Você está na página 1de 42

www.cm-lisboa.

pt
Peso da Região de Lisboa no País | Peso da Cidade de Lisboa no País

3%
0,1%
27% 29%
5% 9%

Área População Empresas não financeiras

36% 30% 38%


16% 21% 31%

Pessoal ao serviço
nas empresas Turistas Alunos do ensino superior

PIB Exportações

37% 34%

Ficha Técnica
Edição
Câmara Municipal de Lisboa
Coordenação
Direção Municipal de Economia e Inovação
Divisão de Estudos e Prospectiva
Dr. Nuno Caleia
Dra. Andreia Ramires
Título
Economia de Lisboa em Números
Design
Arqto. Luís Isidro Correia
Aceda aos ficheiros excel dos indicadores
Ano estatísticos de cada área temática da
2014 ECONOMIA DE LISBOA EM NÚMEROS 2014
A Economia de Lisboa em Números 2014

ÍNDICE
POPULAÇÃO E DEMOGRAFIA 3

MOTOR ECONÓMICO METROPOLITANO 7

ESTRUTURA EMPRESARIAL E EMPREENDEDORISMO 11

CAPITAL HUMANO QUALIFICADO 17

CIDADE DO CONHECIMENTO E DA INOVAÇÃO 21

UMA ECONOMIA ABERTA AO MUNDO 27

UMA REFERÊNCIA TURÍSTICA E DE EVENTOS 33

POSICIONAMENTO INTERNACIONAL DE LISBOA 37

Direção Municipal de Economia e Inovação | Divisão de Estudos e Prospectiva 1


A Economia de Lisboa em Números 2014

2 Direção Municipal de Economia e Inovação | Divisão de Estudos e Prospectiva


A Economia de Lisboa em Números 2014

01 POPULAÇÃO E DEMOGRAFIA
Lisboa é a capital de um país com 10,5 milhões de habitantes e centro de uma região
Metropolitana com uma população de 2,8 milhões de habitantes.
A cidade de Lisboa vê diariamente o número dos seus utilizadores crescer dos 547 mil
residentes para as 925 mil pessoas, fruto dos movimentos pendulares casa-trabalho e
casa-escola.
Depois de uma perda populacional que ao longo das últimas 5 décadas ascendeu a 257
mil habitantes (cerca de 1/3 da sua população), Lisboa viu a sua população estabilizar
(registando um claro abrandamento do ritmo da perda demográfica, face às décadas
anteriores, perdendo apenas 3% da população na última década), assistindo-se a um
acréscimo do número de famílias e a sinais de começar a rejuvenescer, crescendo a
proporção de jovens residentes.

Direção Municipal de Economia e Inovação | Divisão de Estudos e Prospectiva 3


A Economia de Lisboa em Números 2014

1.1 População e superfície


1.1.1 População da cidade de Lisboa 1.1.2 Movimentos pendulares

Lisboa Cidade

425.747
Nº de pessoas que diariamente
entram na cidade para estudar e trabalhar
Lisboa Cidade
47.521
547.733 Ind. Nº de pessoas que diariamente
População residente saem da cidade para estudar e trabalhar

925.959 Ind. 378.226


População residente + população pendular Saldo (Entradas - Saidas)
Fonte: INE, I.P., Censos 2011 - Resultados definitivos, Ano: 2011 Fonte: INE, I.P., Censos 2011 - Resultados definitivos, Ano: 2011

1.1.3. Densidade populacional 1.1.4. Indicadores climáticos de Lisboa

Lisboa (L. Geofísico)


Temperatura média anual

21,6°
Máxima(Celsius)
Lisboa Cidade Lisboa Região
17,3°
547.733 Hab 2.821.876 Hab Média (Celsius)
População residente População residente
13°
5,2% 26,7% Mínima (Celsius)
População sobre o total do país População sobre o total do país Precipitação média*

84,9 km2 3001,9 km2 1.045,4


(mm)
Superfície Superfície
Dias sem chuva

6.452 Hab/km2 940 Hab/km2 277


População residente População residente (Nº)
Fonte: INE, I.P., Censos 2011 - Resultados definitivos; Instituto Geográfico Português, Fonte: INE, I.P., Anuário Estatístico, Ano: 2012
CAOP 2010, Ano: 2011 * Dados provisórios, 2011

4 Direção Municipal de Economia e Inovação | Divisão de Estudos e Prospectiva


A Economia de Lisboa em Números 2014

1.1.4 Densidade populacional (hab/km²) no Contexto Europeu Região de Lisboa: 940,5

10000
hab/km2

8000

6000

4000

2000
Lisboa
940,5
UE 27
116,90
0
o
a

da a
ste
m

At a

Bu ofia
lsí a

lin
xe slo

Va uia

Du a
va

Liu via
Lis s
M a

Br lmo
to a

ga
ão

Vi n
Ni e
a

s
ste s
s
Br es

pe id
ri
g

Bu hag
let

rg

iu
Am ena

He rn
ela

ian

si
bo

Es m

st
en

i
bl
rli

sla

Ri
Ta
r

Pa
rd

Co adr

co
O

rsó
pe

ln
re
nq
bu
Ro
nd

Be
Pr
Va

S
Vi

co
Be
ux

bl
n

ati

ca
m
Lo

La

Lu

Fonte: Equipa de projecto DMEI/DEP a partir de dados do Eurostat - Ano: 2011; Região NUTS II
Legenda: Valor da capital - dado pelo indicador da região onde se insere

Direção Municipal de Economia e Inovação | Divisão de Estudos e Prospectiva 5


A Economia de Lisboa em Números 2014

1.2 Demografia de Lisboa, (cidade) - evolução


1.2.1 Famílias residentes 1.2.2 População residente 1.2.3 População residente 1.2.4 População residente
(+ 65 anos) (- 14 anos)
300.000 900.000 150.000 170.000

130.960

250.000 700.000 105.000 110.000

243.892

547.733 65.988

200.000 500.000 60.000 50.000


1960 1970 1981 1991 2001 2011 1960 1971 1981 1991 2001 2011 1960 1971 1981 1991 2001 2011 1960 1971 1981 1991 2001 2011

Fonte: INE, I.P., Censos 1960 a 2011 Fonte: INE, I.P., Censos 1960 a 2011

1.2.5 Estrutura etária da população

0-14 15-24 25-64 65⁺


Portugal 15% 12% 55% 18%

0 -14 15-24 25-64 65⁺


Lisboa Região 16% 11% 56% 17%

0 -14 15-24 25-64 65⁺


Lisboa Cidade 13% 11% 53% 23%

Fonte: INE, I.P., Censos 2011 - Resultados definitivos, Ano: 2011

1.2.6 Evolução da estrutura etária da Cidade de Lisboa 1.2.7 Taxa de natalidade / mortalidade

30 16
% ‰

Pop. 65⁺ 13,3%

18 8 10,2%
9,3%
10,2% 10,4%

8,5%
Pop. 0-14
LISBOA LISBOA LISBOA LISBOA
CIDADE REGIÃO PORTUGAL CIDADE REGIÃO PORTUGAL
5 0
1960 1971 1981 1991 2001 2011 Taxa Bruta de Natalidade Taxa Bruta de Mortalidade
Fonte: INE, I.P., Censos 1960 a 2011 Fonte: INE, I.P., Anuário Estatístico, Ano: 2012

6 Direção Municipal de Economia e Inovação | Divisão de Estudos e Prospectiva


A Economia de Lisboa em Números 2014

02 MOTOR ECONÓMICO METROPOLITANO


Lisboa é uma região onde se localizam os centros de decisão económica do País,
representa cerca de 37% do PIB nacional e emprega cerca de 1.430 mil pessoas (30%
do emprego do país), manifestando uma produtividade aparente do trabalho 1,3 vezes
superior à do país.

Direção Municipal de Economia e Inovação | Divisão de Estudos e Prospectiva 7


A Economia de Lisboa em Números 2014

2.1 Actividade e crescimento económico


2.1.1 Indicadores económicos 2.1.2 Evolução do PIB na Região de Lisboa
70.000
milhões €

61.226

Lisboa Região (milhões €) Lisboa Região/País

61.226 37,1% 50.000

PIB PIB

53.566 37,1%
VAB VAB 30.000
1995 1996 1997 1998 1999 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012

Fonte: INE, I.P., Contas Regionais Ano: 2012 * Dados preliminares Fonte: INE, I.P., Contas Regionais

2.1.3 Indicadores de emprego 2.1.4 Evolução do emprego na Região de Lisboa

1.500
mil
pessoas

1.429

1.375
Lisboa Região
(milhares de pessoas) Lisboa Região/País

1429,3 29,4%
Emprego Emprego 1.250
1995 1996 1997 1998 1999 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011

Fonte: INE, I.P., Contas Regionais, Ano: 2011, dados provisórios Fonte: INE, I.P., Contas Regionais

2.1.5 Outros indicadores económicos 2.1.6 Variação média anual


do índice de preços do consumidor

Lisboa Região Lisboa Região/País


milhares de euros 4,8%

21,7 15,6
PIB per capita PIB per capita 3,0% 3,0% 3,0% 2,9% 2,9% 2,8%
2,3%
38,8 30,7
Produtividade aparente do Produtividade aparente do
trabalho (VAB/emprego)* trabalho (VAB/emprego)* RA Madeira Alentejo Algarve Norte Centro RA Açores Portugal Lisboa

Fonte: INE, I.P., Contas Regionais, Ano: 2012, dados preliminares Fonte: INE, I.P., Contas Regionais, Ano 2012
Legenda: * Dados 2011

8 Direção Municipal de Economia e Inovação | Divisão de Estudos e Prospectiva


A Economia de Lisboa em Números 2014

2.1.7 Produto Interno Bruto PPS (per capita), nas Regiões Europeias (NUTS II)

100
mil €

80

60

40
Lisboa
27,40
UE 27
24,50
20

0
Br o

Va te
to a

La sia

Bu ga
ste
lo

lin
ste a

da a
He aga
o

Liu via

a
pe na

fia
M n

At a
va

ão

a
as

s
Br aris
s
xe es

rid
Es ag

iu
rg

Am qui
ela

ian
m

let
lm

i
Os

bl

s
rli

Ri
en
sla

Ta
Lu ndr

b
Co ie

So
rd

co
rsó
pe

re
ln
bu

Ro
Pr

ad
nh
P

Du

Lis

Va
co

Be
ux

bl
V

Vi

ca
Ni
ati

lsí
m
Lo

Bu

Fonte: Equipa de projecto DMEI/DEP a partir de dados do Eurostat - Ano: 2011; Região NUTS II
Legenda: Valor da capital - dado pelo indicador da região onde se insere

Direção Municipal de Economia e Inovação | Divisão de Estudos e Prospectiva 9


A Economia de Lisboa em Números 2014

10 Direção Municipal de Economia e Inovação | Divisão de Estudos e Prospectiva


A Economia de Lisboa em Números 2014

03 ESTRUTURA EMPRESARIAL E EMPREENDEDORISMO


A região de Lisboa concentra um elevado número de empresas com elevado grau de
tecnologia e de investigação, sendo o espaço onde estão sedeadas aproximadamente
333.000 empresas. É também na região de Lisboa que o pessoal ao serviço nas
empresas estrangeiras e de alta tecnologia tem mais peso, face à média nacional.
Lisboa tem mantido um bom nível de atracção de investimento estrangeiro, sendo
espaço de localização ou expansão de actividade de diversas empresas multinacionais,
afirmando-se como espaço de atracção de centros de serviços partilhados e com grande
potencial para serviços de nearshoring. Em termos sectoriais se afirmam as tecnologias
de informação, software e internet, bem como os serviços de saúde e bem-estar. Lisboa
concentra igualmente elevada percentagem de emprego em sectores de alta tecnologia
face ao total do país.

Direção Municipal de Economia e Inovação | Divisão de Estudos e Prospectiva 11


A Economia de Lisboa em Números 2014

3.1 Estrutura empresarial da Região de Lisboa

Empresas Peso da Região de Lisboa no País (%) Variação 2010/2011

333.731 29,4% -4,1%


Total de empresas Total de empresas Total de empresas

1.388.197 36,1% -3,4%


Pessoal ao serviço (Nº de individuos) Pessoal ao serviço Pessoal ao serviço

196.842.453 50,5% -3,7%


Volume de negócios (Milhares €) Volume de negócios Volume de negócios
Fonte: INE, I.P., Empresas em Portugal 2011; Ed. 2013, Ano: 2011

3.2 Peso relativo por actividade, por forma jurídica e por dimensão no nº de empresas, pessoal ao serviço
e volume de negócios ton. milhões (€)

Financeiras Não financeiras Empresas individuais Sociedades PME Grandes

Nº de 2,5% 97,5% 64,3% 35,7% 99,8% 0,2%


Empresas

Pessoal 4,8% 95,2% 16,9% 83,1% 61,4% 38,6%


ao Serviço

Volume 16,7% 83,3% 1,9% 98,1% 36,5% 63,5%


de Negócios

Fonte: INE, I.P., Empresas em Portugal 2011; Ed. 2013, Ano: 2011

3.3 Taxa de variação Anual


milhões (€)
ton.
Nº Empresas Pessoal ao Serviço Volume de Negócios
0,9%

-0,3%
-2,1% -1,8% -1,9% -1,3%
-2,6% -2,8%
-3,5%
-4,2% -3,6% -4,1% -4,3%
-6,1% -5,9%
-7,7%
-9,1%

-14,1%
Financeiras Não Financeiras Empresas Individuais Sociedades PMEs Grandes Empresas
Fonte: INE, I.P., Empresas em Portugal 2011; Ed. 2013 - Taxa de variação 2010/2011 (%)

12 Direção Municipal de Economia e Inovação | Divisão de Estudos e Prospectiva


A Economia de Lisboa em Números 2014

3.4 Evolução do pessoal ao serviço nas empresas financeiras 3.5 Evolução do nº de empresas financeiras
70000 11.000
N.º N.º

67.092

65000 9.500

8.190

60000 8.000
2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011

3.6 Evolução do pessoal ao serviço nas empresas 3.7 Evolução do nº de empresas não financeiras
não financeiras
1.450.000 380.000
N.º N.º

1.325.000 350.000
1.321.105

325.541
1.200.000 320.000
2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011

Fonte: INE, I.P., Evolução do Setor Empresarial em Portugal 2004-2010; Ed. 2012; Ano: 2004/2011, Empresas em Portugal 2011

3.8 Indicadores demográficos 3.9 Outros indicadores


das empresas não financeiras
26,9%

48,8%
18,5% 48,8%
42,8%
15,1%
20,4%
17,4%
9,3%
13,8% 12,4%

3% 2,2%
LISBOA LISBOA LISBOA LISBOA
REGIÃO PORTUGAL REGIÃO PORTUGAL REGIÃO PORTUGAL REGIÃO PORTUGAL

Taxa de natalidade Taxa de mortalidade* (%) Taxa de Sobrevivência Novas empresas high-tech Empresas estrangeiras Emprego high-tech
das empresas (%) das empresas a 2 anos (%) (1) (2) (3)

Fonte: INE, I.P., Empresas em Portugal 2011; Ed. 2013, Ano: 2011 Fonte: INE, I.P., (1) % de nascimentos em sectores alta/média-alta tecnologia
Legenda: * 2010 Anuário Estatístico; (2) % pessoal ao serviço em empresas
maioritariamente estrangeiras
Ano: 2011
(3) % pessoal ao serviço das empresas de alta e média tecnologia no
Dados Estatísticos total do pessoal ao serviço nas ind. Transformadoras

Direção Municipal de Economia e Inovação | Divisão de Estudos e Prospectiva 13


A Economia de Lisboa em Números 2014

3.10 Emprego em Sectores de Alta Tecnologia, nas Regiões Europeias (NUTS II)

10
mil €

6
Lisboa
4,2
4
UE 27
3,8

0
lsí e

o
a

fia

lin
Br lin

ste
M a
to a

L a
o

ão

Vi a
Br na

a
o

m as
Liu a

ga
m
a

ste a
ris

Bu ius
da d
ag

ela
He est
Es hag

en
v

ui

let
re

vi

si
rg
m
rn
lm

Am isbo
l
Os
Bu dri

rli

n
sla

Ta
b

Ri
So
ia

rd
Pa

co
rsó

re
nq

ln
bu
Ro
nd
Pr

Be

Lu Ate
Vi
Du

Va
co

ux

Be
p

bl
a
n

ati

ca
Ni
Lo

Va
pe

La

xe
Co

Fonte: Equipa de projecto DMEI/DEP a partir de dados do Eurostat - Ano: 2011; Região NUTS II
Legenda: Valor da capital - dado pelo indicador da região onde se insere

14 Direção Municipal de Economia e Inovação | Divisão de Estudos e Prospectiva


A Economia de Lisboa em Números 2014

3.11 Estrutura empresarial não financeira da Cidade de Lisboa Total de sociedades por freguesias de Lisboa

Peso da cidade
Lisboa cidade
de Lisboa no País (%)

96.731 8,7%
Empresas Empresas

44.526 12,3%
Sociedades Sociedades

595.242 15,9%
Pessoal ao serviço Pessoal ao serviço

89.359.152 25,7%
Volume de negócios
(milhares €) Volume de negócios

Fonte: INE, I.P., Anuário Estatístico, Ano: 2011

3.12 Perfil sectorial do tecido empresarial


Pessoal ao serviço Pessoal ao serviço
(A) Agricultura, produção animal, caça, floresta
9% 18% e pesca
4% 4% (B) Indústrias extrativas
(C) Indústrias transformadoras
10% 37% 9% (D) Electricidade, gás, vapor, água quente e fria
e ar frio
(E) Captação, tratamento e distribuição de água;
saneamento, gestão de resíduos e despoluição
Lisboa Lisboa (F) Construção
Cidade Região
(G) Comércio por grosso e a retalho; reparação
de veículos automóveis e motociclos
(H) Transportes e armazenagem
27% 36% (I) Alojamento, restauração e similares
33% (J) Actividades de informação e de comunicação
7% 6% (K) Actividades financeiras e de seguros
(L) Actividades imobiliárias

(M) Actividades de consultoria, cientificas,


2% 2% técnicas e similares
8% 7% (N) Actividades administrativas e dos serviços de
22% 27% apoio

17% (O) Administração Pública e Defesa; Segurança


19% Social Obrigatória
(P) Educação
(Q) Actividades de saúde humana e apoio social
VAB
Lisboa Cidade
VAB
Lisboa Região (R) Actividades artísticas, de espectáculos,
desportivas e recreativas
(S) Outras Actividades de serviços
(T) Actividades das famílias empregadoras de
29% 14% 33% pessoal doméstico e actividades de produção
20% das famílias para uso próprio
(U) Actividades dos organismos internacionais e
outras intituições extra-territoriais
Fonte: INE, I.P., Anuário Estatístico, Ano: 2011

Direção Municipal de Economia e Inovação | Divisão de Estudos e Prospectiva 15


A Economia de Lisboa em Números 2014

3.13 Rede de Incubadoras de Lisboa


Esta rede é actualmente constituída por 11 incubadoras, agregando mais de 200 startups e cerca de
900 postos de trabalho.

3.14 Mapa Rede de Incubadoras

Incubadoras de Empresas Aceleradores de Startups Apoio ao Empreendorismo

Conferências Meetups Fab Labs

16 Direção Municipal de Economia e Inovação | Divisão de Estudos e Prospectiva


A Economia de Lisboa em Números 2014

04 CAPITAL HUMANO QUALIFICADO


Lisboa apresenta recursos humanos qualificados, flexíveis, criativos, multilingues e
altamente competitivos. Mais de ¼ da população residente na cidade tem qualificação
académica superior, sendo que o nível salarial se apresenta competitivo, designadamente
no quadro das cidades europeias.

A região de Lisboa concentra cerca de ¼ da população activa do país e da população


empregada, atingindo o desemprego cerca de 205 mil pessoas. Apresenta uma taxa
de actividade alguns pontos percentuais abaixo da média nacional, com particular
incidência na população com 45 e mais anos.

Direção Municipal de Economia e Inovação | Divisão de Estudos e Prospectiva 17


A Economia de Lisboa em Números 2014

4.1 Indicadores de população residente face ao emprego

Lisboa Região (milhares) Portugal (milhares) Lisboa Região / País

1.420,7 5.494,8 25,9%


População activa População activa População activa

1.170,2 4.634,7 25,2%


População empregada População empregada População empregada

250,5 860,1 29,1%


População desempregada População desempregada População desempregada
Fonte: INE, I.P., Anuário Estatístico, Ano: 2012

4.2 Indicadores de actividade e emprego


Proporção de
Taxa de actividade Taxa de emprego desemprego

Lisboa Região

Actividade Actividade feminina Actividade 15 -24 Emprego 15 - 64 Emprego 45 e + anos Longa duração

49,9% 46,8% 35,8% 61,2% 37,5% 55,1%


Portugal
Actividade Actividade feminina Actividade 15 -24 Emprego 15 - 64 Emprego 45 e + anos Longa duração

51,8% 47,5% 37,9% 61,8% 41,8% 54,2%


Fonte: INE, I.P., Anuário Estatístico, Ano: 2012

4.3 Taxa de desemprego


50
43,8%

40 Lisboa Região 37,7%

Portugal
30

20 15,8% 15,6%
17,6%
15,7%

Lisboa Região Portugal Lisboa Região Portugal


10

0 15-24 anos Feminina Total


Fonte: INE, I.P., Anuário Estatístico, Ano: 2012

18 Direção Municipal de Economia e Inovação | Divisão de Estudos e Prospectiva


A Economia de Lisboa em Números 2014

4.5 Ganho médio mensal 4.6 Nível salarial (Bruto (NY=100))


Zurique
Geneva
Copenhaga

1.576,4 € Oslo
Luxemburgo
Nova York

Lisboa Cidade Sidnei


Tokyo

1.374,5 €
Munique
Frankfurt
Los Angeles
Chicago
Lisboa Região Estocolmo
Miami

1.084,6 €
Bruxelas
Helsínquia
Viena
Londres
Portugal Berlin
Amsterdam
Fonte: INE, I.P., Anuário Estatístico, Ano: 2011 Paris
Dublin
Toronto

4.7 Qualificação académica da população residente Montreal


Milão
Lyon
100
Nicosia
(%)
Auckland
12% Barcelona
17% Madrid
Roma
27% Seoul
Dubai
Lisboa 44,0
80 Tel Aviv
Hong Kong
Johannesburg
Atenas
Ljubljana
Taipei
Manama
Moscovo
São Paulo
60
Tallinn
Istanbul
Bratislava
Rio de Janeiro
Doha
Praga
Riga
Varsóvia
40 Buenos Aires
Santiago de Chile
Bogotá
Lima
Vilnius
Kuala Lumpur
Shanghai
Budapest
Caracas
20 Beijing
Bucareste
Bangkok
Sofia
Mexico City
Cairo
Kiev
Nairobi

0 Mumbai
Portugal Lisboa Região Lisboa Cidade Manila
Jakarta
Nenhum Ensino Básico Ensino Secundário Ensino Superior Delhi 70 140

Fonte: Equipa de projecto DMEI/DEP a partir de dados do INE, Ano: 2011 Fonte: UBS, Price and Earnings 2012

Direção Municipal de Economia e Inovação | Divisão de Estudos e Prospectiva 19


A Economia de Lisboa em Números 2014

4.4 Taxa de emprego no grupo etário dos 15 - 64 anos (%), nas Regiões Europeias (NUTS II)

100
mil €

80
UE 27
64,1
Lisboa
61,2
60

40

20

0
Vi e
Va go
a

Liu via

Br te
lin

La lin
pe ia

a
Br ga

m
ste o

a
Lo a

a
va

Bu ma
a

sia

M a
fia
Es slo

At s
s
m s
lsí o

as
Bu drid
re

ela
iu
st
rn

xe ri

bo

let
ag

en

ian

g
Am olm

He rdã
Co nqu

s
rli
sla
a

en
Ta

b
Ri
Lu Pa

So
rsó

co

pe

re
O

ln
nd

bu

Ro
Be

Pr
nh

Du
Vi

Va
Lis
Be

ux
bl

ca
ati

Ni
c

da
to

Fonte: Equipa de projecto DMEI/DEP a partir de dados do Eurostat - Ano: 2011; Região NUTS II
Legenda: Valor da capital - dado pelo indicador da região onde se insere

20 Direção Municipal de Economia e Inovação | Divisão de Estudos e Prospectiva


A Economia de Lisboa em Números 2014

05 CIDADE DO CONHECIMENTO E DA INOVAÇÃO


A região de Lisboa apresenta um rácio de despesa em I&D de 2,3% do PIB, dado bastante
significativo no contexto Europeu. Em 2011, na região de Lisboa estiveram inscritos cerca de
140 mil estudantes no ensino superior.

Anualmente mais de 34 mil pessoas obtêm o seu diploma de ensino superior, com particular
relevo para as área das Ciências Empresarias e Sócias, da Saúde, e das Engenharias, responsáveis
por mais de 50% desses diplomados. É também na região de Lisboa que se concentra mais de
50% da despesa total em I&D do país e onde as empresas mais despendem em I&D, quando
comparado com o total nacional.

Direção Municipal de Economia e Inovação | Divisão de Estudos e Prospectiva 21


A Economia de Lisboa em Números 2014

5.1 Diplomados no ensino superior por área de estudo 5.2 Diplomados no ensino superior por área de estudo

Ciências Empresariais 6960

Lisboa Região Lisboa Região/País Saúde 4701

34.658 36,8% Ciências Sociais e do


3988
Comportamento
Fonte: INE, I.P., Anuário Estatístico, Ano: 2011 / 2012
Engenharia e Técnicas Afins 3594
Formação de
Professores/formadores 3073
5.3 Indicadores no ensino superior e Ciências da Educação

Arquitetura e Construção 1785


Lisboa Lisboa
Lisboa Cidade Lisboa Região Cidade/País Região/País
Artes 1694
Estabelecimentos de ensino
70 96 23,5% 32,2% Direito 1618
Alunos matriculados
Ciências da Vida 1089
114.770 139.761 31% 37,7%
Pessoal docente* Humanidades 1050

11.014 13.978 31,1% 39,4%


Serviços Pessoais 906

Fonte: INE, I.P., Anuário Estatístico, Ano: 2012 / 2013 * Dados provisórios
Informação e Jornalismo 814

5.4 Estudantes Erasmus recebidos Ciências Físicas 595

3.130 3.207 41% 42% Serviços de Segurança 468

Lisboa Lisboa
Serviços Sociais 467
Lisboa Cidade Lisboa Região Cidade/País Cidade/País
Fonte: Agência Nacional PROVALV, Ano: 2010 / 2011
Informática 446

5.5 Evolução dos estudantes Erasmus recebidos Proteção do Ambiente 435

3.250 Matemática e Estatística 277


N.º 3.130

Indústrias Transformadoras 262

Agricultura,
2.625 198
Sivicultura e Pescas

Ciências Veterinárias 151

Serviços de Transporte 87
2.000
2007/2008 2008/2009 2009/2010 2010/2011
Fonte: Agência Nacional PROALV Fonte: Ministério da Educação e Ciência - GPEARI, Ano: 2011 / 2012

22 Direção Municipal de Economia e Inovação | Divisão de Estudos e Prospectiva


A Economia de Lisboa em Números 2014

5.6 Indicadores de I&D 5.7 Despesa total em I&D

Lisboa Região Portugal

Despesa em I&D no PIB 2,1% 1,5% Lisboa Região


(milhares €) 1.330,4
Pessoal em I&D
na população activa 17,7‰ 10‰ Portugal
(milhares €) 2.606,1
Investigadores (ETI)
em I&D na população activa 1,6% 0,9% Lisboa Região/País 51%
Fonte: INE, I.P., Anuário Estatístico, Ano: 2011 Fonte: INE, I.P., Anuário Estatístico, Ano: 2011

5.8 Repartição da despesa total em I&D, 5.9 Repartição da despesa total em I&D,
por sector de execução por fonte de financiamento

9% 2% 4%
Instituições privadas Instituições privadas Estrangeiro
sem fins lucrativos sem fins lucrativos

6%
Ensino
Superior

31% LISBOA 51% LISBOA 51%


REGIÃO
Ensino Empresas
REGIÃO
Empresas
Superior

37%
Estado

9%
Estado

8% 6%
2% Estrangeiro
Instituições privadas Instituições privadas
sem fins lucrativos sem fins lucrativos

6%
Ensino
Superior

38% 47%
Ensino
Superior
PORTUGAL Empresas
PORTUGAL
44%
Empresas

42%
Estado

7%
Estado
Fonte: INE, I.P., Anuário Estatístico, Ano: 2011 Fonte: INE, I.P., Anuário Estatístico, Ano: 2011

Direção Municipal de Economia e Inovação | Divisão de Estudos e Prospectiva 23


A Economia de Lisboa em Números 2014

5.10. Despesa em I&D em % do PIB, nas Regiões Europeias (NUTS II)

6
%

3
Lisboa
2,32

0
a*

ste a*
*
Vi *

Du *
*

Liu ris*

Br res*
Br te

Va o
lo

Lo ia

va
a

ga
in

ste
He lmo

da n

Bu sia
fia
a

a
m

ão

La ius
Es ena

xe las
rid
ag
ui

let
Am om
ag

ian

bo

rg
li

v
Os

bl

s
rli

sla

Ri
Ta

So
Pa

rd

co
rsó
e
pe

ln

re
nq

bu

nd
ad
Pr
nh

Va
Lis
co

Be

ux
bl

Vi
ati

ca
Ni
lsí

m
M
pe

to

Bu
Co

Lu

Fonte: Equipa de projecto DMEI/DEP a partir de dados do Eurostat - Ano: 2010; Região NUTS II *2009 - Berna (Suiça), Atena (Grécia)
Legenda: Valor da capital - dado pelo indicador da região onde se insere Dados indisponíveis

24 Direção Municipal de Economia e Inovação | Divisão de Estudos e Prospectiva


A Economia de Lisboa em Números 2014

5.11. Mapa Europeu Regional Innovation Scoreboard 2012

Fonte: European Comission, Regional Innovation Scoreboard 2012, Ano: 2011

Innovation Leader Innovation Follower Moderate Innovator Modest Innovator


Amsterdão (NL) Atenas (GR) Bratislava (SK) Bucareste (RO)
Berlim (DE) Dublin (IE) Budapeste (HU) Riga (LV)
Berna (CH) Liubliana (SI) La Valeta (MT) Sofia (BG)
Bruxelas (BE) Londres (UK) Varsóvia (PL) Vilnius (LT)
Copenhaga (DK) Luxemburgo (LU)
Estocolmo (SE) Madrid (ES)
Helsínquia (FI) Nicosia (CY)
Lisboa (PT) Oslo (NO)
Paris (FR) Roma (IT)
Praga (CZ) Talin (EE)
Viena (AT) Zagreb (HR)

Direção Municipal de Economia e Inovação | Divisão de Estudos e Prospectiva 25


A Economia de Lisboa em Números 2014

5.12. Mapa do conhecimento de Lisboa

Fonte: CML/DMEI - http://lxi.cm-lisboa.pt/lxi/

Lisboa

104 139.761 34.658 158 15.000


Instituições de Ensino Superior Estudantes no Ensino Superior Licenciados / ano Centros de I&D Investigadores

11 3 15 72 2,1%
Fundações ligadas
Espaços de Incubação e Parques de Ciência à Investigação e ao Residências
Aceleração de Empresas e Tecnologia Conhecimento de Estudantes PIB gasto em I&D
Fonte: CML/DMEI, Ano 2014

26 Direção Municipal de Economia e Inovação | Divisão de Estudos e Prospectiva


A Economia de Lisboa em Números 2014

06 UMA ECONOMIA ABERTA AO MUNDO


Cidade capital, com vários portos na sua área de influência, Lisboa é de há muito
considerada uma plataforma privilegiada de comércio entre os diferentes continentes.
Permite o fácil acesso a 500 milhões de consumidores europeus, graças a uma moderna
e completa rede de auto estradas, ferrovias e outras infra-estruturas de transporte e
logística.

Lisboa tem uma posição geoestratégica de excelência e fortes relações económicas e


empresariais com os sete países de língua oficial portuguesa o que a torna localização
ideal para as empresas que pretendem exportar ou investir nesses mercados.
O peso do comércio internacional tem vindo a acentuar-se na região, que se apresenta
como origem de 1/3 das exportações do país e destino de mais de metade das
importações do país. Em termos evolutivos assumem particular relevo as exportações,
que em 2012 apresentaram um crescimento de mais de 30% face aos valores registados
em 2008.

Direção Municipal de Economia e Inovação | Divisão de Estudos e Prospectiva 27


A Economia de Lisboa em Números 2014

6.1 Transportes
6.1.1 Indicadores Aéreos

Lisboa Lisboa/País (%)

140.909 54,7%
Voos Voos

15.301.176 54,2%
Passageiros Passageiros

90.281,9 68,2%
Carga (ton.) Carga (ton.)

Fonte: ANA, Aeroporto Nacional, SA, Ano: 2012

6.1.2 Evolução de passageiros transportados em navios 6.1.3 Evolução navios entrados


550.000 3.500
N.º N.º
522.604

475.000 3.000

2.641

400.000 2.500
2009 2010 2011 2012 2009 2010 2011 2012
Fonte: Porto de Lisboa Fonte: Porto de Lisboa

28 Direção Municipal de Economia e Inovação | Divisão de Estudos e Prospectiva


A Economia de Lisboa em Números 2014

6.1.4 Evolução de mercadorias transportadas em navios 6.1.5 Rodoviário - Carris (evolução de passageiros)

6.000.000 300
ton. milhões
Passageiros

5.000.000 225

4.911.305

182,7

4.000.000 150
2009 2010 2011 2012 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012
Fonte: Porto de Lisboa LISBOA Fonte: Equipa de projecto DMEI a partir de dados da Carris. Transportes de Lisboa

6.1.6 Subterrâneo - Metroplitano de Lisboa - Evolução de passageiros


200
milhões
passageiros

154
LISBOA

110

20
1966
1967
1968
1969
1970
1971
1972
1973
1974
1975
1976
1977
1978
1979
1980
1981
1982
1983
1984
1985
1986
1987
1988
1989
1990
1991
1992
1993
1994
1995
1996
1997
1998
1999
2000
2001
2002
2003
2004
2005
2006
2007
2008
2009
2010
2011
2012
Fonte: Equipa de projecto DMEI/DEP a partir de dados do Metropolitano de Lisboa

Direção Municipal de Economia e Inovação | Divisão de Estudos e Prospectiva 29


A Economia de Lisboa em Números 2014

6.2 Comércio Internacional


6.2.1 Indicadores económicos

Lisboa Cidade (milhões €) Lisboa Região (milhões €) Peso da Região no País

6.505,2 15.215,6 33,6%


Exportações Exportações Exportações

17.814,7 32.393,8 57,7%


Importações Importações Importações
Fonte: INE, I.P., Anuário Estatístico, Ano: 2012* Dados provisórios

6.2.2 Evolução das Exportações na Região de Lisboa 6.2.3 Evolução das Importações na Região de Lisboa
16.000 40.000
milhões € 15.216 milhões €

11.500 32.500
32.394

7.000 25.000
2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012* 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012*
LISBOA Fonte: INE, I.P., Estatísticas do Comércio Internacional de Bens LISBOA Fonte: INE, I.P., Estatísticas do Comércio Internacional de Bens
Legenda: *Dados provisórios Legenda: *Dados provisórios

6.2.4 Exportações 6.2.5 Importações

45% 59% 45% 62%

LISBOA LISBOA LISBOA LISBOA


CIDADE REGIÃO CIDADE REGIÃO

55% 41% 55% 38%

Comércio extracomunitário Comércio Intracomunitário Comércio extracomunitário Comércio Intracomunitário

Fonte: INE, I.P.,Anuário Estatístico, Ano: 2012 Fonte: INE, I.P.,Anuário Estatístico, Ano: 2012
Dados provisórios Dados provisórios

30 Direção Municipal de Economia e Inovação | Divisão de Estudos e Prospectiva


A Economia de Lisboa em Números 2014

6.2.6 Países com maior intensidade de transacção com a Região de Lisboa

Exportações
Países UE27 Países extracomunitários
Reino Países
Espanha Alemanha França Unido Baixos Italia Bélgica Angola Cabo Verde Moçambique

29,39% 21,44% 12,21% 7,72% 7,59% 4,41% 3,22% 83,29% 6,47% 5,68%

Importações
Países UE27 Países extracomunitários
Países Reino
Espanha Alemanha França Baixos Unido Italia Bélgica Angola Moçambique Cabo Verde

42,04% 16,57% 9,54% 6,54% 5,29% 5,46% 3,74% 99,35% 0,5% 0,13%
Fonte: INE, I.P., Anuário Estatístico, Ano: 2012, dados provisórios

6.2.7 Exportações de Lisboa Região 6.2.8 Importações de Lisboa Região

8% 0,06% 9% 0,03%
11%
17%

23%
28% 18%
10%

Exportações Importações

11%
9%

23% 33%

Produtos alimentares e bebidas Combustíveis e lubrificantes Material de transporte Bens não especificados
e acessórios noutras categorias
Fornecimentos industriais Máquinas, outros bens de capital
Bens de consumo não especificados
não especificados noutras categorias (exceto material de transporte)
noutras categorias
e seus acessórios

Fonte: INE, I.P.,Anuário Estatístico, Ano: 2012


Dados provisórios

Direção Municipal de Economia e Inovação | Divisão de Estudos e Prospectiva 31


A Economia de Lisboa em Números 2014

32 Direção Municipal de Economia e Inovação | Divisão de Estudos e Prospectiva


A Economia de Lisboa em Números 2014

07 UMA REFERÊNCIA TURÍSTICA E DE EVENTOS


Lisboa recebe mais de 4 milhões de hóspedes por ano, sendo que mais de metade
destes provêm de mercados externos, com particular relevo para Espanha, Brasil,
França, Alemanha, Reino Unido e Irlanda. Lisboa é um destino de Congressos de relevo
internacional, com presença constante nos principais rankings internacionais e é uma
capital cheia de dinamismo e eventos todo o ano.

Direção Municipal de Economia e Inovação | Divisão de Estudos e Prospectiva 33


A Economia de Lisboa em Números 2014

7.1 Turismo
7.1.1 Dormidas e hóspedes nos estabelecimentos hoteleiros 7.1.2 Dormidas na Região de Lisboa

Lisboa Cidade Lisboa Região Lisboa Cidade / País Lisboa Região / País 26%
Mercado
Interno
2.949.579 4.115.832 21,3% 29,7%
Hóspedes Hóspedes

6.789.166 9.439.853 17,1% 23,8%


Dormidas Dormidas 74%
Mercados
Externos
Fonte: INE, I.P. Anuário Estatístico, Ano: 2012

7.1.3 Evolução do nº de dormidas na Região de Lisboa 7.1.4 Ocupação dos Quartos de Hotel
10.000.000
9.439.853
Hóteis 71,5% 56,8%
***

8.000.000 Hóteis 67,8% 60,7%


****

Hóteis 55,5% 54,3%


***** 65,4% 58,4%
Síntese Lisboa Cidade Síntese Lisboa Região
6.000.000
Lisboa Cidade Lisboa Região
2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012
LISBOA LISBOA
Fonte: INE, I.P. Anuário Estatístico, Ano. 2012 Fonte: INE, I.P. Anuário Estatístico (acumulado de Jan a Dez de 2012)

7.1.5 Evolução dos mercados - dormidas em Lisboa 7.1.6 Preço médio por quatro disponível - (REVPAR)

Lisboa Região Variação Síntese


Espanha 1.072.105 -10,1% Lisboa Cidade
Alemanha 597.487 13,4% Preço médio 35,16 41,9 67,3 46,94
Reino Unido 471.436 7,9% -2,5% -9,4% -8,7% -8,1%
Itália 435.641 -1,3% Variação %/€
-0,88€ -4,33€ -6,44€ -4,14€
França 674.598 15,6%

Holanda 285.653 24,9% Lisboa Região

Escandinávia 386.402 12% Preço médio 27,72 36,15 68,24 40,83


EUA 409.636 12,6%
-7,1% -8,6% -6% -7,3%
Brasil 727.199 13,5% Variação %/€

Rússia 214.735 40,7% -2,11€ -3,42€ -4,37€ -3,20€

Fonte: Turismo de Lisboa, Observatório do Turismo de Lisboa Fonte: Turismo de Lisboa, Observatório do Turismo de Lisboa
(acumulado Janeiro a Dezembro de 2012) (acumulado Janeiro a Dezembro de 2012)

34 Direção Municipal de Economia e Inovação | Divisão de Estudos e Prospectiva


A Economia de Lisboa em Números 2014

7.2 Congressos
Ranking Mundial de cidades por n.º de reuniões Internacionais

Cidade Viena París Berlim Madrid Barcelona Londres Singapura Copenhaga Istambul Amesterdão

N.º de Reuniões 195 181 172 164 154 150 150 137 128 122

Buenos
Cidade Praga Estocolmo Beijing Bruxelas Lisboa Banguecoque Helsínquia Seul Aires Budapeste

N.º de Reuniões 112 110 109 107 106 105 100 100 99 98

Hong Rio de
Cidade Roma Dublim Kong Sidney Janeiro Taipei Munique São Paulo Oslo Zurique

N.º de Reuniões 98 97 96 86 83 80 78 77 74 70
Fonte: ICCA, Country an City ranking measured by number of meetings organised in 2012

7.3 Eventos

Direção Municipal de Economia e Inovação | Divisão de Estudos e Prospectiva 35


A Economia de Lisboa em Números 2014

36 Direção Municipal de Economia e Inovação | Divisão de Estudos e Prospectiva


A Economia de Lisboa em Números 2014

08 POSICIONAMENTO INTERNACIONAL DE LISBOA


Lisboa é também uma cidade com crescente presença nos rankings internacionais de
visibilidade global, comprovando a sua presença e visibilidade como cidade atlântica de
características únicas, para estudar, viver, trabalhar e investir.

Direção Municipal de Economia e Inovação | Divisão de Estudos e Prospectiva 37


A Economia de Lisboa em Números 2014

PRICES AND EARNINGS (2012)


Lisboa revela-se competitiva ao nível do custo de mão-de-obra, com um nível de salário bruto da
ordem dos 40,0 (NY=100), valores que em Dublin se cifram em 77.7, Madrid 57.0 e Barcelona 59.6.

QUALITY OF LIVING WORLDWIDE CITY RAKINGS 2011


Lisboa integra o top 50 das cidades com melhor qualidade de vida (situando-se na 41.ª posição, a
seguir a Barcelona 40ª e Londres 38ª). Lisboa surge também no top das 50 cidades no que respeita
a segurança pessoal.

2012 URBANISM AWARDS


Lisboa foi eleita cidade europeia do ano 2012, distinção que se baseia em critérios como governân-
cia, sucesso e viabilidade comercial, sustentabilidade social e ambiental e funcionalidade.

FT FDI: EUROPEAN CITIES AND REGIONS OF THE FUTURE 2012-13


Lisboa surge em posição de destaque nas cidades do sul da Europa e no que concerne à estratégia da
captação de investimento directo estrangeiro.

EUROPEAN CITIES MONITOR, 2011


Lisboa ocupa a posição de destaque em parâmetros como: Disponibilidade de espaço para escritóri-
os; Preço por m2 de área de escritórios; Custo de mão-de-obra.

THE GLOBAL COMPETITIVENCES REPORT 2011 - 2012


Portugal ocupa lugar em tópicos como: Qualidade das infra-estruturas várias e Qualidade global das
infra-estruturas; Tempo necessário para iniciar um negócio.

GLOBAL BENCHMARK REPORT 2011


Portugal ocupa 1.º lugar do raking na percentagem de diplomas nas áreas da engenharia, ciências da
vida, física, matemática/estatística e informática, saúde e bem-estar.
Portugal ocupa posição de destaque: Carga fiscal sobre as empresas; Abertura cultural.

CORRUPTION PERCEPTION INDEX 2011


Portugal ocupa a 32.ª posição (entre paises em todo o mundo) enquanto a Nova Zelândia
ocupa a 1.ª posição, Espanha a 31.ª, Polónia a 41.ª, Hungria a 54.ª e Itália a 69.ª.

DOING BUSINESS 2012


Portugal ocupa a 30.ª posição, com alterações relevantes em parâmetros como a facilidade de iniciar
um negócio e obter licenças de construção.

38 Direção Municipal de Economia e Inovação | Divisão de Estudos e Prospectiva


A Economia de Lisboa em Números 2014

A melhor cidade para localizar um negócio

Localização Rank 2011


Londres 1
Paris 2
Frankfurt 3
Amesterdão 4
Berlim 5
Barcelona 6
Madrid 7
Bruxelas 8
Munique 9
Zurique 10
Geneva 11
Milão 12
Estocolmo 13
Dusseldorf 14
Hamburgo 15
Manchester 16
Lisboa 17 Factores essenciais para localizar um negócio
Birmingham 18
Lyon 19 Factor Lisboa
Dublin 20 Facilidade de acesso aos mercados 29
Varsóvia 21
Disponibilidade de pessoal qualificado 31
Istambul 22
Viena 23 Qualidade das telecomunicações 31

Copenhaga 24 Infraestruturas de acesso


31
Praga 25 a outras cidades nacionais/internacionais
Helsínquia 26 Valor dos espaços de escritório 6
Bucareste 27
Custo com o pessoal 4
Leeds 28
Disponibilidade de espaços para escritório 12
Budapeste 29
Glasgow 30 Clima político-económico
23
Edimburgo 31 para a criação de novos negócios

Bratislava 32 Multilinguismo 30
Moscovo 33 Mobilidade dentro da cidade 26
Oslo 34
Qualidade de vida para os empregados 17
Roma 35
Atenas 36 Cidades com menor poluição 11
Fonte: ECM, Cushman & Wakefield, European Cities Monitor, 2011 Fonte: ECM, Cushman & Wakefield, European Cities Monitor, 2011

Direção Municipal de Economia e Inovação | Divisão de Estudos e Prospectiva 39