Você está na página 1de 5

APOIO

AO ESTUDO

LINHAS ORIENTADORAS 2015/20164


DEPARTAMENTO CURRICULAR DO 1.º CICLO

1º CICLO


1. INTRODUÇÃO

O despacho normativo nº7/2013 tem como objetivo conceder maior


flexibilidade na constituição das atividades letivas assim como valorizar os resultados
escolares. Promove, também, uma gestão flexível e adaptada ao trabalho letivo do
Apoio ao Estudo.
A finalidade do Apoio ao Estudo:
- criar um reforço de medidas que garantam um acompanhamento eficaz do
aluno face às primeiras dificuldades detetadas.
- apoiar os alunos na criação de métodos de trabalho, visando prioritariamente
o reforço do apoio nas disciplinas de Português e Matemática.

2. COMPETÊNCIAS ESPECÍFICAS

O Apoio ao Estudo deve centrar a sua ação, prioritariamente, no


desenvolvimento de competências transversais, uma vez que são estas que
representam, de forma mais significativa, a estruturação do conhecimento das várias
disciplinas. Tais competências devem ser desenvolvidas em complexidade crescente
(espiral), de acordo com o ciclo/ ano de escolaridade:

• Desenvolver progressivamente a autoconfiança e persistência na realização das


tarefas;
• Compreender a importância da organização de planos para rotinas
diárias/semanais;
• Organizar e apresentar os materiais necessários ao cumprimento dos planos pré-
estabelecidos;
• Envolver-se nas atividades de forma empenhada, solidária, responsável e crítica;
• Cumprir as regras estabelecidas contribuindo para um clima favorável na sala de
aula;
• Compreender os objetivos propostos pelas disciplinas de português e matemática;
• Exprimir dúvidas e dificuldades;
1
• Cooperar com os outros em tarefas e projetos comuns;
• Explorar, utilizar e selecionar técnicas diversificadas de estudo, desenvolvendo
progressivamente a autonomia;
• Autoavaliar-se e ajustar os métodos de trabalho à sua forma de aprender;
• Desenvolver competências de leitura e escrita de diferentes géneros literários;
• Desenvolver competências de pesquisa, seleção, organização, tratamento,
produção e comunicação de informação escrita e digital (literacias de informação);
• Usar com correção a língua portuguesa para comunicar e estruturar pensamento
próprio.
• Desenvolver as capacidades de raciocínio;
• Desenvolver o cálculo mental;
• Ser capaz de resolver problemas.

3. FINALIDADES

Deverá permitir ao aluno:


• Consolidar as aprendizagens efetuadas nas disciplinas de português e de
matemática, através da realização de exercícios práticos de aplicação/treino dos
conhecimentos/conteúdos estudados.
• Exercitar as suas competências no domínio das linguagens básicas – leitura/
escrita; matemática.
• Desenvolver métodos e hábitos de trabalho e de estudo autónomos e
responsável, como recurso a estratégias diversificadas e personalizadas.
• Apoio aos alunos com mais dificuldades, através de trabalhos adequados à
superação das mesmas.

4. EXPERIÊNCIAS EDUCATIVAS

O trabalho a planificar e desenvolver em cada turma ao longo do ciclo de


ensino, deve:
• Operacionalizar os vários tópicos propostos, numa perspetiva de adequação
dos mesmos ao respetivo ano de escolaridade;
• Ter em conta as especificidades de cada grupo de alunos, nomeadamente as
dificuldades identificadas como de intervenção prioritária pelo Professor Titular de
Turma e Conselho de Avaliação.

2
• Trabalhar em casa: organização do horário,
local de estudo, materiais;
Organização • Utilizar e organizar o manual escolar e
individual outros recursos disponíveis (dicionário,
enciclopédia, computador);
• Organizar o caderno diário;
• Treinar a atenção/concentração;
Atitudes na sala • Registar apontamentos;
de aula • Participar oralmente;
• Colaborar/cooperar em trabalhos de grupo;
Competências • Ler, sublinhar;
de trabalho/ • Elaborar esquemas e/ou resumos;
estudo • Ler e interpretar esquemas, mapas,
tabelas, gráficos;
• Justificar/explicitar raciocínios e ideias;
• Pesquisar, selecionar, organizar, tratar,
Técnicas de
produzir e comunicar informação impressa
trabalho/ estudo
e digital;
• Fazer referências bibliográficas;
• Comunicar por escrito e oralmente
(produção de textos, apresentações);
• Jogos matemáticos;
• Utilizar as TIC.
• Realizar sessões de estudo orientado
(português e matemática);
• Treino da leitura e interpretação de textos;
• Treino da leitura em voz alta, silenciosa, em
grupo, em diálogo;
• Esclarecer dúvidas colocadas pelos alunos;
• Preparar momentos de avaliação;
• Realização de fichas/exercícios de
Estudo aplicação e treino dos conteúdos
Tarefas de
orientado/
remediação/ desenvolvidos nas aulas;
apoio ao
consolidação • Realizar atividades no âmbito dos PAP e
estudo
PAPI
• Realizar atividades de consolidação e
investigação dirigidas ao desenvolvimento
da autonomia e da resolução de problemas;
• Desenvolver atividades de ensino
específico da língua portuguesa;
• Desenvolver atividades no âmbito da
Educação Literária

3
A seleção e execução das atividades aqui propostas são da responsabilidade
dos Docentes Titulares de Turma, tendo em consideração as características dos
alunos e da turma.
5. AVALIAÇÃO

A avaliação desta disciplina, nos 1º, 2º e 3º anos, é feita de forma descritiva e,


no 4º ano, é formalizada de modo qualitativo com a atribuição de uma menção –
Muito Bom, Bom, Suficiente e Insuficiente, (como indica o decreto-lei n.º 139/2012
e o despacho normativo nº13/2014).

5.1 PARÂMETROS DE AVALIAÇÃO

PARÂMETROS I S B MB

COMPETÊNCIAS Motivação/ organização


SOCIAIS
(30%) Relacionamento interpessoal e de
grupo
Aquisição e desenvolvimento de
métodos/ técnicas de trabalho e de
COMPETÊNCIAS
DE TRABALHO estudo
(70%)
Trabalho desenvolvido no âmbito do
estudo orientado/ apoio ao estudo

6. ARTICULAÇÃO CURRICULAR

Blocos
(carga horária MODALIDADES
dos alunos)
2 horas • Desenvolvido de forma integrada em articulação
1º CEB semanais (1h com as áreas disciplinares de Matemática e
Mat. + 1h Port) Português.

7. RECURSOS

Constituem recursos materiais utilizáveis no âmbito do Apoio ao Estudo, os


seguintes:

• Materiais didáticos manipuláveis e não manipuláveis produzidos ou


selecionados pelos docentes titulares de turma;
• Materiais produzidos e propostos pelos professores das várias disciplinas, no
âmbito da articulação curricular;

4
• Biblioteca Escolar - para além dos recursos (livros, revistas, jornais, DVD,
CDR, acesso à Internet) disponibiliza um conjunto de materiais relacionados
com as técnicas de estudo e de trabalho (guiões, fichas de trabalho, sessões
organizadas, apresentações) e que podem ser acedidos através da plataforma
Moodle – disciplina Biblioteca. A equipa também se encontra disponível para
dinamizar sessões sobre estas temáticas com as turmas.