Você está na página 1de 5

A Benção que transforma os lares em pontos de luz

Mensagem do Irmão Cigano Dom Carlos Ramirez, Mentor Espiritual.


(Médium: Gilberto Rissato; pronunciamento ao público, durante programas
radiofônicos)
As pessoas que solicitarem a Benção no Lar vão receber um certificado, e suas casas
se tornarão bases de ação da Sagrada Falange de Maria Santíssima.

A autorização do Templo Espiritual Maria Santíssima, através do certificado da


“Benção no Lar”, para que vocês façam as Reuniões de Fortalecimento da Família
permitirá que seus lares se tornem núcleos de atendimento espiritual na Terra,
com ambientes voltados à Espiritualidade elevada, criando uma referência de luz
no local em que vocês habitam.

Essas reuniões são o cumprimento da determinação do Irmão Adolfo Schultz, em


atendimento à solicitação do Conselho Espiritual do Templo Maria Santíssima,
para realizar o sonho do velho Moisés: a união da família nos lares sob as
bênçãos do Cristo.

Não importa a simplicidade do ambiente das suas casas, e sim, a limpeza dos
sentimentos, harmonizados com as músicas elevadas que estarão sendo tocadas
durante todo o tempo de duração das reuniões espirituais nos lares de vocês.

Não há barreiras para a ação dos Espíritos


A Energia de Deus é ofertada aos lares de vocês para que todos compreendam
que não há nenhuma barreira impedindo que os Espíritos Superiores visitem suas
casas, transformando cada lar num ponto de luz na Terra, para iluminar todos os
corações que sofrem.

Ao ser canalizada para os lares, essa energia unirá a família toda, limpará os
corpos doentes, ungirá os Espíritos de vocês, para que tenham mais
discernimento sobre tudo o que a vida significa. Suas mentes espirituais vão se
abrir cada vez mais, para que vocês e toda a sua família vejam como os Espíritos
de Deus atuam em seu favor.

Esse tipo de energia canalizada para as Reuniões de Fortalecimento da Família é


comum nas reuniões que fazemos nas cidades e aldeias localizadas no Plano
Espiritual, quando são recebidos os seres que retornam da Terra, desencarnados,
e que necessitam ainda dessa condição energética.

Amor de Deus: a maior Energia do Universo.


Vamos formar uma grande Corrente de Fraternidade Familiar para acabar com a
miséria, a tristeza e a desarmonia nos lares, unindo novamente as famílias
separadas, unindo pais e filhos, filhos e pais, unindo os casais desarmonizados,
para que todos sintam em seus corações a Energia de Deus.

Nós, Ciganos da Espiritualidade, queremos levar para dentro dos seus lares a
essência da maior Energia que existe no Universo: o Amor de Deus. Vamos fazer
isso com todo o nosso amor, a nossa energia, para que todos vocês sejam felizes
como são os Ciganos Espirituais, que — pelo trabalho realizado para a permitir a
chegada do Irmão Bezerra de Menezes ao Templo Espiritual Maria Santíssima —,
alcançaram o poder de realizar esta unção nos lares.

Em tudo que nós, Ciganos, fazemos por todos vocês, colocamos, acima de tudo,
Amor e gratidão a Deus, porque a Misericórdia Divina para conosco é muito
grande, é infinita! A verdade é que ninguém pode viver bem sem o Amor de Deus.

Todos precisam viver um grande Amor


Por isso também realizamos, no Templo Espiritual Maria Santíssima, a grande
Cerimônia do Amor Familiar, trabalhando assim pela união da família, pela união
dos casais, pela união entre pais e filhos, dando bênçãos para os que desejam se
harmonizar em casa. Todos precisam conhecer o Amor de Deus, essa grande
força que supera todos os males, todas as dificuldades.

Só quem vive um grande Amor sabe o que é isso. Os Ciganos Espirituais sabem
viver um grande Amor, porque são gratos a Deus pela oportunidade que ele nos
concede, a cada dia, de atuar numa Casa como esta e nos encontrarmos com
todos vocês, para — com Amor e pela Energia do Amor — curar, distribuir
prosperidade e levar aos corações a maior essência da vida: o Amor de Deus!

INSTRUÇÕES PARA A REALIZAÇÃO DAS REUNIÕES DE FORTALECIMENTO


DA FAMÍLIA NOS LARES

Agenda
Todos devem determinar um horário para reunir a família em oração. As reuniões
familiares devem acontecer uma vez por semana, não importa o dia, não importa o
horário — mas desde que obedeçam a uma rotina: sempre no mesmo dia e no
mesmo horário, após 18 horas, não podendo ser após 22 horas.
Preparação
Preparem uma mesa onde todos possam se acomodar, sentados em cadeiras. Se
houver uma toalha para por sobre a mesa, ótimo. Se não houver, também não há
problema algum. Os espíritos não exigem nada.

Acendam uma vela e a coloquem no centro da mesa (sobre um pires ou outro


objeto seguro, para evitar acidentes), de modo que ilumine a ambiência do lar
(desliguem a luz elétrica).

Na mesa, ponham também uma jarra d’água, com copos vazios em volta dela,
representando cada um aos quais vocês forem dedicar os seus pensamentos,
estejam ou não presentes fisicamente.
Se possível, coloquem músicas para tocar, em volume bem baixo, porque isso vai
acalmar ainda mais a ambiência da sua casa. Pode ser uma música cigana, ou
músicas para a meditação, o que será melhor ainda para começar a preparar a
ambiência.

Início
Sentem-se à mesa. A primeira coisa a fazer é rogar a proteção de Deus para o lar.
Se estiver presente toda a família, tudo bem; caso contrário, se a pessoa vive
sozinha, não importa, pois estará acompanhada pela sua família espiritual.

É importante o respeito aos anciães da casa, os mais velhos. Havendo condições


físicas, os idosos são os que devem conduzir a reunião familiar, pelo menos no
primeiro momento, dizendo as primeiras palavras. Não havendo condições para
isso, a responsabilidade caberá ao mais velho capacitado para fazer isso.

Os filhos pequenos, as crianças, devem estar próximos, participando da reunião,


mas não de uma forma obrigatória, e sim, de forma consciente.

Elevação
Nesse momento, abram o Evangelho, não importa a página. Com o Evangelho
aberto, façam a sua oração, não importa também qual seja: pode ser o Pai Nosso,
Oração de Charitas, a Ave Maria ou a prece que sair do coração. Peçam a
proteção para o seu lar e a presença dos Espíritos de Deus, dos Protetores
Espirituais.

Quando estiverem rogando aos Protetores Espirituais, comecem a pensar nos


familiares, primeiramente nos que estiverem presentes, e depois nos ausentes
fisicamente, mas presentes espiritualmente.

Evangelho
Depois que fizerem a oração e rogarem pela presença de Deus no seu lar naquele
momento, vocês devem ler uma pequena parte do Evangelho, e em seguida
façam alguns comentários sobre o tema estudado, porque isso vai ajudar a família
a se harmonizar, a se acalmar.

Não se preocupem em fazer falsas interpretações de perseguição, de opressão,


ou deduzirem que tal passagem do Evangelho serve para Fulano, para Cicrano ou
para qualquer membro da família.

Quem estiver conduzindo a reunião deve guardar para si mesmo aquilo que
estiver lendo, e os que estiverem ouvindo a leitura também devem captar o
ensinamento moral para si mesmo.

Concentração
Em seguida, peguem algum livro instrutivo, da linha espiritualista, e leiam um
pequeno trecho dele, nada que vá cansar, mas leiam com muita devoção
espiritual.

Pode ser utilizado também um folheto impresso, ou uma página qualquer, da


preferência de vocês, contendo alguma mensagem educativa sobre
Espiritualidade...

Todos devem ficar cerca de sete minutos concentrados, com as mãos estendidas
sobre a mesa, durante a leitura dessa mensagem espiritualista.

Não vai haver nenhuma manifestação mediúnica, porque os Espíritos que serão
dirigidos à casa de vocês sabem que isso não deve acontecer. Eles apenas vão
começar a energizar cada um dos membros da família, presentes ou ausentes
fisicamente.

Nesse momento, toda a ambiência da reunião vai se imantar de energia sublime, e


os espíritos vão ungir o lar, ungir a família, ungir os corpos de vocês, para que
possam purificar e unir mais os seios familiares.

Encerramento
Passados os sete minutos de concentração e de leitura solicitados pelos Espíritos,
os corpos de todos vocês já estarão energizados. Bebam a água magnetizada
pelos Espíritos dos Anjos de Maria, servindo-a nos copos que estarão sobre a
mesa, e a apliquem onde tiverem alguma enfermidade, de preferência utilizando
um pequeno pedaço de algodão.

Ao terminarem a cerimônia, todos devem se dar as mãos e fazer a oração final,


rogando novamente pela proteção divina para o lar. Se possível, fiquem em volta
da mesa, de pé, formando um círculo, e, com a oração do Pai Nosso, façam um
agradecimento coletivo a Deus, pela presença dos Espíritos Celestes em sua
casa, para que a proteção de toda a família seja entregue a Espíritos
selecionados.

Só ao fim de tudo, fechem o Evangelho e encerrem a Reunião de Fortalecimento


da Família. Seus lares não vão ter mais perturbação e nenhum tipo de influência
de maus espíritos, porque estarão marcados com o Selo de Maria Santíssima.