Você está na página 1de 16

RESUMO DE

DIAGRAMAS TERMODINMICOS
1. INTRODUO
Diagramas termodinmicos servem para se estudar e visualizar,
de maneira rpida e clara,
a estrutura e os processos termodinmicos
que ocorrem na atmosfera.

So caractersticas desejveis em um diagrama termodinmico:

b) o maior nmero de linhas possvel devem ser retas, para


facilitar a manipulao;

c) o ngulo entre as linhas que representam processos


isotrmicos e adiabticos deve ser o maior possvel (~90),
para facilitar a anlise da estabilidade.
a) que em um processo cclico,
a rea no diagrama fechada pelas linhas
que representam essas transformaes,
seja proporcional energia ou ao trabalho
envolvidos durante esse processo
(propriedade chamada de transformao com rea equivalente);

p A

W cteW

W = pd AdB ( pd )
= cte.
2. CONDIES PARA A EQUIVALNCIA DE REA

Para haver equivalncia de rea, deve valer a relao:

pd = k AdB

ou
: ( pd + kAdB ) = 0
Para essa integral ser zero, o integrando deve ser uma
diferencial exata, por exemplo, df
.

pd + kAdB = df f = f ( , B )
f f
Diferenciando f df ( , B ) = d + dB
B B

Ento, a condio suficiente para haver equivalncia de rea que:

f
:
f
p =
:
e kA =
B B

Diferenciando a expresso de p em relao a B


p f f
2
: = =
B B B B
e, diferenciando a expresso de kA em relao a
kA 2
f f
= =
B B B B
Como essas duas expresses so iguais, segue que,
para haver equivalncia de rea:

p A
= k
B B
OBS.: Se k=1, as reas so iguais.

ASSIM, na hora de se construir um diagrama


termodinmico, escolhendo-se a varivel termodinmica
B, pode-se deduzir qual ser a varivel A que satisfaa
essa condio.
EXEMPLOS DE DIAGRAMAS TERMODINMICOS

O Tephigrama
A ln
B T
b) O Emagrama A ln p
B T
c) O Diagrama Skew T-logP
k'
(Emagrama invertido) A = T + ln p
R
B = ln p
Diagrama Skew-T
ISOBARAS
ISOTERMAS
ADIABTICAS SECAS
RAZO DE MISTURA DE SATURAO
ADIABTICAS UMIDAS (ou SATURADAS)