Você está na página 1de 2

8/28/2017 Portal do Aluno

(/portal/index/principal)

 Principal (/portal/index/principal) // Ergonomia

Iniciado em segunda, 28 Ago 2017, 21:48


Estado Finalizada
Concluída em segunda, 28 Ago 2017, 21:49
Tempo empregado 52 segundos
Notas 1,00/1,00
Avaliar 10,00 de um máximo de 10,00(100%)

Questão 1 O risco ergonômico é um risco que envolve


Correto diversas variáveis, pois tudo que pode causar
“desconforto” ao homem no processo produtivo,
Atingiu 1,00 de
e que possa levar o mesmo a distúrbios ou
1,00
disfunções em sua saúde pode ser caracterizado
como um risco ergonômico, entrando ai desde o
layout do ambiente em que trabalha, o tipo de
organização funcional (empresa); as condições do
meio ambiente (iluminação, ruído, ventilação);
insumos utilizados: ferramentas e produtos
químicos; horário de trabalho, dentre outros, o
que permeia inclusive os demais riscos: físico,
mecânico, químico e biológico. Mas apesar deste
amplo alcance dos riscos ergonômicos a sua
constatação não gera o pagamento do adicional
de insalubridade, por que? (deem uma olhada na
NR17)
Marque o item correto. 

Escolha uma:
a. A afirmativa do exercício é falsa, pois os riscos
ergonômicos são caracterizados para fins de
pagamento do adicional de insalubridade – veja
só a questão dos ruídos e da temperatura, que
são riscos ergonômicos e pagam o adicional de
insalubridade.
b. A afirmativa do exercício é falsa, pois o risco
ergonômico é pago, haja vista diversas decisões
judiciais relacionadas ao pagamento deste

http://portal.unyleya.edu.br/portal/index/lms 1/2
8/28/2017 Portal do Aluno

judiciais relacionadas ao pagamento deste


adicional pela justiça do trabalho.

c. O risco ergonômico gera o pagamento do


adicional de insalubridade, sendo a premissa da
atividade falsa, pois como o risco ergonômico
permeia todos os demais riscos, o mesmo está
amparado na NR15.
d. O risco ergonômico não gera o pagamento do
adicional de insalubridade pois o mesmo não
está amparado na Norma Regulamentadora nº 15
e na NR17 não determina o seu pagamento.

e. Não se paga o adicional de insalubridade para


o risco ergonômico, pois o mesmo é passível de
solução, assim não justifica o pagamento do
adicional.

Sua resposta está correta.

http://portal.unyleya.edu.br/portal/index/lms 2/2

Você também pode gostar