Você está na página 1de 29

Matemática

Professora Evelise Leiko Subconjuntos de


Vale lembrar que um asterisco, colocado junto à
Uyeda Akashi letra que simboliza um conjunto, significa que o zero
foi excluído de tal conjunto.
Especialista em Engenharia de Produção Enxuta
pela PUC; Graduada em Engenharia de Alimentos
pela UEM.

CONJUNTOS NUMÉRICOS Expressões Numérica


CONJUNTO DOS NÚMEROS NATURAIS – N Nas expressões numéricas aparecem adições,
CONJUNTO DOS NÚMEROS INTEIROS: Z subtrações, multiplicações e divisões. Todas as ope-
CONJUNTO DOS NÚMEROS RACIONAIS: Q rações podem acontecer em uma única expressão.
CONJUNTO DOS NÚMEROS IRRACIONAIS- I Para resolver as expressões numéricas utilizamos al-
CONJUNTO DOS NÚMEROS REAIS: R guns procedimentos:

Números Naturais Se em uma expressão numérica aparecer as qua-


Os números naturais são o modelo matemá- tro operações, devemos resolver a multiplicação ou
tico necessário para efetuar uma contagem. a divisão primeiramente, na ordem em que elas apa-
Começando por zero e acrescentando sempre uma recerem e somente depois a adição e a subtração,
unidade, obtemos os elementos dos números naturais: também na ordem em que aparecerem e os parên-
teses são resolvidos primeiro.

Exemplo 1
10 + 12 – 6 + 7
A construção dos Números Naturais 22 – 6 + 7
- Todo número natural dado tem um sucessor (nú- 16 + 7
mero que vem depois do número dado), consideran- 23
do também o zero.
Exemplos: Seja m um número natural. Exemplo 2
a) O sucessor de m é m+1. 40 – 9 x 4 + 23
b) O sucessor de 0 é 1. 40 – 36 + 23
c) O sucessor de 1 é 2. 4 + 23
d) O sucessor de 19 é 20. 27

- Se um número natural é sucessor de outro, então Exemplo 3


os dois números juntos são chamados números con- 25-(50-30)+4x5
secutivos. 25-20+20=25
Exemplos:
a) 1 e 2 são números consecutivos. Números Inteiros
b) 5 e 6 são números consecutivos. Podemos dizer que este conjunto é composto
c) 50 e 51 são números consecutivos. pelos números naturais, o conjunto dos opostos dos
números naturais e o zero. Este conjunto pode ser re-
- Vários números formam uma coleção de núme- presentado por:
ros naturais consecutivos se o segundo é sucessor do
primeiro, o terceiro é sucessor do segundo, o quarto é
sucessor do terceiro e assim sucessivamente.
Exemplos:
a) 1, 2, 3, 4, 5, 6 e 7 são consecutivos. Subconjuntos do conjunto :
b) 5, 6 e 7 são consecutivos.
c) 50, 51, 52 e 53 são consecutivos. 1) -Este é o con-
junto dos números inteiros excluindo o zero.
- Todo número natural dado N, exceto o zero, tem
um antecessor (número que vem antes do número 2) -Este é o conjuntos dos
dado). númerosinteiros não-negativos
Exemplos: Se m é um número natural finito diferen-
te de zero.
a) O antecessor do número m é m-1. 3) -Este é o conjunto dos
b) O antecessor de 2 é 1. números inteiros não-positivos
c) O antecessor de 56 é 55.
d) O antecessor de 10 é 9.

1
Números Racionais

Chama-se de número racional a todo número

que pode ser expresso na forma , onde a e b são

inteiros quaisquer, com b≠0

Assim, os números são


2º) Devemos achar a fração geratriz da dízima
dois exemplos de números racionais. dada; para tanto, vamos apresentar o procedimento
através de alguns exemplos:
Representação Decimal das Frações
Exemplo 1
Temos 2 possíveis casos para transformar frações
em decimais Seja a dízima 0, 333... .

1º) Decimais exatos: quando dividirmos a fração, Façamos x = 0,333... e multipliquemos ambos os
o número decimal terá um número finito de algaris- membros por 10: 10x = 0,333
mos após a vírgula. Subtraindo, membro a membro, a primeira igual-
dade da segunda:

10x – x = 3,333... – 0,333...  9x = 3  x = 3/9

3
Assim, a geratriz de 0,333... é a fração .
9
Exemplo 2
2º) Terá um número infinito de algarismos após a
vírgula, mas lembrando que a dízima deve ser perió- Seja a dízima 5, 1717... .
dica para ser número racional
OBS: período da dízima são os números que se re- Façamos x = 5,1717... e 100x = 517,1717... .
petem, se não repetir não é dízima periódica e assim Subtraindo membro a membro, temos:
números irracionais, que trataremos mais a frente. 99x = 517  x = 512/99
512
Assim, a geratriz de 5,1717... é a fração .
99
Números Irracionais

Identificação de números irracionais

- Todas as dízimas periódicas são números racio-


nais.
- Todos os números inteiros são racionais.
Representação Fracionária dos Números Deci-
- Todas as frações ordinárias são números racio-
mais
nais.
- Todas as dízimas não periódicas são números ir-
Trata-se do problema inverso: estando o número
racionais.
racional escrito na forma decimal, procuremos escre-
- Todas as raízes inexatas são números irracionais.
vê-lo na forma de fração. Temos dois casos:
- A soma de um número racional com um número
irracional é sempre um número irracional.
1º) Transformamos o número em uma fração cujo
- A diferença de dois números irracionais, pode
numerador é o número decimal sem a vírgula e o de- ser um número racional.
nominador é composto pelo numeral 1, seguido de
tantos zeros quantas forem as casas decimais do nú- -Os números irracionais não podem ser expressos
mero decimal dado: na forma , com a e b inteiros e b≠0.

2
Matemática

Exemplo: - = 0 e 0 é um número racional. Intervalo fechado à esquerda – números reais


maiores que a ou iguais a a e menores do que b.
- O quociente de dois números irracionais, pode
ser um número racional.

Exemplo: : = = 2 e 2 é um número racional.

- O produto de dois números irracionais, pode ser Intervalo:{a,b[


um número racional. Conjunto {x∈R|a≤x<b}
Intervalo fechado à direita – números reais maio-
Exemplo: . = = 5 e 5 é um número racional. res que a e menores ou iguais a b.

Exemplo: radicais( a raiz quadrada de um núme-


ro natural, se não inteira, é irracional.

Números Reais
Intervalo:]a,b]
Conjunto:{x∈R|a<x≤b}

INTERVALOS IIMITADOS

Semirreta esquerda, fechada de origem b- núme-


ros reais menores ou iguais a b.

Intervalo:]-∞,b]
Conjunto:{x∈R|x≤b}

Semirreta esquerda, aberta de origem b – núme-


ros reais menores que b.
Fonte: www.estudokids.com.br

Representação na reta

Intervalo:]-∞,b[
Conjunto:{x∈R|x<b}

Semirreta direita, fechada de origem a – números


reais maiores ou iguais a a.

INTERVALOS LIMITADOS
Intervalo fechado – Números reais maiores do
que a ou iguais a e menores do que b ou iguais a b.
Intervalo:[a,+ ∞[
Conjunto:{x∈R|x≥a}

Intervalo:[a,b] Semirreta direita, aberta, de origem a – números


Conjunto: {x∈R|a≤x≤b} reais maiores que a.

Intervalo aberto – números reais maiores que a e


menores que b.

Intervalo:]a,+ ∞[
Conjunto:{x∈R|x>a}
Intervalo:]a,b[
Conjunto:{x∈R|a<x<b}

3
Matemática

Potenciação 6) Toda vez que a base for igual a zero, não im-
Os números envolvidos em uma multiplicação porta o valor do expoente, o resultado será igual a
são chamados de fatores e o resultado da multiplica- zero.
ção é o produto, quando os fatores são todos iguais
existe uma forma diferente de fazer a representação
dessa multiplicação que é a potenciação.
2 . 2 . 2 . 2 = 16 → multiplicação de fatores iguais.

Propriedades

1) (am . an = am+n) Em uma multiplicação de potên-


cias de mesma base, repete-se a base e adiciona-se
(soma) os expoentes.

Exemplos:
54 . 53 = 54+3= 57
(5.5.5.5) .( 5.5.5)= 5.5.5.5.5.5.5 = 57

Casos

1) Todo número elevado ao expoente 0 resulta


em 1.

2) (am: an = am-n). Em uma divisão de potência


de mesma base. Conserva-se a base e subtraem os
expoentes.

2) Todo número elevado ao expoente 1 é o pró- Exemplos:


prio número. 96 : 92 = 96-2 = 94

3) Todo número negativo, elevado ao expoen-


te par, resulta em um número positivo. 3) (am)n Potência de potência. Repete-se a base
e multiplica-se os expoentes.
Exemplos:
(52)3 = 52.3 = 56

4) Todo número negativo, elevado ao expoen-


te ímpar, resulta em um número negativo.

Radiciação
Radiciação é a operação inversa a potenciação
5) Se o sinal do expoente for negativo, devemos
passar o sinal para positivo e inverter o número que
está na base.

4
Matemática

Técnica de Cálculo Raiz quadrada números decimais


A determinação da raiz quadrada de um número
torna-se mais fácil quando o algarismo se encontra
fatorado em números primos. Veja:

Operações

Operações

Multiplicação

64=2.2.2.2.2.2=26

Como é raiz quadrada a cada dois números


Exemplo
iguais “tira-se” um e multiplica.

1 1 1

3.5  3.5 2  32.52 



Observe: 3. 5 Divisão

De modo geral, se a  R , b  R , n  N
*
, então:

n
a.b n a.n b Exemplo

O radical de índice inteiro e positivo de um produ-
to indicado é igual ao produto dos radicais de mes-
mo índice dos fatores do radicando.
Adição e subtração
Raiz quadrada de frações ordinárias

1 1
2  2  2 2
2
2
Observe:   1  Para fazer esse cálculo, devemos fatorar o 8 e o 20.
3 3 2 3
3

a  R , b  R * , n  N * , 
De modo geral, se  então:

a na
n
 b nb
 Caso tenha:
O radical de índice inteiro e positivo de um quo-
ciente indicado é igual ao quociente dos radicais de
mesmo índice dos termos do radicando.

Não dá para somar, as raízes devem ficar desse


modo.

5
Matemática

Racionalização de Denominadores

Normalmente não se apresentam números irracionais com radicais no denominador. Ao processo que
leva à eliminação dos radicais do denominador chama-se racionalização do denominador.

1º Caso:Denominador composto por uma só parcela

2º Caso: Denominador composto por duas parcelas.

Devemos multiplicar de forma que obtenha uma diferença de quadrados no denominador:

Questões

01. (PREF. DE RIO DE JANEIRO – Agente de Administração – PREF. DO RIO DE JANEIRO/2016) Em um seminá-
rio de que participam X pessoas, o número de mulheres é igual ao quádruplo do número de homens. Se 128
< X < 134, a diferença entre o número de mulheres e o número de homens equivale a:
(A) 78
(B) 76
(C) 74
(D) 72

02. (EMDEC – Assistente Administrativo Jr – IBFC/2016) Paulo comprou dois pacotes de balas: um con-
tendo 84 balas e outro contendo 74 balas e as distribuiu em quantidades iguais para 12 pessoas. Nessas
condições o total de balas que restou à Paulo foi:
(A) 0
(B) 1
(C) 2
(D) 3

03. (JUCEPAR/PR – Assistente Administrativo – FAU/2016) Marina gasta 3/4 de seu salário com alimentação,
moradia e transporte se ela recebe R$ 1800,00 por mês, estas despesas representam em reais o total de:
(A) R$ 850,00.
(B) R$ 1.050,00.
(C) R$ 1.350,00.
(D) R$ 1.450,00.
(E) R$ 1.650,00.

04. (EMDEC – Assistente Administrativo Jr – IBFC/2016) Uma costureira utilizou um quinto de um novelo de lã
e mais dois terços do mesmo novelo. Desse modo, a fração que representa o total do novelo que a costureira
utilizou é:
(A) 2/15
(B) 3/8
(C) 3/4
(D) 13/15

6
05. (DPE/RR – Auxiliar Administrativo – FCC/2015) O resultado da expressão numérica: 3 + 4 × 7 − 8 × 3 é igual a
(A) 9.
(B) 123.
(C) 7.
(D) 60.
(E) 23.

06. (TJ/PI – Escrivão Judicial – FGV/2015) Cada um dos 160 funcionários da prefeitura de certo município
possui nível de escolaridade: fundamental, médio ou superior. O quadro a seguir fornece algumas informações
sobre a quantidade de funcionários em cada nível:

Fundamental Médio Superior


Homens 15 30
Mulheres 13 36

Sabe-se também que, desses funcionários, exatamente 64 têm nível médio. Desses funcionários, o número
de homens com nível superior é:
(A) 30;
(B) 32;
(C) 34;
(D) 36;
(E) 38.

07. (PREF. DE NOVA FRIBURGO/RJ – Engenheiro de Segurança do Trabalho – EXATUS/2015) A matrícula dos
funcionários de uma empresa é formada por cinco dígitos numéricos, sendo o último, denominado dígito verifi-
cador, ou seja, a matrícula é um código do tipo “ABCD-E”. Sabe-se que os quatro primeiros dígitos são gerados
aleatoriamente e o dígito verificador é gerado da seguinte maneira:
- multiplica-se o número “A” por 1, “B” por 2, “C” por 3 e “D” por 4.
- soma-se esses produtos e divide por 11.
- toma-se o resto dessa divisão como dígito verificador.

O funcionário João da Silva possui matrícula “3742-E”. Assim, é correto afirmar que o dígito verificador repre-
sentado por “E” na matrícula do funcionário João da Silva é igual a:
(A) 1.
(B) 2.
(C) 3.
(D) 4.

08. (DPE/RR – Administrador – FCC/2015) Se mudarmos a posição dos parênteses da expressão (-1)4.5+2.33
para -14.(5+2).33 o resultado irá
(A) diminuir em 130 unidades.
(B) diminuir em 248 unidades.
(C) diminuir em 378 unidades.
(D) aumentar em 130 unidades.
(E) permanecer inalterado.

09. (PREF. DE NOVA FRIBURGO/RJ – Engenheiro de Segurança do Trabalho – EXATUS/2015) André possui certa
quantia, que equivale a 1/6 da quantia que possui Bruno, que por sua vez, possui o dobro do que possui Roberto.
Sabe-se que Roberto possui 18 reais. Dessa forma, é correto afirmar que André possui:
(A) 6 reais.
(B) 8 reais.
(C) 9 reais.
(D) 12 reais.

10. (SAEG – Técnico de Saneamento – VUNESP/2015) Considere a, b, c três números naturais consecutivos
cuja soma é igual a 3,2 a. Nesse caso, é correto afirmar que (a . b) vale
(A) 272.
(B) 240.
(C) 210.
(D) 182.
(E) 156.

7
11. (AGERIO – Analista de Desenvolvimento – 16. (CÂMARA MUNICIPAL DE ACARAÚ – Consultor
FDC/2015) Sendo N o conjunto dos números naturais, Legislativo – FUNCEPE/2014) O valor de(32)0,8 +(9)3/2 é:
Z o conjunto dos números inteiros e Q o conjunto dos (A) 25
números racionais a afirmativa INCORRETA é: (B) 17
(A) N ⊂ Z (C) 43
(B) 0,333... ∈ Q (D) 12
(C) 1/2 ∉Z (E) 57
(D) Q ⊃ N
(E) -1 ∈ N Respostas

12. (TJ/PI – Analista Judiciário – FGV/2015) Em uma 01. Resposta: A.


determinada empresa, metade de seus funcionários A cada 5 pessoas: 1 homem e 4 são mulheres
vai para casa de ônibus, um quinto vai de carro, um Isso quer dizer que o total de pessoas tem que ser
oitavo vai de bicicleta e os demais vão a pé. um número divisível por 5, no nosso caso só pode ser
A fração dos funcionários que vai para casa a pé o 130
equivale a: 130/5=26 homens
(A) 4/5; 26x4=104 mulheres
(B) 3/15; 104-26=78
(C) 7/15;
(D) 3/40; 02. Resposta: C.
(E) 7/40; 84+74=158
158/12=13 e resta 2
13. (CISCOPAR - Pedagogo – CISCOPAR/2015) Então restaram 2 balas para Paulo
Resolvendo a expressão ( 32,68 x 18 ) + ( 240: 15 ), o
resultado obtido será: 03. Resposta: C.
(A) 575,18
(B) 589,60
(C) 595,20
(D) 604,24 04. Resposta: D.
(E) 615,45

14. (PREF. DE JUATUBA – Professor de Matemáti-


ca – CONSULPLAN/2015) Em relação à Teoria dos Nú-
meros e Conjuntos Numéricos, marque a alternativa
correta. Mmc(3,5)=15
(A) O número racional 13/ 3 está compreendi-
do entre 5 e 5√3.
(B) O menor número racional compreendido en-
tre 5 e 5√3 é 5,1.
(C) Há exatamente dois números pares com-
preendidos entre 5 e 5√3. 05. Resposta: C.
(D) Há exatamente cinco números inteiros com- Primeiro devemos fazer as multiplicações
preendidos entre 5 e 5√3. 4x7=28
8x3=24
15. (ELETROBRAS – Médico do Trabalho – IA- 3+28-24=7
DES/2015) Quanto aos números reais, assinale a alter-
nativa correta. 06. Resposta: B.
(A) Os números √2 ≅ 1,4142 e √3 ≅ 1,732 são os úni- Sabendo que são 64 funcionários com nível médio:
cos números irracionais entre 1 e 2. 15+13+64+36=128
(B) Entre dois números racionais distintos, existe 160-128=32
um único número irracional.
(C) Entre dois números racionais distintos, existe 07. Resposta: D.
apenas uma quantidade finita, maior do que 1, de Seguindo as orientações:
números irracionais. - multiplica-se o número “A” por 1, “B” por 2, “C”
(D) Existem dois números racionais distintos, entre por 3 e “D” por 4.
os quais não existe nenhum número irracional. 3x1=3
(E) Entre dois números racionais distintos, existem 7x2=14
infinitos números irracionais. 4x3=12
2x4=8

8
- soma-se esses produtos e divide por 11. Mmc(2,5,8)=40
3+14+12+8=37
- toma-se o resto dessa divisão como dígito veri-
ficador.
37/11=3 resta 4

08. Resposta: B. 13. Resposta: D.


(-1)4.5+2.33=5+2x27=59
-14.(5+2).33 =-1x7x27=-189
-189-59=-248

09. Resposta: A.
Vamos começar de trás para frente.
Sabemos que Roberto tem 18 reais
Bruno tem o dobro de Roberto 18x2=36 reais
André tem 1/6 da quantia de Bruno
André tem 1/6 de 36=6 reais 588,24+16=604,24
10. Resposta: B. 14. Resposta: C.
Se são consecutivos: (A)13/3=4,333...
b=a+1 (B) e (D)o menor número racional é até difícil de
c=a+2 ser analisado, lembrando que existem infinitos núme-
Diz que a soma dos números é igual a 3,2a ros compreendidos entre 2
a+b+c=3,2a
a+a+1+a+2=3,2a 15. Resposta: E.
3a+3=3,2a (A) √2,1 já é um contra exemplo
0,2a=3 (B), (C) e (D) sempre há infinitos números, quando
a=15 a alternativa colocar um valor já é pra desconfiar.
b=15+1=16
a.b=15.16=240
16. Resposta: C.
11. Resposta: E.

Simplificando a fração?

Colocando na raiz

EQUAÇÃO DE 1° GRAU

Equação é toda sentença matemática aber-


Lembrando do nosso diagrama
ta representada por uma igualdade, em que exista
(A) e (D) Os naturais estão contido nos números
uma ou mais letras que representam números desco-
inteiros e os racionais contém os números naturais
nhecidos.
(B) toda dízima periódica pode ser escrita em fra-
Equação do 1º grau, na incógnita x, é toda equa-
ção, por isso pertence aos racionais
ção redutível à forma ax+b=0, em que a e b são nú-
(C) os números inteiros são {...-3, -2, -1, 0, 1, 2...}
meros reais, chamados coeficientes, com a≠0.
12. Resposta: E. Uma raiz da equação ax+b =0(a≠0) é um valor
numérico de x que, substituindo no 1º membro da
½ vai para casa de ônibus
equação, torna-se igual ao 2º membro.
1/5 vai de carro
1/8 vai de bicicleta

9
Nada mais é que pensarmos em uma balança. Lembrando que:
Pi=Pa+3

Substituindo em Pe
Pe=2(Pa+3)+2Pa
Pe=2Pa+6+2Pa
Pe=4Pa+6

Pa+3+10=2Pa+3
Pa=10
A balança deixa os dois lados iguais para equili- Pi=Pa+3
brar, a equação também. Pi=10+3=13
No exemplo temos: Pe=40+6=46
3x+300 Soma das idades: 10+13+46=69
Outro lado: x+1000+500
E o equilíbrio? Resposta: B.
3x+300=x+1500
Questões
Quando passamos de um lado para o outro inver-
temos o sinal 01. (PREF.DO RIO DE JANEIRO – Agente de Admi-
3x-x=1500-300 nistração – PREF. DO RIO D EJANEIRO/2016) Ao per-
2x=1200 guntar para João qual era a sua idade atual, recebi
X=600 a seguinte resposta:
- O quíntuplo da minha idade daqui a oito anos,
Exemplo diminuída do quíntuplo da minha idade há três anos
(PREF. DE NITERÓI/RJ – Fiscal de Posturas – atrás representa a minha idade atual.
FGV/2015) A idade de Pedro hoje, em anos, é igual A soma dos algarismos do número que represen-
ta, em anos, a idade atual de João, corresponde a:
ao dobro da soma das idades de seus dois filhos, Pau-
(A) 6
lo e Pierre. Pierre é três anos mais velho do que Paulo.
(B) 7
Daqui a dez anos, a idade de Pierre será a metade
(C) 10
da idade que Pedro tem hoje.
(D) 14
A soma das idades que Pedro, Paulo e Pierre têm
hoje é:
02. (CASAN - Assistente Administrativo – INSTITUTO
(A) 72;
AOCP/2016) Um número X somado à sua quinta parte
(B) 69;
é igual a 90. Então X vale
(C) 66;
(A) 80.
(D) 63;
(B) 100.
(E) 60. (C) 75.
Resolução (D) 25.
A ideia de resolver as equações é literalmente co- (E) 108.
locar na linguagem matemática o que está no texto.
“Pierre é três anos mais velho do que Paulo” 03. ( CASAN – Técnico de Laboratório – INSTITUTO
Pi=Pa+3 AOCP/2016) Um número X somado com sua metade
é igual a 56 menos um quarto de X. Então X vale
“Daqui a dez anos, a idade de Pierre será a meta- (A) 32.
de da idade que Pedro tem hoje.” (B) 16.
(C) 8.
(D) 60.
(E) 90.

04. (MPE/SP – Oficial de Promotoria I – VUNESP/2016)


A idade de Pedro hoje, em anos, é igual ao dobro Alfredo irá doar seus livros para três bibliotecas da uni-
da soma das idades de seus dois filhos, versidade na qual estudou. Para a biblioteca de ma-
Pe=2(Pi+Pa) temática, ele doará três quartos dos livros, para a bi-
Pe=2Pi+2Pa blioteca de física, um terço dos livros restantes, e para
a biblioteca de química, 36 livros. O número de livros
doados para a biblioteca de física será

10
(A) 16. 09. (PRODEB – Assistente – IDECAN/2015 ) Um cer-
(B) 22. to número foi somado com três. Em seguida, essa
(C) 20. soma foi dividida por dois. Depois, subtraiu‐se seis
(D) 24. do quociente obtido. Multiplicando por oito, o resul-
(E) 18. tado da operação anterior tem‐se 280. A soma dos
algarismos do número tomado inicialmente é igual a:
05. (PREF.DO RIO DE JANEIRO – Administrador – (A) 13.
PREF. DO RIO DE JANEIRO/2016) Uma pesquisa reali- (B) 14.
zada com 236 pessoas tinha como objetivo verificar (C) 16.
quantas delas praticam algum tipo de esporte. O re- (D) 17.
sultado dessa pesquisa constatou que:
10. (TJ/RO – Técnico Judiciário – FGV/2015) Em um
· entre aqueles que praticam esportes, o número
mesmo andar do prédio do Tribunal de Justiça estão
de mulheres é a terça parte do número de homens;
a Secretaria de Administração (A) e a Secretaria Ju-
· o número de homens que não praticam ne-
diciária (B).
nhum tipo de esporte excede o número de homens Considere as seguintes informações:
que praticam esporte em 57 pessoas; • Na secretaria A há 1 funcionário a mais que na
· o número de mulheres que praticam esportes secretaria B.
excede em 37 o número de mulheres que não prati- • A terça parte dos funcionários da secretaria A
cam esportes. são mulheres.
• A metade dos funcionários da secretaria B são
Do total de pessoas entrevistadas, a quantidade mulheres.
de homens que não praticam esporte é igual a: • Dos funcionários das secretarias A e B, 17 são
(A) 138 homens.
(B) 117 O número total de funcionários dessas duas se-
(C) 97 cretarias é:
(D) 93 (A) 25;
(B) 26;
06. (CODAR – Recepcionista – EXATUS/2016) Ja- (C) 27;
nete reservou 2/5 do seu salário para fazer a festa (D) 28;
de aniversário do seu filho. Sabe-se que dessa quan- (E) 29.
tia reservada, ela gastou o equivalente a 5/8 com o
buffet, e ainda restaram 174 reais, com os quais ela Respostas
comprou um presente. Dessa forma, é correto afir-
mar que o salário de Janete é de: 01. Resposta: C.
(A) 1.160 reais. Atual:x
(B) 1.144 reais. 5(x+8)-5(x-3)=x
(C) 928 reais. 5x+40-5x+15=x
(D) 464 reais. X=55
Soma: 5+5=10
07. (PREF. DE NOVA FRIBURGO/RJ – Educador –
02. Resposta: C.
EXATUS/2015) O produto entre 12 e x é um número
natural duas vezes maior do que a soma entre 12 e x.
A divisão entre 12 e x é igual a:
(A) 2.
(B) 3.
(C) 4. 5x+x=450
(D) 5. 6x=450
X=75
08. (PREF. DE FLORES DA CUNHA/RS – Atendente
de Farmácia – UNA CONCURSOS/2015) Existem qua- 03. Resposta: A.
tro números inteiros e consecutivos que a soma resul-
ta em 2.398. Determine o terceiro número.
(A) 550
(B) 789 Fazendo mmc(2,4)=4
(C) 600
(D) 598

7x=224
X=32

11
04. Resposta: E. 2y=464. 5
Total de livros: x 2y=2320
A parte mais chata para pensar é 1/3 dos livros y=1160
restantes.
Se ele doou 3/4 dos livros para a biblioteca de 07. Resposta: D.
matemática, quer dizer que sobrou 1/4 Vamos escrever em linguagem matemática exa-
E 1/3 DE 1/4 seria: tamente o que está escrito no texto
Toda vez que temos o “de”, faremos multiplica- 12x=2(12+x)
ção: 12x=24+2x
1/3∙1/4=1/12 10x=24
Agora, vamos montar a equação X=2,4
3/4 x+1/12 x+36=x
Eu somo as doações e é igual ao total de livros Divisão 12/2,4=5
Mmc(4,12)=12
9x+x+432=12x 08. Resposta: C.
10x+432=12x 1º número: x
2x=432 2º número: x+1
X=216 3º número: x+2
O número de livros doados para a biblioteca de 4º número x+3
física é de 1/12∙216=18
X+x+1+x+2+x+3=2398
05. Resposta: A. 4x=2398-6
4x=2392
X=598
esporte Não pratica
Homens x X+57 3º número: x+2=598+2=600

mulheres 09. Resposta: C.

Número: x

3x+x+3x+171+x-111=708
Fazendo mmc(1,2)=2
8x=708-60
8x=648
X=81

Como os homens que não praticam esporte são:


x+57=81+57=138

06. Resposta: A. 4(x-9)=280


Reserva festa: x 4x-36=280
De 5/8 restaram 174 4x=316
Essa quantia que sobrou equivale a 3/8 (1-5/8) X=79
Soma dos algarismos 7+9=16

10. Resposta: E.
Vamos chamar de x o número de funcionários de B
E x+1 o número de funcionários de A
3x=174.8 Como 1/3 de A são mulheres, quer dizer 2/3 são
3x=1392 homens
X=464 E ½ de B são homens
Ela reservou 464 reais Então, vamos montar a equação da soma dos
Y: salário funcionários homens

12
4(x+1)+3x=102
4x+4+3x=102
7x=98
X=14

Soma dos funcionários


A:x+1
B=x
A+B=x+x+1=14+14+1=29

NÚMEROS E GRANDEZAS PROPORCIONAIS


RAZÃO E PROPORÇÃO
DIVISÃO PROPORCIONAL

Razão

Chama-se de razão entre dois números racionais a e b, com b 0, ao quociente entre eles. Indica-se a
razão de a para b por a/b ou a : b.
Exemplo:
Na sala do 1º ano de um colégio há 20 rapazes e 25 moças. Encontre a razão entre o número de rapazes
e o número de moças. (lembrando que razão é divisão)

(Indica que para cada 4 rapazes existe 5 moças)

Proporção

Proporção é a igualdade entre duas razões. A proporção entre A/B e C/D é a igualdade:

Propriedade fundamental das proporções

Numa proporção:

Os números A e D são denominados extremos enquanto os números B e C são os meios e vale a proprie-
dade: o produto dos meios é igual ao produto dos extremos, isto é:
AxD=BxC

Exemplo: A fração 3/4 está em proporção com 6/8, pois:

Exercício: Determinar o valor de X para que a razão X/3 esteja em proporção com 4/6.
Solução: Deve-se montar a proporção da seguinte forma:

13
Segunda propriedade das proporções
Qualquer que seja a proporção, a soma ou a diferença dos dois primeiros termos está para o primeiro, ou
para o segundo termo, assim como a soma ou a diferença dos dois últimos termos está para o terceiro, ou
para o quarto termo. Então temos:

ou
Ou

ou

Terceira propriedade das proporções


Qualquer que seja a proporção, a soma ou a diferença dos antecedentes está para a soma ou a dife-
rença dos consequentes, assim como cada antecedente está para o seu respectivo consequente. Temos
então:

ou
Ou

ou

Grandezas Diretamente Proporcionais

Duas grandezas variáveis dependentes são diretamente proporcionais quando a razão entre os valores
da 1ª grandeza é igual a razão entre os valores correspondentes da 2ª, ou de uma maneira mais informal, se
eu pergunto:
Quanto mais.....mais....

Exemplo

Distância percorrida e combustível gasto

Distância(km) Combustível(litros)
13 1
26 2
39 3
52 4

Quanto MAIS eu ando, MAIS combustível?


Diretamente proporcionais
Se eu dobro a distância, dobra o combustível

Grandezas Inversamente Proporcionais

Duas grandezas variáveis dependentes são inversamente proporcionais quando a razão entre os valores
da 1ª grandeza é igual ao inverso da razão entre os valores correspondentes da 2ª.
Quanto mais....menos...

14
Exemplo
velocidadextempo a tabela abaixo:

Velocidade (m/s) Tempo (s)


5 200
8 125
10 100
16 62,5
20 50

Quanto MAIOR a velocidade MENOS tempo??


Inversamente proporcional
Se eu dobro a velocidade, eu faço o tempo pela metade.
Algumas situações financeiras, ou somente casos envolvendo divisões, são satisfatoriamente resolvidas
utilizando a divisão proporcional. Essa divisão é aplicada em situações de partilha de heranças, formulação
de inventários, cálculo de salário proporcional aos dias trabalhados, entre outras inúmeras situações.

Diretamente Proporcionais
Para decompor um número M em partes X1, X2, ..., Xn diretamente proporcionais a p1, p2, ..., pn, deve-se
montar um sistema com n equações e n incógnitas, sendo as somas X1+X2+...+Xn=M e p1+p2+...+pn=P.

Vamos ver exemplo para tornar mais fácil a explicação

Exemplo
Carlos e João resolveram realizar um bolão da loteria. Carlos entrou com R$ 10,00 e João com R$ 15,00.
Caso ganhem o prêmio de R$ 525.000,00, qual será a parte de cada um, se o combinado entre os dois foi de
dividirem o prêmio de forma diretamente proporcional?

10p+15p=525000
25p=525000
P=21000
C=10p=10x21000=210000
J=15p=15x21000=315000

Carlos ganhará R$210000,00 e Carlos R$315000,00.

Inversamente Proporcionais
Para decompor um número M em n partes X1, X2, ..., Xn inversamente proporcionais a p1, p2, ..., pn, basta
decompor este número M em n partes X1, X2, ..., Xn diretamente proporcionais a 1/p1, 1/p2, ..., 1/pn.
A montagem do sistema com n equações e n incógnitas, assume que X 1+X2+...+ Xn=M e além disso

15
Exemplo (A) Ariel receberá menos de 100 reais.
Para decompor o número 220 em três partes A, (B) Tiago e Zito, juntos, receberão menos da me-
B e C inversamente proporcionais a 2, 4 e 6, deve-se tade da quantia distribuída por Jair.
montar um sistema com 3 equações e 3 incógnitas, (C) Tiago receberá R$ 198,00.
de modo que A+B+C=220. Desse modo: (D) Ariel receberá R$ 315,00.

04. (TRT – 14ª Região – Técnico Judiciário –


FCC/2016) Paula e Renata gastaram, juntas, R$
48,00 na compra de bilhetes de uma loteria, sendo
que Paula contribuiu com R$ 12,00 dessa quantia. As
duas foram sorteadas, ganhando um prêmio de R$
A+B+C=220 120.000,00. Na partição desse prêmio entre elas, que
foi feita proporcionalmente ao dinheiro que cada
uma deu na compra dos bilhetes, Renata ficou com
(A) R$ 90.000,00.
(B) R$ 75.000,00.
(C) R$ 86.000,00.
Mmc(2,4,6)=12 (D) R$ 84.000,00.
(E) R$ 92.000,00.
6p+3p+2p=220x12
11p=2640 05. (TRT 9ª REGIÃO/PR – Técnico Judiciário –
P=240 FCC/2015) Para proceder à fusão de suas empresas,
A=240/2=120 os proprietários A, B e C decidem que as partes de
B=240/4=60 cada um, na nova sociedade, devem ser proporcio-
C=240/6=40 nais ao faturamentos de suas empresas no ano de
2014, que foram, respectivamente, de R$ 120.000,00;
Questões R$ 135.000,00 e R$ 195.000,00. Então, se a empresa
resultante da fusão lucrar R$ 240.000,00 em 2016, a
01. (EMDEC – Assistente Administrativo – IBFC/2016) parte desse lucro devida ao sócio A foi de
Paulo vai dividir R$ 4.500,00 em partes diretamente (A) R$.110.000,00.
proporcionais às idades de seus três filhos com ida- (B) R$ 72.000,00.
des de 4, 6 e 8 anos respectivamente. Desse modo, (C) R$ 64.000,00.
o total distribuído aos dois filhos com maior idade é (D) R$ 60.000,00.
igual a: (E) R$ 80.000,00.
(A) R$2.500,00
(B) R$3.500,00 06. (TJ/PI – Analista Judiciário – FGV/2015) Em uma
(C) R$ 1.000,00 urna há somente bolas brancas, bolas pretas e bo-
(D) R$3.200,00 las vermelhas. Para cada bola branca há três bolas
pretas e para cada duas bolas pretas há cinco bolas
02. (CASAN – Advogado – INSTITUTO AOCP/2016) vermelhas.
Três pessoas investiram certo capital para a abertura A razão entre a quantidade de bolas pretas e a
de uma lanchonete. O sócio A investiu R$12 000,00, o quantidade total de bolas na urna é:
sócio B investiu R$18 000,00 e o sócio C investiu R$30 (A) 3/10;
000,00. Ao fim de dois anos, perceberam que seria (B) 4/19;
possível fazer uma retirada de R$420 000,00. Saben- (C) 5/21;
do que cada sócio recebeu uma parte desses R$420 (D) 6/23;
000,00 e que essa parte era diretamente proporcio- (E) 7/25;
nal ao seu investimento, o sócio C recebeu Respostas
(A) R$126 000,00.
(B) R$84 000,00. 01. Resposta: B.
(C) R$42 000,00.
(D) R$210 000,00.
(E) R$300 000,00.

03. (CODAR – Recepcionista – EXATUS/2016) Jair A+B+C=4500


irá distribuir a quantia de R$ 639,00 entre seus três so- 4p+6p+8p=4500
brinhos, chamados Zito, Tiago e Ariel, na proporção 18p=4500
inversa de suas idades. Sabe-se que Zito tem 7 anos, P=250
que Tiago tem 5 anos, e que Ariel tem 3 anos. Assim, B=6p=6x250=1500
é correto afirmar que: C=8p=8x250=2000
1500+2000=3500

16
02. Resposta: D.
12000p+18000p+30000p=420000
60000p=420000
P=7
C=30000p=30000x7=210000

03. Resposta D.

A+B+C=639

Mmc(7,5,3)=105

71p=67095
P=945
A=1/7p=945/7=135
B=1/5p=945/5=189
C=1/3p=945/3=315

04. Resposta: A.
Paula: P
Renata: R

P+R=120000

Se Paula contribuiu com 12, então Renata contribuiu com 48-12=36

12p+36p=120000
48p=120000
p=2500
Renata:36p=2500x36=90000

05. Resposta: C.
Como os números são tudo em “mil”, vamos usar o mais simples?
Apenas, 120, 135, 195 e 240

A+B+C=240
120p+135p+195p=240
450p=240
P=24/45
A=120p

Portanto o lucro do sócio A será de 64000

17
06. Resposta: D.
Vamos pensar de uma maneira que consigamos deixar as bolas pretas com a mesma proporção
1 bola branca: 3 bolas pretas
2 bolas brancas: 6 bolas pretas
2 bolas pretas: 5 bolas vermelhas
6 bolas pretas: 15 bolas vermelhas

Ou seja: 2 bolas brancas, 6 bolas pretas e 15 bolas vermelhas: 23

MEDIDAS
UNIDADE DE MEDIDA DE COMPRIMENTO
UNIDADE DE MEDIDA DE MASSA
UNIDADE DE TEMPO

Unidades de Comprimento
km hm dam m dm cm mm
Quilômetro Hectômetro Decâmetro Metro Decímetro Centímetro Milímetro
1000m 100m 10m 1m 0,1m 0,01m 0,001m

Os múltiplos do metro são utilizados para medir grandes distâncias, enquanto os submúltiplos, para pe-
quenas distâncias. Para medidas milimétricas, em que se exige precisão, utilizamos:

mícron (µ) = 10-6 m angströn (Å) = 10-10 m

Para distâncias astronômicas utilizamos o Ano-luz (distância percorrida pela luz em um ano):
Ano-luz = 9,5 · 1012 km

Exemplos de Transformação
1m=10dm=100cm=1000mm=0,1dam=0,01hm=0,001km
1km=10hm=100dam=1000m

Ou seja, para trasnformar as unidades, quando “ andamos” para direita multiplica por 10 e para a esquer-
da divide por 10.

Superfície
A medida de superfície é sua área e a unidade fundamental é o metro quadrado(m²).
Para transformar de uma unidade para outra inferior, devemos observar que cada unidade é cem vezes
maior que a unidade imediatamente inferior. Assim, multiplicamos por cem para cada deslocamento de
uma unidade até a desejada.

Unidades de Área
2 2 2
km hm dam m2 dm2 cm2 mm2
Quilômetro Hectômetro Decâmetro Metro Decímetro Centímetro Milímetro
Quadrado Quadrado Quadrado Quadrado Quadrado Quadrado Quadrado
1000000m2 10000m2 100m2 1m2 0,01m2 0,0001m2 0,000001m2

Exemplos de Transformação
1m²=100dm²=10000cm²=1000000mm²
1km²=100hm²=10000dam²=1000000m²

Ou seja, para trasnformar as unidades, quando “ andamos” para direita multiplica por 100 e para a es-
querda divide por 100.

18
Volume

Os sólidos geométricos são objetos tridimensionais que ocupam lugar no espaço. Por isso, eles possuem
volume. Podemos encontrar sólidos de inúmeras formas, retangulares, circulares, quadrangulares, entre ou-
tras, mas todos irão possuir volume e capacidade.

Unidades de Volume
km3 hm3 dam3 m3 dm3 cm3 mm3
Quilômetro Hectômetro Decâmetro Metro Decímetro Centímetro Milímetro
Cúbico Cúbico Cúbico Cúbico Cúbico Cúbico Cúbico
1000000000m3 1000000m3 1000m3 1m3 0,001m3 0,000001m3 0,000000001m3

Capacidade
Para medirmos a quantidade de leite, sucos, água, óleo, gasolina, álcool entre outros utilizamos o litro e
seus múltiplos e submúltiplos, unidade de medidas de produtos líquidos.
Se um recipiente tem 1L de capacidade, então seu volume interno é de 1dm³

1L=1dm³

Unidades de Capacidade
kl hl dal l dl cl ml
Quilolitro Hectolitro Decalitro Litro Decilitro Centilitro Mililitro
1000l 100l 10l 1l 0,1l 0,01l 0,001l

Massa

Toda vez que andar 1 casa para direita, multiplica por 10 e quando anda para esquerda divide por 10.
E uma outra unidade de massa muito importante é a tonelada
1 tonelada=1000kg

Tempo

A unidade fundamental do tempo é o segundo(s).


É usual a medição do tempo em várias unidades, por exemplo: dias, horas, minutos

Transformação de unidades

Deve-se saber:
1 dia=24horas
1hora=60minutos
1 minuto=60segundos
1hora=3600s

19
Adição de tempo Divisão
Exemplo: Estela chegou ao 15h 35minutos. Lá, ba-
teu seu recorde de nado livre e fez 1 minuto e 25 se- 5h 20 minutos :2
gundos. Demorou 30 minutos para chegar em casa.
Que horas ela chegou?

1h 20 minutos, transformamos para minutos


:60+20=80minutos

Não podemos ter 66 minutos, então temos que Questões


transferir para as horas, sempre que passamos de um
para o outro tem que ser na mesma unidade, temos 01. (ANP – Técnico Administrativo – CESGRAN-
que passar 1 hora=60 minutos RIO/2016) Um voo direto, do Rio de Janeiro a Paris,
Então fica: 16h 6 minutos 25segundos tem 11 horas e 5 minutos de duração. Existem ou-
tros voos, com escala, cuja duração é bem maior.
Vamos utilizar o mesmo exemplo para fazer a Por exemplo, a duração de certo voo Rio-Paris, com
operação inversa. escala em Amsterdã, é 40% maior do que a do voo
direto.
Subtração Qual é a duração desse voo que faz escala em
Amsterdã?
Vamos dizer que sabemos que ela chegou em (A) 15h 4 min
casa as 16h 6 minutos 25 segundos e saiu de casa às (B) 15h 15 min
15h 35 minutos. Quanto tempo ficou fora? (C) 15 h 24 min
(D) 15h 29 min
(E) 15 h 31 min

02. (ANP – Técnico Administrativo – CESGRAN-


RIO/2016) Um caminhão-tanque chega a um posto
de abastecimento com 36.000 litros de gasolina em
seu reservatório. Parte dessa gasolina é transferida
Não podemos tirar 6 de 35, então emprestamos, para dois tanques de armazenamento, enchendo-os
da mesma forma que conta de subtração. completamente. Um desses tanques tem 12,5 m 3, e o
outro, 15,3 m3, e estavam, inicialmente, vazios.
1hora=60 minutos Após a transferência, quantos litros de gasolina
restaram no caminhão-tanque?
(A) 35.722,00
(B) 8.200,00
(C) 3.577,20
(D) 357,72
(E) 332,20
Multiplicação
03. (PREF. DE NITERÓI/RJ – Agente Fazendário –
Pedro pensou em estudar durante 2h 40 minutos, FGV/2016) Uma máquina é capaz de imprimir e en-
mas demorou o dobro disso. Quanto tempo durou o cadernar cada exemplar de um determinado livro
estudo? em 2min45s.
Trabalhando continuamente, o tempo que essa
máquina levará para imprimir e encadernar 100 li-
vros é:
(A) 3h45min;
(B) 3h55min;
(C) 4h15min;
(D) 4h25min;
(E) 4h35min.

20
04. (CASAN – Assistente Administrativo – INSTITUTO AOCP/2016) Se 300g de atum custam R$5,10, então
quanto custa 1 kg de atum?
(A) R$ 20,00
(B) R$ 17,50
(C) R$ 15,30
(D) R$ 17,00
(E) R$ 15,00

05.(PREF. DE NITERÓI/RJ – Fiscal de Posturas – FGV/2015) Fidípides caminhou durante 2 horas e 15 minutos
a uma velocidade constante de 8 km/h e, a seguir, correu durante 1 hora e 40 minutos a uma velocidade
constante de 15 km/h. A distância total percorrida por Fidípides, em quilômetros, foi:
(A) 43;
(B) 42;
(C) 41;
(D) 40;
(E) 39.

06. (DPE/RR – Auxiliar Administrativo – FCC/2015) Na segunda-feira um funcionário gastou 13 minutos para
ir ao trabalho e 20 minutos para voltar para casa. Na terça-feira gastou 15 minutos para ir ao trabalho e 18
minutos para voltar para casa. Na quarta-feira gastou 10 minutos para ir ao trabalho e 20 minutos para voltar
para casa. Na quinta-feira gastou 12 minutos para ir ao trabalho e 22 minutos para voltar para casa. Na sexta-
feira gastou 17 minutos para ir ao trabalho e 25 minutos para voltar para casa. O tempo gasto por esse fun-
cionário em deslocamento de casa para o trabalho e do trabalho para casa, nesses cinco dias, equivale a
(A) 3 horas e 12 minutos.
(B) 2 horas e 24 minutos.
(C) 3 horas e 8 minutos.
(D) 2 horas e 52 minutos.
(E) 2 horas e 48 minutos.

07.(PREF. DE NITERÓI/RJ – Fiscal de Posturas – FGV/2015) Pablo compra balas no atacado a R$ 24,00 o quilo
e revende essas balas em pequenos pacotes de 50 gramas cada um a R$ 2,00 o pacote.
No mês de setembro, Pablo teve um lucro de R$ 1.000,00 com a venda dessas balas.
A quantidade, em quilos, que Pablo vendeu dessas balas em setembro foi:
(A) 120;
(B) 104,5;
(C) 88,5;
(D) 62,5;
(E) 60.

08. (TRT – 9ª REGIÃO/PR – Analista Judiciário – FCC/2015) A companhia de abastecimento de água de


certa região divulga, em seu website, a Tabela Tarifária vigente a partir de julho de 2015, na qual informa as
tarifas mensais relativas ao consumo de água e ao tratamento de esgoto. A cobrança é sempre feita com
base no consumo mensal de água e, se o imóvel for servido também por tratamento de esgoto, a compa-
nhia cobra por este último considerando que a água consumida retorna na forma de esgoto.

Até 10 m3 de Excedente a 10 m3 de Excedente a 30 m3 de


água consumida água consumida água consumida

Água
(todas as localidades) R$ 30,54 R$ 4,58/m3 R$ 7,81/m3

Esgoto (Capital) R$ 25,96 R$ 3,89/m3 R$ 6,64/m3

Total (Capital) R$ 56,50 R$ 8,47/m3 R$ 14,45/m3

Esgoto (demais
localidades) R$ 24,43 R$ 3,66/m3 R$ 6,25/m3

Total (demais R$ 54,97 R$ 8,24/m3 R$ 14,06/m3


localidades)

21
O proprietário de uma residência na Capital, que 02. Resposta: B.
é servida por água e esgoto, recebeu a conta de 1m³=1000litros
água (incluindo a cobrança de água e de esgoto) 36000/1000=36 m³
referente ao mês de outubro de 2015 com valor mui- 36-12,5-15,3=8,2 m³x1000=8200 litros
to superior ao de costume: R$ 254,80. Desconfiado de
algum vazamento, consultou os dados da tabela aci- 03. Resposta: E.
ma para calcular o volume de água consumida em
sua residência no referido mês. De acordo com esses
dados, tal consumo foi de, em m3,
(A) 20.
(B) 28.
(C) 32.
(D) 44.
(E) 55.
4500/60=75 minutos
09. (DPE/RR – Analista de Sistemas – FCC/2015) A 275/60=4 e resta 35 minutos
torneira X tem vazão de 1,2 litros por segundo, e a
torneira Y de 2,4 litros por segundo. Se a torneira X, 04. Resposta: D.
sozinha, enche um tanque vazio em 5 minutos e 45 1kg=1000g
segundos, as duas torneiras, juntas, encheriam esse 300g----5,10
mesmo tanque vazio em um tempo mínimo de . 1000g --- x
(A) 1 minuto e 45 segundos. 300x=1000.5,10
(B) 2 minutos e 35 segundos. X=17
(C) 2 minutos e 15 segundos.
(D) 1 minuto e 55 segundos. 05. Resposta: A.
(E) 2 minutos e 05 segundos. 15 minutos é ¼ de hora, portanto 0,25 horas
Com velocidade de 8km/h durante 2 horas e
10. (PREF. DE CUIABÁ/MT – Técnico em Adminis- 15minutos
tração Escolar – FGV/2015) Considere Duas caixas 8km/h durante 2,25h
d’água iguais, posicionadas uma ao lado da outra, Distância: 8x2,25=18 km
possuem, cada uma, capacidade de 900 litros, sen- 15 km/h durante 1 hora e 40 minutos
do que a primeira está cheia e a segunda, vazia. 40/60=2/3 de hora
1 hora e 40 minutos =1+2/3

A primeira caixa possui uma torneira que conse-


gue esvaziá-la com vazão de 10 litros por hora e a Distância total :18+25=43km
segunda caixa possui uma torneira que consegue
enchê-la com vazão de 15 litros por hora.
Abrindo as duas torneiras simultaneamente, o 06. Resposta: D.
tempo que deve decorrer até que os níveis da água 13+20+15+18+10+20+12+22+17+25=172 minutos
nas duas caixas estejam na mesma altura é de 172/60=2 horas e 52 minutos
(A) 18 horas
(B) 25 horas 07. Resposta: D.
(C) 30 horas. 1kg=1000g
(D) 36 horas. 1000/50=20 pacotes/kg
(E) 45 horas. 20x2=40 reais
40-24=16 reais de lucro por quilo de bala compra-
Respostas da
1000/16=62,5 kg.
01. Resposta: E.
11x60=660 minutos 08. Resposta: C.
660+5=665 minutos Como a última coluna começa com 30m³ e a pri-
O voo com escala em Amsterdã demora: meira é até 10m³, então a segunda coluna é de 20m³
665x1,4=931 minutos 8,47x20=169,40
931/60=15 h e 31 minutos 169,40+56,50=225,90

22
Como a conta dele está acima, quer dizer que 1
ele consumiu mais de 30m³ Ex: 25% = 25 = 0,25 = (fração irredutível)
4
254,80-225,90=28,90 de consumo a mais 100
28,9/14,45=2
Excedeu 30m³ em 2, portanto o consumo total foi Importante: Fator de Multiplicação.
de 32m³
Se há um acréscimo de 10% a um determinado
09. Resposta: D. valor, podemos calcular o novo valor apenas multi-
As duas juntas somam 1,2+2,4=3,6 litros/segundo plicando esse valor por 1,10, que é o fator de multi-
5 minutos e 45segundos=60x5+45=300+45=345 se- plicação. Se o acréscimo for de 30%, multiplicamos
gundos por 1,30, e assim por diante. Veja:

1,2litros------345s Acréscimo Fator de Multiplicação


3,6 ---------- x
11% 1,11
Mas, são grandezas inversamente proporcionais. 15% 1,15
Quanto mais litros por segundo, menos tempo le- 20% 1,20
vará
Como 3,6/1,2=3 65% 1,65
345/3=115 segundos 87% 1,87
60segundos+55 segundos=1 minuto e 55 segun-
dos Ex: Aumentando 10% no valor de R$10,00 te-
mos: 10 . 1,10 = R$ 11,00
10. Resposta: D.
900-10x=15x No caso de haver um decrésci-
25x=900 mo, o fator de multiplicação será:
X=36 horas Fator de Multiplicação = 1 - taxa de desconto (na
forma decimal).
PORCENTAGEM Veja:

Diariamente jornais, TV, revistas apresentam no- Desconto Fator de Multiplicação


tícias que envolvem porcentagem; em um passeio
pelo comércio de nossa cidade vemos cartazes 12% 0,88
anunciando mercadorias com desconto e em bole- 26% 0,74
tos bancários também nos deparamos com porcen- 36% 0,64
tagens.
A porcentagem é de grande utilidade no mer- 60% 0,40
cado financeiro, pois é utilizada para capitalizar 90% 0,10
empréstimos e aplicações, expressar índices inflacio-
nários e deflacionários, descontos, aumentos, taxas Ex: Descontando 10% no valor de R$10,00 te-
de juros, entre outros. No campo da Estatística possui mos: 10 . 0,90 = R$ 9,00
participação ativa na apresentação de dados com-
parativos e organizacionais. Você deve lembrar que em matemática a pala-
É frequente o uso de expressões que refletem vra de indica uma multiplicação, logo para calcular-
acréscimos ou reduções em preços, números ou mos 12% de R$ 540,00 devemos proceder da seguinte
quantidades, sempre tomando por base 100 unida- forma:
des. Alguns exemplos: 6480
A gasolina teve um aumento de 15% 12% de 540 = 12 . 540 = = 64,8 ; logo 12% de
Significa que em cada R$100 houve um acrésci- R$ 540,00 é R$ 64,80 100 100
mo de R$15,00
O funcionário recebeu um aumento de 10% em Ou
seu salário.
Significa que em cada R$100 foi dado um au- 0,12 de 540 = 0,12 . 540 = 64,8
mento de R$10,00
As expressões 7%, 16% e 125% são chamadas ta- (nos dois métodos encontramos o mesmo resul-
xas centesimais ou taxas percentuais. tado)
Porcentagem é o valor obtido ao aplicarmos
uma taxa percentual a um determinado valor. É re- Utilizaremos nosso conhecimento com porcenta-
presentado por uma fração de denominador 100 ou gem pra a resolução de problemas.
em número decimal.

23
Ex: 1. Sabe-se que 20% do número de pessoas de Multiplicando em Cruz temos
minha sala de aula são do sexo masculino. Sabendo 20 x = 500 . 100
que na sala existem 32 meninas, determine o número 20 x = 50000
de meninos. X = 50000/20
Resolução: se 20% são homens então 80% são X = 2500
mulheres e x representa o nº total de alunos, logo:
80% de x = 32  0,80 . x = 32  x = 40 O preço do eletrodoméstico era 2500 reais e o
Resp: são 32 meninas e 8 meninos valor pago foi 2000 reais
Resp: Alternativa C
2. Em uma fabrica com 52 funcionários, 13 utili-
zam bicicletas como transporte. Expresse em porcen- 2. Para saber a porcentagem do desconto de
tagem a quantidade de funcionários que utilizam maneira rápida dividimos o desconto pelo salário
bicicleta. bruto
Resolução: Podemos utili- 280 : 1400 = 0,20 = 20%
zar uma regra de três simples. Resp: Alternativa B
52 funcionários .............................100%
13 funcionários ............................. x% JUROS SIMPLES
52.x = 13.100
52x = 1300 Podemos definir juros como o rendimento de uma
x= 1300/52 aplicação financeira, valor referente ao atraso no
x = 25% pagamento de uma prestação ou a quantia paga
pelo empréstimo de um capital. Atualmente, o siste-
Portanto, 25% dos funcionários utilizam bicicletas. ma financeiro utiliza o regime de juros compostos, por
Podemos também resolver de maneira direta ser mais lucrativo. Mas vamos entender como funcio-
dividindo o nº de funcionários que utilizam bicicleta na a capitalização no sistema de juros simples.
pelo total de funcionários  13 : 52 = 0,25 = 25% No sistema de capitalização simples, os juros
são calculados baseados no valor da dívida ou da
Problemas aplicação. Dessa forma,o valor dos juros é igual no
período de aplicação ou composição da dívida.
1. (Concurso de Agente Fiscal Sanitário-Prefeitu- A expressão matemática utilizada para o cálculo
ra de Indaiatuba-SP-2013) das situações envolvendo juros simples é a seguinte:
Ao comprar um eletrodoméstico em uma loja
que estava dando 20% de desconto, o cliente ga- J = C . i . t, onde
nhou um desconto de R$500,00. Qual era o preço do
eletrodoméstico e quanto foi pago por ele respecti- J = juros
vamente. C = capital
a) R$2.720,00 e R$2.240,00 i = taxa de juros ( na forma decimal)
b) R$1.900,00 e R$1.400,00 t = tempo de aplicação (mês, bimestre, trimestre,
c) R$2.500,00 e R$2.000,00 semestre, ano...)
d) R$3.500,00 e R$3.000,00 M=C+J
M = montante final
2. (Concurso de Agente Fiscal Sanitário-Prefeitu- C = capital
ra de Indaiatuba-SP-2013) J = juros
Todo mês vem descontado na folha de paga-
mento de um trabalhador o valor de 280,00 reais. Ex: 1. Qual o valor do montante produzido por
Sabendo que o salário bruto deste trabalhador é de um capital de R$ 1.200,00, aplicado no regime de
R$1.400,00, este desconto equivale a quantos por juros simples a uma taxa mensal de 2%, durante 10
cento do salário do trabalhador? meses?
a) 5%
b) 20% Capital: 1200
c) 2% i = 2% = 2/100 = 0,02 ao mês (a.m.)
d) 25% t = 10 meses
J=C.i.t
Respostas J = 1200 . 0,02 . 10
J = 240
1. Para resolver usamos uma regra de Três sim- M=C+j
ples e direta M = 1200 + 240
valor % M = 1440
500 20
X 100 Resp: O montante produzido será de R$ 1.440,00.

24
2. Determine o valor do capital que aplicado 2
durante 14 meses, a uma taxa de 6%, rendeu juros de 1. Quadrado : A= l . l ou A = l ( l é a medida do
R$ 2.688,00. lado )
J=C.i.t
2688 = C . 0,06 . 14
2688 = C . 0,84

2688
C = 0,84

C = 3200

Resp: O valor do capital é de R$ 3.200,00.

Problemas 2. Retângulo e Paralelogramo: A = b . h (b é a


base e h é a altura)
1. Qual a taxa anual que R$ 13.000,00 esteve apli-
cado por 2 anos e rendeu R$5.980,00 de juros sim-
ples?
a) 17%.
b) 12%.
c) 23%.
d) 32%.

2. Temos uma dívida de R$ 1 000,00 que deve


ser paga com juros de 8% a.m. pelo regime de ju- D.d
ros simples e devemos pagá-la em 2 meses. Quanto 3. Losango : A = 2 ( D é a medida da diagonal
pagaremos de juros, e quanto pagaremos no total maior e d é a diagonal menor)
(montante)?

3. Calcular os juros simples produzidos por


R$40.000,00, aplicados à taxa de 36% a.a., durante
125 dias.

4. Um capital aplicado a juros simples, triplicará


em 5 anos se a taxa anual for de :
a) 30%
b) 40%
c) 50% b.h
4. a) Triângulo : A = (b é a medida da base
d) 75% 2
e) 100% e h é a altura)

Respostas

1. Alternativa C
2. 160 reais de juros e 1160 reais no total
3. 5000 reais
4. Alternativa B

PERÍMETRO E ÁREA DE FIGURAS PLANAS

Perímetro é a soma de todos os lados de qual-


quer figura plana. È o contorno da figura. No caso da
circunferência temos uma fórmula: C = 2  . r , onde
C é o comprimento da circunferência, r é o raio da
circunferência e  = 3,14.

Área é a medida da superfície da figura plana.


Para calcular a área de uma figura precisamos sa-
ber a sua fórmula. As fórmulas das figuras planas mais
usadas são:

25
b) Triângulo Equilátero

a2 3
A= 4 ( a é a medida do lado)

Lembrar que o triângulo equilátero tem os três la-


dos de mesma medida.

7. círculo e circunferência:
Circunferência é apenas o contorno. Ex: aliança,
c) Triângulo qualquer em que sabemos as medi- bambolê
Círculo é cheio , podemos calcular a área do
das dos três lados e não conhecemos a altura: A =
círculo, ou seja, a superfície ocupada. Ex: pizza.
(p é o semi perímetro, ou seja,
a metade do perímetro; a, b c são as medidas dos Para calcular o comprimento de uma circunfe-
lados do triângulo). rência usamos a fórmula:
C = 2.π. r ( r é a medida do raio e π vale 3,14)
Para calcular a área do círculo usamos a fórmula:
abc
2
p= A = π.r ( r é a medida do raio e π vale 3,14)
2

(B  b). h Ex: Calcule o comprimento e a área de um círcu-


(B é a medida da base
5. Trapézio : A = los de raio 5 cm.
2
maior, b é a base menor e h é a altura)
Resolução: C = 2 .π . R

C = 2 . 3,14 . 5  A = 31,40 cm
2
A = π. r
2
A = 3,14 . 5  A = 3,14 . 25  A =
2
78,50 cm

Problemas
6. Hexágono regular : Um hexágono regular é
1. Encontre o perímetro e a área de um triângulo
formado por 6 triângulos equiláteros, portanto a área
equilátero com cada lado medindo 4 centímetros
de um hexágono é 6 vezes a área de cada um des-
ses triângulos. 2. Qual o comprimento da roda de uma bicicle-
ta de aro 26? Uma bicicleta aro 26 tem o raio de sua
3.a 2 . 3 roda medindo 30 cm.
A= ( a é a medida do lado do hexágono)
4
3. FUVEST) Um cavalo se encontra preso num
cercado de pastagem, cuja forma é um quadrado,
com lado medindo 50 m. Ele está amarrado a uma
corda de 40 m que está fixada num dos cantos do

26
quadrado. Considerando p = 3,14 calcule a área, (A) 87,9.
em metros quadrados, da região do cercado que o (B) 89,4.
cavalo não conseguirá alcançar, porque está amar- (C) 95,6.
rado. (D) 97,3.
a) 1244 (E) 98,4.
b) 1256
c) 1422 Resolução:
d) 1424 Montamos uma regra de três simples e direta:
e) 1444 Homens mulheres
48 50
4. (Concurso Pref. Foz do Iguaço/PR-Carfo Admi- 93,4 x
nistração-2013)
Sabe-se que o perímetro do paralelogramo abai- Multiplicando em cruz, temos:
xo mede 60 cm: 48 . x = 93,4 . 50
48 . x = 4670
X = 4670/48
X = 97,3 milhões
Alternativa D

2. (Vestibulinho ETEC-2° semestre/2013) De acor-


do com as companhias de seguro, por serem consi-
A área ocupada por esse paralelogramo é igual a: deradas mais cautelosas e terem um comportamen-
a) 24 cm² to mais disciplinado no trânsito, as mulheres pagam
b) 48 cm² menos pelo seguro de seu automóvel. Suponha que
c) 120 cm² um homem e uma mulher possuam o mesmo mode-
d) 160 cm² lo de automóvel e, além disso, que esses motoristas
tenham a mesma idade, o mesmo tempo de habili-
Respostas tação e usem o veículo nas mesmas condições. Pelo
seguro de seu automóvel, o homem paga R$ 2.400,00
3 e a mulher R$ 1.680,00.
1. A = 4 cm 2
Assim sendo, em relação a esse homem, essa mu-
lher paga X% a menos de seguro. O valor de X é
P = 12 cm (A) 17.
(B) 27.
2. 188,40 cm (C) 30.
(D) 63.
3. A (E) 70.
4. Sabendo que o perímetro é 60cm e que um Resolução:
lado mede 10cm, temos 2 lados de 10 cm e 20 lados 2400 – 1680 = 720
medindo 20 cm cada. 10 + 10 + 20 + 20 = 60cm Para calcular que porcentagem representa 720
Para calcular a altura usamos o teorema de Pitá- em 2400 devemos dividir 720 por 2400
goras no triangulo retângulo formado onde a base 720 : 2400 = 0,3 = 30%
mede 6 cm e a hipotenusa 10 cm: Alternativa C
H² = 10² - 6²
H² = 100 – 36 3. (Vestibulinho ETEC-1° semestre/2013) Em uma
H² = 64 empresa distribuidora de mala direta, João, Marcelo
H = 8 cm e Pedro são responsáveis por ensacar e etiquetar re-
Calculamos a área com a fórmula A = B . H vistas. Certa vez, receberam um lote de 6 120 revistas
A = 20 . 8 = 160 cm² e, ao terminarem a tarefa, perceberam que o lote
Alternativa D de revistas havia sido dividido em partes diretamen-
te proporcionais ao respectivo tempo de trabalho de
QUESTÕES COMENTADAS cada um deles na empresa. Sabendo que João tra-
balha há 9 meses na empresa, Marcelo, há 12 meses
1. (Vestibulinho ETEC-2° semestre/2013)De acor- e Pedro, há 15 meses; o número de revistas que João
do com o Censo realizado no Brasil em 2010, havia ensacou e etiquetou foi:
cerca de 48 homens para 50 mulheres. Sabendo-se (A) 1 360.
que, ainda segundo essa pesquisa, havia aproxima- (B) 1 530
damente 93,4 milhões de homens no Brasil, então o (C) 1 890.
número de mulheres no Brasil, em 2010, era aproxi- (D) 2 040.
madamente, em milhões, (E) 2 550.

27
Resolução: 4 : 1000 = 0,004 . 10 = 0,04 (quatro centavos)
4,00 – 0,04 = 3,96
É um problema de divisão proporcional Alternativa D
6. (SENAI-CGE-2015-2° SEMESTRE/2010) Somando
dois números naturais e consecutivos, obtemos para
= = = =170 soma 65. O produto desses números é:
a. 1.050.
b. 1.054.
=170 c. 1.056.
d. 1.060.
J = 170 . 9 e. 1.064.
J = 1530 revistas
Resolução:
Como a pergunta dos problemas é apenas com 2 n° naturais e consecutivos representamos por x
relação ao João, então não precisamos calcular o n° e x+1
de revistas de Pedro e Marcelo. x + x + 1 = 65
Alternativa B 2x +1 = 65
2x = 65 – 1
4 . (SENAI- CGE 297-2° SEMESTRE/2009) O piso de 2x = 64
uma sala retangular é formado por 40 tábuas re- X = 64/2
tangulares (sem emendas) todas medindo 4,0 m de X = 32
comprimento por 0,3 m de largura. A quantidade de X + 1 = 32 + 1 = 33
lajotas de cerâmica de formato quadrado medindo
0,40 m de lado, que serão necessárias para substituir Os n° são 32 e 33 e seu produto é 32 . 33 = 1056
o piso dessa sala, sem contar com perdas, é de Alternativa C
a. 100.
b. 200. 7. (SENAI-CGE-2015-2° SEMESTRE/2010) Se eu depo-
c. 300. sitar uma certa quantia em uma instituição financeira
d. 400. por menor que seja, ela renderá uma certa quantia
e. 500 de juros. Se depositar a quantia de R$ 4.000,00 por um
período igual há um mês e rendeu-me a importância
Resolução: de R$ 1.000,00, a taxa de aplicação foi de:
Vamos calcular a área de cada tábua retangular a. 25%.
e multiplicar por 40 para determinar a área das sala. b. 20%.
A = 4 . 0.30 . 40 = 48 m² c. 15%.
Calculando a área de cada lajota temos: d. 35%.
A = 0,40 . 0,40 = 0,16 m² e. 40%
Dividindo a área total da sala pela área de uma
lajota vamos encontrar o n° de lajotas necessário Resolução:
para substituir o piso da sala. Para calcular que porcentagem representa 1000
48 : 0,16 = 300 lajotas reais em 4000 reais, basta dividir 1000 por 4000.
Alternativa C 1000:4000 = 0,25 = 25%
Alternativa A
5. (SENAI- CGE 297-2° SEMESTRE/2009) Maria Apa-
recida pagou R$ 4,00 por um pacote contendo 1 kg 8. (SENAI-CGE-2005-1° SEMESTRE/2010) Em uma
de feijão. Desconfiada daquele peso, procurou um garagem há automóveis e motocicletas, num total
órgão oficial competente, que verificou ser o peso de 17 veículos e 58 rodas. Pode-se afirmar que o nú-
real do pacote 10 g a menos do que o indicado na mero de motocicletas nessa garagem é de:
embalagem. Na realidade, o preço desse pacote de a. 4 motocicletas.
feijão deveria ser de b. 5 motocicletas.
a. R$ 2,47. c. 6 motocicletas.
b. R$ 2,84. d. 12 motocicletas.
c. R$ 3,80. e. 16 motocicletas
d. R$ 3,96.
e. R$ 4,12. Resolução:
Vamos resolver usando um sistema de duas equa-
Resolução: ções e duas variáveis, onde motos represento por M e
Como 1 kg tem 1000 gramas, vamos dividir 4 reais automóveis por A.
por 1000 para saber o preço de cada grama e multi-
plicar por 10 para calcular o valor que Maria pagou A + M = 17 (-2)
a mais: 4A+2M = 58

28
-2A-2M = -34 Resolução:
4A+2M = 58
1° dia ; 1/8 de 240 = 240 : 8 = 30 g
Cancelando -2M com +2M: Restam 240 – 30 = 210
2A=24
A=24/2 2° dia : 1/5 de 210 = 210 : 5 = 42 g
A=12 Restam 210 – 42 = 168
Se no total temos 17 veículos e já sabemos que
são 12 automóveis então o n° de motos é 5 3° dia : ¼ de 168 = 42 g
Alternativa B Restam 168 – 42 = 126

9. (Vestibulinho ETEC-2° semestre/2011) A utiliza- 4° dia 126 g


ção de números inteiros faz parte do nosso dia a dia. Alternativa E
Como exemplo, considere o seguinte problema:
Maria está organizando o seu guarda-roupa e
dispõe de N gavetas para guardar sua coleção de
camisetas. Se, em cada uma dessas gavetas, colo-
car exatamente 10 camisetas, restam 4 camisetas; se
colocar exatamente 9 camisetas, restam 7 camisetas.
Nessas condições, pode-se afirmar que o número de
camisetas da coleção de Maria é
(A) 31.
(B) 32.
(C) 33.
(D) 34.
(E) 35.

Resolução:
10.N + 4 = 9.N + 7
10.N – 9.N = 7 – 4
N = 3 (São 3 gavetas)

Para saber o n° de camisetas vamos usar uma das


situações citadas no problema:
10 camisetas em cada gaveta restam 4
10 . N + 4
10 . 3 + 4 = 30 + 4 = 34 ( n° de camisetas)
Alternativa D

10. (Vestibulinho ETEC-2° semestre/2011) A utili-


zação de números não inteiros também é uma pre-
sença constante no nosso cotidiano, como mostra a
seguinte situação: Maria comprou uma barra de cho-
colate de 240 g. Preocupada com a sua silhueta, de-
cide comer essa barra de chocolate aos pouquinhos.
No primeiro dia, come um oitavo da barra de choco-
late; no segundo dia, come um quinto do que sobrou
do primeiro dia; no terceiro dia, come um quarto do
que sobrou do segundo dia e no quarto dia, come o
que sobrou do terceiro dia. Logo,
(A) no decorrer desses quatro dias, Maria foi di-
minuindo a quantidade de chocolate consumida por
dia.
(B) nos três primeiros dias, Maria comeu mais que
a metade da barra de chocolate.
(C) no terceiro dia, Maria consumiu menos choco-
late do que no segundo dia.
(D) nos dois últimos dias, Maria consumiu quanti-
dades iguais de chocolate.
(E) no quarto dia, Maria comeu mais que a meta-
de da barra de chocolate.

29