Você está na página 1de 7

Organização da Teleaula 2

Metodologia do Ensino
 História da história ou a
de História
constituição do saber histórico
Teleaula 2  Pluralidade das perspectivas
teórico/metodológicas
Prof. Dr. André Luiz Cavazzani  As relações entre a história
tutoriahistoria@uninter.com ensinada e a historiografia
acadêmica

Historiografia
História e historiografia
 História: o estudo dos
Conceitualização homens no tempo
 Historiografia: trata-se do
conhecimento, conceitual,
sistematizado e acadêmico
acerca do passado

 O cristianismo é uma religião


 A produção dos historiadores de historiador. Outros sistemas
religiosos fundaram suas
e, atualmente, a produção
crenças e seus ritos sobre uma
profissional dos historiadores mitologia praticamente exterior
ao tempo humano; (...)

1
 Histórico, o cristianismo o é
(...) como livros sagrados, os ainda de outra maneira, talvez
cristãos têm livros de história, mais profunda, colocado entre
e suas liturgias comemoram, a Queda e o Juízo, o destino da
com os episódios da vida humanidade afigura-se, a seus
terrestre de um Deus, os olhos, uma longa aventura, da
faustos da Igreja e dos santos qual cada vida individual, cada
“peregrinação” particular, (...)

 Nossa arte, nossos monumentos


(...) apresenta, por sua vez,
literários, estão carregados
o reflexo; é nessa duração,
dos ecos do passado, nossos
portanto dentro da história, que
homens de ação trazem
se desenrola o eixo central de
incessantemente na boca
toda meditação cristã, o grande
suas lições, reais ou supostas
drama do Pecado e da Redenção
(BLOCH, 1970, p. 31)

Quando surgiu a História?

 A consciência histórica?
Contextualização  A consciência de passado?
 Você já pensou?
 Uma resposta possível:

2
• O homem passa a simbolizar

Questão O Passado Mítico

 Se é verdade que todos os  Hesíodo – Os trabalhos


povos possuem História ou e os dias
“consciência histórica” e
 Festividades romanas
interesse pelo conhecimento
 Mítico – terra sem mal
do passado, nem todos
possuem historiografia  Sagakagagu – Kuikuro

3
 XCV — Vimos os Lídios
Consciência Histórica submetidos pelos Persas; mas,
quem era esse Ciro que destruiu
 Heródoto – registros o império de Creso? Como os
de viagens Persas conseguiram a soberania
na Ásia? São detalhes dos quais
 Advertência aos leitores
me ocuparei no decorrer desta
narrativa

 Tomarei por base informações


Consciência Histórica
de alguns persas que  Reunia duas características
procuravam antes engrandecer essenciais:
as ações de Ciro, do que dizer a) atenção para os detalhes
a verdade, muito embora b) preocupação em separar
eu não ignore haver sobre o o falso do verdadeiro
príncipe várias outras opiniões
 Tucídides – interpretar e
História Heródoto (484 A.C. – 425 A.C.)
explicar os fatos

O século XIX –
Iluminismo – Século XVIII Institucionalização
 Os metódicos
 Voltaire, Condorcet, Kant
 Ranke
 Fábula X “verdade”
 O passado tal como ele ocorreu
 Montesquieu – Romulo e Remo
 Hierarquia de documentos
 Propiciar exemplos morais para
o presente  Pré-História – ágrafos
 História – escrita

4
 Crítica interna – crítica externa
 Fato histórico – (significado Viragem: Novos Objetos,
político + religioso) Novos Métodos,
Novas Abordagens
 Época de consolidação
dos Estados Nacionais
 Sociedades semelhantes  Annales d´historie economique
 Passado como realmente
et sociale (1930)
ocorreu

 História quantitativa e serial


– Demografia histórica
 Tudo que o homem vê,
– Interdisciplinaridade
toca, produz é alcançado
 História cultural
pela ciência histórica
 Profundidade, infância,
 Conceito de estrutura
mulheres, boemia
 Tempo e duração
 Sexualidades, família,
religiosidades

 “Eu disse que segundo meu


pensamento e crença tudo
era um caos e de todo aquele
volume em movimento se formou
Aplicação Prática
uma massa, do mesmo modo
como queijo é feito do leite,
e do qual surgem os vermes,
e esses foram os anjos. (...)

5
(...) A santíssima majestade Microstoria
quis que aquilo fosse Deus e
os outros, anjos, e entre todos  Menocchio Teaser Trailer 1
aqueles anjos estava Deus, ele HD. Disponível em:
também criado daquela massa, <https://www.youtube.com/
naquele mesmo momento (...).” watch?v=FV4vGXhG22A>.
(GINZBURG, 2006, p. 35)

Em Sala de Aula
 A vida de um moleiro, uma
 Nem tanto ao céu nem
pequena comunidade, uma
tanto à terra
fábrica ou uma família imigrante
são relevantes para a história  Não trabalhar apenas o factual
na medida em que estes objetos  Não renegar inteiramente
se articulam com uma estrutura o factual
que lhes conferem significado  A cronologia é didática e
o factual traz referências

História da História
 Consciência histórica
 Mítica
Síntese  Religiosa
 Científica – XIX
 História total – Século XX
 Ingresso na sala de aula

6
Referências de Apoio

 BLOCH, M. Introdução
à História. Sintra:
Europa/América, 1970.
 BURKE, P. A escrita
da História. São Paulo:
Ed. Unesp, 1992.