Você está na página 1de 5

Organização da Aula

Metodologia do ensino
de História  Os diversos tipos de fontes
históricas
Aula 5  Seu conceito

 Possibilidades de aplicação
Prof. Dr. André Luiz Cavazzani
 Os documentos na sala de aula

Documento oficial?
Documento não oficial?

 O documento oficial consiste


Conceitualização
naqueles documentos que
são expedidos

 Por órgãos públicos

 Entidades particulares
com o aval do estado
Aplicação Prática
 Procurações, certidões,
despachos, leis

1
Sua Utilização Perguntas Inevitáveis
 Fatos ali descritos são
 Por que a pessoa que produziu
“objetivos”
tal documento omitiu
 Escritura de uma casa, determinada informação?
certidão de batismo, uma
 Quais os interesses por trás
dispensa matrimonial
da confecção deste documento,
 Mas atenção, esses (exemplo) Listas Nominativas?
documentos podem mentir

Vantagens Atenção
 Acessibilidade
 Carteira de identidade
 Certidões de nascimento
 Passaportes
 O que nos confere a nossa

 Cédulas de dinheiro identidade?

 Documentos que podem ser  Um papel?


ricamente trabalhados em sala
 O que vem antes?
de aula

2
As cartas...

 Cartas oficiais e cartas pessoais


 Oficiais – são aquelas
 Cartas pessoais
endereçadas a autoridades  Multifacetadas
políticas, geralmente com o
intuito de informar sobre
questões de interesse do Estado

A Carta mais Famosa... “nesta maneira, Senhor, dou aqui a Vossa Alteza do
que nesta vossa terra vi. E, se algum pouco me
alonguei, Ela me perdoe, que o desejo que tinha, de
Vos tudo dizer, mo fez assim pôr pelo miúdo. E pois
que, Senhor, é certo que, assim neste cargo que levo,
como em outra qualquer coisa que de vosso serviço
for, Vossa Alteza há de ser de mim muito bem
servida, a Ela peço que, por me fazer singular mercê,
mande vir da ilha de São Tomé a Jorge de Osório,
meu genro – o que d'Ela receberei em muita mercê.
Beijo as mãos de Vossa Alteza. Deste Porto Seguro,
da Vossa Ilha de Vera Cruz, hoje, sexta-feira, primeiro
dia de maio de 1500”

Cartas pessoais

 Se estas cartas forem bem


trabalhadas se tornam  Atenção
documentos importantes e
 Objetivo versus subjetivo
ajudam o professor a criar
a empatia necessária para
“ganhar” os alunos

3
Textos Jornalísticos  Expressa o que acontece
à sua volta mas, sobretudo,
 Atenção com as subjetividades suas opiniões
 O jornalista escreve no calor  Pode ser interessante em
do momento sala de aula

Textos Literários
 O historiador não busca
entender só os fatos mas o
sentimento e os valores das
pessoas do passado

 Visão progressiva

 Atenção

Imagens
 Em sala de aula:

• os mesmo cuidados com os  Ver com os olhos dos


personagens do passado
textos jornalísticos
 Atenção imagens não são
• a literatura de época inspira, neutras
mas nos chega por meio de  Visões anacrônicas devem
filtros ser evitadas

4
Síntese

Referências de Apoio

 BLOCH, M. Introdução
 Diversos tipos de documento à história. Sintra:
Europa/América, 1970.
 Uso em sala de aula
 BURKE, P. A escrita da
História. São Paulo: Ed.
Unesp, 1992.