identificado e acomodado na sala das provas, o candidato n„o poder· manusear nenhum dos equipamentos eletrÙnicos proibidos pelo Edital, bem como consultar ou manusear qualquer material de estudo ou de leitura enquanto aguarda o hor·rio de inÌcio da prova, bem como somente poder· deixar a sala/local de realizaÁ„o das provas, mediante consentimento prÈvio, acompanhado de um fiscal ou sob fiscalizaÁ„o da equipe de aplicaÁ„o de provas.

10.32-

Durante o perÌodo de realizaÁ„o das provas, n„o ser· permitido o uso de Ûculos escuros, bonÈ, chapÈu, gorro, lenÁo ou similares, abafadores auriculares, tampıes e/ou similares, fazer uso ou portar, mesmo que desligados, telefone celular, relÛgios de qualquer tipo, agenda eletrÙnica, calculadora, notebook, ipod, tablet, gravador, transmissor/receptor de dados, mensagens ou imagens de qualquer tipo ou qualquer outro equipamento eletrÙnico, qualquer espÈcie de consulta ou comunicaÁ„o entre os candidatos ou entre estes e pessoas estranhas, oralmente ou por escrito, assim como n„o ser· permitido anotaÁ„o de informaÁıes relativas ‡s questıes das provas e suas respostas (copiar gabarito) fora dos meios permitidos, uso de notas, anotaÁıes, livros, impressos, manuscritos, cÛdigos, manuais ou qualquer outro material liter·rio ou visual. O descumprimento desta instruÁ„o implicar· na eliminaÁ„o do candidato.

10.33-

Telefone celular, r·dio comunicador e aparelhos eletrÙnicos dos candidatos, enquanto na sala de provas, dever„o permanecer desligados, tendo sua bateria retirada, sendo acomodados em local a ser indicado pelos fiscais de sala de prova.

10.34- No caso dos telefones celulares, do tipo smartphone, em que n„o È possÌvel a retirada da bateria, dever„o ser desligados sendo acomodados em local a ser indicado pelos fiscais de sala de prova. Caso tais aparelhos emitam qualquer som, o candidato poder· ser eliminado do Concurso P˙blico.

10.35-

O candidato que, durante a realizaÁ„o das provas, for encontrado portando qualquer um dos objetos especificados nos itens 10.31, 10.32, 10,33 e 10.36, incluindo os aparelhos eletrÙnicos citados, mesmo que desligados, ter· a ocorrÍncia registrada em Ata, que ser· avaliada pela Comiss„o do Concurso P˙blico da CEMIG, podendo ser eliminado do concurso.

10.36-

… vedado o ingresso de candidato na sala de provas portando arma de fogo ou objetos similares, mesmo que possua a respectiva autorizaÁ„o de porte.

10.37- A FUMARC recomenda que o candidato leve apenas os objetos citados no item 10.20 deste Edital. Caso assim n„o proceda, os pertences pessoais ser„o deixados em local indicado pelos fiscais durante todo o perÌodo de permanÍncia dos candidatos no local da prova, n„o se responsabilizando a FUMARC nem a CEMIG por perdas, extravios ou danos que eventualmente ocorrerem.

10.38-

Os objetos ou documentos perdidos durante a realizaÁ„o das provas, que porventura venham a ser entregues ‡ FUMARC, ser„o guardados pelo prazo de 30 (trinta) dias e encaminhados posteriormente ‡ seÁ„o de achados e perdidos da Empresa Brasileira de Correios e TelÈgrafos- ECT.

10.39-

Para garantir a seguranÁa do Concurso P˙blico, o candidato poder· ser submetido a detector de metais durante a realizaÁ„o das provas.

10.40-

Os candidatos com cabelos longos devem comparecer com os cabelos presos, deixando as orelhas ‡ mostra.

10.41-

ApÛs sinal sonoro, iniciam-se os procedimentos operacionais relativos ‡ aplicaÁ„o das provas, quando ser„o observadas as condiÁıes abaixo:

10.41.1- As instruÁıes constantes nos Cadernos de Provas e na Folha de Respostas bem como as orientaÁıes e instruÁıes expedidas pela FUMARC durante a realizaÁ„o das provas complementam este Edital e dever„o ser rigorosamente observadas e seguidas pelo candidato.

10.41.2- O candidato dever· apor sua assinatura na Lista de PresenÁa e na Folha de Respostas de acordo com aquela constante no seu documento de identidade.

10.41.3- Somente ser„o permitidos assinalamentos na Folha de Respostas feitos pelo prÛprio candidato, com caneta esferogr·fica ponta grossa (tinta preta ou azul), fabricada em material

www.pciconcursos.com.br

pcimarkpci MjgwNDowN2Y3OmE1OGU6OTBkZTpmNTExOmFiZWE6NTMxYjo3MDJj:RnJpLCAwMSBEZWMgMjAxNyAyMToyMTozMCAtMDIwMA==

19

transparente, sendo vedada qualquer participaÁ„o de terceiros, respeitadas as condiÁıes solicitadas e concedidas as pessoas com deficiÍncia.

10.41.4- N„o haver· substituiÁ„o da Folha de Respostas por erro do candidato.

10.41.5- O candidato n„o poder· amassar, molhar, dobrar, rasgar ou, de qualquer modo, danificar sua Folha de Respostas, sob pena de arcar com os prejuÌzos advindos da impossibilidade de sua correÁ„o.

10.41.6- Ser· considerada nula a Folha de Respostas que estiver marcada ou escrita, respectivamente, a l·pis, bem como contendo qualquer forma de identificaÁ„o do candidato fora do lugar especificamente indicado para tal finalidade.

10.41.7- Ao terminar o tempo m·ximo determinado neste Edital para a realizaÁ„o das provas objetivas, o candidato entregar·, obrigatoriamente, ao fiscal de sala, o Caderno de Provas e a Folha de Respostas, devidamente preenchida e assinada.

10.42-

Na correÁ„o das Folhas de Respostas da Prova Objetiva, ser· atribuÌda nota zero ‡ quest„o sem opÁ„o assinalada, com rasuras ou com mais de uma opÁ„o assinalada.

10.43-

Ao terminar as provas, os candidatos dever„o se retirar imediatamente do local, ressalvadas as condiÁıes estabelecidas nos itens 10.10 e 10.44, n„o sendo possÌvel nem mesmo a utilizaÁ„o dos banheiros.

10.44-

Os 3 (trÍs) ˙ltimos candidatos em sala somente poder„o deixar a sala de realizaÁ„o das provas objetivas de m˙ltipla escolha, juntos, apÛs procederem com os Fiscais a conferÍncia e o correto armazenamento das Folhas de Respostas, alÈm de assinarem a Ata da Sala, atestando a idoneidade da aplicaÁ„o das provas.

10.45-

O candidato que n„o cumprir o disposto no item 10.44, insistindo em sair da sala de realizaÁ„o das provas objetivas sem cumprir o determinado no item anterior, dever· assinar termo constando os motivos do descumprimento. O Termo ser· enviado ‡ Comiss„o do Concurso P˙blico para providÍncias e o candidato poder· ser eliminado do Concurso P˙blico. Caso o candidato se negue a assinar o referido Termo, este ser· assinado e testemunhado por 2 (dois) outros candidatos, pelos fiscais e pelo Coordenador de PrÈdio local.

10.46- No dia da realizaÁ„o das provas, n„o ser„o fornecidas por qualquer membro da equipe de aplicaÁ„o das provas e/ou pelas autoridades presentes, informaÁıes referentes ao conte˙do das provas e/ou critÈrios de avaliaÁ„o/classificaÁ„o.

10.47- Poder· ser eliminado do Concurso P˙blico o candidato que:

a) Apresentar-se apÛs o fechamento dos portıes ou fora dos locais determinados;

b) N„o comparecer ‡ prova, seja qual for o motivo alegado;

c) N„o apresentar o documento de identidade exigido no item 10.23 ou quaisquer dos documentos oficiais equiparados conforme previstos no item 10.26 deste Edital;

d) Estabelecer comunicaÁ„o, por qualquer meio, com outros candidatos ou com pessoas estranhas a este Concurso P˙blico;

e) Portar arma(s) no local de realizaÁ„o das provas, ainda que de posse de documento oficial de licenÁa para o respectivo porte;

f) Ausentar-se da sala/local de provas sem o acompanhamento do fiscal ou deixar o local de provas antes de decorrida 1 (uma) hora de seu inÌcio.

g) Fizer uso de notas, anotaÁıes, livros, impressos, manuscritos, cÛdigos, manuais ou qualquer outro material liter·rio ou visual, salvo se expressamente admitido no Edital;

h) For surpreendido usando e/ou portando algum dos objetos indicados nos itens 10.32,10.33 e

10.36;

i) N„o prender os cabelos longos deixando ‡ mostra as orelhas;

j) N„o entregar o Caderno de Prova e a Folha de Respostas ao terminar a duraÁ„o de realizaÁ„o das provas;

k) Fizer anotaÁ„o de informaÁıes relativas ‡s questıes das provas e suas respostas (copiar gabarito) fora dos meios permitidos;

l) Ausentar-se da sala de prova, portando a Folha de Respostas e/ou Caderno de Prova;

www.pciconcursos.com.br

pcimarkpci MjgwNDowN2Y3OmE1OGU6OTBkZTpmNTExOmFiZWE6NTMxYjo3MDJj:RnJpLCAwMSBEZWMgMjAxNyAyMToyMTozMCAtMDIwMA==

20

m) Utilizar ou tentar utilizar meios fraudulentos ou ilegais para obter aprovaÁ„o prÛpria ou de terceiros, em qualquer fase do Concurso P˙blico;

n) N„o permitir a coleta de sua assinatura;

o) Recusar a submeter-se ao sistema de detecÁ„o de metal;

p) Recusar-se a cumprir o previsto nos itens 10.11 e 10.44.

q) Fotografar, filmar ou, de alguma forma, registrar e divulgar imagens e informaÁıes acerca dos locais das provas, das provas e de seus participantes;

r) Desrespeitar, ofender, agredir ou, de qualquer outra forma, tentar prejudicar outro candidato;

s) Perturbar de qualquer modo a ordem dos trabalhos durante a preparaÁ„o ou realizaÁ„o das provas;

t) Tratar com falta de urbanidade examinadores, auxiliares, fiscais ou autoridades presentes;

u) Recusar-se a seguir as instruÁıes dadas por membro da Comiss„o Organizadora, da Banca Examinadora, da equipe de aplicaÁ„o e apoio ‡s provas ou qualquer outra autoridade presente no local do certame;

v) Deixar de atender as normas contidas no Caderno de Prova e na Folha de Respostas e demais orientaÁıes/instruÁıes expedidas pela FUMARC.

Caso ocorra alguma das situaÁıes previstas no item 10.47 deste Edital, a FUMARC lavrar· ocorrÍncia e, em seguida, encaminhar· o referido documento para a Comiss„o do Concurso P˙blico da CEMIG, a fim de que sejam tomadas as providÍncias cabÌveis.

10.49- As questıes das Provas Objetivas, os gabaritos e o n˙mero de candidatos inscritos para a funÁ„o e local de trabalho ser„o divulgados no endereÁo eletrÙnico da FUMARC <www.fumarc.com.br>, no 1 (primeiro) dia ˙til subsequente ‡ realizaÁ„o das provas.

10.50-

Os procedimentos para solicitaÁ„o de condiÁıes especiais para realizaÁ„o das provas est„o previstos nos itens 7.3 e 7.4 e seus respectivos subitens.

10.48-

11- Dos Recursos

11.1- Caber· recurso fundamentado, dirigido em ˙nica e ˙ltima inst‚ncia ‡ Comiss„o do Concurso P˙blico contra todas as decisıes proferidas no ‚mbito desse Concurso P˙blico, que tenham repercuss„o na esfera de direitos dos candidatos, tais como:

a) Indeferimento de isenÁ„o do valor da taxa de inscriÁ„o;

b) Indeferimento da inscriÁ„o;

c) Indeferimento do pedido de atendimento especial e de concorrer na condiÁ„o de pessoa com deficiÍncia;

d) Questıes da prova objetiva de m˙ltipla escolha e gabaritos preliminares;

e) TotalizaÁ„o dos pontos obtidos na prova objetiva de m˙ltipla escolha, desde que se refira a erro de c·lculo das notas e classificaÁ„o preliminar.

11.2- O prazo para a interposiÁ„o de recursos a que se refere o item 11 ser· de 02 (dois) dias ˙teis, contados do primeiro dia ˙til subsequente ‡ data de publicaÁ„o do objeto do recurso.

11.3- O recurso dever· ser redigido utilizando o modelo da Capa e Formul·rio para InterposiÁ„o dos recursos disponÌvel no endereÁo eletrÙnico <www.fumarc.com.br>.

11.4- No caso de recurso previsto no item 11.1 ñ alÌnea ìbî, contra indeferimento de inscriÁ„o por problemas ocasionados no pagamento da taxa de inscriÁ„o, dever· estar acompanhado, obrigatoriamente, da cÛpia legÌvel do comprovante de pagamento do valor da taxa de inscriÁ„o, bem como de toda a documentaÁ„o e informaÁıes que o candidato julgar necess·rias ‡ comprovaÁ„o da regularidade do pagamento.

11.5- No caso de recurso contra a totalizaÁ„o de pontos o candidato dever· registrar o total de pontos obtidos e o total de pontos publicados. Dever· ainda indicar a possÌvel falha na computaÁ„o de acordo com o disposto neste edital.

11.5-1. A imagem digitalizada da Folha de Resposta da Prova Objetiva preenchida pelo candidato ser· disponibilizada para consulta individual no endereÁo eletrÙnico <www.fumarc.com.br>, na mesma data da divulgaÁ„o da totalizaÁ„o dos pontos, e apenas durante o prazo recursal.

www.pciconcursos.com.br

pcimarkpci MjgwNDowN2Y3OmE1OGU6OTBkZTpmNTExOmFiZWE6NTMxYjo3MDJj:RnJpLCAwMSBEZWMgMjAxNyAyMToyMTozMCAtMDIwMA==

21

11.6- Os recursos (Capa e Formul·rio) dever„o ser entregues ‡ FUMARC diretamente ou enviados em um ˙nico envelope, tamanho ofÌcio, fechado, identificado externamente em sua face frontal com os seguintes dados:

CONCURSO P⁄BLICO CEMIGñ EDITAL N 03/2017 REFER NCIA: Recurso contra (citar o objeto do recurso) NOME COMPLETO DO CANDIDATO:

N⁄MERO DE CONTROLE:

FUN« O/REGI O DE TRABALHO PARA A QUAL CONCORREU

11.7- O recurso (Capa e Formul·rio) dever· ser entregue ou enviado por uma das seguintes formas:

a) Pessoalmente ou por terceiros, no endereÁo Avenida Francisco Sales, 540 ñ Floresta ñ BH/MG, nos dias ˙teis, das 9h00min ‡s 12h00min e das 13h30min ‡s 17h00min, exceto s·bados, domingos e feriados; ou

b) Enviado via SEDEX ou CARTA, ambos com Aviso de Recebimento (AR), endereÁado ‡ FUMARC - Concursos, Avenida Francisco Sales, 540, Floresta, Belo Horizonte- MG, CEP 30150-220, com os custos correspondentes por conta do candidato.

11.7.1- Os recursos dever„o obedecer ‡s seguintes especificaÁıes:

a) Ser preferencialmente digitado;

b) Com indicaÁ„o do n˙mero da quest„o impugnada, da resposta do gabarito oficial e da resposta marcada pelo candidato ou procedimento que est· sendo contestado/recorrido;

c) Em folhas separadas, com uma capa conforme modelo disponibilizado para cada quest„o recorrida/objeto, nota ou procedimento, ou seja, cada quest„o/objeto recorrido dever· ser apresentado em folha separada com a respectiva capa ñ Todos os recursos do mesmo candidato poder„o ser entregues em um ˙nico envelope;

d) Com identificaÁ„o do candidato apenas na Capa do recurso;

e) Sem qualquer identificaÁ„o do candidato no corpo do recurso/fundamentaÁ„o;

f) Com argumentaÁ„o lÛgica, consistente e acrescido da indicaÁ„o bibliogr·fica pesquisada pelo candidato para fundamentar seus questionamentos.

recurso por quest„o/objeto, devidamente

fundamentado.

um

11.8- Cada

candidato

poder·

interpor

apenas

11.9- Ser„o indeferidos os recursos que:

a) N„o estiverem devidamente fundamentados;

b) N„o apresentarem argumentaÁıes lÛgicas e consistentes;

c) Estiverem em desacordo com as especificaÁıes contidas no item 11.7.1 deste Edital;

d) Estiverem fora do prazo estabelecido no item 11.2;

e) Apresentarem no corpo da fundamentaÁ„o outras questıes que n„o a selecionada para recurso;

f) Apresentados contra terceiros;

g) Interpostos coletivamente;

h) Cujo teor desrespeite a banca examinadora;

i) CÛpia idÍntica de outro(s) recurso(s);

j) IlegÌveis.

11.10- N„o ser„o considerados recursos requerimentos, reclamaÁıes, notificaÁıes extrajudiciais ou quaisquer outros instrumentos similares cujo teor seja objeto de recurso apontado no item 11.1 deste Edital.

11.11-

A decis„o sobre o deferimento ou indeferimento do recurso ser· publicada conforme previsto neste Edital e disponibilizada nos endereÁos eletrÙnicos da FUMARC <www.fumarc.com.br> e CEMIG www.cemig.com.br/pt-br/Recursos_Humanos/Carreiras.

11.11.1- A decis„o de que trata o item 11.11 ter· car·ter terminativo e n„o ser· objeto de reexame.

www.pciconcursos.com.br

pcimarkpci MjgwNDowN2Y3OmE1OGU6OTBkZTpmNTExOmFiZWE6NTMxYjo3MDJj:RnJpLCAwMSBEZWMgMjAxNyAyMToyMTozMCAtMDIwMA==

22

11.12-

A banca examinadora constitui ˙nica inst‚ncia para recurso, sendo soberana em suas decisıes, raz„o pela qual n„o caber„o recursos adicionais.

11.13-

A fundamentaÁ„o da decis„o relativa ao recurso estar· disponÌvel para consulta individual pelo candidato no endereÁo eletrÙnico <www.fumarc.com.br>, apÛs a publicaÁ„o de que trata o item

11.11.

11.14- Se, do exame do recurso, resultar anulaÁ„o da quest„o de m˙ltipla escolha, os pontos a ela correspondentes ser„o atribuÌdos a todos os candidatos, independentemente de interposiÁ„o de recursos administrativos ou de decis„o judicial. Os candidatos que haviam recebido pontos nas questıes anuladas, apÛs os recursos, ter„o esses pontos mantidos sem receber pontuaÁ„o adicional.

11.15- Havendo alteraÁ„o do gabarito oficial, de ofÌcio ou por forÁa de provimento de recurso, as provas ser„o corrigidas de acordo com o gabarito revisado.

11.16- Na ocorrÍncia dos dispostos nos itens 11.14 e 11.15 deste Edital, poder· haver alteraÁ„o da classificaÁ„o inicial obtida para uma classificaÁ„o superior ou inferior, ou ainda, poder· ocorrer a desclassificaÁ„o do candidato que n„o obtiver a nota mÌnima exigida.

12- DisposiÁıes Finais

12.1- Ao efetivar a sua inscriÁ„o, fica implÌcito que o candidato conhece e acata as normas do presente Concurso.

12.2- A aprovaÁ„o no Concurso P˙blico regido por este Edital assegurar· apenas a convocaÁ„o dentro do n˙mero de vagas previsto neste Edital.

12.3- A aprovaÁ„o de candidatos classificados alÈm do n˙mero de vagas previsto neste Edital assegurar· apenas a expectativa de direito ‡ contrataÁ„o, ficando a concretizaÁ„o deste ato condicionada ao surgimento de novas vagas, ao exclusivo interesse e conveniÍncia da CEMIG, ‡ estrita ordem de classificaÁ„o, dentro do prazo de validade do presente Concurso.

12.4-

As atividades das funÁıes ora em Concurso pressupıem disponibilidade para viagens.

12.5-

A

conduÁ„o de veÌculos da Empresa n„o gera direito ‡ remuneraÁ„o especÌfica.

12.6- Para atender a determinaÁıes legais ou a conveniÍncias administrativas, a Empresa poder· alterar seu Plano de Cargos e RemuneraÁ„o vigente. Todos os par‚metros considerados para as presentes instruÁıes se referem aos termos dos regulamentos em vigor. Qualquer alteraÁ„o porventura ocorrida no atual sistema, por ocasi„o da admiss„o ou readmiss„o do candidato, significar·, por parte deste, a integral e irrestrita ades„o ao novo Plano de Cargos e RemuneraÁ„o.

12.7- Os candidatos aprovados no Concurso P˙blico alÈm do n˙mero de vagas oferecidas e n„o convocados de imediato compor„o cadastro de reserva, e conforme necessidade e conveniÍncia da Empresa ser„o convocados para a realizaÁ„o dos procedimentos prÈ-admissionais, respeitado

o percentual de 10% (dez por cento) estabelecido pela Lei Estadual n 11.867, de 28/07/95, para

reserva de vagas ‡s pessoas com deficiÍncia, assim caracterizadas conforme os Decretos Federais n s 3298, de 20/12/99 e 5296, de 02/12/04, bem como na S˙mula n 377 do Superior Tribunal de JustiÁa ñ STJ, observadas as exigÍncias de compatibilidade entre a deficiÍncia e as atribuiÁıes da funÁ„o. Havendo acrÈscimo de vagas, as convocaÁıes obedecer„o os critÈrios de convocaÁ„o estabelecidos nos itens 1.6, 7.1.4.1, 7.1.4.2, 12.18 e 12.19 desse Edital.

12.8- A avaliaÁ„o prÈ-admissional de sa˙de ser· realizada por profissionais da SuperintendÍncia de RelaÁıes e Recursos Humanos da CEMIG, ou por profissionais por ela contratados para esta finalidade.

12.9- N„o ser· fornecido ao candidato, pela CEMIG ou pela FUMARC, qualquer documento comprobatÛrio de classificaÁ„o no processo seletivo p˙blico, valendo para este fim a homologaÁ„o divulgada no jornal Oficial de Minas Gerais.

12.10-

Perder· o direito ‡ vaga o candidato que n„o comparecer ao local e data indicados em qualquer fase do processo seletivo ou admissional.

12.11-

As despesas com transporte, alimentaÁ„o e hospedagem, durante todas as etapas do processo seletivo e admissional, correr„o por conta do candidato.

12.12-

Ser· vedada a readmiss„o de ex-empregado da CEMIG ou de suas subsidi·rias integrais dispensados por justa causa.

www.pciconcursos.com.br

pcimarkpci MjgwNDowN2Y3OmE1OGU6OTBkZTpmNTExOmFiZWE6NTMxYjo3MDJj:RnJpLCAwMSBEZWMgMjAxNyAyMToyMTozMCAtMDIwMA==

23

12.13- A contrataÁ„o ser· de car·ter experimental nos primeiros 90 (noventa) dias, ao tÈrmino dos quais, se o desempenho do(a) profissional for satisfatÛrio, o contrato converter-se-·, automaticamente, em prazo indeterminado.

O candidato admitido far· jus aos benefÌcios e vantagens que estiverem vigorando ‡ Època da respectiva admiss„o, em conson‚ncia ao item 3.6.

12.15- O candidato que vier a ser convocado para ingresso na Empresa assinar· contrato de trabalho que se reger· pelos preceitos da ConsolidaÁ„o das Leis de Trabalho ñ CLT, sujeitando-se ‡s Normas de Recursos Humanos e ao Plano de Cargos e RemuneraÁ„o vigentes ‡ Època da admiss„o ou readmiss„o.

12.16- … de inteira responsabilidade do candidato manter seus dados cadastrais (endereÁo, e-mail e telefone) atualizados durante o processo de seleÁ„o e durante a validade deste Concurso P˙blico.

12.16.1- AtÈ a publicaÁ„o do Resultado Final, em caso de mudanÁa de endereÁo, e-mail e telefones informados, o candidato dever· atualizar estes dados junto ‡ FUMARC, enviando via Sedex ou Carta, ambos com Aviso de Recebimento (AR), endereÁado ‡ FUMARC - Concursos, Avenida Francisco Sales, 540, Floresta, Belo Horizonte- MG, CEP 30150-220, com os custos correspondentes por conta do candidato.

12.16.2- ApÛs a publicaÁ„o do Resultado Final, o candidato dever· manter seu endereÁo, e-mail e telefones atualizados, por meio de correspondÍncia assinada pelo candidato, com cÛpia de documento de identificaÁ„o referidos no item 10.26, endereÁada ‡ Companhia EnergÈtica de Minas Gerais ñ CEMIG, A/C. GerÍncia de Provimento e Gest„o de Carreiras ñ RH/PR, na Avenida Barbacena, 1200, 2 andar, ala B2, Bairro Santo Agostinho, Belo Horizonte, MG, CEP 30190-131, visando eventuais convocaÁıes, n„o lhe cabendo qualquer reclamaÁ„o, caso n„o seja possÌvel ‡ CEMIG convoc·-lo por falta da referida atualizaÁ„o.

12.17. A CEMIG e a FUMARC n„o se responsabilizam por eventuais falhas no recebimento das correspondÍncias a ele enviadas em decorrÍncia de:

a) InsuficiÍncia, falta de atualizaÁ„o, equÌvoco ou alteraÁıes dos dados e endereÁo por ele fornecidos.

b) CorrespondÍncia devolvida pelos Correios por razıes diversas de fornecimento e/ou endereÁo errado do candidato;

12.14-

c) CorrespondÍncia recebida por terceiros.

12.18. Ocorrendo eliminaÁ„o ou desistÍncia de candidato, poder· haver convocaÁ„o do prÛximo candidato, se for interesse da CEMIG, obedecendo-se, sempre e rigorosamente, a classificaÁ„o dos candidatos, na seguinte ordem:

a) por candidato de mesma funÁ„o e cÛdigo de funÁ„o e regi„o de trabalho;

b) pela classificaÁ„o geral dos candidatos de mesma funÁ„o.

12.18.1- Quando uma vaga prevista para uma funÁ„o e uma regi„o de trabalho n„o for preenchida por falta de candidatos aprovados, esta poder· ser oferecida a candidatos aprovados inscritos que figuram na lista de classificaÁ„o geral dos candidatos de mesma funÁ„o, obedecendo ‡ ordem de classificaÁ„o e as seguintes determinaÁıes:

12.18.1.1- O candidato convidado a ocupar uma vaga em regi„o diferente daquela para a qual se inscreveu poder· recusar a vaga oferecida, sem prejuÌzo de sua classificaÁ„o e de sua opÁ„o quando da inscriÁ„o, sendo convocado em seu lugar o prÛximo candidato da lista de classificaÁ„o geral.

12.18.1.2- O candidato que recusar a vaga oferecida em regi„o diferente daquela para a qual se inscreveu n„o receber· novo convite dessa natureza, sem prejuÌzo de sua classificaÁ„o e de sua opÁ„o quando da inscriÁ„o, sendo convocado em seu lugar o prÛximo candidato da lista de classificaÁ„o geral.

12.18.1.3- ApÛs convite a todos os candidatos que figuram na lista de classificaÁ„o geral, se houver ainda vaga disponÌvel em regi„o diferente, a lista ser· retomada em seu inÌcio, visando ao preenchimento da vaga.

12.19- Caso haja acrÈscimo de vagas para as funÁıes constantes neste edital, para regi„o de trabalho, diferente das regiıes das vagas incialmente ofertadas, a convocaÁ„o ser· pela classificaÁ„o geral da funÁ„o.

www.pciconcursos.com.br

pcimarkpci MjgwNDowN2Y3OmE1OGU6OTBkZTpmNTExOmFiZWE6NTMxYjo3MDJj:RnJpLCAwMSBEZWMgMjAxNyAyMToyMTozMCAtMDIwMA==

24

12.20- Os pedidos de transferÍncia de candidatos que vierem a ser admitidos somente ser„o aceitos para an·lise, sob qualquer hipÛtese, decorridos 03 (trÍs) anos da data de admiss„o e desde que obedeÁam as normas e critÈrios internos da CEMIG.

12.21- Ser· excluÌdo do concurso o candidato que:

a) fizer, em qualquer documento, declaraÁ„o falsa ou inexata;

b) agir com incorreÁ„o ou descortesia, para com qualquer membro da equipe encarregada pelo Concurso, em qualquer fase de sua realizaÁ„o;

c) utilizar ou tentar utilizar meios fraudulentos para obter aprovaÁ„o prÛpria ou de terceiros, em qualquer etapa do processo seletivo;

d) n„o atender ‡s determinaÁıes regulamentares deste Edital e da CEMIG.

12.22- Ser· anulado o resultado final do candidato que utilizou ou tentou utilizar meios fraudulentos para obter sua aprovaÁ„o ou de terceiros, mesmo que os fatos venham a ser conhecidos posteriormente ‡ realizaÁ„o do Concurso.

12.23- Os prazos estabelecidos neste Edital s„o preclusivos, contÌnuos e comuns a todos os candidatos, n„o havendo justificativa para o n„o cumprimento e para a apresentaÁ„o de quaisquer recursos, laudos mÈdicos, pedidos de isenÁ„o e/ou de outros documentos apÛs as datas e nas formas estabelecidas neste Edital.

12.24- Para contagem do prazo de interposiÁ„o de recursos excluir-se-· o dia da publicaÁ„o e incluir-se- · o ˙ltimo dia do prazo estabelecido neste Edital, desde que coincida com o dia de funcionamento normal da FUMARC. Em caso contr·rio, ou seja, se n„o houver expediente normal na FUMARC, o perÌodo previsto ser· prorrogado para o primeiro dia seguinte de funcionamento normal.

12.25- N„o ser„o considerados os pedidos de isenÁ„o, laudos mÈdicos e os recursos que n„o atenderem as formas e os prazos determinados neste Edital.

12.26- A comprovaÁ„o da tempestividade dos pedidos de isenÁ„o, laudos mÈdicos e/ou outros documentos ser· feita, quando encaminhados por Sedex ou Carta, ambos com Aviso de recebimento (AR), pela data de postagem constante no envelope e, quando entregues pessoalmente, por protocolo de recebimento atestando exclusivamente a entrega do envelope lacrado. No protocolo, constar„o o nome do candidato, a inscriÁ„o, o nome da funÁ„o/regi„o de trabalho para o qual concorre e a data de entrega do envelope. O conte˙do do envelope entregue ou encaminhado via SEDEX ou CARTA, È de exclusiva responsabilidade do candidato.

12.27- A FUMARC n„o se responsabiliza por qualquer tipo de extravio que impeÁa a chegada de documentos quando enviados via Sedex ou Carta, ambos com Aviso de recebimento (AR).

12.28- N„o ser„o disponibilizados ao candidato cÛpias e/ou devoluÁ„o de recursos, pedidos de isenÁ„o, laudos mÈdicos e/ou de outros documentos entregues, ficando a documentaÁ„o sob a responsabilidade da FUMARC.

12.29- N„o ser„o permitidas ao candidato a inclus„o, a complementaÁ„o, a suplementaÁ„o ou a substituiÁ„o de documentos durante ou apÛs os perÌodos recursais previstos neste Edital.

12.30- A an·lise dos recursos e dos indeferimentos de inscriÁ„o ser· de responsabilidade da FUMARC.

12.31- Por razıes de ordem tÈcnica e de seguranÁa, a FUMARC n„o fornecer·, para candidatos, autoridades ou instituiÁıes de direitos p˙blico ou privado, exemplar ou cÛpia de provas relativas a concursos p˙blicos anteriores.

12.32- A CEMIG e a FUMARC n„o se responsabilizam por quaisquer cursos, textos, apostilas e outros materiais impressos ou digitais referentes ‡s matÈrias deste Concurso P˙blico ou por quaisquer informaÁıes que estejam em desacordo com o disposto neste Edital.

12.33- AtÈ a data da homologaÁ„o, todas informaÁıes e orientaÁıes a respeito deste Concurso P˙blico, poder„o ser obtidas na sede da FUMARC, localizada ‡ Avenida Francisco Sales, 540, Floresta, Belo Horizonte- MG, no hor·rio das 09h00min ‡s 12h00min e das 13h30min ‡s 17h00min (exceto s·bados, domingos e feriados), ou pelo telefone (31) 3249-7455 ou no endereÁo eletrÙnico da FUMARC <www.fumarc.com.br>.

12.33.1- ApÛs a homologaÁ„o, as informaÁıes dever„o ser obtidas no endereÁo eletrÙnico oficial da CEMIG <www.cemig.com.br/pt-br/Recursos_Humanos/Carreiras> ou pelo e-mail <concursoscemig@cemig.com.br>.

www.pciconcursos.com.br

pcimarkpci MjgwNDowN2Y3OmE1OGU6OTBkZTpmNTExOmFiZWE6NTMxYjo3MDJj:RnJpLCAwMSBEZWMgMjAxNyAyMToyMTozMCAtMDIwMA==

25

12.34-

A FUMARC e a CEMIG se responsabilizam a responder aos questionamentos referentes a este certame direcionados somente aos e-mails e endereÁos eletrÙnicos indicados neste Edital.

12.35-

No caso de ocorrÍncia de fato ou situaÁ„o n„o prevista, que dificulte ou impossibilite a realizaÁ„o das provas no dia, local e hor·rio estabelecidos, a CEMIG reserva-se o direito de adiar o evento, efetuando a comunicaÁ„o dessa decis„o nos meios de divulgaÁ„o listados no item 1.3 deste Edital.

12.36-

ApÛs o tÈrmino do concurso, a FUMARC encaminhar· toda a documentaÁ„o referente a este certame ‡ CEMIG, que garantir· o arquivamento pelo perÌodo mÌnimo de 05 (cinco) anos.

12.37- Ser· admitida a impugnaÁ„o do Edital normativo do concurso interposta impreterivelmente e formalmente escrita, atÈ o quinto dia corrido ‡ data de publicaÁ„o do Edital e ser· julgada pela Comiss„o do Concurso, ouvida a FUMARC, no que couber.

12.37.1 A impugnaÁ„o dever· ser dirigida ao Presidente da Comiss„o do Concurso e entregue ou enviada ‡ FUMARC em envelope fechado, no prazo estabelecido no item 12.37 e por uma das seguintes formas:

a) Pessoalmente ou por terceiro, na FUMARC ñ Concursos, Avenida Francisco Sales, 540, Floresta, Belo Horizonte- MG, das 9h00min ‡s 12h00min e das 13h30min ‡s 17h00min, exceto s·bados, domingos e feriados; ou

b) Via Sedex ou Carta, ambos com Aviso de Recebimento (AR), com custo por conta do candidato, endereÁada ‡ FUMARC ñ Concursos, no endereÁo: Avenida Francisco Sales, 540, Floresta, Belo Horizonte- MG, CEP 30150-220.

12.38-

As ocorrÍncias n„o previstas neste Edital ser„o resolvidas a critÈrio exclusivo da CEMIG, ouvida a FUMARC no que couber.

12.39-

A Comiss„o de Acompanhamento do Concurso poder·, a qualquer tempo, eliminar deste Concurso P˙blico, o candidato que porventura descumprir as normas ou o regulamento do presente edital.

12.40- Integram-se a este Edital os seguintes anexos:

a) Anexo A ñ Modelos de declaraÁıes;

b) Anexo B ñ Quadro de funÁıes, vagas, regi„o de trabalho, sal·rios e requisitos;

c) Anexo C ñ Sum·rios das funÁıes;

d) Anexo D ñ Regiıes de trabalho;

e) Anexo E ñ Conte˙do program·tico e bibliografia sugerida;

f) Anexo F ñ Requerimento devoluÁ„o taxa inscriÁ„o

Belo Horizonte, 28 de novembro de 2017 SuperintendÍncia de RelaÁıes e Recursos Humanos

www.pciconcursos.com.br

pcimarkpci MjgwNDowN2Y3OmE1OGU6OTBkZTpmNTExOmFiZWE6NTMxYjo3MDJj:RnJpLCAwMSBEZWMgMjAxNyAyMToyMTozMCAtMDIwMA==

ANEXO A

Edital 03/2017

MODELOS DE DECLARA« O PARA SOLICITA« O DE ISEN« O

(ATEN« O: n„o digitar e nem xerocar, copiar os modelos completos de prÛprio punho, datar e assinar)

MODELO A (para uso no item 6.8.2)

¿

Comiss„o de an·lise de pedidos de isenÁ„o da taxa de inscriÁ„o

Concurso P˙blico CEMIG Edital 02/2017

(nome

inscrito no CPF sob o

Eu

e

, declaro para fins de requerimento de isenÁ„o

do pagamento da taxa de inscriÁ„o no Concurso P˙blico CEMIG - Edital 02/2017, que n„o

tenho vÌnculo Estatut·rio vigente com o Poder P˙blico Municipal, Estadual ou Federal.

Data:

Assinatura:

do candidato)

portador

do RG

MODELO B (para uso no item 6.8.2)

¿

Comiss„o de an·lise de pedidos de isenÁ„o da taxa de inscriÁ„o

Concurso P˙blico CEMIG Edital 02/2017

Eu

, declaro para fins de requerimento de isenÁ„o

do pagamento da taxa de inscriÁ„o no Concurso P˙blico CEMIG - Edital 02/2017, que n„o tenho Contrato de PrestaÁ„o de ServiÁos vigente com o Poder P˙blico Municipal, Estadual ou

Federal.

Data:

Assinatura:

e

inscrito no CPF sob o

(nome

do candidato)

portador

do RG

www.pciconcursos.com.br

pcimarkpci MjgwNDowN2Y3OmE1OGU6OTBkZTpmNTExOmFiZWE6NTMxYjo3MDJj:RnJpLCAwMSBEZWMgMjAxNyAyMToyMTozMCAtMDIwMA==

MODELO C (para uso no item 6.8.2)

¿

Comiss„o de an·lise de pedidos de isenÁ„o da taxa de inscriÁ„o

Concurso P˙blico CEMIG Edital 02/2017

Eu

, declaro para fins de requerimento de isenÁ„o

do pagamento da taxa de inscriÁ„o no Concurso P˙blico CEMIG - Edital 02/2017, que n„o exerÁo nenhuma atividade legalmente reconhecida como autÙnoma.

Data:

Assinatura:

e

inscrito no CPF sob o

(nome

do candidato)

portador

do RG

MODELO D (para uso nos itens 6.8.3 e 6.9)

¿

Comiss„o de an·lise de pedidos de isenÁ„o da taxa de inscriÁ„o

Concurso P˙blico CEMIG Edital 02/2017

(nome

inscrito no CPF sob o

Eu

e

, declaro para fins de requerimento de isenÁ„o

do pagamento da taxa de inscriÁ„o no Concurso P˙blico CEMIG - Edital 02/2017, que nunca

tive vÌnculo Estatut·rio com o Poder P˙blico Municipal, Estadual ou Federal.

Data:

Assinatura:

do candidato)

portador

do RG

MODELO E (para uso nos itens 6.8.4 e 6.9)

¿

Comiss„o de an·lise de pedidos de isenÁ„o da taxa de inscriÁ„o

Concurso P˙blico CEMIG Edital 02/2017

Eu

, declaro para fins de requerimento de isenÁ„o

do pagamento da taxa de inscriÁ„o no Concurso P˙blico CEMIG - Edital 02/2017, que nunca tive Contrato de PrestaÁ„o de ServiÁos com o Poder P˙blico Municipal, Estadual ou Federal.

Data:

Assinatura:

e

inscrito no CPF sob o

(nome

do candidato)

portador

do RG

www.pciconcursos.com.br

pcimarkpci MjgwNDowN2Y3OmE1OGU6OTBkZTpmNTExOmFiZWE6NTMxYjo3MDJj:RnJpLCAwMSBEZWMgMjAxNyAyMToyMTozMCAtMDIwMA==

MODELO F (para uso nos itens 6.8.5 e 6.9)

¿

Comiss„o de an·lise de pedidos de isenÁ„o da taxa de inscriÁ„o

Concurso P˙blico CEMIG Edital 02/2017

e

inscrito no CPF sob o

do pagamento da taxa de inscriÁ„o no Concurso P˙blico CEMIG - Edital 02/2017, que nunca exerci nenhuma atividade legalmente reconhecida como autÙnoma.

Data:

Assinatura:

Eu

, declaro para fins de requerimento de isenÁ„o

(nome

do candidato)

portador

do RG

www.pciconcursos.com.br

pcimarkpci MjgwNDowN2Y3OmE1OGU6OTBkZTpmNTExOmFiZWE6NTMxYjo3MDJj:RnJpLCAwMSBEZWMgMjAxNyAyMToyMTozMCAtMDIwMA==

Anexo B - Edital 03/2017 FunÁ„o TÈcnico Cont·bil I

Anexo B - Edital 03/2017

FunÁ„o

TÈcnico Cont·bil I

TÈcnico de Gest„o Administrativa I

Agente TÈcnico de Meio Ambiente I

TÈcnico de OperaÁ„o de SubestaÁıes I

TÈcnico de Planejamento HidroenergÈtico I

TÈcnico de Projetos e Obras Civis I

TÈcnico de Projetos de Sistema ElÈtrico I

TÈcnico de SeguranÁa do Trabalho I

CÛdigo da

 

FunÁ„o

Regi„o de Trabalho

011

Centro Belo Horizonte

021

Centro Belo Horizonte

036

Sul

041

Centro Belo Horizonte

042

Leste

043

Mantiqueira

044

Norte

045

Oeste

046

Sul

047

Tri‚ngulo

051

Centro Belo Horizonte

062

Leste

071

Centro Belo Horizonte

081

Centro Belo Horizonte

082

Leste

084

Norte

Requisito(s) Exigidos:

Curso de Ensino MÈdio completo.

Curso de Ensino MÈdio completo.

Curso de ensino mÈdio completo, acrescido do curso tÈcnico: AgrÌcola ou Agroecologia ou Ccontrole Ambiental ou Hidrologia ou Meio Ambiente ou QuÌmica ou Zootecnia ou Florestal ou Agropecu·ria; Registro no conselho regional da categoria profissional; Carteira Nacional de HabilitaÁ„o categoria mÌnima B.

Curso de ensino mÈdio completo, acrescido do curso tÈcnico em EletrotÈcnica ou EletroeletrÙnica ou EletrÙnica; Registro no conselho regional da categoria profissional; Carteira Nacional de HabilitaÁ„o categoria mÌnima B.

Curso de ensino mÈdio completo, acrescido do curso tÈcnico em Cartografia ou Agrimensura ou Hidrometria ou Hidrologia; Registro no conselho regional da categoria profissional. Carteira Nacional de HabilitaÁ„o categoria mÌnima B.

Curso de ensino mÈdio completo, acrescido do curso tÈcnico em EdificaÁıes; Registro no conselho regional da categoria profissional; Carteira Nacional de HabilitaÁ„o categoria mÌnima B.

Curso de ensino mÈdio completo, acrescido do curso tÈcnico em EletrotÈcnica ou EletroeletrÙnica; Registro no conselho regional da categoria profissional. Carteira Nacional de HabilitaÁ„o categoria mÌnima B.

Curso de ensino mÈdio completo,acrescido de curso tÈcnico em SeguranÁa no Trabalho; Registro na Delegacia Regional do Trabalho; Carteira Nacional de HabilitaÁ„o categoria

mÌnima B.

Sal·rio Base

 

N

de Vagas

R$ 2.498,30

01

+ 01 vaga PCD

R$ 2.498,30

01

+ 01 vaga PCD

R$ 2.935,40

 

01

01

 

01

 

02

R$ 2.935,40

 

01

 

01

 

01

 

04

R$ 2.935,40

01

R$ 2.935,40

01

R$ 2.935,40

01

+ 01 vaga PCD

 

01

R$ 2.935,40

 

03

 

02

www.pciconcursos.com.br

pcimarkpci MjgwNDowN2Y3OmE1OGU6OTBkZTpmNTExOmFiZWE6NTMxYjo3MDJj:RnJpLCAwMSBEZWMgMjAxNyAyMToyMTozMCAtMDIwMA==

Anexo B - Edital 03/2017   CÛdigo da    

Anexo B - Edital 03/2017

 

CÛdigo da

       

FunÁ„o

FunÁ„o

Regi„o de Trabalho

Requisito(s) Exigidos:

Sal·rio Base

N

de Vagas

 

091

Centro Belo Horizonte

   

01 + 01 vaga PCD

092

Leste

 

01

093

Mantiqueira

Curso de ensino mÈdio completo, acrescido de curso

 

01

TÈcnico de Sistema ElÈtrico I

094

Norte

tÈcnico em EletrotÈcnica ou EletrÙnica ou EletroeletrÙnica;

R$ 2.935,40

 

01

095

Oeste

Registro no conselho regional da categoria profissional.

 

01

096

Sul

 

01

097

Tri‚ngulo

 

01

 

101

Centro Belo Horizonte

     

09

102

Leste

 

04

103

Mantiqueira

Curso de ensino mÈdio completo, acrescido de curso tÈcnico em EletrotÈcnica ou EletrÙnica ou EletroeletrÙnica; Registro no conselho regional da categoria profissional.

 

06

TÈcnico de Sistema ElÈtrico Campo I

104

Norte

R$ 2.935,40

 

08

     

105

Oeste

Carteira Nacional de HabilitaÁ„o categoria mÌnima B.

 

04

106

Sul

 

03

107

Tri‚ngulo

 

03

 

113

Mantiqueira

Curso de ensino mÈdio completo, acrescido de curso tÈcnico em EletrotÈcnica ou EletroeletrÙnica; Registro no conselho regional da categoria profissional; Carteira Nacional de HabilitaÁ„o categoria mÌnima B.

   

01

TÈcnico Mantenedor EletroeletrÙnico da GeraÁ„o I

114

Norte

R$ 2.935,40

 

01

116

Sul

 

01

 

122

Leste

Curso de ensino mÈdio completo, acrescido de curso tÈcnico em Mec‚nica ou Eletromec‚nica ou MecatrÙnica; Registro no conselho regional da categoria profissional; Carteira Nacional de HabilitaÁ„o categoria mÌnima B.

   

01

TÈcnico Mantenedor Mec‚nico da GeraÁ„o I

124

Norte

R$ 2.935,40

 

01

126

Sul

 

01

     

Curso de ensino mÈdio completo, acrescido de curso

   

TÈcnico Supervis„o Controle da OperaÁ„o do Sistema I

131

Centro Belo Horizonte

tÈcnico:EeletrotÈcnica ou EletrÙnica ou EletroeletrÙnica; Registro no conselho regional da categoria profissional.

R$ 2.935,40

 

01

     

Curso de ensino mÈdio completo, acrescido de curso

   

TÈcnico Supervis„o Controle do Sistema ElÈtrico DistribuiÁ„o

I

141

Centro Belo Horizonte

tÈcnico: EletrotÈcnica, ou EletrÙnica ou EletroeletrÙnica; Registro no conselho regional da categoria profissional.

R$ 2.935,40

 

01

www.pciconcursos.com.br

pcimarkpci MjgwNDowN2Y3OmE1OGU6OTBkZTpmNTExOmFiZWE6NTMxYjo3MDJj:RnJpLCAwMSBEZWMgMjAxNyAyMToyMTozMCAtMDIwMA==

Anexo B - Edital 03/2017   CÛdigo da    

Anexo B - Edital 03/2017

 

CÛdigo da

         

FunÁ„o

FunÁ„o

Regi„o de Trabalho

Requisito(s) Exigidos:

Sal·rio Base

 

N

de Vagas

 

151

Centro Belo Horizonte

     

03

152

Leste

 

01

153

Mantiqueira

Curso de ensino mÈdio completo, acrescido de curso tÈcnico em Eletromec‚nica ou Mec‚nica; Registro no conselho regional da categoria profissional; Carteira Nacional de HabilitaÁ„o categoria mÌnima B.

 

01

TÈcnico de Sistemas Eletromec‚nicos I

154

Norte

R$ 2.935,40

 

01

155

Oeste

 

01

156

Sul

   

01

157

Tri‚ngulo

 

01

     

Curso de ensino mÈdio completo, acrescido de curso

   

tÈcnico em EletrÙnica ou TelecomunicaÁıes; Registro no

TÈcnico de TelecomunicaÁıes I

161

Centro Belo Horizonte

conselho regional da categoria profissional; Carteira Nacional de HabilitaÁ„o categoria mÌnima B.

R$ 2.935,40

 

01

     

Curso de graduaÁ„o de nÌvel superior bacharelado em

   

Direito; Registro na Ordem dos Advogados do Brasil de

Advogado JR

171

Centro Belo Horizonte

Minas Gerais. Carteira Nacional de HabilitaÁ„o categoria mÌnima B.

R$ 4.300,00

01

+ 01 vaga PCD

     

Curso de graduaÁ„o de nÌvel superior bacharelado em

   

Analista de Gest„o Administrativa JR

181

Centro Belo Horizonte

AdministraÁ„o; Registro no conselho regional da categoria profissional.

R$ 4.300,00

01

+ 01 vaga PCD

     

Curso de graduaÁ„o de nÌvel superior bacharelado em

   

Analista de Gest„o Cont·bil JR

191

Centro Belo Horizonte

CiÍncias

Cont·beis;

Registro

no

conselho

regional da

R$ 4.300,00

01

+ 01 vaga PCD

categoria profissional.

   
     

Curso de graduaÁ„o de nÌvel superior bacharelado em

   

Analista de Sistemas de Inform·tica JR

201

Centro Belo Horizonte

Inform·tica ou curso de graduaÁ„o de nÌvel superior bacharelado com especializaÁ„o em inform·tica.

R$ 4.300,00

01

+ 01 vaga PCD

     

Curso de graduaÁ„o de nÌvel superior bacharelado em

   

Assistente Social JR

211

Centro Belo Horizonte

ServiÁo Social; Registro no conselho regional da categoria profissional.

R$ 3.225,00

01

+ 01 vaga PCD

     

Curso de graduaÁ„o de nÌvel superior bacharelado em

   

Geologia ou Engenharia GeolÛgica; Registro no conselho

GeÛlogo JR

221

Centro Belo Horizonte

regional da categoria profissional; Carteira Nacional de HabilitaÁ„o categoria mÌnima B.

R$ 7.965,00

01

+ 01 vaga PCD

www.pciconcursos.com.br

pcimarkpci MjgwNDowN2Y3OmE1OGU6OTBkZTpmNTExOmFiZWE6NTMxYjo3MDJj:RnJpLCAwMSBEZWMgMjAxNyAyMToyMTozMCAtMDIwMA==

Anexo B - Edital 03/2017   CÛdigo da    

Anexo B - Edital 03/2017

 

CÛdigo da

       

FunÁ„o

FunÁ„o

Regi„o de Trabalho

Requisito(s) Exigidos:

Sal·rio Base

N

de Vagas

     

Curso de graduaÁ„o de nÌvel superior bacharelado em Engenharia de: Agrimensura ou AgronÙmica ou AgrÌcola ou Florestal ou Pesca, acrescido de especializaÁ„o (latu

   

Engenheiro de Meio Ambiente JR

234

Norte

sensu) em Meio Ambiente, ou graduaÁ„o de nÌvel superior bacharelado em Engenharia Ambiental; Registro no conselho regional da categoria profissional; Carteira Nacional de HabilitaÁ„o categoria mÌnima B.

R$ 7.965,00

 

01

     

Curso de graduaÁ„o de nÌvel superior bacharelado em Engenharia: Civil ou de ProduÁ„o Civil ou de Recursos

   

Engenheiro de Planejamento HidroenergÈtico JR

241

Centro Belo Horizonte

HÌdricos; Registro no conselho regional da categoria profissional; Carteira Nacional de HabilitaÁ„o categoria mÌnima B.

R$ 7.965,00

 

01

     

Curso de graduaÁ„o de nÌvel superior bacharelado em

   

Engenharia: Civil ou de ProduÁ„o Civil; Registro no

Engenheiro de SeguranÁa de Barragens JR

251

Centro Belo Horizonte

conselho regional da categoria profissional; Carteira Nacional de HabilitaÁ„o categoria mÌnima B.

R$ 7.965,00

 

01

     

Curso de graduaÁ„o de nÌvel superior bacharelado em Engenharia: elÈtrica ou mec‚nica ou civil com

   

Engenheiro de SeguranÁa do Trabalho JR

261

Centro Belo Horizonte

especializaÁ„o em seguranÁa do trabalho; Registro no conselho regional da categoria profissional; Carteira Nacional de HabilitaÁ„o categoria mÌnima B.

R$ 7.965,00

01 + 01 vaga PCD

     

Curso de graduaÁ„o de nÌvel superior bacharelado em

   

Engenheiro de Sistema ElÈtrico JR

Engenharia ElÈtrica; Registro no conselho regional da

271

Centro Belo Horizonte

categoria profissional; Carteira Nacional de HabilitaÁ„o categoria mÌnima B.

R$ 7.965,00

 

01

     

Curso de graduaÁ„o de nÌvel superior bacharelado em

   

Engenheiro de Sistemas Mec‚nicos JR

Engenharia mec‚nica; Registro no conselho regional da

282

Leste

categoria profissional; Carteira Nacional de HabilitaÁ„o categoria mÌnima B.

R$ 7.965,00

 

01

www.pciconcursos.com.br

pcimarkpci MjgwNDowN2Y3OmE1OGU6OTBkZTpmNTExOmFiZWE6NTMxYjo3MDJj:RnJpLCAwMSBEZWMgMjAxNyAyMToyMTozMCAtMDIwMA==

Anexo B - Edital 03/2017 Engenheiro de TelecomunicaÁıes JR

Anexo B - Edital 03/2017

Engenheiro de TelecomunicaÁıes JR

291

Centro Belo Horizonte

Curso de graduaÁ„o de nÌvel superior bacharelado em Engenharia: de TelecomunicaÁıes ou eletrÙnica ou ElÈtrica

com Ínfase em telecomunicaÁıes; Registro no conselho regional da categoria profissional; Carteira Nacional de HabilitaÁ„o categoria mÌnima B.

R$ 7.965,00

01

FunÁ„o

FunÁ„o CÛdigo da FunÁ„o Regi„o de Trabalho Requisito(s) Exigidos: Sal·rio Base N de Vagas

CÛdigo da

FunÁ„o

Regi„o de Trabalho

FunÁ„o CÛdigo da FunÁ„o Regi„o de Trabalho Requisito(s) Exigidos: Sal·rio Base N de Vagas

Requisito(s) Exigidos:

FunÁ„o CÛdigo da FunÁ„o Regi„o de Trabalho Requisito(s) Exigidos: Sal·rio Base N de Vagas

Sal·rio Base

FunÁ„o CÛdigo da FunÁ„o Regi„o de Trabalho Requisito(s) Exigidos: Sal·rio Base N de Vagas

N de Vagas

FunÁ„o CÛdigo da FunÁ„o Regi„o de Trabalho Requisito(s) Exigidos: Sal·rio Base N de Vagas

Legenda: PCD - Pessoa com DeficiÍncia

www.pciconcursos.com.br

pcimarkpci MjgwNDowN2Y3OmE1OGU6OTBkZTpmNTExOmFiZWE6NTMxYjo3MDJj:RnJpLCAwMSBEZWMgMjAxNyAyMToyMTozMCAtMDIwMA==

Anexo C do Edital 03/2017 SUM£RIOS TÈcnico Cont·bil I:

Anexo C do Edital 03/2017

SUM£RIOS

TÈcnico Cont·bil I: Respons·vel pela execuÁ„o, sob orientaÁ„o, dos registros cont·beis e acompanhamento patrimonial da CEMIG, de suas coligadas e controladas, controle do arquivo cont·bil, conciliaÁ„o das contas cont·beis, objetivando garantir a qualidade das informaÁıes.

TÈcnico de Gest„o Administrativa I: Executar, sob orientaÁ„o, as atividades administrativas envolvendo finanÁas, orÁamentos, recursos humanos, licitaÁıes, convÍnios, materiais, patrimÙnio, ativo imobilizado, contratos de prestaÁ„o de serviÁos, frota de veÌculos, seguranÁa do trabalho, benefÌcios e outros serviÁos correlatos, visando operacionalizar as rotinas administrativas e atender as necessidades dos ”rg„os da Empresa, com foco na melhoria dos resultados, de acordo com os procedimentos e polÌticas determinados pela DireÁ„o da Empresa e legislaÁ„o vigente.

Agente TÈcnico de Meio Ambiente I: Executar, sob orientaÁ„o, as atividades tÈcnicas dos processos de licenciamento de empreendimentos da Empresa, bem como a implantaÁ„o, manutenÁ„o e acompanhamento de programas ambientais, em unidades administrativas e industriais nos setores de distribuiÁ„o, transmiss„o, geraÁ„o de energia elÈtrica, materiais e transporte, visando ‡ adequaÁ„o da Companhia, suas subsidi·rias, coligadas e controladas no tocante ‡ legislaÁ„o de meio ambiente aplic·vel, ‡ PolÌtica Ambiental da Cemig e ‡s necessidades das partes interessadas.

TÈcnico de OperaÁ„o de SubestaÁıes I: Respons·vel pela execuÁ„o, sob orientaÁ„o, dos serviÁos de operaÁ„o e controle da manutenÁ„o das subestaÁıes de extra-alta tens„o da ·rea de concess„o da CEMIG, visando maximizar a disponibilidade dos equipamentos e atender ‡s determinaÁıes dos Centros de OperaÁ„o do Sistema e do Operador Nacional do Sistema ñ ONS.

TÈcnico de Planejamento HidroenergÈtico I: Acompanhar e executar, sob orientaÁ„o, as atividades tÈcnicas especializadas na ·rea hidrolÛgica, sedimentomÈtrica, climatolÛgica e energÈtica, visando auxiliar na execuÁ„o das atividades de planejamento hidr·ulico e energÈtico da operaÁ„o do parque gerador da Cemig, contribuindo para as ·reas de geraÁ„o, transmiss„o e distribuiÁ„o, e alertas de cheias para Defesa Civil.

TÈcnico de Projetos e Obras Civis I: Executar, sob orientaÁ„o, projetos civis e de viabilidade tÈcnica e econÙmica, de instalaÁıes de geraÁ„o, transmiss„o e subtransmiss„o, atravÈs da aplicaÁ„o de normas, critÈrios tÈcnicos, visitas tÈcnicas, coleta de dados em campo, observando aspectos ambientais, de seguranÁa e de qualidade. Executar e participar, sob orientaÁ„o, da fiscalizaÁ„o/acompanhamento das atividades civis, compatÌveis com sua formaÁ„o, nas diversas frentes das obras civis de construÁ„o, ampliaÁ„o, reforma e manutenÁ„o de obras civis de edificaÁıes e urbanizaÁ„o, participando da elaboraÁ„o da programaÁ„o e da definiÁ„o da metodologia da execuÁ„o dos serviÁos.

TÈcnico de Projetos de Sistema ElÈtrico I: Executar, sob orientaÁ„o, e participar do desenvolvimento de projetos elÈtricos, eletromec‚nicos, automaÁ„o, estudos de viabilidade tÈcnica e econÙmica; auxiliar na gest„o de serviÁos, materiais, equipamentos nas instalaÁıes de geraÁ„o, transmiss„o e subtransmiss„o (linhas de transmiss„o e subestaÁıes), visando atender aos interesses da Empresa dentro de sua ·rea de concess„o, suas subsidi·rias, coligadas, controladas, clientes externos e de novos negÛcios.

TÈcnico de SeguranÁa do Trabalho I: Respons·vel pela execuÁ„o das atividades de seguranÁa e higiene do trabalho, sob orientaÁ„o, dentro de sua ·rea de atuaÁ„o, visando ‡ integridade fÌsica do empregado, de terceiros, empreiteiros e ao patrimÙnio da empresa,

www.pciconcursos.com.br

pcimarkpci MjgwNDowN2Y3OmE1OGU6OTBkZTpmNTExOmFiZWE6NTMxYjo3MDJj:RnJpLCAwMSBEZWMgMjAxNyAyMToyMTozMCAtMDIwMA==

apoiado nos procedimentos, normas e polÌticas de seguranÁa determinadas pela direÁ„o da empresa e legislaÁ„o vigente.

TÈcnico de Sistema ElÈtrico I: Executar, sob orientaÁ„o, as atividades de an·lise de desempenho do sistema elÈtrico; estudos e an·lises operativas; cadastro e controle dos registros de interrupÁıes; atender a solicitaÁıes de clientes; agÍncia reguladora, Ûrg„os de defesa do consumidor, garantindo seguranÁa, qualidade, confiabilidade, flexibilidade, preservaÁ„o do meio ambiente e reduÁ„o dos custos da operaÁ„o do sistema elÈtrico, na ·rea de atuaÁ„o da Cemig.

TÈcnico de Sistema ElÈtrico Campo I: Executar, sob orientaÁ„o, as atividades de manutenÁ„o especializada em eletroeletrÙnica, em equipamentos de proteÁ„o, transformaÁ„o, manobra, comando e controle em oficinas, laboratÛrios e instalaÁıes do sistema de GeraÁ„o, Transmiss„o e DistribuiÁ„o da CEMIG, visando maximizar a disponibilidade e confiabilidade do sistema elÈtrico, atentando para os aspectos de seguranÁa e preservaÁ„o ambiental. Executar, sob orientaÁ„o, atividades relativas ‡ construÁ„o, inspeÁ„o, operaÁ„o e manutenÁ„o das linhas e redes, visando garantir o controle dos serviÁos tÈcnico-operacionais, atendendo os requisitos legais, ambientais e de seguranÁa, melhorando a satisfaÁ„o dos clientes internos e externos.

TÈcnico Mantenedor EletroeletrÙnico da GeraÁ„o I: Executar, sob orientaÁ„o, as atividades tÈcnicas de manutenÁ„o eletroeletrÙnica dos ativos de geraÁ„o de energia elÈtrica garantindo, de forma sustent·vel, a adequada performance operacional dos ativos de geraÁ„o, com m·xima rentabilidade, qualidade, seguranÁa e responsabilidade socioambiental. Executar, sob orientaÁ„o, a operaÁ„o local de usinas e apoiar o Centro de OperaÁ„o nas usinas telecontroladas, consonante com os procedimentos do Operador Nacional do Sistema ou de seus prepostos, intermediados pelos Ûrg„os de planejamento elÈtrico e hidroenergÈtico da Cemig, garantindo o fornecimento ininterrupto de energia elÈtrica das usinas, para o sistema elÈtrico interligado observando os aspectos de seguranÁa fÌsica de pessoas, equipamentos e meio ambiente.

TÈcnico Mantenedor Mec‚nico da GeraÁ„o I: Executar, sob orientaÁ„o, as atividades tÈcnicas de manutenÁ„o mec‚nica dos ativos de geraÁ„o de energia elÈtrica garantindo, de forma sustent·vel, a adequada performance operacional dos ativos de geraÁ„o, com m·xima rentabilidade, qualidade, seguranÁa e responsabilidade socioambiental. Executar, sob orientaÁ„o, a operaÁ„o local de usinas e apoiar o Centro de OperaÁ„o nas usinas telecontroladas, consonante com os procedimentos do Operador Nacional do Sistema ou de seus prepostos, intermediados pelos Ûrg„os de planejamento elÈtrico e hidroenergÈtico da Cemig, garantindo o fornecimento ininterrupto de energia elÈtrica das usinas, para o sistema elÈtrico interligado observando os aspectos de seguranÁa fÌsica de pessoas, equipamentos e meio ambiente.

TÈcnico de Supervis„o e Controle da OperaÁ„o do Sistema I: Executar a operaÁ„o remota do sistema de geraÁ„o, transmiss„o e distribuiÁ„o de energia elÈtrica sob responsabilidade da CEMIG no ‚mbito do Centro de OperaÁ„o do Sistema, executando as atividades sob regime de escala de revezamento, com a presteza, eficiÍncia, rapidez, seguranÁa e correÁ„o necess·rias, gerenciando e disponibilizando adequadamente as informaÁıes adquiridas, e visando a manutenÁ„o e/ou restabelecimento das condiÁıes normais de operaÁ„o desejadas, garantindo a qualidade, continuidade e seguranÁa do fornecimento de energia elÈtrica aos clientes, bem como a correta operaÁ„o dos reservatÛrios das usinas hidrelÈtricas, em conformidade com as normas e instruÁıes de operaÁ„o vigentes, recebendo orientaÁıes bem definidas e acompanhamento direto dos tÈcnicos pleno e sÍnior.

TÈcnico de Supervis„o e Controle do Sistema ElÈtrico de DistribuiÁ„o I: Executar, sob orientaÁ„o, a operaÁ„o remota dos equipamentos do sistema elÈtrico, de alta, mÈdia e baixa tens„o; execuÁ„o das atividades de programaÁ„o de intervenÁıes; execuÁ„o das liberaÁıes de intervenÁ„o programada na rede, restabelecimento do sistema elÈtrico quando de perturbaÁıes; despacho dos serviÁos comerciais e participaÁ„o da an·lise de desempenho do Sistema, visando garantir qualidade e continuidade no fornecimento de energia elÈtrica para os clientes da CEMIG.

www.pciconcursos.com.br

pcimarkpci MjgwNDowN2Y3OmE1OGU6OTBkZTpmNTExOmFiZWE6NTMxYjo3MDJj:RnJpLCAwMSBEZWMgMjAxNyAyMToyMTozMCAtMDIwMA==

TÈcnico de Sistemas Eletromec‚nicos I: Executar, sob orientaÁ„o, as atividades de manutenÁ„o especializada em eletromec‚nica, de equipamentos de manobra, transformaÁ„o, proteÁ„o, comandos, controles, linhas de transmiss„o, grupo motogeradores em oficinas, laboratÛrios e instalaÁıes do sistema de geraÁ„o, transmiss„o e distribuiÁ„o da CEMIG, visando maximizar a disponibilidade e confiabilidade do sistema elÈtrico, atentando para os aspectos de seguranÁa e preservaÁ„o ambiental.

TÈcnico de TelecomunicaÁıes I: Executar, sob orientaÁ„o, atividades de operaÁ„o, manutenÁ„o, montagem, comissionamento, automaÁ„o, controle, planejamento e expans„o do sistema e equipamentos de telecomunicaÁ„o, telesupervis„o, teleproteÁ„o, telecontrole e inform·tica, visando fornecer e garantir meios de comunicaÁ„o para operaÁ„o do sistema elÈtrico, Ûrg„os de gest„o e clientes externos com qualidade, confiabilidade e seguranÁa.

Advogado JR: Representar, sob orientaÁ„o, a empresa, suas coligadas e seus empregados,

ativa e passivamente, perante o foro em geral e Ûrg„os da administraÁ„o p˙blica direta, indireta

e fundacional, bem como participar, contribuir e auxiliar seus procedimentos internos e

externos que requeiram o conhecimento e observ‚ncia de legislaÁ„o com atuaÁ„o ativa, preventiva e corretiva, visando defender e/ou obter os direitos e interesses da companhia, facilitar o negÛcio com rapidez e excelÍncia de resultados, zelando pela sua imagem, sua cultura, seus valores, suas normas e sua polÌtica, evitando/minimizando custos e/ou auferindo vantagens legais, empresariais e/ou financeiras.

Analista de Gest„o Administrativa JR: Executar, sob orientaÁ„o, as atividades relacionadas aos processos administrativos envolvendo recursos humanos, orÁamentos, custos, inform·tica, material, transporte, contratos, patrimÙnio, serviÁos de apoio, em sua ·rea de atuaÁ„o, visando ‡ obtenÁ„o de informaÁıes e o suporte ‡s decisıes gerenciais, contribuindo para a melhoria dos resultados da empresa, suas coligadas, controladas e consÛrcios.

Analista de Gest„o Cont·bil JR: Executar, sob orientaÁ„o, registros cont·beis das operaÁıes econÙmico-financeiras da CEMIG e de suas controladas e coligadas, participar na elaboraÁ„o das DemonstraÁıes Cont·beis, apuraÁ„o dos tributos, controle patrimonial, visando ao cumprimento das metas estabelecidas no planejamento estratÈgico, atendimento ‡s legislaÁıes especÌficas envolvidas, contribuindo para a alavancagem dos resultados corporativos.

Analista de Sistemas de Inform·tica JR: Executar, sob orientaÁ„o, atividades de an·lise de sistemas nos campos de desenvolvimento e manutenÁ„o de aplicaÁıes, documentaÁ„o e atendimento de serviÁos de inform·tica relacionados a sistemas de informaÁ„o, envolvendo conhecimento de an·lise de necessidades, elaboraÁ„o de modelos de dados, implementaÁ„o e implantaÁ„o de sistemas, visando atender ‡s necessidades das ·reas usu·rias no alcance de seus objetivos.

Assistente Social JR: Respons·vel pela execuÁ„o, sob orientaÁ„o, da assistÍncia social aos empregados, a seus familiares/dependentes e a terceiros acidentados, dentro de sua ·rea de responsabilidade, visando ‡ melhoria do bem estar social e ‡ minimizaÁ„o dos impactos causados pelas atividades da Empresa.

GeÛlogo JR: Pesquisar, sob orientaÁ„o, as condiÁıes geolÛgicas dos sÌtios de implantaÁ„o

das usinas, incluindo informaÁıes referentes ‡ sismicidade, assim como realizar mapeamentos

e inspeÁıes de campo, programando e acompanhando a realizaÁ„o de investigaÁıes

geolÛgico-geotÈcnicas e respondendo pelos serviÁos especializados em seguranÁa de barragens, que contemplam a elaboraÁ„o e revis„o de laudos, relatÛrios, pareceres tÈcnicos, Planos de SeguranÁa de Barragens e formul·rios regulatÛrios. Desenvolver, sob orientaÁ„o, estudos e projetos geolÛgicos-geotÈcnicos para expans„o, ampliaÁ„o, modernizaÁ„o e descomissionamento de empreendimentos da GeraÁ„o, otimizaÁıes de projetos e ìDue Diligencesî para aquisiÁ„o de ativos, estruturaÁ„o de negÛcios para leilıes e ampliaÁ„o de empreendimentos, bem como a Engenharia do Propriet·rio e fiscalizaÁ„o de obras.

Engenheiro de Meio Ambiente JR: Respons·vel pela participaÁ„o e execuÁ„o, sob orientaÁ„o, das atividades tÈcnicas de engenharia na avaliaÁ„o, licenciamento, implantaÁ„o e

www.pciconcursos.com.br

pcimarkpci MjgwNDowN2Y3OmE1OGU6OTBkZTpmNTExOmFiZWE6NTMxYjo3MDJj:RnJpLCAwMSBEZWMgMjAxNyAyMToyMTozMCAtMDIwMA==

planejamento da adequaÁ„o ambiental na Empresa, visando atender ‡ legislaÁ„o ambiental, ‡ polÌtica ambiental e aos objetivos estratÈgicos corporativos.

Engenheiro de Planejamento HidroenergÈtico JR: Planejar e otimizar, sob orientaÁ„o, a

operaÁ„o dos reservatÛrios com seguranÁa para a barragem e terceiros, realizando controle de cheias e secas e maximizando resultados financeiros, elaborar previsıes de energia natural e contribuir na estratÈgia de comercializaÁ„o, atuar na regulaÁ„o de geraÁ„o e recursos hÌdricos

e realizar estudos energÈticos de operaÁ„o e expans„o.

Engenheiro de SeguranÁa de Barragens JR: Participar e auxiliar na elaboraÁ„o de estudos e projetos civis de monitoramento, manutenÁ„o, recapacitaÁ„o, modernizaÁ„o, reativaÁ„o e desativaÁ„o das estruturas civis de usinas e barragens de todas as instalaÁıes operadas e mantidas pela CEMIG, de sua propriedade ou n„o, visando permitir a exploraÁ„o m·xima destes ativos e a realizaÁ„o dos resultados financeiros desejados, garantindo sua seguranÁa estrutural, funcional, hidrolÛgica e ambiental, de modo a n„o oferecer riscos inaceit·veis para propriet·rios, meio ambiente e populaÁ„o em geral.

Engenheiro de SeguranÁa do Trabalho JR: Atuar na ·rea de SeguranÁa do Trabalho e, sob orientaÁ„o, elaborar e validar diretrizes, procedimentos e polÌticas internas, realizar inspeÁıes e acompanhar equipes em linhas, redes, usinas e subestaÁıes do Sistema ElÈtrico de PotÍncia (SEP), validar o PPRA, realizar mediÁıes de agentes ambientais, avaliar e padronizar Equipamentos de ProteÁ„o Individual, ministrar treinamentos, investigar acidentes.

Engenheiro de Sistema ElÈtrico JR: Executar, sob orientaÁ„o, as atividades de manutenÁ„o e ensaios em equipamentos eletroeletrÙnicos de geraÁ„o, transmiss„o e distribuiÁ„o garantindo a confiabilidade operativa do sistema elÈtrico da CEMIG, suas subsidi·rias e coligadas, observando os critÈrios tÈcnico-econÙmicos, socioambientais e legais em vigor, respeitados os princÌpios Èticos da empresa e da sociedade. Executar, sob orientaÁ„o, as atividades dos processos de engenharia e de execuÁ„o de manutenÁ„o de equipamentos de subestaÁıes, de linhas de transmiss„o e de sistemas de proteÁ„o e automaÁ„o, visando maximizar a disponibilidade e a confiabilidade do Sistema ElÈtrico da Cemig, otimizando a utilizaÁ„o de recursos humanos e tecnolÛgicos e atentando para os aspectos de seguranÁa e preservaÁ„o ambiental.

Engenheiro de Sistemas Mec‚nicos JR: Executar, sob orientaÁ„o, as atividades de manutenÁ„o e ensaios em equipamentos eletromec‚nicos das ·reas de geraÁ„o, transmiss„o

e distribuiÁ„o da Empresa, visando maximizar a disponibilidade operativa dos equipamentos,

garantindo a confiabilidade operativa do sistema elÈtrico Cemig observando os critÈrios de seguranÁa, tÈcnico-econÙmicos, socioambientais e legais em vigor, respeitados os princÌpios Èticos da empresa e da sociedade. Executar sob orientaÁ„o, serviÁos de recepÁ„o e manutenÁ„o em equipamentos e instrumentos eletromec‚nicos, aplicados ‡ automaÁ„o, transformaÁ„o e manobra, oferecendo apoio tÈcnico, propondo alternativas de execuÁ„o de serviÁos, controlando-os, cumprindo as especificaÁıes tÈcnicas preestabelecidas, os cronogramas fÌsicos ent„o definidos e observando as apropriaÁıes de custo das atividades.

Engenheiro de TelecomunicaÁıes JR: Respons·vel pela participaÁ„o e execuÁ„o, sob orientaÁ„o, de atividades de recepÁ„o, comissionamento, operaÁ„o, manutenÁ„o, implantaÁ„o, montagem, automaÁ„o, planejamento e expans„o de sistemas de telecomunicaÁıes, visando

assegurar suas disponibilidades e funcionalidades para operaÁ„o do sistema elÈtrico, atendendo critÈrios de qualidade, seguranÁa, custo e confiabilidade, de acordo com as normas

e legislaÁıes vigentes.

www.pciconcursos.com.br

pcimarkpci MjgwNDowN2Y3OmE1OGU6OTBkZTpmNTExOmFiZWE6NTMxYjo3MDJj:RnJpLCAwMSBEZWMgMjAxNyAyMToyMTozMCAtMDIwMA==

Anexo D do Edital 03/2017 Quadros com as Regiıes de

Anexo D do Edital 03/2017 Quadros com as Regiıes de Trabalho e Localidades

Regi„o de Trabalho

Localidades

Centro Belo Horizonte

AracaÌ, Baldim, Belo Horizonte, Betim, Brumadinho, Cachoeira da Prata, CaetanÛpolis, CaetÈ, Campim Branco, Confins, Contagem, Cordisburgo, Esmeraldas, Fortuna de Minas, Funil‚ndia, IbiritÈ, IgarapÈ, Inhauma, Itabirito, Jaboticatubas, Jequitib·, Juatuba, Lagoa Santa, Mariana, M·rio Campos, Mateus Leme, Matozinhos, Nova Lima, Ouro Preto, Paraopeba, Pedro Leopoldo, Prudente de Morais, Raposos, Ribeir„o das Neves, Rio Acima, Sabar·, Santa Luzia, Santana de Pirapama, Santana do Riacho, S„o Joaquim de Bicas, S„o JosÈ da Lapa, Sarzedo, Sete Lagoas, TaquaraÁu de Minas, Vespasiano

Leste

AÁucena, £gua Boa, £guas Formosas, £guas Vermelhas, AimorÈs, Almenara, Alpercata, Alto CaparaÛ, Alvarenga, Alvorada de Minas, Angel‚ndia, AntÙnio Dias, AraÁuaÌ, Aricanduva, AtalÈia, Bandeira, Bar„o de Cocais, Bela Vista de Minas, Belo Oriente, Berilo, BertÛpolis, Bom Jesus do Amparo, Bom Jesus do Galho, Bra˙nas, Bugre, Cachoeira de Pajeu, Caiana, Campan·rio, Cantagalo, CaparaÛ, Capelinha, Capit„o Andrade, CaraÌ, Carangola, Caratinga, Carbonita, Carlos Chagas, CarmÈsia, Catas Altas, Catuji, Central de Minas, ChalÈ, Chapada do Norte, Coluna, Comercinho, ConceiÁ„o de Ipanema, ConceiÁ„o do Mato Dentro, Congonhas do Norte, Conselheiro Pena, Coroaci, Coronel Fabriciano, Coronel Murta, CÛrrego Novo, CrisÛlita, Cuparaque, DionÌsio, Divino, Divino das Laranjeiras, Divinol‚ndia de Minas, Divisa Alegre, DivisÛpolis, Dom Cavati, Dom Joaquim, Dores de Guanh„es, Engenheiro Caldas, Entre Folhas, Espera Feliz, Faria Lemos, Felisburgo, Fernandes Tourinho, Ferros, Fervedouro, Francisco BadarÛ, FranciscÛpolis, Frei Gaspar, Frei InocÍncio, Frei Lagonegro, Fronteira dos Vales, GalilÈia, Goiabeira, Gonzaga, Governador Valadares, Guanh„es, Iapu, ImbÈ de Minas, Inhapim, Ipaba, Ipanema, Ipatinga, Itabira, Itabirinha de Mantena, ItaipÈ, Itamarandiba, Itambacuri, ItambÈ do Mato Dentro, Itanhomi, Itaobim, Itinga, Itueta, Jacinto, JaguaraÁu, Jampruca, Jenipapo de Minas, Jequitinhonha, Joaima, JoanÈsia, Jo„o Monlevade, Jord‚nia, JosÈ GonÁalves de Minas, JosÈ Raydan, Ladainha, Lajinha, Leme do Prado, Machacalis, Malacacheta, ManhuaÁu, Mantena, Marilac, MarliÈria, Mata Verde, Materl‚ndia, Mathias Lobato, Medina, Mendes Pimentel, Mesquita, Minas Novas, Monte Formoso, Morro do Pilar, Mutum, Nacip Raydan, Nanuque, Naque, Nova BelÈm, Nova Era, Nova Modica, Nova Uni„o, Novo Cruzeiro, Novo Oriente de Minas, Oriz‚nia, Ouro Verde de Minas, Padre ParaÌso, PalmÛpolis, Passabem, Paulistas, Pav„o, PeÁanha, Pedra Azul, Periquito, Pescador, Piedade de Caratinga, Pingo D'Agua, Pocrane, Ponto dos Volantes, Pote, Resplendor, Rio do Prado, Rio Piracicaba, Rio Vermelho, Rubim, SabinÛpolis, Salto da Divisa, Santa B·rbara, Santa B·rbara do Leste, Santa EfigÍnia de Minas, Santa Helena de Minas, Santa Maria de Itabira, Santa Maria do Salto, Santa Maria do SuaÁuÌ, Santa Rita de Minas, Santa Rita do Itueto, Santana do ParaÌso, Santo AntÙnio do ItambÈ, Santo AntÙnio do Jacinto, Santo AntÙnio do Rio Abaixo, S„o Domingos das Dores, S„o Domingos do Prata, S„o FÈlix de Minas, S„o Francisco do GlÛria, S„o Geraldo da Piedade, S„o Geraldo do Baixio, S„o GonÁalo do Rio Abaixo, S„o Jo„o do Manteninha, S„o Jo„o do Oriente, S„o Jo„o Evangelista, S„o JosÈ da Safira, S„o JosÈ do Divino, S„o JosÈ do Goiabal, S„o JosÈ do Jacuri, S„o JosÈ do Mantimento, S„o Pedro do SuaÁuÌ, S„o Sebasti„o do Anta, S„o Sebasti„o do Maranh„o, S„o Sebasti„o do Rio Preto, Sardoa, Senhora do Porto, Serra Azul de Minas, Serra dos AimorÈs, Serro, Setubinha, Sobr·lia, Taparuba, Tarumirim, TeÛfilo Otoni, TimÛteo, Tombos, Tumiritinga, Turmalina, Ubaporanga, Umburatiba, Vargem Alegre, Veredinha, Virgem da Lapa, VirginÛpolis, Virgol‚ndia

www.pciconcursos.com.br

pcimarkpci MjgwNDowN2Y3OmE1OGU6OTBkZTpmNTExOmFiZWE6NTMxYjo3MDJj:RnJpLCAwMSBEZWMgMjAxNyAyMToyMTozMCAtMDIwMA==

Anexo D do Edital 03/2017 Quadros com as Regiıes de Trabalho e Localidades

Regi„o de Trabalho

Localidades

Mantiqueira

Abre Campo, Acaiaca, Alfredo Vasconcelos, Alto Rio Doce, AlvinÛpolis, Amparo da Serra, AntÙnio Carlos Aracitaba, Barbacena, Barra Longa, Barroso, Belmiro Braga, Belo Vale, Bias Fortes, Bicas, Br· Pires, Capela Nova, CaranaÌba, CarandaÌ, Carrancas, Casa Grande, Catas Altas da Noruega, Ch·cara, Chiador, Cipot‚nea, ConceiÁ„o da Barra de Minas, Congonhas, Conselheiro Lafaiete, Coronel Pacheco, Coronel Xavier Chaves, Cristiano Otoni, Desterro do Melo, Diogo de Vasconcelos, Dom SilvÈrio, Dores de Campos, Dores do Turvo, Entre Rios de Minas, Erv·lia, Estrela Dalva, Ewbank da C‚mara, Goiana, Guaraciaba, Guarara, Ibertioga, Itaverava, Itutinga, Jeceaba, Jequeri, Juiz de Fora, Lagoa Dourada, Lamim, Lima Duarte, Madre de Deus de Minas, Mar de Espanha, Maripa de Minas, Matias Barbosa, Merces, Moeda, MuriaÈ, Nazareno, Olaria, Oliveira Fortes, OratÛrios, Ouro Branco, Paiva, Pedra Bonita, Pedro Teixeira, Pequeri, Piau, Piedade de Ponte Nova, Piedade do Rio Grande, Piranga, Pirapetinga, Ponte Nova, Porto Firme, Prados, Presidente Bernardes, Queluzito, Raul Soares, Resende Costa, Ressaquinha, Rio Casca, Rio Doce, Rio Espera, Rio Novo, Rio Preto, Rit·polis, Santa B·rbara do Monte Verde, Santa B·rbara do Tugurio, Santa Cruz de Minas, Santa Cruz do Escalvado, Santa Margarida, Santa Rita do Ibitipoca, Santana do Deserto, Santana do Garambeu, Santana dos Montes, Santo AntÙnio do Grama, Santos Dumont, S„o Br·s do SuaÁuÌ, S„o Jo„o Del Rei, S„o Pedro dos Ferros, S„o Tiago, Sem Peixe, Senador Cortes, Senhora de Oliveira, Senhora dos RemÈdios, Sim„o Pereira, Tabuleiro, Teixeiras, Tiradentes, Urucania, Vermelho Novo, ViÁosa, Volta Grande

Norte

Arinos, Augusto de Lima, Berizal, Bocai˙va, BonfinÛpolis de Minas, Bonito de Minas, Botumirim, Brasil‚ndia de Minas, BuenÛpolis, Buritis, Buritizeiro, Cabeceira Grande, Campo Azul, Capit„o EnÈas, Catuti, Chapada Ga˙cha, Claro dos PoÁıes, CÙnego Marinho, CoraÁ„o de Jesus, Corinto, Couto de Magalh„es de Minas, Crist·lia, Curral de Dentro, Curvelo, Datas, Diamantina, Dom Bosco, Engenheiro Navarro, Espinosa, FelÌcio dos Santos, Felixl‚ndia, Formoso, Francisco Dumont, Francisco S·, Fruta de Leite, Gameleiras, Glaucil‚ndia, Gouveia, Gr„o Mogol, Guaraciama, IbiaÌ, Ibiracatu, IcaraÌ de Minas, Indaiabira, Inimutaba, Itacambira, Itacarambi, JaÌba, Jana˙ba, Janu·ria, Japonvar, JequitaÌ, Jo„o Pinheiro, Joaquim FelÌcio, JosenÛpolis, Juramento, Juvenilia, Lagoa dos Patos, Lassance, Lontra, Luisl‚ndia, Mamonas, Manga, Matias Cardoso, Mato Verde, Mirabela, Mirav‚nia, Monjolos, Montalvania, Monte Azul, Montes Claros, Montezuma, Morro da GarÁa, Natal‚ndia, Ninheira, Nova Porteirinha, Novorizonte, Olhos D'Agua, Padre Carvalho, Pai Pedro, Paracatu, Patis, Pedras de Maria da Cruz, PintÛpolis, Pirapora, Ponto Chique, Porteirinha, Presidente Juscelino, Presidente Kubitschek, Riachinho, Riacho dos Machados, Rio Pardo de Minas, Rubelita, Salinas, Santa Cruz de Salinas, Santa FÈ de Minas, Santo AntÙnio do Retiro, Santo HipÛlito, S„o Francisco, S„o GonÁalo do Rio Preto, S„o Jo„o da Lagoa, S„o Jo„o da Ponte, S„o Jo„o das Missıes, S„o Jo„o do Pacui, S„o Jo„o do ParaÌso, S„o Rom„o, Senador Modestino GonÁalves, SerranÛpolis de Minas, Taiobeiras, TrÍs Marias, UbaÌ, UnaÌ, Uruana de Minas, Urucuia, Vargem Grande do Rio Pardo, V·rzea da Palma, Varzel‚ndia, Verdel‚ndia

www.pciconcursos.com.br

pcimarkpci MjgwNDowN2Y3OmE1OGU6OTBkZTpmNTExOmFiZWE6NTMxYjo3MDJj:RnJpLCAwMSBEZWMgMjAxNyAyMToyMTozMCAtMDIwMA==

Anexo D do Edital 03/2017 Quadros com as Regiıes de Trabalho e Localidades

Regi„o de Trabalho

Localidades

Oeste

Abaete, AlpinÛpolis, Ara˙jos, Arcos, BambuÌ, Biquinhas, Bom Despacho, Bonfim, Camacho, Capetinga, CapitÛlio, Carmo da Mata, Carmo do Cajuru, Carmo do Rio Claro, CarmÛpolis de Minas, C·ssia, Cedro do AbaetÈ, Claraval, Cl·udio, ConceiÁ„o da Aparecida, ConceiÁ„o do Par·, Corrego Danta, CÛrrego Fundo, Crucil‚ndia, DelfinÛpolis, Desterro de Entre Rios, DivinÛplis, Dores do Indai·, DoresÛpolis, Estrela do Indai·, Florestal, Formiga, Fortaleza de Minas, Ibiraci, Igaratinga, Iguatama, Itaguara, Itapecerica, ItatiaiuÁu, Ita˙ de Minas, Ita˙na, JacuÌ,JaparaÌba, Lagoa da Prata, Leandro Ferreira, Luz, Maravilhas, Martinho Campos, Medeiros, Moema, Morada Nova de Minas, Nova Serrana, Oliveira, OnÁa do Pitangui, Paineiras, Pains, Papagaios, Par· de Minas, Passa Tempo, Passos, Pedra do Indai·, Pequi, Perdig„o, Piedade dos Gerais, Pimenta, Piracema, Pitangui, Piumhi, PompÈu, Prat·polos, Quartel Geral, Rio Manso, Santo AntÙnio do Monte, S„o Francisco de Paula, S„o GonÁalo do Par·, S„o Jo„o Batista do GlÛria, S„o JosÈ da Barra, S„o JosÈ da Varginha, S„o Roque de Minas, S„o Sebasti„o do Oeste, S„o Sebasti„o do ParaÌso, S„o Tom·s de Aquino, Serra da Saudade, TapiraÌ, Vargem Bonita

Sul

Aguanil, Aiuruoca, Alagoa, Albertina, Alfenas, Alterosa, Andradas, Andrel‚ndia, Arantina, Areado, Baependi, Bandeira do Sul, Boa EsperanÁa, Bocaina de Minas, Bom Jardim de Minas, Bom Jesus da Penha, Bom Repouso, Bom Sucesso, Borda da Mata, Botelhos, BrasÛpolis, Cabo Verde, Cachoeira de Minas, Caldas, Cambuquira, Campanha, Campestres, Campo Belo, Campo do Meio, Campos Gerais, Cana Verde, Candeias, CareaÁu, Carmo da Cachoeira, Carmo de Minas, CarvalhÛpolis, Carvalhos, Caxambu, ConceiÁ„o das Pedras, ConceiÁ„o do Rio Verde, ConceiÁ„o dos Ouros, Congonhal, ConsolaÁ„o, Coqueiral, Cordisl‚ndia, Cristais, Cristina, CruzÌlia, Delfim Moreira, Divisa Nova, Dom ViÁoso, Eloi Mendes, EspÌrito Santo do Dourado, Fama, GonÁalves, GuapÈ, GuaranÈsia, Heliodora, Ibitiura de Minas, Ibituruna, Ijaci, Ilicinea, Inconfidentes, IngaÌ, Ipuiuna, Itajub·, Itamonte, Itanhandu, Itumirim, Jacutinga, Jesu‚nia, Juruaia, Lambari, Lavras, Liberdade Lumin·rias, Machado, Maria da FÈ, MarmelÛpolis, Minduri, Monsenhor Paulo, Monte Belo, Monte Si„o, Muzambinho, NatÈrcia, Nepomuceno, Nova Resende, OlÌmpio Noronha, Ouro Fino, ParaguaÁu, ParaisÛpolis, Passa Quatro, Passa Vinte, Pedralva, Perdıes, PiranguÁu, Piranguinho, PoÁo Fundo, Pouso Alegre, Pouso Alto, Ribeir„o Vermelho, Santa Rita de Caldas, Santa Rita do Jacutinga, Santa Rita do SapucaÌ, Santana da Vargem, Santana do JacarÈ, Santo AntÙnio do Amparo, S„o Bento Abade, S„o GonÁalo do SapucaÌ, S„o Jo„o da Mata, S„o JosÈ do Alegre, S„o LourenÁo, S„o Pedro da Uni„o, S„o Sebasti„o da Bela Vista, S„o Sebasti„o do Rio Verde, S„o TomÈ das Letras, S„o Vicente de Minas, SapucaÌ Mirim, Senador JosÈ Bento, Seritinga, Serrania, Serranos, SilvianÛpolis, Soledade de Minas, Tocos do Moji, TrÍs CoraÁıes, TrÍs Pontas, Turvol‚ndia, Varginha, VirgÌnia, Wenceslau Braz

Tri‚ngulo

Abaida dos Dourados, £gua Comprida, Araguari, Arapor„, Arapu„, Arax·, Cachoeira Dourada, Campina Verde, Campos Florido, Campos Altos, Can·polis, Carmo do ParanaÌba, Carneirinho, Cascalho rico, Centralina, Comendador Gomes, ConceiÁ„o das Alagoas, Conquista, Coromandel, Cruzeiro da Fortaleza, Delta, Douradoquara, Estrela do Sul, Fronteira, Frutal, Grupiara, Guarda Mor, Guimar‚nia, Gurinhata, Ibi·, IndianÛpolis, IpiaÁu, IraÌ de Minas, Itapagipe, Ituiutaba, Iturama, Lagamar, Lagoa Formosa, Lagoa Grande, Limeira do Oeste, Matutina, MiguelÛpolis, Monte Alegre de Minas, Monte Carmelo, Nova Ponte, Patos de Minas, PatrocÌnio, PedrinÛpolis, Perdizes, Pirajuba, Planura, Prata, Pratinha, Presidente Oleg·rio, Rio ParanaÌba, Rom·ria, Rifaina, Sacramento, Santa Juliana, Santa Juliana, Santa Rosa da Serra, Santa VitÛria, S„o Francisco de Sales, S„o GonÁalo do AbaetÈ, S„o Gotardo, Serra do Salitre, Tapira, Tiros, Tupaciguara, Uberaba, Uberl‚ndia, Uni„o de Minas, Varj„o de Minas, Vazante, VerÌssimo

www.pciconcursos.com.br

pcimarkpci MjgwNDowN2Y3OmE1OGU6OTBkZTpmNTExOmFiZWE6NTMxYjo3MDJj:RnJpLCAwMSBEZWMgMjAxNyAyMToyMTozMCAtMDIwMA==

ANEXO E Edital 03/2017 CONTE⁄DO PROGRAM£TICO E

ANEXO E

Edital 03/2017

CONTE⁄DO PROGRAM£TICO E BIBLIOGRAFIA SUGERIDA

OBSERVA« O: A bibliografia sugerida n„o limita nem esgota o programa. Serve apenas como orientaÁ„o para a banca elaboradora de provas e para os candidatos.

INTERPRETA« O DE TEXTO/PORTUGU S INSTRUMENTAL (COMUM A TODAS AS FUN«’ES)

1. Leitura, compreens„o e interpretaÁ„o de textos.

2. Conhecimentos linguÌsticos gerais e especÌficos relativos ‡ leitura e produÁ„o de textos.

3. Conhecimento gramatical de acordo com o padr„o culto da lÌngua.

4. Estrutura fonÈtica: divis„o sil·bica, ortografia, acentuaÁ„o tÙnica e gr·fica.

5. Classes de palavras: classificaÁ„o, flexıes nominais e verbais, emprego.

6. Teoria geral da frase e sua an·lise: oraÁıes, perÌodos e funÁıes sint·ticas.

7. Sintaxe de concord‚ncia: concord‚ncia nominal e verbal (casos gerais e particulares). Concord‚ncia ideolÛgica (silepse).

8. Sintaxe de regÍncia: verbos quanto ‡ predicaÁ„o, regÍncia nominal e verbal.

9. Crase.

10. ColocaÁ„o de pronomes: prÛclise, mesÛclise e Ínclise.

11. PontuaÁ„o: emprego dos sinais de pontuaÁ„o.

Bibliografia sugerida:

ANDR…, Hildebrando. Gram·tica ilustrada. S„o Paulo: Moderna, 1990. BECHARA, Evanildo. Moderna Gram·tica Portuguesa. S„o Paulo: Ed. Nacional. CEGALLA, Domingos Paschoal. NovÌssima gram·tica da lÌngua portuguesa. S„o Paulo: Ed. Nacional,

1998.

CIPRO NETO, Pasquale & INFANTE, Ulisses. Gram·tica da lÌngua portuguesa. S„o Paulo: Scipione,

1998.

CUNHA, Celso & CINTRA, L. F. Lindley. Nova gram·tica do portuguÍs contempor‚neo. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1985. ROCHA LIMA, Carlos Henrique. Gram·tica normativa da lÌngua portuguesa. Rio de Janeiro: JosÈ Olympio, 1985. Livros did·ticos de LÌngua Portuguesa para o ensino fundamental e mÈdio

RACIOCÕNIO L”GICO (COMUM A TODAS AS FUN«’ES)

1. NoÁıes b·sicas de lÛgica:

1.1 conectivos, tautologia e contradiÁıes, implicaÁıes e equivalÍncias, afirmaÁıes e negaÁıes, argumento, silogismo, validade de argumento.

1.2 Compreens„o e elaboraÁ„o da estrutura lÛgica de situaÁıes-problema por meio de raciocÌnio dedutivo.

1.3 Compreens„o do processo lÛgico que, a partir de um conjunto de hipÛteses, conduz, de forma v·lida, a conclusıes determinadas.

www.pciconcursos.com.br

pcimarkpci MjgwNDowN2Y3OmE1OGU6OTBkZTpmNTExOmFiZWE6NTMxYjo3MDJj:RnJpLCAwMSBEZWMgMjAxNyAyMToyMTozMCAtMDIwMA==

2. RaciocÌnio matem·tico: utilizar o raciocÌnio matem·tico para resolver situaÁıes e problemas que envolvam os seguintes conte˙dos:

2.1 conjuntos numÈricos racionais e reais - operaÁıes, propriedades, problemas envolvendo as

quatro operaÁıes nas formas fracion·ria e decimal; n˙meros e grandezas proporcionais; raz„o e proporÁ„o; divis„o proporcional; regra de trÍs simples e composta; porcentagem.

2.2 Expressıes algÈbricas: equaÁıes de primeiro e segundo graus, sistemas de equaÁıes lineares.

2.3 SequÍncias, Progress„o aritmÈtica e Progress„o GeomÈtrica.

2.4 Conceito de FunÁ„o: FunÁ„o Polinomial, Exponencial e LogarÌtmica.

2.5 Geometria Plana: PolÌgonos regulares, circunferÍncia e cÌrculo; c·lculo de ·reas e perÌmetros.

Bibliografia sugerida:

BASTOS, Cleverson e KELLER, Vicente. Aprendendo lÛgica. PetrÛpolis: Ed. Vozes. DANTE, Luiz Roberto. Matem·tica: contexto e aplicaÁıes, vol. 1 a 3, Ed. £tica, 2003. GIOVANNI, Jose Ruy e CASTRUCCI, Benedito e GIOVANNI JR, JosÈ Ruy. A conquista matem·tica 5™ a 8™ sÈrie, S„o Paulo: ED. FTD, 2002. DANTE, Luiz Roberto. Matem·tica Contexto & AplicaÁıes-Volume I. 3. ed. reform. S„o Paulo: Editora £tica, 2006.

INGL S INTERMEDI£RIO (COMUM A TODAS AS FUN«’ES)

1. InterpretaÁ„o de textos: compreens„o de aspectos globais e especÌficos dos textos; realizaÁ„o de inferÍncias autorizadas pelos textos; reconstruÁ„o da coes„o e da coerÍncia atravÈs dos elos coesivos e das relaÁıes entre os termos e seus referentes.

2. Conhecimento lÈxico-gramatical da lÌngua: usos do presente e do futuro; efeitos de sentido conferidos pelos modais; uso do imperativo, dos ger˙ndios e dos infinitivos; efeitos de sentido conferidos pelo uso das preposiÁıes, conjunÁıes e pronomes; frases condicionais.

Bibliografia sugerida:

AZAR, B.S. Understanding and using English grammar. Pearson Education. HEWINGS, M. Advanced grammar in use. CUP. HORNBY, A.S. Oxford advanced learnerís dictionary of current English. OUP. Merriam-Websterís Dictionary of Synonyms: a dictionary of discriminated synonyms with antonyms and analogous and contrasted words. MURPHY, R.; SMALZER, W.R. Grammar in use intermediate with answers: self-study and practice for students of English. CUP. The American Heritage Dictionary of the English language. The Oxford Dictionary of synonyms and antonyms. OUP.

CONHECIMENTOS ESPECÕFICOS

T…CNICO CONT£BIL I

1. Contabilidade Geral e AvanÁada: Conceito; Campo de AplicaÁ„o; Finalidade e objetivos da informaÁ„o cont·bil; Livros cont·beis; Registros cont·beis; MÈtodo das partidas dobradas; LanÁamentos; Regime de competÍncia e Regime de caixa; CritÈrios de avaliaÁ„o do Ativo e do Passivo; O PatrimÙnio lÌquido; Capital subscrito e integralizado; Reservas e provisıes; Contas

www.pciconcursos.com.br

pcimarkpci MjgwNDowN2Y3OmE1OGU6OTBkZTpmNTExOmFiZWE6NTMxYjo3MDJj:RnJpLCAwMSBEZWMgMjAxNyAyMToyMTozMCAtMDIwMA==

patrimoniais e contas de resultado; ApuraÁ„o do resultado; OperaÁıes cont·beis comuns ‡s empresas comerciais, industriais e de prestaÁ„o de serviÁos; Principais demonstraÁıes cont·beis - estrutura e finalidades (DemonstraÁıes Cont·beis - Estrutura, ComposiÁ„o e ElaboraÁ„o); DemonstraÁıes Financeiras de acordo com os art. 176 a 188 da Lei n. 6.404/1976 e alteraÁıes posteriores; BalanÁo patrimonial, demonstraÁ„o do resultado e demonstraÁ„o do resultado abrangente, demonstraÁ„o das mutaÁıes do patrimÙnio lÌquido, DemonstraÁ„o do fluxo de caixa (mÈtodo direto e indireto), DemonstraÁ„o do valor adicionado e as notas explicativas ‡s demonstraÁıes cont·beis; AvaliaÁ„o de investimentos pelo mÈtodo da EquivalÍncia Patrimonial e pelo mÈtodo do Custo; CritÈrios de avaliaÁ„o de estoques (mÈtodos PEPS, UEPS e MÈdia Ponderada MÛvel); DepreciaÁıes do Ativo Imobilizado; AmortizaÁıes do Ativo IntangÌvel; Provis„o para crÈdito de liquidaÁ„o duvidosa; PrincÌpios de Contabilidade; AvaliaÁıes de ativos Passivos; Pronunciamentos emitidos pelo ComitÍ de Pronunciamentos Cont·beis (CPC) (Estrutura conceitual para elaboraÁ„o e divulgaÁ„o de relatÛrio cont·bil- financeiro).

2. Contabilidade de Custos: Conceitos, Objetivos e Finalidades da Contabilidade de Custos:

Conceito de custos, despesas, investimento, ganho, perda e gastos; PrincÌpios e conceitos cont·beis aplicados ‡ Contabilidade de Custos; ClassificaÁ„o e Nomenclatura dos Custos:

Custos fixos e custos vari·veis, custos diretos e indiretos, custos control·veis e n„o control·veis; Custos prim·rios e custos de transformaÁ„o; Objeto de custeio; MÈtodos de Custeio: Custeio por AbsorÁ„o, Custeio Vari·vel, Custeio Baseado em Atividades (ABC) e Custeio Pleno (RKW); Custo por Produto, Custo por Processo, Custo por Atividade.

3. An·lise das DemonstraÁıes Cont·beis: Analises vertical e horizontal, Ìndices de liquidez, Ìndices de estrutura, Ìndices de lucratividade, Ìndices de rentabilidade, Ìndices de prazos mÈdios e rotaÁ„o, ciclos, necessidade de capital de giro e alavancagem operacional e financeira; LimitaÁıes da an·lise por indicadores.

Bibliografia sugerida:

Antonio Benedito Oliveira/Dalgi Siqueira - IFRS e CPC: Guia de AplicaÁ„o Cont·bil Para Contexto Brasileiro - 1™ ediÁ„o ñ Saraiva, 2013

ASSAF NETO, A. A.; e SILVA, C. A. T. AdministraÁ„o do Capital de Giro. 3™ ed. S„o Paulo: Atlas,

2010.

ASSAF NETO, Alexandre. Estrutura e an·lise de balanÁos. S„o Paulo: Atlas, 1998. BLATT, Adriano. An·lise de balanÁos. S„o Paulo: Makron Books, 2001. BORNIA, AntÙnio Cezar. An·lise gerencial de custos ñ aplicaÁ„o em empresas modernas. S„o Paulo:

Bookman, 2002. BRAGA, Hugo Rocha. ALMEIDA, Marcelo Cavalcanti. MudanÁas cont·beis na lei societ·ria ñ lei

11.638 de 28.12.2007. S„o Paulo: Atlas, 2008.

BRUNI, Adriano Leal. A administraÁ„o de custos, preÁos e lucros: com aplicaÁıes na hp12c e excel. S„o Paulo: Atlas, 2006. CFC - Conselho Federal de Contabilidade - CPC - InterpretaÁıes e OrientaÁıes TÈcnicas Cont·beis,

2011

CFC, Conselho Federal de Contabilidade. Normas de auditoria. CFC - Conselho Federal de Contabilidade. Normas de Contabilidade Aplicadas ao Setor P˙blico.

CFC, Conselho Federal de Contabilidade. ResoluÁ„o 750/93. PrincÌpios Fundamentais de Contabilidade (aprovados pelo CFC pela ResoluÁ„o CFC 750/93, publicada no DOU de 31/12/93, seÁ„o I p. 21852).

COGAN, Samuel. Custos e preÁos - formaÁ„o e an·lise S„o Paulo: Pioneira Thompson Learrning,

2002.

CREPALDI, Silvio Aparecido. Curso B·sico de Contabilidade de Custos. 3 ed, S„o Paulo : Atlas,

2004.

www.pciconcursos.com.br

pcimarkpci MjgwNDowN2Y3OmE1OGU6OTBkZTpmNTExOmFiZWE6NTMxYjo3MDJj:RnJpLCAwMSBEZWMgMjAxNyAyMToyMTozMCAtMDIwMA==

EDWARD, J. VanDerbeck & Charles F. Nagy. Contabilidade de custos. 11. ed. trad. S„o Paulo:

Editora Pioneira, 2001. EQUIPE DE PROFESSORES DA FEA/USP. Contabilidade introdutÛria. S„o Paulo: Atlas, 1995.

Equipe de Professores da USP. Contabilidade IntrodutÛria ñ Livro Texto. 11™ ed. S„o Paulo: Atlas,

2010.

FAVERO, Hamilton Luiz. ET all. Contabilidade: Teoria e Pr·tica. v1. 6. ed. S„o Paulo, 2011. FEIJ”, Paulo Henrique. Entendendo o plano de contas aplicado ao setor p˙blico/Paulo Henrique FeijÛ, Carlos Eduardo Ribeiro. 1. ed. BrasÌlia: Gest„o P˙blica, 2014. FIPECAPI. Normas e pr·ticas cont·beis no Brasil. S„o Paulo: Atlas, 1994.

FRANCO, Hil·rio. Contabilidade geral. S„o Paulo: Atlas, 1996. Fundamentos de Contabilidade ñ A nova Contabilidade no contexto global. 1™ ed., S„o Paulo, Saraiva, 2011. IUDICIBUS, S. An·lise de balanÁos. S„o Paulo: Atlas, 2010.

IUDÕCIBUS, SÈrgio de: An·lise de BalanÁos S„o Paulo: Atlas, 2013. IUDÕCIBUS, SÈrgio de; MARTINS, Eliseu, GELBCKE, Ernesto Rubens; SANTOS, Ariovaldo. Manual de contabilidade societ·ria: aplic·vel a todas as sociedades de acordo com as normas internacionais e do CPC. S„o Paulo: Atlas, 2010. JUSTEN FILHO, MarÁal. Coment·rios ‡ lei de licitaÁ„o e contratos administrativos. 14 ed. S„o Paulo:

DialÈtica, 2010 HORNGREN, Charles T.; DATAR, Srikant M.; FOSTER, George. Contabilidade de Custos: Uma Abordagem Gerencial. 11 ed. S„o Paulo: Pearson Prentice Hall, 2004. Lei n 4320 de 17/03/1964 e suas alteraÁıes. Estatui Normas Gerais de Direito Financeiro para elaboraÁ„o e controle dos orÁamentos e balanÁos da Uni„o, dos Estados, dos MunicÌpios e do Distrito Federal. Lei complementar n 101 de 04 de marÁo de 2000 - Estabelece normas de finanÁas p˙blicas voltadas para a responsabilidade na gest„o fiscal e d· outras providÍncias. Lei das sociedades por aÁıes. Lei n 6.404, de 15/12/76 e suas alteraÁıes. Lei 8666 de 21 de junho de 1993 e alteraÁıes - Regulamenta o art. 37, inciso XXI, da ConstituiÁ„o Federal, institui normas para licitaÁıes e contratos da AdministraÁ„o P˙blica e d· outras providÍncias. LEONE, George Sebasti„o Guerra. Curso de Contabilidade de Custos. 3 ed. S„o Paulo: Atlas, 2009. LEONE, George Sebasti„o Guerra. Custos: planejamento, implantaÁ„o e controle.3 ed, S„o Paulo:

Atlas, 2000. LOPES, Alexsandro Broedel; MARTINS, Eliseu. Teoria da Contabilidade ñ Uma Nova Abordagem. S„o Paulo: Atlas, 2005. MACHADO J⁄NIOR, J. Teixeira & REIS, Heraldo da Costa. A Lei 4.320 comentada. IBAM, 1996. MARION, J. C. An·lise das DemonstraÁıes Cont·beis. 7™ ed. S„o Paulo: Atlas, 2012. MARION, JosÈ Carlos. Contabilidade b·sica. 16™ ed. S„o Paulo: Atlas, 2012. MARION, JosÈ Carlos. Contabilidade empresarial. 9 ed. S„o Paulo: Atlas, 2010 MARION, JosÈ Carlos. Contabilidade Empresarial. 16™ ed. S„o Paulo: Atlas, 2012. MARTINS, Eliseu. Contabilidade de custos. 10. ed. S„o Paulo: Atlas, 2010. MARTINS, Eliseu; GELBCKE, Ernesto Rubens; SANTOS, Ariovaldo dos; IUDÕCIBUS, SÈrgio de. Manual de Contabilidade Societ·ria. 2™ ed. S„o Paulo: Atlas, 2013. MATARAZZO, D. C. An·lise Financeira de BalanÁos. S„o Paulo: Atlas, 2008. MATARAZZO, D. C. An·lise financeira de balanÁos: uma abordagem pr·tica e gerencial (livro-texto). 7. ed. S„o Paulo: Atlas, 2010. M‹LLER, Aderbal Nicolas; ANTONIK, Roberto. An·lise financeira: uma vis„o gerencial. S„o Paulo:

Atlas, 2008. NEVES, SilvÈrio das; VICECONTI, Paulo E. V. Contabilidade b·sica. 16 ed. S„o Paulo: Saraiva.

2013

Contabilidade AvanÁada e An·lise Das DemonstraÁıes Financeiras - 17™ Ed. S„o Paulo:

Saraiva. 2013

www.pciconcursos.com.br

pcimarkpci MjgwNDowN2Y3OmE1OGU6OTBkZTpmNTExOmFiZWE6NTMxYjo3MDJj:RnJpLCAwMSBEZWMgMjAxNyAyMToyMTozMCAtMDIwMA==

PADOVEZE, C. L.; e BENEDICTO, G. C. An·lise das DemonstraÁıes Financeiras. S„o Paulo:

Thomson. PEREZ JUNIOR, J. H. e BEGALLI, G. A. ElaboraÁ„o das DemonstraÁıes Cont·beis. S„o Paulo: Atlas REIS, Arnaldo. An·lise de balanÁos. S„o Paulo: Saraiva, 1993. RIBEIRO, Osni Moura. Contabilidade B·sica F·cil. 29™ ed. Editora Saraiva. 2013. RIBEIRO, Osni Moura. Contabilidade B·sica F·cil. 27 ed. Editora Saraiva, 2010. RIBEIRO, Osni Moura. Contabilidade Geral F·cil. 9™ ed. 2013: Editora Saraiva RIBEIRO, Osni Moura. Estrutura e an·lise de balanÁos. S„o Paulo: Saraiva, 1997. S£, AntÙnio Lopes de. PrincÌpios fundamentais de contabilidade. S„o Paulo: Atlas, 1995. SANTOS, Joel J. Contabilidade e an·lise de custos: modelo cont·bil, mÈtodo de depreciaÁ„o, ABC ñ Custeio Baseado em atividades. 5™ Ed. S„o Paulo: Atlas, 2009. SILVA, Alexandre Alc‚ntara da, Estrutura, an·lise e interpretaÁ„o das demonstraÁıes cont·beis. 2. ed. S„o Paulo: Atlas, 2010. SILVA, JosÈ Pereira da. An·lise financeira das empresas. S„o Paulo: Atlas, 1995. SILVA, JosÈ Pereira. An·lise financeira das empresas. 7. ed. S„o Paulo: Altas, 2005. SILVA, Lino Martins. Contabilidade governamental: um enfoque administrativo. 9. ed. S„o Paulo:

Atlas, 2011. SLOMSKI, Valmor. Controladoria e GovernanÁa na Gest„o P˙blica. S„o Paulo: Atlas, 2012. SLOMSKI, Valmor. Manual de Contabilidade P˙blica: Um enfoque na contabilidade municipal. 2 ed. S„o Paulo: Atlas, 2003. TIB⁄RCIO, CÈsar Augusto, TRIST O, Gilberto. Contabilidade b·sica. 4 ed. S„o Paulo: Atlas, 2009, 245 p.

T…CNICO DE GEST O ADMINISTRATIVA I

1. Teoria Geral de AdministraÁ„o: Conceito de organizaÁ„o; FunÁıes de AdministraÁ„o:

planejamento, organizaÁ„o, controle e avaliaÁ„o, direÁ„o; Tipos de estrutura; Componentes da estrutura organizacional.

2. Planejamento empresarial: An·lise Ambiental; EstratÈgia Organizacional; Planejamento e Gest„o EstratÈgica.

3. BRUNI, Adriano Leal. A administraÁ„o de custos, preÁos e lucros: com aplicaÁıes na hp12c e excel. S„o Paulo: Atlas, 2006.

4. Gest„o de Recursos Humanos: ComunicaÁ„o interpessoal e organizacional; MotivaÁ„o; LideranÁa organizacional; Processo decisÛrio; Clima e cultura organizacional.

5. AdministraÁ„o de materiais: Planejamento; AquisiÁ„o; Armazenamento; Controle.

6. LogÌstica: IntroduÁ„o ‡ LogÌstica; ConceituaÁ„o; Modais logÌsticos.

7. NoÁıes de an·lise econÙmico-financeira e cont·bil: Rentabilidade; Lucratividade; Desempenho operacional e evoluÁ„o patrimonial; Analise do retorno do investimento; Ativo e Passivo; Demonstrativos Cont·beis; Custos: formaÁ„o e aplicaÁ„o; OrÁamento.

8. OrganizaÁ„o Sistemas e MÈtodos: Levantamento, desenvolvimento e implantaÁ„o de mÈtodos administrativos; Manuais administrativos; Sistemas de informaÁıes; Planejamento e acompanhamento de sistemas informatizados.

9. Reengenharia e Gest„o de Processos: Gest„o de Processos e por Processos; Reengenharia:

conceituaÁ„o e aplicaÁ„o.

10. SeguranÁa Patrimonial: Conceito e import‚ncia.

11. Gest„o de Contratos: Lei das LicitaÁıes: lei 8666/93.

12. Lei 8666 de 21 de junho de 1993 e alteraÁıes - Regulamenta o art. 37, inciso XXI, da ConstituiÁ„o Federal, institui normas para licitaÁıes e contratos da AdministraÁ„o P˙blica e d· outras providÍncias.

www.pciconcursos.com.br

pcimarkpci MjgwNDowN2Y3OmE1OGU6OTBkZTpmNTExOmFiZWE6NTMxYjo3MDJj:RnJpLCAwMSBEZWMgMjAxNyAyMToyMTozMCAtMDIwMA==

13. NoÁıes de administraÁ„o p˙blica. AdministraÁ„o p˙blica: caracterÌsticas da administraÁ„o direta e da indireta. PrincÌpios constitucionais de administraÁ„o p˙blica. LicitaÁıes p˙blicas: conceito, modalidades e caracterÌsticas.

Bibliografia sugerida:

ARA⁄JO, LuÌs CÈsar G. de; GARCIA, Adriana Amadeu; MARTINES, Simone. Gest„o de processos:

melhores resultados e excelÍncia organizacional. S„o Paulo: Atlas, 2011. xvii, 176 p. HAMMER, Michael; CHAMPY, James. Reengenharia: revolucionando a empresa em funÁ„o dos clientes, da concorrÍncia e das grandes mudanÁas da gerÍncia. 30. ed. Rio de Janeiro: Campus, 1994. 197 p. ARA⁄JO, LuÌs CÈsar G. de. OrganizaÁ„o, sistemas e mÈtodos e as tecnologias de gest„o organizacional: volume 1 : arquitetura organizacional, benchmarking, empowerment, gest„o pela qualidade total, reengenharia. 5. ed. rev. e atual. S„o Paulo, SP: Atlas, 2011. GITMAN, Lawrence J. PrincÌpios de administraÁ„o financeira. 12. ed. S„o Paulo: Pearson, 2010. xxiii, 775 p. WESTON, J. Fred; BRIGHAM, Eugene F. Fundamentos da administraÁ„o financeira. 10. ed. S„o Paulo: Makron Books, Pearson Education do Brasil, 2000.