Você está na página 1de 626
DICIONÁRIO PRÁTICO DE LOCUÇÕES E EXPRESSÕES EMANUEL DE MOURA CORREIA PERSÍLIA DE MELIM TEIXEIRA CORRENTES
DICIONÁRIO
PRÁTICO DE
LOCUÇÕES E
EXPRESSÕES
EMANUEL DE MOURA CORREIA
PERSÍLIA DE MELIM TEIXEIRA
CORRENTES
Com mais de 8000 entradas/verbetes e 20 000 locuções,
expressões peculiares e designações que enxameiam os
nossos dicionários, usadas, correntemente, no dia-a-dia,
esta obra tem a particularidade de (poder) ser manuseada
ou consultada com grande facilidade através de várias
Emanuel de Moura Correia
Persília de Melim Teixeira
palavras-chave (verbos, adjectivos, substantivos, advérbios,
preposições, pronomes) de uma determinada asserção ou
da
de nição correspondente, que o consultante só conhece
ou
recorda por via de determinado vocábulo.
O
modelo adoptado na sua produção permite, assim,
uma pesquisa directa e inversa, facto que releva uma
particularidade inédita em relação a outras publicações
paralelas anteriormente vindas a lume, sendo que a sua
presença no mercado livreiro é quase nula.
Com o apoio de
dicionário
DICIONÁRIO PRÁTICO DE dicionário LOCUÇÕES E EXPRESSÕES EMANUEL DE MOURA CORREIA PERSÍLIA DE MELIM TEIXEIRA
DICIONÁRIO
PRÁTICO DE
dicionário
LOCUÇÕES E
EXPRESSÕES
EMANUEL DE MOURA CORREIA
PERSÍLIA DE MELIM TEIXEIRA
CORRENTES
Com mais de 8000 entradas/verbetes e 20 000 locuções,
expressões peculiares e designações que enxameiam os
nossos dicionários, usadas, correntemente, no dia-a-dia,
esta obra tem a particularidade de (poder) ser manuseada
ou consultada com grande facilidade através de várias
Emanuel de Moura Correia
Persília de Melim Teixeira
palavras-chave (verbos, adjectivos, substantivos, advérbios,
preposições, pronomes) de uma determinada asserção ou
da
de nição correspondente, que o consultante só conhece
ou
recorda por via de determinado vocábulo.
O
modelo adoptado na sua produção permite, assim,
uma pesquisa directa e inversa, facto que releva uma
particularidade inédita em relação a outras publicações
paralelas anteriormente vindas a lume, sendo que a sua
presença no mercado livreiro é quase nula.
Com o apoio de

DICIONÁRIO

PRÁTICO

DE

LOCUÇÕES E

EXPRESSÕES

CORRENTES

Emanuel de Moura Correia Persília de Melim Teixeira

DICIONÁRIO PRÁTICO DE LOCUÇÕES E EXPRESSÕES CORRENTES Emanuel de Moura Correia Persília de Melim Teixeira

Título:

Dicionário Prático de Locuções e Expressões Correntes

Autor:

Emanuel de Moura Correia

Persília de Melim Teixeira

Editor:

Papiro Editora Rua de Sta Catarina, 489 4000-451 Porto Telefone 22 010 39 00 Fax 22 010 39 99 email: info@papiroeditora.com

Coordenação Editorial

Papiro Editora - Liliana Roma Pereira

Revisão

Papiro Editora - Liliana Roma Pereira, Liliana Pacheco,

Design e paginação

Hugo Santos Folio Design - Joana Macedo, Rui Batista

Data de Edição:

Abril 2007

Impressão:

Satelicor - Estúdio Gráfico (Odivelas)

Distribuição:

BUK distribuição (Telefone 22 010 39 00)

ISBN:

978-989-8056-99-1

Depósito Legal:

256171/07

Patrocínio

Patrocínio
Patrocínio

[ ] Emanuel de Moura Correia • Persília de Melim Teixeira

Introdução

Um dicionário é todo o universo por ordem alfabética

ANATOLE FRANCE

Na sua linguagem mais singular, o povo tem transmitido, ao longo dos tempos, conceitos, vivências ou situações bizarras, desde os lugarejos mais recônditos até às regiões mais populosas. A semântica de uma dada expressão, utilizada por cada um, foi, sempre, peculiar em relação às demais e, em muitos casos, com um significado justamente oposto. Daí se aferir ou referir, muitas vezes, que o povo tem sempre razão – no sentido mais lato da comunicação. Essa oralidade foi transposta para a literatura, sem a sonância original – infelizmente impossível –, por reunir formas de estilo atraentes e singulares. Pela substância da sua acepção, entranhou-se por via natural nas expressões que ouvimos e lemos diariamente. A riqueza deste vocabulário é impressionante, incomensurável. De tal modo que constitui, hoje mais do que nunca, um fio condutor indispensável na relação expressiva do discurso linguístico. Consensualmente ou não, quer escritores quer tribunos ou agentes da comunicação, desde tempos idos até aos dias de hoje, fascinaram-se por este linguajar, utilizando-o como forma de transmitir melhor a sua mensagem. Daí que, uma das razões que nos levou a (querer) publicar este trabalho de pesquisa, foi difundir o que o povo disse e o que o povo ainda diz. Tal como os cultores vernáculos da Língua, usem-no nos momentos próprios ou em situações onde estas expressões peculiares se inserem por natureza e com a força que as carrega. Sem aspas. A língua mais rica do mundo é parte integrante da nossa História!

[ ] Dicionário Prático de Locuções e Expressões Correntes

Apresentação

Com mais de 8000 entradas/verbetes e 20 000 locuções, expressões peculiares

e designações que enxameiam os nossos dicionários, usadas, correntemente,

no dia-a-dia, esta obra tem a particularidade de (poder) ser manuseada ou consultada com grande facilidade através de várias palavras-chave [verbos, ad- jectivos, substantivos, advérbios, preposições, pronomes] de uma determinada asserção ou da definição correspondente, que o consultante só conhece ou re- corda por via de determinado vocábulo. O modelo adoptado na sua produção, permite, assim, uma pesquisa directa

e inversa, facto que releva uma particularidade inédita em relação a todas as

outras publicações paralelas anteriormente vindas a lume, ou de alguma ain- da existente nos escaparates, embora a sua presença no mercado livreiro seja (mesmo) quase nula. Diga-se, de passagem, que a estrutura do dicionário de A. Martins Barata, uma obra de referência no seu tempo, teve inegável influência na planificação deste calepino. Porém, optámos por uma arquitectura de infor- mação cruzada, enriquecida e consentânea com a exigência dos consultores, proporcionando uma busca mais acessível e incisiva sobre uma temática tão vasta como a presente. Surgem, ainda, outras denominações frequentes, além de aforismos, adá- gios, provérbios, rifões, o que é comum neste género literário. Por princípio, respeitámos, sempre que possível e no essencial, os originais dos autores, filólogos, linguistas – e outros curiosos, como nós – que aborda- ram este tema, razão pela qual algumas expressões poderão estar apresentadas com algumas dissemelhanças, reflexo natural da pesquisa realizada por cada qual e, ainda, da evolução do discurso popular. Além disso, introduzimos mui- tas outras usadas actualmente, que não figuram na bibliografia utilizada, por

[ ] Emanuel de Moura Correia • Persília de Melim Teixeira

sustentarmos ser chegada a oportunidade da sua divulgação. Os dicionários nunca estão concluídos nem completos pelo simples facto de serem publicados – são fontes inesgotáveis por natureza. Outros, com certeza, irão surgir de novos autores e investigadores, talvez mais ricos em pormeno- res, ou complementando-se entre si, ultrapassando, como é natural, as lacunas sempre emergentes neste tipo de obras. Se, como é o nosso objectivo, o leitor conseguir usufruir de um pouco do muito que aqui se oferece, diremos apenas que nos sentiremos naturalmente honrados, pois a laureada é a Língua Portuguesa, seja ela onde for cultivada. Finalizamos com a expressão do nosso maior apreço à Papiro Editora – uma jovem editora que procura dar expressão ao trabalho criativo de novos auto- res –, na pessoa da Dr.ª Liliana Roma Pereira, sua coordenadora editorial, pelo manifesto interesse e entusiasmo que demonstrou, desde logo, pela curiosida- de deste trabalho. Como, também, e em particular, não podemos deixar de dirigir o penhor da merecida e reconhecida gratidão à Galp Energia, S.A., uma empresa portu- guesa de grande relevo e prestígio por todos reconhecido, que, defendendo a simbiose economia-cultura, assumiu o apoio imprescindível à divulgação des- te projecto, tornando-o, assim, acessível a tantos amantes da Língua de todos nós. Ao Engenheiro Pedro Condesso, que, após consultar e apreciar esta obra, apostou na sua divulgação, aqui fica o nosso sincero agradecimento.

[ ] Dicionário Prático de Locuções e Expressões Correntes

Explicação Breve

Impõe-se, como é elementar, uma explicação, embora curta, quanto a algumas das suas particularidades, apesar de quase todas elas serem perceptíveis para muitos leitores. Assim, uma locução ou expressão que apresente, entre parênteses, uma pre- posição, como a, de, em, com, por, etc., um advérbio ou pronome significa que a frase também os aceita como fazendo parte do corpus. São exemplos:

não meter prego nem estopa (em) é igual a não meter prego nem estopa ou não meter prego nem estopa em; dar a mão (a) igual a dar a mão ou dar a mão a; como [Adão e Eva] os (nossos) primeiros pais igual a os primeiros pais ou os nossos primeiros pais; colher (os) louros igual a colher louros ou colher os louros; como (um) veludo igual a como veludo ou como um veludo, etc. Também surgem, aqui e acolá, os verbos pronominais, como, por exemplo, dar(-se) conta de, que se conjuga de uma maneira ou de outra, isto é, dar conta de ou dar-se conta de. Porém, em casos como salvar(-se) pôr(-se) a salvo, interpreta-se como salvar igual a pôr a salvo e salvar-se pôr-se a salvo. Enfim, existem, ainda, outras situações que, pela sua evidente interpretação, nos dispensamos de enumerar, explicar ou exemplificar. A própria curiosidade é o melhor meio de descobrir os meandros do conhecimento.

Emanuel de Moura Correia Persília de Melim Teixeira

[ ] Emanuel de Moura Correia • Persília de Melim Teixeira

Prefácio

O saber é uma riqueza que nunca se esgota.

PADRE ANTÓNIO VIEIRA

A presente obra, que a Papiro Editora em boa hora decidiu dar à estampa, não

é apenas mais um dicionário a juntar aos que, sobre o mesmo tema, poderão,

porventura, ser encontrados nos escaparates das livrarias. Resultado de dez anos de incessante e minucioso trabalho de recolha, aná- lise e planeamento, este livro, de que os seus autores se podem justamente or- gulhar, apresenta de forma inédita milhares de locuções e expressões que se ouvem ou lêem com frequência e que, nascidas quase sempre por via popular, reflectem, retratam ou caricaturam situações, experiências de vida ou concei- tos que vêm sendo transmitidos, de forma verbal ou escrita, através de suces-

sivas gerações. Mas qual é, então, a particularidade que distingue este dicionário dos ou- tros, também reconhecidamente meritórios? É o próprio leitor que, ao proce-

der às primeiras consultas, de imediato se apercebe de que a grande diferença reside fundamentalmente na facilidade com que detecta cada expressão, uma vez que a pesquisa pode ser efectuada directa ou indirectamente, bastando- lhe apenas saber ou recordar-se de uma palavra-chave incluída no axioma ou locução que procura. Emanuel de Moura Correia foi jornalista, bancário e cronista da rádio. Tem

a seu cargo, há treze anos, uma página na revista O Bancário, órgão do Sindica-

to dos Bancários do Sul e Ilhas. Desde muito cedo se interessou pela imprensa

escrita, à qual se dedicou como profissional durante mais de quinze anos, don-

[ 10 ] Dicionário Prático de Locuções e Expressões Correntes

de proveio o seu interesse pela investigação. Persília de Melim Teixeira, ex-quadro dos CTT – Correios de Portugal, SA., foi (e é) sempre uma interessada pela literatura, constituindo ela própria o su- porte crítico que obras deste género tanto requerem, cujo conhecimento se reflectiu no enriquecimento deste Dicionário Prático de Locuções e Expressões Correntes, o qual constituirá uma obra de referência em qualquer biblioteca.

Manuel Filipe dos Reis Vieira

[ 11 ] Dicionário Prático de Locuções e Expressões Correntes

A

A – de A a Z de alfa a ómega; do princí- pio ao fim provar por a + b demonstrar matematicamente; provar de modo incon- testável Aba – aba corrida varanda ou sacada ao longo da cimalha de um edifício abas do telhado águas do telhado acolher‑se às abas de alguém tomá-lo por patrono ou defensor; refugiar-se sob a sua protecção agarrar‑se às abas da casaca de alguém solicitar alguém com importunidade agar‑ rar‑se às abas de (alguém) seguir com insistência chegar‑se às abas de buscar o amparo, o abrigo de nas abas de nas pro- ximidades, imediações, redondezas de pu‑ xar pela aba da casaca de alguém chamar disfarçadamente a atenção para; provocar alguém Abada – às abadas em grande quantida- de ponta de abada corno (do animal) Abade – cara de abade cara rechonchuda e corada ficar como um abade ficar com o estômago satisfeito jogo do abade jogo de prendas mesa de abade mesa lauta vida de abade vida regalada Abafar – abafar pôr pedra em cima Abaixar – abaixar a cabeça obedecer; ter vergonha; submeter-se; humilhar-se abai‑ xar a crista submeter-se; desistir abaixar a proa a humilhar abaixar as orelhas re- ceber uma ordem ou repreensão sem repli- car Abaixo – abaixo de depois de; sob cair abaixo despenhar-se deitar a casa abaixo fazer muito barulho deitar abaixo arrasar;

deitar por terra ir abaixo cair ir por água abaixo frustrar-se malhar abaixo cair; despenhar-se vir abaixo cair; desabar Abalada – de abalada muito depressa; prestes a partir estar de abalada estar de viagem, de saída, de partida, prestes a ir-se embora ir de abalada ir a toda a pressa, sem perda de tempo vir de abalada chegar apressadamente; demorar-se pouco Abalar – abalar dar de si; fazer abalo; fa- zer víspere; virar de querena Abalo – abalo de terra tremor de terra; terramoto abalo telúrico sismo; tremor de terra fazer abalo abalar sentir grande abalo cair o coração aos pés a Abana‑moscas – de abana‑moscas fácil de fazer; leve Abanar – a abanar a dar a dar; muito fraco abanar a cabeça fazer sinal de sim ou não abanar as orelhas aceder; não con- sentir; recusar; não querer; duvidar do que se ouve abanar com o chapéu agitar o ar abanar moscas mandriar abanar o capa‑ cete, o esqueleto dançar andar a abanar estar muito fraco; não ter dinheiro andar de mãos a abanar andar de mãos espana- das de mãos a abanar de mãos a dar; a dar; sem dinheiro; sem nada Abandalhar – abandalhar a pena pô-la ao serviço de quem mais paga abanda‑ lhar‑se dar em droga Abandonado – abandonado de banda estar, ficar abandonado estar, ficar às moscas Abandonar – abandonar abrir (a) mão

abandono

de; atirar ao mundo; dar com os pés; dar de mão (a); deitar à margem; lançar à mar- gem, ao almargem; pôr de lado; pôr para

o lado; pôr de banda abandonar o barco

largar o cargo, as funções em ocasião arris- cada abandonar o comércio fechar a loja abandonar o ofício atirar com a albarda (ao ar) abandonar um local sem se des‑ pedir sair à francesa Abandono – abandono de cargo falta de comparência ao serviço com intenção de não regressar abandono do lar con‑ jugal negação do dever de coabitação ao abandono ao desamparo; sem a protecção devida; sem os cuidados devidos; sem pro- tecção; sem tratamento; sem cuidado Abarbado – abarbado com a morte qua- se a morrer; prestes a deixar a vida Abarcar – querer abarcar o céu com as mãos querer fazer ou obter muito mais do que o que é possível Abarrotar – a abarrotar cheio até mais não poder Abater – abater as fumaças dar uma lição abater o orgulho baixar a grimpa abater reses matar Abatido – estar (muito) abatido estar

(muito) em baixo Abdicar – abdicar depor a coroa; abrir mão de; descingir a coroa Abelha – em ninho de abelha com o for- mato dos alvéolos ninho de abelha enfeite (em vestidos) como os ninhos de abelha segredo de abelha coisa muito secreta e misteriosa ser segredo de abelha ser coisa muito secreta, misteriosa, oculta; ser segre- do impenetrável Abelhudo – mostrar‑se abelhudo me- ter-se onde não se é chamado Abencerragem – último abencerragem

o que é de uma dedicação extrema até ao

[ 12 ] Emanuel de Moura Correia • Persília de Melim Teixeira

fim; último paladino de uma ideia; último representante Abençoar – abençoar dar, deitar a ben- ção a Aberração – aberração da luz fenómeno pelo qual as estrelas parecem alterar a sua posição relativa durante o ano, como con- sequência do movimento orbital da Terra em volta do Sol aberração da natureza fe- nómeno natural que se apresenta com uma forma desconhecida ou incompreeensível; acto considerado moralmente condenável aberração de esfericidade distorção das imagens dadas por lentes ou por espelhos esféricos aberração jurídica absurdo; con- tradição com o senso comum Aberrante – forma aberrante forma que se afasta do tipo normal Aberta – aproveitar uma aberta lançar mão duma oportunidade inesperada per‑ der uma aberta deixar fugir, escapar uma boa ocasião Abertamente – abertamente às decla- radas Aberto – a céu aberto ao ar livre; no ex- terior de boca aberta com cara de asno; pasmado; absorto de braços abertos com alegria; com satisfação; cordialmente de coração aberto sincero; franco; acessível; afável de modo aberto com franqueza deixar uma porta aberta deixar uma es- capatória, um ensejo, um recurso em aber‑ to por concluir; por liquidar ficar de boca aberta ficar pasmado olhos muito aber‑ tos olhos esgazeados ser um livro aberto ser claro, franco, honesto, leal, muito fácil de entender ter contas em aberto estar em dívida, em falta ter os olhos abertos estar vivo; não se deixar enganar; não dormir; ser vivo, perspicaz Abismo – estar à beira, à boca, à borda,

[ 13 ] Dicionário Prático de Locuções e Expressões Correntes

às portas do abismo estar quase na ruína; estar em perigo iminente e muito grave Ablução – fazer as abluções lavar-se Abnegação – abnegação deixação de si mesmo Abóbada – abóbada celeste céu; firma- mento abóbada etérea firmamento chave, fecho da abóbada a pedra de remate pôr a chave na abóbada concluir um trabalho importante Abóbora – (ser) cabeça de abóbora (ser) indivíduo irresoluto, preguiçoso; pessoa distraída, doidivanas, sem memória, sem tino Abolição – abolição de crime lei que dei- xa de considerar crime um facto tido como tal até então Abonado – homem abonado o que tem bens de raiz; o que tem bens suficientes para fazer face às despesas testemunhas abonadas de bom testemunho, dignas de crédito Abordagem – abordagem de aviões toda a colisão verificada, por qualquer causa, entre dois ou mais aviões em voo Abordar – abordar uma questão come- çar a tratá-la Aborrecer – aborrecer moer o juízo; fa- zer a cabeça; levantar cabelo Aborrecimento – que aborrecimento! que canudo! Abortar – abortar fazer móvito; ficar re- duzido a zero Aborto aborto mau sucesso ser um aborto ser coisa sem interesse, sem quali- dade; ser pessoa sem nível Abotoar – abotoar‑se com alguma coisa conservá-la em segredo; chamar-lhe sua por aquisição ilícita Abraão – o seio de Abraão o Limbo Abraçar – abraçar o céu com as mãos

abrir

tentar o impossível abraçar o céu com as pernas ter ambições desmedidas Abraço – abraço de paz o que o grupo do- cente dá ao que se gradua em doutor Abrandar – abrandar a cólera meter a espada na bainha Abreviar – abreviar um assunto tomar pelo atalho para abreviar a fim de poupar tempo Abreviatura – em abreviatura em breve sem abreviatura por extenso; com todas as letras Abrigar – abrigar‑se pôr-se a coberto abrigar‑se do vento pôr-se a barlavento de Abrigo – abrigo ninho de ratos ao abrigo de defendido de; livre de; protegido contra, de; sob a protecção de Abril – primeiro de Abril dia de enganos; dia das mentiras, das petas Abrir – abrir a boca bocejar; ficar admi- rado; pedir muito; falar; repreender abrir a bolsa oferecer dinheiro abrir a cabeça ferir, quebrar (a cabeça) abrir a caça fi- xar a data em que se pode caçar abrir a casa a alguém acolhê-lo abrir a gaivota fugir abrir a mão de abandonar abrir a tesoura andar depressa; correr abrir a torneira desabafar; dizer tudo; chorar; soltar a taramela abrir alas disporem-se as pessoas em fileiras; formar filas de modo a permitir passagem abrir as goelas de- satar a gritar abrir as asas voar; deixar fugir abrir as mãos ser liberal; favorecer abrir assento lavrar registo abrir banca abrir escritório de advogado abrir brecha abrir caminho; causar um dano que leva a outro dano abrir cancha dar lugar abrir do peito ficar estropeado abrir fileiras au- mentar a distância, entre as fileiras, numa formatura em linha abrir mão de abdicar;

abrolho

abandonar; desistir; renunciar a; desprezar abrir mão de um negócio pô-lo de parte abrir muito a boca exagerar no preço; vender caro abrir nos paus correr; fugir abrir o apetite provocar um desejo abrir o bico divulgar; denunciar; falar abrir o cavalo mandar outrem retirar o que disse abrir o compasso andar mais depressa; estugar o passo; fugir abrir o coração de- sabafar abrir o espírito despertar a com- preensão de alguém abrir o jogo mostrar

o que realmente se pretende; denunciar

abrir o livro injuriar; descompor abrir o

seu peito falar com toda a lealdade; reve- lar francamente os seus sentimentos abrir o, do chambre, abrir o pala correr; fugir abrir o pé fugir abrir o teatro começar a época teatral abrir o tempo aliviar-se o tempo abrir os braços a receber bem abrir os cordões à bolsa desembolsar dinheiro; pagar muito abrir os olhos compreender; desenganar(-se) abrir os olhos a fazer ver

as coisas; tornar esperto abrir os peitos ter

aguamento abrir parágrafo deixar a linha em que se escrevia e começar na seguinte, um pouco dentro abrir praça afastar-se para deixar passar abrir preço taxar o va-

lor de mercadoria abrir sinal registar (a) assinatura em cartório notarial abrir trin‑ cheiras desaterrar abrir um buraco para tapar outro contrair uma dívida para sa- tisfazer outro compromisso; fugir a um mal causando outro abrir um parêntese inter- romper um período ou um discurso para dizer uma coisa diferente; começá-lo; pôr na escrita o sinal abrir um túnel perfurar abrir uma subscrição recolher assinaturas com vista a uma obra meritória abrir‑se

ser franco abrir‑se com alguém desabafar

com alguém; contar os seus segredos a al- guém não se abrir com ninguém não se

[ 14 ] Emanuel de Moura Correia • Persília de Melim Teixeira

confessar num abrir e fechar de olhos de pronto; enquanto o Diabo esfrega os olhos, um olho; num ai; num vu; numa volta de mão; num instante Abrolho – os abrolhos da vida trabalhos; dificuldades; contrariedades Abruptamente – abruptamente como um raio Absolutamente – absolutamente de todo; de todo em todo; em si; em toda a acepção da palavra Absoluto – em absoluto totalmente; de modo nenhum o absoluto o que existe in- dependentemente Absolvição – absolvição da instância absolvição imediata do réu, sem que o juiz, devido à existência de qualquer obstáculo legal, julgue o pedido do autor Absorção – absorção de empresa caso em que uma empresa cessa de existir, como entidade autónoma, para se integrar nou- tra Absorto – absorto de boca aberta Abster – abster‑se recolher-se a, aos bas- tidores Abstracção – fazer abstracção de uma coisa não fazer caso por abstracção de um modo abstracto Abstraccionismo – abstraccionismo arte abstracta; arte não figurativa Abstractamente – abstractamente em si Abstracto – andar abstracto andar nas nuvens, com a cabeça nas nuvens arte abs‑ tracta arte que não descreve nem represen- ta objectos concretos; arte não figurativa; abstraccionismo ciência abstracta ciência que opera sobre qualidades puras e não so- bre realidades Abstrair – abstraindo de independente- mente de

[ 1 ] Dicionário Prático de Locuções e Expressões Correntes

Absurdo – absurdo aberração jurídica por absurdo diz-se, falando de uma de- monstração de um raciocínio que prova a verdade de uma proposição contrária re‑ dução ao absurdo método de demonstra- ção que mostra que é impossível ser falso o que se pretende demonstrar roçar o absur‑ do ser impensável, irracional Abundância – a abundância traz a in‑ dolência gato farto não é murador com

abundância a fartar; à fartazana; a raivel;

à tripa-forra; à ufa corno da abundância

cornucópia em abundância à discrição; a flux; a potes; como chuva; de rijo; muito; às cabazadas; às pipas em grande abun‑ dância à farta existir em abundância haver aos pontapés; ser mato falar com abundância improvisar brilhantemente, com facilidade jactar‑se de abundância arrotar postas de pescada produzir em grande abundância desfazer-se em ter em abundância abundar em ter em grande abundância nadar em Abundante – coisa grosseira e abun‑ dante coisa de farta-velhaco de forma violenta e abundante a jorros ser abun‑ dante dar pano para mangas

Abundantemente – abundantemente a flux; a frouxo; à ufa; à grande e à francesa; em jorros Abundar – abundar estar rico abundar em ter em abundância; pulular de abun‑ dar na opinião de alguém, nas mesmas ideias ser da mesma opinião abundar nas ideias de concordar; tomar parte Abusar – abusar passar as raias; passar das marcas; tomar o freio nos dentes; pôr pé em ramo verde abusar de pisar os calos

a abusar de alguém aproveitar sem qual-

quer discrição da sua complacência, da sua credulidade abusar de uma mulher

açalmo

seduzi-la; violá-la Abuso – abuso de autoridade, de poder uso abusivo do poder por uma autoridade pública quando não tem essa competência ou excede a que tem abuso de confiança atitude abusiva tomada em virtude da po- sição ou situação que se ocupa abuso de direito uso excessivo do direito que a lei confere abuso de representação situação em que o representante actua dentro dos poderes que lhe são conferidos pelo seu representado, mas de modo contrário aos fins da representação abuso sexual viola- ção; conjunto de actos ou comportamentos que ameaçam sexualmente outra pessoa não consentir abusos dar para trás Acabado – bem acabado com todos os matadores homem acabado arruinado no físico ou no moral Acabar – acabar dar as despedidas; dar cabo; dar o triste pio; bater a pacuera; dar conta de; pôr ponto; pôr termo a; termi- nar em, por acabar a inimizade partir a palha acabar com cortar com; pôr cobro a; dar cabo de acabar com a raça matar acabar com alguma coisa pôr-lhe termo acabar de haver pouco tempo que; vir de (seguido de um verbo no infinito) acabar muito bem fechar com chave de ouro aca‑ bar os seus dias morrer acabar‑se levar o Diabo acabarem‑se os trabalhos a morrer acabou‑se! não falemos mais nisso! estar a acabar estar no cabo estar próximo a acabar pender de um fio um nunca aca‑ bar uma grande quantidade; uma coisa extensa ou demorada Açafate – moça de açafate açafata; dama da corte que estava encarregada da roupa da rainha e das infantas e lha entregava num açafate Açaimo – pôr açaimo a obrigar ao silêncio

acalmar

Acalmar – acalmar amaciar o pêlo a acalmar os ânimos, uma exaltação deitar água na fervura acalmar‑se refrescar a ca- beça; sossegar o pito Acamado – estar acamado estar de mo- lho Acamaradar – acamaradar com ser companheiro de Acanhado – pessoa acanhada mãos ata- das; bicho do buraco ser acanhado e mo‑ desto ter horizontes curtos Acanhamento – perder o acanhamento deitar os corninhos de fora; pôr os corni- nhos ao sol Acarretar – acarretar despesas exigir dispêndio, gasto de dinheiro Acaso – ao acaso a acertar; à fortuna; por fortuna; à aventura; à ventura; a esmo; à matroca; à sorte; à toa; ao deus-dará; ao sabor da maré; sem destino; sem pensar; sem rebuço; sem reflexão por acaso ca- sualmente; por acidente; por azar; fortui- tamente; acidentalmente só por acaso de sorte Acautelar – acautelar bem fechar a sete chaves acautelar‑se fechar-se, fazer-se, meter-se em copas; pôr-se de pé atrás; ter amor ao pêlo; tomar (as suas) medidas; pôr as barbas de molho; pôr-se a coberto; pôr-se a pau; pôr-se de atalaia acautelar‑se enquanto é tempo sangrar-se em saúde Acção – acção de graças agradecimento; oração de agradecimento a Deus em acção em exercício; em movimento entrar em acção começar a actuar; entrar em jogo fa‑ zer acção reagir; lutar pôr em acção colo- car em prática (um projecto ou um plano) Accionar – accionar pôr-se em campo Aceder – aceder deixar-se vencer; abanar as orelhas; não dizer que não Aceitação – aceitação de herança mani-

[ 1 ] Emanuel de Moura Correia • Persília de Melim Teixeira

festação de vontade de aceitar a herança por quem a ela é chamado não lhe dar aceitação voltar as costas a alguém

Aceitar – aceitar dobrar a cerviz aceitar

a censura que se lhe faz enfiar a carapuça

aceitar o repto levantar a luva aceitar os

galanteios dar trela dizer que aceita dar

o sim estar disposto a aceitar qualquer

coisa estar por tudo ser bem aceite cair em graça (ter de) aceitar alguma coisa contrariado engolir a pílula Aceleradamente – aceleradamente a passos largos, agigantados Acelerado – a passo acelerado a mar-

che-marche

Acender – acender um fósforo à beira de um barril de pólvora brincar com o fogo levianamente; cometer uma imprudência

de sérias consequências acender uma vela

a Deus e outra ao Diabo querer agradar

simultaneamente a dois adversários entre

si acender uma vela ao santo e outra ao

Diabo contentar gregos e troianos Acentuar – acentuar ferir a nota Acepção – acepção de pessoas preferên- cia; consideração por pessoa ou pessoas, segundo a sua classe ou condição social

em toda a acepção da palavra à letra; ab-

solutamente

Acerca – acerca de a respeito de; quanto

a; sobre; relativamente (a)

Acertadamente – acertadamente a compasso; com propósito Acertar – a acertar ao acaso acertar dar com o trincho; dar no vinte; pôr o dedo na chaga; dar no cravo; dar em cheio acertar em cheio dar no vinte; dar no alvo; ser

bom atirador acertar na muche atingir

o objectivo procurado acertar no alvo ter

boa pontaria acertar no ponto fraco me- xer, tocar na ferida acertar umas respos‑

[ 1 ] Dicionário Prático de Locuções e Expressões Correntes

tas e outras não dar uma no cravo e outra na ferradura Acessível – acessível de coração aberto Acesso – ter acesso a poder penetrar num lugar; alcançar; chegar a Acessoriamente – acessoriamente por concomitância Acha – pôr, deitar mais achas na foguei‑ ra deitar azeite no lume; deitar lenha no fogo; acirrar os ânimos já muito exaltados; agravar um caso, uma situação Achado – dar‑se por achado (de alguma coisa) mostrar-se conhecedor, entendi- do dar‑se por bem achado considerar-se feliz; dar-se bem não se dar por achado fazer-se de novas; fingir não perceber ser um achado ser uma pechincha Achar – achar a rua pequena estar bêbe- do achar a solução de uma dificuldade dar nas maturrangas achar de menos co- nhecer a, dar pela falta de achar graça dar, cair no goto achar muito boa uma coisa (de comer) comer e chorar por mais achar por acaso deparar-se com achar que di‑ zer ter motivos para censurar achar um termo de conciliação contentar gregos e troianos achar‑se com alguém encon- trar o seu auxílio num momento difícil achar‑se em apertos sentir suores frios achar‑se em apuros ver-se em palpos-de- -aranha achar‑se em dificuldades estar, ver-se em talas Achatar – achatar o beque ficar logrado Acidentalmente – acidentalmente por acaso Acidente – acidente de luz disposição particular da luz acidente de percurso desaire; percalço acidente de terreno desi- gualdade do solo por acidente imprevista- mente; por acaso Acima – acima a enfesto acima das coisas

acontecer

terrenas no alto dos céus acima de de pre- ferência a; em lugar superior a; por cima de; em cima; no alto; para a parte superior costa acima, rua acima direcção da parte mais elevada de telhas acima fora da alça- da humana de, pela costa acima a enfesto pôr acima de tudo estimar de modo que não admite comparação vir acima emer- gir Acinte – de acinte de caso pensado por acinte de propósito; de caso pensado Acirrar – acirrar os ânimos já muito exaltados pôr, deitar mais achas, lenha na fogueira Aclamação – por aclamação por unani- midade (sem proceder a eleição) Aço – coração de aço energia moral in- quebrantável músculos de aço força her- cúlea um homem de aço o que resiste a grandes trabalhos, a fortes provações Açor – saber de açor ser entendido em al- guma coisa Acobardar – não se acobardar ante as ameaças ter os envites Acólito – acólitos clérigos menores Acolher – acolher‑se às asas, às abas de alguém tomá-lo por patrono ou defensor; refugiar-se sob a sua protecção Acometer – acometer voltar-se contra Acomodar – acomodar‑se chegar-se ao rego não se acomodar a, com não se com- padecer com Acompanhado – acompanhado de ao som de Acompanhamento – com acompanha‑ mento de ao som de Acompanhar – acompanhar cantando ou tocando fazer a segunda acompanhar um par de namorados servir de pau-de- -cabeleira Acontecer – aconteça o que acontecer

acontecimento

em todo o caso; nem que a vaca tussa acontecer ir ao chão acontecer na altu‑ ra devida vir mesmo a calhar acontecer o inverso do que se desejava sair o tiro pela culatra acontecer o que, como se desejava cair como sopa no mel fazer e acontecer proceder com energia e activi- dade; ameaçar Acontecimento – acontecimento feliz bênção do Céu acontecimento natural, imprevisível e por isso também inevitá‑ vel caso fortuito Acordado – estar acordado estar à vela sonhar acordado alhear-se da realidade; distrair-se Acordar – acordar abrir os olhos à luz acordar com os pés de fora estar maldis- posto logo pela manhã Acorde – acorde imperfeito o que tem só duas notas Acordo – de acordo de concerto de acor‑ do! não digo que não! de acordo com ao sabor de; de concertação com; de concerto com; de harmonia com; segundo; em con- formidade com de comum acordo com o assentimento de todos; de concerto; sem discrepância; unanimemente de perfeito acordo sem discrepância estar de acordo concordar não dar acordo de si ter perdido os sentidos sem acordo à toa; fora de si Acovardar – acovardar‑se pedir bexiga; pedir penico Acreditar – acreditar emprenhar pelos ouvidos; dar ouvidos acreditar em dar cré- dito a; ter fezada em acreditar em bruxas ser muito crédulo, supersticioso, simplório acreditar numa mentira engolir a pílula acreditar piamente no que se ouve curar por informações acreditar um ministro plenipotenciário fazê-lo reconhecer como tal junto da corte ou do estado estrangeiro

[ 1 ] Emanuel de Moura Correia • Persília de Melim Teixeira

respectivos isso não se acredita não pega Acrescentar – a acrescentar ao resto! para cúmulo! acrescentar por sua conta pôr de sua lavra Acréscimo – por acréscimo para além do indispensável; por arrastamento Acrópole – a Acrópole a cidadela de Ate- nas Actividade – andar em grande activida‑ de andar numa roda-viva estar sem aten‑ ção nem actividade andar a dormir falta de actividade ponto morto proceder com energia e actividade fazer e acontecer sem actividade de braços cruzados Acto – acto contínuo em seguida; ime- diatamente; seguidamente acto criminoso ou culpável na vida de alguém ponto ne- gro acto de fugir pernas pra que vos quero acto de ir e voltar em seguida ida e volta acto de olhar para um certo ponto com pouca demora lance de olhos acto elíci‑ to o que é próprio da vontade (na filosofia escolástica); o que é próprio da vontade (querer, consentir) actos de violência vias de facto com este acto desta feita em acto estado do ser plenamente realizado fazer acto de presença mostrar-se por breves instantes (numa festa, reunião, etc.) são mais as palavras que os actos são mais as vozes que as nozes Actor – actores, actrizes figuras de teatro Actualizar – actualizar pôr em dia actu‑ alizar‑se pôr as contas em dia Actualmente – actualmente no, de pre- sente; hoje em dia; por enquanto Actual – actual na ordem do dia Actuar – actuar ir ao chão actuar em vão perder o seu latim actuar segundo a es‑ tratégia ou o interesse de fazer o jogo de actuar sem demora não pensar duas vezes começar a actuar entrar em acção

[ 1 ] Dicionário Prático de Locuções e Expressões Correntes

Açúcar – um torrão de açúcar pessoa muito meiga ou afectiva Acudir – acudir a pequenas necessida‑ des tapar buracos acudir ao espírito uma solução ter uma ideia acudir ao peso completar o peso acudir por tomar o par- tido de Deus nos acuda! Santa Bárbara! Acusação – acusação não verdadeira falso testemunho Acusar – acusar atirar à cabeça; lançar em rosto acusar a recepção de uma carta notificar a quem a escreveu que foi recebi- da acusar o toque mostrar pelas suas reac- ções que foi tocado, que se ressentiu acusar quarenta não prestar; ser de somenos va- lor acusar verbalmente lançar em rosto Adão – Adão o primeiro homem Adão e Eva os (nossos) primeiros pais o pecado herdado de Adão pecado original Adarga – bater as adargas a provocar com arrogância Adejar – adejar bater as asas Ademais – ademais além disso Adepto – ser adepto de torcer por Adequadamente – adequadamente de feição Adequado – para ver se é adequado à experiência em posição adequada a jeito Adestrar – adestrar‑se assentar a mão Adeus – adeus, minhas encomendas foi-se; adeus, minha viola dizer adeus des- pedir-se dizer adeus a renunciar a dizer adeus ao mundo morrer não dizer adeus, retirar‑se sem dizer adeus despedir-se à francesa Ad hoc – ad hoc para isto; para tal fim; de propósito; adrede Adiado – ficar adiado ficar de remissa Adiantar – adiantar o passo apressar adiantar‑se fazer progressos quem se adianta melhor se arranja candeia que

adoentado

vai à frente alumia duas vezes Adiante – adiante na vanguarda adiante de à frente de ao adiante no futuro dei‑ xar passar adiante ceder o passo a levar adiante empurrar; conseguir passá‑lo adiante garrar o porto passar adiante avantajar-se ponto adiante o que se faz em seguida ao último que se deu Adiar – adiar a decisão até ulterior exa‑ me pôr de quarentena Adivinhar – adivinhar dar no vinte; ma- tar a charada adivinhar a charada matar a charada adivinhar charadas decifrar adivinhar os intentos dar na trilha adi‑ vinhar os sentimentos de alguém ler no coração Administração – a administração pú‑ blica nau do Estado Administrar – administrar ter o leme (na mão); representar a justiça adminis‑ trar justiça aplicar as leis; exercer o poder judicial Admiração – admiração com a breca! causar grande admiração a deixar de boca aberta designativa de admiração pai da vida! Admirado – ficar admirado abrir a boca ficar muito admirado cair das nuvens Admitido – admitido que suposto que Admitir – admitir levar com paciência admitir sem provas dar de barato; empre- nhar pelos ouvidos não admitir chalaça, motejos ser grosso para palito Admoestar – admoestar cantar um pa- rolo a (alguém); chamar à ordem Adobe – adobe tijolo burro Adoçar – adoçar a boca a ser-lhe agradá- vel; enganar com bons modos (alguém) Adoecer – adoecer cair, ficar de cama Adoentado – adoentado cheio de não- -presta

adolescência

Adolescência – a adolescência o ama- nhecer da vida Adorar – adorar o bezerro de ouro ado- rar um falso deus; ser escravo da riqueza Adormecer – adormecer conciliar o sono; pegar no sono; cair no sono; fazer nana, nanã adormecer no Senhor mor- rer adormecer profundamente ferrar no sono adormecer sobre os louros desfru- tar uma glória merecida; não prosseguir na senda gloriosa que havia encetado para se entregar a uma vida indigna, ociosa e cómoda não adormecer durante toda a noite passar a noite em branco, em claro, a velar Adormecido – profundamente ador‑ mecido ferrado no sono Adova – casa da adova sala das cadeias onde os presos passeavam e recebiam vi- sitas Adquirir – adquirir ficar com; vir a ter adquirir à‑vontade ganhar, tomar con- fiança adquirir destreza assentar a mão adquirir forma tomar vulto adquirir meios de subsistência ganhar a vida ad‑ quirir perícia assentar a mão adquirir volume crescer Adrede adrede de propósito; ad hoc Adro – ainda a procissão vai no adro diz-se quando queremos dar a entender que os factos sucedidos não passam do prólogo de outros mais graves que hão-de suceder andar como um adro andar tris- te, macambúzio Aduela – aduela de menos mania; pou- co juízo ter uma aduela a menos ser um pouco desequilibrado; ter mania; ter um parafuso a menos ter uma aduela de me‑ nos não ter bom juízo Adular – adular dar graxa a; fazer zum- baias a alguém; cortar a jaca; fazer rapa-

[ 20 ] Emanuel de Moura Correia • Persília de Melim Teixeira

pés a alguém; lamber os pés; pegar no bico da chaleira Adultério – adultério facada no matri- mónio enganar, praticando o adultério pôr os cornos a Adulto – ser adulto responsável já não ser criança Adversidade – conformar‑se com a ad‑ versidade aguentar-se no balanço Advertir – advertir dar sinal; chamar à ordem Advocacia – advocacia arte liberal Advogado – advogado homem de leis advogado da porta do xadrez advogado sem freguesia, que tem de procurar clientes pela porta das prisões advogado do Diabo aquele que coloca sempre objecções a qual- quer opinião ou argumento; aquele que na Cúria romana estava encarregado de levan- tar objecções às propostas de canonização Afadigar – afadigar‑se para obter algu‑ ma coisa correr montes e vales Afanosamente – afanosamente de lufa- lufa; à lufa-lufa Afastado – em sítio afastado fora de vila e termo Afastar – afastar pôr, deixar de ré; sub- trair a afastar insultuosamente correr al- guém à batatada afastar‑se pôr-se ao largo afastar‑se para deixar passar fazer praça afastar‑se precipitadamente para evitar um perigo fugir Afável – afável de coração aberto Afectação – sem afectação ao desdém Afecto – manifestar grande afecto por essa pessoa beber os ares por alguém Afeição – sem afeições coração vazio Aferrar – aferrar as velas colhê-las; enro- lá-las Afiançar – afiançar alguém ficar por al- guém

[ 21 ] Dicionário Prático de Locuções e Expressões Correntes

Afiar – afiar a língua dispor-se a falar mal de alguém; pôr resina no arco afiar o dente preparar-se para algo com avidez Afinal – afinal em última análise; já ago- ra; ao fim e ao cabo; no fim de contas afi‑ nal de contas concluindo; em conclusão; como conclusão Afinar – afinar dar à casca afinar com toar com afinar o rajão discutir acalora-

damente

Afincadamente – afincadamente com unhas e dentes trabalhar afincadamente dar à unha Afincar – afincar na cara dizer na cara Afinco – com afinco às fincas

Afinidade – afinidade atracção molecular Afirmação – afirmação peremptória úl- tima palavra Afirmar – afirmar de cátedra saber bem

o que diz afirmar dobrado contra singelo

apostar de maneira que o que perder dá o

dobro do que receberia se ganhasse; garan- tir com toda a certeza Afivelar – afivelar a máscara fingir Aflição – aflição dor de cabeça; pão de amargura aflição por qualquer coisa dor de barriga ter grande aflição ter dor de

barriga

Afligir – afligir alguém quebrar a cabeça

a alguém afligir‑se profundamente par-

tir-se não se afligir não perder a vontade de comer Aflito – andar aflito andar sobre brasas estar muito aflito ver-se e desejar-se mos‑ trar‑se aflito deitar, apertar as mãos à ca- beça muito aflito com as mãos na cabeça Afogado – vestido afogado o que sobe

até ao pescoço Afogadilho – de afogadilho à pressa;

apressadamente; com precipitação; preci-

pitadamente

agarrar

Afogar – afogar‑se em pouca água apo- quentar-se por pouca coisa, com bagatelas afogar‑se num copo de água prender-se com obstáculos insignificantes Afonsin(h)o – era dos afonsin(h)os tempos remotos; velharia na era dos afonsin(h)os, nos tempos afonsinos an- tigamente; há muito tempo no tempo dos afonsin(h)os em época muito remota Afora – afora além de; independentemen- te de Afreguesar – afreguesar‑se com apro- priar-se de África – a África Continente Negro a Eu‑ ropa, a Ásia e a África o Mundo Antigo África Velho Continente contar áfricas re- latar grandes habilidades; jactar-se de va- lente fazer áfricas executar proezas fazer uma grande áfrica realizar uma façanha meter uma lança em África ter bom êxito em qualquer coisa difícil Africano – ter ascendência africana ter raça Afronta – engolir uma afronta sofrê-la impassivelmente Afrontar – afrontar dar um pique a Afrouxamento – com afrouxamento au ralenti Afrouxar – afrouxar pagar vale afrouxar os cordéis dar largas; dar liberdade Afugentar – afugentar pôr em fuga afu‑ gentar agressivamente correr alguém à batatada Afundar – afundar‑se (o navio) ir a pi- que Agachado – agachado de cócoras Agarrado – agarrados (de) peito a peito andar agarrado a essa pessoa andar à sir- ga de alguém Agarrar – agarrar colher as mãos; dei- tar a luva, a mão, o gatázio a; fazer presa

agasalho

de, em; travar de agarrar a cabra pelos cornos atacar de frente uma dificulda- de agarrar a ocasião pelos cabelos não deixar, de modo algum, perder uma boa oportunidade agarrar o penacho alcançar a chefia, o governo agarrar sofregamente deitar a fateixa a agarrar‑se a um cabe‑ lo valer-se de qualquer pequeno pretexto para agarrar‑se ao chão crescer pouco (vegetais) agarrar‑se ao tacho segurar um cargo rendoso agarrar‑se ao trabalho tra- balhar agarrar‑se ao verbo aplicar-se ao estudo agarrar‑se aos livros estudar com afinco agarrar‑se às abas da casaca de al‑ guém solicitar alguém com importunida- de agarrar‑se às abas de (alguém) seguir com insistência agarrar‑se às suas ideias não as largar; não mudar agarrar‑se em si expressão que traduz a ideia de rápida de- cisão ou resolução agarrar‑se unicamente ao pormenor esquecer a floresta para só ver a árvore Agasalho – sem agasalho em corpo; de corpo bem feito Agastar – agastar‑se dar à casca; dar por paus e picaretas Agência – agência funerária casa que trata de enterramentos Agente – agente secreto espião; pessoa encarregada (por governo ou organização) de uma missão de espionagem Agir – agir apenas com intuitos interes‑ seiros não dar ponto sem nó agir bem fazer boa farinha agir com agressividade e fir‑ meza mandar brasa agir com precaução andar sobre ovos; pisar ovos agir mal dar cabeçadas; fazer má farinha agir oportu‑ namente alcançando um resultado espec‑ tacular jogar uma cartada de mestre agir segundo as circunstâncias dançar confor- me a música fazer agir pôr-se em campo

[ 22 ] Emanuel de Moura Correia • Persília de Melim Teixeira

Agitado – andar, estar muito agitado estar picado de tarântula muito agitado picado de tarântula Agitar – agitando‑se a dar a dar agitar o ar abanar com o chapéu agitar‑se em to‑ dos os sentidos andar num rodopio Agnus Dei – Agnus Dei invocação feita durante a missa depois da consagração da hóstia Agomia – agomia faca de fouce Agonia – a agonia, a agonia antes da morte últimos paroxismos na agonia da morte nas vascas da morte Agora – agora de momento; neste mo- mento agora é que são elas! diz-se quan- do tem de se enfrentar uma situação muito difícil; agora é que começam os problemas! aí é que a coisa fia fino! ainda agora há pouco tempo; nesse instante; há pouco até agora por enquanto já agora afinal; visto que; a propósito; como não há outro re- médio; já que chegamos a este ponto para agora para já por agora por enquanto; por ora só agora? ainda agora? Agouro – ave de mau agouro a que prog- nostica desgraças; a coruja; o mocho; pes- soa cujo aparecimento ou presença é, su- persticiosamente, prenúncio de desgraça; mensageiro da desgraça longe vá o agou‑ ro! que o perigo se afaste para longe! Agraço – deixar as esperanças em agra‑ ço deixá-las frustradas, malogradas em agraço antes de tempo; prematuro Agradar – a ver se agrada a contento agradar bater na orelha; cair bem; saber bem; toar bem; dar no goto; cair no goto; encher o olho; fazer gosto agradar a gregos e troianos agradar a dois partidos opostos agradar ou não saber bem ou mal agradar ou não agradar saber bem, saber mal com o desejo de agradar na melhor intenção

[ 23 ] Dicionário Prático de Locuções e Expressões Correntes

não agradar não fazer conta; saber mal sob condição de agradar a contento Agradável – ir de modo agradável ir de locé juntar o útil ao agradável aumentar um benefício com outro ser agradável ou desagradável à vista parecer bem ou mal ser agradável não ser peste Agradecer – agradecer render graças Agradecimento – agradecimento acção de graças Agravar – agravar um caso, uma situ‑

ação pôr, deitar mais achas, lenha na fo- gueira Agravo – decidido sem apelo nem agra‑ vo passado em julgado interpor agravo re- correr receber um agravo dar provimento

a um agravo sem apelo nem agravo sem

possibilidade de solução Agraz – ter agraz no olho ser muito fino ou perspicaz Agredido – ser agredido levar no focinho ser agredido na cara apanhar, levar nas fuças Agredir – agredir amarrotar os colari-

nhos a; chegar a vias de facto; ir ao pêlo

a; ir contra; ir aos untos (a); meter a cara;

partir a cara agredir alguém tratar-lhe da saúde; tratar da saúde a Agressivamente – afugentar agressiva‑ mente correr alguém à batatada agressi‑ vamente com quatro pedras na mão Agressividade – ser alvo de agressivi‑ dade ser o bombo de festa Água – à babugem, à tona, à flor da água

à superfície da água afogar‑se em pouca

água apoquentar-se por pouca coisa; pre- ocupar-se com bagatelas afogar‑se num copo de água prender-se com obstáculos insignificantes água aberta rombo no casco água benta benevolência; tolerância; água que o sacerdote benze para uso da igreja

água

e dos fiéis água lustral água do baptismo

água mole em pedra dura tanto bate até que fura a tenacidade vence todas as dificuldades água no bico intenção reser- vada águas do telhado abas do telhado águas mornas paliativos águas passadas não movem moinhos o que lá vai lá vai apanhar uma casaca de água apanhar uma molhadela arca‑d´água terminal de aquedutos; depósito receptor; reservatório de alvenaria balde de água fria desilusão; decepção bátega de água carga de água beber água de tremoços ficar grávida; engravidar bota de água a de cano mui- to alto bota fina de água bota à Frederi- co cair na água tomar um banho carga d’água, de água bátega; chuvada forte casaca de água molhadela claro como água evidente; indiscutível como peixe na água no seu elemento; à vontade copo com água copo que contém alguma água copo de água copo cheio de água cores desfei‑ tas em água cores lavadas crescer água na boca a apetecer uma coisa que está à vista ou bem retida na memória, como muito apetitosa; desejar ardentemente; fi- car com apetite de alguma coisa da borda de água ribatejano dar a água pela barba estar muito atrapalhado dar água a pintos não dar nada dar água pela barba oferecer grande dificuldade; ser muito difícil, muito penoso dar com os burrinhos na água ser mal sucedido dar com os burros na água não se conter; perder um negócio dar em água de barrela não dar bom resultado deitar água na fervura acalmar os ânimos, uma exaltação; apaziguar; esfriar o ardor,

o entusiasmo de alguém; fazer abrandar a

ira a alguém; moderar uma exaltação, um ardor excessivo estar, ser como peixe fora de água não estar seguro e à vontade num

aguaceiro

assunto ou profissão estar como peixe na água sentir-se bem, à vontade (em deter- minado assunto, lugar, etc.) estoque de água corrente impetuosa que passa por en- tre uma massa de água fazer água receber água por aberturas acidentais fazer, pôr a cabeça em água a alguém fazer desesperar (alguém); tornar-se insuportável; fazer do- res de cabeça fazer água na boca expressão utilizada para referir algo saboroso ou mui- to desejável, aludindo ao reflexo da saliva- ção fazer crescer água na boca ser (muito) apetitoso ferver em pouca água exaltar-se por pouca coisa; irritar-se com facilidade ficar em águas de bacalhau diz-se de um negócio ou de um intento que ficou em nada, que se frustrou; gorar(-se); não ter resultado; frustrar-se fora de água em seco gato escaldado de água fria tem medo os percalços sofridos tornam uma pessoa pre- cavida ir por água abaixo frustrar-se; ir na roda; perder-se; arruinar-se; malograr-se; soçobrar levantar tempestade em copo de água fazer escarcéu ou grande agitação por coisa de nada levar a água ao seu moi‑ nho (saber) conseguir os seus intentos levar água no bico encerrar, ter uma intenção reservada limite das águas (de uma nação marítima) linha de respeito maré de águas vivas cabeça d’águas; preamar pelas ervas marinheiro de água doce pessoa inexpe- riente meter água deixar entrar água; mos- trar fraqueza; errar; fazer, dizer asneiras moinho de água azenha mudar a água às azeitonas urinar na água em nado não di‑ zer desta água não beberei não se julgar livre de fazer aquilo que condena nos ou- tros navegar entre duas águas flutuar entre dois partidos ninguém diga “desta água não beberei” ninguém se julgue livre de fa- zer aquilo que condena nos outros pancada,

[ 24 ] Emanuel de Moura Correia • Persília de Melim Teixeira

pazada de água aguaceiro passar por água lavar pescar em águas turvas procurar proveito na confusão; tirar proveito da con- fusão ou ocasião poeta de água doce poeta que faz maus versos pôr a cabeça em água a desesperar (alguém) pôr a pão e água re- duzir à miséria por que carga de água? por que razão? por que singular casualidade? presunção e água benta, cada qual toma a que quer para a vaidade e devoção não há limites estabelecidos sacudir a água do capote enjeitar, rejeitar responsabilidades; não assumir uma responsabilidade ou um compromisso; livrar-se de uma responsabi- lidade sem dizer água vai sem aviso prévio; sem dar aviso ser tempestade em copo de água haver espalhafato, grande agitação por motivo insignificante, muita celeuma ou ba- rulho por uma coisa de nada ser um balde de água fria ser coisa inesperada e muito desagradável; ser uma grande decepção ser uma gota de água no oceano ser coisa de nada ou de pouco valor ao lado daquilo a que se compara subida e descida das águas fluxo e refluxo ter a cabeça em água sentir o cérebro cansado ter água pela barba estar em sérias dificuldades tirar água do joelho urinar toalha de água grande extensão de água tranquila tomar água de tremoços fi- car grávida; engravidar torno de água bica donde jorra água com força trazer água no bico encerrar uma intenção reservada; ter uma intenção oculta verter águas urinar vir ao cimo da água revelar-se; saber-se Aguaceiro – aguaceiro pancada de água; pazada de água Aguamento – ter aguamento abrir os peitos Aguar – aguar um prazer estragá-lo; al- terá-lo Aguardente – beber aguardente de

[ 2 ] Dicionário Prático de Locuções e Expressões Correntes

manhã matar o bicho desjejum com aguardente matadela de bicho Aguçar – aguçar o dente preparar-se para alcançar o que se deseja aguçar os dentes dispor-se para comer ou fruir coisa boa; dispor-se para fazer o que desejava; mos- trar sofreguidão para o que se vai comer Agudez – vender agudez ter-se por chis- toso, inteligente Aguentar – aguentar arcar com; ter pe- dalada para aguentar a bucha suportar uma incomodidade; aturar uma pessoa importuna, maçadora aguentar a retran‑ ca resistir aguentar coisas quase insupor‑ táveis engolir marmelos crus; engolir sapos vivos aguentar com as responsabilidades ter as costas largas aguentar firme sus- tentar a nota aguentar o frio rapar frio aguentar o pano pairar aguentar o tem‑ po resistir aguentar‑se no balanço con- formar-se com a adversidade; resignar-se não aguentar ir-se abaixo das canetas Aguerrido – mostrar‑se aguerrido can- tar de galo Águia – a águia o rei das aves de águia curvo; penetrante ensinar a águia a voar ensinar a alguém aquilo que é de sua pro- fissão; querer ensinar a quem sabe mais; ensinar o Pai-nosso ao Vigário ser águia ser pessoa de alto e perspicaz engenho; fi- nório a quem não metem os dedos pelos olhos ter espírito de águia ter vistas largas e altas aspirações ter olhos de águia ver de alto; ter vista penetrante; ter olhos de lince Aguilhão – dar coice(s) contra o agui‑ lhão escoicear; recalcitrar; resistir ao cas- tigo, à correcção; opor resistência a uma força superior com dano próprio Agulha – agulha de marear bússola agu‑ lha em palheiro dificuldade quase insu- perável; quase-impossibilidade; quase im-

ainda

possibilidade enfiar alguém pelo fundo duma agulha enganar alguém; manobrar alguém astuciosamente fazer agulha para outras carreiras tomar outro rumo, outra direcção; enveredar por outro modo de vida meter agulhas por alfinetes empregar to- dos os meios; fazer toda a diligência; usar de todos os expedientes para conseguir um fim; revolver céus e terra; enredar; intrigar procurar agulha em palheiro procurar

uma coisa difícil de encontrar, muito difícil de achar procurar uma agulha no palhei‑ ro procurar uma coisa quase impossível de encontrar querer fazer passar um camelo pelo fundo duma agulha pretender fazer

o impossível ser agulha em palheiro ser

coisa muito difícil de encontrar ser agulha ferrugenta ser pessoa intrigante, mexeri- queira, intrometediça Ai – estar aos ais lamentar-se num ai num abrir e fechar de olhos; num instante; num momento ai de mim! triste de mim! – aí é que a coisa fia fino! agora é que são elas! aí é que está a dificuldade! aí é que bate o ponto! aí é que a porca torce o rabo! de aí por consequência por aí por esse caminho; por um lado e por outro por aí além que não tem fim por aí fora por esse mundo fora Ainda – ainda por enquanto; por ora ain‑ da agora há pouco tempo; neste instante ainda agora? só agora? ainda assim ape- sar disso; contudo; não obstante; em todo o caso; todavia; no entanto ainda bem feliz- mente; tanto melhor; graças a Deus ainda bem não apenas; mal ainda bem que mal ainda em cima além disso; demais a mais

ainda mais maior porção ainda mesmo não obstante ainda não por enquanto

não ainda por cima além de tudo; demais

a mais; para cúmulo; para mais ainda

airado

quando ainda que; dado o caso que; mes- mo que ainda que apesar de que; em que; posto que; se; embora; mesmo que; nem

mas

também Airado – vida airada vida de estroina ou vagabundo; vagabundagem Ajoelhar – ajoelhar pôr os joelhos em ter-

ra; curvar os joelhos ajoelhar‑se dobrar o joelho, os joelhos ajoelhar‑se aos pés de alguém curvar-se em atitude de respeito, humilhação Ajuda – ajuda ponto de apoio ajuda de quem tem o mesmo ofício barqueiro pas- sa barqueiro ajudas de custo auxílio dar ajuda auxiliar Ajudar – ajudar dar a mão (a); dar uma mãozinha ajudar a bem morrer assistir o moribundo, exortando-o ajudar à missa acompanhar (a outrem) na maledicên- cia ou numa má acção; servir o padre em que a celebra ajudar alguém a conseguir

o que pretende dar um empurrão a aju‑

dar‑se de lançar mão de, a; valer-se de

ajudar‑se de pés e mãos valer-se de todos os meios não se ajudando senão com as mãos à força de pulso os da mesma pro‑ fissão ajudam‑se mutuamente barqueiro passa barqueiro Ajuizadamente – ajuizadamente com pés e cabeça comportar‑se ajuizadamen‑

que não só

mas ainda não só

te ter tento, tino na bola

Ajustado – ir pelo ajustado exigir aqui- lo que se estipulou não faltar ao ajustado estar pelo combinado; cumprir; ser homem de palavra Ajustar – ajustar contas regular ajustar contas com castigar; fazer as caridades a ajustar‑se‑lhe a crítica servir o barrete, a carapuça a alguém Ajuste – ajuste de contas revindicta que

[ 2 ] Emanuel de Moura Correia • Persília de Melim Teixeira

se toma contra alguém; liquidação de con- tas pendentes; vingança; represália estar

pelos ajustes estar pelos autos; concordar; consentir não estar pelos ajustes não estar pelos autos, pelo combinado; roer a corda ter em ajuste ter em combinação de preço, de condições Ala – abrir alas disporem-se as pessoas em fileiras; formar filas de modo a permitir passagem ala arriba! grito dos pescadores quando puxam o barco para terra dar ala a dar largas; deixar em plena liberdade de se expandir pôr em alas dispor, formar em fileiras paralelas tomar ala elevar-se; levantar-se; tomar voo; bater as asas Alabastro – de alabastro muito alvo

À la carte – à la carte à lista; à escolha

À la minuta à la minuta no momento;

de imediato

À la minute – à la minute [conserto, re-

feição, revelação fotográfica] no momento; enquanto se espera Alanhar – alanhar alguém causar-lhe grande dano Alarde – fazer alarde de fazer pompa de Alardear – alardear arrotar postas de pescada Alargar – alargar‑se dar de si Alarido – fazer grande alarido pintar o caneco Alarmar – alarmar sobremaneira cair como uma bomba Alarve – comer como um alarve comer como um selvagem, um glutão Albarda – atirar com a albarda (ao ar) libertar-se duma sujeição; sacudir o jugo, os arreios; opor-se a; abandonar o ofício;

fazer reclamações meter palha na albarda a engrolar alguém com boas palavras nem de albarda nem de sela de modo nenhum roçar a albarda (a alguém) doer-lhe ser

[ 2 ] Dicionário Prático de Locuções e Expressões Correntes

um estraga albardas ser pessoa desmaze- lada que tudo rompe, dissipadora e estou- vada Albardar – albardar o burro à vontade do dono fazer as coisas segundo a vontade de quem as manda fazer albardar o dono à vontade do burro fazer as coisas ao con- trário do que devia ser Albino – pessoa albina barata descasca- da Alcaide – alcaide de navio patrão ter o pai alcaide ter por padrinho pessoa a quem não se recusa nada; ter bons padri- nhos; ter um grande protector Alcançar – alcançar haver às mãos; ter acesso a alcançar a chefia, o governo apa- nhar, agarrar o penacho alcançar a vitória sobre levar, ganhar a palma (a alguém) alcançar vantagem sobre levar de venci- da alcançar vitórias, honras, fama colher (os) louros esforçar‑se por alcançar fazer jus a ir com tenções de alcançar ir no en- calço de Alcance – ao alcance da mão à mão de semear; à mão-tenente ao alcance de ade- quado à inteligência; a talho de Alcantilado – alcantilado a cantil, a pi- que Alçapão – cair no alçapão cair na ar- madilha; deixar-se apanhar; ser vítima de perfídia Alcateia – andar de, em alcateia andar ligado a bando, emparceirado com o mal; andar feito quadrilheiro ou salteador estar de alcateia estar à espreita; ter pedra no sapato; estar de prevenção, de vigia, de es- pera Alcatra – bater a alcatra na terra morrer Álcool – álcool, álcool do comércio espí- rito de vinho Alcunhar – alcunhar pôr, chamar nomes a

além

Aldeia – aldeia global o mundo actual, considerado como uma comunidade úni- ca ligada por rede de comunicações divi‑ dir, repartir o mal pelas aldeias partilhar tarefas difíceis ou responsabilidades com outras pessoas ser o galo da aldeia ser a pessoa principal ou mais qualificada num grupo de gente Al dente al dente [massa, arroz] cozido ligeiramente, de modo a manter a consis- tência Aldrabadamente – aldrabadamente à pressa Aldrabão – ser aldrabão vender banha de cobra Aldrabice – aldrabice banha de cobra di‑ zer aldrabices meter os pés pelas mãos Alegar – alegar em favor de si próprio dizer de sua justiça Alegrar – alegrar‑se deitar foguetes Alegre – casa alegre que tem luz e boas vistas cores alegres cores vivas e vistosas estar alegre ter, estar com um grão na asa estar muito alegre não caber na pele de contente rosto alegre cara de páscoa ser alegre ser um bom ponto Alegrete – pobrete mas alegrete pessoa pobre mas sempre bem-disposta e feliz Alegria – alegria acompanhada de gar‑ galhadas barrigada de riso alegria e tris‑ teza altos e baixos às alegrias sucedem as tristezas a roda da fortuna começa a de- sandar com alegria de braços abertos pro‑ duzir alegria desopilar o fígado radiante de alegria cujo semblante exprime intensa alegria Aleivosamente – aleivosamente à trai- ção Além – além de afora; excepto; passan- te de além de que de resto; quanto, tanto mais que além disso ainda em cima; de

alento

resto; demais a mais; tanto mais que; para mais ir além do limite das conveniências passar das marcas mais além de fora de o além a outra vida por aí além desproposi- tadamente grande; muito grande; que não tem fim uma coisa por aí além uma coisa

de proporções exageradas

Alento – cobrar alento sentir novamente

coragem; voltar a si dar o último alento

morrer

Alerta – estar alerta estar de sobreaviso Alertar – alertar a consciência excitar o

remorso

Alevante – de alevante constantemente

a alevantar-se; de levante; a pé; fora da

cama

Alfa – (o) alfa e (o) ómega o princípio e o fim de alfa a ómega de A a Z; do princípio

ao fim ser o alfa e o ómega ser o princípio e o fim Alface – contentar‑se com um pé de al‑

face contentar-se com coisa vulgar, medí- ocre estar fresco como uma alface estar bem-disposto; sentir-se forte e animado fresco como uma alface de aspecto sadio,

a irradiar saúde e boa disposição fresco

que nem uma alface muito enérgico e di- nâmico não escapar (a alguém) nem talo

de alface aproveitar tudo; não desperdiçar

nada

Alfaiate – giz de alfaiate talco ser alfaia‑ te viver pelo giz e guarante ser um bom alfaiate ser uma boa tesoura sete alfaiates para matar uma aranha dificuldade pe- quena com gente de mais a resolvê-la Alfândega – pauta das alfândegas tarifa Alfinete – alfinete de peito espécie de jóia

ou adorno para a gravata louvar os seus alfinetes dizer bem da sua mercadoria, da sua quinquilharia; gabar o que é seu meter agulhas por alfinetes empregar todos os

[ 2 ] Emanuel de Moura Correia • Persília de Melim Teixeira

meios; fazer toda a diligência; usar de to- dos os expedientes para conseguir um fim; revolver céus e terra; enredar; intrigar não caber um alfinete estar muito cheio, abar- rotado não valer a cabeça de um alfinete não valer um cigarro fumado; ter pouco ou nenhum valor; não valer um caracol nem a cabeça de um alfinete nada; nicles para os alfinetes para pequenas despesas particulares pregado com alfinetes sem segurança nem consistência serem bicos de alfinetes minúcias; bagatelas esqua- drinhadas com todo o cuidado ter para os seus alfinetes dispor de certa quantia para pequenas despesas ou miudezas [vd. vin- te-e-quatro-alfinetes] Alforge – fazer alforge fazer, levar pro- visões; fornecer-se do necessário para uma viagem, para seu uso Alforria – carta de alforria liberdade dar carta de alforria a libertar Algarismo – falar por algarismo falar com rodeios; não ir direito ao assunto Algarve – passar as passas do Algarve ter dificuldades; sofrer muito Algazarra – algazarra bulha suja Algibeira – andar de mãos nas algibei‑ ras estar ocioso; não ter nada para fazer; não trabalhar; andar à boa vida apalpar as algibeiras furtar; tocar na bolsa cantar (a alguém) o dinheiro na algibeira ter dinheiro ciência de algibeira conhecimen- to inconsistente, adquirido à pressa para deslumbrar os outros de algibeiras va‑ zias sem dinheiro limpar as algibeiras (a alguém) roubar o dinheiro meter os pés nas algibeiras desfrutar; troçar meter os pés nas algibeiras de caçoar disfarçada- mente de mostrar o cotão das algibeiras mostrar que não se tem dinheiro pergunta de algibeira pergunta difícil e inesperada

[ 2 ] Dicionário Prático de Locuções e Expressões Correntes

com que se pretende confundir alguém pôr da sua algibeira pagar à sua custa; contri- buir; pôr da sua lavra ser algibeira rota ser pessoa de mãos largas, mãos rotas, gas- tadora, perdulária ter ciência de algibeira ter conhecimentos inconsistentes, adquiri- dos à pressa para deslumbrar os outros ter só cotão nas algibeiras não ter vintém ter tísica de algibeira ter falta de dinheiro tí‑ sica de algibeira falta de dinheiro Algodão – ter algodão nos ouvidos estar surdo; ouvir confusamente Alguidar – de faca e alguidar em que há drama e sangue Algum – algum tanto um pouco algum tempo algum dia; em alguma ocasião al‑ gumas vezes em mais de uma ocasião Alhada – meter alguém numa alhada comprometer alguém numa embrulhada, numa intriga meter‑se em boas alhadas deixar-se colher em enredos, em imbró- glios; meter-se em dificuldades meter‑se numa alhada envolver-se numa situação difícil ou embaraçosa sair da alhada sair duma situação difícil e arriscada Alhas – palhas alhas coisa de somenos va- lor; folhas secas dos alhos; réstias Alheado – estar alheado pensar na mor- te da bezerra Alhear – alhear a razão alucinar alhe‑ ar as simpatias indispor alhear o juízo desvairar alhear‑se da realidade sonhar acordado; entrar em órbita Alheio – à custa alheia de molagem ami‑ go do alheio ladrão aprender em cabeça alheia aprender à custa de outrem dizer mal da vida alheia estar no serrote ficar alheio a ficar em jejum ir comer a casa alheia ir, andar na enga viver à custa alheia andar à babugem ser alheio à discussão não ter nada, nada ter com o peixe

alimentado

Alheta – ir batendo a alheta ir corrido, envergonhado ir na alheta ir no encalço ir na alheta de alguém seguir alguém de perto; ir no encalço, na pista, na peugada de alguém pôr‑se na alheta escapar(-se); safar-se; fugir; esgueirar-se Alho – alhos com bugalhos coisas que não se relacionam cabeça d’alhos pessoa leviana cabeça de alho chocho pessoa esquecida, distraída cascas de alho ba- gatelas; ninharias falar de alhos e buga‑ lhos falar de assuntos desconexos falar de alhos, responder em bugalhos dar uma resposta sem relação com a pergunta mis‑ turar alhos com bugalhos confundir as coisas; confundir coisas ou assuntos distin- tos; fazer trapalhada negócios de cascas de alhos negócios insignificantes ser ca‑ beça de alho ser pessoa leviana, distraída, doidivanas, sem memória, sem tino ser fino como um alho ser pessoa esperta, azougada ser um alho ser muito esperto um alho muito esperto Ali – aqui e ali a pedaços Aliança – Antiga Aliança pacto que, se- gundo a Bíblia, Deus contraiu com Adão, Noé, Abraão e Moisés Nova Aliança a reli- gião cristã e os seus livros sagrados Aliás – aliás de resto; quando não; do con- trário Alicate – ter pernas de alicate ter as per- nas arqueadas Alicerce – alicerce pedra angular Aliciar – aliciar para o mal comprar consciências não se deixar aliciar não ir na conversa Alienação – alienação mental loucura Alijar – alijar a sua responsabilidade varrer a sua testada Alimentação – sem alimentação a seco Alimentado – ser alimentado e hospe‑

alimentar

dado por alguém estar de casa e pucari- nha Alimentar – alimentar‑se meter, deitar carvão na máquina; meter carburante na máquina alimentar‑se de ar comer mui- to pouco alimentar‑se insuficientemente morrer à fome alimentar‑se mal tirar à barriga não se alimentar passar fome Alinhado – alinhado debaixo de forma; em forma Alinhar – alinhar frases exprimir-se com ordem Alinhavado – discurso mal alinhavado manta de retalhos; discurso sem encadea- mento de ideias Alisar – alisar com grosa pôr em grosa alisar (uma peça de vestuário) com o fer‑ ro passar a ferro alisar o cabelo pentear o cabelo ligeiramente Alistar – alistar‑se no exército assentar praça alistar‑se sob o comando de com- bater sob o pendão de Aliviar – aliviar a tripa evacuar; defecar ali‑ viar o corpo defecar; urinar aliviar o luto começar a usar um vestuário que não é total- mente de luto aliviar o peso dar um amor Aljube – aljube hotel do piolho Alma – a alma centelha divina a existên‑ cia da alma após a morte a outra vida alma da breca maroto alma danada pes- soa instigadora do mal; indivíduo perverso alma de cântaro alma danada, insensível; pessoa ruim; pessoa instigadora do mal; indivíduo perverso alma de chicharro pessoa de carácter froixo e brando alma de ouro pessoa generosa alma do Diabo pessoa perversa, malvada alma do ou‑ tro mundo fantasma alma do padeiro a parte oca e interior do pão alma negra pessoa instigadora do mal; indivíduo per- verso; alma danada alma penada alma de

[ 30 ] Emanuel de Moura Correia • Persília de Melim Teixeira

um morto que, segundo a crença popular, vagueia por este mundo; pessoa que sofre muito andador das almas o que pede de porta em porta para sufragar as almas do

Purgatório ou para outra confraria arre‑ vessar a alma morrer cair a alma aos pés sofrer uma grande desilusão, um grande desgosto cantar com alma com expres- são, sentimento carcoma da alma inveja com alma com entrega comprar na bacia das almas comprar muito barato cura de almas sacerdote que tem encargo de pas- torear fiéis dar a alma a Deus, ao Cria‑ dor morrer de alma e coração com toda a boa vontade; com a melhor disposição; totalmente de corpo e alma totalmente; inteiramente; em pessoa Deus lhe fale na alma Deus o tenha em glória do íntimo da alma do peito; do mais fundo do peito dor de alma mágoa profunda em corpo

e alma em pessoa; totalmente entregar a alma ao Criador morrer faculdades da alma memória, entendimento e vontade;

potências ou forças relativas às actividades anímicas (memória, sentimento, vontade, tendências sensitivas, entendimento, po- tências sensoriais, etc.) que não são partes da alma, pois ela é simples e espiritual ho‑ mem sem alma desumano, insensível na alma no íntimo na bacia das almas muito barato não ter alma não ter compaixão; ter falta de sensibilidade no fundo da alma no foro da consciência o segredo é

a alma do negócio ganha-se mais quando

não se revelam os pormenores de algo pão da alma Eucaristia partir‑se a alguém a alma sentir grande dor ou compaixão paz de alma pessoa inofensiva e indolente pe‑ dir pelas almas pedir por tudo; pedir en- carecidamente pôr a alma aos pés de al‑ guém entregar-se-lhe inteiramente render

[ 31 ] Dicionário Prático de Locuções e Expressões Correntes

a alma ao Criador morrer rezar‑lhe pela alma conformar-se com a perda de algu- ma coisa sua alma, sua palma provérbio que significa que as nossas acções terão a sanção moral conveniente vender a alma ao Diabo perder-se; prejudicar o futuro por um bem incerto; prejudicar-se cons- cientemente Almanaque – almanaque de asneiras pessoa que diz muitos disparates ser um bom almanaque ser pessoa muito sabe- dora Almargem – lançar ao almargem aban- donar; desprezar Alminha – pedir pelas alminhas pedir por tudo; pedir encarecidamente Almoçar – estar a almoçar estar à mesa Almocreve – almocreve das petas men- tiroso Almoeda – fazer almoeda pôr patente ser posto em almoeda ir à praça Alombar – alombar com transportar às costas; suportar a carga de Alongar – alongar os olhos, a vista es- tender a vista até onde ela pode alcançar; olhar ao longe Alpaca – manga de alpaca amanuense; escrevente de repartição; funcionário de secretaria prata de alpaca alpaca prateada por galvanostegia Alqueire – não ter os cinco alqueires bem medidos não estar bom da cabeça Altamente – altamente! que fezada! Altar – conduzir uma pessoa ao altar desposá-la levar ao altar casar com minis‑ tro do altar sacerdote pé de altar benesses dos párocos pôr no altar ter grande estima por alguém; enaltecer alguém com exagero sacrifício do altar missa Altear – altear o papagaio falar alto; ar- mar-se em esperto

alto

Alteração – sem alteração ao natural; sem novidade; na mesma Alterar – alterar torcer o sentido de não se alterar ficar na mesma; ter fleuma Altercação – altercação(s) dares e toma- res; troca de palavras Altercar – altercar andar às ochas; pe- gar-se de palavras; pintar a macaca; tra- var-se de razões Alter ego – alter ego o outro eu; pessoa de confiança absoluta Alternadamente – alternadamente por seu turno; por turnos; uns anos por outros Alternativa – alternativa plano B alter‑

nativas altos e baixos alternativas da sor‑ te roda da fortuna; voltas do mundo as al‑ ternativas o fluxo e o refluxo em qualquer das alternativas de uma forma ou de outra na alternativa ou então; quando não to‑ mar alternativa fazer essa cerimónia para ser oficialmente considerado toureiro Alterne – casa, bar de alterne casa em que as alternadeiras tentam, quase sempre com êxito, levar os clientes a fazerem des- pesa, sobre a qual recebem percentagem Altifalante – altifalante caixa de som Altivamente – altivamente de arrega- nho; de papo Altivez – falar com altivez falar grosso; fazer farronca Altivo – ser altivo não deixar pôr os pés no pescoço Alto – a altas horas da noite a uma hora adiantada da noite; muito tarde alta noite

a hora adiantada da noite; a horas mortas;

noite velha; noite morta alto a cavaleiro; de coturno; tirado das canelas alto e bom

som claramente; com clareza alto‑e‑malo

a esmo; sem escolha; à pressa; a todos sem

distinção; atabalhoadamente; bom e mau; sem distinção alto lá! basta! não consinto!

altruísmo

não diga mais! altos e baixos alternativas; bem-estar e mal-estar; felicidade e infeli- cidade; alegria e tristeza; situação boa e situação má; elevações e pressões ao alto a prumo de alto a baixo da cabeça aos pés; de mangual de alto bordo grande (navio) em alto grau enormemente; muitíssimo; muito fazer alto mandar parar; parar no alto acima de no alto dos céus acima das coisas terrenas; de telhas acima no mais alto grau por excelência passar por alto omitir; tratar de leve por alto a lume de palhas; de corrida; de fugida; de passagem; por maior; sem fazer caso; superficial- mente; sem detalhe; sem minúcia; grosso modo Altruísmo – altruísmo amor ao próximo Altura – a certa altura a páginas tantas à mesma altura ao nível em determina‑ da altura a folhas tantas estar à altura de estar em condições de; ter competência para; ser capaz de na altura de em transe de; quando de na altura melhor em flor pendurar a grandes alturas elevar-se, guindar-se a grandes alturas tomar as al‑ turas orientar-se; medir; avaliar; inquirir; sondar o terreno Alucinar – alucinar alhear a razão Alugar – alugar casa para viver arranjar um buraco Aluguer – de aluguer a frete Aluir – aluir‑se dar de si Aluvião – porção de terra arrastada por aluvião fervida de terras terrenos de alu‑ vião terrenos de transporte Alva – estrela‑d’alva o planeta Vénus missa de alva primeira missa da manhã Alvino – fluxo alvino diarreia Alvíssimo – alvíssimo branco como um cisne Alvitre – bom alvitre coisa bem lembrada

[ 32 ] Emanuel de Moura Correia • Persília de Melim Teixeira

Alvo – acertar no alvo ter boa pontaria dar no alvo dar no cravo errar o alvo não conseguir o que se pretendia muito alvo de alabastro ser alvo de ser objecto de; estar sujeito a ser o alvo preferido ser (o) bom- bo de festa Alvorada – na alvorada da vida princí- pio Ama – ama de leite mulher que amamen- ta o filho de outrem Amaciar – amaciar o pêlo a amansar; acalmar Âmago – no âmago de no centro de Amalucado – ser amalucado ter pan- cada na mola; não ser bom da pinha ser meio amalucado passar dos carretos Amamentar – amamentar criar aos pei- tos; dar o peito a Amancebar‑se – amancebar‑se casar sem ir à igreja amancebar‑se com tomar como amante Amanhã – de hoje para amanhã de um momento para o outro; em muito pouco tempo mais hoje, mais amanhã dentro em pouco; mais dia, menos dia; qualquer dia o dia de amanhã o futuro Amanhar – amanhar a terra limpá-la das ervas; lavrá-la; adubá-la amanhar o peixe escamá-lo; limpá-lo amanhar uma galinha depená-la, etc. Amanhecer – ao amanhecer ao romper da manhã; de madrugada o amanhecer da vida a adolescência Amansar – amansar amaciar o pêlo a Amante – tomar como amante amance- bar-se com Amantizar‑se – amantizar‑se aman- cebar-se; casar sem ir à igreja; tomar por amante Amanuense – amanuense manga-de-al- paca

[ 33 ] Dicionário Prático de Locuções e Expressões Correntes

Amar – amá‑la muito morrer por alguém amar querer bem; trazer no coração amar muito morrer por Amarela – ver‑se nas amarelas ver-se em dificuldades Amargo – amargo de boca mau paladar amargos de boca arrelias; desgostos; sen- saborias verdades amargas verdades du- ras de ouvir Amargura – amargura coroa de espinhos arrastar pela(s) rua(s) da amargura de- sacreditar; dizer mal de; difamar beber o cálice da amargura tragar, sofrer os dis- sabores, as angústias da vida esgotar o cálice da amargura até às fezes sofrer os últimos infortúnios, as últimas humilha- ções estar na rua da amargura, andar, ir pelas ruas da amargura estar mal da vida; encontrar-se, moral e financeiramente, em situação difícil rua da amargura sofri- mento; tortura Amarra – a sete amarras mui seguro es‑ tar a duas amarras estar seguro estar so‑ bre uma amarra ter só um apoio largar a amarra por mão fiar o cabo pela ponta portar pela amarra puxar por ela (o na- vio), aproando à maré sobre amarra con- fiadamente Amarrar – amarrar a cara amuar amar‑ rar o bode ficar zangado Amarrotar – amarrotar fazer numa trouxa amarrotar os colarinhos a agredir; contundir; vencer em discussão; maltratar Amartelado – andar amartelado ter uma ideia fixa Ambages – falar sem ambages falar sem rodeios Ambicionar – ambicionar aspirar a; sus- pirar por Ambicioso – ser ambicioso querer um no saco e outro no papo

amigo

Ambiente – meio ambiente o espaço que nos rodeia; o ar que se respira; o meio so- cial em que se vive; ambiente Âmbito – no âmbito de dentro de; nos li- mites de; no ramo de; na esfera de Ameaçador – ameaçador de arreganho Ameaçar – ameaçar fazer ameaças; fa- zer e acontecer; levantar a mão contra; mostrar, arreganhar os dentes; tratar-lhe da saúde ameaçar alguém tratar-lhe da saúde; tratar da saúde a ameaçar com termos injuriosos ir às do cabo Amedrontar – amedrontar‑se pôr-se de cócoras (diante de alguém); mijar-se com medo Ameigar – ameigar fazer a boca doce (a) Ameixa – variedade de ameixa três ao prato Amém/ámen – amém assim seja ámen! assim seja! dizer amém aprovar dizer amém a concordar com; aprovar; consen- tir dizer ámen a tudo concordar com tudo sair‑lhe aos améns vir-lhe com impedi- mentos América – a América (As) Índias Oci- dentais; o Novo Continente; o Novo Mun- do América Novo Continente Amieiro – em casa de ferreiro espeto de amieiro diz-se quando as coisas não existem no lugar em que seria natural pre- ver-se a sua existência Amigavelmente – amigavelmente às boas Amigo – amigo‑da‑onça amigo dos dia- bos; pessoa em que não se pode confiar; pessoa falsa; interesseiro amigo de Peni‑ che amigo falso e hipócrita; amigo por in- teresse amigo do alheio ladrão amigo do peito muito amigo; amigo íntimo amigo para o Inverno amigo por interesse ami‑ gos, amigos, negócios à parte a amizade

amimar

deve ser posta de parte em negócios como amigo em amizade gente pacífica e ami‑ ga gente de paz mão amiga pessoa que protege os teus amigos os teus ser muito amigo de alguém ser unha e carne com alguém ter cara de poucos amigos mos- trar rosto severo, mau humor; estar com os (seus) azeites Amimar – amimar fazer boca doce Amiúde – amiúde a miúdo Amizade – conquistar‑lhe a amizade roubar o coração (a alguém) em amizade como amigo manifestação de amizade falsa e pérfida beijo de Judas ter amiza‑ de especial a alguém ter um fraco por al- guém Amnésia – amnésia de fixação incapaci- dade de adquirir lembranças amnésia de reconhecimento ignorância Amoldar – amoldar dispor em Amolecer – pôr, estar a amolecer deitar, estar de molho Amor – amor à primeira vista paixão súbita amor aos pais piedade filial amor captativo, possessivo amor que procura monopolizar o outro para si amor carnal amor físico amor com amor se paga deve retribuir-se um benefício com outro bene- fício amor conjugal amor que liga as pes- soas casadas; amor pelo qual uma pessoa une o seu destino ao de outra pessoa amor livre ligação amorosa que rejeita o víncu- lo do casamento amor oblativo amor que se dedica a outrem amor platónico amor casto; amor desprovido de sensualismo; amor puramente espiritual, sem desejo se- xual andar perdido de amores estar de, pela beiça casamento determinado pelo amor casamento de inclinação com mil amores com a maior ou melhor vontade dar um amor aliviar o peso de amor em

[ 34 ] Emanuel de Moura Correia • Persília de Melim Teixeira

graça gratuitamente enleio de amor pai- xão amorosa fazer amor ter relações sexu- ais matar de amores apaixonar morrer de amor(es) por estar apaixonado por; gostar muito de não morrer de amores por não simpatizar com; não gostar de pelo amor de pelo amor que devemos ter penhor de amor os filhos perdido de amores pela beiça por amor à arte por prazer; desinte- ressadamente por amor de em atenção a; nas aras de; por causa de; por mor de por amor de Deus por caridade ser feliz nos amores fazer conquistas ser um amor de ser pessoa ou coisa encantadora, maravi- lhosa; ser uma jóia de ter amor à pele não arriscar a vida; ser prudente ter amor ao pêlo ter amor à pele, à vida; não se arris- car; acautelar-se Amostra – amostra de pano simples pro- va de pano de amostra exemplo; amostra Amparo – ao amparo de à sombra de sem amparo desprotegido Ampliado – ampliado em ponto grande Amuado – amuado de beiça caída andar amuado andar de ventas estar amuado estar com o burro; estar de beiça; estar de viseira caída; estar de monco caído Amuar – amuar amarrar a cara; dar o cavaquinho; deitar a viseira abaixo amuar (a criança) fazer beiço amuar(‑se) fazer beicinha(o); fazer biquinho; fazer beiço; fechar-se, fazer-se, meter-se em copas; ir aos arames; ir à serra Analfabeto – analfabeto sem escola Análise – em última análise afinal; em conclusão; em resumo; em suma; como úl- timo recurso; finalmente Análogo – de modo análogo a à seme- lhança de Anarquia – em completa anarquia sem rei nem roque

[ 3 ] Dicionário Prático de Locuções e Expressões Correntes

Anatomia – anatomia fina histologia

Anca – dar às ancas correr; fugir ir nas ancas de alguém seguir alguém de perto;

ir no encalço de alguém

Âncora – âncora de salvação único re- curso lançar a âncora lançar ferro; parar

o navio levantar âncora fazer-se ao mar;

partir

Ancorar – ancorar lançar ferro; tomar

pouso

Andadeira – pôr‑se nas andadeiras fu- gir; escapar-se Andador – andador das almas o que pede de porta em porta para sufragar as almas do Purgatório ou para outra confraria Andaina – andaina andada de roupa an‑

daina de fato conjunto de peças do vestu- ário com que habitualmente se anda an‑ daina de pano conjunto das velas de uma

embarcação

Andamento – dar andamento despa- char dar andamento a promover a diz‑se do assunto em bom andamento bem pa- rado no mesmo andamento concertado no mesmo compasso Andança – boa andança boa fortuna má andança má fortuna meter‑se em an‑

danças meter-se em aventuras; arriscar-se nestas andanças nesta faina; nesta lida; nesta azáfama; neste virote Andar [1] andar (muito) lento passo de boi andar cimeiro a cabeça andar nobre

o primeiro andar o andar da rua fora de

casa pôr no andar da rua, no olho da rua despedir; expulsar terceiro andar cabeça Andar [2] – andando a pé andando para trás às arrecuas andar dar à canela; dar à

pata andar a abanar estar muito fraco; não ter dinheiro andar à babugem andar às sobras; viver à custa alheia andar à brocha andar em dificuldades, sem saber

andar

o que fazer andar a cabeça à roda enton-

tecer; fazer tolices; andar enamorado; ter vertigens, tonturas andar à caça de andar

à procura de andar a cair estar muito bê-

bedo andar à cata procurar; andar em busca andar à cata de procurar alguém, alguma coisa andar à coca espreitar; ob- servar andar à coca de procurar; rebuscar andar à corda andar ao arbítrio de al- guém; andar às ordens de outrem andar à

curta andar com trajo laical, não talar an‑ dar à divina andar sem um centavo, sem cheta, sem nada andar a dormir estar sem atenção nem actividade andar à esparave‑ la andar em pêlo; andar nu andar à faca‑ ‑sola andar sozinho a pé; andar a pé, sozi- nho andar a fazer ss ir embriagado, descrevendo curvas andar a flaino andar

a passear por mera diversão; flanar; vadiar

andar à fresca, ao fresco ir-se embora an‑ dar à gaiosa gandaiar andar à galela an- dar ao rebusco de azeitona andar à lam‑ bujem diz-se do peixe miúdo que anda junto à terra andar à lebre andar sem di-

nheiro; não ter dinheiro andar à malta an- dar fugido andar à mama parasitar; viver