Você está na página 1de 14

ENGENHARIA ELÉTRICA

FERNANDA NASCIMENTO DOS SANTOS

FERNANDO CAMPOS BORGES

SIMULAÇÃO DE CIRCUITO RLC MISTO

Disciplina: Circuitos Elétricos II


Professor: Felipe Jose Coelho Pedroso

VILA VELHA
2017
No circuito apresentado, temos Vo, a diferença de potencial no resistor de 2Ω como saída
do circuito. Dessa forma, simule o circuito fazendo:

1. Calcule a função de transferência H = Vo/V;

2. Determine os polos do sistema;

3. Verifique a resposta para V=15u(t);

4. Simule o circuito;

5. Troque a fonte de tensão DC por uma senoidal de 100Hz:


A. Resolva por Laplace;
B. Simule o circuito nessa condição;
C. Resolva por fasor e verifique a coerência dos resultados (resposta em regime
permanente).

6. Para a fonte V=15u(t) quais valores de C teremos:


A. Resposta subamortecida (simule);
B. Resposta criticamente amortecida (simule);
C. Resposta sobreamortecida (simule).

i1

i2
i3

Figura 1 - Circuito para simulação


Circuito simulado no Multisim 13.0:

Figura 2 - Circuito simulado no Multisim

1 - Calcule a função de transferência H = Vo/V;


2 - Determine os polos do sistema;

Figura 3 - Polos do sistema encontrados pelo Multisim


3 - Verifique a resposta para V=15u(t
4 - Simule o circuito

Figura 4 - Simulação em análise de transiente

Através do gráfico percebemos que a tensão Vo aumenta conforme o passar do tempo,


pois o indutor se “carrega” até que este se comporte como um curto circuito, fazendo com
que o resistor R2 (Vo) esteja em paralelo com a fonte, sendo assim 15V.
5 - Troque a fonte de tensão DC por uma senoidal de 100Hz:
A. Resolva por Laplace;
5 - Troque a fonte de tensão DC por uma senoidal de 100Hz:
B. Simule o circuito nessa condição;

Figura 5 - Simulação feita utilizando uma fonte senoidal de 15Vrms 100Hz


5 - Troque a fonte de tensão DC por uma senoidal de 100Hz:
C. Resolva por fasor e verifique a coerência dos resultados (resposta em regime
permanente).
Figura 6 - Simulação da tensão Vo em regime permanente

6 - Para a fonte V=15u(t) quais valores de C teremos:


B. Resposta criticamente amortecida (simule);
Para valores do capacitor C1 entre 0,0476F e 2,9524F, teremos a resposta do circuito
sendo criticamente amortecido. Abaixo mostramos uma simulação utilizando o capacitor C1
como 2,9524F.

Figura 7 - Sistema criticamente amortecido


6 - Para a fonte V=15u(t) quais valores de C teremos:
A. Resposta subamortecida (simule);

Para valores de C1 maior que 2,9524F teremos a resposta subamortecida. Abaixo temos o
gráfico da simulação com o capacitor sendo 5F.

Figura 8 - Sistema subamortecido


6 - Para a fonte V=15u(t) quais valores de C teremos:
C. Resposta sobreamortecida (simule).

Para valores de C1 menores que 0.0476F teremos a resposta sobreamortecida. Abaixo


temos o gráfico da simulação com o capacitor sendo 0.010F.

Figura 9 - Sistema sobreamortecido