Você está na página 1de 19
C C C E E E C E C
C
C
C C E E E C E C
C
C
E
E
E
C
E
C
E E C E E C E C C
E E C E E C E C C
E
E
C
E
E
C
E
C
C
E C C E C E C C C
E C C E C E C C C
E C
E
C
C E C E C C C
C
E
C
E
C
C
C
E E
E
E
E E E E C E
E E C E
E
E
C
E
C E
C
E
C E E E C C
C E E E C C
E E C C
E
E
C
C
E E C C
E E C C
E
E
C
C
E C
E
C
E C C
E C C
C
C
E
E
E C C C 0 0 1
C C C 0 0 1
C
C
C
0 0 1
E C
E C
E C
E
C
C E
C E
C E
C E
C
E
E E C
E E C
E
E
C
E
E
E C C E C C
C C E C C
C
C
E
C
C
E
E
E E C E C C 1 6 0
E C E C C 1 6 0
E
C
E
C
C
1 6 0
C E C E E
C E C
C
E
C
E E
E
E

Comentários sobre a Redação

Na proposta de redação desta etapa do PAS, é exigido que o candidato ela- bore um texto narrativo. Nesse caso, o aluno deve apresentar a decisão da morte de avisar as pessoas com antecedência de uma semana sobre o fato de que irão morrer. A partir dessa situação, o aluno deve usar fundamentalmente a criatividade para construir o restante do dia da pessoa que recebe a carta da morte. A proposta ainda ressalta ao candidato que a história deve contar com um toque de humor ou ironia. Os textos da prova possibilitam uma série de reflexões sobre a situação proposta: relatar aos familiares e conhecidos o ocorrido ou calar-se; aproveitar a última semana de vida ou resignar-se.

vol lv la pr apr
vol lv
la
pr
apr

Quanto à estruturação, o aluno deve apresentar um parágrafo

i introdutório,

com a exposição da situação problema; parágrafos de desenvolvimento que

demonstrem, com humor ou ironia, a posição adotada pela protagonista

frente à questão imposta; e um último parágrafo de conclusão,

assim, um fechamento para a história.

apresentando,

Ao longo dessa primeira etapa, os alunos do Colégio Galois foram preparados o longo de
Ao longo dessa primeira etapa, os alunos do Colégio Galois foram preparados
o longo de
ei
,
olégi o Gal
p
arados
para lidar com textos narrativos e seu processo de composição
para lidar c
o
s n
s
ess
mp
o
e estrutura-
tr
ção, além das demais
ç
ai
tipologias textuais exigidas pelo PAS e seus
tip
t
igi
S
us
respectivos
ectiv
critérios de avaliação. Assim, não
critérios de av
ção . Ass
o
há surpresa ou desafio frente ao que foi exi- -
sa
re
ao
i exi
gido pela prova.
gido pela pr
av ção . Ass o há surpresa ou desafio frente ao que foi exi- - sa
av ção . Ass o há surpresa ou desafio frente ao que foi exi- - sa
av ção . Ass o há surpresa ou desafio frente ao que foi exi- - sa
av ção . Ass o há surpresa ou desafio frente ao que foi exi- - sa