Você está na página 1de 4

ESCOLA BÍÍBLÍCA – ÍEQ ARSENAL <>ESCATOLOGÍA

O Apocalipse é um livro de esperança. O amado apóstolo João, testemunha ocular de Jesus,


proclamou que o Senhor vitorioso iria, com toda certeza, retomar para defender os justos e julgar os
pecadores. Mas o Apocalipse também é um livro de advertências. A situação nas igrejas não era
ideal, portanto Cristo convocou seus membros para que se comprometessem a viver de modo justo.
Embora Jesus tenha dado esta revelação a João há quase 2.000 anos, esse livro ainda
permanece como um consolo e um desafio para o povo de Deus de nossos dias. Podemos ficar
animados ao entender a visão de esperança de João: Cristo retomará para resgatar o seu povo e
fazer um acerto de contas com aqueles que o desafiam.
O Livro pode ser dividido assim:
(1) Cap. 1 a visão de cristo glorificado
(2) Caps. 2,3 a igreja no passado e no presente
(3) Cap. 4 a igreja arrebatada
(4) Cap. 5 a igreja glorificada
(5) Caps. 6-18 a grande tribulação
(6) Cap. 19 a volta pessoal de Jesus em glória
(7) Cap. 20 o milênio e o juízo final
(8) Caps. 21,22 o perfeito estado eterno

O livro do Apocalipse termina com a promessa do breve retorno de Cristo (22.6-21), e João, em
um suspiro, sussurra uma oração que tem sido ecoada pelos cristãos através dos séculos: “Amém!
Ora vem, Senhor Jesus!” (22.20).

Ao ler o livro do Apocalipse, você irá se maravilhar, como João, com o deslumbrante panorama
do plano que foi revelado por Deus.
Ouça as advertências Cristo às igrejas e arranque de si todo pecado que possa bloquear seu
relacionamento com Ele. Encha-se de esperança sabendo que Deus está no controle de tudo e que a
vitória de Cristo está assegurada. Todos os que confiam nEle serão salvos.

Uma palavra explicativa sobre cada ponto do esboço:


Cap. 1. A VISÃO DE CRISTO GLORIFICADO
Trata-se de uma visão de Cristo, como está atualmente na Glória.

Caps. 2,3. A IGREJA NO PASSADO E NO PRESENTE.


As sete igrejas aí abordadas representam sete períodos da história da Igreja Universal como o corpo
de Cristo. Para tanto, basta que se faça um confronto entre as igrejas locais mencionadas nos
capítulos 2 e 3 e os períodos da história da igreja. Quanto às 7 cartas como número também
representativo, compare-se o fato de que o Apóstolo Paulo também escreveu a sete igrejas, quando
nos seus dias existiam muitas outras. Essas 7 igrejas foram:
Roma, Corinto, Galácia, Éfeso, Filipos, Colossos e Tessalônica. As suas demais cartas foram dirigidas
a pessoas, não a igrejas.

Cap. 4. A IGREJA ARREBATADA


O arrebatamento de João à altura dos fatos do capítulo 4, prefigura claramente o arrebatamento da
Igreja após sua presença neste mundo.
ESCOLAS DE INTERPRETAÇÃO DO APOCALIPSE

INTERPRETAÇÃO
DO LIVRO DO Abordagem Descrição Desafio Precaução
APOCALIPSE
Ao longo dos Visão João está escrevendo Alcançar a mesma Não esquecer que a
séculos, Preterista para encorajar os forma de maioria das profecias
foram
(passado) cristãos de seu encorajamento bíblicas tem aplicação
desenvolvidas tempo que estavam que os primeiros imediata e também
quatro sofrendo leitores de João, futura.
principais perseguições por através de imagens
abordagens parte do Império vividas
para a Romano. da soberania de Deus.
Interpretação
do livro do
Apocalipse. Visão Com exceção dos três Ver nos Não supor que
Cada una Futurista primeiros capítulos, acontecimentos atuais "descobrimos" o futuro,
delas João está muitas das pois Jesus disse que
encontrou descrevendo eventos características ninguém saberá o dia de
competentes que ocorrerão no descritas por João e sua volta, antes que ela
defensores, final da história. entender que o fim ocorra.
mas nenhuma poderá chegar a
chegou a ser qualquer momento.
devidamente
comprovada
como a única
maneira de
entender esse
Visão O livro do Apocalipse Constatar a Tomar cuidado para não
livro. Historicista é uma apresentação consistência da identificar algum líder ou
Entretanto, a da história desde a maldade humana acontecimento atual
pergunta época de João até a através da história e como sendo o
básica que se segunda vinda de reconhecer que os cumprimento de algum
pode aplicar a Cristo, e mesmo nomes podem mudar, aspecto do livro do
cada depois dessa data. mas que a rebelião Apocalipse.
abordagem contra Deus continua a
pode ser mesma.
assim
resumida:
"Será que Visão O livro do Apocalipse Atingir um certo Não evitar esse livro por
atualmente, Idealista ou é uma representação discernimento do causa de sua aparente
esta Simbolista simbólica da luta passado para se dificuldade ou
abordagem permanente entre o preparar para o futuro, complexidade, e procurar
ou
me ajudará a bem e o mal. Ele não e viver em obediência entender o Apocalipse
tornar-me um
espiritualista se refere a nenhum e confiança no dentro de um contexto
melhor evento histórico em presente. literário mais amplo.
seguidor de particular, mas pode
Cristo?”. ser aplicado a
qualquer ponto na
história
ESCOLA BÍÍBLÍCA – ÍEQ ARSENAL <>ESCATOLOGÍA

Os intérpretes do Apocalipse e da Escatologia estão também divididos na forma como abordam o


Milênio. (Os mil anos mencionados no capítulo 20 de Apocalipse). A maneira como se encara o
Milênio afeta a interpretação do Apocalipse como um todo. É necessário levantarmos, aqui, alguns
pontos.

Amilenistas Pós-Milenistas Pré-Milenistas


Ensinam que não haverá Começou a espalhar-se a Acreditam que, o retorno de
nenhum Milênio, pelo menos partir do século XVIII. Cristo, a ressurreição dos
não na terra. Alguns Seus adeptos interpretam salvos e o tribunal de Cristo,
simplesmente dizem que, os mil anos do Milênio, serão antes do Milênio. No
como o Apocalipse é como uma extensão do final deste, Satanás será
simbólico, não há sentido período atual da Igreja. solto, engana as nações,
algum em se falar em Ensinam que o poder do mas há de ser prontamente
Milênio Literal. Outros Evangelho ganhará todo o derrotado para todo o
interpretam os mil anos mundo para Cristo, e a sempre. Segue-se o
como algo que ocorrerá no Igreja assumirá o controle julgamento do Grande
céu. Pegam o número mil dos reinos seculares. Após Trono Branco, que
Abordagem

como um algarismo ideal, haverá a ressurreição e o sentenciará o restante dos


um período indefinido. julgamento geral tanto do mortos. Aí sim, teremos o
Assim, esperam que este justo como do ímpio, reino eterno no novo céu e
período da Igreja termine seguido pelo reinado na nova terra.
com a ressurreição e eterno no novo céu e na
julgamento geral, tanto do nova terra. O pós-
justo como do ímpio, milenismo também
seguindo-se imediatamente espiritualiza irritadamente
o reinado eterno no novo as profecias da Bíblia, não
céu e na nova terra. A dando espaço à
maioria dos amilenistas restauração de Israel ou
consideram Agostinho (o reinado literal de Cristo
bispo de Hipona, no Norte sobre a terra durante o
da África 396 – 430 d.C.) Milênio.
um dos principais
promotores do amilenismo.

A perspectiva Futurista e Pré-Milenista, juntas, encaixam-se melhor nas orientações de Jesus. É essa
classe de intérpretes do Apocalipse que a maioria dos Pentecostais pertence.
MATERIAIS NECESSÁRIOS PARA ESTUDAR APOCALIPSE

 Bíblia comum
 Bíblia de estudo
a. Bíblia de Estudo Pentecostal
b. Bíblia de Estudo MacArthur
c. Bíblia de Estudo Dake
d. Bíblia Shedd
e. Bíblia de Estudo NVI (Nova Versão Internacional)
f. Bíblia de Estudos de Genebra
g. Bíblia de Estudo Plenitude
h. Bíblia de Estudo - Aplicação Pessoal
i. Bíblia Anotada Expandida
j. Bíblia de Estudo do Expositor
k. Bíblia de Estudo King James Atualizada
l. Bíblia de Estudo Matthew Henry
 Dicionário Bíblico
a. Bíblia NTLH
b. Bíblia de Estudo Palavras Chave (hebraico e grego)
 Livros
a. Apocalipse Versículo por Versículo - Severino Pedro da Silva
b. Apocalipse Versículo por Versículo – Neemias Carvalho Miranda
 Apostilas, DVDs a respeito do assunto.