Você está na página 1de 1

A grave crise do terceiro sculo (200-300)

O sculo terceiro v Roma em gravssima crise. As relaes entre Cristianismo e


imprio romano transformam-se, embora nem todos o percebam. A grande crise assim
descrita pelo historiador grego Herodiano: Jamais houve, nos duzentos anos passados,
um to freqente suceder-se de soberanos, nem tantas guerras civis e contra os povos
limtrofes, nem tantos movimentos de povos. Houve uma quantidade incalculvel de
assaltos a cidades no interior do Imprio e em muitos pases brbaros, de terremotos e
pestilncias, de reis e usurpadores. Alguns deles exerceram o comando longamente,
outros mantiveram o poder por brevssimo tempo. Algum deles, proclamado imperador
e glorificado, permaneceu um s dia e logo desapareceu.