Você está na página 1de 13

SECRETARIA DA SEGURANÇA PÚBLICA E JUSTIÇA

CORPO DE BOMBEIROS MILITAR


COMANDO DE ENSINO BOMBEIRO MILITAR

Edital n. 20/2013 – CEBM


Curso de Especialização em Salvamento em Altura (CSALT)

1. Finalidade do Edital:
Orientar e definir o planejamento e a conduta nas atividades do Curso de
Especialização em Salvamento em Altura (CSALT) face às diretrizes do Comando
do Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Goiás.

2. Objetivos do curso:
2.1 Especializar bombeiros militares nas atividades de salvamento em altura e
capacitá-los para desempenhar operações de resgate e retirada de vítimas de locais
elevados;
2.2 Desenvolver e divulgar a doutrina da Corporação formando bombeiros
multiplicadores do conhecimento;
2.3 Elevar o nível técnico-profissional dos militares resultando na melhoria do serviço
prestado à comunidade;
2.4 Efetuar trocas de experiências de ensinamentos de outros estados da
Federação;
2.5 Suprir a falta de demanda de militares com essa especialidade no âmbito da
Corporação.

3. Referências:
Normas reguladoras dos cursos de habilitação, aperfeiçoamento, formação e
especialização do CBMGO (NORCAFE), de 12 de maio de 2009, publicada no BG
92/2009.

4. Coordenação do curso:
4.1 O Comando do 1º BBM deverá, até o dia 12/08/13, designar através de portaria
o Coordenador do curso e a comissão para aplicação do TAF. A Coordenação do
curso deverá encaminhar ao CEBM, até o dia 19/08/2013, a relação de todos os

____________________________________________________________________________________________________________
Comando de Operações de Ensino Bombeiro Militar – ensino@bombeiros.go.gov.br
Rua 16-B com Rua 29-A, Setor Aeroporto, Goiânia-GO, CEP 74.075-455. Telefone/Fax 3201-2193 / 3201-2182

O documento encontra-se arquivado na Seção de Planejamento de Ensino.

DPG/SPE/Edital n. 20
Pág. 2

instrutores por disciplina, conforme grade curricular, com nível de escolaridade e


carga horária.

5. Do curso:
5.1 O curso será destinado a militares do Corpo de Bombeiros Militar do Estado de
Goiás;
5.2 Será realizado no 1º Batalhão Bombeiros Militar (1º BBM), no período de 26 de
agosto de 2013 a 23 de outubro de 2013, com carga horária de 355 horas;
5.3 O curso terá 10 (dez) horas-aulas por dia; e, conforme a necessidade o horário
da instrução poderá ser estendido, a critério do instrutor, em comum acordo com o
Coordenador do Curso;

6. Das vagas:
6.1 Serão disponibilizadas 30 vagas para oficiais subalternos ou intermediários e
praças do CBMGO e militares de outras instituições de acordo com o quadro abaixo:
Comando Regional VAGAS
1º CRBM 5
2º CRBM 5
3º CRBM 5
4º CRBM 5
Outras OBM do CBMGO 2
Oficiais subalternos ou intermediários 3
Outras instituições 5
TOTAL 30

6.2 Os CRBMs poderão encaminhar um número maior de candidatos da que o


estabelecido no item 6.1, sendo que as vagas serão preenchidas pelos militares que
obtiverem as maiores notas no TAF em ordem decrescente, somados com a
pontuação do teste de conhecimento profissional, obrigatoriamente obedecendo ao
critério de seleção do presente edital;
6.3 Os oficiais subalternos, independente de OBM, concorrerão às vagas destinadas
conforme quadro acima.

7. Das inscrições:
7.1 Ficam estabelecidas as condições a seguir dispostas para a inscrição no curso:
____________________________________________________________________________________________________________
Comando de Ensino Bombeiro Militar – ensino@bombeiros.go.gov.br
Rua 16-B com Rua 29-A, Setor Aeroporto, Goiânia-GO, CEP 74.075-455. Telefone/Fax 3201-2193 / 3201-2182

O documento encontra-se arquivado na Seção de Planejamento de Ensino.

DPG/SPE/Edital n. 20
Pág. 3

a) Possuir parecer favorável de seu Comandante;


b) Ser oficial subalterno/ intermediário ou praça da ativa do CBMGO;
c) Se praça, estar classificado (a) no mínimo no comportamento “BOM” na data da
inscrição;
e) Estar apto (a), mediante avaliação médica da JBMCS, para fins de realização do
teste de aptidão física e do curso;
f) Atender as exigências constantes neste Edital.
7.2 Os (as) militares que não atenderem quaisquer das condições acima terão a
inscrição anulada e serão automaticamente inabilitados para realizar a referida
seleção;
7.3 É vedada a inscrição condicional ou extemporânea;
7.4 A qualquer tempo poder-se-á anular a inscrição do (a) candidato (a), desde que
verificadas falsidades de documentos ou irregularidades na realização de qualquer
etapa/fase da seleção.

8. Da seleção:
8.1 A seleção, de caráter classificatório e eliminatório, constará de Teste de Aptidão
Física (TAF) e um teste de conhecimentos profissionais (nós e amarrações) a ser
aplicado pela comissão nomeada pelo Comandante do 1º BBM, conforme calendário
de eventos;
8.2 Os CRBMs poderão enviar a quantidade de candidatos (as) que desejar para
concorrer às vagas, contudo observar-se-á o número máximo de vagas
disponibilizadas conforme quadro de distribuição (item 6.1);
8.3 Para as outras OBM as vagas serão preenchidas pelos candidatos (as) que
obtiverem o maior resultado classificatório final e caso as vagas não sejam
preenchidas serão redistribuídas;
8.4 Caso as vagas destinadas a oficiais subalternos e as destinadas a outras
instituições não sejam preenchidas, as mesmas serão remanejadas para as praças
que obtiverem o maior resultado classificatório final, depois de obedecidos os
números de vagas disponibilizados para cada CRBM;
8.5 Caso os CRBMs não preencham todas as vagas que lhe foram destinadas,
serão redistribuídas entre os candidatos (as) que obtiverem o maior resultado
____________________________________________________________________________________________________________
Comando de Ensino Bombeiro Militar – ensino@bombeiros.go.gov.br
Rua 16-B com Rua 29-A, Setor Aeroporto, Goiânia-GO, CEP 74.075-455. Telefone/Fax 3201-2193 / 3201-2182

O documento encontra-se arquivado na Seção de Planejamento de Ensino.

DPG/SPE/Edital n. 20
Pág. 4

classificatório final, depois de obedecidos aos números de vagas disponibilizados


para cada CRBM;
8.6 Havendo empate na nota final do (a) candidato (a) o primeiro critério de
desempate será o maior número de flexão de membros superiores (braços) na barra
fixa a ser realizado pelos candidatos (as), sendo o segundo critério de desempate o
(a) militar mais antigo (a);
8.7 Os militares que realizarem destrancamento de matrícula deverão realizar o TAF
novamente.
8.8 O Teste de Aptidão Física constará das provas: Corrida de 12 minutos, flexão de
membros superiores (braços) na barra fixa, flexão abdominal, flexão de membros
superiores (braços) sobre o solo e flexão de membros superiores (braços) na barra
fixa com giro de 360º (oitava);
8.8.1 Corrida de 12 minutos
PONTUAÇÃO MASCULINO PONTUAÇÃO FEMININO
5,0 2100 a 2199 metros 5,0 1800 a 1899 metros
5,5 2200 a 2299 metros 5,5 1900 a 1999 metros
6,0 2300 a 2399 metros 6,0 2000 a 2099 metros
6,5 2400 a 2499 metros 6,5 2100 a 2199 metros
7,0 2500 a 2599 metros 7,0 2200 a 2299 metros
7,5 2600 a 2699 metros 7,5 2300 a 2399 metros
8,0 2700 a 2799 metros 8,0 2400 a 2499 metros
8,5 2800 a 2899 metros 8,5 2500 a 2599 metros
9,0 2900 a 2999 metros 9,0 2600 a 2699 metros
9,5 3000 a 3099 metros 9,5 2700 a 2799 metros
10,0 No mínimo 3100 metros 10,0 No mínimo 2800 metros
8.8.1.1 O (a) candidato (a) deverá correr até o tempo limite de 12 minutos, o
percurso máximo possível em pista ou circuito de piso regular e plano;
8.8.1.2 Serão dados 3 sinais sonoros: o primeiro apito sinalizará o início da prova, o
segundo será dado aos 11 minutos indicando a proximidade do término da prova, e
o terceiro apito, aos 12 minutos sinalizará o término da prova;
8.8.1.3 Admite-se a execução de trechos em qualquer ritmo, podendo até mesmo
parar e depois prosseguir;
8.8.1.4 Não é permitido, ao (a) candidato (a), deslocar-se em qualquer tempo no
sentido contrário;
8.8.1.5 Não é permitido dar ou receber qualquer tipo de ajuda física (puxar, empurrar
etc);
____________________________________________________________________________________________________________
Comando de Ensino Bombeiro Militar – ensino@bombeiros.go.gov.br
Rua 16-B com Rua 29-A, Setor Aeroporto, Goiânia-GO, CEP 74.075-455. Telefone/Fax 3201-2193 / 3201-2182

O documento encontra-se arquivado na Seção de Planejamento de Ensino.

DPG/SPE/Edital n. 20
Pág. 5

8.8.1.6 Após o sinal que representará o término da prova os (as) candidatos (as)
deverão caminhar no sentido perpendicular à pista, não sendo permitido qualquer
deslocamento que possa aumentar ou diminuir a distância percorrida, sob pena de
desclassificação;
8.8.1.7 O uniforme para a realização deste teste será o 5º A.

8.8.2 Flexão de braço na barra fixa


PONTUAÇÃO MASCULINO E FEMININO
5,0 6
6,0 7
7,0 8
8,0 9
9,0 10
10,0 11
8.8.2.1 Empunhar a barra com as mãos na posição de pronação;
8.8.2.2 A distância entre as mãos deverá corresponder à largura da cintura
escapular;
8.8.2.3 Os cotovelos deverão estar totalmente estendidos;
8.8.2.4 Executar sucessivas flexões e extensões completas dos cotovelos;
8.8.2.5 O militar deverá ultrapassar o queixo da borda superior da barra, sem apoiá-
lo;
8.8.2.6 O militar não poderá tocar com os membros inferiores qualquer parte dos
suportes laterais da barra ou no solo;
8.8.2.7 Os membros inferiores deverão permanecer cruzados ou paralelos e não
poderá servir de alavanca para o exercício, não sendo permitido qualquer balanceio
do corpo;
8.8.2.8 Não há limites de tempo para a realização do exercício;
8.8.2.9 Não será permitida a utilização de qualquer objeto para a realização do teste,
tais como luvas, espumas, ou qualquer outro objeto que venha a facilitar a
empunhadura na barra;
8.8.2.10 Se o militar, depois de dependurar na barra e antes de qualquer tentativa de
executar a flexão, quiser enxugar a barra ou as mãos para melhor firmá-las, poderá
fazê-lo sem prejuízo para o exercício;

____________________________________________________________________________________________________________
Comando de Ensino Bombeiro Militar – ensino@bombeiros.go.gov.br
Rua 16-B com Rua 29-A, Setor Aeroporto, Goiânia-GO, CEP 74.075-455. Telefone/Fax 3201-2193 / 3201-2182

O documento encontra-se arquivado na Seção de Planejamento de Ensino.

DPG/SPE/Edital n. 20
Pág. 6

8.8.2.11 No caso de execução do exercício que não seja conforme os parâmetros


acima, a repetição não será computada;
8.8.2.12 A barra será diferenciada para as candidatas do sexo feminino, sendo
realizada com a ajuda de um objeto (cavalete) de forma que a perna da militar forme
um ângulo de 90° em relação ao corpo para a realização do exercício;
8.8.2.13 O candidato poderá realizar o número flexões de braços na barra fixa que
desejar, o qual poderá ser utilizado como critério de desempate com outros
candidatos;
8.8.2.14 O uniforme para a realização deste teste será o 5º A.

8.8.3 Flexão de braço sobre o solo


PONTUAÇÃO MASCULINO PONTUAÇÃO FEMININO
5,0 22 5,0 24
5,5 23 5,5 25
6,0 24 6,0 26
6,5 25 6,5 27
7,0 26 7,0 28
7,5 27 7,5 29
8,0 28 8,0 30
8,5 29 8,5 31
9,0 30 9,0 32
9,5 31 9,5 33
10,0 32 10,0 34
8.8.3.1 Apoio das mãos espalmadas de frente sobre o solo, cotovelos estendidos e
corpo ereto;
8.8.3.2 A distância entre as mãos deverá corresponder à largura da cintura
escapular;
8.8.3.3 Membros inferiores estendidos e com as pontas dos pés unidas, tocando o
solo;
8.8.3.4 Candidatos do sexo feminino deverão flexionar e estender os braços com
apoio frontal e apoiando os joelhos sobre o solo;
8.8.3.5 Executar sucessivas flexões e extensões dos cotovelos ininterruptamente;
8.8.3.6 Durante a realização, o militar deverá manter o quadril alinhado com o
restante do corpo;
8.8.3.7 Não há limite de tempo para a realização do exercício;

____________________________________________________________________________________________________________
Comando de Ensino Bombeiro Militar – ensino@bombeiros.go.gov.br
Rua 16-B com Rua 29-A, Setor Aeroporto, Goiânia-GO, CEP 74.075-455. Telefone/Fax 3201-2193 / 3201-2182

O documento encontra-se arquivado na Seção de Planejamento de Ensino.

DPG/SPE/Edital n. 20
Pág. 7

8.8.3.8 No caso de execução do exercício que não seja conforme os parâmetros


acima, a repetição não será computada;
8.8.3.9 A execução será a mesma para os candidatos do sexo masculino e feminino;
8.8.3.10 O uniforme para a realização deste teste será o 5º A.

8.8.4 Flexão abdominal


PONTUAÇÃO MASCULINO FEMININO
5,0 46 41
5,5 47 42
6,0 48 43
6,5 49 44
7,0 50 45
7,5 51 46
8,0 52 47
8,5 53 48
9,0 54 49
9,5 55 50
10 56 51
8.8.4.1 O (a) candidato (a) deverá executar sucessivas flexões abdominais.
8.8.4.2 A posição inicial será em decúbito dorsal, joelhos flexionados, braços
cruzados na altura do peito, de forma que a mão direita segure o ombro esquerdo e
a mão direita segure o ombro esquerdo, com apoio externo sobre o dorso dos pés.
8.8.4.3 O (a) candidato (a) realizará flexões abdominais estendendo os quadris de
maneira que os antebraços encostem-se às coxas e escápulas no solo.
8.8.4.4 O uniforme para a realização deste teste será o 5º A.

8.8.5 Flexão de membros superiores (braços) na barra fixa com giro de 360º (oitava).
PONTUAÇÃO MASCULINO FEMININO
Apto/Inapto 2 1
8.8.5.1 O (a) candidato (a) deverá executar flexão (ões) de braço na barra fixa
realizando um giro completo de 360º sobre a barra.
8.8.5.2 A posição inicial será com braços estendidos e pegada na barra em
pronação.
8.8.5.3 O (a) candidato (a) deverá realizar flexão (ões) de braços sucessiva (s) e
contar-se-ão apenas as que completarem o giro completo de 360º.
____________________________________________________________________________________________________________
Comando de Ensino Bombeiro Militar – ensino@bombeiros.go.gov.br
Rua 16-B com Rua 29-A, Setor Aeroporto, Goiânia-GO, CEP 74.075-455. Telefone/Fax 3201-2193 / 3201-2182

O documento encontra-se arquivado na Seção de Planejamento de Ensino.

DPG/SPE/Edital n. 20
Pág. 8

8.8.5.4 No caso de execução do exercício que não seja conforme os parâmetros


acima, a repetição não será computada.
8.8.5.5 O ritmo das flexão (ões) é opção do (a) candidato (a) e não há tempo limite
para a realização do exercício.

8.8.6 Resultado Classificatório Final (RCF)


8.8.6.1 O Resultado Classificatório Final (RCF) será obtido através de somatório da
pontuação obtida pelo (a) candidato (a) em todas as provas físicas e no teste de
conhecimentos profissionais, obedecidos os critérios de seleção. Em caso de
empate entre os candidatos será aprovado aquele que realizar o maior número de
flexões de braço na barra fixa. Permanecendo o empate a vaga será concedida ao
militar mais antigo.
8.8.6.2 O teste de conhecimentos profissionais constará da prova de nós e
amarrações, devendo cada candidato executar os seguintes nós: volta do fiel no
ponto fixo, azelha dupla no ponto fixo, oito duplo alçado, lais de guia no ponto fixo,
escota dobrada, cadeira japonesa, nó de correr dobrado, balso pelo seio, borboleta
no ponto fixo, volta da ribeira no ponto fixo.
TIPO DE NÓ PONTUAÇÃO TEMPO
Volta do fiel no ponto fixo 1 Tempo máximo de realização da
Azelha dupla no ponto fixo 1prova: 05 min. Finalizado este tempo a
Oito duplo alçado 1comissão pontuará os realizados.
Lais de guia no ponto fixo 1 O candidato realizando a prova em
Escota dobrada 1até 03 min. e acertando no mínimo a
Nó de correr dobrado 1confecção de 7 nós será somado 05
Balso pelo seio 1pontos ao total da prova.
Borboleta no ponto fixo 1 Para cada nó terá um cabo individual.
Volta da ribeira no ponto 1 Todos os nós deverão ter “cote” em
fixo sua finalização, com no mínimo uma
Cadeira japonesa 1 empunhadura.
Para fins de pontuação será
Total 10 considerado pela comissão apenas nó
“certo” ou “errado”.
A cronometragem oficial da prova será realizada pela comissão, ficando
facultado para fins de controle do tempo de prova pelo candidato portar relógio
pessoal.
A comissão iniciará a prova com um apito silvo breve, momento este em que
será dado o start no cronômetro oficial pela comissão, e será encerrado com um
____________________________________________________________________________________________________________
Comando de Ensino Bombeiro Militar – ensino@bombeiros.go.gov.br
Rua 16-B com Rua 29-A, Setor Aeroporto, Goiânia-GO, CEP 74.075-455. Telefone/Fax 3201-2193 / 3201-2182

O documento encontra-se arquivado na Seção de Planejamento de Ensino.

DPG/SPE/Edital n. 20
Pág. 9

silvo longo exatamente ao completar 05 (cinco) minutos de prova.


O CEBM divulgará o resultado do TAF e do teste de conhecimento
profissional no e-mail da Corporação, conforme calendário de eventos.

9. Dos exames complementares:


Os militares inscritos deverão estar com a avaliação médica periódica em
dia de acordo com a Portaria n. 30/2011-CG e realizarem os seguintes exames
complementares: eletroencefalograma, radiografia de coluna lombar AP e Perfil e
beta-HCG para indivíduos do sexo feminino.

10. Da eliminação do processo seletivo:


Será eliminado (a) o (a) candidato (a) que:
a) Fizer uso de meios fraudulentos para a realização de provas ou exames
durante o processo seletivo;
b) Não alcançar o índice mínimo em qualquer das provas realizadas ou for
considerado inapto (a);
c) Tiver sido condenado (a), por sentença transitada em julgado, pela
Justiça Militar ou Comum, pela prática de crime ou contravenção;
d) Ser considerado inapto para fins de curso pela JBMCS;
e) A inexatidão de informações, declarações falsas ou irregulares em
quaisquer documentos, ainda que verificada posteriormente, eliminará o (a)
candidato(a) da seleção, anulando-se todos os atos da inscrição ou matrícula, sem
prejuízo das demais medidas de ordem administrativa, cível ou criminal.

11. Do calendário de eventos:


DATAS ATIVIDADES LOCAL/HORÁRIO UNIFORME
Período de inscrição: envio de ofício aos CRBM /
08/07 a 23/07 -
respectivos CRBM’s solicitando a inscrição. Expediente
Encaminhamento das inscrições realizadas
24/07 CRBM’s
nos CRBM’s ao CEBM. -
Avaliação pela JBMCS. (Obs: de acordo
com o item 8 é necessário a realização de
25/07 a 13/08 exames complementares e deverão estar CSAU / Expediente -
com a avaliação médica periódica em dia de
acordo com a Portaria n. 30/2011-CG.)
15/08 Envio do CSAU ao CEBM dos militares CSAU -
____________________________________________________________________________________________________________
Comando de Ensino Bombeiro Militar – ensino@bombeiros.go.gov.br
Rua 16-B com Rua 29-A, Setor Aeroporto, Goiânia-GO, CEP 74.075-455. Telefone/Fax 3201-2193 / 3201-2182

O documento encontra-se arquivado na Seção de Planejamento de Ensino.

DPG/SPE/Edital n. 20
Pág. 10

aptos/inaptos para fins de TAF e realização


do curso.
Divulgação dos militares inscritos e aptos
16/08 CEBM
para TAF.
Apresentação para realização do TAF e do
20 e 21/08 1º BBM às 8h00 5º A
teste de conhecimentos.
Divulgação do resultado final do TAF e do
22/08 E-mail do CBMGO -
teste de conhecimentos.
Apresentação dos candidatos selecionados
26/08 1º BBM às 8h00 4º A
para início do curso
23/10 Término do curso 1º BBM -
Os (as) candidatos (as) deverão comparecer sempre 30 minutos antes do
horário de início da aplicação do TAF.

12. Da matrícula:
12.1 Serão matriculados no Curso de Especialização em Salvamento em Altura
todos os bombeiros militares indicados por seus respectivos comandantes, conforme
quadro de vagas;
12.2 Ser considerado apto(a), mediante avaliação médica, para fins de realização do
teste de aptidão física – TAF e do curso.
12.3 Os militares que não atenderem quaisquer das condições acima, no período
compreendido entre a inscrição e a matrícula no curso, terão a inscrição anulada e
serão automaticamente inabilitados para realizar a referida seleção;
12.4 Itens individuais em caráter obrigatórios para a apresentação no curso:
Cartão de vacinação atualizado (antitetânica, febre amarela e hepatite “B”);
Kit enxoval
- 01 Capacete com jugular cor amarela e lanterna de cabeça;
- 01 Cabo da vida de 6,5 metros (cor a ser definida pela coordenação);
- 02 Descensores tipo oito em duro alumínio;
- 02 Mosquetões assimétricos em duro alumínio;
- 02 Mosquetões simétricos tipo oval em duro alumínio ou aço;
- 01 Mosquetão assimétrico em aço;
- 01 par de luvas de rapel
Kit de higiene pessoal, primeiros socorros e escolar (kits a serem montados a
cargo do aluno).

____________________________________________________________________________________________________________
Comando de Ensino Bombeiro Militar – ensino@bombeiros.go.gov.br
Rua 16-B com Rua 29-A, Setor Aeroporto, Goiânia-GO, CEP 74.075-455. Telefone/Fax 3201-2193 / 3201-2182

O documento encontra-se arquivado na Seção de Planejamento de Ensino.

DPG/SPE/Edital n. 20
Pág. 11

13. Das verificações de aprendizagem:


13.1 A avaliação da aprendizagem será feita por meios e processos que utilizarão os
seguintes instrumentos de medida de aprendizagem:
13.1.1 - prova escrita;
13.1.2 - prova prática ou de execução;
13.2 Obrigatoriamente os instrutores de cada disciplina aplicarão no mínimo uma
verificação escrita e/ou prática. Caso sejam aplicadas verificação escrita e prática
deve ser formada apenas uma nota final obtida por média aritmética (M1).
13.3 Será considerado aprovado em cada disciplina, em verificações teóricas e/ou
práticas, sem necessidade de Verificação de Recuperação, o aluno que obtiver M1 >
5,0.
13.4 O aluno que obtiver M1 < 5,0, fará uma Verificação de Recuperação (VR).
13.5 Caso o aluno não obtenha VR ≥ 5,0, será reprovado na referida disciplina e,
por conseguinte, será desligado do curso.
13.6 Classificação/Média Final será obtida através da média aritmética das notas
obtidas pelos alunos nas disciplinas curriculares.
13.7 A transformação da nota obtida na média final de conclusão de curso em
conceito (menção) será procedida da seguinte forma:
13.7.1 - de 0,00 a 4,99 – INSUFICIENTE (I);
13.7.2 - de 5,00 a 6,99 – REGULAR (R);
13.7.3 - de 7,00 a 8,50 – BOM (B);
13.7.4 - de 8,51 a 9,50 – MUITO BOM (MB);
13.7.5 - de 9,51 a 10,0 – EXCELENTE (E).

14. Provas de apto ou inapto:


Durante o curso o (a) aluno (a) será submetido (a) a provas onde será
considerado (a) “apto” ou “inapto” conforme desempenho na execução do exercício.
14.1 Prova técnica de retorno ao cabo: O (a) aluno (a) deverá realizar (05) cinco
técnicas de retorno ao cabo, sendo Oitava, método Bombeiro, método PQD,
Domínio de Platô e trava de pernas, sendo realizadas simultaneamente. Caso o(a)
aluno(a) não consiga realizar na primeira tentativa, ao final do exercício terá mais
uma chance para a sua realização. O (a) aluno (a) que após as duas tentativas não
____________________________________________________________________________________________________________
Comando de Ensino Bombeiro Militar – ensino@bombeiros.go.gov.br
Rua 16-B com Rua 29-A, Setor Aeroporto, Goiânia-GO, CEP 74.075-455. Telefone/Fax 3201-2193 / 3201-2182

O documento encontra-se arquivado na Seção de Planejamento de Ensino.

DPG/SPE/Edital n. 20
Pág. 12

conseguir retornar no cabo, dentro das condições de execução estabelecidas pela


coordenação, será reprovado (a) e desligado (a) do curso.
14.2 Prova comando craw ascendente: O (a) aluno (a) deverá realizar a subida no
cabo pelo método craw ascendente, partindo do solo até o 2º andar da torre de
treinamento do 1º Batalhão Bombeiro Militar. O exercício terminará quando o mesmo
sair completamente do cabo e der o pronto ao instrutor. Caso o(a) aluno(a) não
consiga realizar na primeira tentativa, ao final do exercício terá mais uma chance
para a sua realização. O (a) aluno (a) que após as duas tentativas não conseguir
realizar a subida, dentro das condições de execução estabelecidas pela
coordenação, será reprovado (a) e desligado(a) do curso.
14.3 Prova rapel fracionado: A prova consistirá em um circuito a ser definido pela
coordenação, sendo que um dos exercícios consistirá no rapel fracionado, tendo o
(a) aluno (a) que se deslocar pelo método comando craw a uma altura aproximada
de 35 (trinta e cinco) metros, sendo que no meio da travessia deverá cair do cabo e
realizar a técnica de retorno método oitava, prosseguindo logo em seguida com o
rapel fracionado até chegar ao solo. O (a) aluno (a) que após as duas tentativas não
conseguir o circuito, dentro das condições de execução estabelecidas pela
coordenação, será reprovado (a) e desligado (a) do curso.
14.4 Prova noções de sobrevivência: Será realizada na parte final do curso, no Salto
de Itiquira, Formosa-GO, conjuntamente com a instrução de rapel em cachoeira e
canyons. O (a) candidato (a) que por desistência não concluir os exercícios, hidratar
ou alimentar durante a execução das atividades, ou utilizar de qualquer meio ilícito
será reprovado (a) e desligado (a) do curso.

15. Das disposições gerais:


15.1 O presente edital tem validade exclusiva para o ingresso no Curso de
Salvamento em Altura do Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Goiás;
15.2 A inscrição do (a) candidato (a) implicará a aceitação destas normas, e de
normas contidas nos comunicados e instruções que por ventura sejam divulgados;
15.3 A inscrição na seleção implica o conhecimento e a aceitação irrestrita de suas
normas e exigências pelo (a) candidato (a), sem direito algum a compensação
decorrente da anulação ou do cancelamento de sua inscrição, da eliminação do
____________________________________________________________________________________________________________
Comando de Ensino Bombeiro Militar – ensino@bombeiros.go.gov.br
Rua 16-B com Rua 29-A, Setor Aeroporto, Goiânia-GO, CEP 74.075-455. Telefone/Fax 3201-2193 / 3201-2182

O documento encontra-se arquivado na Seção de Planejamento de Ensino.

DPG/SPE/Edital n. 20
Pág. 13

concurso ou, ainda, do seu aproveitamento por falta de vagas ou por inobservância
dos ditames e dos prazos fixados;
15.4 As OBM do CBMGO deverão apoiar, de acordo com a possibilidade, se
solicitado pela coordenação do curso;
15.5 Os casos omissos neste Edital serão resolvidos pela CEBM em primeira
instância;
15.6 Qualquer irregularidade cometida por pessoas envolvidas no concurso será
objeto de inquérito administrativo e/ou policial nos termos da legislação pertinente,
estando o (a) infrator (a) sujeito (a) às penalidades previstas na respectiva
legislação;
15.7 A alimentação ficará por conta do aluno.

CEBM, em Goiânia, 04 de julho de 2013.

Carlos Helbingen Júnior – Cel QOC


Comandante Geral

Leônidas Eduardo Dias – Cel QOC


Comandante de Ensino Bombeiro Militar

____________________________________________________________________________________________________________
Comando de Ensino Bombeiro Militar – ensino@bombeiros.go.gov.br
Rua 16-B com Rua 29-A, Setor Aeroporto, Goiânia-GO, CEP 74.075-455. Telefone/Fax 3201-2193 / 3201-2182

O documento encontra-se arquivado na Seção de Planejamento de Ensino.

DPG/SPE/Edital n. 20