Você está na página 1de 2

Fonte: http://www.baboo.com.br/absolutenm/anmviewer.asp?

a=4152

Configurando um Servidor de DHCP no Windows 2000 Server

Nos dias de hoje, é importante se ter um serviço de DHCP instalado na sua empresa, pois com o mercado de
trabalho de informática crescendo cada vez mais, as empresas estão contratando mais funcionários também,
isso implica em se ter um controle maior dos usuários conectado a sua rede física, ou seja, quanto melhor o
gerenciamento, menos problemas os administradores de redes terão.

No primeiro passo, iremos verificar se o serviço de DHCP já está instalado em seu servidor: vá em Painel de
Controle (Control Painel) > Adicionar ou Remover Programas (Add/Remove Programs) > Adicionar ou
Remover Componentes do Windows (Add/Remove Windows Components) > Serviços de Rede (Network
Services):

Verifique se o item, Protocolo de configuração dinâmica de hosts (DHCP) está ativado, caso não esteja,
ative e insira o CD de instalação do Windows no drive de CD-ROM,
clique em OK e depois AVANÇAR. Isso instalará o serviço de DHCP
no seu servidor.

Após a instalação ter acabado, vá em Ferramentas Administrativas


(Administrative Tools) > DHCP, deverá aparecer a TELA 1.

Precisamos agora criar um escopo, que irá determinar a faixa de


endereços IP’s que o servidor irá distribuir para as estações
conectadas na rede.

Clique com o botão direito do


mouse no nome do servidor e selecione a opção Novo Escopo e siga os
passos do assistente de escopo, informando um nome para o mesmo (por
exemplo: Servidor de DHCP). Clique em Avançar para prosseguir..

Agora temos que dizer qual os intervalos de IP’s que iremos distribuir na
rede física, veja a TELA 2 como exemplo:

Neste exemplo temos a

configuração de uma rede de 24 bits


com máscara 255.255.255.0, ou seja,
254 IP’s disponíveis para novos computadores na rede, caso você tenha a necessidade de ter mais IP’s
disponíveis, apenas altere o intervalo de endereços IP’s para uma classe maior, Exemplo: 172.16.0.1 /
255.255.0.0.

Clique em Avançar: agora você pode definir quais serão os IP’s excluídos desta faixa de IP’s que você
determinou, ou seja, aqueles IP’s que não serão usados para distribuição dinâmica (TELA 3).

Essa área serve para você definir por exemplo um IP que é usado pelo roteador da rede ou por um servidor
com IP fixo nesta mesma classe de rede, pois servidores e roteadores de rede e Internet (Gateways) precisam
sempre estar com o mesmo endereço IP para poder fornecer certos serviços a rede interna ou externa.

Clique em Avançar e siga as próximas duas telas (TELA 4 e TELA 5)


com as opções default que o assistente oferece. Ali você poderá definir
quais os IP’s Gateways e servidores DNS da rede para serem inclusos
automaticamente quando uma estação estiver requisitando um serviço
pelo Cliente DHCP.

Servidores DNS, são usados para resolução de nomes, ou seja, eles


convertem o endereço IP do cliente um nome amigável, pois seria muito
difícil ficar decorando cada numero IP de uma rede com muitas
estações. Após selecionar o servidor de DNS, clique em Avançar, siga
com as opções padrão que o assistente oferece, após concluir o
assistente, seu servidor de DHCP já estará ativo e fornecendo IP’s as
estações.

Autor original: Danilo Montagna

Direitos Autorais: Danilo Montagna