Você está na página 1de 7

OTI0001- Óptica Física

Lúcio Minoru Tozawa


dfi2lmt@joinville.udesc.br

UDESC – CCT - DFI

Aula 5

Instrumentos Ópticos:
O Olho Humano. Lupa,
microscópio, telescópio.
O Olho Humano

Cap. 36: Sears


Quase esférico: diâmetro ~ 2,5 cm.
• Córnea (n ~ 1,376).
• Humor aquoso (n ~ 1,336).
• Cristalino (n ~ 1,437).
• Humor vítreo (n ~ 1,336).

O Olho Humano
Pode focalizar, na retina, a imagem nítida de um objeto, desde o
infinito até o ponto próximo Pn que varia com a idade.

IDADE(anos) Ponto Próximo (cm)


10 7
20 10
30 14
40 22
50 40
60 200

No Halliday: Pn ~ 15 cm
No Sears: Pn ~ 25 cm
Defeitos comuns da visão
Resultam de relações incorretas entre distâncias
que ocorrem no olho.
(a) Olho normal
– Forma sobre a retina uma imagem de um
objeto que se encontra no infinito quando o olho
está relaxado.
(b) Olho míope
– O globo ocular é muito alongado em
comparação com o raio da curvatura (ou córnea
muito encurvada).
– Os raios de um objeto situado no infinito são
focalizados antes da retina.
(c) Olho hipermetrope
– O globo ocular é muito curto ou a córnea não é
encurvada suficientemente.
– Os raios de um objeto situado no infinito são
focalizados atrás da retina.

Correção da hipermetropia

(a) Olho hipermetrope sem correção.


(b) Uma lente convergente fornece a convergência extra
necessária para o olho focalizar a imagem sobre a
retina. A imagem virtual formada pela lente serve como
objeto situado sobre o ponto próximo.
Correção da hipermetropia
Exemplo: O ponto próximo de um certo olho hipermetrope está a 100
cm em frente ao olho. Para ver com nitidez um objeto situado a
uma distância de 25 cm do olho, qual é a lente de contato
necessária?

Solução: Desejamos que a lente forme uma imagem virtual do objeto


em um local correspondente ao ponto próximo do olho, a uma
distância de 100 cm do olho. Ou seja, quando p = 25 cm, i = -100
cm.
1 1 1 1 1
= + = + ⇒ f = +33cm
f p i + 25cm − 100cm
Necessitamos de uma lente convergente com distância focal f =
33 cm.

Correção da miopia

(a) Olho míope sem correção.


(b) Uma lente divergente fornece a divergência extra
necessária para o olho focalizar a imagem sobre a
retina. A imagem virtual formada pela lente serve como
objeto situado sobre o ponto próximo.
Correção da miopia
Exemplo: O ponto distante de um certo olho míope está a 50 cm em
frente ao olho. Para ver com nitidez um objeto situado no infinito,
qual é a lente necessária para os óculos de correção? Suponha
que a lente seja usada a uma distância de 2,0 cm do olho.

Solução: O ponto distante de um olho míope está mais próximo do


que o infinito. Para ver com nitidez objetos mais afastados do que
o ponto próximo distante, é necessário que a imagem virtual do
objeto se forme a uma distância que não seja maior do que o
ponto afastado. Suponha que a imagem virtual de um objeto no
infinito seja formada sobre o ponto afastado, a 50 cm do olho e a
48 cm da lente dos óculos. Ou seja, quando p = infinito, i = -48 cm
1 1 1 1 1
= + = + ⇒ f = −48cm
f p i ∞ − 48cm
Necessitamos de uma lente divergente com distância focal f = -48
cm.

A Lupa
(a) O olho humano consegue focalizar
até um certo ponto próximo Pn.
– No Halliday: Pn ~ 15 cm
– No Sears: Pn ~ 25 cm
(b) O olho não focaliza um objeto mais
próximo que Pn.
(c) O uso da lupa (lente convergente)
restabelece o foco.
– O objeto fica na margem interna ao
ponto focal f da lente.
A Lupa
Ampliação Angular
θ'
mθ =
θ
Considerando O no ponto focal:
• Aproximação de pequeno ângulo tan θ ≈ θ

h h
• Triangulo (a): tan θ = →θ ≈
15 cm 15 cm
h h
• Triangulo (b): tan θ ' = →θ '≈
f f

15 cm
mθ ≈
f

Microscópio Composto

Consiste basicamente de duas lentes delgadas côncavas:


– Objetiva (distância focal fob)
– Ocular (distância focal foc)
• É utilizado para ver objeto colocado bem próximo da objetiva.
• Objeto O colocado logo além do primeiro ponto focal F1 (p ~ fob).
• Separação entre as lentes é ajustada de modo que a imagem real
aumentada e invertida esteja localizada na margem interna ao primeiro
ponto focal F’1 da lente ocular.
• O comprimento do tubo s é relativamente maior que fob (i ~ s).
Microscópio Composto

i s
Ampliação Lateral produzida pela objetiva: m=− ≈−
p f ob
15 cm
A ocular atua como Lupa: mθ =
f oc

s 15 cm
Ampliação total: M = mmθ = −
f ob f oc

Telescópio Refrator

Arranjo de lentes similar a do microscópio, com seguintes diferenças:


• Segundo ponto focal da objetiva F2 coincide com o primeiro ponto focal da
ocular F’1 .
θ
Ampliação Angular: mθ = oc
θ ob h' h'
Para raios paraaxiais (raios próximos ao eixo): θ ob = θ oc = −
f ob ocf

f ob
mθ = −
f oc