Você está na página 1de 4

AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO DO PESSOAL DOCENTE

Referenciais e Instrumentos de Registo de Avaliação de Desempenho Efectuada pelo Presidente do Conselho Executivo

2.º e 3.º Ciclo e Secundário

A – NÍVEL DE ASSIDUIDADE E CUMPRIMENTO DO SERVIÇO DISTRIBUÍDO

A. 1 - Serviço lectivo – grau de cumprimento do serviço

Pontuação
Cumprimento de 100% do serviço lectivo 10
Cumprimento de 98% a 99,9% do serviço lectivo 8
Cumprimento de 95% a 97,9% do serviço lectivo 7
Cumprimento de 90% a 94,9% do serviço lectivo 6
Cumprimento de menos de 90% do serviço lectivo 3
Referenciais:
1. Neste item A1, será atribuída pontuação máxima (10 pontos) aos docentes que cumprirem 100% do serviço lectivo distribuído e
pontuação mínima àqueles que cumprirem menos de 90%.
2. Apenas são consideradas as faltas ao Serviço Lectivo (aulas curriculares).
3. Não são consideradas faltas, para este efeito, as ausências do docente quando equiparadas a serviço lectivo (serviço oficial,
doença, e outras previstas no artº 103º do ECD e em legislação específica)
4. O controlo da assiduidade é feito global e anualmente com base em listagem de faltas relevantes emitidas pelos Serviços.
5. No final do ano lectivo, contabiliza-se o nº de tempos lectivos (45´) a que o docente estava obrigado (∑ dos produtos do nº de
segmentos de aula por dia pelo nº de dias da semana em que ocorrem). Seguidamente, com o número de faltas dadas (45´)
calcula-se a percentagem, com arredondamento às décimas, do cumprimento de serviço.
6. A unidade base de referência da hora lectiva, aula, tempo lectivo ou segmento é de 45 minutos e não são consideradas as faltas
dadas ao abrigo do artº 103 do ECD.

Exemplo (professor que faltou 4 tempos no ano e que tinha 20 tempos/semana)


1º P 2º P 3º P TOTAL Nº de aulas por dia no horário do professor (45´) Nº segmentos/dia x nº de dias Nº de faltas relevantes
2ª feira 13 9 10 32 4 128 1
3ª feira 13 9 10 32 2 64 0
4ª feira 13 9 10 32 4 128 1
5ª feira 12 11 8 31 6 186 2
6ª feira 12 11 9 32 4 128 0
634 4 99,4%

Exemplo generalista:
Percentagem
Nº de horas lectivas Nº de aulas previstas 100% 98% 95% 90%
Nº dias Nº médio de
semanais do professor
aulas semanas (segmentos 45’) Nº máximo de faltas de segmentos de 45'
(45´)
22 700 0 14 35 70
20 636 0 13 32 64
159 31,8
18 572 0 11 29 57
16 509 0 10 25 51

A. 2 – Empenho para a realização da totalidade das aulas previstas

Página 1 de 4
A. 2.1 – Compensações, Permutas, Preparação das substituições

Conceitos:
• Permuta é a transposição recíproca de posição de duas ou mais aulas de diferentes disciplinas / áreas
curriculares no horário de uma turma.
• Compensação é a reposição de aula prevista e não dada, por acréscimo de carga horária do professor e alunos,
por antecipação ou adiamento. Também se considera “compensação” a aula suplementar que é dada para além
das que estavam previstas e efectivamente leccionadas.
• Preparação das Substituições é o trabalho de planificação, organização e apresentação ao Conselho Executivo
de um Plano de Aula, de Fichas Formativas de Substituição.
• Aulas Previstas são as aulas (número) que, no início do ano lectivo, se prevê, venham a ser leccionadas, de
acordo com o calendário escolar e civil, e para as quais os professores planificaram as actividades lectivas. Para
apuramento do número de aulas previstas, serão descontados os momentos de suspensão e/ou substituição das
actividades lectivas ou outras situações supervenientes, externas à vontade dos docentes, que venham a ser
declaradas pela administração escolar ou educativa e que alterem as previsões iniciais.
• Aulas Dadas são as aulas (número) que foram efectivamente leccionadas pelo docente.
• Aulas em Falta é a diferença entre o número de aulas previstas e dadas (AF=AP-AD).

Referenciais:
1. Neste item não se avalia a assiduidade do docente nem o cumprimento do serviço lectivo, uma vez que este item (A.1) já foi
avaliado anteriormente. Avalia-se sim o empenho do docente que, tendo faltado ou prevendo que vai faltar, apresenta ao
Conselho Executivo uma ou várias propostas no sentido de assegurar a leccionação das aulas previstas, preferencialmente por
ele ou, não sendo possível, por outros docentes.
2. Não havendo registo de faltas do professor nem havendo registo de que tenha recorrido a qualquer medida para assegurar a
leccionação da totalidade das aulas previstas, o docente será avaliado com a pontuação máxima (10 pontos) neste item.
3. Tendo o professor faltado e assegurado a leccionação de todas as aulas previstas para a disciplina, independentemente do
mecanismo utilizado (Compensação ou Aplicação de Plano de Aula), ser-lhe-á atribuída a pontuação máxima (10 pontos)
neste item.
4. Nos restantes casos, aplicam-se as seguintes regras:
Pontuação
Execução de 100% das aulas em falta. 10
Execução de 95% a 99% das aulas em falta. 8
Execução de 90% a 94% das aulas em falta. 7
Execução de 85% a 89% das aulas em falta. 6
Execução de menos de 85% das aulas em falta. 3

Página 2 de 4
A. 3 – Apoio às aprendizagens dos alunos - grau de cumprimento do serviço

A.3.1 – Apoio às aprendizagens dos alunos


A. 3.1.1 - Cumprimento do serviço e dos objectivos dos apoios educativos

Pontuação
Cumprimento de 100% do serviço de apoio educativo atribuído 10
Cumprimento de 95% a 99% do serviço de apoio educativo atribuído 8
Cumprimento de 90% a 94% do serviço de apoio educativo atribuído 7
Cumprimento de 85% a 89% do serviço de apoio educativo atribuído 6
Cumprimento de menos de 85% do serviço de apoio educativo atribuído 3

1. Neste item A3, o cumprimento do serviço de apoio afere-se pela diferença entre o nº de aulas/actividades de
apoio previstas e aquelas que, efectivamente, foram realizadas. Não relevam para o cômputo das actividades as
que não foram realizadas por responsabilidade externa à vontade do docente.
2. Não serão avaliados neste item os docentes que não propuseram nem aos quais foi atribuído serviço de apoio
educativo.
3. Também não serão avaliados neste item os professores que, tendo proposto apoio educativo aos seus alunos ou
a quem foi atribuído serviço de apoio educativo, não o efectivaram por razões alheias à sua vontade.

A. 4 – Serviço Não Lectivo - grau de cumprimento

A. 4.1 – Cumprimento do serviço na componente não lectiva

Pontuação
Cumprimento de 100% do serviço não lectivo 10
Cumprimento de 95% a 99% do serviço não lectivo 8
Cumprimento de 90% a 94% do serviço não lectivo 7
Cumprimento de 85% a 89% do serviço não lectivo 6
Cumprimento de menos de 85% do serviço não lectivo 3

1. Neste item A4, será atribuída pontuação máxima (10 pontos) aos docentes que cumprirem 100% do Serviço Não
Lectivo distribuído e pontuação mínima àqueles que cumprirem menos de 85%
2. Relevam para o efeito do serviço não lectivo, todas as horas da componente Não Lectiva constantes do horário do
docente, à excepção das horas de Trabalho Individual. As aulas de apoio NÃO são consideradas na Componente
Não Lectiva. São consideradas, apenas, para avaliação do item A.3.
3. Não são consideradas faltas, para este efeito, as ausências do docente quando equiparadas a serviço lectivo
(serviço oficial, doença, e outras previstas no artº 103º do ECD e em legislação específica)
4. O controlo da assiduidade é feito global e anualmente com base em listagem de faltas relevantes emitidas pelos
Serviços.
5. No final do ano lectivo, contabiliza-se o nº de tempos lectivos (45´) a que o docente estava obrigado na
componente de serviço não lectivo (∑ dos produtos do número de segmentos por dia pelo número de dias da
semana em que ocorrem). Seguidamente, com o número de faltas dadas (45´) calcula-se a percentagem, com
arredondamento às décimas, do cumprimento de serviço não lectivo.
Exemplo:
Nº de segmentos da Nº
Nº de faltas
1º P 2º P 3º P TOTAL componente Não Lectiva no segmentos/dia
relevantes
horário do professor (45´) x nº de dias
2ª feira 13 9 10 32 2 64 2
3ª feira 13 9 10 32 0 0 0
4ª feira 13 9 10 32 4 128 5
5ª feira 12 11 8 31 2 62 2
6ª feira 12 11 9 32 3 96 4
350 13 96,3%

Página 3 de 4
D – PARTICIPAÇÃO DO DOCENTE EM ACÇÕES DE FORMAÇÃO CONTÍNUA

D.1 – Nº de créditos de Formação Contínua no âmbito das áreas prioritárias definidas pela escola ou nas disciplinas que o
docente lecciona (Nº de créditos x Classificação Obtida (de 1 a 10)

(Nº de créditos x Classificação Obtida (de 1 a 10) Pontuação


Superior a 20,0 10
De 18,0 a 20,0 8
De 16 a 17,9 7
De 12,0 a 15,9 6
Inferior a 12,0 3

1. As acções de formação consideradas neste item de avaliação serão aquelas de que o docente fizer prova, através de
certificado.

PRAZOS E PROCEDIMENTOS

1. O docente contratado em avaliação preenche a ficha de Auto-avaliação até ao termo do contrato,


preferencialmente nos 15 dias anteriores e entrega-a nos Serviços de Administração Escolar.
2. Até cinco dias úteis seguintes ao termo do contrato, o Presidente do Conselho Executivo ou o membro do
Conselho Executivo responsável pela avaliação do docente, preenche a ficha de avaliação do docente.
3. Nos cinco dias úteis seguintes à avaliação feita pelo Presidente do Conselho Executivo, é realizada a entrevista
entre avaliador e avaliado para atribuição da avaliação final.

Página 4 de 4