Você está na página 1de 2

OBJETIVOS PARA O TESTE DE GEOGRAFIA – 9º ANO TURMA A

Matéria da página 50 à 99

1. SOLUÇÕES PARA ATENUAR OS CONTRASTES DE DESENVOLVIMENTO

 Definir cooperação internacional (pág. 50);


 Distinguir Ajuda Pública ao Desenvolvimento (APD) de Ajuda Privada (pág. 50);
 Referir qual o principal objectivo da APD (pág. 50);
 Saber quais as diferentes formas que a APD pode assumir (pág. 50);
 Distinguir Ajuda bilateral de Ajuda multilateral (pág. 51);
 Conhecer algumas das entidades que patrocinam a APD (pág. 52);
 Conhecer os principais objetivos da ONU (pág. 54);
 Conhecer as agências especializadas e os programas e fundos da ONU (pág. 55);
 Apontar as principais criticas dirigidas à ONU; (pág. 55);
 Indicar os 8 Objetivos de Desenvolvimento do Milénio ODM e saber qual o seu período de persecução (pág. 56);
 Mencionar os pontos fortes e fracos dos Objetivos de Desenvolvimento do Milénio ODM (pág. 56);
 Indicar os quatro objetivos da Agenda de Desenvolvimento pós 2015 (pág. 57);
 Saber o que são Organizações Não Governamentais – ONG (pág. 58);
 Distinguir ajuda humanitária de ajuda de emergência (pág. 58);
 Apontar exemplos de ONG a nível mundial e em Portugal (pág. 58 e 60);

2. RISCOS NATURAIS (Este grupo será constituído apenas por questões de escolha múltipla)

 Distinguir os conceitos de suscetibilidade e vulnerabilidade (pág. 66);


 Distinguir os conceitos de risco e catástrofe (pág. 66);
 Indicar os dois fatores responsáveis pela maior vulnerabilidade de alguns países (pág. 66);
 Indicar exemplos de riscos naturais dentro de cada uma das categorias de risco que existem (pág. 67);
 Definir furacões e conhecer as diferentes designações que estes podem ter tendo em conta o local onde se formam
(pág. 68);
 Explicar resumidamente o processo de formação de um furacão (pág. 66);
 Conhecer as principais áreas de ocorrência dos furacões (pág. 67);
 Definir tornado (pág. 70);
 Explicar resumidamente o processo de formação de um tornado (pág. 70);
 Conhecer as principais áreas de ocorrência dos tornados (pág. 71);
 Conhecer a escola que permite avaliar os estragos causados pelos tornados; (pág. 71);
 Enumerar algumas consequências da ocorrência de furacões e tornados (pág. 72);
 Apontar algumas medidas de prevenção perante a ocorrência de furacões e tornados (pág. 73);
 Distinguir seca meteorológica de seca hidrológica (pág. 74);
 Saber por que razão se considera que a seca meteorológica e a seca hidrológica se encontram desfasadas no tempo
(pág. 74);
 Localizar as áreas de maior probabilidade de ocorrência de secas no mundo e em Portugal (mapas pág. 75 e 77);
 Indicar as consequências diretas e indiretas das secas (pág. 76);
 Distinguir vagas de frio de ondas de calor (pág. 80);
 Localizar as áreas de maior probabilidade de ocorrência de vagas de frio de ondas de calor no mundo e em Portugal
(mapas pág. 80 e 81);
 Indicar os principais impactes das vagas de frio e das ondas de calor (pág. 84);
 Apontar possíveis soluções/cuidados a ter para minimizar os efeitos das vagas de frio e das ondas de calor (pág. 85);
 Distinguir cheia de inundação (pág. 86);
 Indicar as origens das cheias (pág. 86);
 Indicar os fatores determinantes para a ocorrência de cheias; (pág. 87);
 Localizar regiões a nível mundial e em Portugal com maior ocorrência de inundações; (mapas pág. 88 e 91);
 Indicar as consequências diretas e indiretas das inundações (pág. 89);
 Apontar exemplos de medidas de prevenção das cheias e inundações; (pág. 89);
 Distinguir uma avalanche de um movimento de vertente (pág. 92);
 Indicar fatores que contribuam para a ocorrência de uma avalanche ou de um movimento de vertente (pág. 92 e
94);
 Localizar as regiões a nível mundial e em Portugal onde ocorrem as avalanches e os movimentos de vertente; (pág.
95 e 98/99);
 Indicar as consequências da ocorrência de avalanches e movimentos de vertente (pág. 96);
 Apontar exemplos de medidas de prevenção das avalanches e movimentos de vertente (pág. 97);