Você está na página 1de 6

Metodologia do ensino Organização da Aula

de História
 As fontes documentais/históricas

 Seu conceito
Aula 4
 Seu tratamento e sua aplicação

 Introduzindo as fontes em sala


Prof. Dr. André Luiz Cavazzani
de aula

O que é Documento
Histórico?
 O historiador não deve ignorar

Conceitualização “a imensa massa dos


testemunhos não escritos”,
aqueles da arqueologia
em particular

 Mas deve também se resignar


 Deve portanto deixar de ser, a não poder compreender
“na ordem documentária, tudo do passado, a utilizar
“um conhecimento através de
obcecado pelo relato, assim
pistas”, a recorrer a
como, na ordem dos fatos, procedimentos de “reconstrução”,
pelo acontecimento” dos quais “todas as ciências
oferecem inúmeros exemplos”

1
 Mas se “o passado é, por Assim...
definição, um dado que
nada mais modificará […],  Um depoimento oral
o conhecimento do passado  Uma fotografia
é uma coisa em progresso
que se transforma e  Um desenho
aperfeiçoa incessantemente”  Uma carta oficial

Um Exemplo: Antônio
Vieira dos Santos
 Um antigo caderno escolar

 Em alguns casos ganham


mais importância que
documentos oficiais

2
O Modo como são Tratados
os Documentos
 Abordagens inovadoras a partir
de fontes tradicionais
 Le Roy Ladurie – Montaillu
 Reconstituição de uma
paróquia a partir de processo
judiciais

Um Exemplo: Antônio
Ler nas Entrelinhas
Vieira dos Santos
 Deve se entender o que é dito,
mas é principalmente no que
não é dito que as fontes
revelam o seu melhor
 Ideias, juízos de valor
 Uma visão de mundo particular

Em Sala de Aula...
 O uso do documento é  Texto didático e documento
fundamental na pesquisa são complementares
histórica
 O primeiro – contextualização
 Na sala de aula sua utilização
abrangente em linguagem
é também imprescindível!
 Contudo alguns cuidados acessível ao aluno
devem ser tomados

3
Ensino Tradicional
de História
 O documento (sendo um
vestígio do passado) aproxima  Quando foi proclamada
o aluno ao contexto estudado a República?

 Porém atenção!  Quando se descobriu


a América?

Atenção!

 Quem foi o primeiro presidente  Contato com fonte histórica


não é acesso imediato ao
republicano do Brasil?
passado
 Não se trata de discutir  O documento é uma pequena
mas, memorizar janela entre a nossa
consciência histórica presente
e o passado inacessível

 A leitura e a interpretação não


 O documento é uma peça
falseiam necessariamente o
 Toda leitura de documentos
entendimento sobre o passado
produz uma reconstrução do
 Mas os acontecimentos não
passado pela imaginação
falam se o historiador não
humana
souber interrogá-los

4
Nos Livros Didáticos

 Aparecem citações
de documentos para
Aplicação Prática o trabalho em sala de aula,
acompanhados de questões
para o debate dos alunos
 Atividades complementares

 Quando não existem estes


Para Construir...
aportes documentais...  Documentos (hemerotecas
 O professor deve atuar digitais)
selecionando, preparando e  Livros paradidáticos
elaborando esse tipo de material
 Explicar a natureza, a
 Os professores se tornam procedência desse material
produtores e não repetidores e as razões de sua seleção

 A historiografia e as novas
ideias sobre documento
Síntese  Critérios e importância acerca
do uso das fontes históricas
em sala de aula

5
Referências de Apoio

 BLOCH, M. Introdução
à história. Sintra:
Europa/América, 1970.
 BURKE, P. A escrita da
História. São Paulo: Ed.
Unesp, 1992.