Você está na página 1de 6

Objetivos

Discutir o conceito de momento de uma força e mostrar


como calcular este momento em duas e três
MECÂNICA - ESTÁTICA dimensões.
Fornecer um método para encontrar o momento de
Resultantes de uma força em torno de um eixo específico.
Sistemas de Forças Definir o momento de um binário.
Apresentar métodos para determinar resultantes de
Cap. 4
sistemas de forças não concorrentes.
Indicar como reduzir um sistema de cargas distribuidas
em uma força resultante numa posição específica.
Prof Dr. Cláudio Curotto
Adaptado por:
Prof Dr. Ronaldo Medeiros-Junior TC021 - Mecânica Geral I - Estática 2

4.6 Momento de um Binário 4.6 Momento de um Binário

Um binário é definido por: Um binário é definido por:


Duas forças paralelas Como a força resultante é zero, o único efeito de um
Mesma intensidade e direção binário é produzir uma tendência de rotação em uma
Sentidos opostos direção específica
Separadas por uma distância perpendicular d

TC021 - Mecânica Geral I - Estática 3 TC021 - Mecânica Geral I - Estática 4

4.6 Momento de um Binário 4.6 Momento de um Binário

O momento produzido por um binário é chamado: Isso indica que o momento de um binário é um vetor livre, ou
seja, ele pode agir em qualquer ponto, já que M depende
Momento de um binário
apenas do vetor posição r direcionado entre as forças e não dos
Soma dos momentos das duas forças que compõem o binário vetores posição rA e rB direcionados do ponto arbitrário O até as
em relação a qualquer ponto arbitrário forças.

Momento do binário em relação a O


M=r×F
M = rA × (−F ) + rB × F
M = -rA × F + rB × F
M = ( -rA + rB ) × F

Mas rB - rA = r M = r×F
TC021 - Mecânica Geral I - Estática
Esse conceito é diferente do momento de uma força, que requer um ponto (ou
eixo) definido em relação ao qual os momentos são determinados
TC021 - Mecânica Geral I - Estática
5 6

1
4.6 Momento de um Binário 4.6 Momento de um Binário

Características: Formulação Escalar:


O momento de um binário é um vetor livre Intensidade (módulo): M = Fd
Pode atuar em qualquer ponto d = distância perpendicular ou braço do momento
Direção e sentido ⇒ regra da mão direita
M depende somente de r, não de rA e rB

M = r×F Lembrando: M agirá perpendicularmente ao plano que contém essas forças.

TC021 - Mecânica Geral I - Estática 7 TC021 - Mecânica Geral I - Estática 8

4.6 Momento de um Binário 4.6 Momento de um Binário

BINÁRIOS EQUIVALENTES
Formulação Vetorial: Quando dois binários produzem um momento com a mesma
Vetor: M = r × F intensidade e direção.

Cada momento de binário possui uma intensidade de 12 N.m, e cada um é


TC021 - Mecânica Geral I - Estática 9 direcionado
TC021 - Mecânica para o plano entrando na página.
Geral I - Estática 10

4.6 Momento de um Binário Problema 4.E

Como os momentos de binários são vetores, Determine o módulo e o sentido do momento do


sua resultante pode ser determinada pela
adição vetorial. binário.
É o caso de M1 e M2 da figura ao lado.
Como cada momento de binário é um vetor
livre, podemos unir suas origens em qualquer
ponto arbitrário e encontrar o momento binário
resultante.

M R = M1 + M 2

TC021 - Mecânica Geral I - Estática 11 TC021 - Mecânica Geral I - Estática 12

2
Problema 4.E – Solução escalar Problema 4.E - Solução escalar

= 3 ft

TC021 - Mecânica Geral I - Estática 13 TC021 - Mecânica Geral I - Estática 14

Problema 4.E - Solução escalar Problema 4.E - Solução escalar composta

12 ft
senα = 12 /13  12  5 12 ft
+ M C = 260   (13) − 260   (24)
5 ft
senα = d / 3  
13  13  5 ft

122 + 52 =13 ft M C = 720 lb.ft (anti-horário) y


122 + 52 =13ft

d / 3 = 12 / 13 260 (12/13) lb
260 (5/13) lb
d = 2, 7692 ft 260 lb
13 ft
M = 260d x
24 ft
260 lb
M = 720 lb.ft 260 (5/13) lb

260 (12/13) lb
(anti-horário)
TC021 - Mecânica Geral I - Estática 15 TC021 - Mecânica Geral I - Estática 16

Problema 4.E – Solução vetorial Problema 4.F


M = r×F
A viga principal situada ao longo da
r = ( 2 − ( −1) ) j = 3 j
 0 − 12 i + 2 − 7 j  asa de um avião é fixada para trás a
r  ( ( )) ( ( )) 
F = Fu = F
r
= 260 

2 2

( −12 ) + ( −5)  um ângulo de 25°. Os cálculos de

F = 260
−12 −5
i + 260 j = −240i − 100 j
carga determinaram que a viga está
13 13
sujeita aos momentos binários
r
i j k Mx = 25000 lbft e My = 17000 lbft.
M= 0 3 0
Determine os momentos
−240 −100 0
equivalentes destes binários em
M = {( 0 )( −100 ) − ( 3 )( −240 )} k relação aos eixos x' and y'.
M = 720 k lb.ft
M = 720TC021
lb.ft- Mecânica Geral I - Estática 17 TC021 - Mecânica Geral I - Estática 18

3
Problema 4.F - Solução Objetivos
M x ' = 17000 cos 25° + 25000 sen 25°
M x ' = 25973 lb.ft Discutir o conceito de momento de uma força e mostrar
como calcular este momento em duas e três
M y ' = −17000 sen25° + 25000 cos 25°
dimensões.
M y ' = 15473 lb.ft
y'
Fornecer um método para encontrar o momento de
uma força em torno de um eixo específico.
25°
⇒ x
25000 lb.ft
Definir o momento de um binário.
Apresentar métodos para determinar resultantes de
17000 lb.ft
sistemas de forças não concorrentes.
25°
Indicar como reduzir um sistema de cargas distribuidas
em uma força resultante numa posição específica.

x' y

TC021 - Mecânica Geral I - Estática 19 TC021 - Mecânica Geral I - Estática 20

4.7 Sistema Equivalente 4.7 Sistema Equivalente

Um sistema é equivalente se os efeitos externos que Efeitos externos de um sistema: se referem ao


ele produz sobre um corpo são iguais aos causados movimento de rotação e translação do corpo, se
pelo sistema de forças e momentos de binário original. este estiver livre para se mover, ou se refere às
forças reativas nos apoios se o corpo é mantido fixo.
Esse método é utilizado para reduzir um sistema de
forças e momentos de binário agindo sobre um corpo
para uma forma mais simples, substituindo-o por um
sistema equivalente, que consiste de uma força
resultante única agindo em um ponto específico e um
momento de binário resultante.

TC021 - Mecânica Geral I - Estática 21 TC021 - Mecânica Geral I - Estática 22

4.7 Sistema Equivalente 4.7 Sistema Equivalente

A força F foi movida para O sem modificar seus efeitos externos


sobre o bastão.

Princípio de transmissibilidade: uma força F agindo sobre um


corpo (bastão) é um vetor deslizante, já que pode ser aplicado
em qualquer ponto ao longo de sua linha de ação.
(a) (b) (b)

O O

TC021 - Mecânica Geral I - Estática 23 TC021 - Mecânica Geral I - Estática 24

4
4.7 Sistema Equivalente 4.7 Sistema Equivalente

Se F for aplicado perpendicularmente ao bastão, podemos


Ponto O não esta na linha de ação da força:
conectar um par de forças F e –F iguais e opostas no ponto O. A
força F agora é aplicada em O, e as outras duas forças, F em A Força F está aplicada em A (Fig. a)
e –F em O forma um binário que produz o momento de binário
M = Fd. Portanto, a força F pode ser movida de A para O, desde
OA não passa pela linha de ação de F
que um momento de binário M esteja incluído para manter um A força F deve ser movida para O (mantendo
sitema equivalente.
constantes os efeitos externos no corpo)
Obs.: como M é um vetor livre, ele pode agir em qualquer ponto
no bastão.

O O

TC021 - Mecânica Geral I - Estática 25 TC021 - Mecânica Geral I - Estática 26

4.7 Sistema Equivalente 4.7 Resultantes de um Sistema de Forças e Momentos

Generalizando Generalizando
1. Aplique +F e –F em O (Fig. b). M1 = r1 x F1
2. +F em A e –F em O criam um binário de momento (M = r x F). M2 = r2 x F2
M é um vetor livre ⇒ pode ser aplicado em qualquer ponto P MC é um vetor livre e pode ser movido para O
(Fig. c)
3. +F em A e –F em O são canceladas FR = F1 + F2
MRo = MC + M1 + M2

A primeira equação estabelece que a força resultante do


sitema deve ser equivalente à soma de todas as forças;
e a segunda equação estabelece que o momento de
binário resultante do sistema seja equivalente à soma de
todos os momendo de binário mais os momentos de
todas as forças em relação ao ponto O.
TC021 - Mecânica Geral I - Estática 27 TC021 - Mecânica Geral I - Estática 28

4.7 Resultantes de um Sistema de Forças e Momentos 4.7 Resultantes de um Sistema de Forças e Momentos

FR = F1 + F2
OBSERVAÇÕES
A primeira equação estabelece que a força resultante do sistema seja
equivalente à soma de todas as forças.
Módulo e direção de FR são independentes
da posição de O
MRo = MC + M1 + M2
MRo depende de O porque r1 e r2 foram
usados no cálculo de M1 e M2
A segunda equação estabelece que o momento de binário resultante
do sistema seja equivalente à soma de todos os momendo de binário
mais os momentos de todas as forças em relação ao ponto O.

TC021 - Mecânica Geral I - Estática 29 TC021 - Mecânica Geral I - Estática 30

5
4.7 Resultantes de um Sistema de Forças e Momentos Problema 4.101

De uma forma geral: Substitua o sistema


FR = ∑ F de forças e
 momentos por um
M RO = ∑ M C + ∑ M O
Se o sistema de forças se situa no plano x-y e quaisquer momentos de sistema equivalente
binário são perpendiculares a esse plano, então as equações
anteriores se reduzem às três equações escalares:
com força e
momento agindo no
 FR = ∑ Fx
 x ponto P.
 FRy = ∑ Fy

 M RO = ∑ M C + ∑ M O
TC021 - Mecânica Geral I - Estática 31 TC021 - Mecânica Geral I - Estática 32

Problema 4.101 Problema 4.101

FRx = ∑ Fx
 FR = ∑ Fx FRx = −60 cos 30 ∴ FRx = −51,962 N
 x
 FRy = ∑ Fy FRy = ∑ Fy

 FRy = −60sin 30° − 140 ∴ FRy = −170 N


 M RO = ∑ M C + ∑ M O
FR = FR2x + FR2y

FR = (−51,962)2 + (−170)2 ∴ FR = 178 N


 FRy  -1  170 
θ = tan -1   = tan  
 FR   51, 962  FRx
 x 
θ = 730
MRP

TC021 - Mecânica Geral I - Estática 33 TC021 - Mecânica Geral I - Estática 34

Problema 4.101

M RP = ∑ M P
M RP = 60sen30°(12 − 8) + 60 cos 30°(8) + 140(3 + 12) + 40
M RP = 2,68 kN.m (anti-horário)

73o
FRx=178 N

MRP=
2,68kN.m

TC021 - Mecânica Geral I - Estática 35