Você está na página 1de 2

KL:22/01/08

Frente: 01 Aula: 02

ANALÍSE DE TEXTOS ABORDANDO AS FUNÇÕES DA LÍNGUAGEM 1


PROFº: ÉRICA SANTOS
A Certeza de Vencer

Funções da linguagem – Justificativa 1


Fale conosco www.portalimpacto.com.br

3.2
Mundo grande
Mas também a rua não cabe todos os homens.
A rua é menor que o mundo.
Fragmentos
O mundo é grande. (...)
Outrora escutei os anjos,
as sonatas, os poemas, as confissões patéticas.
Nunca escutei voz de gente.
Não, meu coração não é maior que o mundo.
Em verdade sou muito pobre.
É muito menor.
Nele não cabem nem as minhas dores.
Meus amigos foram às ilhas.
Por isso gosto tanto de me contar.
Ilhas perdem o homem.
Por isso me dispo,
Entretanto alguns se salvaram e
por isso me grito,
trouxeram a notícia de que o mundo está crescendo
por isso freqüento os jornais, me exponho cruamente
todos os dias,
nas livrarias:
entre o fogo e o amor.
preciso de todos.
Sim, meu coração é muito pequeno.
Então, meu coração também pode crescer.
Entre o amor e o fogo,
entre a vida e o fogo,
meu coração cresce dez metros e explode.
- Ó vida futura! Nós te criaremos.
(ANDRADE, Carlos Drummond de. Poesia e prosa. Rio de Janeiro: Nova Aguilar, 1983, p. 137-8)

Prática de textos

03. Considerando o contexto do poema, a opção que


01. No poema de Drummond, há uma metáfora que faz
MELHOR indica o sentido do verso “Em verdade sou
referência ao tipo de postura do sujeito romântico,
muito pobre”, é:
rejeitada pelo poeta. O termo que indica esta
a) carência de recursos financeiros.
METÁFORA é:
b) falta de fé.
a) coração.
c) ausência de afeto.
b) mundo.
d) distanciamento da realidade.
c) fogo.
e) insuficiência de força física.
d) amor.
e) jornais
04. Entre as características capazes de identificar o
texto lido como um texto poético somente NÃO se
02. O poeta, no poema Mundo Grande de Carlos
pode reconhecer:
Drummond, constrói um interlocutor que é marcado
a) presença de musicalidade.
ENSINO MÉDIO - 2008

através do vocativo – “Ó vida futura”. Esse interlocutor


b) aparecimento de combinações sonoras,
representa:
caracterizador de uma rima pobre.
a) solidão.
c) busca por uma expressividade diferenciada, original.
b) utopia.
d) preocupação com a forma e com o aproveitamento
c) testemunho.
dos espaços em branco no papel.
d) amor.
e) subjetividade marcante.
e) defesa.
FAÇO IMPACTO - A CERTEZA DE VENCER!!!
Fale conosco www.portalimpacto.com.br

05. Além da função poética, podemos dizer que o eu - lírico expressa uma segunda função de linguagem denominada
função:
a) fática
b) referencial
c) emotiva
d) metalingüística
e) conativa

06. Leia o texto abaixo.


Podemos afirmar que este texto, extraído da revista Veja, possui:

a) finalidade conativa, pois se propõe a fazer uma crítica aos personagens citados usando os argumentos dos mesmos
para sugerir ao leitor uma aproximação de idéias e conseqüente inadequação.
b) nítida função referencial, facilmente observável pelo suporte utilizado: uma revista informativa de circulação nacional.
c) objetivo de estabelecer o canal comunicativo, testando a comunicação ao fazer uso da mesma.
d) a necessidade de expressar o descontentamento do locutor, ainda que essa insatisfação seja mascarada através
dos fatos por ele divulgados.
e) intenção metalingüística, pois observa-se uma explicação contínua dos contextos que levaram ao acontecimento da
realidade descrita.

07. Leia o texto abaixo para responder a questão.

A função poética da linguagem se manifesta neste texto através de:


ENSINO MÉDIO - 2008

a) ritmo das sílabas das palavras.


b) repetição de sons e cadência rítmica.
c) interação entre a representação gráfica e o significado que as palavras representam.
d) originalidade e busca pela perfeição rítmica através das rimas.
e) subjetividade.

FAÇO IMPACTO - A CERTEZA DE VENCER!!!

Interesses relacionados