Você está na página 1de 4
UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS U NIDADE U NIVERSITÁRIA DE C IÊNCIAS S ÓCIO -E CONÔMICAS

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS

UNIDADE UNIVERSITÁRIA DE CIÊNCIAS SÓCIO-ECONÔMICAS E HUMANAS DE ANÁPOLIS

COORDENAÇÃO DO CURSO DE LETRAS Plano de Curso – 2011

Disciplina: :

Orientações para o Estágio Supervisionado de Língua Portuguesa e

 

Literaturas I

Ano / Período: 3º ano

Código:

C H Semanal: 02

C H Teórica:

C H Prática:

C H Anual: 55

1. EMENTA

Conteúdo e objetivos do ensino de língua portuguesa no ensino fundamental. A relação dialógica teoria- prática e a realidade. Análise das condições de produção do ensino-aprendizagem no Ensino Fundamental. Interdisciplinaridade. Projeto Político Pedagógico da Escola. O estudo dos métodos e técnicas de ensino da língua e das literaturas de língua portuguesa, no Ensino Fundamental. O papel da avaliação e da pesquisa no processo de formação dos professores.

2. OBJETIVOS

2.1. Geral

Oferecer instrumentalização teórica e metodológica para formar o docente capaz de elaborar e

programar práticas pedagógicas compromissadas com a cidadania.

2. 2. Específicos

Discutir os objetivos e a importância do estágio para a prática profissional.

Refletir sobre aspectos importantes do profissional formado em Letras

Ampliar os conhecimentos sobre métodos e abordagens de ensino de LP a partir da leitura dos PCNs

Dominar a prática de planejamento de aula

Reconhecer características dos gêneros textuais

Fazer relação ficção-realidade do contexto educacional de filmes

Propor estratégias para trabalhar com a retextualização

Planejar e executar uma aula com atividades significativas de literatura infanto juvenil

Saber preencher e manusear com desenvoltura o diário de classe

Saber avaliar um livro didático de Língua Portuguesa

Saber avaliar produções textuais

Ser capaz de ler, interpretar, sistematizar e falar sobre as leituras dos textos.

Saber elaborar o relatório final do estágio

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS U NIDADE U NIVERSITÁRIA DE C IÊNCIAS S ÓCIO -E CONÔMICAS

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS

UNIDADE UNIVERSITÁRIA DE CIÊNCIAS SÓCIO-ECONÔMICAS E HUMANAS DE ANÁPOLIS

COORDENAÇÃO DO CURSO DE LETRAS Plano de Curso – 2011

Disciplina: :

Orientações para o Estágio Supervisionado de Língua Portuguesa e

 

Literaturas I

Ano / Período: 3º ano

Código:

C H Semanal: 02

C H Teórica:

C H Prática:

C H Anual: 55

3. CONTEÚDO TEÓRICO/PRÁTICO

Regulamento do Estágio: orientações

Texto: “Uma reflexão sobre ser professor” – Revista Presença Pedagógica

PCNs de Ensino Fundamental

Plano de aula

Abordagens e metodologias de ensino de Língua Portuguesa (Textos para Seminário)

Gêneros textuais: leitura e produção textual ( Textos para Seminário)

Critérios para avaliação prática de produções textuais ( Textos para Seminário)

Atividades de retextualização

Reorientação Curricular

Análise de um contexto educacional baseada no filme: Escritores da Liberdade

Leituras em sala de aula

Diário de classe

(micro aula)

Literatura infanto juvenil: algumas práticas necessárias

Avaliação da aprendizagem - orientações

Discutindo a Inclusão ( palestra ou filme )

Livro didático – orientações de avaliação do MEC

Relatório

4. PROCEDIMENTOS

Aula expositiva e dialogada

Leitura e discussão dos textos

Seminários

Estudo crítico dos PCNs.

Oficina: Elaboração e aplicação em dupla

Debate sobre filmes

Apresentar aspectos teóricos e práticos da retextualização

Uso de textos de variados gêneros com propostas de atividades de leitura e produção textual

Uso de textos literários infanto juvenis para promover atividades significativas

Escrituração do diário de classe com orientação dos professores

Estudo crítico do livro didático a partir das orientações do MEC.

Trabalho prático de avaliação textual

Orientação para elaboração do relatório de estágio

Orientação individual para o estágio

5. AVALIAÇÃO

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS U NIDADE U NIVERSITÁRIA DE C IÊNCIAS S ÓCIO -E CONÔMICAS

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS

UNIDADE UNIVERSITÁRIA DE CIÊNCIAS SÓCIO-ECONÔMICAS E HUMANAS DE ANÁPOLIS

COORDENAÇÃO DO CURSO DE LETRAS Plano de Curso – 2011

Disciplina: :

Orientações para o Estágio Supervisionado de Língua Portuguesa e

 

Literaturas I

Ano / Período: 3º ano

Código:

C H Semanal: 02

C H Teórica:

C H Prática:

C H Anual: 55

Os alunos serão avaliados através de:

1. Seminários

2. Micro aulas

3. Oficinas

4. Elaboração de plano de aula

5. Análise de livros didáticos

6. Aulas na escola campo

7. Relatório final e documentação do estágio

6. CRONOGRAMA:

1º Bimestre: Regulamento do Estágio: orientações; Uma reflexão sobre ser professor; PCNs de Ensino Fundamental; Plano de aula; Abordagens e metodologias de ensino de Língua Portuguesa. 2º Bimestre: Gêneros textuais: leitura e produção textual; Critérios para avaliação prática de produções textuais; Atividades de retextualização; Reorientação Curricular; Análise de um contexto educacional baseada no filme: Escritores da Liberdade; Leituras em sala de aula (estratégias). 3º Bimestre: Diário de classe; micro aula; Literatura infanto juvenil: algumas práticas necessárias; Avaliação da aprendizagem – orientações. 4º Bimestre: Discutindo a Inclusão (palestra ou filme); Livro didático – orientações de avaliação do MEC; Relatório final do estágio.

7. BIBLIOGRAFIA

7.1 Básica

ANDRADE, Claudeci Ferreira de. Plano de aula: medida do professor. In. Língua portuguesa- conhecimento prático. São Paulo: Escala educacional, n. 24, 2011, p.66. BRASIL. Secretaria de educação Fundamental. Parâmetros curriculares nacionais; terceiro e quarto ciclos do ensino fundamental: língua portuguesa. Brasília: MEC/SEF,1998. CADEMARTORI, Lígia. O que é Literatura Infantil. São Paulo: Brasiliense, 1995. COELHO, Nelly Novaes. Literatura Infantil. Teoria- Análise- Didática. 5. ed. rev. São Paulo:

Ática, 1991. CUNHA, Cilene Pereira da et al. Gêneros textuais e modos de organização do discurso: uma

proposta para a sala de aula. In. Estratégias de leitura: texto e ensino. Rio de Janeiro: Lucerna, 2006, p. 27-58.

Gêneros textuais &

DIONÍSIO, A.P. Um gênero quadro a quadro: a história em ensino. Rio de Janeiro: Lucerna, 2007, p.195-207.

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS U NIDADE U NIVERSITÁRIA DE C IÊNCIAS S ÓCIO -E CONÔMICAS

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS

UNIDADE UNIVERSITÁRIA DE CIÊNCIAS SÓCIO-ECONÔMICAS E HUMANAS DE ANÁPOLIS

COORDENAÇÃO DO CURSO DE LETRAS Plano de Curso – 2011

Disciplina: :

Orientações para o Estágio Supervisionado de Língua Portuguesa e

 

Literaturas I

Ano / Período: 3º ano

Código:

C H Semanal: 02

C H Teórica:

C H Prática:

C H Anual: 55

Por que cartas do leitor na sala de aula.

Gêneros textuais & ensino. Rio de

Janeiro: Lucerna, 2007, p.211-217. O funcionamento dialógico em notícias e artigos de opinião.

Gêneros textuais

& ensino. Rio de Janeiro: Lucerna, 2007, p.167-179. MELO, Iran Ferreira de. Gênero de Texto como uma ação social da linguagem. In. Língua portuguesa- conhecimento prático. São Paulo: Escala educacional, n. 2, 20,201, p.54-62. PAULIUKONIS, M.A.L.; SANTOS, L.W. dos (orgs.) THEREZO, Graciema Pires. Como corrigir redação. 4. Ed. Campinas: Alínea, 2002. VITORINO, Glória Dias Soares. A palavra é retextualizar. Presença pedagógica. Belo Horizonte:

Dimensão, n.82, jul/ago, 2008, p.25-33. VOESE, Ingo. Análise do discurso e ensino. In:

Análise do discurso e o ensino de língua

portuguesa. São Paulo: Cortez, 2004. ZILBERMAN, R. A Literatura Infantil na escola. 10. ed. São Paulo: Editora Global, 2003.

7.2 Complementar

ANTUNES, Irandé. Aula de Português: encontro e interação. São Paulo: parábola, 2003. BASTOS, Lúcia kopstchitz. Coesão e coerência em narrativas escolares. São Paulo: Martins Fontes, 1994. BRANDÃO, H.; MICHELETTI, G. Aprender e ensinar com textos didáticos e paradidáticos. São Paulo: Cortez, 1997, V.2.

ILARI, Rodolfo. A linguística e o ensino de língua portuguesa. São Paulo: Martins Fontes, 1997. MARCUSCHI, Luiz. Da fala para a escrita: atividades de retextualização. São Paulo: Cortez,

2001.