Você está na página 1de 1

27Junho 2008 27

OPINIÃO
Profetas das ideias fantásticas EDITORIAL JOÃO DE
Por
NORONHA
PREZADOS CONCIDADÃOS, acumular cada vez mais esta monstruosidade de
Nos momentos conturbados e obtusos em que vive falsidades em que nos encontramos enleados que por
o mundo é difícil sobreviver, porquanto nos
encontramos rodeados por milhões de traidores,
comodismo e presunção ainda não tiveram a coragem
de se levantar em defesa da VERDADE, dizendo:
Somos mais de 700 mil
charlatães, mentirosos, caloteiros e vira-casacas, que BASTA, como foi aludido neste mesmo periódico, Contrariamente àquilo que as autoridades portuguesas querem dar a
com a sua astúcia sub-reptícia têm conseguido mudar quando se perverte o Direito, e se profanam conhecer, nós somos mais de 700 mil no Reino Unido e não os 300 mil que o
cônsul geral indicou à Lusa. O facto das autoridades em Lisboa quererem
a “verdade” em mentira, de acordo com o que se Instituições Religiosas através da desculpa e do fazer-nos passar por menos, tem a ver com a necessidade de se demitirem de
passa hodiernamente dentro da Sociedade em que disfarce! responsabilidades e fugirem à obrigação de protegerem e apoiarem a nossa
vivemos, onde a honra e a dignidade humana é Efectivamente, não se compreende como certos comunidade. O que gostaríamos de ouvir o cônsul dizer é o que vai fazer para
deturpada ultrapassando as fronteiras do inacreditável altruístas e samaritanos de fachada encontraram este reduzir o tempo de espera para sermos recebidos no consulado. Neste
indoaté ao ponto das pessoas se venderem a qualquer campo fértil para as suas manobras e que nunca momento, as marcações são já para fins de Setembro.
preço a fim de levar avante os seus intentos encontraram resistência, nem tão pouco oposição, Aliás, números é coisa com que se joga de acordo com os interesses. Ora
maliciosos por motivos interesseiros! Na verdade, antes, pelo contrário, fizeram dominó para os dois vejamos: o secretário de estado das comunidades, António Braga, dizia há dois
cada vez nos afastamos mais uns dos outros, lados, procurando alianças com o diabo e pactos com anos, na inauguração do consulado de Manchester, que os portugueses eram
trespassando-nos sem nos ver, caminhando nas ruas o inferno! Porém, é radiante e consolador ter visto o 25 mil, embaraçando a responsável pela câmara local, pois, segundo ela,
com a apática indiferença de nem sequer saber quem interesse que ainda existe em celebrar o DIA DE seriam menos de 5 mil, contando com arredores. Aliás, há pouco tempo, o
consulado de Manchester dizia que no “norte” e Escócia os portugueses
somos, porque não estamos interessados em saber, PORTUGAL , DE CAMÕES E COMUNIDADES seriam entre 5 e 7 mil. Só que, apenas na Escócia, e segundo as câmaras de
predominando como de costume o mais forte, o safe- LUSÍADAS, porquanto é a única maneira de unir as Aberdeen, Dundee, Glasgow, Edinburgo e mais umas quantas vilas piscatórias
se quem puder, eu cá estou bem, o assunto não é C O M U N I D A D E S P O RT U G U E S A S , a q u é m (como Kelso , Oban e Perth) contámos quase 25 mil.
comigo! fronteiras se bem que o modo desta celebração já está Na verdade, os 25 mil eram necessários para justificar o consulado em
Infelizmente enquanto houver entre nós este antiquada e já era tempo de ter dado a oportunidade ás Manchester e não em Norwich, como tinha sido destinado.
fermento de inveja e sentimento faccioso autoritário , gerações mais jovens, assim como era tempo de ter já Num discurso, na altura do 10 de Junho, em 2007, o mesmo cônsul geral
aí haverá também confusões e contendas que não aglutinado a esta celebração a COMUNIDADE DE afirmou que em cada cinco portugueses só um está inscrito no consulado.
conduzem a lado nenhum, porque se não houver PA Í S E S D E L I N G U A P O RT U G U E S A , n ã o Assim sendo, havendo cerca de 170 mil portugueses inscritos nos serviços
coragem de desmascarar estes cobardes e hipócritas olvidando de modo nenhum a GALIZA, por uma consulares em todo o Reino Unido, e a serem verdadeiras as declarações do
que se têm arvorado em bons samaritanos, questão linguística e cultural! Além disso, convém cônsul geral, o total da população rondaria os 680 mil. Por outro lado, em
papel timbrado do consulado geral, foi emitida, em 2003, uma carta para
pretendendo ensinar o pai nosso ao vigário, e não se aproximar também a nossa vizinha ESPANHA, bem vários bancos e casas comerciais, onde se indicava uma população portuguesa
corrigem a eles próprios dando a impressão que como os países de Língua Espanhola, como já de 580 mil. A saber, e acreditando nos números do governo, a população
tresloucaram, ao ponto de se endeusarem granjeando antigamente estava previsto, mas que infelizmente, portuguesa para o Reino Unido cresceu na razão de 10 mil por ano. Assim,
a simpatia dos governantes preterindo assim deste este sonho ainda não foi realizado por falta de após 5 anos estaríamos em cerca de 630 mil. Isto é, já muito perto da realidade.
modo os mais fracos e ignorantes! Perante tal iniciativa e também de ousadia! Todos os meios justificam os fins, desde que os números possam, de uma
situação, qual vai ser o nosso posicionamento? Vamos Atenciosamente, maneira ou de outra, substanciar e justificar a incapacidade em nos apoiar.
continuar nesta inércia e de braços cruzados deixando F. Gonçalves da Silva
PUB.