Você está na página 1de 34

REFORMA

TRABALHISTA
Por Chríssia Pereira
Os 5 temas serão: 

Introdução
1. Aspectos práticos do processo do trabalho;
2. Custas e Honorários;
Em 11 de Novembro de 2017, entra em vigor a Reforma 3. Peticionamento e Provas;
Trabalhista (Lei nº 13.467 de 13 de julho de 2017). Pensando nos 4. Responsabilidade, execução e desconsideração;
colegas advogados, convidamos nossa colunista Chríssia 5. Arquivamento e Revelia, Recursos e Súmulas
Pereira, especialista em Direito do Trabalho, para preparar uma
série de artigos sobre o tema.
Apesar de ser uma matéria polêmica, nossa intenção aqui é
trazer a discussão à tona, sem tomar partido, estimulando o
Foram preparados cinco artigos, para que de forma sucinta, seja debate saudável e o enriquecimento do tema. Esperamos
conhecido ponto a ponto de todas as alterações em Processo que a leitura seja agradável e traga os esclarecimentos que
do Trabalho, e como isso irá lhe afetar a rotina dos advogados e você desejou a fazer o download desse material.
toda a população do país.
Módulo I:

Contagem de Prazos em Dias Úteis,


Prescrição e Prescrição Intercorrente
presentes na Reforma Trabalhista.
Contagem dos Prazos em Dias Úteis
Os prazos processuais serão contados em 1º Os prazos podem ser prorrogados, Vale lembrar, que antes os prazos eram
dias úteis, com exclusão do dia do pelo tempo estritamente necessário, contados de forma contínua, a mudança
começo e inclusão do dia do vencimento: nas seguintes hipóteses: acompanha o Novo CPC. O artigo é bem
recepcionado pelos advogados, porém
“Art. 775.  Os prazos estabelecidos neste I - quando o juízo entender necessário;
em fase de transição é sempre
Título serão contados em dias úteis, com
II - em virtude de força maior, importante manter a atenção.
exclusão do dia do começo e inclusão do
devidamente comprovada.
dia do vencimento.

2º Ao juízo incumbe dilatar os prazos


processuais e altera

Índice > Módulo I


Prescrição
Importante esclarecer que, para o trabalhador,
continua igual o fato de que este somente poderá
reclamar direitos dos cinco anos anteriores, e no prazo
de 2 anos após o término do contrato de trabalho.

Vejamos então, o caput do art. 11 da Lei 13.467: 



“A pretensão quanto a créditos resultantes das
relações de trabalho prescreve em cinco anos para
os trabalhadores urbanos e rurais, até o limite de
dois anos após a extinção do contrato de trabalho. ”

Índice > Módulo I


Prescrição Intercorrente
Prescrição Intercorrente é aquela que ocorre, quando Ainda que o entendimento já estivesse consolidado, Assim, se durante à execução trabalhista, houver
o processo fica parado por um prazo determinado, e a reforma trabalhista traz a prescrição intercorrente determinação para o exequente e este se manter
ao final deste tempo o processo é extinto. para a justiça do trabalho em seu texto: inerte, por mais de dois anos o juiz poderá
reconhecer de ofício a prescrição intercorrente do
A súmula 327 do STF, traz o entendimento de Art. 11 - A.  Ocorre a prescrição intercorrente no
crédito trabalhista, em qualquer grau de jurisdição.
aplicabilidade quanto à créditos trabalhistas “O processo do trabalho no prazo de dois anos.
De forma que, em concordância com o Novo CPC
direito trabalhista admite prescrição intercorrente”.
1º - A fluência do prazo prescricional intercorrente incidirá sobre o processo trabalhista também o
No entanto, o TST através da Súmula 114, entendeu
inicia-se quando o exequente deixa de cumprir seguinte artigo: “art. 924, V, do Novo CPC: Art. 924.
que não é aplicável à Justiça do Trabalho tal instituto.
determinação judicial no curso da execução.  Extingue-se a execução quando: V – ocorrer a
Admitindo-a excepcionalmente apenas para multas
prescrição intercorrente. ”
administrativas impostas pela fiscalização do 2º - A declaração da prescrição intercorrente pode
trabalho (Lei de Execuções Fiscais (Lei 6.830/80 – ser requerida ou declarada de ofício em qualquer
usada para cobrança de créditos inscritos na dívida grau de jurisdição
ativa da União) nos termos do artigo 642 da CLT “A
cobrança judicial das multas impostas pelas
autoridades administrativas do trabalho obedecerá
ao disposto na legislação aplicável à cobrança da
dívida ativa da União, (…).”

Índice > Módulo I


Módulo II:

Regime de Custas, Gratuidade da


justiça, honorários advocatícios de
sucumbência e Honorários periciais
na Reforma Trabalhista.
Regime de Custas
Vejamos o que dispõe a redação do art. 789 da I - quando houver acordo ou condenação, Como vimos acima, fica estabelecido o limite
CLT: sobre o respectivo valor; máximo do valor das custas processuais em 4
vezes o limite dos benefícios do Regime Geral
Art. 789. Nos dissídios individuais e nos II - quando houver extinção do processo, sem
de Previdência Social. Na redação anterior, não
dissídios coletivos do trabalho, nas ações e julgamento do mérito, ou julgado totalmente
havia limite máximo para as custas, apenas se
procedimentos de competência da Justiça do improcedente o pedido, sobre o valor da
estipulava o mínimo em discordância com a
Trabalho, bem como nas demandas propostas causa;
Súmula 667 do STF “ Viola a garantia
perante a Justiça Estadual, no exercício da
III - no caso de procedência do pedido Constitucional de acesso à jurisdição a taxa
jurisdição trabalhista, as custas relativas ao
formulado em ação declaratória e em ação judiciária calculada sem limite sobre o valor da
processo de conhecimento incidirão à base de
constitutiva, sobre o valor da causa; (Redação causa. ” Atualmente o teto previdenciário tem o
2% (dois por cento), observado o mínimo de R$
dada pela Lei nº 10.537, de 27.8.2002) limite de R$ 22.125,24. O percentual de custas
10,64 (dez reais e sessenta e quatro centavos) e
permanece em alíquota de 2%.
o máximo de quatro vezes o limite máximo IV - quando o valor for indeterminado, sobre o
dos benefícios do Regime Geral de que o juiz fixar.
Previdência Social, e serão calculadas:
(Redação dada pela Lei nº 13.467, de 13.7.2017)

Índice > Módulo II


Justiça Gratuita
Justiça Gratuita “Art. 790. Anteriormente, apenas a mera declaração de
insuficiência financeira era suficiente para
O benefício da justiça gratuita será 3º É facultado aos juízes, órgãos
gozar do benefício, e que a pessoa não
concedido apenas aos que receberem salário julgadores e presidentes dos tribunais do
recebesse salário inferior ao dobro do salário
igual ou inferior a 40% do limite máximo dos trabalho de qualquer instância conceder,
mínimo vigente. Agora, vinculou-se a 40%
benefícios do Regime Geral da Previdência a requerimento ou de ofício, o benefício
do RGPS, ou seja 40% de R$ 5.531,31 = R$
Social, ou à parte que comprovar sua da justiça gratuita, inclusive quanto a
2.212,52.
hipossuficiência de recursos para pagamento traslados e instrumentos, àqueles que
das custas do processo, vejamos texto de lei: perceberem salário igual ou inferior a Lembre-se que nos moldes no Novo CPC art.
40% (quarenta por cento) do limite 105, o advogado com poderes específicos
máximo dos benefícios do Regime Geral pode afirmar o estado de vulnerabilidade de
de Previdência Social. § 4º O benefício da seu cliente. Outro dispositivo do CPC que
justiça gratuita será concedido à parte incidirá supletivamente é o art. 15, que diz
que comprovar insuficiência de recursos que o juiz poderá indeferir a justiça gratuita
para o pagamento das custas do processo. nos casos em que faltarem pressupostos
” (NR) legais para a concessão de gratuidade.

Índice > Módulo II


Honorários Periciais na Reforma Trabalhista
A parte sucumbente no objeto de perícia será 4º Somente no caso em que o beneficiário da justiça Os honorários periciais serão fixados até o limite
responsável pelo pagamento dos honorários periciais: gratuita não tenha obtido em juízo créditos capazes estabelecido no Conselho Superior da Justiça do
de suportar a despesa referida no 39 caput, ainda Trabalho. Os valores poderão ser parcelados, proibindo-
“Art. 790-B. A responsabilidade pelo pagamento dos
que em outro processo, a União responderá pelo se o adiantamento de honorários para início da perícia.
honorários periciais é da parte sucumbente na
encargo. ” (NR)
pretensão objeto da perícia, ainda que beneficiária Impossível falar de tal tópico, sem comentar acerca do
da justiça gratuita. O texto súmula 236 do TST traz o seguinte verbete “A receio, medo, que será gerado ao empregado que
responsabilidade pelo pagamento dos honorários queira buscar a justiça do trabalho, para reparar uma
1º Ao fixar o valor dos honorários periciais, o juízo
periciais é da parte sucumbente na pretensão do objeto condição negativa de trabalho, que só poderá ser
deverá respeitar o limite máximo estabelecido pelo
da perícia. ” Inspirou o texto da Reforma Trabalhista. identificada através de uma perícia judicial, a
Conselho Superior da Justiça do Trabalho.
possibilidade de descontar os honorários periciais de
Destaca-se que nos termos do artigo acima citado
2º O juízo poderá deferir parcelamento dos eventual crédito trabalhista existente. Não parece
ainda que beneficiária da justiça gratuita, caso o
honorários periciais. razoável que tal valor, seja descontado de crédito de
beneficiário não tenha créditos para suportar a despesa,
natureza alimentar, quando for beneficiário da justiça
3º O juízo não poderá exigir adiantamento de a União deverá assumir imediatamente. Caso tenha
gratuita.
valores para realização de perícias. créditos, deverá ser retido do crédito que tenha direito
judicialmente. A melhor interpretação, para não cair em
flagrante inconstitucionalidade o beneficiário somente
deverá suportar caso o crédito promova sua
incontestante alteração na condição econômica. (art. 12
da Lei 1.060/1950

Índice > Módulo II


Honorários de Sucumbência na Reforma Trabalhista
Os honorários sucumbenciais chegam a justiça do IV - o trabalho realizado pelo advogado e o tempo 5º São devidos honorários de sucumbência na
trabalho, nos seguintes termos: exigido para o seu serviço. reconvenção. ”

Art. 791-A. Ao advogado, ainda que atue em causa 3º. Na hipótese de procedência parcial, o juízo O artigo em regra é bem recepcionado pela advocacia
própria, serão devidos honorários de sucumbência, arbitrará honorários de sucumbência recíproca, trabalhista, que há tempos reivindica tal recebimento. A
fixados entre o mínimo de 5% (cinco por cento) e o vedada a compensação entre os honorários. previsão de recebimento de 5% a 15%, é inferior ao
máximo de 15% (quinze por cento) sobre o valor que previsto no art. 85, § 2º do Novo CPC, e deixou de trazer
4º Vencido o beneficiário da justiça gratuita, desde
resultar da liquidação da sentença, do proveito a aplicação de honorários sucumbenciais recursais.
que não tenha obtido em juízo, ainda que em outro
econômico obtido ou, não sendo possível mensurá-lo,
processo, créditos capazes de suportar a despesa, as O artigo trouxe a aplicação de sucumbência recíproca, e
sobre o valor atualizado da causa.
obrigações decorrentes de sua sucumbência ficarão também a possibilidade de caso a parte for beneficiária
1º Os honorários são devidos também nas ações sob condição suspensiva de exigibilidade e somente da justiça gratuita, o crédito ficará suspenso de
contra a Fazenda Pública e nas ações em que a parte poderão ser executadas se, nos dois anos exigibilidade, só podendo ser executado, se no prazo de
estiver assistida ou substituída pelo sindicato de sua subsequentes ao trânsito em julgado da decisão dois anos deixar de existir a situação de insuficiência de
categoria. que as certificou, o credor demonstrar que deixou recursos, conforme texto do §4º.
de existir a situação de insuficiência de recursos que
2º Ao fixar os honorários, o juízo observará: Diferente do entendimento quanto aos honorários
justificou a concessão de gratuidade, extinguindo-
periciais, o STF já reconheceu por meio da Súmula
I – o grau de zelo do profissional; se, passado esse prazo, tais obrigações do
Vinculante 47, o caráter alimentar dos honorários
beneficiário.
II - o lugar de prestação do serviço; sucumbenciais, portanto, estes devem sim incidir sobre
qualquer crédito obtido no processo judicial.
III - a natureza e a importância da causa;

Índice > Módulo II


Módulo III:

Peticionamento (Petição Inicial e


Exceção de Incompetência
Territorial) e Distribuição do Ônus da
Prova na Reforma Trabalhista.
Petição Inicial
O antigo texto, tratava exclusivamente da necessidade § 3o Os pedidos que não atendam ao disposto no § 1o A novidade mesmo ficou na liquidez dos pedidos, já
do pedido e não fazia qualquer referência à deste artigo serão julgados extintos sem resolução do que somente nas causas inferiores a 40 salários
determinação ou a indicação de valores, exigência de mérito. ” mínimos é que tais pedidos deveriam ser liquidados.
certeza. Vejamos a nova redação do art. 840: Agora em todas as ações, não é necessária uma
Quanto ao requisito certeza, este deve seguir os
memória de cálculo, mas deve indicar o valor do
“Art. 840. moldes do art. 243 do Código Civil, em resumo, o
pedido.
pedido deve ser expresso, específico e individualizado
§ 1o Sendo escrita, a reclamação deverá conter a
na petição inicial. Quanto a exigência de determinação A soma dos valores é importante para determinar valor
designação do juízo, a qualificação das partes, a breve
em regra ele é mero sinônimo de liquidez. Com o da causa, que em consequência terá efeitos sobre
exposição dos fatos de que resulte o dissídio, o pedido,
advento do Código de Processo Civil de 2015, este custas, definição de honorários advocatícios. Cabe
que deverá ser certo, determinado e com indicação de
passa a tratar de forma categórica, que o pedido deve ressaltar que tal valor não vinculará o magistrado, que
seu valor, a data e a assinatura do reclamante ou de seu
ser certo (art. 322), e também determinado (art. 324), pode deferi-lo em citra petita (dentro do pedido), mas
representante.
sendo tais dispositivos aplicáveis ao processo do não pode deferir ultra petita, ou seja, acima do pedido,
§ 2o Se verbal, a reclamação será reduzida a termo, em trabalho desde então. a não ser em hipóteses autorizadas por lei. (art 492 do

duas vias datadas e assinadas pelo escrivão ou CPC)

secretário, observado, no que couber, o disposto no §


Cabe ressaltar que na falta de um ou mais peitos sem
1o deste artigo.
liquidação, não obstará o processo quanto aos demais
pedidos feitos, com a exceção de conexão entre
pedidos.

Índice > Módulo III


Exceção de Incompetência Territorial 

na Reforma Trabalhista
Muda-se o procedimento da Exceção de Incompetência, § 3o Se entender necessária a produção de prova oral, o O processo principal fica sobrestado enquanto ocorre o
o prazo passa a ser de 5 dias a contar da notificação, e juízo designará audiência, garantindo o direito de o andamento da Exceção de Incompetência, nos termos
não mais da audiência, e em peça apartada: excipiente e de suas testemunhas serem ouvidos, por do art 799 da CLT que permanece com mesma redação,
carta precatória, no juízo que este houver indicado e do art. 340 § 3º do CPC. Caso o Juiz entenda
“Art. 800. Apresentada exceção de incompetência
como competente. necessidade de prova oral, poderá marcar audiência,
territorial no prazo de cinco dias a contar da notificação,
não cabe recurso imediato da decisão que indeferir a
antes da audiência e em peça que sinalize a existência § 4o Decidida a exceção de incompetência territorial, o
realização de audiência
desta exceção, seguir-se-á o procedimento estabelecido processo retomará seu curso, com a designação de
neste artigo. audiência, a apresentação de defesa e a instrução Quanto a oitiva de testemunhas essa poderá ser feita
processual perante o juízo competente. ” (NR) por carta precatória. Após da decisão da Exceção o
§ 1o Protocolada a petição, será suspenso o processo e
Processo retorna o curso normal, não cabe recurso
não se realizará a audiência a que se refere o art. 843 A mudança é vista de forma positiva, vez que evita
imediato da decisão que acolhe a decisão se forem
desta Consolidação até que se decida a exceção. deslocamentos desnecessários, e tem procedimento
destinados a outra vara da mesma regional do juízo
mais rápido ao permitir a apresentação remota do
§ 2o Os autos serão imediatamente conclusos ao juiz, excepcionado, porém quando houver remessa para
incidente. A observação maior fica na preclusão
que intimará o reclamante e, se existentes, os tribunal distintos, caberá recurso nos termos da súmula
temporal, ou seja, não apresentação da Exceção de
litisconsortes, para manifestação no prazo comum de 214 do Colento TST, item C.
Incompetência em cinco dias úteis a partir da
cinco dias.
notificação, não poderá mais o reclamado arguir,
mesmo que em audiência como previsto anteriormente.
O prazo para resposta da exceção também é de 5 dia
úteis

Índice > Módulo III


Inversão do Ônus da prova na Reforma Trabalhista
Segue abaixo o novo texto de lei: § 2o A decisão referida no § 1o deste artigo deverá O artigo citado acima admite três critérios, critério
ser proferida antes da abertura da instrução e, a tradicional estético (nos termos do CPC revogado),
Art. 818. O ônus da prova incumbe:
requerimento da parte, implicará o adiamento da dinâmico- quando este for importo por norma
I - ao reclamante, quanto ao fato constitutivo de seu audiência e possibilitará provar os fatos por qualquer jurídica e o critério facultativamente adotado pelo juiz
direito; meio em direito admitido. conforme as peculiaridades de cada processo.

II - ao reclamado, quanto à existência de fato § 3o A decisão referida no § 1o deste artigo não pode O juiz poderá determinar o adiamento de audiência,
impeditivo, modificativo ou extintivo do direito do gerar situação em que a desincumbência do encargo caso o requerimento de inversão do ônus da prova

reclamante. pela parte seja impossível ou excessivamente difícil. seja feito em audiência, para que não seja
” (NR) caracterizado o cerceamento de Defesa, ressalte-se
§ 1o Nos casos previstos em lei ou diante de que trata de exceção e não regra a sua inversão.
peculiaridades da causa relacionadas à Em síntese, atribuiu-se ao reclamante o ônus da prova

impossibilidade ou à excessiva dificuldade de cumprir constitutivo, e ao reclamado, ônus da prova do fato

o encargo nos termos deste artigo ou à maior impeditivo, modificativo ou instintivo. A mudança
facilidade de obtenção da prova do fato contrário, seguiu a tendência doutrinária de aplicação do art. 15
poderá o juízo atribuir o ônus da prova de modo do CPC.

diverso, desde que o faça por decisão fundamentada,


caso em que deverá dar à parte a oportunidade de se
desincumbir do ônus que lhe foi atribuído.

Índice > Módulo III


Módulo IV:

Responsabilidade por Dano


Processual, Desconsideração da
Personalidade Jurídica e Execução
Trabalhista na Reforma Trabalhista.
Responsabilidade por Dano Processual na Reforma Trabalhista

O art. 793-A abaixo citado, trata-se de uma III – usar do processo para conseguir objetivo Já o art. 793-B, é disposição literal do art 80 do CPC,
disposição literal do texto do art 79 do CPC. ilegal; O rol citado acima é meramente ilustrativo. O juiz
Reconhecendo assim, a vítima de litigância constatado qualquer das hipóteses, poderá aplicar
IV – opuser resistência injustificada ao
improba, dando-lhe direito a reparação do dano multa de até 20% do valor da causa, que será
andamento do processo;
processual. Importante destacar que o advogado revertida para União, nos termos do art. 77 do CPC.
também poderá responder por tal dano: V – proceder de modo temerário em qualquer
Já o texto do Art. 793- C citado abaixo, traz a
incidente ou ato do processo;
"Art. 793-A. Responde por perdas e danos aquele tríplice responsabilização do improbus litigator: em
que litigar de má-fé como reclamante, reclamado VI – provocar incidente manifestamente pagar multa, indenizar perdas e danos e arcar com
ou interveniente. ‟ infundado; honorários advocatícios e despesas processuais.
Aqui o valor das sanções aplicadas ao litigante de
Art. 793-B. Considera-se litigante de má-fé aquele VII – interpuser recurso com intuito má fé serão revertidas ao beneficiário da parte
que: manifestamente protelatório." contrária. Observar-se-á também o erro redacional,
leia-se que o correto é que no lugar de “juízo” a
I – deduzir pretensão ou defesa contra texto
palavra “juiz”. E a mudança sobre o valor aplicado
expresso de lei ou fato incontroverso;
em valor da causa irrisórios que poderá ser de duas
II – alterar a verdade dos fatos; vezes o limite máximo dos benefícios da
Previdência Social.

Índice > Módulo IV


Responsabilidade por Dano Processual na Reforma Trabalhista

"Art. 793-C. De ofício ou a requerimento, o § 2º Quando o valor da causa for irrisório ou Parágrafo único. A execução da multa prevista
juízo condenará o litigante de má-fé a pagar inestimável, a multa poderá ser fixada em até neste artigo dar-se-á nos mesmos autos. ‟
multa, que deverá ser superior a 1% (um por duas vezes o limite máximo dos benefícios do
cento) e inferior a 10% (dez por cento) do Regime Geral de Previdência Social. O art. 793-D é a tradução do art. 5 do CPC

valor corrigido da causa, a indenizar a parte “aquele que de qualquer forma participa do
§ 3º O valor da indenização será fixado pelo processo deve comportar-se de Boa-fé.
contrária pelos prejuízos que esta sofreu e a
juízo ou, caso não seja possível mensurá-lo, Portanto, aquele que participa como
arcar com os honorários advocatícios e com
liquidado por arbitramento ou pelo testemunha também tem o dever de
todas as despesas que efetuou.
procedimento comum, nos próprios autos.‟ colaborar para uma decisão justa. Portanto
§ 1º Quando forem dois ou mais os litigantes nasce a multa sancionatória por improbidade
de má-fé, o juízo condenará cada um na Art. 793-D. Aplica-se a multa prevista no art.
testemunhal. Tal multa deverá ser revertida
proporção de seu respectivo interesse na 793-C desta Consolidação à testemunha que
em favor da parte que for potencialmente
causa ou solidariamente aqueles que se intencionalmente alterar a verdade dos fatos
prejudicada. E mesmo que tenha a retratação
coligaram para lesar a parte contrária. ou omitir fatos essenciais ao julgamento da
da testemunha, a multa deverá continuar a
causa.
ser aplicada, será retirada apenas a sanção
penal dos autos.

Índice > Módulo IV


Desconsideração da Personalidade 

Jurídica na Reforma Trabalhista
Quando da vigência do Novo CPC este criou § 1º Da decisão interlocutória que acolher ou Instaurado o incidente, o sócio ou a pessoa
instauração de incidente processual, que garantia rejeitar o incidente: I – na fase de cognição, não jurídica, terá prazo de 5 dias úteis para se
ampla defesa, dilação probatória, possibilidade de cabe recurso de imediato, na forma do § 1º do art. manifestar e requerer provas, o § 1º acolhe regras
cabimento de recurso, a instrução Normativa 893 desta Consolidação; II – na fase de execução, do processo do trabalho: irrecorribilidade
39/2016 reconheceu tal aplicação com suas cabe agravo de petição, independentemente de imediata da decisão que acolhe a
ponderações, mesmo com vários doutrinadores garantia do juízo; III – cabe agravo interno se desconsideração, na fase de execução, quando se
contra esta aplicação no Processo do Trabalho. A proferida pelo relator em incidente instaurado tratar de responsabilidade do sócio caberá agravo
Reforma Trabalhista, resolve o impasse e passa a originariamente no tribunal. § 2º A instauração do de petição, independente de garantia do juízo, na
ser aplicado a desconsideração da personalidade incidente suspenderá o processo, sem prejuízo de fase recursal, em incidente instaurado
jurídica, conforme se aplica no CPC (art 133). concessão da tutela de urgência de natureza originalmente pelo relator caberá o agravo
cautelar de que trata o art. 301 da Lei nº 13.105, interno.
"Art. 855-A. Aplica-se ao processo do trabalho o
de 16 de março de 2015 (Código de Processo
incidente de desconsideração da personalidade A instauração suspenderá o incidente, podendo o
Civil).‟
jurídica previsto nos artigos 133 a 137 da Lei nº juiz deferir medidas cautelares que impeçam o
13.105, de 16 de março de 2015 – Código de Destaca-se que, não há determinação para que o sócio de desfazer do patrimônio.
Processo Civil. regramento seja aplicado por inteiro ao Processo
do Trabalho, há que se considerar a
compatibilidade com o processo do trabalho.

Índice > Módulo IV


Execução Trabalhista na Reforma Trabalhista
Execução Trabalhista na Reforma Trabalhista A alteração pela Reforma Trabalhista no O texto, retirou a obrigação do juiz de
texto abaixo, art. 878, sai na contramão do prosseguir de oficio, em processos em que a
Manteve-se a justiça do trabalho a
princípio da celeridade e do princípio do parte estiver representada por advogado.
competência para execução de ofício de
impulso oficial, consagrados na Constituição Mas, a doutrina majoritária tem entendido
contribuições previdenciárias, conforme já
Federal, além do atrito com o próprio texto que não há que se falar em prejuízo se o juiz
dispunha a Súmula Vinculante 53 do STF.
constitucional, art 114, VIII. Processualmente, resolve iniciar o processo de ofício, vejamos
Segue abaixo o novo texto de lei:
é necessário apurar-se o crédito trabalhista o artigo:

“Art. 876. para então liquidar e homologar as


Art. 878. A execução será promovida pelas
contribuições previdenciárias.
Parágrafo único. A Justiça do Trabalho partes, permitida a execução de ofício pelo
executará, de ofício, as contribuições sociais juiz ou pelo Presidente do Tribunal apenas

previstas na alínea a do inciso I e no inciso II nos casos em que as partes não estiverem

do caput do art. 195 da Constituição Federal, representadas por advogado. Parágrafo


e seus acréscimos legais, relativas ao objeto único. (Revogado). ” (NR)
da condenação constante das sentenças que
proferir e dos acordos que homologar. ” (NR).

Índice > Módulo IV


Execução Trabalhista na Reforma Trabalhista
Art. 879. Na impugnação, a parte deve apresentá-la “Art. 882. O executado que não pagar a
tempestivamente, delimitando os itens aos quais importância reclamada poderá garantir a
§ 2º Elaborada a conta e tornada líquida, o juízo
surgiram insurgências sobre os valores, e execução mediante depósito da quantia
deverá abrir às partes prazo comum de oito dias
fundamentação da crítica dos cálculos. correspondente, atualizada e acrescida das
para impugnação fundamentada com a indicação
despesas processuais, apresentação de seguro-
dos itens e valores objeto da discordância, sob Quanto a aplicação da Taxa Referencial, esta vem
garantia judicial ou nomeação de bens à penhora,
pena de preclusão. sendo alvo de críticas, vez que não é suficiente
observada a ordem preferencial estabelecida no
para corrigir a inflação do período.
§ 7º A atualização dos créditos decorrentes de art. 835 da Lei nº 13.105, de 16 de março de 2015
condenação judicial será feita pela Taxa Quanto ao art. 882, que segue abaixo, a grande – Código de Processo Civil. ” (NR)
Referencial (TR), divulgada pelo Banco Central do novidade está no seguro-garantia judicial,
Brasil, conforme a Lei nº 8.177, de 1º de março de conforme a lei 8.666/1993 é aquele que “garante o
1991. ” (NR). fiel cumprimento das obrigações assumidas por
empresas em licitações e contratos”, o Novo CPC
O art. 879 diminui o prazo de 10 dias para
já havia trago tal inovação que agora adentra ao
impugnação em 8 (oito) dias, e o transforma em
Processo do Trabalho:
prazo sucessivo, e incumbe ao juiz o dever de
abertura do prazo. Lembrando que a perda do
prazo provoca preclusão temporal.

Índice > Módulo IV


Execução Trabalhista na Reforma Trabalhista
Art. 883-A. A decisão judicial transitada Art. 884. O prazo para apresentação dos
em julgado somente poderá ser levada a Embargos à Execução prevalece o
§ 6º A exigência da garantia ou penhora
protesto, gerar inscrição do nome do mesmo: 5 dias, bem como a matéria de
não se aplica às entidades filantrópicas
executado em órgãos de proteção ao defesa. A novidade está na dão exigência
e/ou àqueles que compõem ou
crédito ou no Banco Nacional de de garantia ou penhora das entidades
compuseram a diretoria dessas
Devedores Trabalhistas (BNDT), nos filantrópicas, vale ressaltar que a
instituições. ” (NR).
termos da lei, depois de transcorrido o Constituição Federal já isenta de
prazo de quarenta e cinco dias a contar contribuição social, tais entidades. O
da citação do executado, se não houver dispositivo veio com nomenclatura
garantia do juízo. ultrapassada, deve ser compreendido
como Entidades Beneficentes, para tal
isenção estas, e seus dirigentes devem
exibir o Certificado de Entidades
Beneficentes de Assistência Social.
Índice > Módulo IV
Módulo V:

Arquivamento e Revelia, Recursos e


Súmulas na Reforma Trabalhista.
Arquivamento e Revelia na Reforma Trabalhista
O primeiro disposto a ser analisado Art. 843. Agora adentremos de fato em nosso
contraria a súmula 377 do TST: “Exceto assunto, O caput do art. 844 manteve-se
3oO preposto a que se refere o § 1odeste
quanto à reclamação de empregado inalterado, portanto a consequência da
artigo não precisa ser empregado da
doméstico, ou contra micro ou pequeno ausência do autor segue sendo o
parte reclamada.” (NR)
empresário, o preposto deve ser arquivamento. Inovação Importante se
necessariamente empregado do A Súmula citada acima deverá ser faz no §2º:
reclamado. Inteligência do art. 843, § 1°, cancelada pelo TST vez que agora passa
da CLT e do art. 54 da Lei Complementar a ser contra legem. De toda forma a
n° 123, de 14 de dezembro de 2006. (ex- Súmula era alvo de debate doutrinário
OJ n° 99 - Inserida em 30.05.1997) ”, vez que o texto do art. 843 nada tratava
vejamos: expressamente sobre a exigência de ser
empregado o preposto.

Índice > Módulo V


Arquivamento e Revelia na Reforma Trabalhista
Art. 844. I - havendo pluralidade de reclamados, algum Como visto autor deverá ser condenado em
deles contestar a ação; custas caso falta a audiência de conciliação,
2o Na hipótese de ausência do reclamante, este
caso este não seja beneficiário da assistência
será condenado ao pagamento das custas II - o litígio versar sobre direitos indisponíveis;
gratuita não há o que se argumentar. No caso
calculadas na forma do art. 789 desta
III - a petição inicial não estiver acompanhada de beneficiário da assistência gratuita, deverá
Consolidação, ainda que beneficiário da justiça
de instrumento que a lei considere ocorrer a condenação, mas a exigência de seu
gratuita, salvo se comprovar, no prazo de
indispensável à prova do ato; recolhimento pelo prazo de dois anos, e serão
quinze dias, que a ausência ocorreu por motivo
recolhidas caso a situação de miserabilidade da
legalmente justificável. IV - as alegações de fato formuladas pelo parte reverta sua condição econômica, passado
reclamante forem inverossímeis ou estiverem este prazo e a situação se manteve a suspensão
3o O pagamento das custas a que se refere o §
em contradição com prova constante dos temporária da exigibilidade de despesas e
2oé condição para a propositura de nova
autos. honorários torna-se definitiva. Destaca-se que
demanda.
sua ausência deverá ser justificada no prazo de
5oAinda que ausente o reclamado, presente o
4o A revelia não produz o efeito mencionado 15 dias para que possa ter a suspensão
advogado na audiência, serão aceitos a
no caput deste artigo se: temporária.
contestação e os documentos eventualmente
apresentados.”(NR)

Índice > Módulo V


Arquivamento e Revelia na Reforma Trabalhista
A comprovação de pagamentos das Quanto ao §4º Sobre os efeitos da defesa, esta deverá impugnar todos os
custas para propositura da ação previsto revelia, este segue o art. 345 do CPC. Já documentos da contestação, não o
no § 3ª, é condição, e não impedimento no § 5º introduz uma exceção à regra, fazendo de forma genérica, ou
para a nova ação. porque tecnicamente revelia nada mais é intempestivamente, pois neste caso
do que a ausência de defesa. Portanto o neutralizará os efeitos da confissão ficta,
novo dispositivo supera a súmula 122 do o fazendo de forma correta ocorrerá a
TST. Ressalta que mesmo afastada à ficta confessio em relação a todos os
revelia, não estará afastado os efeitos da fatos alegados em sede de inicial.
confissão ficta. Quanto à replica da

Índice > Módulo V


Sistema Recursal na Reforma Trabalhista
O art. 896, trata sobre o Recurso de Revista, que rejeita tais embargos quanto a este 3o(Revogado).

que tem por função uniformizar a pedido. 4o(Revogado).

jurisprudência trabalhista, debatendo a 5o(Revogado).

Art. 896.
disposição legal, constitucional e a 6o(Revogado).
divergência jurisprudencial. Com o novo 1o-A.
14. O relator do recurso de revista poderá
texto a arguição de nulidade por negativa de
IV - transcrever na peça recursal, no caso de denegar-lhe seguimento, em decisão
prestação jurisdicional (que tem por objetivo
suscitar preliminar de nulidade de julgado monocrática, nas hipóteses de
a anulação do acordão em que não foi
por negativa de prestação jurisdicional, o intempestividade, deserção, irregularidade
examinado provas e fatos, e a determinação
trecho dos embargos declaratórios em que de representação ou de ausência de
de sua omissão), traz um novo pressuposto
foi pedido o pronunciamento do tribunal qualquer outro pressuposto extrínseco ou
intrínseco de admissibilidade, qual seja a
sobre questão veiculada no recurso ordinário intrínseco de admissibilidade. ” (NR)
transcrição no recurso, do trecho dos
Embargos de Declaração, em que foi pedido e o trecho da decisão regional que rejeitou
o pronunciamento do Tribunal Regional os embargos quanto ao pedido, para cotejo
sobre a questão vinculada em sede de e verificação, de plano, da ocorrência da
Recurso Ordinário e, a transcrição do trecho omissão.

Índice > Módulo V


Sistema Recursal na Reforma Trabalhista
O maior objetivo dos dispositivos acima é Nas hipóteses de deserção, 1oSão indicadores de transcendência,
com certeza a obrigação da uniformização intempestividade, irregularidade de entre outros:
da jurisprudência. Observa-se que há uma representação ou de pressupostos
I - econômica, o elevado valor da causa;
lacuna no Incidente de Uniformização extrínsecos ou intrínsecos o Ministro
Jurisdicional, o § 3º da CLT faz esta relator tem a possibilidade de decidi-lo II - política, o desrespeito da instância
previsão, menciona o Processo Civil de monocraticamente podendo negar ou dar recorrida à jurisprudência sumulada do
1973, que está revogado, e não houve prosseguimento. Aplica-se Tribunal Superior do Trabalho ou do
menção ao texto do Novo CPC, deste subsidiariamente o artigo 932 do CPC, que Supremo Tribunal Federal;
modo o incidente deixa de ser aplicado na completa as demais possibilidades.
justiça do Trabalho, e cada Regional deverá III - social, a postulação, por reclamante-
Quanto à transcendência (art.896-A), recorrente, de direito social
unificar a sua jurisprudência com base nos
demonstração de relevância do apelo, é constitucionalmente assegurado;
art. 947 e 976 do Novo CPC. Assim, fica
preciso que o advogado entenda que esta
inviável a possibilidade de Ministro do TST
deve demonstra-la em sede recursal: IV - jurídica, a existência de questão nova
determinar que o Tribunal Regional
em torno da interpretação da legislação
uniformize a sua jurisprudência. “Art. 896-A. trabalhista.
Índice > Módulo V
Sistema Recursal na Reforma Trabalhista
2oPoderá o relator, monocraticamente, 5oÉ irrecorrível a decisão monocrática do O artigo acima, diz que o juízo de
denegar seguimento ao recurso de revista relator que, em agravo de instrumento em admissibilidade do Recurso de Revista será
que não demonstrar transcendência, recurso de revista, considerar ausente a feito pelo Presidente do Tribunal Regional,
cabendo agravo desta decisão para o transcendência da matéria. em análise aos pressupostos intrínsecos e
colegiado. extrínsecos, não podendo abranger o critério
6oO juízo de admissibilidade do recurso de
de transcendência. Após distribuído o
3oEm relação ao recurso que o relator revista exercido pela Presidência dos
Recurso o Relator poderá denegar
considerou não ter transcendência, o Tribunais Regionais do Trabalho limita-se à
prosseguimento a aqueles que não tiverem
recorrente poderá realizar sustentação oral análise dos pressupostos intrínsecos e
demonstrado a transcendência, caberá
sobre a questão da transcendência, durante extrínsecos do apelo, não abrangendo o
agravo da decisão do colegiado limitado a
cinco minutos em sessão. critério da transcendência das questões nele
este requisito. Mantido o voto do relator,
veiculadas.” (NR)
4oMantido o voto do relator quanto à não constituirá uma decisão irrecorrível.

transcendência do recurso, será lavrado


acórdão com fundamentação sucinta, que
constituirá decisão irrecorrível no âmbito do
tribunal.

Índice > Módulo V


Sistema Recursal na Reforma Trabalhista
O artigo 899 tratará sobre o depósito 9o O valor do depósito recursal será Sobre as mudanças trazidas pela Reforma
recursal: reduzido pela metade para entidades Trabalhista, para as pessoas mencionadas
sem fins lucrativos, empregadores no §9º, as custas são reduzidas pela
“Art. 899.
domésticos, microempreendedores metade independente de sua condição
4oO depósito recursal será feito em conta individuais, microempresas e empresas financeira. Ademais, a isenção do

vinculada ao juízo e corrigido com os de pequeno porte. depósito recursal para os beneficiários da
mesmos índices da poupança. justiça gratuita, agora é incontroverso na
10. São isentos do depósito recursal os
Justiça do Trabalho, bem como para
5o(Revogado). beneficiários da justiça gratuita, as
empresas em recuperação judicial.
entidades filantrópicas e as empresas em
Também, passa a permitir que o
recuperação judicial.
recorrente busque ajuda financeira seja
11. O depósito recursal poderá ser por fiança bancária ou seguro-garantia
substituído por fiança bancária ou seguro para garantir o valor do depósito
garantia judicial. ” (NR) recursal, viabilizando seu preparo.

Índice > Módulo V


Súmulas e Uniformização de 

Jurisprudência na Reforma Trabalhista
Acerca das Súmulas e Uniformização 1. f ) estabelecer ou alterar súmulas e 3oAs sessões de julgamento sobre
Jurisprudencial diz o Novo texto de lei: outros enunciados de jurisprudência estabelecimento ou alteração de
uniforme, pelo voto de pelo menos dois súmulas e outros enunciados de
“Art. 702.
terços de seus membros, caso a mesma jurisprudência deverão ser públicas,
matéria já tenha sido decidida de forma divulgadas com, no mínimo, trinta dias
idêntica por unanimidade em, no de antecedência, e deverão possibilitar a
mínimo, dois terços das turmas em pelo sustentação oral pelo Procurador-Geral
menos dez sessões diferentes em cada do Trabalho, pelo Conselho Federal da
uma delas, podendo, ainda, por maioria Ordem dos Advogados do Brasil, pelo
de dois terços de seus membros, Advogado-Geral da União e por
restringir os efeitos daquela declaração confederações sindicais ou entidades de
ou decidir que ela só tenha eficácia a classe de âmbito nacional.
partir de sua publicação no Diário Oficial;

Índice > Módulo V


Súmulas e Uniformização de 

Jurisprudência na Reforma Trabalhista
4oO estabelecimento ou a alteração de Em resumo o procedimento agora, com Trabalho, do Conselho Federal da OAB,
súmulas e outros enunciados de a Reforma Trabalhista, para súmulas e do Advogado-Geral da União e por
jurisprudência pelos Tribunais Regionais enunciados jurisprudenciais uniformes, confederações ou entidades sindicais de
do Trabalho deverão observar o disposto devem adotar as seguintes formalidades: âmbito nacional. Há sem dúvidas uma
na alínea f do inciso I e no § 3odeste quórum qualificado de dois terços dos clara intensão do legislador em dificultar
artigo, com rol equivalente de membros, matéria decidida de forma a edição de normatização pelo TST.
legitimados para sustentação oral, idêntica por no mínimo dois terços dos
observada a abrangência de sua membros, ao menos em dez sessões
circunscrição judiciária. ” (NR) diferentes em cada uma, as sessões para
estabelecimento ou alterações dos
verbetes deverão ser públicas e
divulgadas com trinta dias de
antecedência. E devem possibilitar a
sustentação oral do Procurador-Geral do
Índice > Módulo V
Conclusão
A Reforma Trabalhista é uma matéria complexa. Por fim, queremos agradecer mais uma vez nossa
Seja qual for o lado em que você tomou parte, a sempre competente colunista Chríssia Pereira. Seu
favor, contra ou mesmo concordando e extremo conhecimento em Direito do Trabalho e
discordando apenas de alguns trechos, havemos seu acompanhamento íntimo com a Reforma
de concordar que a Justiça do Trabalho precisa Trabalhista foi essencial para a construção desse
passar por mudanças. material.

Já discutimos em alguns posts no blog do SAJ Nos vemos nos próximos materiais. E você já sabe,
ADV os pontos positivos e negativos da Reforma tudo sobre o mercado jurídico você encontra em
Trabalhista. Mas agora chegou a hora de ouvir a posts diários no blog do SAJ ADV – Software
opinião de vocês, e quem sabe em breve faremos Jurídico.
mais uma série de conteúdos sobre o tema. Mande
seu email e nos procure nas redes sociais, estamos
dispostos a responder as mais diversas questões.