Você está na página 1de 5

As principais Vias somatossensoriais até à consciência

Tratos Funículos Função Origem Decussação Neurónio Neurónio Neurónio 3ª Terminação Locais por onde passa
Ascendentes 1ª ordem 2ª ordem ordem

Espinotalâmico Lateral Transporta informação Corno posterior Segmento Gânglio da Substância Núcleo Tálamo e Trato póstero-lateral de
Lateral sensorial de dor e de um lado da de origem raiz posterior gelatinosa ventral depois Lissauer – coluna branca
temperatura medula; cruza ou vários póstero- córtex contralateral – lemnisco
para o lado acima lateral do cerebral espinhal – núcleo ventral
oposto tálamo postero-lateral do tálamo
– cápsula interna – coroa
radiada - córtex
Espinotalâmico Anterior Transporta informação Corno posterior Tálamo e
Anterior sensorial de toque leve de um lado da (“) (“) (“) (“) depois (“)
(grosseiro) e de pressão medula; cruza córtex
para o lado cerebral
oposto
Coluna dorsal Posterior Inf. Sensorial de tato Neurónios Neurónio Gânglio da Núcleos Núcleo Tálamo e Fasciculo gracil e
(ou lemniscal discriminativo, vibração e sensoriais de 2ª raiz posterior grácil e ventral depois cuneiforme na coluna
medial) sensação de posição periféricos ordem cuneiforme póstero- córtex branca posterior da
articular consciente; decussa no no bulbo lateral do cerebral medula – núcleos gracil e
Gracilis: mov. Art. do bulbo e tálamo cuneiforme – fibras
membro inferior e tronco ascende arqueadas internas –
(até D6); Cuneiforme: como lemnisco medial - núcleo
mov. art. Do membro lemnisco ventral postero-lateral do
superior e tronco (depois medial tálamo – cápsula interna
de D6) – coroa radiada - córtex
Vias da informação propriocetiva inconsciente para o cerebelo

Tratos Funículos Função Origem Decussação Neurónio Neurónio 2ª Terminação Locais por onde passa
Ascendentes 1ª ordem ordem

Espinocerebelar Lateral Postura e proprioceção Corno Não cruza a Gânglio da Núcleo dorsal Cerebelo Coluna branca postero-
posterior inconsciente para a coordenação posterior da linha média raiz lateral – pedúnculo
dos movimentos. Conduz medula posterior cerebelar inferior - cerebelo
estímulos sensoriais de um lado do
corpo para o mesmo lado do
cerebelo.
Espinocerebelar Lateral Postura e proprioceção Corno Maioria Gânglio da Núcleo dorsal Cerebelo Coluna branca lateral –
anterior inconsciente para a coordenação posterior da decussa no raiz umas cruzam, outras não –
dos movimentos. Conduz medula núcleo posterior cerebelo. As fibras que
estímulos sensoriais de ambos os dorsal cruzam para o lado oposto
lados do corpo para o cerebelo. na medula, voltam a cruzar
Cerebelo receb informações da de volta no cerebelo.
pele por este trato.
Outras vias ascendentes
Tratos Função Origem Terminação Locais por onde passa
Ascendentes
Trato espinotectal  Responsável pelos movimentos colículo superior do Gânglio da raiz posterior – sinapse com neurónios
reflexos da cabeça e dos olhos em mesencéfalo de 2ª ordem – cruzam o plano mediano – ascende
direção à fonte de estimulação. coluna branca antero-lateral – passa pelo bulbo e
 Leva informação sobre dor, ponte – termina no colículo superior.
temperatura e tacto.

Trato espino-  Despertar da consciência no SARA Músculos, Formação reticular


reticular através da estimulação cutânea articulações e
(não decussa) pele

Trato espino-olivar  Coordenação de movimentos Termina nos núcleos


associados ao equilíbrio olivares inferiores (no
bulbo) em direção ao
cerebelo (via indirecta).
As principais Vias descendentes para a medula espinhal

Tratos Funículos Função Origem Decussação Terminação Locais por onde passa
descendentes

Corticoespinhal Anterior Movimentos precisos, Cruza para o Córtex – coroa radiada –


anterior voluntários do músculo lado oposto da cápsula interna – base do
esquelético. Dependente de medula no nível pedúnculo do mesencéfalo –
habilidades. Anterior: músculos Córtex cerebral de da terminação Neurónios parte ventral da ponte –
Corticoespinhal lateral Lateral cervicais, ombro e tronco um dos lados do Pirâmides (base internunciais ou pirâmides – trato lateral na
ipsilateral. cérebro do bulbo para o motores alfa coluna branca lateral da medula
Lateral: controlo dos mov. Finos lado oposto da e trato anterior na coluna
distais contralaterais. medula) branca anterior da medula
Reticuloespinhal Anterior Formação reticular Parte cruza em Neurónios Pontino: não cruza na ponte;
Inibem ou facilitam movimentos níveis motores alfa e desce pela coluna branca
voluntários; controlo diferentes gama anterior;
hipotalâmico das eferencias (pontinos não Bulbar: no bulbo há neurónios
simpáticas e parassimpáticas cruzam na que são cruzados e não
medula) cruzados para a medula. Desce
Pontino/Medial: inerva pela coluna branca lateral.
músculos posturais e extensores
dos membros ipsilaterais.
Bulbar/lateral: facilita os NMI
dos flexores e inibe os NMI dos
extensores, bilateralmente.
Tratos Funículos Função Origem Decussação Terminação Locais por onde passa
descendentes

Tectoespinhal Anterior Movimentos posturais reflexos Coliculo superior Logo após a sua Neurónios Desce pela coluna branca
da cabeça em resposta a origem motores alfa e anterior e termina na coluna
estímulos visuais, auditivos ou gama cinzenta anterior
estímulos
Rubroespinhal Lateral Facilita a atividade dos músculos Núcleo rubro (no Imediatamente Núcleo rubro – ponte, bulbo –
flexores e inibe a dos extensores tegmento (“) entra na coluna branca lateral da
mesencefálico ao medula e termina na coluna
nível do coliculo cinzenta anterior
superior)
Vestibuloespinhal Anterior Facilita a atividade dos músculos Núcleos vestibulares Não cruza
extensores e inibe a dos flexores; (na ponte e no bulbo) (“)
Atividade postural associada ao
equilíbrio;
Mantém a postura de pé através
do aparelho vestibulococliar;
Recebe aferentes do ouvido
interno e cerebelo.
Olivo-espinhal ? pode participar na atividade Núcleo olivar inferior
muscular (duvidas) (“)