Você está na página 1de 6

Plataforma Digital de Aprendizagem

Roteiro da Trilha de Aprendizagem / Publicação


Ciências – 7º Ano – Ensino Fundamental anos finais

Título: Trilha: Livro 2 – Capítulo 7: Fatores que interferem na diversidade biológica

Apresentação:
Nesta trilha de aprendizagem, você encontrará recursos que contemplam conteúdos
apresentados no Capítulo 7 “Fatores que interferem na diversidade biológica” da Unidade 3
“Distribuição e interação dos seres vivos em diferentes regiões continentais do planeta” – Livro
2.

Habilidades:
 Descrever diferentes seres vivos que habitam ambientes distintos, segundo suas
características ecológicas.
 Relacionar diferentes seres vivos aos ambientes que habitam, considerando características
adaptativas e interferências humanas.
 Identificar propostas individuais ou coletivas de intervenção voltadas à superação de
problemas ambientais.

Recursos que compõem a trilha:


 PPT: Biomas terrestres

Sugestão de utilização: Utilizar esse recurso para uma aula expositiva e dialogada e também
para levantar os conhecimentos prévios dos alunos sobre os principais biomas terrestres. O
tema da preservação ambiental, proposto no final da apresentação, pode ser explorado ao
final dos estudos, junto à seção “Ampliando conexões”, na abordagem de iniciativas que
trabalham para a conservação da biodiversidade.

 Audioaula: Florestas Tropicais

Sugestão de utilização: Indicar essa audioaula para os alunos para explorar as características
das florestas tropicais. Ela pode ser trabalhada junto à seção “O que eu já sei”, no início do
capítulo. Na discussão sobre as paisagens de diferentes regiões do globo, você poderá também
explorar outros biomas terrestres.
 Texto: Bioma

Sugestão de utilização: Trabalhar o recurso junto aos alunos, destacando o conceito de biomas
e as características dos principais biomas terrestres. A turma pode elaborar uma tabela com o
nome, clima, tipo de vegetação e fauna dos biomas terrestres e discutir as variáveis que
interferem na distribuição da vida no planeta, como por exemplo a proximidade da Linha do
Equador e a variação climática.

 Hiperlink: Biodiversidade

Sugestão de utilização: Propor o estudo aos alunos como forma de sistematizar os


conhecimentos. Em sala de aula, é importante reforçar a importância da biodiversidade e dos
biomas. O recurso também pode ser explorado para reforçar a questão das ameaças à
biodiversidade e a relevância de ações para preservá-la.

Questões: Para viabilizar sua avaliação, foram selecionadas questões do Banco de Questões do
2º semestre, preservando o ano de elaboração e a numeração das mesmas, a fim de contribuir
com o desenvolvimento do conteúdo abordado nesta trilha. A questão 11 refere-se ao ano 2013.
A questão 28 e 34 refere-se ao ano 2012. A questão 1, 15 e 21 refere-se ao ano 2011.

BANCO DE QUESTÕES DE 2013

QUESTÃO 11
Descritor: Reconhecer a importância das áreas de preservação ambiental.
Grau de dificuldade: Fácil
Assunto: Ecologia

Analise a foto que destaca regiões dos ecossistemas montanhosos protegidas por lei devido à
sua importância para o ambiente.
Disponível em: <http://mw2.google.com/mw-panoramio/photos/medium/19743177.jpg>. Acesso em: 26
fevereiro 2013. (Adaptado).

Essas regiões são importantes porque


A) abrigam as nascentes dos rios.
B) apresentam solo altamente fértil.
C) participam da formação das nuvens.
D) realizam a reciclagem de nutrientes.

RESPOSTA: A
COMENTÁRIO: As regiões de topo de morro concentram as nascentes dos rios e são protegidas
por lei. Nessas regiões, ocorre a recarga de lençóis freáticos, o que torna a preservação dessas
áreas essencial para a sobrevivência da atual e das futuras gerações.

BANCO DE QUESTÕES DE 2012

QUESTÃO 28 (Descritor: Relacionar, no espaço e tempo, mudanças na qualidade do solo, da


água ou do ar às intervenções humanas.)
Nível de dificuldade: Médio
Assunto: Ecologia

Analise a imagem que ilustra as consequências do processo de eutrofização.


Crédito: http://www.pesca.tur.br/artigos/poluicao-e-morte-dos-peixes/
Acesso em: 15 jul. 2012.

Relacione a eutrofização com a poluição das águas, o crescimento da população e a


biodiversidade aquática.

RESPOSTA:
A eutrofização é o resultante da poluição das águas por ejeção de
adubos, fertilizantes, detergentes e esgoto doméstico sem tratamento prévio que provocam o
aumento de minerais e, consequentemente, a proliferação de algas microscópicas que se
localizam na superfície. Esse fenômeno diminui a quantidade de oxigênio disponível causando a
morte de seres aquáticos. Em áreas de grandes atividades humanas o efeito é mais acentuado.

QUESTÃO 34 (Descritor: Associar a presença de elementos químicos ao sabor salgado da água


do mar).
Nível de dificuldade: Médio
Assunto: Elemento químico

Leia o texto sobre os malefícios de beber a água do mar.

FAZ MAL BEBER ÁGUA DO MAR

Não só faz mal, como mata. O problema é a quantidade exagerada de sais que existe na água do
mar. Se uma pessoa mata a sede bebendo essa água supersalgada, seu intestino recebe uma
quantidade de sal muito maior do que a que existe no sangue que circula pelos vasinhos da
parede do tubo digestivo. Como a membrana que compõe os vasos sanguíneos não permite a
passagem de partículas sólidas, o sal fica retido no plasma do sangue, deixando-o muito mais
concentrado do que o normal. Assim acontece a desidratação, que, para piorar, faz com que o
corpo peça mais água.
Portanto, tomar um golinho de água do mar, sem querer, quando você levar um caldo, não é
prejudicial (talvez você tenha uma leve diarreia); mas tentar matar a sede no mar com certeza
não é uma boa ideia!

Disponível em:http://www.eparema.com.br/verdades-e-mitos/faz-mal-beber-agua-do-mar
Acesso em 12 jun. 2012.
Explique o que faz a água do mar ser salgada.

RESPOSTA:
A água do mar é salgada devido à presença de sódio e cloro, que juntos formam o composto
NaCl. O cloro é proveniente das erupções vulcânicas primitivas, que lançavam esse elemento na
atmosfera que eram devolvidos para a terra junto com as chuvas, e o sódio teria sido captado
na crosta terrestre, quando os oceanos se formaram.

BANCO DE QUESTÕES DE 2011

QUESTÃO 01 (Descritor: identificar as vegetações zonais de cada zonobioma).

Nível de dificuldade: Médio.


Assunto: Ecologia

Analise a Classificação dos Zonobiomas de Walter (1986) com seus respectivos climas e tipos de
vegetação zonal.

Zonobioma

I - Equatorial, úmido e quente, cujas variações térmicas maiores ocorrem dentro de períodos
diários.
II - Tropical, com chuvas de verão e inverno seco.
III - Subtropical árido
IV - Mediterrâneo, com chuvas de inverno e verão seco
V - Quente-temperado sempre úmido
VI - Temperado úmido, com inverno curto
VII - Temperado árido
VIII - Boreal
IX - Polar

Fonte: http://www.scielo.br/pdf/abb/v20n1/02.pdf. Acesso: 06/04/11

Os zonobiomas apresentam as vegetações zonais


(A) Florestas de Coníferas e Tundra, respectivas a IX e III.
(B) Florestas tropicais e Desertos quentes, respectivas a I e III.
(C) Floresta subtropical e Estepes, respectivas a II e VIII.
(D) Floresta temperada e Floresta Estacional, respectivas a V e VIII.

RESPOSTA: B

QUESTÃO 15 (Descritor: analisar mapa de localização dos recifes de corais).


Nível de dificuldade: Fácil.
Assunto: Ecologia

Analise o mapa da presença de recifes de corais em nosso planeta.


Fonte: http://oceanservice.noaa.gov/education/tutorial_corals/media/supp_coral05a.html. Acesso: 09/06/2011.

Os recifes de corais se desenvolvem próximo


(A) ao Trópico de Câncer, região temperada do planeta Terra.
(B) ao Trópico de Capricórnio, região tropical do planeta Terra.
(C) à linha do Equador, região de maior temperatura do planeta.
(D) ao Círculo Polar, região de menor temperatura do planeta.
RESPOSTA: C

QUESTÃO 21 (Descritor: identificar as regiões climáticas e suas características através de seus


animais).
Nível de dificuldade: Médio
Assunto: Ecologia

Analise a imagem dos mamíferos a seguir.

Fonte: http://www.saudeanimal.com.br. Acesso: 09/04/11

A) Identifique as regiões climáticas em que os animais habitam.

B) Diferencie as duas regiões climáticas.

RESPOSTA:
A) O urso polar habita nos polos e o Camelo, nos desertos.

B) A região polar apresenta vegetação tipo tundra, temperaturas baixas e muito gelo. Já
o deserto apresenta temperaturas muito altas ao longo do dia, vegetação tipo estepes
e pouca umidade (poucas chuvas).