TÉCNICAS CONSTRUTIVAS

Aula 02 – Estudos iniciais e serviços preliminares

Estudos iniciais
Levantamento Topográfico

O levantamento pIanialtimétrico do imóvel deverá conter informações referentes
à topografia, aos acidentes físicos, à vizinhança e aos logradouros.

Os desenhos representativos do levantamento devem ser executados em escala
adequada a seus fins (1:50, 1:100, 1:500 ou 1:1000) e conter a data do
levantamento além da assinatura do profissional que a executou.

O levantamento a ser realizado deverá conter, dentre outras as seguintes
informações:

o apresentação de curvas de nível, de metro em metro, devidamente
cotadas, ou de planos cotados (no caso de terreno que apresente desnível
não superior a 2 m);

o demarcação do perímetro de edificações eventualmente existentes no
imóvel;

Estudos iniciais
Levantamento Topográfico

O levantamento a ser realizado deverá conter, dentre outras as seguintes
informações:

o demarcação de faixas non aedificandi (de não edificação) e galerias de
águas pluviais existentes no imóvel ou em suas divisas;

o detalhes planimétricos (árvores, postes, afloramentos de pedras, pedras
soltas, etc.);

o indicação de ruas ou estradas, com as respectivas dimensões.

Estudos iniciais Levantamento Topográfico O levantamento topográfico realizado de maneira inadequada pode resultar em graves problemas. . que vão desde o aumento do custo até a paralização total da obra.

Estudos iniciais Levantamento Topográfico Para a execução do levantamento topográfico. determinam-se alguns pontos de referência.br/construcao-reforma/38/levantamento-topografico-225281-1.aspx . Fonte: http://equipedeobra.com.pini.

bp. Estudos iniciais Levantamento Topográfico Como resultado de um levantamento topográfico: Fonte: http://1.blogspot.com/-kibBlSHWblM/T1ZsYjp1tDI/AAAAAAAAAA4/Qnrbw- ktc1o/s1600/Sem+T%C3%ADtulo.gif .

br/obras/ .embratop. Estudos iniciais Levantamento Topográfico Novas tecnologias Laser Scanner 3D GPS Fonte: http://www.com.

-MDT. Estudos iniciais Levantamento Topográfico Novas tecnologias – uso de drones Fonte: http://droneng.br/wp-content/uploads/2014/12/2.jpg .com.

Posição do nível do lençol freático. Estas informações favorecem a tomada de decisões relativas a: Tipo de equipamento a ser utilizado para escavação e retirada do solo. Espessura das camadas. Definição do tipo de fundação. Identificação do tipo de contenção. tais como: Características do solo. Estudos iniciais Sondagem do Terreno A sondagem proporciona valiosos subsídios sobre a natureza do terreno que receberá a edificação. caso necessária. .

uma para cada 200m2 de área da projeção em planta do edifício. até 1200m2 de área. Entre 1200 m2 e 2400m2 deve-se fazer uma sondagem para cada 400m2 que excederem de 1200m2. de suas características e das condições geotécnicas do solo. A norma NBR 8036/1983 – Programação de sondagens de simples reconhecimento dos solos para fundação de edifícios estabelece: As sondagens devem. . Estudos iniciais Sondagem do Terreno O número de sondagens a serem realizadas e respectivas localizações dependerão do tipo de estrutura a ser construída. ser no mínimo. Acima de 2400m2 o número de sondagens deve ser fixado de acordo com o plano particular da construção.

como nos estudos de viabilidade ou escolha do local. . b) Três para área entre 200m2 e 400m2 Nos casos em que não houver ainda disposição em planta dos edifícios. Estudos iniciais Sondagem do Terreno A norma NBR 8036/1983 – Programação de sondagens de simples reconhecimento dos solos para fundação de edifícios estabelece: Em qualquer circunstância o número mínimo de sondagens deve ser: a) Dois para área da projeção em planta do edifício até 200m2. o número de sondagens deve ser fixado de forma que a distância máxima entre elas seja de 100m. com um mínimo de 03 sondagens.

Estudos iniciais Sondagem do Terreno Pra fins de projeto de fundações. O SPT consiste na cravação de um amostrador. São também observadas as características do solo trazido no amostrador. 2012 . É feito o registro do número de golpes necessários à penetração de cada 15 cm da camada investigada. Fonte: Venturini. deverão ser programadas ao menos sondagens a percussão (SPT – Standard Penetration Test). por meio de golpes de um martelo de 65 kg em queda livre de 75cm.

Estudos iniciais Sondagem do Terreno Fonte: https://blogdopetcivil.com/2015/11/16/sondagem-de-solos-ensaio-a-percussao-spt/ .

Planta de locação dos furos . Profundidade . Classificação das camadas . Índice de resistência a penetração . A RN dos furos . Estudos iniciais Sondagem do Terreno No relatório final consta: . Descrição das camadas de solo . Indicação do lençol freático . Gráfico resistência X profundidade . Limite da sondagem a percussão por furo .

Estudos iniciais
Sondagem do Terreno

Etapa 01 – Planejamento dos furos.

Estudos iniciais
Sondagem do Terreno

Etapa 02 – Marcação inicial no terreno “pré –
furo”.

Estudos iniciais
Sondagem do Terreno

Etapa 03 – Coleta de amostra da camada
superficial.

Estudos iniciais Sondagem do Terreno Etapa 04 – Continuar a perfuração com auxílio de trado manual. .

. Estudos iniciais Sondagem do Terreno Cabeça de bater Amostrador padrão Etapa 05 – Atingida a profundidade de 1.0m é posicionado o amostrador padrão e a cabeça de bater.

Tal marcação servirá como referência para as contagens das batidas do martelo. marca-se com giz segmento de 45cm. dividido em 03 partes iguais de 15cm. Estudos iniciais Sondagem do Terreno Etapa 06 – Antes do início da cravação. .

. Estudos iniciais Sondagem do Terreno 75 cm Etapa 07 – O martelo é posicionado a 75cm. Após são realizados golpes para cravação dos 45cm. São anotados o número de golpes para cada trecho de 15cm.

Estudos iniciais Sondagem do Terreno Etapa 08 – Após a cravação dos 45cm. . retira-se o amostrador e coleta-se amostras de solo.

. Estudos iniciais Sondagem do Terreno Etapa 09 – O processo segue e a cada camada de 1 metro de espessura os procedimentos de 04 a 08 são repetidos até que se encontre o nível d’água.

Estudos iniciais Sondagem do Terreno Etapa 10 – Quando a equipe de sondagem identifica que o solo escavado está úmido. . ela faz o teste para saber se o nível d’água foi atingindo. Introduz-se um equipamento chamado “piu” que emite um sinal sonoro ao tocar na água.

Estudos iniciais Sondagem do Terreno Etapa 11 – Deste ponto até o final. . que permite coletar amostras do material escavado pela circulação de água. a perfuração continua com o método conhecido como lavagem. É utilizado equipamento chamado de trépano de lavagem.

Estudos iniciais Sondagem do Terreno Etapa 12 – A sondagem prossegue até que se atinja alguns dos critérios estabelecidos na norma NBR 6484 (Sondagens de simples reconhecimento com SPT) .

Estudos iniciais Sondagem do Terreno Fonte: https://blogdopetcivil.com/2015/11/16/sondagem-de-solos-ensaio-a-percussao-spt/ .

br .com. Estudos iniciais Planta de Locação Sondagem Sondagem do Terreno Fonte:acaoengenharia.

br/engenharia- civil/172/artigo285880-4. Estudos iniciais Sondagem do Terreno Fonte: http://techne.pini.com.aspx .

Sondagens de simples reconhecimento com SPT .Método de ensaio . Estudos iniciais Sondagem do Terreno Estado de compacidade e resistência Fonte: NBR 6484 .

0. Rocha alterada Por Alex brollo .php?curi http://geologiahoje.org/w/index. estado de fraturamento e alteração.Obra do próprio.html d=456076 . mencionando.blogspot.wikimedia.com. sempre que possível. Estudos iniciais Tipos de Rochas e Solos Rocha fraturada Rochas As rochas são designadas pela sua nomenclatura corrente em geologia. CC BY-SA 4. https://commons.br/2010/08/formacao-do-solo.

•Matacão: fragmento de rocha. com diâmetro superior a 1 m. comumente arredondado por intemperismo ou abrasão. define: •bloco de rocha: fragmento de rocha. . •Pedra-de-mão (rachão): Fragmento de rocha com diâmetro compreendido entre 60 mm e 200 mm. Estudos iniciais Tipos de Rochas e Solos A NBR 6502/1995 – Solos e Rochas. com uma dimensão compreendida entre 200 mm e 1 m.

cor. forma dos grãos. plasticidade. ou pela sedimentação não consolidada dos grãos elementares constituintes das rochas. composição granulométrica. mica etc). São identificados por sua textura. materiais vegetais. com adição eventual de partículas fibrosas de material carbonoso e matéria orgânica no estado coloidal. consistência. como: estrutura. . inabilidade. presença de outros materiais (conchas. cheiro. compacidade ou outras propriedades que auxiliam sua identificação. Estudos iniciais Tipos de Rochas e Solos Solos Solos provenientes da decomposição in situ das rochas pelos diversos agentes geológicos.

Tipos de Areias Areia fina 0.06 mm e 0. Estudos iniciais Tipos de Rochas e Solos Tipos de Solos Areia .06 mm e 2.00 mm .20 mm Areia média 0.60 mm e 2.Solo não coesivo e não plástico formado por minerais ou partículas de rochas com diâmetros compreendidos entre 0.0 mm.20 mm e 0.60 mm Areia grossa 0.

002 mm. Argila . e que exibe baixa resistência quando seco o ar. . É formado por partículas com diâmetros compreendidos entre 0. apresentando coesão e plasticidade.Solo que apresenta baixa ou nenhuma plasticidade. Quando suficientemente úmido. quando seco apresenta coesão bastante para constituir torrões dificilmente desagregáveis por pressão dos dedos.06 mm. Estudos iniciais Tipos de Rochas e Solos Tipos de Solos Silte . molda-se facilmente em diferentes formas.002 mm e 0.Solo de granulação fina constituído por partículas com dimensões menores que 0.

Estudos iniciais Tipos de Rochas e Solos Tipos de Solos Turfas . altamente compressível. Pedregulho . . com diâmetro compreendido entre 2. Quando arredondados ou semi-arredondados.Solo com grande percentagem de partículas fibrosas e matéria orgânica no estado coloidal. não plástico. combustível e de cheiro característico.0 mm e 60 mm. são denominados cascalho ou seixo.Solos formados por minerais ou partículas de rocha. É um material mole. com coloração marrom- escuro a preta.

Estudos iniciais Sondagem do Terreno A depender das características da obra ou do terreno. poderão ser necessários outros tipos de investigação: SPT-T (Standard Penetration Test com torque) CPT (Cone Penetration Test) Sondagem rotativa Pressiômetro Cisalhamento de palhete (vane test) .

como sondagem a trado para obtenção de amostras deformadas e caracterização visual. Estudos iniciais Sondagem do Terreno Para obras de pequeno porte. são admitidos processos simples de investigação. .

Tais serviços envolvem dentre outras atividades: •Limpeza do Terreno •Verificação das condição de vizinhança •Instalações de força e Luz •Demolições e retirada de entulho •Terraplenagem •Contenções vizinhas •Drenagem e esgotamento do lençol freático •Instalação do canteiro . os quais intitulamos de iniciais ou preliminares. Serviços Iniciais ou Preliminares Existem serviços que antecedem a construção propriamente dita.

Basicamente existem 03 tipos de limpeza de terrenos: o Capinação – consiste na remoção de vegetação rasteira e pequenos arbustos. retiradas de restos de raízes envoltos em solo. o Destocamento – consiste na remoção do tronco e parte da raiz de árvores de médio e grande porte erradicadas. destocamento. Serviços Iniciais ou Preliminares Limpeza do Terreno Os serviços limpeza do terreno consistem em todas as operações de desmatamento. o Roçagem – além da vegetação rasteira implica também na remoção de árvores de pequeno porte. solos orgânicos. entulhos e outros materiais impeditivos à implantação do empreendimento. .

Serviços Iniciais ou Preliminares Limpeza do Terreno .

sob pena de multa. . Serviços Iniciais ou Preliminares Limpeza do Terreno Observação: A poda ou erradicação de árvores em terrenos particulares dever ser precedida de autorização prévia do poder publico municipal.

visa salvaguardar a empresa construtora durante e após a obra. bem como indicativo do nível de severidade. com respectiva data. atuando como garantia a reclamações por danos e prejuízos indevidos A condição observada dever ser registrada mediante relatório técnico. independente da existência ou não de patologias. Devem ser anotadas. contendo minimamente um croqui e anotação da situação verificada antes do início das obras. . todas as patologias observadas. Serviços Iniciais ou Preliminares Verificação das condições da vizinhança A verificação prévia ou vistoria cautelar do estado em que se encontram as edificações vizinhas. Em todos os locais vistoriados deve ser realizado relatório fotográfico.

o descrição das condições do imóvel e o estado de conservação. mas é uma prática seguida por algumas construtoras. O registro do laudo em cartório não é obrigatório. o características do imóvel (padrão construtivo. Serviços Iniciais ou Preliminares Verificação das condições da vizinhança Itens fundamentais que devem constar no laudo técnico: o endereço. o autor da vistoria. idade aparente e estado de conservação). Não existe distância mínima normatizada. o data da vistoria. . É recomendada a vistoria dos imóveis situados próximos ao perímetro da obra.

Serviços Iniciais ou Preliminares Verificação das condições da vizinhança .

Fonte: http://biosonda. Serviços Iniciais ou Preliminares Verificação das condições da vizinhança A depender do estado de conservação ou do nível de severidade das patologias observadas nas construções vizinhas.blogspot.php Fonte: http://aconstrutoravion. a empresa construtora pode propor alterações no projeto ou método construtivo.com.br/ 2015_01_01_archive.br/p_batest.html .com.

deve ser feita por profissional especializado habilitado uma vistoria. serviços provisórios ou definitivos a realizar. da qual devem resultar os seguintes elementos: .Discriminação de serviços para construção de edifícios estabelece: 4.1. sistemas de escoramento e estabilização. aterros. rebaixamento de lençol d’água. das escavações.10.1 Toda vez que for necessário resguardar interesses às propriedades vizinhas à obra (ou ao logradouro público) a ser executada. Serviços Iniciais ou Preliminares Verificação das condições da vizinhança A norma NBR 12722/1992 . seja em virtude do tipo das fundações a executar.

mas suscetíveis de sofrerem algum dano por efeito da execução da obra. bem como de todos os logradouros não- confinantes. b) relatório descritivo com todos os detalhes que se fizerem necessários a cada caso. além da constatação de defeitos ou danos porventura existentes nelas.2 Todos os documentos referentes à vistoria devem ser visados pelos interessados. Serviços Iniciais ou Preliminares Verificação das condições da vizinhança a) planta de localização de todas as edificações e logradouros confinantes. devendo haver cópia à disposição deles. . das condições de fundação e estabilidade daquelas edificações e logradouros. 4.1.10.

10. mas suscetíveis de sofrerem algum dano por efeito da execução da obra. . 4. das condições de fundação e estabilidade daquelas edificações e logradouros.1. bem como de todos os logradouros não- confinantes.2 Todos os documentos referentes à vistoria devem ser visados pelos interessados. Serviços Iniciais ou Preliminares Verificação das condições da vizinhança a) planta de localização de todas as edificações e logradouros confinantes. além da constatação de defeitos ou danos porventura existentes nelas. b) relatório descritivo com todos os detalhes que se fizerem necessários a cada caso. devendo haver cópia à disposição deles.

. o Morador não autoriza a vistoria. o Medidas judiciais. o Imóvel fechado. Serviços Iniciais ou Preliminares Verificação das condições da vizinhança Dificuldades encontradas: o Impossibilidade de visualização do imóvel. Possíveis medidas a serem adotadas: o Protocolar correspondência. o Registrar no laudo a impossibilidade de realização da vistoria.

sendo a energia elétrica a fonte mais comum para o funcionamento destes equipamentos. Serviços Iniciais ou Preliminares Instalações Provisórias de Luz e Força São inúmeros os equipamentos necessários para a execução das atividades previstas na obra. .

pode ser necessária a instalação de equipamentos de maior porte. a exemplo de gruas. aliada a um fator de demanda. possibilita o conhecimento da potência necessária a ser implantada. . Serviços Iniciais ou Preliminares Instalações Provisórias de Luz e Força A soma das potências dos equipamentos utilizados no canteiro. em função do tipo de empreendimento. Além dos equipamentos mais comuns.

2002 .200 Plaina elétrica manual 750 Silo de argamassa 39.500 Máquina de cortar parede 600 Serra circular de mesa 3.200 Máquina de dobrar ferro 2.650 Considerando fator de demanda de 60% 69.390 Fonte: Gehbauer.380 Bomba auto-escorvante 3.900 Total 115.200 Máquina de solda 5.000 Máquina de cortar ferro 2.440 Bomba mangote 3920 Bomba submersa 2400 Elevador de carga 3800 Furadeira martelete 1100 Furadeira simples 1260 Grua 38. Serviços Iniciais ou Preliminares Instalações Provisórias de Luz e Força Demanda máxima provável no canteiro de obras Equipamento Potência (Watts) Betoneira 580 litros 7.

mecanizadas e mais recentemente robotizadas. De um modo geral as demolições podem ser manuais. com alto risco de desmoronamento e portanto. A demolição é um serviço perigoso. o que será definido na fase de planejamento. Serviços Iniciais Demolições e retirada de entulho Os serviços de demolição são necessários quanto existem construções no local em que será executada a obra. requer uma série de cuidados. podem ser aproveitadas total ou parcialmente para instalações provisórias. Deverá ser solicitado alvará de demolição junto à prefeitura. . A depender das características da edificação existente ou da sua localização.

Serviços Iniciais Demolições e retirada de entulho .

Serviços Iniciais Demolições e retirada de entulho .

Serviços Iniciais Demolições e retirada de entulho .

Serviços Iniciais Demolições e retirada de entulho .

Serviços Iniciais Demolições e retirada de entulho .

Tem como características principais sua precisão e baixo impacto nas estruturas remanescentes. modificações estruturais. obras de retrofit. . O serviço é geralmente executado para passagem de instalações elétricas e hidráulicas. mudança de ambientes. utiliza-se a chamada demolição controlada. Serviços Iniciais Demolições e retirada de entulho Em casos onde não podem haver vibrações impactantes. entre outros.

Serviços Iniciais Demolições e retirada de entulho .

Serviços Iniciais Demolições e retirada de entulho A NR 18 (Condições e Meio Ambiente de Trabalho na Indústria da Construção) estabelece algumas providências e precauções a serem tomadas durante e execução dos serviços de demolição. .

retiradas. 18.5.3 Toda demolição deve ser programada e dirigida por profissional legalmente habilitado.5. água. substâncias tóxicas. inflamáveis líquidos e gasosos liquefeitos. respeitando-se as normas e determinações em vigor.5. canalizações de esgoto e de escoamento de água devem ser desligadas. 18.2 As construções vizinhas à obra de demolição devem ser examinadas. . protegidas ou isoladas. no sentido de ser preservada sua estabilidade e a integridade física de terceiros.1 Antes de se iniciar a demolição. as linhas de fornecimento de energia elétrica. prévia e periodicamente. Serviços Iniciais Demolições e retirada de entulho Recomendações da NR 18 18.

Serviços Iniciais Demolições e retirada de entulho Recomendações da NR 18 18.5. 18. .5.5 Antes de se iniciar a demolição de um pavimento.5. estuques e outros elementos frágeis.6 As escadas devem ser mantidas desimpedidas e livres para a circulação de emergência e somente serão demolidas à medida em que forem sendo retirados os materiais dos pavimentos superiores. ficando proibida a permanência de pessoas nos pavimentos que possam ter sua estabilidade comprometida no processo de demolição. 18.4 Antes de se iniciar a demolição. salvo as que forem utilizadas para escoamento de materiais. ripados. devem ser removidos os vidros. devem ser fechadas todas as aberturas existentes no piso.

18. Serviços Iniciais Demolições e retirada de entulho Recomendações da NR 18 18. fixadas à edificação em todos os pavimentos.5.9 No ponto de descarga da calha. ficando proibido o lançamento em queda livre de qualquer material. .8 A remoção dos entulhos. deve ser feita em calhas fechadas de material resistente. 18. por gravidade.5.5. deve existir dispositivo de fechamento. com inclinação máxima de 45º (quarenta e cinco graus).7 Objetos pesados ou volumosos devem ser removidos mediante o emprego de dispositivos mecânicos.

Serviços Iniciais Demolições e retirada de entulho Recomendações da NR 18 .

quando esta for metálica ou de concreto armado.5. 18.5. no máximo.12 Os materiais das edificações. a 2 (dois) pavimentos abaixo do que será demolido.11 Os elementos da construção em demolição não devem ser abandonados em posição que torne possível o seu desabamento. .50m (dois metros e cinqüenta centímetros) e inclinação de 45º (quarenta e cinco graus). 18.10 Durante a execução de serviços de demolição. 18. devem ser previamente umedecidos. com dimensão mínima de 2.5. plataformas de retenção de entulhos. em todo o perímetro da obra. durante a demolição e remoção.5.13 As paredes somente podem ser demolidas antes da estrutura. devem ser instaladas. Serviços Iniciais Demolições e retirada de entulho Recomendações da NR 18 18.

Serviços Iniciais Demolições e retirada de entulho .

Serviços Iniciais Demolições e retirada de entulho .

Serviços Iniciais Demolições e retirada de entulho .

Art. reforma. em áreas de “ bota fora”. corpos d`água. a redução. a reciclagem e a destinação final. lotes vagos e em áreas protegidas por Lei [.. bem como por aqueles resultantes da remoção de vegetação e escavação de solos. reparos e demolições de estruturas e estradas. em encostas. secundariamente. Serviços Iniciais Demolições e retirada de entulho RESOLUÇÃO CONAMA nº 307. a reutilização. 4o Os geradores deverão ter como objetivo prioritário a não geração de resíduos e..] . § 1o Os resíduos da construção civil não poderão ser dispostos em aterros de resíduos domiciliares. de 5 de julho de 2002 Considera que os geradores de resíduos da construção civil devem ser responsáveis pelos resíduos das atividades de construção.

em áreas de “ bota fora”.. secundariamente. § 1o Os resíduos da construção civil não poderão ser dispostos em aterros de resíduos domiciliares. a reutilização.. bem como por aqueles resultantes da remoção de vegetação e escavação de solos. a reciclagem e a destinação final. de 5 de julho de 2002 Considera que os geradores de resíduos da construção civil devem ser responsáveis pelos resíduos das atividades de construção. lotes vagos e em áreas protegidas por Lei [. a redução. reparos e demolições de estruturas e estradas. Art. reforma. corpos d`água. 4o Os geradores deverão ter como objetivo prioritário a não geração de resíduos e. Serviços Iniciais Demolições e retirada de entulho RESOLUÇÃO CONAMA nº 307.] . em encostas.

brasilengenharia.com.br/ construcao-reforma/16/artigo76291-1.pini. Serviços Iniciais Demolições e retirada de entulho Fonte: ttp://www.com/portal/saneamento/ 12918-gestao-de-residuos-nos-canteiros-de-obras Fonte: http://equipedeobra.aspx .

Consiste basicamente em 03 etapas: Escavação. Serviços Iniciais Terraplenagem A terraplenagem tem por objetivo modificar o relevo natural para uma nova conformação topográfica. correspondendo a entrada e saída de terra do canteiro. conforme estabelecido em projeto. O movimento de terra é parte integrante da terraplenagem. podendo basicamente de 02 tipos: Manual Mecanizado . Transporte. Aterro.

Serviços Iniciais Terraplenagem Na movimentação de terras é necessário considerar o empolamento. definido como o aumento de volume sofrido por um material ao ser removido do seu estado natural.0cm molhado 12 Fonte: Azeredo.0cm seco 12 Pedregulho diâmetro 1.1997 .0 a 5.0 a 5. Características de alguns materiais comumente encontrados em obras Material % Empolamento Argila 40 Argila com pedregulho seco 40 Argila com pedregulho molhado 40 Terra comum seca 25 Terra comum molhada 25 Areia seca solta 12 Areia molhada compacta 12 Pedregulho diâmetro 1.

etc. massapê. o DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes) classifica os materiais de escavação em três categorias: Primeira categoria – materiais escavados facilmente pela lâmina das máquinas: areia. até a limpeza do terreno. gnaiss. argila comum. Segunda categoria – materiais que para serem escavados precisam de escarificação: argilitos. . etc. Serviços Iniciais Terraplenagem A etapa do movimento de terra pode-se estender desde a retirada de entulho de demolição . calcáreos. arenoso. com a retirada da camada superficial. envolvendo ainda o desmatamento e o destocamento. rochas em decomposição. dando-se início ao trabalhos de escavação e/ou aterro. cascalho. Terceira categoria – materias que para serem escavados necessitam de explosivos: granitos. Para efeito de pagamento de escavação em cortes. etc.

Serviços Iniciais Terraplenagem Equipamentos utilizados em terraplenagem Caçamba Toco Caçamba Truck .

Serviços Iniciais Terraplenagem Equipamentos utilizados em terraplenagem Escavadeira Hidráulica .

Serviços Iniciais Terraplenagem Equipamentos utilizados em terraplenagem Pá Carregadeira .

Serviços Iniciais Terraplenagem Equipamentos utilizados em terraplenagem Retro Escavadeira .

Bobcat . Serviços Iniciais Terraplenagem Equipamentos utilizados em terraplenagem Mini carregadeira .

Bobcat . Serviços Iniciais Terraplenagem Equipamentos utilizados em terraplenagem Mini carregadeira .

Serviços Iniciais Terraplenagem Equipamentos utilizados em terraplenagem Motoniveladora .

Serviços Iniciais Terraplenagem Equipamentos utilizados em terraplenagem Trator de esteira .

Serviços Iniciais
Terraplenagem

Equipamentos utilizados em terraplenagem

Trator de esteira

Serviços Iniciais
Terraplenagem

Equipamentos utilizados compactação

Rolo pé de carneiro são rolos com peso variável
de 1,5 a 20 toneladas, com um ou mais tambores
que podem ser lastreados com areia molhada ou
água.

São mais eficientes em solos argilosos e siltosos,
sendo necessários aplicar altas pressões para
vencer a coesão do solo.

As patas penetram na parte mais profunda da
camada.

A compactação é realizada de baixo para cima. Rolo pé de carneiro

Serviços Iniciais
Terraplenagem

Equipamentos utilizados compactação

Os Rolos de pneus podem ser classificados em
leves (9-12 toneladas), médios (13-25 toneladas)
e pesados (26-50 toneladas).

É o mais versátil e pode ser utilizado desde a
compactação de solos coesivos até massas
asfálticas.

Em razão da distribuição de pressões pelos pneus
e o efeito do amassamento, a compactação
ocorre em toda a espessura da camada, deixando
a superfície selada.
Rolo de pneus

Serviços Iniciais Terraplenagem Equipamentos utilizados compactação São rolos metálicos que permitem aplicar ao solo determinado número de golpes por minuto. Apresenta alta eficiência para todo tipo de solo. sobretudo para solos pedregulhosos. favorecendo a rápida arrumação dos grãos por conseguinte a densidade máxima. Rolo vibratório .

O projeto é acompanhado por um quadro-resumo. encontrada. . rampas (inclusive cotas de níveis inicial e final). de preservação. Serviços Iniciais Terraplenagem Projeto de terraplenagem O projeto de terraplenagem informa e demonstra os limites do terreno. útil (conforme escritura) e de terraplenagem. que contém informações sobre as áreas do terreno: total. identificando as dimensões reais. taludes. Ele ainda indica a proposta da terraplenagem necessária contendo dimensões planimétricas e níveis de platôs.

Serviços Iniciais Terraplenagem Projeto de terraplenagem Fonte: Martins. 2012 .

Serviços Iniciais Terraplenagem Projeto de terraplenagem Fonte: Martins. 2012 .

Serviços Iniciais Terraplenagem Equipamentos utilizados em terraplenagem Execução de taludes .

Serviços Iniciais Terraplenagem Equipamentos utilizados em terraplenagem Execução de taludes .

Serviços Iniciais Terraplenagem Equipamentos utilizados em terraplenagem Execução de taludes .

a mais comum é composta por ponteiras filtrantes. Serviços Iniciais Drenagem e esgotamento do lençol freático A execução do rebaixamento de lençol freático deve se dar imediatamente após a análise da infraestrutura da obra e das sondagens. tão logo seja constatado que o NA (nível d'água) irá interferir na fase de escavações do terreno. formada por poços de diâmetros entre 4" e 6" onde são posicionadas ponteiras ligadas por tubos a um coletor e uma bomba de sucção. quando o rebaixamento é realizado incorretamente. Assim. introduzem-se certas alterações nas condições naturais do subsolo. Ao se realizar um rebaixamento do lençol freático. . poderão surgir danos no interior ou no exterior da escavação. Dentre as metodologias de rebaixamento de lençol.

Serviços Iniciais Drenagem e esgotamento do lençol freático .

Serviços Iniciais Drenagem e esgotamento do lençol freático .

Serviços Iniciais Drenagem e esgotamento do lençol freático .

razão da eficiência do sistema de vácuo necessário ao êxito do esgotamento das ponteiras. a depender da profundidade das escavações no local das obras. O rebaixamento poderá ser realizado em um único estágio ou em vários estágios. em profundidades abaixo do nível do terreno não superiores a 5 m. Serviços Iniciais Drenagem e esgotamento do lençol freático O sistema de rebaixamento do lençol freático com o uso de ponteiras filtrantes se aplica às obras de engenharia enterradas que necessitem de escavações abaixo do nível d'água. .

1ª ed. 45. São Paulo. 12-13. Programação de sondagens de simples reconhecimento dos solos para fundações de edifícios. 2000. ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. Isaac. Aroldo V. 1983. Yazigi. mar 2012. Curitiba: Editora CEFET-PR. Rio de Janeiro. Jamila.. São Paulo. ano VIII. Planejamento e Gestão de Obras: Um Resultado Prático da Cooperação Técnica Brasil-Alemanha. A técnica de Edificar . Juliana. p. Terraplenagem. Sinduscon SP: Editora PINI. 52. n. GEHBAUER. . Referências ABRAM. WALID. São Paulo: Editora Edgard Blücher Ltda. Fritz. AZEREDO. Revista Equipe de Obra. Prática de Construção Civil. NBR 8036. Salvador. VENTURINI. ano VIII. Hélio A. 1977. n. MARTINS. 2002.. dez 2012. 2011. Sondagem a Percussão. Manual Prático de Terraplenagem. ROCHA. Revista Equipe de Obra. O Edifício até sua cobertura.

Juliana. Referências NAKAMURA. São Paulo. nov 2013. edição 148. Serviços Preliminares. . Revista Construção Mercado.