Você está na página 1de 9

Metamorfismo e rochas

Princípio fundamental:
metamórficas
• Os minerais e as rochas são estáveis nas
condições de pressão e temperatura em que
se formaram.
• A modificação dessas condições gera, nas
rochas, alterações no sentido de estas se
adaptarem ao novo meio.
• Metamorfismo = Mudar de Forma

Definição de metamorfismo Causas do aumento da P e T


• As rochas metamórficas resultam da transformação
por reajustamento mineralógico e textural, realizada • O aumento da pressão e temperatura pode
no estado sólido, de rochas ígneas, sedimentares e ser consequência de três circunstâncias:
metamórficas, quando sujeitas a novos parâmetros
termodinâmicos, diferentes dos que presidiram à sua
génese => os minerais ficam instáveis, recombinam- 1. Calor interno da Terra
se, adquirindo características compatíveis com o
novo ambiente.
2. Peso das camadas suprajacentes
• As modificações representam a adaptação da rocha
original às novas condições e serão tanto mais
pronunciadas quanto maior for o contraste entre
3. Tensões horizontais da litosfera
aquelas condições e as do seu ambiente de formação.
Domínio do metamorfismo
• Pressão e temperatura baixa • Diagénese
• O Metamorfismo ocorre dentro do intervalo (até 200°C)
que tem por limite inferior a diagénese e limite
superior o magmatismo: quando as condições • Pressão e temperatura alta • Metamorfismo
(200°- 700°C)
de P e T ultrapassam as da diagénese e antes
do início da fusão total (magmatismo). • Pressão alta e temperatura • Ultrametamorfismo
muito alta (700°- 800°C)
• Anatexia
• Fusão do granito (800°- 900°C)

• Fusão total (1000°-1200°C) • Magmatismo

Ultrametamorfismo
Anatexia
• Ocorre na fronteira entre o metamorfismo e o
magmatismo, quando são ultrapassadas certas
• Início da fusão total do granito. Ocorre em
condições de temperatura (700/800°C)
condições de temperatura superiores às do
• Inicia-se a fusão parcial dos minerais com o ponto de ultrametamorfismo (800 a 900°C)
fusão mais baixo, quartzo e feldspatos alcalinos =>
formação de um fluido silicatado com mobilidade, o • Produzem-se granitos de anatexia
Migma • Formação de magmas secundários, graníticos
• Migmatito: rocha formada por uma parte original,
refractária, e outra recém formada a partir da
cristalização do migma nela injectado. Textura fluidal.
Agentes de metamorfismo

1. Calor

2. Pressão

3. Fluidos

4. Tempo

1. Calor Intrusão de um corpo magmático

Gradiente
geotérmico
superficial:
25 a 30°C/km
Gradiente
geotérmico
profundo:
0,5°C/km
2. Pressão
Gradiente geobárico médio da crosta
• Litostática: exercida pelas
rochas suprajacentes, é
igual em todas as direcções.
• Dirigida: pressões
orientadas, relacionadas
com movimentos
tangenciais da litosfera
(compressões associadas a
limites convergentes de
placas). 1 bar = pressão de 1 atmosfera

3. Fluidos 4. Tempo
• Os fluidos contidos na estrutura cristalina • Trata-se do tempo de duração do processo
dos minerais constituintes da rochas, • Quanto mais tempo demorar, maiores
normalmente água (argilas e outros minerais serão os efeitos produzidos nas rochas
hidratados) e dióxido de carbono (calcários e
dolomitos) participam e facilitam as trocas
químicas entre os minerais, fazendo baixar o
ponto de fusão das rochas.
Tipos de metamorfismo

Metamorfismo Regional Metamorfismo de contacto

• Resulta de acções
• O factor principal é o calor
simultâneas de calor e
produzido por uma intrusão
pressões elevadas 400- magmática (400/800°C e <2 kb)
600°C e 2 a 6kb)
• A zona metamorfizada situa-se à
• Ocorre em regiões vastas, volta da intrusão, os efeitos
em relação com os limites decrescem com a distância
convergentes de placas • As rochas produzidas chamam-se
• As rochas resultantes corneanas: muito duras, de grão
apresentam texturas equidimensional e, em geral,
específicas: foliação fractura conchoidal
Dinamometamorfismo Grau de metamorfismo

- O factor principal é a
pressão dirigida (2 a 6 kb e Intensidade das transformações:
200°C) • quanto mais próximo da fonte de calor;
- Ocorre ao longo de falhas e
em cadeias de montanha • quanto mais elevadas as condições de P e T;
deformadas • quanto mais tempo os agentes actuarem;
- Produz a rotura e
pulverização das rochas,
=> maiores serão as modificações
rochas cataclásticas – brechas mineralógicas e texturais da rocha
de falha e milonitos

Séries
Rocha original Sequências evolutivas
metamórficas
Sequência metamórfica
Quartzo-feldspática Granitos e riolitos Gnaisse

• É o conjunto de rochas derivadas de um Argilosa Xisto argiloso, ardósia, xisto


Argilitos luzente ou filito, micaxisto,
mesmo tipo de rocha original, ou pelítica gnaisse
correspondentes a sucessivos graus
crescentes de metamorfismo Básica Basaltos e gabros
Xisto verde, anfibolito, gnaisse
anfibólico, eclogito
• Sequência metamórfica derivada de um
argilito: xisto argiloso ardósia filito Carbonatada Calcários e dolomitos Mármores

micaxisto, gnaisse.
Arenitos quartzicos e
Quartzítica Quartzitos
sílica de precipitação
Texturas Texturas Foliadas
• Típicas das rochas resultantes de metamorfismo
regional
• Foliada ou
folheada

• Há uma orientação preferencial dos


• Não foliada constituintes, perpendicular à direcção de
compressão máxima
• Subdivide-se em: clivagem xistenta (ardósia),
xistosidade (xisto luzente, micaxisto) e bandado
(gnaisse)

Estruturas anisotrópicas com foliação

• Parte ou a quase totalidade dos minerais estão


orientados espacialmente, como resposta às
tensões aplicadas durante o processo de
formação ou deformação da rocha.
• As propriedades mecânicas destas rochas variam
significativamente consoante a direcção
considerada. Os minerais, com forma lamelar,
dispõem-se em leitos ou camadas conferindo à
rocha uma orientação preferencial (direcção de
fraqueza mecânica).
Textura não foliada ou granular: Estruturas isotrópicas sem foliação

• Típicas das rochas formadas a • Os minerais apresentam distribuição e


partir de metamorfismo de orientação aleatória na rocha.
contacto • Típica de rochas monominerais que
• Minerais sem orientação sofreram recristalização, os minerais
preferencial, em geral desenvolvem-se, crescem.
equidimensionais
• As propriedades mecânicas destas rochas
• Ex: mármore, corneana e
quartzito não variam significativamente consoante a
direcção considerada.

O tipo de rocha metamórfica gerada O ciclo das rochas


depende:

1. da composição da
rocha que lhe deu
origem
2. do tipo de
metamorfismo
3. do grau de
metamorfismo