Você está na página 1de 18

Vias Urbanas e Sarjetas

Cesar Augusto Pompêo


Universidade Federal de Santa Catarina
Vias Urbanas

z funções na malha urbana


z tipo de tráfego
z sinalização
z velocidades limites
z característica de drenagem
Características principais
Tipo Secundária Principal Avenida Expressa
função tráfego local coletar e trânsito rápido limitação de
distribuir o e desimpedido fluxos no
tráfego através da perímetro
cidade urbano
faixas de duas duas a quatro quatro a seis quatro a seis
trânsito faixas faixas
estacionamento sim nem sempre não é acostamento
permitido sinalizado
sinalização placas placas e placas e placas
semáforos semáforos
velocidade 30 a 40 40 a 60 Km/h 60 Km/h 80 Km/h
máxima Km/h
inundação até a crista preservar uma preservar uma nenhuma ou
máxima da rua faixa de faixa de somente na
trânsito trânsito em largura da
cada direção sarjeta
Dimensões mínimas

Tipos de veículos Faixa elementar [m]


estacionamento trânsito
leves 2,50 3,00
caminhões e ônibus com 3,00 3,50
velocidade controlada
caminhões e ônibus para 3,00 3,75
tráfego intenso e velocidade
livre
Fonte: PUPPI (1981)
Funções da sarjeta

z Evitar inundação do pavimento;


z Escoar águas de chuva do pavimento
das vias públicas e descargas de
coletores pluviais das edificações;

z Possibilitar que o escoamento seja


direcionado à boca de lobo.
Capacidade de descarga em sarjetas

z Segurança de pedestres e veículos;


z Relação com inundações máximas nos
pavimentos das vias;

z Orientação para necessidade de


colocação de pontos de captação do
escoamento em bocas de lobo.
Esquema de uma sarjeta
L
W

h y1 θ1 1
y0 θ0 z1 = tgθ1
1
z0 = tgθ0

W: largura da sarjeta
L: largura do escoamento
y0: lâmina d’água
h: altura do meio-fio
z0: declividade transversal da sarjeta
z1: declividade transversal do pavimento
Dimensões Padrão para Sarjetas

Profundidade máxima H = 15 cm
Lâmina d'água máxima maximorum y = 15 cm
Lâmina d'água máxima para evitar
transbordamento y0= 13 cm
Largura W = 60 cm
Declividade mínima I = 0,004 m/m
Velocidade mínima do escoamento vmin = 0,75 m/s
Velocidade máxima do escoamento vmax = 3,50 m/s
Escoamento em uma sarjeta

z Como é na realidade
– não permanente (δv / δt ≠ 0)
– variado (δv / δs ≠ 0)

z Como é calculado
– permanente (δv / δt = 0)
– uniforme (δv / δs = 0)

z O que isto significa ?


– conceitualmente
– prática
Fórmula de Izzard

z Para sarjeta simples (z0 = z1)

z Aplicação da fórmula de Manning


desprezando o atrito na face vertical da
sarjeta (meio-fio)

z Em outras palavras, fazendo Rh = y


Fórmula de Izzard
W0 = y0 tgθ0

1
y0
θ0 z = tgθ0

3/ 4
⎛z⎞ ⎛ I ⎞ 1/ 4
⎛ Q0 ⎞
Q0 = 0.375y 0
8/3
⎜ ⎟ I ou V0 = 0.958⎜⎜ ⎟
⎟ ⎜ ⎟
⎝n⎠ ⎝ n ⎠ ⎝ z ⎠

Unidades: Q0 [m3/s] V0 [m/s] I [m/m] y0 [m]


W
Q0
θ1 1
y0 θ0 z1 = tgθ1
1
z0 = tgθ0
Seção composta
Q1
Q0 = Q1 - Q2 + Q3
y0 θ0
1
z0 = tgθ0
Q2
y1 θ0 1
z0 = tgθ0
Q3
y1 θ1 1
z1 = tgθ1
Fator de Redução

z Reduz o valor da capacidade de


descarga

zSarjetas de baixa declividade


→ obstrução por sedimentação

zSarjetas de alta declividade


→ velocidades elevadas e riscos aos
pedestres
Fator de Redução

z declividade I < 0,4% → FR = 0,5

z 0,6% < I < 2% → FR = 0,8

z outras declividades
→ FR dependerá do tipo de via e de sua
relação com outras vias
Fator de redução
1,0
i = 0,6 %
FR=0,8
0,9

0,8

0,7
Fator de Redução, FR

0,6

0,5
i = 0,4 %
FR=0,5
0,4

0,3
Abaixo da declividade
0,2 mínima admissível da
sarjeta
0,1

0,0
0 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14
Declividade da Sarjeta [%]
Planilhas de cálculo

z Dados de entrada
– características das vias públicas
– características das sarjetas

z Resultados
– capacidades de descarga das sarjetas
– velocidades de escoamento
– tempos de percurso nos trechos
Dados de entrada

z nome da via
z trecho
z cotas de montante e de jusante no trecho
z comprimento do trecho
z declividade da sarjeta no trecho
z declividade transversal da sarjeta e da via
z coeficiente de rugosidade de Manning da sarjeta e da
via
z largura da sarjeta e da via
z tipo de via pública
Cálculos e resultados

z lâmina d'água máxima na sarjeta


z vazão total na seção (simples ou composta)
z área da seção de escoamento
z velocidade média do escoamento na sarjeta
z tempo de percurso no trecho
z fator de redução
z capacidade admissível no trecho