Você está na página 1de 5

Problema F4.

Determine o momento da força em relação ao ponto O.

MECÂNICA - ESTÁTICA

Resultantes de
Sistemas de Forças
Cap. 4

Prof Dr. Cláudio Curotto


Adaptado por:
Prof Dr. Ronaldo Medeiros-Junior TC021 - Mecânica Geral I - Estática 2

Problema F4.6 Problema F4.8

+ M o = −500 cos 45o (3sen45o ) + 500 sen45o 3 + 3cos 45o ( ) Determine o momento resultante produzido pelas forças
em relação ao ponto O.
+ M o = 1060, 66 N.m

500 sen 45o


3 + 3cos 45o

500 cos 45o

3sen 45o

TC021 - Mecânica Geral I - Estática 3 TC021 - Mecânica Geral I - Estática 4

Problema F4.8 Objetivos

4 3
+ ∑ M o = −500   (0, 25) + 500   ( 0,3 + 0,125 ) Discutir o conceito de momento de uma força e mostrar
 5 5 como calcular este momento em duas e três
o o
−600 cos 60 ( 0, 25 ) − 600sen60 ( 0,3 + 0,125 ) dimensões.
Fornecer um método para encontrar o momento de
uma força em torno de um eixo específico.
+ ∑ M o = −268,34 N.m Definir o momento de um binário.
Apresentar métodos para determinar resultantes de
sistemas de forças não concorrentes.
Indicar como reduzir um sistema de cargas distribuidas
em uma força resultante numa posição específica.

TC021 - Mecânica Geral I - Estática 5 TC021 - Mecânica Geral I - Estática 6

1
4.3 Momento de uma Força – Formulação Vetorial 4.3 Momento de uma Força – Formulação Vetorial

O momento de uma força F em torno do eixo passando pelo ponto O Formulação Vetorial Cartesiana:
e perpendicular ao plano contendo O e F pode ser expresso usando
o produto vetorial:
i j k
M O = r× F = rx ry rz
Fx Fy Fz
MO = r x F
rx, ry, rz componentes x, y, z dos vetores posição originados
em O até qualquer ponto da linha de ação da força.
Fx, Fy, Fz representam as componentes x, y, z do vetor força.
r representa um vetor posição dirigido de O até algum ponto sobre a
linha de ação de F. Obs.: Mo será perpendicular ao plano contendo os vetores r e F.
TC021 - Mecânica Geral I - Estática 7 TC021 - Mecânica Geral I - Estática 8

4.3 Momento de uma Força – Formulação Vetorial 4.3 Momento de uma Força – Formulação Vetorial

Princípio da Transmissibilidade: Princípio da Transmissibilidade :


MO = rA x F Como F pode ser aplicado em qualquer ponto ao longo de sua
linha de ação e ainda criar esse mesmo momento em relação
Em sistema de três dimensões, podemos usar qualquer vetor ao ponto O, então, F pode ser considerado um vetor
posição r medido do ponto O a qualquer ponto sobre a linha deslizante. Essa propriedade é chamada de princípio de
de ação da força F transmissibilidade de uma força.

MO = rA x F
= rB x F
= rC x F

TC021 - Mecânica Geral I - Estática 9 TC021 - Mecânica Geral I - Estática 10

4.3 Momento de uma Força – Formulação Vetorial 4.4 Princípio dos Momentos (teorema de Varignon)

O momento de uma força em relação a um ponto é


Momento Resultante do Sistema de
igual a soma dos momentos das componentes da
Forças: força em relação ao mesmo ponto:
MO = r x F

Se um corpo está sob a ação de um Propriedade distributiva


sistema de forças ⇒ o momento
resultante das forças em torno do MO = r x F
ponto O pode ser determinado pela F = F1 + F2
adição vetorial
MO = r x (F1 + F2)
MRo = Σ(r x F) MO = r x F 1 + r x F 2
MO = r x F
TC021 - Mecânica Geral I - Estática 11 TC021 - Mecânica Geral I - Estática 12

2
4.4 Princípio dos Momentos (teorema de Varignon) Problema 4.A

Para os problemas bidimensionais, podemos usar o princípio dos Determine os momentos gerados pela força
momentos decompondo a força em suas componentes retangulares
e, depois, determinar o momento usando uma análise escalar.
F = {50i + 100j – 50k} N atuando em D, em torno dos
Logo: pontos B e C.
Mo = Fxy – Fyx

Esse método normalmente é mais fácil do que


determinar o mesmo momento usando

Mo = Fd

TC021 - Mecânica Geral I - Estática 13 TC021 - Mecânica Geral I - Estática 14

Problema 4.A - Solução Problema 4.A - Solução

B(0;1,25;0); ; D(0,75;1,25;-0,3)
F = {50i + 100 j − 50k} N
rBD = {0, 75i + 0 j − 0,3k} m
F = {50i + 100 j − 50k} N

Momento da força F em torno de B:


Vetor posição : M B = rBD × F
rBD = {(0, 75 − 0)i + (1, 25 − 1, 25) j + ( −0,3 − 0)k} m i j k
rBD = {0, 75i + 0 j − 0, 3k} m ⇒ M B = 0, 75 0 −0, 3
50 100 −50
[ (0)(−50) − (−0,3)(100)] i − [ (0, 75)(−50) − (−0,3)(50)] j
⇒ MB =   N.m
 + [ (0, 75)(100) − (0)(50)] k 
⇒ M B = {30i + 22, 5 j + 75k} N.m

TC021 - Mecânica Geral I - Estática 15 TC021 - Mecânica Geral I - Estática 16

Problema 4.A - Solução Problema 4.A - Solução

; C(0,0,0); D(0,75;1,25;-0,3) F = {50i + 100 j − 50k} N

F = {50i + 100 j − 50k} N rCD = {0,75i + 1, 25 j − 0,3k } m

Momento da força F em torno de C:


Vetor posição :
M C = rCD × F
rCD = {(0,75 − 0)i + (1, 25 − 0) j + ( −0,3 − 0)k} m i j k
rCD = {0, 75i + 1, 25 j − 0,3k} m ⇒ M C = 0,75 1, 25 −0,3
50 100 −50
[(1, 25)(−50) − (−0,3)(100) ] i − [ (0,75)( −50) − ( −0,3)(50) ] j
⇒ MC =  
+ [ (0,75)(100) − (1, 25)(50) ] k 
⇒ M C = {−32,5i + 22,5 j + 12,5k } N.m

TC021 - Mecânica Geral I - Estática 17 TC021 - Mecânica Geral I - Estática 18

3
Problema 4.B Problema 4.B - Solução

Determine a menor  Determine o vetor


força F que deve ser posição da força F.
Determine o vetor
aplicada no poste para
força F.
causar a sua quebra na  Determine o vetor
base O. Esta quebra posição entre o
ocorre com um ponto de aplicação
da força e o centro
momento M = 900 N.m
de giro.
atuando na base O.  Calcule o momento
usando produto
vetorial
TC021 - Mecânica Geral I - Estática 19 TC021 - Mecânica Geral I - Estática 20

Problema 4.B - Solução Problema 4.B - Solução

rAB A(0;0;10,5); O (0, 0, 0);


F=F
A(0;0;10,5); B(4;-3;1,5) rAB rOA = {0i + 0 j + 10,5k} m
M = 900 N.m
F = F {0,38851i − 0, 29139 j − 0,87416k}
Vetor posição : M O = rOA × F

rAB = {4i − 3 j − 9k} m i j k


MO = F 0 0 10,5
rAB = 42 + (−3) 2 + (−9) 2 = 10, 296 m 0,38851 −0, 29139 −0,87416
[ (0)(−0,87416) − (10,5)(−0, 29139)] i 
rAB {4i − 3j − 9k} m  
F=F =F M O = F − [ (0)(−0,87416) − (10,5)(0,38851)] j N.m
rAB 10, 296 m  
+ [ (0)(−0, 29139) − (0)(0, 38851) ] k 
F = F {0,38851i − 0, 29139 j − 0,87416k} M O = F {3, 0596i + 4, 0794 j} N.m
TC021 - Mecânica Geral I - Estática 21 TC021 - Mecânica Geral I - Estática 22

Problema 4.B - Solução Problema 4.B - Solução


M = 900 N.m
M O = F {3, 0596i + 4, 0794 j} N.m E se eu escolher outra distância entre
O e a linha de ação da força????
M = 3, 0596 2 F 2 +4, 0794 2 F 2 = F 2 ( 3, 0596 2 +4, 0794 2 )

M =F (3, 0596 +4, 0794 )


2 2

M 900
F= =
(3, 0596) 2 + (4, 0794) 2 5, 0993
F = 176 N

TC021 - Mecânica Geral I - Estática 23 TC021 - Mecânica Geral I - Estática 24

4
Problema 4.B - Solução Problema 4.B - Solução

O (0;0;0); B (4;-3;1,5); M = 900 N.m


E se eu escolher resolver por uma
F = F {0,38851i − 0, 29139 j − 0,87416k} m
rO B = {4i − 3j + 1,5k} m
solução escalar????
M O = rO B × F
i j k
MO = F 4 −3 1,5 M = Fd
0,38851 −0, 29139 −0,87416
M
[(−3)(−0,87416) − (1,5)(−0, 29139)] i  F=
  d
M O = F − [(4)(−0,87416) − (1,5)(0,38851) ] j  N.m
 
+ [(4)(−0, 29139) − (−3)(0,38851) ] k 
M O = F {3, 0596i + 4, 0794 j + 0k} N.m
Mesmo resultado
TC021 - Mecânica Geral I - Estática 25 TC021 - Mecânica Geral I - Estática 26

Problema 4.B – Solução Escalar

5
tan α = ∴α = 29, 06
9
d = ( sen 29, 06o ) (10,5) = ( 0, 48564 )(10,5)
d = 5, 0992 α
M = Fd ∴ 900 = 5, 0992 F
F = 176 N
d

5m

TC021 - Mecânica Geral I - Estática 27

Você também pode gostar