Você está na página 1de 3

1

CONTEÚDO

PROFº: ÉRICA
06 Articulação das Orações Coordenadas 1
A Certeza de Vencer KL 150408

Exercitando
Fale conosco www.portalimpacto.com.br

UNIVERSIDADE ESTADUAL
COORDENAÇÃO E INFANTILIDADE DE PONTA GROSSA - 2005

TEXTO PARA AS
Idéias infantis – As orações coordenadas, QUESTÕES 01 A 08
dependendo da maneira que se distribuem no
período, podem denotar infantilidade, depreciando o
texto escrito – quando produzido por adulto. Pode-se Amor
dizer o mesmo dos períodos curtos (que não deixam
de ser um modo de coordenação): eles não
conseguem dar realce a um determinado ponto de
e
vista nem estabelecer a verdadeira relação entre
fatos enumerados. Vamos mostrar uma seqüência de outros
períodos que denotam infantilidade do redator:
1. A ação terrorista não consegue diminuir a males
discriminação social. Rubem Braga

2. Os terroristas usam a violência como diálogo. Uma delicada leitora me escreve: não gostou de
3. A resposta aos apelos dos terroristas é dada uma crônica minha de outro dia, sobre dois amantes que
também em forma de violência. se mataram. Pouca gente ou ninguém gostou dessa
crônica; paciência. Mas o que a leitora estranha é que o
4. Cria-se, assim, um círculo vicioso. cronista "qualifique o amor, o principal sentimento da
humanidade, de coisa tão incômoda". E diz mais: "Não é
Orações coordenadas – Agora, vamos possível que o senhor não ame, e que, amando, julgue
organizar os tópicos acima no formato de orações um sentimento de tal grandeza incômodo".
coordenadas, ou seja, vamos colocá-los no papel e Não, minha senhora, não amo ninguém; o coração
separá-los basicamente por vírgulas: está velho e cansado. Mas a lembrança que tenho de
meu último amor, anos atrás, foi exatamente isso que me
A ação terrorista não consegue diminuir a inspirou esse vulgar adjetivo – "incômodo". Na época eu
discriminação social, os terroristas usam a violência usaria talvez adjetivo mais bonito, pois o amor, ainda que
como diálogo, a resposta aos apelos dos terroristas é infeliz, era grande; mas é uma das tristes coisas desta
dada também em forma de violência e cria-se, vida sentir que um grande amor pode deixar apenas uma
assim, um círculo vicioso. lembrança mesquinha; daquele ficou apenas esse
adjetivo, que a aborreceu.
Períodos simples – Agora, vamos organizar as Não sei se vale a pena lhe contar que a minha
mesmas idéias no formato de períodos simples, ou amada era linda; não, não a descreverei, porque só de
seja, vamos colocá-los no papel e separá-los por revê-la em pensamento alguma coisa dói dentro de mim.
ponto seguido: Era linda, inteligente, pura e sensível – e não me tinha,
nem de longe, amor algum; apenas uma leve amizade,
A ação terrorista não consegue diminuir a igual a muitas outras e inferior a várias.
discriminação social. Os terroristas usam a violência A história acaba aqui; é, como vê, uma história
como diálogo. A resposta aos apelos dos terroristas é terrivelmente sem graça, e que eu poderia ter contado em
dada também em forma de violência. Cria-se, assim, uma só frase. Mas o pior é que não foi curta. Durou, doeu
um círculo vicioso. e – perdoe, minha delicada leitora – incomodou.
Eu andava pela rua e sua lembrança era alguma
Conclusão – Nos dois casos (orações coisa encostada em minha cara, travesseiro no ar; era um
coordenadas e períodos simples), o texto deixa terceiro braço que me faltava, e doía um pouco; era uma
gravata que me enforcava devagar, suspensa de uma
transparecer infantilidade. Existem idéias, mas o
nuvem. A senhora acharia exagerado se eu lhe dissesse
modo como foram dispostas no papel sugere que aquele amor era uma cruz que eu carregava o dia
imaturidade. Outro fator negativo que se nota na inteiro e à qual eu dormia pregado; então serei mais
VESTIBULAR – 2009

coordenação é a repetição de palavras. Note que os modesto e mais prosaico dizendo que era como um mau
vocábulos terrorista e violência aparecem de jeito no pescoço que de vez em quando doía como
forma exagerada. bursite. Eu já tive um mês de bursite, minha senhora; dói
de se dar guinchos, de se ter vontade de saltar pela
janela. Pois que venha outra bursite, mas não volte nunca
um amor como aquele. Bursite é uma dor burra, que dói,

FAÇO IMPACTO - A CERTEZA DE VENCER!!!


Fale conosco www.portalimpacto.com.br

dói, mesmo, e vai doendo; a dor do amor tem de repente 04. Quanto à constituição sintática da seqüência "Durou,
uma doçura, um instante de sonho que mesmo sabendo doeu e incomodou" (4º parágrafo), é correto afirmar:
que não se tem esperança alguma a gente fica sonhando, 01) Trata-se de um período composto por coordenação.
como um menino bobo que vai andando distraído e de 02) Os três verbos se relacionam a um mesmo sujeito.
repente dá uma topada numa pedra. E a angústia lenta de 04) É um período que contém orações independentes.
quem parece que está morrendo afogado no ar, e o 08) Trata-se de um período misto, em que se observa não
humilde sentimento de ridículo e de impotência, e o só coordenação como também subordinação.
desânimo que às vezes invade o corpo e a alma, e a 16) O sujeito dos verbos é o termo "bursite".
"vontade de chorar e de morrer", de que fala o samba?
Por favor, minha delicada leitora; se, pelo que 05. Ainda quanto a funções sintáticas, estão corretas as
escrevo, me tem alguma estima, por favor: me deseje afirmações:
uma boa bursite. 01) Na frase "Eu já tive um mês de bursite, minha
senhora", a vírgula separa um aposto.
01. Quanto à significação textual, estão corretas as 02) A expressão "o principal sentimento da humanidade"
afirmações: (1º parágrafo), empregada em referência ao amor,
01) O cronista defende a idéia de que o amor é um constitui um aposto.
sentimento incômodo. 04) Na oração "Pois que venha outra bursite", o sintagma
02) O cronista objetivou contar a história de seu último "outra bursite" é um objeto direto, complemento do verbo
amor. "vir", sendo que o sujeito está indeterminado.
04) O autor mostra que a dor do amor e uma dor física 08) Em "se eu lhe dissesse que aquele amor era uma
ocasionam sofrimento em igual medida. cruz que eu carregava o dia inteiro", o verbo sublinhado
08) O autor demonstra ser masoquista, pois deseja ter se contextualiza como transitivo direto e indireto.
bursite, como deixa claro no último parágrafo. 16) Em "uma história terrivelmente sem graça", a locução
16) Na visão do cronista, a dor do amor é superior à dor sublinhada tem valor de adjetivo.
ocasionada por bursite.
06. “Era bonita, fresca, saía das mãos da natureza, cheia
02. São também significações presentes no texto, daquele feitiço, precário e eterno,...”
relativamente à leitora citada: O fragmento acima apresenta respectivamente:
01) O adjetivo constituinte do sintagma "delicada leitora", a) oração coordenada assindética, oração coordenada
várias vezes empregado pelo autor em relação à leitora assindética.
indignada, deixa entrever uma ironia sutil. b) oração coordenada assindética, oração coordenada
02) Na forma de entender o amor, a visão da leitora se sindética aditiva.
contrapõe à do autor. c) oração coordenada sindética aditiva, oração
04) O adjetivo constituinte do sintagma "delicada leitora" coordenada assindética.
revela a postura romântica da leitora pela forma como ela d) oração coordenada sindética adversativa, oração
julga o amor. coordenada sindética aditiva.
08) Nos sintagmas "minha senhora" e "minha delicada
leitora", o pronome "minha" não expressa relação de 07. “Os infelizes tinham caminhado o dia inteiro, estavam
posse, mas indica afetividade. cansados e famintos. Ordinariamente andavam pouco,
16) O autor se desculpa com a leitura por ter qualificado o mas como haviam repousado bastante na areia do rio
amor de "incômodo". seco, a viagem progredira bem três léguas. Fazia horas
que procuravam uma sombra. A folhagem dos juazeiros
03. Quanto à maior expressividade de algumas apareceu longe, através dos galhos pelados da caatinga
estruturas, quer vocabulares ou frásicas, estão corretas rala.”
as seguintes afirmações: (Graciliano Ramos, Vidas Secas)
01) Em "sua lembrança (...) era uma gravata que me
enforcava devagar" (5º parágrafo), observa-se uma É correto dizer que
metáfora, ou seja, uma relação de caráter subjetivo entre a) a primeira e segunda orações são coordenadas
dois significados. assindéticas.
02) Em "dói de se dar guinchos, de se ter vontade de b) a primeira oração é coordenada assindética e a
saltar pela janela" (5º parágrafo), o autor utilizou, para segunda é adversativa.
obter maior expressividade, expressões hiperbólicas. c) há sete orações coordenadas no período.
04) Tendo em vista as significações dos adjetivos, a d) há seis orações coordenadas e duas subordinadas no
relação entre o sujeito e o complemento verbal na oração período.
"um grande amor pode deixar apenas uma lembrança e) há cinco orações coordenadas no período.
mesquinha" é de oposição.
08) O adjetivo "mesquinha", modificador do substantivo
"lembrança", entra, no contexto do segundo parágrafo,
como sinônimo para "incômodo".
16) No período "Bursite é uma dor burra, que dói, dói,
VESTIBULAR – 2009

mesmo, e vai doendo" (5º parágrafo), a repetição do


verbo, expresso por meio de duas diferentes formas,
constitui um recurso estilístico cujo efeito é o de reforçar a
idéia de que a ação de doer é intensa e prolongada.

FAÇO IMPACTO – A CERTEZA DE VENCER!!!


Fale conosco www.portalimpacto.com.br

FAÇO IMPACTO – A CERTEZA DE VENCER!!!


VESTIBULAR – 2009

Interesses relacionados