Você está na página 1de 13

ESTADO DE SANTA CATARINA

MUNICÍPIO DE SÃO JOÃO BATISTA/SC


CADERNO DE PROVA – ENGENHEIRO CIVIL

AVALIAÇÃO ESCRITA OBJETIVA

LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO:

1. Você recebeu do fiscal o seguinte material:


• Este CADERNO DE PROVAS, sem folhas repetidas ou falhas de impressão.
• Um CARTÃO RESPOSTA relacionado a avaliação para este cargo, com seu nome e número de inscrição.

2. Em relação ao CADERNO DE PROVAS:


• Verifique se está em ordem, sem folhas repetidas ou folhas faltantes.
• Não poderá ser levado pelo Candidato, em qualquer momento, salvo a parte que contenha o rascunho do
gabarito (espaço final desta folha).

3. Em relação ao CARTÃO RESPOSTA:


• Verifique se o seu nome e o seu número de inscrição conferem com os dados da sua inscrição.
• Utilizar somente caneta esferográfica transparente de tinta na cor preta ou azul.
• Tenha muito cuidado com o CARTÃO RESPOSTA, para não o DOBRAR, AMASSAR ou MANCHAR.

4. SERÁ ELIMINADO desta Seleção Pública, o candidato que:


• Se utilizar, durante a realização da prova, de relógios e/ou máquinas de calcular, bem como de rádios grava-
dores, headphones, telefones celulares ou fontes de consultas de qualquer espécie.
• Se ausentar da sala em que se realiza a prova levando consigo CADERNO DE PROVA e/ou CARTÃO RESPOSTA.
• Se recusar a entregar o CADERNO DE PROVAS e/ou o CARTÃO RESPOSTA quando terminar o tempo estabe-
lecido.
• Não assinar a LISTA DE PRESENÇA e/ou o CARTÃO RESPOSTA.

5. O Candidato somente poderá se ausentar do local de aplicação das provas após 1 (uma) hora contado a partir do
efetivo início.

6. O tempo disponível para realização desta Avaliação será apresentado pelo fiscal no quadro principal onde ficará
visível a todos os candidatos.

7. As questões desta Avaliação estarão disponíveis dentro da Área do Candidato, de acordo com o cronograma esta-
belecido no edital.

8. Caso haja qualquer divergência dos itens acima notifique o fato IMEDIATAMENTE ao fiscal.
Boa Prova!

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Rascunho do gabarito:

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20

21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40
Área para rascunho e anotações:
Meireles). E ela nos faz sempre a mesma pergunta:
PORTUGUÊS “Afinal, que é que você está esperando?” (...)
Às vezes ela chega perto demais, o susto é infinito, e
Texto para as questões de 1 a 6: até deixa no corpo marcas de sua passagem. Mas se
tivermos coragem para a olharmos de frente é certo
Sobre o morrer que ficaremos sábios e a vida ganhará simplicidade e a
beleza de um haikai.
“Ninguém quer morrer. Mesmo as pessoas que querem (Rubem Alves)
chegar ao paraíso. Mas a morte é o destino de todos ____________________________________________
nós.” (Steve Jobs)
1. Rubem Alves, ao refletir “sobre o morrer”, põe em
Odeio a ideia de morte repentina, embora todos evidência:
achem que é a melhor. Discordo. Tremo ao pensar que
o jaguar negro possa estar à espreita na próxima es- I – Não se deve enganar as pessoas quanto ao tempo
quina. Não quero que seja súbita. Quero tempo para de vida que lhes resta.
escrever o meu haikai. II – Diante da morte iminente, o tempo seria de esco-
Mallarmé tinha o sonho de escrever um livro com uma lhas, assim como as leituras, selecionadas.
palavra só. Achei-o louco. Depois compreendi. Para es- III – A morte deve ser lenta, oportunizando tempo para
crever um livro assim, de uma palavra só, seria preciso o “haikai” e para as despedidas.
ter-se tornado sábio, infinitamente sábio. Tão sábio IV – É preciso coragem para olhar a morte e reavaliar a
que soubesse qual é a última palavra, aquela que per- vida.
manece solitária depois que todas as outras se cala-
ram. Mas isso é coisa que só a Morte ensina. Mallarmé No contexto em análise, podemos dizer que:
certamente era seu discípulo.
O último haikai é isto: o esforço supremo para dizer a A) as proposições II, III e IV estão corretas.
beleza simples da vida que se vai. Tenho terror de ser B) as proposições I, II, III e IV estão corretas.
enganado. Se estiver para morrer, que me digam. Se C) as proposições I e II estão corretas.
me disserem que ainda me restam dez anos, continua- D) as proposições II e IV estão corretas.
rei a ser tolo, mosca agitada na teia das medíocres, E) apenas a proposição III está correta.
mesquinhas rotinas do cotidiano. Mas se só me restam ____________________________________________
seis meses, então tudo se torna repentinamente puro
e luminoso. Os não essenciais se despregam do corpo, 2. Na crônica, a linguagem figurada é marca regis-
como escamas inúteis. trada, a fim de dar ao texto ainda mais expressivi-
A Morte me informa sobre o que realmente importa. dade. Identifique a alternativa que não exemplifica
Me daria o luxo de escolher as pessoas com quem con- essa característica do texto:
versar. E poderia ficar em silêncio, se o desejasse. Pe-
rante a morte tudo é desculpável… Creio que não mais A) “Mas isso é coisa que só a Morte ensina.”
leria prosa. Com algumas exceções: Nietzsche, Camus, B) “Tremo ao pensar que o jaguar negro possa estar à
Guimarães Rosa. Todos eles foram aprendizes da espreita na próxima esquina.”
mesma mestra. E certo que não perderia um segundo C) “Odeio a ideia de morte repentina, embora todos
com filosofia. E me dedicaria à poesia com uma volúpia achem que é a melhor.”
que até hoje não me permiti. Porque a poesia pertence D) “A Morte me informa sobre o que realmente im-
ao clima de verdade e encanto que a Morte instaura. E porta.”
ouviria mais Bach e Beethoven. Além de usar meu E) “Curioso que a Morte nada tenha a dizer sobre si
tempo no prazer de cuidar do meu jardim… mesma.”
Curioso que a Morte nada tenha a dizer sobre si ____________________________________________
mesma. A Morte me informa sobre o que realmente
importa. Quem sabe sobre a Morte são os vivos. A
3. “Às vezes ela chega perto demais, o susto é infinito,
Morte, ao contrário, só fala sobre a Vida, e depois do e até deixa no corpo marcas de sua passagem”. Nesse
seu olhar tudo fica com aquele ar de “ausência que se período, a parte em destaque contempla uma figura de
demora, uma despedida pronta a cumprir-se” (Cecília linguagem, denominada de:
A) Silepse.
B) Prosopopeia. 7. Em destaque a regência verbal. Observe os exem-
C) Anacoluto. plos:
D) Hipérbole.
E) Pleonasmo. I – Essa turma custou a aceitar o destino da viagem de
____________________________________________ formatura.
II – Custou a essa turma aceitar o destino da viagem
4. “Quero tempo para escrever o meu haikai”. de formatura.
Quanto ao vocabulário, o significado da palavra III – Para o cardápio, preferimos peixe a carne verme-
“haikai” é: lha.
IV – Para o cardápio, preferimos o peixe à carne ver-
A) soneto fúnebre. melha.
B) testamento.
C) obituário. Sobre os verbos “custar” e “preferir”, a regência está
D) texto de morte. correta em:
E) poema.
____________________________________________ A) apenas I e II.
B) I, III e IV.
5. “E me dedicaria à poesia com uma volúpia que até C) II, III e IV.
hoje não me permiti”. Nesse período, a palavra em D) I, II e IV.
destaque tem significado equivalente a: E) I, II, III e IV.
____________________________________________
A) prazer.
B) tristeza. 8. Ainda sobre a regência verbal:
C) arrogância.
D) plenitude. I – Os cargos ____________ aspiro ainda exigem
E) velocidade. muito mais estudo.
____________________________________________ II – Alguns alunos não se lembraram ___________
precisavam trazer um litro de leite como ingresso para
6. Em se tratando de função sintática, observe os o aulão solidário.
termos sublinhados no período seguinte e a respec- III – Não consigo acreditar _____________ esqueci a
tiva classificação, apresentada nas proposições data de inscrição para acesso à universidade via Histó-
abaixo: rico Escolar.
IV – O hotel ____________ pretendo me hospedar na
“Mas se tivermos coragem para a olharmos de frente virada do ano fica bem no centro de Blumenau.
é certo que ficaremos sábios e a vida ganhará simplici-
dade e a beleza de um haikai.” Para completar as lacunas e as regências dos verbos
acima, é correto o que se apresenta na alternativa:
I – “Coragem”: objeto direto;
II – “de frente”: adjunto adverbial de modo; A) que / de que / que / em que.
III – “sábios”: predicativo do sujeito; B) que / que / que / em que.
IV – “simplicidade e a beleza de um haikai”: comple- C) a que / de que / de que / que.
mentos nominais. D) a que / de que / que / em que.
E) que / de que / de que / que.
De acordo com a gramática da Língua Portuguesa, po- ____________________________________________
demos afirmar que:
9. Verifique os períodos seguintes sobre a necessi-
A) I, II e IV estão corretos. dade ou não do acento indicativo de crase:
B) I, II e III estão corretos.
C) I, II, III e IV estão corretos. I – Primeiramente, agradeço a vocês pela oportuni-
D) apenas I e II estão corretos. dade de trabalho nesta empresa.
E) apenas I e III estão corretos.
II – Para conseguir a declaração de frequência, vá
àquela secretaria. MATEMÁTICA
III – Como precisamos chegar cedo para a consulta, ____________________________________________
sairemos de Laguna à meia-noite.
IV – Devido à gravidade do caso, o juiz não aceitou co-
11. Considere as proposições:
locar frente a frente os acusados e as vítimas.
I) Para quaisquer números 𝑎 e 𝑏, tem-se que √𝑎𝑏 =
Conforme as regras gramaticais, está correto o que se √𝑎 . √𝑏.
apresenta em: II) Para qualquer 𝑥 ∈ ℝ, tem-se que 𝑥 2 ≥ 𝑥.
III) Se 𝑟 e 𝑠 são números irracionais, então 𝑟. 𝑠 é tam-
A) II, III e IV. bém um número irracional.
4
B) I, II e III. IV) 𝜋, √2, √3, √−2 e √5 são exemplos de números ir-
C) I, II, III e IV. racionais.
D) I e III.
E) I e IV. Assinale a alternativa correta:
____________________________________________
A) As proposições I e IV estão corretas.
10. Atenção à presença ou à ausência do acento in- B) As proposições I e II estão corretas.
dicativo de crase e, consequentemente, à mudança de C) As proposições I, II e III estão corretas.
sentido. D) Todas as proposições estão corretas
E) Todas as proposições estão incorretas.
I – Eu estudo a noite. ____________________________________________
Eu estudo à noite.
II – Entregue a minha mãe. 12. Sejam 𝑟 e 𝑠 raízes da equação 2𝑥 2 − 5𝑥 + 1 =
Entregue à minha mãe. 0. Analise as proposições e, julgue V para as verdadei-
III – A primeira vista foi um encanto. ras e F para as falsas:
À primeira vista foi um encanto.
IV – Comprei a vista. −5
( )𝑟+𝑠 = 2
Comprei à vista. 1
( ) 𝑟 .𝑠 =
2
1 1
Analisadas as frases acima, temos mudança de sen- ( )𝑟+𝑠 =5
tido em: 5
( ) 𝑟 2 𝑠 + 𝑟𝑠 2 =
4
A) I, II, III e IV.
B) I, III e IV. De cima para baixo, assinale a alternativa correta:
C) II, III e IV.
D) apenas I e II. A) F – F – V – V
E) apenas I. B) V – V – F – F
____________________________________________ C) F – V – F – F
D) F – V – V – V
E) F – V – F – V
____________________________________________

13. Simplificando a expressão: 2


√3−1
3
− 3

obtemos:

A) 1
B) −1
C) √3
D) −√3
E) √3⁄3
D)
14. Dividindo R$ 90.000,00 em três partes proporci-
onais aos números 2, 3 e 5, obtemos as quantias 𝑥, 𝑦e
𝑧, respectivamente. Assinale a alternativa que apre-
1
senta o valor de 𝑥 − 𝑦 + 𝑧 é:
2

A) R$ 11.500,00
B) R$ 17.500,00
C) R$ 13.500,00
D) R$ 15.500,00
E) R$ 18.500,00 E)
____________________________________________
15. Assinale a alternativa que apresenta o gráfico
da função 𝑓, de ℝ em ℝ, definida por 𝑓(𝑥) = ||𝑥| −
2|.

A)

____________________________________________

B)

C)
LEGISLAÇÃO 19. Pelo que rege o artigo 111º da Lei Orgânica do
____________________________________________ Município de São João Batista, assinale a alternativa
correta:
16. Segundo o artigo 3º da Lei Orgânica do Municí-
pio de São João Batista são símbolos do referido mu- A) São estáveis, após 2 (dois) anos de efetivo exercí-
nicípio: cio, os servidores nomeados em virtude de concurso
público.
A) São símbolos do município de São João Batista, o B) São estáveis, após 3 (três) anos de efetivo exercí-
Hino, o Brasão, as Armas, a Bandeira do município e cio, passado estágio probatório, os servidores nomea-
outros que forem criados por Lei. dos em virtude de concurso público.
B) São símbolos do município de São João Batista, o C) São efetivos, após 1 (hum) ano de efetivo exercí-
Brasão, a Bandeira do município e outros que forem cio, os servidores nomeados em virtude de concurso
criados por Lei. público.
C) É símbolo do município de São João Batista a Ban- D) São estáveis, após 2 (dois) anos de efetivo exercí-
deira do Município, sendo vedado o uso de outros cio e 1 (hum) ano de estágio probatório – totalizando
símbolos em cerimônias oficiais do município. três anos de vinculação – os servidores nomeados em
D) São símbolos do município de São João Batista, o virtude de concurso público.
Hino, o Brasão, a Bandeira do município, a flor de São E) São efetivos, após 4 (quatro) anos de efetivo exer-
João e outros que forem criados por Lei. cício, sem direito à licença, os servidores nomeados
E) São símbolos do município de São João Batista, o em virtude de concurso público.
Hino, a Bandeira do município e outros que forem cri- ____________________________________________
ados por lei.
____________________________________________ 20. De acordo com o artigo 19º do Estatuto dos
servidores (Lei Complementar Municipal n. 01/2003)
17. Consoante o Estatuto dos Servidores do Municí- do município de São João Batista, o exercício é o efe-
pio de São João Batista são formas de provimento de- tivo desempenho das atribuições específicas do cargo
rivado, exceto: ou função e:

A) promoção A) É de dez dias o prazo para o servidor entrar em


B) reintegração efetivo exercício, contado a partir da data de posse.
C) recondução B) É de quinze dias o prazo para o servidor entrar em
D) nomeação efetivo exercício, contado a partir da data de nomea-
E) aproveitamento ção.
____________________________________________ C) É de dez dias o prazo para o servidor entrar em
18. Conforme o artigo 74º Compete ao Secretário efetivo exercício, contado a partir da homologação do
concurso.
Municipal, além das atribuições que esta Lei Orgânica D) É de quinze dias o prazo para o servidor entrar em
e as leis estabelecerem, exceto: efetivo exercício, contado a partir da data de posse.
E) É imediato o efetivo exercício, sem prazos estendi-
A) Referendar os atos e decretos assinados pelo Pre- dos exceto motivos de força maior, a partir da data da
feito, pertinentes à sua área de competência. posse.
B) Exercer a orientação, coordenação e supervisão ____________________________________________
dos órgãos e entidades da Administração Municipal,
na área de sua competência.
C) Nomear os vereadores responsáveis pela sua área
de competência.
D) Apresentar ao Prefeito relatório anual dos serviços
realizados na Secretaria.
E) Praticar os atos pertinentes às atribuições que lhes
foram outorgadas ou delegadas pelo Prefeito.
quando escavado seu peso específico aparente solto
ESPECÍFICA (γsolto) cai para 13 kN/m³, seu empolamento é:
____________________________________________
21. O projeto de estruturas que são suscetíveis a A) 0,27 (27%)
B) 0,68 (68%)
variáveis hidrológicas, como pontes e galerias, por C) 0,31 (31%)
exemplo, requer conhecimento adequado das carac- D) 0,60 (60%)
terísticas das chuvas que ocorrem na área em ques- E) 0,46 (46%)
tão. Sobre a caracterização e análise de dados de pre- ____________________________________________
cipitações pluviométricas é INCORRETO afirmar que:
24. A maneira habitual de atribuir valor a um equi-
A) São tipos de precipitação as frontais, as orográficas pamento utilizado em obras civis é por hora de utiliza-
e as convectivas. ção e costuma ser desta forma que os equipamentos
B) A máxima intensidade média observada dentro de são incluídos em composições de custos unitários, ou
uma mesma precipitação pluvial varia proporcional- sistemas de referencial de custos. Considerando o cál-
mente com a amplitude de tempo em que ocorreu. culo do custo horário total de um equipamento, a al-
C) A frequência com que um dado evento é igualado ternativa que NÃO mostra um custo envolvido é:
ou superado pode ser calculado por meio dos méto-
dos “da Califórnia” e “de Kimbal”. A) Custos de amortização
D) Os métodos de Thiessen ou das Isoietas são utiliza- B) Depreciação
dos para estimativa da precipitação média em uma C) Custos horário de combustível
bacia. D) Custos de manutenção
E) A relação entre intensidade, duração e frequência E) Custos de mão de obra do operador
de chuvas costuma ser expressa por meio de equa- ____________________________________________
ções também conhecidas como curvas IDF.
25. A técnica PERT/CPM é frequentemente utilizada
para a construção de redes de planejamento. Trata-se
de uma técnica muito útil no controle de projetos e
22. A geologia do estado de Santa Catarina caracte- obras na construção civil. Um dos conceitos relaciona-
riza-se pela ocorrência de diversos tipos de rochas, dos à esta técnica é o de “atividade crítica”, que corres-
tanto ígneas, quanto metamórficas ou sedimentares. ponde à:
Como o processo de formação das rochas condiciona
muitos aspectos de seu comportamento mecânico, é A) Atividade que está associada a última data de início
fundamental caracterizar os litotipos quando interfe- da rede.
rem nas obras. Nesse sentido a alternativa que NÃO B) Sequência de atividades restritivas compreendidas
corresponde a uma rocha sedimentar é: entre o início e o fim da rede.
C) Atividade cujos eventos inicial e final apresentam as
A) Argilito menores folgas entre as demais folgas de uma rede de
B) Arenito atividades.
C) Siltito D) Atividade que apresenta a primeira data de termino
D) Quartzito da rede.
E) Conglomerado E) Atividade que apresenta a maior duração dentre to-
____________________________________________ das as atividades que compõem a rede.
23. Sempre que um solo é removido de sua posição ____________________________________________
original em uma jazida em um terreno natural, ocorre
um rearranjo na posição relativa das partículas, resul-
tando em aumento no volume de vazios da massa de
solo, e consequentemente em um aumento do volume
total. A este fenômeno dá-se o nome de “empola-
mento”. Se na jazida um solo apresenta peso específico
aparente natural (γnat) da ordem de 19 kN/m³, e
quando então devem ser usados símbolos para indicar
26. Cada vez mais tem se requisitado a análise de tais feições.
risco em projetos e obras civis. Durante a implementa- ____________________________________________
ção de um projeto ou obra o risco é uma constante,
mas deve ser gerenciado. Sobre o risco e sua gestão é 28. No Brasil, o projeto de fundações é normatizado
INCORRETO afirmar que: pela ABNT NBR 6122/2010. Segundo esta norma a de-
terminação da capacidade de carga de fundações pode
A) A previsão e estimativa de risco inicia-se com a iden- ser feita por meio de métodos analíticos, semi-empíri-
tificação dos recursos sujeitos a risco e das condições cos de aplicação consagrada ou por provas de carga.
de risco específicas às quais poderão ser expostos. Nesse sentido é INCORRETO afirmar que:
B) O risco pode ser avaliado de diversas formas, e fre-
quentemente são usados modelos matemáticos para A) Tanto para métodos analíticos quanto para métodos
tal, como o método de Monte Carlo. semi-empíricos a referida norma prescreve um fator de
C) O risco decorre das consequências adversas de um segurança mínimo de 3. Quando empregadas provas
evento, resultantes da probabilidade de ocorrência de carga este fator de segurança pode ser reduzido.
desse evento. B) Os métodos de Aoki e Velloso e Décourt e Quaresma
D) O risco é sinônimo de perigo e pode ser represen- são considerados semi-empíricos e baseiam-se em cor-
tado pelo produto entre probabilidade de um evento e relação com ensaios SPT.
consequência deste evento C) A teoria de capacidade de carga de Terzaghi apre-
E) A técnica PERT-Risco, usada na análise de risco, ba- senta uma variação para aplicação em fundações pro-
seia-se na curva de Gauss e leva em consideração o fundas, que permite a previsão da capacidade de carga
desvio padrão do conjunto de dados de ponta de estacas.
____________________________________________ D) Os métodos de Brix e Holandeses são exemplos de
provas de carga dinâmicas, usualmente adotados para
27. O levantamento topográfico tem por objetivo a o cálculo de nega de fundações cravadas.
representação geométrica de uma parcela da superfí- E) Provas de carga estáticas são recomendadas pela
cie terrestre, e para isso são empregadas medidas de norma para todas as obras, mas considerando o uso de
ângulos e distâncias, que são feitas com equipamentos estacas pré-moldadas de concreto só são obrigatórias
topográficos adequados. A exatidão de levantamento em obras que envolvam a execução de pelo menos 100
depende do fim para o qual se destina. Sobre o levan- estacas.
tamento topográfico é INCORRETO afirmar que: ____________________________________________

A) O tipo de levantamento em que se fixa a estação to- 29. O projeto de muros de contenção envolve a de-
tal em um ponto que permita boa visibilidade do ter- terminação de fatores de segurança frente ao equilí-
reno como um todo, e de onde são visados todos os brio interno e externo. Nesse aspecto devem ser res-
pontos de interesse para o levantamento da região no peitadas as prescrições da norma ABNT NBR
entorno da estação, é chamado levantamento por irra- 11682/2009, que trata da estabilidade de taludes. Se-
diação. gundo esta norma, considerando o projeto de muros
B) Em situações em que a região a ser levantada não é de gravidade, os fatores de segurança mínimos a serem
visível de um ponto apenas, faz-se uso da técnica de obedecidos frente ao tombamento, ao deslizamento e
poligonal fechada, técnica conhecida também como le- à segurança contra a ruptura das fundações são, res-
vantamento por coordenadas polares. pectivamente:
C) A técnica de levantamento por alinhamentos e nor-
mais é empregado com sucesso em terrenos pouco aci- A) 2,0; 2,0; 2,0
dentados. Neste faz-se a medição de duas distâncias B) 1,5; 1,5; 3,0
para cada ponto, ao longo de duas direções perpendi- C) 3,0; 3,0; 3,0
culares. D) 1,5; 2,0; 3,0
D) Curvas de nível, pontos cotados e hipsometria são E) 2,0; 1,5; 3,0
processos de representação do relevo em uma planta
topográfica.
E) Duas curvas de nível distintas nunca se interceptam,
salvo em casos como taludes verticais ou negativos,
30. Para o projeto de uma estrutura em terra ar- 32. Uma viga horizontal de 4 metros de compri-
mada requisitou-se a execução de ensaios de cisalha- mento é engastada em suas duas extremidades. Sobre
mento direto em uma areia com densidade relativa da ela atua uma carga distribuída de 20 kN/m. Assinale a
ordem de 0,3. Foram feitos ensaios sob tensões nor- alternativa que apresenta a figura que representa o
mais efetivas que variaram de 25 a 200 kPa. Sobre o diagrama de momento fletor típico de uma viga nesta
comportamento deste solo, representado por meio de situação.
curvas de deformação horizontal versus tensão cisa- A)
lhante e deformação horizontal versus deformação
vertical, é CORRETO afirmar que:
A) As curvas tensão-deformação não apresentam pi-
B)
cos de resistência sob baixas tensões normais, quando
o comportamento em termos de variação de altura é
contrativo. Sob tensões superiores a 100 kPa estas
tendências se invertem.
B) As curvas tensão-deformação não apresentam pi- C)
cos de resistência e o comportamento em termos de
variação de altura é sempre contrativo.
C) As curvas tensão-deformação não apresentam pi-
D)
cos de resistência e o comportamento em termos de
variação de altura é dilatante sob altas tensões nor-
mais e contrativo sob baixas tensões normais.
D) As curvas tensão-deformação apresentam picos de
resistência e o comportamento em termos de varia- E)
ção de altura é sempre contrativo.
E) As curvas tensão-deformação apresentam picos de
resistência e o comportamento em termos de varia-
ção de altura é dilatante sob altas tensões normais e ____________________________________________
contrativo sob baixas tensões normais.
____________________________________________ 33. Um perfil H, metálico, foi empregado para cons-
trução de um pilar de 3 m de altura. Este pilar recebe
31. O ensaio SPT (Standard Penetration Test) é a uma carga axial “P” em seu topo. O perfil tem área de
técnica mais empregada no Brasil para a realização de seção transversal “A”, momento de inércia “IR” e mó-
investigação geotécnica de campo. Consiste na crava- dulo de elasticidade “E”. Assim, o encurtamento elás-
ção de um amostrador padrão no solo por meio de su- tico “ΔL” sofrido por este pilar, em decorrência da
cessivos golpes de um martelo de 65 kg que cai de aplicação da carga P, é dado por:
uma altura de 75 cm sobre o conjunto de hastes a que
está preso o amostrador. São informações fornecidas A) ∆L=(P∙A)/(E.I_R)
por um boletim de sondagem SPT: B) ∆L=(P∙I_R)/(E.L)
C) ∆L=P/(L.E.A)
A) Posição do nível d’água e resistência à penetração D) ∆L=(P∙L)/(E.I_R)
do amostrador. E) ∆L=(P∙L)/(E.A)
B) Capacidade de carga do solo e posição do nível ____________________________________________
d’água.
C) Resistência à penetração do amostrador e resistên- 34.No Brasil é a norma NBR 6118/2014 que fixa os
cia ao cisalhamento dos solos. requisitos básicos exigíveis para projeto de estruturas
D) Classificação tátil-visual dos solos prospectados e de concreto simples, armado e protendido. Sobre as
capacidade de carga do solo. recomendações apresentadas nesta norma são apre-
E) Posição do nível d’água e peso específicos aparente sentadas as seguintes proposições:
natural dos solos prospectados.
____________________________________________ I - A armadura ativa é aquela posicionada na porção
tracionada de lajes e vigas, enquanto que armadura
passiva é aquela que se encontra nas regiões compri- II – Se τ>0 os planos A e B não são os planos principais
midas de peças de concreto. do elemento.
II - O cobrimento da armadura nas peças de concreto III – Se τ=0, e σh=2σv não irá existir tensão cisalhante
armado depende da classe de agressividade do meio no interior do elemento.
em que a estrutura se localizará. São estabelecidas IV – A diferença entre σh e σv mostrados na figura, é
quatro classes de agressividade ambiental a serem o diâmetro do círculo de Mohr representativo deste
consideradas. estado de tensões atuante no elemento.
III - A fissuração em elementos estruturais de con- V – Os planos principais são aqueles onde o valor de τ
creto armado é inevitável, devido à grande variabili- é máximo.
dade e à baixa resistência do concreto à tração;
mesmo sob as ações de serviço (utilização), valores São corretas as proposições:
críticos de tensões de tração são atingidos.
IV - Vigas são elementos lineares em que a tração é A) I e II
preponderante, pilares são elementos lineares de eixo B) I, III e IV
reto em que as forças normais de compressão são C) II, III e IV
preponderantes, e lajes são elementos de superfície D) I e IV
plana sujeitos principalmente a ações normais a seu E) II e V
plano. ____________________________________________
V - Lajes nervuradas são as lajes moldadas no local ou
com nervuras pré-moldadas, cuja zona de tração para 36. Quando pavimentos asfálticos em uso sofrem
momentos positivos está localizada nas nervuras en- deterioração do ponto de vista estrutural, há a neces-
tre as quais pode ser colocado material inerte. sidade de se restaurar sua capacidade de carga. Isso
pode ser feito por meio da execução de camadas adi-
São CORRETAS as proposições: cionais ou através da remoção do revestimento dete-
riorado e execução de nova camada de revestimento
A) I, IV e V asfáltico. Nesse sentido é INCORRETO afirmar que:
B) I, II e V
C) II, III e V A) Fresagem é o nome dado à operação de corte, utili-
D) III, IV e V zando maquinas especiais para tal, de parte ou de
E) Apenas I e V todo o revestimento asfáltico de uma via.
____________________________________________ B) O processo de termo-regeneração é também uma
técnica para melhoria da condição funcional de pavi-
35. A Figura mostra um elemento representativo de mentos. Nesse caso a reciclagem envolve pequenas
uma peça metálica que está submetida à uma combi- espessuras de revestimento e não há remoção do ma-
nação de esforços conforme indicado. terial já executado, mas o aquecimento e posterior
compactação do mesmo.
C) Normalmente os agregados de uma mistura enve-
lhecida mantem as suas características físicas e de re-
sistência mecânica intactas, mas o ligante asfáltico
tende a tornar-se mais viscoso.
D) A reciclagem de pavimentos faz reuso de misturas
asfálticas envelhecidas ou deterioradas que foram re-
movidas de dado trecho, para a produção de novas
misturas. Aos agregados e ligantes remanescentes são
acrescidos agentes rejuvenescedores, espuma de as-
Baseado nesta figura e no que se conhece sobre resis- falto ou CAP, por exemplo.
tência dos materiais são apresentadas as seguintes E) A reciclagem de pavimentos pode ser executada em
proposições: usina ou in situ, sempre a quente, utilizando CAP,
agente rejuvenescedor e agregados reciclados aqueci-
I – Se τ>0, existe um plano que passa através do ele- dos.
mento, perfazendo um ângulo maior que zero com o ____________________________________________
plano B, onde a tensão cisalhante é nula.
de emprego de um reservatório superior, e a alimen-
37. O desempenho de argamassas empregadas na tação do edifício passa a ser descendente. Esse sis-
execução de alvenarias depende de várias proprieda- tema de distribuição é denominado:
des, tanto no estado fresco, que estão associadas à
sua aplicação, quanto no estado endurecido, e que A) Sistema indireto, com bombeamento.
são importantes para seu comportamento ao longo B) Sistema direto.
do tempo. São propriedades relativas ao estado C) sistema indireto, sem bombeamento.
fresco: D) Sistema hidropneumático.
E) Sistema misto, ou transitório.
A) Tempo útil de moldabilidade e teor percentual de ____________________________________________
ar incorporado.
B) Retenção de água e adesão ao suporte. 40. No projeto de instalações prediais de esgoto,
C) Permeabilidade à água e retenção de água. faz-se uso de um fator probabilístico que representa a
D) Densidade e absorção de água por capilaridade. frequência habitual de utilização associada à vazão tí-
E) Condutibilidade térmica e tempo útil de moldabili- pica de cada uma das diferentes peças de um con-
dade. junto de aparelhos heterogêneos em funcionamento
____________________________________________ simultâneo em hora de contribuição máxima no hidro-
grama diário. A este fator dá-se o nome de:
38. Um planejamento urbano eficiente deve esta-
belecer os meios que serão utilizados para a criação A) Perda de carga
de locais agradáveis para habitação trabalho e recrea- B) Unidade Hunter de Contribuição
ção. Nesse sentido é INCORRETO afirmar que: C) Trinômio de Bernoulli
D) Unidade K de Contribuição
A) O processo de planejamento urbano requer que se- E) Lei de Darcy
jam consideradas questões ambientais, tecnológicas, ____________________________________________
econômicas sociais e políticas. Estes são postulados
fundamentais do processo de planejamento urbano.
B) Um planejamento urbano bem-sucedido pode ser
comparado a um ecossistema, em que elementos apa-
rentemente independentes se combinam para deter-
minar as condições que permitirão o desenvolvimento
da vida e de atividades sustentáveis.
C) Um planejamento urbano tem como principal obje-
tivo o desenvolvimento de uma estratégia para altera-
ção do uso fundiário.
D) O planejamento urbano é o processo pelo qual o
uso fundiário existente e proposto para uma determi-
nada área é compatibilizado em termos econômicos e
técnicos. Demais aspectos são considerados de forma
acessória, com pesos inferiores no processo de to-
mada de decisão.
E) O planejamento urbano deve sempre se preocupar
com o futuro; contudo concentra-se principalmente
em objetivos estratégicos, metas de governo e de or-
ganizações.
____________________________________________
39. Alguns sistemas prediais de distribuição de água
potável contam com pressão da rede pública sufici-
ente, mas sem continuidade. Assim, há a necessidade