Você está na página 1de 47

10 PROVAS COMENTADAS

DE
GEOGRAFIA DO BRASIL

4ª Edição – 2017
EQ U I P E Equipe de Professores

Diretor Geral Professores dos Idiomas


Luiz Alberto Tinoco Cidade Luiz Cidade – Espanhol
Maristella Mattos Silva – Espanhol (EAD)
Diretora Executiva Monike Cidade – Espanhol (EAD)
Clara Marisa May Genildo da Silva – Espanhol
Leonardo dos Santos – Espanhol
Diretor de Artes Diego Fernandes – Espanhol
Fabiano Rangel Cidade Rita de Cássia de Deus Vindo - Inglês
Márcia Mattos da Silva – Francês (EAD)
Coordenação Geral dos Cursos Preparatórios Marcos Henrique – Francês
Profº Luiz Alberto Tinoco Cidade
Professores dos Concursos
Coordenação dos Cursos de Idiomas EAD Drº Adriano Andrade – Geografia do Brasil
Profº Dr. Daniel Soares Filho Gibrailto Soares - Geografia do Brasil (EAD)
Drº Daniel Soares Filho – Espanhol (EAD)
Secretaria Drª Simone Tostes – Inglês (EAD)
Evelin Drunoski Mache Edson Antonio S. Gomes – Administração de Empresas
Tomé de Souza – Administração de Empresas (EAD)
Suporte Sormany Fernandes – História do Brasil
Laura Maciel Cruz Djalma Augusto – História do Brasil
Jefferson de Araújo André Luís Gonçalves – História
Geraldo Luís da Silva Júnior Felício Mourão Freire – História Geral (EAD)
Albert Iglésias – Língua Portuguesa e Literatura
Editoração Gráfica Valber Freitas Santos – Gramática, Redação e Literatura (EAD)
Edilva de Lima do Nascimento Alexandre Santos de Oliveira – Direito
Lúcio dos Santos Ferreira – Direito
Fonoaudióloga e Psicopedagoga Emerson Marques Lima – Direito
Mariana Ramos – CRFa 12482-RJ/T-DF Ms Edson da Costa Rodrigues – Ciências Contábeis
Genilson Vaz Silva Sousa – Ciências Contábeis
Assessoria Jurídica Paulo Augusto Moreira – Ciências Contábeis
Luiza May Schmitz – OAB/DF – 24.164 Anderson Silva de Aguiar – Ciências Contábeis
Jorge Basílio – Matemática Financeira
Assessoria de Línguas Estrangeiras Ricardo Sant'Ana – Informática
Cleide Thieves (Poliglota-EEUU) Cláudio Lobo – Informática
João Jorge Gonçalves (Poliglota-Europa) Eliel Martins – Informática
Cintia Lobo César – Enfermagem
Elaine Moretto – Enfermagem (EAD)

Curso Preparatório Cidade | PROVAS DE CONHECIMENTOS GERAIS 2016/2017 3


Conteúdo Geografia ............................................................................................................................. 41
PROVAS DE CONHECIMENTOS GERAIS 2016/2017 ...................................................................... 5
GABARITO COMENTADO .................................................................................................. 44
GEOGRAFIA ........................................................................................................................... 5
GABARITO COMENTADO .................................................................................................... 6
PROVAS DE CONHECIMENTOS GERAIS 2015/2016 ...................................................................... 7
Geografia............................................................................................................................... 7
GABARITO COMENTADO .................................................................................................... 9
PROVAS DE CONHECIMENTOS GERAIS 2014/2015 ..................................................................... 11
Geografia.............................................................................................................................. 11
GABARITO COMENTADO.................................................................................................. 13
PROVAS DE CONHECIMENTOS GERAIS 2013/2014 ..................................................................... 15
Geografia.............................................................................................................................. 15
GABARITO COMENTADO ................................................................................................... 16
PROVAS DE CONHECIMENTOS GERAIS 2012/2013 ..................................................................... 18
Geografia.............................................................................................................................. 18
GABARITO COMENTADO ................................................................................................... 20
PROVAS DE CONHECIMENTOS GERAIS 2011/2012 ..................................................................... 22
Geografia.............................................................................................................................. 22
GABARITO COMENTADO ................................................................................................... 24
PROVAS DE CONHECIMENTOS GERAIS 2010/2011 ..................................................................... 27
Geografia.............................................................................................................................. 27
GABARITO COMENTADO ................................................................................................... 29
PROVAS DE CONHECIMENTO GERAIS 2009/2010 ....................................................................... 31
Geografia.............................................................................................................................. 31
GABARITO COMENTADO ................................................................................................... 33
PROVAS DE CONHECIMENTO GERAIS 2008/2009 ....................................................................... 35
Geografia.............................................................................................................................. 35
GABARITO COMENTADO ................................................................................................... 39
PROVAS DE CONHECIMENTO GERAIS 2007/2008 ....................................................................... 41
PROVAS DE CONHECIMENTOS GERAIS 2016/2017 2. ( ) Estão localizadas nos pontos de maior altitude e possuem relevo residual.
3. ( ) Foram formadas no Pré-Cambriano pelo acúmulo de sedimentos oriundos da rede
hidrológica.
GEOGRAFIA
(A) V – F – F
1. Marque a alternativa correta com relação a escorregamento (deslizamento) em área urbanas no (B) V – F – V
Brasil.
(C) F – F – V
(A) Acontecem com mais frequência em áreas nobres das cidades onde os terrenos possuem (D) F – V – F
alto valor de mercado. (E) F – V – V
(B) Tem relação com acúmulo de lixo, esgoto e ocupação desordenada de determinadas áreas.
(C) Independe da ação antrópica, podendo ocorrer repetidamente em todas as áreas. 4. Marque a alternativa correta com relação ao agronegócio e a formação de cidades no Brasil.
(D) Está entre as principais prioridades dos governantes, pois atinge a população de maior
renda. (A) A utilização intensiva de máquinas pesadas no processo produtivo dificulta a formação de
cidades.
(E) As Metrópoles, por meio de investimentos técnicos, já superaram situações que envolvem
escorregamentos em sua área urbana. (B) A participação de grande número de trabalhadores na produção de soja e milho atrai
serviços urbanos e favorecem a formação de cidades.
(C) É possível identificar diversas áreas nas quais a urbanização se deve diretamente ao
2. Analise as afirmativas sobre as Metrópoles Brasileiras, colocando entre parênteses a letra V,
agronegócio globalizado.
quando se tratar de afirmativa verdadeira, e a letra F, quando se tratar de afirmativa falsa. A
seguir, assinale a alternativa que apresenta a sequência correta. (D) A instalação de indústrias processadoras contribui para a concentração de serviços e,
consequentemente, para a dispersão espacial de vilas urbanas.
1. ( ) Brasília, Salvador, Campinas e Recife são metrópoles nacionais. (E) Os grandes investimentos no agronegócio garantem plano desenvolvimento urbano nas
2. ( ) São Paulo e Rio de Janeiro são metrópoles globais. áreas de produção.
3. ( ) Manaus, Goiânia e Salvador são consideradas como metrópoles regionais.

5. Marque a alternativa correta com relação às Corporação e o espaço no Brasil.


(A) V – F – V
(B) V – V – F (A) A grande corporação passou a construir, nos dias atuais, o mais importante agente da
(C) F – V – V reorganização espacial capitalista.
(D) V – F – F (B) As grandes corporações que atuam no território nacional possuem suas matrizes no Brasil
(E) F – V – F e demais filiais no exterior.
(C) Existe uma relação harmônica entre as leis ambientais e as grandes corporações.
3. Analise as afirmativas sobre as depressões no território brasileiro, colocando entre parênteses a (D) O estado possui amplo domínio sobre a atuação e os ganhos financeiros das grandes
letra V, quando se tratar de afirmativa verdadeira, e a letra F, quando se tratar de afirmativa corporações.
falsa. A seguir, assinale a alternativa que apresenta a sequência correta. (E) As grandes corporações exercem papel fundamental nas políticas públicas de melhorias da
estrutura urbana e da qualidade de vida.
1. ( ) Foram geradas em sua maioria por processos erosivos com grande atuação nas bordas das
bacias sedimentares.

Curso Preparatório Cidade | PROVAS DE CONHECIMENTOS GERAIS 2016/2017 5


6. Marque a alternativa correta com relação à geração de resíduos e o meio ambiente no Brasil. GABARITO COMENTADO

(A) São gerados pela indústria e possuem baixo teor de impacto ambiental. 1. Gabarito B. “Dinheiro compra conforto ambiental”. Este axioma é a chave para a resolução da
(B) As atividades industriais e a elevada concentração populacional nas grandes cidades questão. O problema dos escorregamentos\deslizamentos, típicos do meio ambiente urbano,
produzem volumosa quantidade de resíduos sólidos, líquidos e gasoso. fortemente artificializado e, via de regra, invadindo áreas de sensível equilíbrio como encostas e
(C) A problemática do descarte foi superada com compostagem e reciclagem de mais de 80% vales de rios, está diretamente relacionado ao uso inadequado do espaço, conforme mencionado
dos resíduos gerados nas grandes cidades. na letra B. Todas as outras opções tratam da cidade como um conjunto homogêneo, descartando
a organização espacial segregada e, portanto, diferenciada.
(D) Em função do crescimento das atividades agrícolas mecanizadas o campo superou a cidade
na geração de resíduos.
(E) Os resíduos hospitalares infectantes e perfurocortantes são descartados, conjuntamente, 2. Gabarito C. Esta questão teve o gabarito alterado, anteriormente tinham divulgado a letra E,
com os domésticos nos lixões e aterros sanitários. na verdade deveria ser anulada, pois apresentou informações dúbias visto que tratou da
hierarquia urbana baseada em duas diferentes referências (dois mapas do mesmo livro do
7. Analise as afirmativas sobre a inserção da economia brasileira no capitalismo monopolista do pós Eustáquio de Sene) e não fizeram nenhuma indicação de qual estavam utilizando. A hierarquia
II Guerra Municipal, colocando entre parênteses a letra V, quando se tratar de afirmativa urbana está vinculada à área de influência de uma cidade, segundo os estudos de 2008 do IBGE,
verdadeira, e a letra F, quando se tratar de afirmativa falsa. A seguir, assinale a alternativa que no nível nacional, temos São Paulo como Grande metrópole nacional, Rio e Brasília como
apresenta a sequência correta. metrópoles nacionais e outras nove (Porto Alegre, Curitiba, Belo Horizonte, Goiânia, Salvador,
Recife, Fortaleza, Belém e Manaus) simplesmente denominadas de metrópoles. São Paulo e Rio
1. ( ) A dívida externa foi severamente reduzida e a economia nacional teve picos de crescimento. de Janeiro são Cidades Globais e, numa pretensa rede mundial, também enquadradas como
2. ( ) A produção industrial cresceu fortemente e aprofundou o processo de nacionalização das metrópoles globais, visto que a sua hinterlândia excede o espaço nacional. Neste sentido, a Letra
empresas. C é a menos pior.
3. ( ) Houve expressivo crescimento da dívida e dependência do financiamento externo.

3. Gabarito A. Questão toda apoiada no livro Geografia do Brasil de Jurandyr Ross, o autor que
(A) V – V – F
fez a mais atual classificação do relevo brasileiro, assumida pelo IBGE em 1996. Nesta
(B) V – F – V classificação há um maior conhecimento do território nacional (fruto do projeto RADAM Brasil) e
(C) F – V – F o autor acrescenta as depressões às planícies e planaltos que já apareciam em classificações
(D) V – F – V anteriores. No Brasil, não há depressões absolutas, e as relativas são decorrentes de processos
erosivos de planaltos residuais, normalmente, em áreas de formações sedimentares (item 1). O
(E) F – F – V
item 2 estaria correto para os Planaltos e o item 3 não pode estar correto, visto que no pré-
cambriano nem mesmo tinham se formado as bacias sedimentares.
8. Marque a alternativa correta sobre qual fato papel importante no processo de interiorização do
povoamento no Brasil entre os séculos XVIII e XIX.
4. Gabarito C. As chamadas “cidades do agronegócio”, abundantes no Centro-Oeste brasileiro,
(A) A forte atuação do estado na criação de logística e articulação de cidades no interior. principal região de expansão da fronteira agrícola, são decorrentes de uma forma de organização
(B) A formação de novas fronteiras agrícolas com a produção de café, trigo e cena de açúcar. do espaço com alto índice de urbanização, porém assentado em pequenas cidades. Numa
formação tipicamente macrocefálica, as pequenas cidades são ocupadas pelo trabalhador do
(C) A mineração no interior e a criação de gado nas fazendas.
campo mecanizado e moderno que se desloca diariamente das periferias mal estruturadas para
(D) A implantação de pólos industriais em cidades estratégicas no interior do país. as vagas residuais no trabalho em latifúndios voltados para a exportação.
(E) O deslocamento de trabalhadores escravos do litoral para fazendas do interior.

6 | Curso Preparatório Cidade


5. Gabarito A. O professor Milton Santos alerta, no livro Urbanização Brasileira, para o papel das PROVAS DE CONHECIMENTOS GERAIS 2015/2016
corporações na produção do que chama “cidades corporativas”, em outras palavras, a
precedência da “cidade econômica” sobre a ”cidade social”. Essa é a lógica para a resolução da
questão. As corporações, grandes empresas de ação transnacional, são os sustentáculos do GEOGRAFIA
processo de globalização que se realiza na fase mais avançada do capitalismo financeiro. Assim,
a perspectiva fria do lucro precede às demandas sociais, ambientais e mesmo ao eventual papel 1. Os meses mais chuvosos ou de maior índice pluviométrico ocorrem no outono e no inverno,
restritivo do Estado. quando se dá o avanço da mPa (Massa Polar Atlântica)e o encontro desta com a mTa (Massa
Tropical Atlântica), provocando as chuvas frontais.

6. Gabarito B. A questão trata de um dos principais problemas da contemporaneidade, Essas chuvas são, muitas vezes, intensas e que provocam grandes transtornos nas cidades onde
notadamente no espaço urbano e industrial. A sociedade de consumo gera uma quantidade nunca ocorrem.
antes experimentada de resíduos, seja no ato da produção, seja no descarte após o consumo.
Não obstante o discurso e as leis ambientais, o problema está longe de ser superado. Destaque A associação correta entre o tipo climático brasileiro correspondente às características descritas e o
a lei de resíduos sólidos do Brasil que foi redimensionada em 2014 projetando para as próximas exemplo de cidade onde ele ocorre está na opção:
décadas a transformações de lixões em aterros sanitários para todos os municípios do Brasil,
meta ainda distante, notadamente nas cidades menores. (A) Clima equatorial úmido – Belém.
(B) Clima tropical de altitude – São Paulo.
(C) Clima subtropical úmido – Curitiba.
7. Gabarito E. A questão tem uma grande armadilha que é o recorte temporal. Deter-se no (D) Clima litorâneo úmido – Maceió.
imediato período pós II Guerra é pensar no segundo momento da Era Vargas. Entretanto o texto (E) Clima tropical típico – Cuiabá.
de chamada fala da inserção da economia brasileira no capitalismo monopolista que apenas
começa na metade do século XX, mas se aprofunda nos anos seguintes. Nos períodos de JK, 2. Sobre a urbanização brasileira, considere as afirmativas abaixo e marque a opção correta.
governos militares e mesmo na redemocratização, o que se viu foi aumento da dívida externa,
crescimento da produção industrial, privatização (especialmente pós-1990) e internacionalização I. Ao longo da história da ocupação do território brasileiro, houve grande concentração de
do parque industrial e forte dependência tecnológica e financeira em relação aos capitais cidades nas faixas litorâneas, fenômeno associado ao processo de localização.
externos. II. As regiões integradas de desenvolvimento também correspodem as regiões metropolitanas,
mas com municípios situados em mais de um estado.
III. A dispensão especial das atividades econômicas diminui o papel de comando das grandes
8. Gabarito C. A formação do território brasileiro está vinculada aos atrativos ligados às áreas de
cidades, como são Paulo.
forte expansão econômica (ciclos econômicos) que aconteceram de forma dispersa no território
IV. As regiões de influencia das cidades brasileiras são delimitatas pelo fluxo de consumidores
nacional. O autor da questão limita esse processo aos séculos XVIII e XIX e determina os
de que utilizam o comércio e os serviços no interior da rede urbana.
processos de interiorização. Nesse sentido, exceto a letra C, todos as outras opções tratam de
fenômenos mais contemporâneos ou de impacto reduzido, como o caso do deslocamento dos
(A) Somente I e II estão corretas.
escravos para fazendas interiores. A opção correta vincula o processo de interiorização ao ciclo
(B) Somente I, II e IV estão corretas.
da mineração e à expansão da pecuária, de fato, dois fatores decisivos para uma ocupação do
(C) Somente I, II e III estão corretas.
território colonial e formação de redes de caminhos de tempo lento em períodos mais recuados
(D) Somente II e III estão corretas.
da nossa história.
(E) Somente II, III IV estão corretas.

Curso Preparatório Cidade | 7


3. Leia o texto abaixo. 1970. No entanto, a taxa de crescimento entrou em desaceleração a partir da década de 1980,
quando os níveis de fecundidade começaram a apresentar queda acentuada, [...].
Estão no território brasileiro perto de 16% das reservas florestais mundiais, que possuem, como
(ALMEIDA e RIGOLIM, 2013, p. 593.)
sumidouros, grande importância no ciclo do carbono. Todavia, tal fato, que poderia ser uma condição
favorável, constituise numa grande desvantagem , à medida que a comunidade internacional não crê A diminuição na taxa de fecundidade no Brasil, a partie dos anos de 1980, ocorreu devido à
que o governo brasileiro possa deter as queimadas vinculadas ao desmatamento da Amazônia. associação de fatores tais como a ( o ) (à) (ao):
(TAVARES, C. A. In: VITTE, Carlos Antonio; GUERRA, Teixeira J. A., (org) Reflexões sobre a geografia física no Brasil.
Rio de Janeiro: Bertrand Brasil. 2004. (pág. 144).) (A) Urbanização; o acesso da mulher ao mercado de trabalho e à criação do salário família.
(B) Maior planejamento familiar; a desmetropolização da população e ao aumento da renda
Baseando-se no texto e em seus conhecimentos sobre a Amazônia Legal, pode-se afirmar que a (o) média.
(s): (C) Envelhecimento da população; a criação do salário família eo acesso da mulher ao mercado
de trabalho.
(A) Desmatamento tem proporcionado à introdução em larga escala da produção agroecológica (D) Acesso da mulher ao mercado de trabalho; o aumento da renda média e ao maior
de alimentos. planejamento familiar.
(B) Queimadas ajudam na abertura de novas áreas para a implantação de sistemas de (E) Urbanizazão; a desmetropolização das grandes capitais e o envelhecimento da produção.
produção sustentável.
(C) Mineração, por meio de empresas multinacionais, tem ajudado a melhorar a imagem do 6. Dentre as razões para a dispersão do parque industrial brasileiro de forma regional e também no
Brasil perante grupos internacionais de defesa do meio ambiente. território nacional, é correto afirmar que esse fato deveu-se à (ao)
(D) Madeiras ilegais são quase innexistentes na atualidade e a exploração da madeira acontece
em áreas de manejo florestal. (A) Retirada da infraestrutura por parte do Estado de áreas históricamente deprimida.
(E) Forte demanda por recursos naturais no Brasil e no exterior, a visão de desemvolvimento (B) Busca de mão de obra organizada e de baixos salários, fora dos centros tradicionais.
em curto prazo, associada ao rápido enriquecimento, tem norteado políticas predatórias. (C) Aumento da guerra de lugares, que reduzem impostos e oferecem vantagens de logística.
(D) Alocação das atividades nas áreas próximas às grandes metrópoles, em razão da renda da
4. À medida que a industria se tornava o eixo da economia brasileira – processo consolidado a partir terra.
da década de 1950, quando a economia do país passou a ser cada vez mais controlada pelas (E) Saída das regiões próximas às de produção agrícola e do entorno das cidades médias.
transnacionais-a agricutura ficava mais dependente e internacionais. Nesse sentido, é possível
afirmar que, apesar da modernização pela qual a economia brasileira passou, bem como pela 7. Além de ser um recurso renovável, a água é uma das poucas fontes utilizadas para a produção
formacomo se deu esse processo, a agricultura no país ainda apresenta características herdadas de energia que não contribui para aquecimento global – um dos problemas ambientais mais
do período colonial, tais como: discutidos na atualidade (ALMEIDA; RIGOLIN, 2013p. 711). Contudo as hidrelétricas, inclusive as
brasileiras,apresentam uma série de desvantagens, entre elas:
(A) Predominância da produção de gêneros alimentícios, destinados aos mercados domésticos.
(B) Importante participação dos produtos do agronegócio em nossa pauta de exportação. (A) Salinizam os solos com as grandes concentrações de sais que se acumulam nos
(C) Máxima utilização econômica do espaço geográfico brasileiro para fins agrícolas. reservatórios em regiões semiáridas, como no lago de Sobradinho.
(D) Predomínio da agricultura intensiva, particularmente nas regiões Norte e Nordeste. (B) Promovem a liberação de gás butano em grande quantidade com a decomposição da
(E) Concentração das atividades produtivas na agricultura familiar e para fins de subsistência. vegetação nas áreas de florestas inundada, como no caso de Balbina.
(C) Alteram os regimes dos rios, que passam a ser de regime lacustre, segundo a abertura ou
5. De acordo com o IBGE, o crecimento contínuo da população é devido à queda nas taxas de fechamento das comportas das usinas, como no caso dos que compõem o sistema de
mortalidade após os anos de 1940 e aos altos níveis de fecundidade desse período até o final de furnas.
(D) Inviabilizam a navegação fluvial ao represarem e criarem desníveis, necessários à geração
de energia, em rios de planícies, como no caso do Araguaia.

8 PROVAS DE CONHECIMENTOS GERAIS 2015/2016 | Curso Preparatório Cidade


(E) Inundam cidades e eliminam heranças históricas, como no caso das cidades de Remanso,
Casa Nova, Santo Sé e Pilão Arcado no estado da Bahia.

8. Leia o texto abaixo:

A cidade gera um clima próprio (clima urbano), resultante da interferência de todos os fatores que
se processam sobre a camada de limite urbano e que agem no sentido de alterar o clima em escala
local (...).
(BRANDÂO, In MONTEIRO. C. A. F; MENDOÇA, Francisco. (org.).Clima Urbano. São Paulo, Contexto, 2003, p. 122.)

Baseando-se no texto e em seus conhecimentos sobre clima urbano, pode-se afirmar que:

(A) Instalações industriais, desmatamentos, circulação de automóveis e paviamentação de vias


geram ambientes climáticos, na maioria das vezes, inconvenientes ao desemvolvimento das
funções urbanas.
(B) O clima urbano é produzido exclusivamente nas grandes cidades e pela ação direta do
homem.
(C) A sintonia com os elementos da natureza e com a sustentabilidade faz com que as
condições do clima urbano sejam agressivas e provoquem perdas materiais.
(D) As ações antrópicas não tem relação com o clima urbano.
2. Letra B
(E) A alteração do balanço enegético e do balanço hídrico da cidade acarretam situações de
estabilidade no ambiente climático.
O item (I) está correto, pois de fato a colonização do Brasil iniciou pelo litoral, região essa que ainda
hoje apresenta elevada concentração populacional.
O item (II) está correto, já que o item descreve uma realidade na urbanização brasileira, além de
GABARITO COMENTADO
citar de forma implícita o processo de conurbação.
O item (III) está errado, tendo em vista que mesmo que esteja ocorrendo uma desconcentração
1. Letra D
da indústria para outros estados e regiões interioranas, sobretudo, cidades médias, São Paulo e Rio
de Janeiro, por exemplo, mantém sua importância na hierarquia urbana.
O clima descrito é tropical úmido / litorâneo que tem como características ser chuvoso no outono e
O item (IV) está correto, porque o item ressalta a hierarquia das cidades e claro sua influência no
inverno e as chuvas frontais (se constituem pelo encontro entre uma massa de ar quente (mTa) e
fluxo comercial, ou seja, dos consumidores.
uma massa de ar frio (mPa)).

3. Letra E

O item (A) está errado, pois de fato o desmatamento na região amazônica não é para a produção
agroecológica de alimentos, mas também para outras práticas, como: a produção de commodities
(soja).
O item (B) está errado, já que uma prática sustentável não poderia se valer de queimadas e também
é importante destacar que a perda de vegetação da Amazônia ocorre de maneira insustentável.

Curso Preparatório Cidade | 9


O item (C) está errado, tendo em vista que a mineração é outra atividade econômica que degrada LETRA (A) ERRADA – Não ocorreu a retirada de infraestrutura por parte do Estado, muito menos
a Floresta Amazônica. de regiões deprimidas, ou seja, enfraquecidas economicamente.
O item (D) está errado porque a grande maioria da madeira retirada da região amazônica é de LETRA (B) ERRADA – Fora dos centros tradicionais de produção até se pode pagar salários
origem ilegal e sem o menor manejo florestal. inferiores, entretanto a mão de obra mão é organizada e as indústrias busca mão de obra qualificada.
O item (E) está correto já que a demanda interna e externa é grande ocasionando na degradação LETRA (C) CORRETA – o item apresenta os fatores atrativos que geralmente uma indústria busca
ambiental e predatória da floresta. para se instalar em outra área.
LETRA (D) ERRADA – Nas grandes cidades, devido ao processo de urbanização não consegue
gerar renda da Terra, pois apresenta outras funções que não sejam a agricultura e a pecuária.
4. Letra B
LETRA (E) ERRADA – Na realidade não é saída de regiões próxima de áreas de produção agrícola.

O item (A) está errado, pois no Brasil se prioriza a produção de commodities (soja), com foco no
mercado externo (exportação). 7. Letra E
O item (B) está correto, já que o agronegócio é responsável por grande parte das exportações do
Brasil, inclusive forte composição do PIB. LETRA (A) ERRADA –
O item (C) está errado, tendo em vista que o espaço geográfico de nosso país é subutilizado, ou LETRA (B) ERRADA – Na realidade o gás liberado não é butano e sim o metano e também o dióxido
seja, em grande parte do território apresenta baixa produtividade. de carbono e em Balbina que foi considerada um erro histórico para os cientistas, pois gera baixa
O item (D) está errado porque a agricultura intensiva, ou moderna comercial, não é praticada de quantidade de energia em relação a área alagada e a geração de metano e de dióxido de carbono é
forma predominante no Norte e Nordeste, mas sim no Sudeste, Sul e até mesmo no Centro-Oeste. superior à de uma usina térmica de mesmo potencial energético.
O item (E) está errado já que não ocorre concentração de atividades produtivas na agricultura LETRA (C) ERRADA – Com a construção de usinas hidrelétricas não muda o regime (forma de
familiar brasileira e sim na agricultura intensiva volta para a exportação. alimentação que pode ser nival ou pluvial ou os dois tipos) dos rios.
LETRA (D) ERRADA – O fato de ocorrer o represamento de um rio para a construção de uma usina
hidrelétrica não implica na navegabilidade do mesmo, pois o desnível tem que ocorrer na área de
5. Letra D
localização das turbinas.
LETRA (E) CORRETA – Dentre os impactos ocasionados pela construção de uma hidrelétrica estão
No item (A) a ideia de urbanização que ocorrera antes da década de 1980 está incoerente e também
as perdas sociais, culturais e até mesmo históricas de determinada região, como ocorreu nas cidades
a criação do salário família pela lógica poderia aumentar a taxa de fecundidade do país. INCORRETO
citadas no item e que é um trecho da música Sobradinho de Sá & Guarabira.
Já no item (B) quando diz em desmetropolização não é um processo da população e sim da cidade,
pois é um efeito da urbanização, além de que o aumento da renda média ocorre com a diminuição
da fecundidade, logo é uma causa do processo. INCORRETO 8. Letra A
O item (C) fala em envelhecimento populacional, porém o mesmo só ocorre com a diminuição da
fecundidade e por consequência da queda de natalidade. INCORRETO O impacto ambiental relatado no texto é a Ilha de Calor.
O item (D) apresenta os principais fatores que ocasionaram na diminuição da taxa de fecundidade
da população brasileira, sobretudo, a partir da década de 1980. CORRETO LETRA (A) CORRETA – Pois o ambiente poluído causa uma série de impactos tanto ambientais
No item (E) o examinador repete algumas informações incoerentes que são contrários ao processo (natureza), quanto para a saúde humana por exemplo.
de queda de fecundidade. INCORRETO LETRA (B) ERRADA – O clima urbano não é exclusivo nas grandes cidades, pode até ser mais
marcante, porém não exclusivo e ocorre pela ação direta e também indireta (automóveis,
indústrias...)
6. Letra C
LETRA (C) ERRADA –
LETRA (D) ERRADA – As ações humanas, ou seja, ações antrópicas tem importante relação com
A questão fala do processo de desconcentração industrial, que vai ter como consequência a guerra
o clima urbano, principalmente com a ilha de calor.
fiscal ou guerra dos lugares.

10 | Curso Preparatório Cidade


LETRA (E) ERRADA – Na realidade quando ocorrem alterações nos balanços hídricos e energéticos PROVAS DE CONHECIMENTOS GERAIS 2014/2015
acarretam situações de instabilidade no ambiente climático.

GEOGRAFIA

O item 1 deve ser respondido com base no texto abaixo.

Embora o Brasil não apresente qualquer questão a ser resolvida em suas fronteiras terrestres, uma
forte vigilância é exercida nesses locais, mesmo com as atividades sendo dificultadas pela grande
extensão e a presença da floresta Amazônica no norte do país.
Fonte: ALMEIDA; RIGOLIN. 2013, P.518

1. Com base nas informações acima e em seus conhecimentos sobre a vigilância terrestre no
território brasileiro, é correto afirmar que (o) (a):

(A) IBGE, fundado na década de 1930 pelo governo Vargas, foi o órgão precussor na
elaboração e políticas de vigilância e proteção do território nacional.
(B) somente com a participação de organizações não governamentais, a partir dos anos 2000,
foi possível garantir a implantação de um sofisticado sistema de vigilância terrestre na
região Amazônica, o SIVAM.
(C) Amazônia Legal, que abrange uma vasta área entre os estados do Acre, Amapá, Rondônia,
Roraima, Pará e partes do Maranhão, Tocantins e Mato Grosso, corresponde á área de
implantação do projeto Calha Norte.
(D) Dentro da política de soberania e segurança nacional, destacam-se o conceito de Faixa de
Fronteira e os projetos Calha Norte, Sipam/Sivam e Radambrasil.
(E) área de cerca de 150 km de largura, ao longo dos 15719 km de fronteiras terrestres, é de
vital importância à Segurança Nacional, sendo administrada pelo Sistema Radambrasil.

O item 2 deve ser respondido com base no texto abaixo.

O campo brasileiro foi dominado pela grande propriedade ao longo da história. Entre as décadas de
1950 e 1980, a monocultura e a mecanização foram estimulados por sucessivos governos como
modelo de desenvolvimento e crescimento econômico. Enquanto isso, a agricultura familiar esteve
relegada a segundo plano na formulação de políticas agrícolas, [...].
Fonte: MOREIRA; SENE, 2010, p. 658

Curso Preparatório Cidade | 11


2. Com base nas informações acima e em seus conhecimentos sobre a agropecuária brasileira, é 4. Com base nas informações de texto acima e em seus conhecimentos sobre geração de energia
correto afirmar que: no Brasil é correto afirmar que as áreas mais favoráveis e com o maior potencial eólico disponível
e instalado encontra-se na Região:
(A) há uma super utilização do território brasileiro para a atividade agrícola, ocupando cerca
de 60% das terras do país com lavouras permanentes. (A) Centro-oeste.
(B) predomina a produção de commodities, voltados, sobretudo, ao mercado internacional, (B) Norte.
com prejuízo à produção de alimentos para fins de abastecimento interno. (C) Nordeste.
(D) Sudeste.
(C) ocorre uma superação da agricultura de precisão e biotecnológica pelo agronegócio, com
(E) Sul
a chegada do capital estrangeiro ao campo.
(D) o Estado pouco participa, do financiamento necessário a criação de novos sistemas de
engenharias ligados ás atividades agropecuárias. 5. Sobre a formação da chamada Região Concentrada no Brasil, pode-se dizer que:

(E) as fronteiras agrícolas explicam o processo de modernização do campo, pois cria reserva
(A) formou-se a partir de investimentos do Estado na região Norte via criação da Zona Franca
espacial para a introdução maciça de maquinário e produtos químicos.
de Manaus.
(B) é fruto do acúmulo de capitais via pólo têxtil e produção de energia no Nordeste.
O item 3 deve ser respondido com base no texto abaixo. (C) é reflexo das dinâmicas do capital, oriundas da expansão mecanizada da produção de soja
e algodão nas regiões Centro-Oeste e Sudeste.
3. O (A) ___________________ é um recurso natural de grande importância na atualidade, pois é (D) é fruto do acúmulo das dinâmicas industriais nas regiões Sudeste e Sul.
amplamente utilizado na fabricação de fios supercondutores e de turbinas de aviões, entre outros (E) estruturou-se a partir de investimentos oriundos da produção de café nas regiões Sudeste
usos. O Brasil é o maior produtor igual desse mineral, respondendo por 96% da produção mundial e Norte.
em 2009.
Adaptado de: ALMEIDA; RIGOLIN, 2013, P. 696 6. Marque a alternativa correta.

Marque a alternativa que representa o preenchimento correto da lacuna, sobre o recurso nacutal em Com relação às migrações no Brasil, pode-se dizer que:
questão e seu maior produtor no Brasil.
(A) houve um encolhimento do movimento migratório em função da modernização da
(A) Níquel – Bahia agricultura e da industria nacional.
(B) Cobre – Pará (B) houve uma acelerada migração das populações residentes nas cidades para o campo.
(C) Cassiterita – Amazonas (C) a região Nordeste foi a que mais recebeu imigrantes para trabalhar nas uisnas de açúcar.
(D) Nióbio – Minas Gerais (D) a região Centro-oeste foi a que mais perdeu população rural.
(E) há uma aceleração de movimentos migratórios a partir de 1950.
(E) Manganês – Amapá

O item 4 deve ser respondido com base no texto abaixo. 7. Marque a alternativa correta.

A energia eólica é obtida do movimento dos ventos e das massas de ar, que por sua vez resultam Sobre a estrutura fundiária do Brail, pode-se dizer que:
das diferenças de temperaturas existentes na superfície da terra. Trata-se de uma forma limpa e
renovável de obtenção de energia que esta disponível em muitos lugares do planeta. No Brasil, as (A) as Capitanias Hereditárias e as Sesmaria estão na origem estrutural de grande parte dos
usinas eólicas são viáveis onde a velocidade média dos ventos é superior a 6m/s. latifúndios.
(Adaptado de: SENE, 2010, P. 502) (B) tem uma distribuição de terras equilibrada com predomínio da agricultura familiar.

12 | Curso Preparatório Cidade


(C) esta juridicamente sustentada na Lei de Terras de 1850 e na Lei Áurea de 1888. 2. Letra B
(D) grande parte das terras é ocupada por assentamentos de reforma agrária.
(E) os povos tradicionais ocupam 70% das terras produtivas. O item A está errado, pois no Brasil a ocupação agrícola não chega a 60% e muito menos com
lavouras permanentes

8. Marque a alternativa correta. O item B está correto, já que de fato a produção agrícola brasileira é voltada para o mercado externo.

O item C está errado porque não ocorreu a superação do agronegócio em detrimento da agricultura
Com relação à expansão e modernização da produção industrial no Brasil, pode-se dizer que:
de precisão e de biotecnologia, ainda que tenha aumentado.

(A) se modernizou e expandiu exclusivamente a partir da imigração estrangeira entre os O item D está errado porque etado é o principal financiador e motivador das engenharias ligadas às
séculos XIX e XX. atividades agropecuárias.
(B) iniciou-se a partir da quebra da economia açucareira no século XIX.
O item E está errado tendo em vista que as fronteiras agrícolas não estão intimamente ligadas com
(C) iniciou-se efetivamente a partir da crise econômica mundial em 1929.
a maciça introdução de maquinátrio e produtos químicos.
(D) se consolidou a partir de investimentos de grandes bancos ingleses e chineses no Brasil.
(E) expandiu para o interior do país a partir de investimento de Estado entre os séculos XIX e
XX. 3. Letra D

(A) Níquel – Bahia (Incorreta, pois o Níquel tem como os maiores produtores o Goiás e Pará com
GABARITO COMENTADO 80% da produção nacional e é utilizado nos objetos de decoração ( luminárias, argola de
guardanapo, porta retrato, itens femininos) e nas armas pois apresentava durabilidade e
1. Letra D resistência à corrosão e etc.)

(B) Cobre – Pará (Incorreta porque a aplicação do conre é em tubos de condensadores e


O item
encanamentos, eletroímãs, motores elétricos, interruptores e relés, tubos de vácuo e magnétons
correto já que os projetos da Calha Norte, Sipam/Sivam e Radambrasil são voltados para a vigilância de fornos microondas, circuitos integrados em substituição do alumínio, cunhagem de moedas,
A está errado, pois o IBGE não é órgão reponsável pela elaboração de políticas de vigilância e sendo empregado na agricultura, na purificação da água e como conservante da madeira e,
proteção do território nacional. Mas o mesmo se constitui no principal provedor de dados e quando associado a outros metais, os óxidos de cobre formam materiais supercondutores.)
informações do país, que atendem às necessidades dos mais diversos segmentos da sociedade civil,
(C) Cassiterita – Amazonas (Incorreta, já que no Brasil, os maiores depósitos se encontram em
bem como dos órgãos das esferas governamentais federal, estadual e municipal.
Minas Gerais, Amapá, Goiás e Rondônia.Pela resistência à corrosão, o estanho é usado na
O item B está errado porque para a implementação do SIVAM não foi a partir da participação de fabricação de latas para acondicionar alimentos. Suas ligas (bronze, latão, peltre, soldas)
ONGs e sim uma ação governamental. (“O Sistema de Vigilância da Amazônia, ou SIVAM, é um encontram múltiplas aplicações.)
projeto elaborado pelos órgãos de defesa do Brasil, com a finalidade de monitorar o espaço aéreo
(D) Nióbio – Minas Gerais (Correta e é produzido na cidade de Araxá em Minas Gerais.
da Amazônia. Conta com uma parte civil, o Sistema de Proteção da Amazônia, ou SIPAM.”)
(E) Manganês – Amapá (Inconrreta, uma vez que É considerado um elemento estratégico na
O item C está errado, pois o Projeto Calha Norte não abrange toda Amazônia Legal e sim as fronteiras
economia mundial, pois tem amplo uso comercial. Veja algumas das aplicações de
com a Guiana Francesa, Guiana e Suriname e sim na calha dos rios Negro e Solimões.
Manganês:Empregado na produção de vidros, para remover impurezas de ferro, na produção de
O item D estádo território Brasileiro. oxigênio e cloro;É usado na fabricação de aços especiais, porque melhora propriedades de
forjamento, resistência, rigidez e resistência ao desgaste. Também na obtenção de alguns aços
O item E está errado porque o projeto Radambrasil não é reponsável pela Segurança Nacional e sim
inoxidáveis de baixo custo (produção de aços representa 85 a 90% da demanda total de
outros órgãos .
manganês); Ligado com alumínio e antimônio e com pequena quantidade de cobre, forma um
material altamente ferromagnético;Os permanganatos são agentes oxidantes fortes e são usados

Curso Preparatório Cidade | 13


em análise quantitativa e em medicina;Usado para descolorir vidros e também para dar coloração O item C está errado, pois não foi o Nordeste que mais recebeu e sim o Sudeste com foco na cidade
violeta, porque em altas concentrações dá uma coloração roxa semelhante à ametista, que por de São Paulo devido ais diversos fatores atrativos.
sua vez tem essa cor devido ao manganês presente em sua estrutura.No território brasileiro os
O item D está errado porque não foi a região Centro-Oeste que mais perdeu população rural e sim a
estados do Pará, Minas Gerais e Mato Grosso do Sul são as principais regiões de mineração.)
Nordeste.

O item E está Certo, já que ocorre essa acelaração e a população brasileira passa a ser
4. Letra C predominantemente urbana da décade de 1960/1970.

(A) Centro-oeste.
7. Letra A
(B) Norte.

(C) Nordeste. (Correta - O Nordeste tem condições e está consciente de que é possível gerar energia A concentração e terras no Brasil é história, tendo em vista, que oterritório nacional ainda quando
farta, segura, barata e ecologicamente correta, ajudando o País no seu processo de colônia foi dividido em fração de terras, sendo as Capitanias Hereditárias e posteriormente as
desenvolvimento e é a região com o maior potencial instalado no país.) Sesmarias concentrados nas mãos dos donatários que eram poucos e controlavam grandes
extensões de terras.
(D) Sudeste.

(E) Sul 8. Letra C


Outras regiões do Brasil até apresentam um bom potencial, porém em termos de potencial instalado
predomina a região Nordeste. O item C que está correto, uma que o processo industrial no Brasil se deu com maior efetividade,
sobretudo, com a crise econômica mundial de 1929.

5. Letra D

O item A está errado porque não concerne ao norte do Brasil e sim ao Sul e Sudeste

O item B está erradojá que não é no Nordeste e não foi a produção têxtil que possibilitou o acúmulo
e capitas e sim a cafeeira.

O item C está errado, pois a produção mecanizada é mais recente e não foi a soja e o algodão que
permitiram o acúmulo de capitais.

O item D está correto porque consolidou-se nas regiões sudeste e sul do Brasil devido ao acúmulo
de capitais oriundos do café.

O item E está errado, pois não foi na região Norte.

6. Letra E

O item A está errado porque não houve o encolhimento do movimento migratório, uma vez que a
modernização da agricultura torna-se um fator repulsivo das pessoas do campo para a cidade.

O item B está errado já que não ocorreu essa migração “inversa” pois de fato o campo não apresenta
fatores atrativos e fixadores.

14 | Curso Preparatório Cidade


PROVAS DE CONHECIMENTOS GERAIS 2013/2014 5. Com relação à criação da Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste (SUDENE) na
década de 1950, é correto afirmar que:

GEOGRAFIA (A) propôs para a região Nordeste do Brasil ações voltadas para a criação de uma política de
planejamento e de investimento na infraestrutura produtiva e na reordenação da
1. O relevo brasileiro apresenta três tipos de unidades geomorfológicas que refletem suas gêneses. distribuição de terras.
Analise as alternativas abaixo e marque aquela que corresponde a essas unidades. (B) implantou no Brasil, a partir de experiências da CEPAL, uma visão oligopolista do mercado
voltada para a concentração regional a partir da região Nordeste.
(A) As planícies, os tabuleiros e as depressões. (C) implantou no Brasil uma ampla política clientelista de combate à seca na região Nordeste.
(B) As planícies, a zona costeira e as depressões. (D) inaugurou no Brasil um novo conjunto de políticas regionais voltadas exclusivamente para
(C) Os dobramentos modernos, as planícies e a zona costeira. obras hidráulicas contra as secas.
(D) Os planaltos, as depressões e as planícies. (E) serviu de base para a implantação e execução do II do Plano Nacional de Metas e
(E) Os planaltos, os dobramentos modernos e as planícies. Investimentos no Brasil.
6. Com relação a bacia hidrográfica amazônica, pode-se dizer que:
2. Assinale a alternativa que representa corretamente as áreas do Brasil em que os latossolos
ocorrem em grande extensão. (A) é formada por uma rede de drenagem modesta, com deficiências em alimentação e se
direciona para o oceano Atlântico.
(A) Na Amazônia, no Planalto Central e no domínio dos Mares e Morros. (B) constitui-se em grande parte de topografia plana de rochas cristalinas do pré-cambriano e
(B) Na Amazônia, no Planalto Central e no Sertão Nordestino. platôs de sedimentos quaternários.
(C) No Planalto Central, no Pantanal e no Sertão Nordestino. (C) o regime fluvial dominante é perene e dependente do escoamento superficial do planalto
(D) Nos Mares e Morros, na Amazônia e no Pantanal. brasileiro.
(E) No Sertão Nordestino, no Pantanal e no Planalto Central. (D) a maioria dos rios são intermitentes e dependentes do regime das chuvas de inverno.
(E) predomina a execução de grandes obras de geração de energia elétrica e de transposição
3. Com relação ao conceito de ecossistema, pode-se dizer que: de águas para atender o semi-árido.

(A) é um termo utilizado para delimitar áreas em estado de degradação ambiental. 7. As chamadas cidades do agronegócio no Brasil são cidades:
(B) é um termo oriundo da luta dos indígenas por territórios no Brasil.
(C) é um termo que vem da ecologia e compreende a idéia de sistema natural. (A) antigas que no passado serviram como ponto de comércio entre regiões brasileiras.
(D) é um termo utilizado na bolsa de valores para estipular preço aos recursos naturais. (B) localizadas em áreas metropolitanas que fornecem equipamentos técnicos para atividades
(E) é um termo utilizado no mapeamento de espécies nativas de determinado ponto do planeta. agrícolas.
(C) que surgiram do processo de expansão da fronteira agrícola e se especializaram em suprir
4. Sobre o processo de erosão dos solos no Brasil, pode-se afirmar que: demandas especificas do agronegócio.
(D) formadas em terras de grandes fazendas do agronegócio e voltadas para atender
(A) é basicamente oriundo da dinâmica global de aquecimento do planeta. diretamente as demandas regionais dos trabalhadores das fazendas.
(B) esta exclusivamente ligado ao desmatamento e expansão de atividades agrícolas. (E) que apresentam boa qualidade de vida, infraestrutura sanitária e equilibrada distribuição
(C) Surge a partir da ocupação e colonização das terras brasileira. de renda entre a população.
(D) é um movimento tectônico de acomodação de placas do continente americano.
(E) está relacionado à dinâmica da natureza e ação do homem.

Curso Preparatório Cidade | PROVAS DE CONHECIMENTOS GERAIS 2013/2014 15


8. Marque a alternativa correta.

De acordo com dados apresentados pela Comissão Pastoral da Terra (CPT) 2010, o número de
conflitos pela água no Brasil aumentou de 14 (tendo 14.352 pessoas envolvidas) em 2002 para 87
(tendo 197.210 pessoas envolvidas) em 2010. Diante desse fato, quais são os principais elementos
que estão no centro desses conflitos.

(A) A implantação do Programa de Exportação de água para outros países e restrições ao


aumento do consumo de água no Brasil.
(B) O racionamento de água em função do baixo nível dos reservatórios e o racionamento no
consumo de energia elétrica.
(C) O uso intensivo da água por parques produtivos de grandes empresas e disponibilização de
água sem o devido tratamento para a população de menor renda.
(D) Grandes obras de infraestrutura e expansão da fronteira agrícola.
(E) O desmatamento, o assoreamento dos rios e a implantação de grandes projetos de
pisicultura em áreas irrigadas.

GABARITO COMENTADO

1. Letra D
(E) Errada São Planícies, Planaltos e Depressões
(A) Errada São Planícies, Planaltos e Depressões

(B) Errada São Planícies, Planaltos e Depressões 2. Letra A


(C) Errada São Planícies, Planaltos e Depressões
(A) Certa O Latossolo está presente em todo o território brasileiro mas predomina nos domínios
(D) Certa De acordo com Jurandyr Ross, as unidades geomorfológicas são: Planaltos, Planícies e amazônico, mares de morros e no Planalto Central.
Depressões. O relevo brasileiro é composto por 11 planaltos, 11 depressões e 6 planícies, coforme
(B) Errada Não há Latossolo no sertão nordestino.
mapa abaixo:
(C) Errada Não há Latossolo no sertão nordestino.

(D) Errada Não há Latossolo no Pantanal em grandes extensões.

(E) Errada Não há Latossolo no sertão nordestino e não há Latossolo no Pantanal em grandes
extensões.

3. Letra C

(A) Errada Não delimita áreas com degradação ambiental.

(B) Errada Não tem relação com territórios de conflitos.

16 PROVAS DE CONHECIMENTOS GERAIS 2013/2014 | Curso Preparatório Cidade


(C) Certa Ecossistema refere-se a um ambiente natural que possui uma diversidade de seres vivos (C) Errada O regime de abastecimento de água da bacia amazônica é pluvial, fluvial e nival
(biocinese) compartilhando um espaço (biótopo). É um conceito que vem sendo discutido e (derretimento das geleiras dos Andes), não dependendo do escoamento de água do planalto
difundido pela ecologia. brasileiro.

(D) Errada Não possui relação com bolsas de valores. (D) Errada Grande parte dos rios são perenes por causa do elevado índice pluviométrico da região
amazônica (que se intensificam no verão).
(E) Errada Não é um termo utilizado para mapeamento de espécies nativas, visto que em um
ecossistema pode haver espécies exóticas. Além disso, não se refere- apenas a seres vivos, mas (E) Errada Não há qualquer projeto de transposição de águas para o Semi-árido.
também ao espaço.

7. Letra C
4. Letra E
(A) Errada Não há relação com as antigas cidades comerciais, estas, em sua maioria, são as zonas
(A) Errada O Aquecimento Global não tem relação direta com a erosão dos solos. mais urbanizadas da atualidade.
(B) Errada Não está exclusivamente ligado a esses dois fatores, embora sejam muito relevantes. (B) Errada As cidades do agronegócio são de porte médio e pequeno

(C) Errada Não surge a partir desse momento porque também há a erosão natural. (C) Certa As cidades do agronegócio se formam com o avanço da fronteira agrícola, se
especializando no atendimento das demandas necessárias para manutenção do sistema
(D) Errada Não é um movimento tectônico. empresarial agrícola. É muito importante não associarem desenvolvimento agrícola com grandes
(E) Certa O processo de erosão do solo ocorre naturalmente. O solo, também denominado de manto metrópoles.
intemperico, é resultado do processo de intemperismo de rochas. O principal fator externo de (D) Errada Formaram-se a partir de povoados e não de grandes fazendas
erosão do solo é a água. No entanto, o processo de erosão não ocorre apenas naturalmente, (E) Errada A boa qualidade de vida nessas cidades não é uma regra geral
mas também pela ação antrópica. O uso desenfreado do solo ea retirada da vegetação são um
dos fatores que causam erosão.
5. Letra A 8. Letra D

(A) Certa A Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste – SUDENE, foi criada pela lei 3.692 (A) Errada O Brasil não é exportador de água
de 15 de dezembro de 1959. O objetivo era intervir na região Nordeste para promover e
(B) Errada O Brasilnão passou por um processo de racionamento
coordenar o desenvolvimento da região.
(C) Errada O Brasil não possui conflitos em seus parques produtivos.
(B) Errada Não houve essa concentração regional a partir do Nordeste.
(D) Certa A construção de barragens e o avanço da fronteira agrícola de latifúndios são causas de
(C) Errada implantou no Brasil uma ampla política clientelista de combate a seca.
conflitos.
(D) Errada Não estava direcionado exclusivamente para obras hidráulicas.
(E) Errada Além disso, muito embora o assoreamento dos rios e o desmatamento gerem conflitos,
(E) Errada Não serviu como base para implementação do II Plano Nacional de Metas. a criação de peixes em áreas irrigadas não.

6. Letra B

(A) Errada A Bacia amazônica de forma alguma é modesta.

(B) Certa Possui grande parte de sua topografia plana compostas de rochas cristalinas do pré-
cambriano e platôs de sedimentos quaternários.

Curso Preparatório Cidade | PROVAS DE CONHECIMENTOS GERAIS 2013/2014 17


PROVAS DE CONHECIMENTOS GERAIS 2012/2013 verdadeira, e a letra F quando se tratar de afirmativa falsa. A seguir, assinale a alternativa que
apresenta a sequência correta.

GEOGRAFIA 1. ( ) No Brasil o setor secundário ultrapassou rapidamente o setor terciário.


2. ( ) Nos países Centrais, o campo se transformou ao mesmo tempo em que a cidade.
1. Em relação ao sistema produtivo da agricultura brasileira, analise as afirmativas abaixo colocando
3. ( ) Nos países Centrais, as cidades foram espaços de lutas intensas de movimentos sociais.
entre parênteses a letra V, quando se tratar de afirmativa verdadeira, e a letra F quando se tratar
de afirmativa falsa. A seguir, assinale a alternativa que apresenta a sequência correta. 4. ( ) A modernização do Campo Brasileiro antecedeu à industrialização.

1. ( ) O cultivo da cana-de-açúcar, em São Paulo e no Nordeste, utiliza técnicas modernas de (A) F–V- F–V
cultivo. (B) F–V–F–F
(C) V–F–F–F
2. ( ) A ocupação do Centro-Oeste deu-se através de explorações que privilegiavam a grande
(D) V–V–V–F
propriedade.
(E) F–F–V–V
3. ( ) A alta taxa de urbanização do Centro-Oeste é decorrente da forma de ocupação do campo.
4. ( ) O Nordeste, com os seus perímetros irrigados, conseguiu romper com as estruturas arcaicas
de produção. 4. A dinâmica do planeta Terra caracteriza-se por uma complexa rede de processos dinâmicos, onde
a energia solar constitui-se em um dos principais processos. Sobre esta dinâmica é correto afirmar
(A) V–V–V–F que:
(B) F–V–F–V
(C) V–F–V–F (A) nas altas latitudes ocorre uma maior insolação que nas baixas latitudes, o que é provocado
(D) F–F–V–V graças ao ar convectivo.
(E) F–V–V–F (B) ecossistemas, como os manguezais, são ecossistemas de extrema importância para a
manutenção do equilíbrio térmico dos oceanos, pois estão localizados nas faixas
continentais.
2. O planeta Terra é um corpo dinâmico e complexo onde atuam forças internas e forças externas. (C) a existência do ozônio molecular é essencial para a absorção da radiação eletromagnética
Com base nesta afirmação, pode-se admitir que: do sol.
(D) o índice de reflexão dos raios solares dos diferentes corpos terrestres é chamado de albedo
(A) a rigidez da crosta terrestre é apenas aparente, pois existem diversas rupturas que formam e é maior nos desertos do que em uma floresta latifoliada tropical.
as chamadas placas tectônicas. (E) o sistema de circulação primária é provocado essencialmente pelo calor absorvido no topo
(B) os movimentos das placas tectônicas são provocados por movimentos horizontais do da mesosfera.
magma no núcleo.
(C) as placas tectônicas possuem diversos movimentos, como o transcorrente que é
responsável pela formação das fossas abissais. 5. A elaboração do relevo terrestre pelos fenômenos exógenos é bastante complexa e pode possuir
(D) através dos movimentos de divergência entre duas placas tectônicas, estas formam as múltiplas associações entre processos físicos, químicos ou biológicos. Com relação a esta
fossas abissais e zonas orogênicas, como a Cordilheira dos Himalaias. afirmativa, assinale a alternativa correta.
(E) a deriva continental é o movimento que sempre afasta as massas continentais uma das
outras. (A) O intemperismo constitui-se no principal processo de degradação das rochas e a
meteorização química é o principal processo de agregação química dos minerais da rocha.
(B) Os processos de intemperismo agem de modo a produzir materiais para que os agentes
3. A urbanização brasileira diferencia-se, em vários aspectos, da urbanização dos países Centrais. externos como o vento ou a chuva os transporte e criem novas formas de modelado.
Analise as afirmativas abaixo colocando entre parênteses a letra V, quando se tratar de afirmativa

18 PROVAS DE CONHECIMENTOS GERAIS 2012/2013 | Curso Preparatório Cidade


(C) A ação dos agentes intempéricos em zonas frias é totalmente química, a exemplo da 2. ( ) Os regimes temporários ou intermitentes dos rios são comuns na região IV, onde é comum
crioclastia que age de forma a decompor as rochas ao infiltrar-se pelas diaclases ou falhas a presença de inúmeras espécies xeromórficas. Além disso, é possível perceber nestas paisagens,
das mesmas. imensas zonas de aplainamento.
(D) A meteorização física ocorre fortemente em ambientes úmidos e super-úmidos, pois a água 3. ( ) A Araucária Angustifolia predomina no domínio VI e é a principal espécie da floresta
é responsável direta pelo transporte de grandes quantidades de material. ombrófila densa, onde os rios são totalmente exorreicos e o intenso escoamento superficial produz
(E) A erosão, o transporte e a sedimentação são processos essenciais a dinâmica do planeta e forte erosão.
a água é o único agente capaz de carrear grandes quantidades de materiais como areias
4. ( ) A área central da figura, correspondente ao domínio II, possui extensas formações
ou cascalhos.
tabulares elevadas e divide grandes bacias fluviais como a do São Francisco e do Araguaia. É ocupada
hoje por extensas zonas de produção de commodities primarias como a soja.
6. O Geógrafo Azzis Nacib Ab’Saber foi responsável pela formulação da proposta dos Domínios 5. ( ) O regime nival sazonal é típico das bacias endorréicas que ocupam o domínio III. Em função
Morfoclimáticos (figura). A proposta agrega diferentes fatores responsáveis pela formação dos de sua posição atlântica, essa faixa de terras que se estende do nordeste ao sul do país é ocupada
grandes conjuntos de paisagem. por grandes extensões de florestas ombrófilas.

Analise as afirmativas abaixo colocando entre parênteses a letra V, quando se tratar de afirmativa (A) V–F–V–F–V
verdadeira, e a letra F quando se tratar de afirmativa falsa. A seguir, assinale a alternativa que (B) F–F–F–V–V
apresenta a sequência correta. (C) F–V–F–F–F
(D) F–V–F–V–F
(E) V–F–V–V–F

7. É consequência do atual processo de globalização:

(A) redução das distâncias entre países desenvolvidos e subdesenvolvidos.


(B) grande aumento da competição entre os lugares.
(C) possibilidades irrestritas ao meio técnico-científico-informacional.
(D) homogeneização das regiões e dos lugares.
(E) enfraquecimento generalizado dos Estados Nacionais.

8. O fenômeno da erosão é complexo e preocupa muitos estudiosos no mundo inteiro. Sua


gravidade e extensão tem aumentado cada vez mais e tem levado a perda de grandes áreas
agricultáveis. Com base nisso, é correto afirmar que:

(A) nas áreas florestais a formação da camada de húmus impede a erosão mecânica dos solos,
Fonte: Sene, 2a Ed, 480.
mas dificulta a infiltração da água, criando déficit hídrico.
1. ( ) A área I corresponde à região de terras sub-úmidas onde os regimes fluviais são (B) a desertificação pode ser definida como um fenômeno que provoca o empobrecimento e
essencialmente pluviais, bem como permite a formação de uma massa de ar quente e seca graças à perda dos solos e da biodiversidade e uma das áreas de ocorrência no Brasil é a depressão
zona de convergência intertropical. semiárida do Nordeste.

Curso Preparatório Cidade | PROVAS DE CONHECIMENTOS GERAIS 2012/2013 19


(C) o significado ecológico do solo e sua importância para economia são muito respeitados no 02. Letra A
Brasil, pois através deles são produzidas milhares de toneladas de grãos como a soja, que
é uma das principais commodities brasileiras. Letra (A) Correta: O texto seria melhor redigido se fosse: “ a rigidez da crosta é apenas aparente,
(D) as práticas, como o plantio em curvas de nível e a rotação de culturas, são responsáveis pois existem diversas rupturas que ajudam/contribuem para formar aas chamadas placas
pela concentração dos escoamentos superficiais; consequentemente ocorre aumento da tectônicas”.
remoção de partículas do solo.
Letra (B) Errada: Os movimentos das placas são provocados por movimentos verticais
(E) nas áreas de florestas equatoriais a água, que se concentra nas folhas das copas das
provenientes do núcleo.
árvores, cai de forma abrupta, provocando erosão superficial acelerada.
Letra (C) Errada: O movimento transcorrente está relacionada ao fundo marinho.

GABARITO COMENTADO Letra (D) Errada: Na realidade o Himalaia é decorrente de um movimento convergente das placas
tectônicas.

01. Letra E Letra (E) Errada: a deriva continental também pode aproximar placas tectônica, a palavra SEMPRE
torna a opção falsa.
Letra (A) Errada: Item bastante controverso haja vista que a alternativa I afirma: “O cultivo de
cana de açúcar, em SP e no Nordeste, utiliza técnicas modernas de cultivo”. O gabarito oficial deu
03. Letra B
como (F). Resta-nos apenas uma interpretação que está longe de está ligada a Geografia e sim a
Português. Ocorreu uma generalização, ou seja, no Nordeste indica que seria na sua totalidade,
Letra (A) Errada: A quarta alternativa é falsa, pois a industrialização antecedeu a modernização
nos nove estados. Faz-se importante destacar que a região Nordeste apresenta cinturões de cana
do campo, que em se tratando de Brasil teve sua gênese na década de 1960, já a industrialização
de açúcar com técnicas modernas extremamente relevantes para a produção açucareira do país.
teve seu primeiro surto no final do século XIX com os barões do café.
Letra (B) Errada: A terceira alternativa: “A alta taxa de urbanização do Centro- Oeste é decorrente
Letra (B) Correta: Lembrando que muitos candidatos marcaram a segunda alternativa como
da forma de ocupação do campo”. Gabarito oficial (V ). A concentração fundiária junto com a
falsa: “Nos países Centrais o campo se transformou ao mesmo tempo em que a cidade”.
mecanização promoveu um êxodo rural bastante intenso o que contribui para alta taxa de
Primeiramente trata-se dos países do NORTE/DESENVOLVIDOS, a banca não entra no mérito do
urbanização, sendo a 2° do país, com base nos dados do IBGE de 2006.
tipo de transformação daí a indução ao erro.
Letra (C) Errada: A segunda alternativa: “A ocupação do Centro-Oeste deu-se através de
Letra (C) Errada: A alternativa I está falsa na medida que o setor secundário ultrapassou o setor
explorações que privilegiavam a grande propriedade”. Desde a Marcha para o Oeste realizada no
terciário, na realidade foi o contrário, lembrando que historicamente o primário era o majoritário, tal
governo Getúlio Vargas ocorreu com base em grandes propriedades. A alternativa coloca como falso,
mudança nos setores da PEA ( População Economicamente Ativa) reflete a mudança do Brasil agrário-
porém não existe qualquer tipo de inconformidade quanto as grandes propriedades, lembrando que
rural para urbano industrial.
até hoje o Centro-Oeste é considerado como “Nova fronteira agrícola”.
Letra (D) Errada: A alternativa I está falsa na medida que o setor secundário ultrapassou o setor
Letra (D) Errada: A segunda alternativa: “A ocupação do Centro-Oeste deu-se através de
terciário, na realidade foi o contrário, lembrando que historicamente o primário era o majoritário, tal
explorações que privilegiavam a grande propriedade”. Desde a Marcha para o Oeste realizada no
mudança nos setores da PEA ( População Economicamente Ativa) reflete a mudança do Brasil agrário-
governo Getúlio Vargas ocorreu com base em grandes propriedades. A alternativa coloca como falso,
rural para urbano industrial. A quarta alternativa é falsa, pois a industrialização antecedeu a
porém não existe qualquer tipo de inconformidade quanto as grandes propriedades, lembrando que
modernização do campo, que em se tratando de Brasil teve sua gênese na década de 1960, já a
até hoje o Centro-Oeste é considerado como “Nova fronteira agrícola”.
industrialização teve seu primeiro surto no final do século XIX com os barões do café.
Letra (E) Correta: Na quarta alternativa: “ O Nordeste, com seus perímetros irrigados, conseguiu
Letra (E) Errada: Essa opção apresenta terceira alternativa como sendo verdadeira: “Nos países
romper com as estruturas arcaicas de produção”. Sem qualquer dúvida (F ), pois as estruturas
Centrais, as cidades foram espaços de lutas intensas de movimentos sociais”. Os movimentos sociais
arcaicas de produção permanecem presentes principalmente no Sertão e Agreste e em menor porção
em se tratando de países desenvolvidos são recentes e vinculados aos direitos das mulheres e ao
na Zona da Mata.

20 PROVAS DE CONHECIMENTOS GERAIS 2012/2013 | Curso Preparatório Cidade


meio ambiente, porém principalmente em se tratando de questões ambientais o espaço de 06. Letra D
manifestação se era nas cidades.
Letra (A) Errada: A alternativa 1, relacionada a área 1, está falsa. A massa de ar formada na
Amazônia é quente e úmida. Embora seja continental não apresenta a característica de ser SECA,
04. Letra D
pois ganha umidade proveniente da evaporação dos oceanos Atlântico e Pacífico, afluentes e
subafluentes do Amazonas, além da intensa evapotranspiração do solo e plantas.
Letra (A) Errada: A maior insolação da Terra ocorre nas BAIXAS latitudes.
Letra (B) Errada: O Brasil não apresenta rios com padrão de drenagem endorréico, como é
Letra (B) Errada: Os manguezais são nichos ecológicos, ou seja, grosso modo local da reprodução
apresentado na quinta alternativa, portanto a mesma é gabaritada como sendo FALSA e não
de uma série de espécies. Os mangues correspondem a uma característica vegetativa que se
verdadeira como apresentado na letra B.
apresenta em áreas costeiras, compreende uma faixa de transição entre aspectos terrestres e
marinhos, esse tipo de cobertura vegetal se estabelece em lugares no qual predominam o clima Letra (C) Errada: A quarta alternativa é tida como VERDADEIRA e não FALSA como apresenta o
tropical e subtropical. Portanto, não como associá-los ao equilíbrio térmico dinâmico dos oceanos. gabarito. O Cerrado também conhecido como berço das águas, realmente, apresenta-se como sendo
um divisor d’águas de três grandes bacias hidrográficas: Amazonas, Platina e São Francisco.
Letra (C) Errada: A camada de ozônio já apresentava rarefações desde final do século XIX, a
questão do CFC destruí-la está vinculada mais a questão econômica se substituição dos gases nos Letra (D) Correta: Sequência correta, não inconformidades.
sistemas de refrigeração mundial. Sugiro a leitura do livro A fraude do aquecimento global: como um
Letra (E) Errada: A terceira alternativa é FALSA, pois a Araucária Angustifoliada não é
fenômeno natural foi convertido numa falsa emergência mundial , do geólogo Geraldo Luís Lino,
predominante no Domínio dos Pampas, ou Pradarias, as quais são caracterizadas por serem
membro do conselho editorial deste Alerta.
herbáceas.
Letra (D) Correta: O albedo enquanto índice de reflexão será maior em superfícies claras do que
escuras. 07. Letra B
Letra (E) Errada: O sistema de circulação primária está vinculada a atmosfera como um todo e
também pela circulação dos oceanos. Portanto, não somente pela mesosfera. Letra (A) Errada: A opção é tida como errada pois a banca usou o português para induzir os
candidatos ao erro, pois o sentido de “ redução das distancias” deixou o candidato na dúvida se era
no sentido denotativo ou conotativo? R: A banca usou a denotação, fugindo da geografia, pois em
05. Letra B
vários aspectos a globalização reduziu as distancias entre desenvolvidos e subdesenvolvidos, como
por exemplo, na telecomunicação, economia (crise na Europa surgimento dos emergentes, Brasil 6°
Letra (A) Errada: O intemperismo promove o processo de DESAGRAGAÇÃO química dos minerais
PIB).
das rochas.
Letra (B) Correta: A globalização aumentou a concorrência entre os territórios, porém esses são
Letra (B) Correta: Os três tipos básicos de intemperismo supracitados, porém com ouras palavras:
formados pelos lugares.
Químico (hidrólise), físico ( radiação e vento) e biológico ( animais).
Letra (C) Errada: A globalização não proporciona possibilidades irrestritas a era do conhecimento,
Letra (C) Errada: A ação do intemperismo em zonas frias ocorre das três formas possíveis,
pelo contrário se analisarmos, por exemplo, a índia percebemos o processo de globalização foi
portanto não é TOTALMENTE químico.
extremamente benéfico no desenvolvimento de tecnopolos e consequentemente a TI-T ecnologia da
Letra (D) Errada: A metereorização física ocorre sobretudo em clima áridos e semiáridos. Informação naquele país.

Letra (E) Errada: A água NÃO é o ÚNICO agente capaz de carrear grandes quantidades de Letra (D) Errada: Mesmo com o crescente avanço da cultura de massa, é incorreto afirma a
materiais, pois a ação do vento também é capaz de promover o transporte. respeito da homogeneização das regiões, uma vez que várias culturas ainda tentam manter suas
tradições, como, por exemplo, os índios brasileiros, os monges tibetanos, tribos africanas, nômades
mongóis, aborígenes na Austrália etc.

Curso Preparatório Cidade | PROVAS DE CONHECIMENTOS GERAIS 2012/2013 21


Letra (E) Errada: A globalização prega o livre comércio, porém em alguns países como, por PROVAS DE CONHECIMENTOS GERAIS 2011/2012
exemplo, China e Venezuela percebe-se o fortalecimento do Estado e não seu ENFRAQUECIMENTO.

GEOGRAFIA
08. Letra B

1. Analise as afirmativas abaixo, colocando entre parênteses a letra “V”, quando se tratar de
Letra (A) Errada: A camada de húmus NÃO impede a erosão mecânica dos solos.
afirmativa verdadeira, e a letra “F” quando a afirmativa for falsa. A seguir, assinale a alternativa
Letra (B) Correta: A desertificação promove a infertilidade dos solos. que apresenta a sequência correta.

Letra (C) Errada: A importância dos solo são POUCO respeitadas no Brasil, os crimes ambientais
1. ( ) O Brasil, com mais de 8 milhões de km², é o quinto maior país do mundo em extensão
no Brasil geram multas que na prática não são pagas.
territorial contínua.
Letra (D) Errada: As práticas, como plantio em curvas de nível e a rotação de cultura, 2. ( ) A grande extensão territorial brasileira o coloca em uma posição favorável às relações com
principalmente, as curvas de nível, são responsáveis pelo aumento da infiltração das águas no solo, os demais países da América do Sul.
portanto promovem menos escoamento superficial, o que na prática diminui remoção de sedimentos.
3. ( ) Atualmente o Brasil possui três fusos horários. Comparando os pontos extremos, quando
Letra (E) Errada: As chuvas NÃO provocam erosão nas florestas equatoriais, pois a floresta está Rio Branco (AC) assinala 10 horas, em Brasília (DF) são 11 horas e no arquipélago de Fernando de
lá porque chove e não o contrário , chove porque tem floresta como indica o senso comum. A Noronha (PE), 12 horas.
cobertura vegetal protege o solo de erosões. 4. ( ) Apesar das suas grandes dimensões, o território brasileiro apresenta uma forma irregular,
pois se alarga na porção meridional e se estreita na porção setentrional.

(A) F–V–V–F
(B) F–V–F–F
(C) V–F–V–V
(D) V–V–F–V
(E) V–F–F–V

2. Analise as afirmativas abaixo, sobre as características do MERCOSUL, colocando entre parênteses


a letra “V”, quando se tratar de afirmativa verdadeira, e a letra “F” quando a afirmativa for falsa.
A seguir, assinale a alternativa que apresenta a sequência correta.

1. ( ) São Parceiros do Brasil no Mercosul: Argentina, Paraguai, Uruguai, Chile e Venezuela.


2. ( ) O Brasil apresenta vantagens em relação aos outros parceiros, uma vez que sua economia
possui grande capacidade instalada para atender o Mercosul.
3. ( ) O Mercosul tem como objetivo integrar política, social e economicamente os países
membros, por meio de medidas sócioeducativas, incentivando todos os tipos de trocas possíveis.
4. ( ) O Mercosul tem como objetivo buscar estabelecer uma tarifa externa comum que é, na
realidade, um conjunto de tarifas que incidem sobre as importações realizadas pelos países-membros
do bloco.

22 PROVAS DE CONHECIMENTOS GERAIS 2011/2012 | Curso Preparatório Cidade


(A) F–V–V–F (D) A participação crescente do setor privado, por meio de concessões estatais, em atividades
(B) V–V–F–V de exploração de trechos de rodovias estaduais e federais.
(C) F–V–F–V (E) A extinção do monopólio estatal nos setores de transportes tecnologicamente mais
(D) F–V–V–V avançados, a exemplo dos gasodutos e oleodutos
(E) V–F–F–V

6. Sobre a população brasileira, é correto afirmar:


3. Em relação à indústria brasileira do século XXI, pode-se afirmar:
(A) A população absoluta do Brasil e sua grande extensão territorial permite-nos classificar o
(A) As atividades desenvolvidas nos pólos tecnológicos independem dos outros setores da País como povoado, porém pouco populoso.
economia. (B) A região Centro-Oeste tem sido um lugar de partida de grandes movimentos migratórios.
(B) Desenvolveu-se a partir dos investimentos do capital internacional, que investiu em Isto, sem dúvida, está associado à desigualdade na distribuição de renda.
transportes, energia e comunicação. (C) Os movimentos migratórios têm se reduzido em direção à região Sudeste. No Nordeste este
(C) O Governo Federal iniciou a implantação de medidas para descentralizar os investimentos movimento caracterizou-se mais pelo seu caráter intra-regional.
públicos e privados, de infraestrutura e investimentos fiscais. (D) O dinamismo atual da nossa industrialização foi capaz de resolver o problema de demanda
(D) Houve um forte intervencionismo do Estado, como forma de superar as dificuldades do de emprego, além de significar um importante fator de redistribuição da população entre
empresariado nacional para a realização de investimentos no setor produtivo. os diferentes setores da nossa economia.
(E) No País foram criados vários pólos tecnológicos que concentram atividades de pesquisa e (E) A partir de meados da década de 1980, a população urbana passa a ser mais numerosa
desenvolvimento de tecnologia de ponta, o apoio governamental foi fundamental para este que a população rural, em razão do processo de industrialização que se acentua desde o
acontecimento. final da década de 1960, provocando mudanças do campo para a cidade.

4. As grandes cidades apresentam uma grande densidade de construções urbanas, especialmente 7. Em relação às fontes de energia no Brasil podemos afirmar:
nas suas áreas centrais. Essa concentração de equipamentos urbanos reflete-se na temperatura,
correspondendo ao fenômeno denominado: (A) As regiões Sudeste e Sul juntas participam com quase 75% da produção e 30% do consumo
total de energia elétrica.
(A) Massa de ar (B) O petróleo, devido a opção pelo transporte rodoviário, transformou-se em insumo
(B) Efeito estufa energético fundamental para a economia.
(C) Ilha-de-calor (C) O programa nuclear, para atender às necessidades de ampliação da base industrial, instalou
(D) Inversão térmica suas usinas em diferentes pontos do território.
(E) e Aquecimento global (D) O aproveitamento dos nossos rios de planalto é de aproximadamente 92%, donde se
conclui que o Brasil deve buscar outras fontes energéticas, como as nucleares e as
alternativas.
5. O setor de transporte brasileiro tem passado por mudanças significativas. Pode-se afirmar que a
(E) O carvão mineral é uma importante fonte de energia, sendo que as principais vantagens
alternativa que reflete esta mudança é:
das jazidas brasileiras são os baixos custos de produção, porém, tais recursos são
insuficientes para atender a demanda interna.
(A) O crescente investimento do Estado visando a recuperação e manutenção da infraestrutura
do setor de transportes.
(B) A exclusão da participação do setor privado em atividades de exploração de trechos de 8. Em relação às planícies brasileiras, pode-se afirmar:
rodovias e ferrovias federais.
(C) A privatização do sistema hidroviário, mediante transferências ou concessões à iniciativa (A) Correspondem a 59% do território, sendo que os planaltos, ocupam os 41% restantes.
privada de sua estrutura operacional.

Curso Preparatório Cidade | PROVAS DE CONHECIMENTOS GERAIS 2011/2012 23


(B) São formadas por estruturas geológicas antigas do período terciário e quaternário 2. Possui grande diversidade de espécies vegetais e animais.
(cenozóico). Seu clima característico é o tropical, apresenta três
(C) Ocupam extensões menores que os planaltos, apesar da sua grande expressão na extratos: mata de igapó, várzea e terra firme.
Amazônia. 3. Apresenta árvores e arbustos baixos coexistindo com
(D) Equivalem em área aos planaltos, pois as áreas classificadas como depressões, fazem parte gramíneas. Existem, no entanto, outras fisionomias que
do conjunto das planícies. vão de campos limpos até formações arbóreas. Abriga
(E) São consideradas superfícies nas quais predominam o processo de desgaste, e uma importante biodiversidade e apresenta grande
consequentemente são as áreas mais baixas do território. quantidade de espécies endêmicas ainda pouco
conhecidas.
4. É uma formação bastante heterogênea e apresenta
9. Em relação às características da divisão das regiões geoeconômicas brasileiras, analise as
grande variedade de espécies. Sua vegetação é xerófila,
afirmativas abaixo e, em seguida, assinale a alternativa correta.
na qual predominam arbustos caducifólios e espinhosos.
No verão, em razão da ocorrência de chuvas brotam folhas
I. É dividida em 3 regiões: Amazônica, Nordeste e Centro-Sul, os critérios dessa divisão seriam verdes e flores.
os processos socioeconômicos de cada porção do território e de acordo com esse critério, os
limites entre essas regiões não obedecem aos limites políticos-administrativos dos estados. (A) 2 - 4 - 1
II. Além de considerar os aspectos históricos e socioeconômicos, considera também o conceito (B) 3 - 2 - 1
de região natural e para facilitar o planejamento regional, assim como as regiões do IBGE, (C) 3 - 4 - 2
obedecem aos limites político administrativos dos estados. (D) 3 - 4 - 1
III. Foram criadas pelo geógrafo Pedro Pinchas Geiger, no final do século XX, dividiu o Brasil em (E) 4 - 3 - 2
três regiões: Amazônia, Nordeste e Centro-Sul, de acordo com o meio técnico - científico
informacional que cada uma delas apresentava. Esse critério leva em consideração o
desenvolvimento da técnica, da ciência e da informação. GABARITO COMENTADO

(A) somente I está correta


06. Letra A
(B) somente II está correta
(C) somente III está correta
A opção A deve ser considerada pois mostra a sequência correta: F-V-V-F. A quarta afirmativa está
(D) somente I e II estão corretas
errada pois o Brasil é uma país continental justamente por se alargar na porção setentrional (norte)
(E) somente I e III estão corretas
e estreitar na porção meridional (sul). Quanto ao critério utilizado de terras contínuas, o Brasil é o
4º país do mundo em extensão com 1,6% da superfície terrestre (massas sólidas e líquidas) e 5,7
10. Numere a coluna da direita em conformidade com a da esquerda e, a seguir, assinale a alternativa % das terras situadas acima do nível do mar. O Brasil possui 3 fusos desde um decreto assinado pelo
que apresenta a sequência encontrada. ex- presidente Lula. O horário oficial de Brasília (2º FUSO de leste para oeste). Por exemplo: Brasília
está adiantada em uma hora em relação ao Rio Branco (AC) e está uma hora atrasado em relação à
Fernando de Noronha.
1. É um dos biomas mais importantes para a preservação da 1. ( ) Cerrado
biodiversidade brasileira e mundial. É uma formação 2. ( ) Caatinga
vegetal densa com árvores altas em setores mais baixos 07. Letra C
3. ( ) Mata Atlântica
do relevo.
A opção C deve ser considerada pois mostra a sequência correta: F-V-F-V. A primeira afirmativa está
errada pois Chile e Venezuela não são integrantes. A Venezuela encontra-se em processo de adesão
ao bloco. Quanto a terceira afirmativa, o erro é a integração política colocada como objetivo.

24 PROVAS DE CONHECIMENTOS GERAIS 2011/2012 | Curso Preparatório Cidade


08. Letra E Com relação a opção a. São grandes porções de ar que apresentam condições internas de
temperatura, pressão e umidade relativamente homogêneas, influenciadas pela região onde são
A opção E deve ser considerada pois quando há pesquisa de universidades e várias instituições formadas.
colaboradoras à serviço do interesse industrial em um mesmo espaço geográfico forma-se o Com relação a opção b. Os gases presentes em excesso na atmosfera, principalmente o dióxido
tecnopólo. No Brasil, o município de São José dos Campos, localizado no Vale do Paraíba, é um de carbono (CO2), permitem a passagem da luz solar, mas bloqueiam a irradiação do calor da Terra,
importante tecnopólo de material bélico, metalúrgico e sede do maior complexo aeroespacial da impedindo-o de voltar ao espaço, podendo provocar o aumento médio da temperatura da Terra.
América Latina. É composto pelo Centro Técnico Espacial (CTA), pelo Instituto Nacional de Pesquisas Algumas previsões indicam que a temperatura da Terra pode subir 5,8oC no decorrer do século XXI
Espaciais (INPE), pelo Instituto de Estudos Avançados (IEAV – Do Departamento de Ciência e (COELHO, Marcos Amorim. Geografia do Brasil, 2005, Moderna. P. 352.).
Tecnologia Aeroespacial, Ministério da Defesa), pelo Instituto de Aeronáutica e Espaço (IAE) e pelo
Com relação a opção d. Trata-se um fenômeno atmosférico comum nos grandes centros urbanos
Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA). Nessa região, estão instaladas também multinacionais,
industrializados, principalmente naqueles localizados em áreas cercadas por serras ou montanhas.
como Philips, Panasonic, Johnson & Johnson, General Motors (GM), Petrobrás, Ericsson, Monsanto,
Este processo ocorre quando o ar frio (mais denso) é impedido de circular por uma camada de ar
a sede da Embraer, entre outras. Existe tecnopólo também em Campinas.
quente (menos denso), provocando uma alteração na temperatura.
Com relação a opção a. Os pólos tecnológicos e o desenvolvimento industrial em si sempre
Com relação a opção e. Aquecimento global - é uma conseqüência das alterações climáticas
dependerá da integração dos setores produtivos: setor primário, secundário, terciário e quaternário.
ocorridas no planeta. Consta que a temperatura média da Terra sofreu uma elevação de 0,6%
Com relação a opção b. O capital internacional não foi canalizado para investimentos na infra- (COELHO, Marcos Amorim. Geografia do Brasil, 2005, Moderna. P. 352.).
estrutura como estradas, portos e aeroportos, produção e linhas de transmissão de energia, mais no
estabelecimento de indústrias (exemplo: as indústrias automobilísticas) e empresas multinacionais.
10. Letra D
Com relação a opção c. Apesar dos investimentos no PAC, considerou-se esta opção falsa, pois o
Governo Federal não iniciou as medidas citadas na opção no século XXI e sim deu continuidade às
A opção D deve ser considerada pois o atual governo brasileiro herdou um problema antigo que
políticas do século XX.
começou quando a infra-estrutura rodoviária foi duramente atingida pelo declínio geral dos
Com relação a opção d. Não houve um forte intervencionismo de Estado, tal modelo é investimentos públicos. Até meados dos anos 80, o Fundo Rodoviário Nacional era a mais importante
característico do governo de Getúlio Vargas. Quando se trata de investimento em Ciência e fonte de recursos para financiar investimentos na malha rodoviária. Após sua extinção em 1988, não
Tecnologia o governo federal arca com cerca de 80%. Entretanto quando falamos de investimentos foram criadas alternativas de financiamento sustentado sequer para os trabalhos rotineiros de
produtivos a carga maior fica com o setor privado. Um exemplo disso foi a medida utilizada pelo conservação. A Lei federal n. 9.277/96, por seu turno, permitiu delegar a exploração de rodovias
governo federal por ocasião da crise de 2009 quando a “única” intervenção foi a redução de IPI federais, para efeito de concessão pelos Estados, no âmbito de uma diretriz de descentralização. O
(Imposto sobre Produtos Industrializados) para o aumento das vendas no setor automotivo e da Estado de SP é o campeão em número de concessões estatais.
chamada indústria branca. . Em 2000 os gastos em Ciência e Tecnologia (C&T) corresponderam a
Com relação a opção a. Não há um crescente investimento do Estado visando a recuperação e
0,7% do PIB nacional (COELHO, Marcos A. TERRA, Lygia. Geografia do Brasil. 5ª Ed. São Paulo).
manutenção da infraestrutura do setor de transportes.
Com relação a opção b. Não há uma exclusão e sim uma participação gradativa do setor privado,
09. Letra C ainda que modestada. A partir de 1995, foram feitas privatizações de rodovias por meio de
concessões, a iniciativa privada já controla 10 mil quilômetros de estradas estaduais e federais.
A opção C deve ser considerada pois mostra o fenômeno que realmente depende das construções
Com relação a opção c. Embora que desde agosto de 1995, a navegação costeira ou de cabotagem
urbanas (é muito comum ocorrer nos centros das cidades) para ativar uma mudança localizada de
deixou de ser monopólio do governo federal, uma vez que o Congresso Nacional aprovou emenda a
temperatura gerando um desconforto em seus habitantes. Concluindo ilhas de calor é o nome que
Constituição Brasileira em 1988 que permite a participação de empresas estrangeiras na navegação
se dá para o aumento da temperatura em áreas centrais urbanas (arranha-céus, muito concreto,
costeira e na do interior. A privatização do sistema hidroviário vem se processando paulatinamente
asfalto entre outros diminuindo a capacidade de reflexão das luzes solares) em relação às áreas de
por meio do arrendamento das instalações e operações de serviços. Mas não houve mudança
maior arborização ou circulação de ar ao redor.
significativa. Segundo Marcos Amorim Coelho, 2005 na navegação de longa distância, mesmo com

Curso Preparatório Cidade | PROVAS DE CONHECIMENTOS GERAIS 2011/2012 25


as privatizações, o setor portuário está longe de ser um exemplo de eficiência, tecnologia e Com relação a opção c. A produção de energia nuclear está concentrada em Angra dos Reis, no
informatização. Rio de Janeiro.
Com relação a opção e. As privatizações no transporte brasileiro foram mais significativas para o Com relação a opção d. A energia nuclear não é a melhor opção para um país que possui grande
rodoviário do que para qualquer outro meio. Os gasodutos e oleodutos, por exemplo, é uma potencial hidrelétrico como o Brasil, e ainda, o aproveitamento hidrelétrico, também chamado de
representação pequena em relação a importância das significativas mudanças ocorridas no transporte potencial instalado estava em torno de 25%, diz Eustáquio de Sene (2011).
rodoviário. Com relação a opção e. O carvão mineral possui altos custos de produção e, no Brasil, ele
realmente é de baixo teor calórico (pouco coqueificável) o que torna um pouco mais onerosa a
11. Letra C produção.

A opção C deve ser considerada pois revela que os movimentos migratórios são dinâmicos. O fator 13. Letra C
da deseconomia de escala com a estabilização econômica e políticas de distribuição de renda
mostram que a região sudeste atrai pessoas mas não mais de forma acentuada como foi nas décadas A opção C deve ser considerada pois a história geológica do relevo brasileiro permite afirmar que
de 60, 70, e 80 do século XX. Vêm se reduzindo o movimento migratório para o Sudeste. Atualmente, por meio da ação dos agentes endógenos e de agentes exógenos principalmente o clima fez com
o que predomina no Nordeste e mesmo em outras regiões é o caráter intrarregional (migrações de que o tempo se encarregasse de posicionar grandes extensões de planaltos e que áreas mais
cidades pequenas para médias cidades de dentro da própria região definida pelo IBGE). alagadiças como o rio Amazonas e pantanal ocupassem planícies. Na proposta de Jurandyr L. Ross,
Com relação a opção a. O Brasil, na verdade, é classificado como um país populoso e pouco as planícies ocupam, relativamente aos planaltos e as depressões, pequena superfície. (COELHO,
povoado com uma população absoluta de densidade demográfica de 21,608, segundo os dados Marcos A. TERRA, Lygia. Geografia do Brasil. 5ª Ed. São Paulo. Pag. 78). Com relação a opção a.
estatísticos do IBGE de 2007*. Portanto, lembramos aqui que o povoamento de um lugar está Segundo a classificação do relevo de Jurandyr L. Ross, as unidades de planalto são em número de
relacionado com a densidade demográfica que é o número de habitantes pela área. onze e abrangem a maior parte do território brasileiro. (COELHO, Marcos A. TERRA, Lygia. Geografia
Com relação a opção b. Segundo Marcos Amorim Coelho (2005) “os principais fluxos migratórios, do Brasil. 5ª Ed. São Paulo. Pag. 78).
que se dirigiam em geral para o Sudeste, cada vez mais dirigem-se às regiões Norte e Centro-Oeste. Com relação a opção b. As unidades das planícies correspondem às áreas de relevo essencialmente
Entre 1960 e 1999, as maiores taxas de crescimento populacional estavam exatamente nestas plano, formadas pela deposição recente de sedimentos de origem marinha, fluvial e lacustre.
regiões. Com relação a opção d. As unidades das depressões relativas continentais foram geradas por
Com relação a opção d. A indústria não vêm conseguido suprir a demanda por emprego, aliás é processos erosivos ocorridos no contato das extremidades das bacias sedimentares com maciços
cada vez mais comum a geração da maior parte de empregos no setor terciário de uma economia antigos. Esses processos erosivos originaram os diferentes tipos de depressões existentes no
em crescimento como é a economia dos países emergentes. território brasileiro: periféricas, marginais, interplanálticas e outras. (COELHO, Marcos A. TERRA,
Com relação a opção e. Segundo Marcos Amorim Coelho (2005) “o processo de urbanização Lygia. Geografia do Brasil. 5ª Ed. São Paulo. Pag. 78)
ganhou intensidade a partir da década de 1950. Com relação a opção e. nas planícies o processo de deposição é maior que processo erosivo, por
isso é menor o desgaste.

12. Letra B
14. Letra D
A opção B deve ser considerada pois revela como o sistema de transporte brasileiro implantado
determinou como consequência lógica o petróleo como importante fonte de energia, inclusive por A opção A deve ser considerada pois mostra que apenas a 1ª afirmação é correta pois informa em
produzir derivados como gasolina e óleo diesel que é o combustível usado pela maioria esmagadora que condições foi criada os complexos regionais: Centro-Sul, Nordeste e Amazônica. Aqui prevalece
dos transportes de cargas. os critérios socioeconômicos dentro do contexto urbano industrial vivenciado pelo Brasil. É uma crítica
Com relação a opção a. A Região Sudeste é a maior produtora e maior consumidora de Energia a divisão regional do IBGE: Norte, Nordeste, Sul, Sudeste e Centro-Oeste.
elétrica. Responsável pelo consumo de mais de 60% da energia consumida no país. A área também Com relação a opção b. Na divisão de complexos regionais, ao contrário do que ocorre com a do
concentra 70% do potencial gerador nacional. IBGE, os limites das regiões não coincidem com os dos estados. Significa que um estado pode ter

26 PROVAS DE CONHECIMENTOS GERAIS 2011/2012 | Curso Preparatório Cidade


parte do seu território em uma região e parte em outra. É o caso do Maranhão e de Minas Gerais, PROVAS DE CONHECIMENTOS GERAIS 2010/2011
por exemplo.
Fonte: COELHO, Marcos A. TERRA, Lygia. Geografia do Brasil. 5ª Ed. São Paulo. Pag. 130.
GEOGRAFIA
Com relação a opção c. a opção c revela uma divisão que privilegia um critério de difusão da
informação, este foi criado por Milton Santos que dá sentido ao termo região concentrada. Ela permite 1. Sobre a produção de energia no Brasil, analise as afirmativas e, a seguir, assinale a alternativa
entender o Brasil em forma de redes geográficas. correta.
Com relação a opção d e opção e. Como só a primeira está certa, estas são logo descartáveis.
I. A concentração de hidroelétricas na região Centro-Oeste ocorreu pela forte demanda da
fronteira agrícola.
15. Letra D II. O esgotamento de possibilidades de construção de grandes hidroelétricas na região Sudeste
levou a uma mudança para modelos menores.
é a única que indica a sequência correta de acordo com as características apresentadas. Nessa
III. As termoelétricas hoje existentes funcionam com matrizes energéticas como o carvão e gás
questão o candidato deve ficar atento às informações do texto. Portanto, mata de igapó, mata de
natural.
várzea e terra firme (Caaetê) são os grandes conjuntos de vegetações amazônicas para os quais não
há opção na coluna da direita. Quando no item 3 apresenta a fisionomia vegetal varia de campos IV. Os chamados biocombustíveis tem sua matriz em programas anteriores como o Pró-álcool
limpos até formações arbóreas e abriga biodiversidade, isto só pode se referir ao cerrado.Outra criado em 1975.
informação importante está no item 4 quando que diz: “sua vegetação é xerófila”. Ou seja, específica
do clima semi-árido do Sertão Nordestino. (A) Somente II está correta.
(B) Somente IV está correta.
(C) Somente I e IV estão corretas.
(D) Somente II, III, IV estão corretas.
(E) Todas estão corretas.

2. Considera-se característica histórica da urbanização brasileira:

(A) um processo que se ampara na Teoria das Localidades Centrais.


(B) cidades interioranas que nasceram a partir de necessidades administrativas
(C) aglomerações que sempre se basearam na exploração de matas e florestas.
(D) cidades que se voltavam muito mais para o exterior do que para o território nacional
(E) localizações que buscaram a integração nacional como forma de defesa do território.

3. Pode-se associar ao desenvolvimento capitalista no campo brasileiro a (o):

(A) destruição e recriação do trabalho camponês.


(B) formação de agrovilas nas fronteiras agrícolas.
(C) a reversão da direção dos movimentos migratórios.
(D) transformação irreversível do camponês em “bóia-fria”.
(E) desaparecimento do minifúndio e da pequena propriedade.

Curso Preparatório Cidade | PROVAS DE CONHECIMENTOS GERAIS 2010/2011 27


4. O consumo setorial de energia no caso brasileiro é de 40% para o setor industrial e cerca de (B) As áreas ocupadas anteriormente por Florestas Ombófila densa, possuem espessos mantos
20% para o setor de transportes. Sobre as questões energéticas no Brasil, analise as afirmativas de alteração que associados a forma de ocupação criam zonas de falhas.
abaixo, colocando entre parêntese a letra “V”, quando se tratar de afirmativa verdadeira, e a (C) O elevado aumento dos totais pluviométricos anuais é o responsável pelas catástrofes
letra “F”, quando se tratar de afirmativa falsa. A seguir, assinale a alternativa que apresenta a urbanas no Brasil.
sequência correta. (D) O domínio morfoclimático dos Mares de Morros apresentam maior suscetibilidade a
desastres naturais dadas as suas características morfoestruturais.
1. ( ) O potencial hidroelétrico pode ser explorado indefinidamente, pois esta forma de energia é (E) A zona costeira é uma área de anteparo as intempéries climáticas, portanto recebe o
totalmente sustentável e existem muitas bacias hidrográficas inexploradas. impacto direto das massas de ar.
2. ( ) O etanol e o biodiesel, substituirão em curto prazo as demais fontes de energia,
especialmente no setor dos transportes.
7. O território brasileiro não apresenta a ocorrência de grandes desastres naturais, em especial
3. ( ) O Brasil utiliza aproximadamente ¼ de seu potencial hidroelétrico, sendo que a maior parte fenômenos tectônicos de grande envergadura, maremotos ou vulcanismo. Tal fato se deve a:
desta energia é consumida na região sudeste.
4. ( ) O alto potencial das reservas de carvão do Centro Oeste deverão fornecer matéria prima (A) estar sob a estável placa Sul-Americana, que não se movimenta desde o período permiano.
para as termoelétricas brasileiras. (B) não apresentar terrenos basálticos, essenciais ao aparecimento de vulcões.
5. ( ) A diversificação das fontes energéticas constitui-se em uma estratégia importante para o (C) estar localizado relativamente distante das bordas da placa Sul-Americana.
país, pois diminui a dependência em crises internas ou externas. (D) apresentar grandes bacias sedimentares e um extenso litoral.
(E) localizar-se em domínios de estruturas geológicas arqueanas.
(A) F–V–V–F–V
(B) F–F–V–F–V
8. Em ralação as massas de ar no Brasil, assinale a alternativa correta.
(C) V–F–V–V–F
(D) V–V–V–F–V
(A) A massa Equatorial Atlântica origina-se no oceano Atlântico setentrional e influencia
(E) V–V–F–F–F
diretamente o clima na região Sul do país.
(B) A massa Equatorial Continental origina-se na porção norte do país e influencia diretamente
5. Pode ser considerada uma característica atual do campo do Nordeste Brasileiro: o clima seco no Nordeste Brasileiro.
(C) A massa Polar Atlântica tem atuação apenas na região sul do país.
(A) um predomínio das mulheres em relação aos homens. (D) A massa Tropical Continental forma-se na depressão do Chaco e é responsável pelas chuvas
(B) um novo dinamismo da exploração agrícola no litoral. frontais na região Nordeste.
(C) a distribuição de terras onde predomina a média propriedade. (E) A massa Tropical Atlântica influencia diretamente o clima na faixa leste do país.
(D) a estiagem como o fator que limita uma melhor distribuição de terras.
(E) a agricultura moderna localizada, principalmente, nos perímetros irrigados.
9. As metrópoles e grandes cidades brasileiras apresentam um grande déficit de habitação. Assinale
a alternativa que pode ser considerada causa deste déficit.
6. A concentração da população brasileira em determinadas áreas do país apresenta características
singulares no seu intenso processo, tais como: ocupação de encostas, ocupação de áreas (A) A desarticulação entre os entes federativos.
alagadiças e/ou margens de rios, etc. Tais aspectos levam a uma maior sucetibilidade a desastres (B) A carência de planejamento urbano integrado.
naturais, como movimentos de massa ou vulnerabilidade a intempéries climáticas. Sobre o (C) A natureza monopolista do mercado do solo urbano.
assunto, assinale a alternativa correta. (D) A falta de espaço físico devido ao grande contingente de pessoas.
(E) A ausência de título fundiários nas camadas mais pobres da população.
(A) Os desastres naturais não tem relação direta, com as condições pré-existentes do relevo
ou condicionantes físico-ambientais.

28 PROVAS DE CONHECIMENTOS GERAIS 2010/2011 | Curso Preparatório Cidade


10. No Brasil, a produção de carvão mineral destina-se a vários fins. Analise as afirmativas abaixo, Item IV: (Verdadeira) Visto que o programa Pró-Alcool criado em 1975 no Governo Militar tinha
colocando entre parêntese a letra “V”, quando se tratar de afirmativa verdadeira, e a letra “F”, como intuito evitar a dependência dos combustíveis derivados do petróleo e deve-se levar em
quando se tratar de afirmativa falsa. A seguir, assinale a alternativa que apresenta a sequência consideração o sucesso do programa.
correta.

2. Letra D
1. ( ) A produção de carvão no Brasil, concentra-se na região Sul do país em especial no estado
do Paraná.
Item – A: (Falsa) – A Teoria das Localidades Centrais não se adéqua a construção urbanística
2. ( ) O carvão energético é destinado a produção de termoeletricidade e o carvão coque, brasileira visto que a proporção de expansão demográfica brasileira se deu de forma descentralizada.
destinado as siderurgias.
Item – B: (Falsa) – As cidades interioranas brasileiras nasceram da necessidade de expansão
3. ( ) As termoelétricas movidas a carvão concentram-se na região Centro-Oeste, dada a econômica do pais, e da política de povoamento de áreas remotas e extração dos recursos.
proximidade das jazidas de Minas Gerais.
Item – C: (Falsa) – As aglomerações se basearam na pecuária e a agricultura de monocultura
4. ( ) O principal subproduto da exploração do carvão é a pirita, responsável pela acidificação dos açucareira, foram além da extração de madeira das matas e florestas os principais meios de
recursos hídricos. exploração na urbanização brasileira.
Item – D: (Verdadeira) – Devido as dificuldades geográficas a expansão urbanística para o interior
(A) F–V–F–V
do país se tornou tardia, tendo a faixa litorânea brasileira sido expressivamente povoada e
(B) F–V–V–V
urbanizada, voltando-se mais para o exterior do que para o interior do país.
(C) V–V–F–V
(D) V–V–V–F Item – E: (Falsa) – Visto os diversos conflitos separatistas ocorridos no processo histórico brasileiro,
(E) F–F–F–V fica visível a falta de integração entre as cidades brasileiras durante a urbanização brasileira.

3. Letra A
GABARITO COMENTADO
Item A – (Verdadeira) – Visto que a mão de obra camponesa em primeiro momento era formada
1. Letra D
por escravos, e com a abolição dos mesmos vemos surgir uma nova classe camponesa formada por
ex-escravos, imigrantes europeus e membros das camadas mais pobres.
Item I: (Falso) - A maior concentração de Hidroelétricas está situada na região Sudeste, sendo a
região Centro-oeste pouco povoada, e possuindo apenas três hidroelétricas - Ilha Solteira – Rio Item B – (Falsa) – A concentração da mão de obra campestre estava agregada a localização do
Paraná, Itumbiara – Rio Paranaoba e Júpia – Rio Paraná. Com o crescimento demográfico da região grande proprietário de terras que centralizava o controle sobre a produção do mesmo e dos pequenos
existe a iniciativa por parte do governo federal de ampliar o sistema hidroelétrico na região. proprietários.

Item II: (Verdadeiro) – Leva-se em consideração transição do setor elétrico brasileiro do modelo Item C – (Falsa) – Não houve reversão dos movimentos migratórios e sim uma redução do mesmo.
estatal para o privado visa garantir recursos para construção de novas usinas, reduzir os riscos de Item D – (Falsa) – o termo irreversível, aplicado no enunciado expõe uma condição imutável e
déficit de energia elétrica, eliminar desperdícios do sistema gerador atual e aumentar sua generalizada para o camponês onde não foram todos e apenas uma parcela da classe trabalhadora
produtividade e pela demanda altíssima da região o custo beneficio de modelos menores de rural.
hidrelétricas se tornou uma solução viável para a região. Item E – (Falsa) – Não houve o desaparecimento do minifúndio, este pequeno proprietário não
Item III: (Verdadeira) - A energia térmica ou calorífica é o resultado da combustão de diversos teve o devido incentivo por parte das autoridades competentes, este descaso não acabou por destituí-
materiais, como carvão, petróleo, gás natural, todas fontes não renováveis, e biomassa (lenha, lo de sua terra.
bagaço de cana etc.), que é uma fonte renovável.

Curso Preparatório Cidade | PROVAS DE CONHECIMENTOS GERAIS 2010/2011 29


4. Letra B 6. Letra D

Item I – (Falsa) – Quando utilizamos termos como “Indefinidamente” supõe-se que estas reservas Item A – (Falsa) – Sim, os desastres naturais possuem relação direta com condições pré-existentes,
sejam inesgotáveis, denominação esta totalmente incorreta. Se não houver um controle com o intuito pois, áreas que na teoria não deveriam ser habitadas, causando assim um enfraquecimento do solo
de preservação da reserva hidrográfica brasileira, poderemos em um futuro não tão remoto sofrer pela perda da vegetação típica do local ocasionando o desmoronamento do relevo.
com a falta d’agua. Item B - (Falsa) – As Florestas Ombófila Densa não possuem espessos mantos de alteração.
Item II – (Falsa) – Devido à produção brasileira ainda não suprir a demanda cada vez maior pelos Item C – (Falsa) – Fora o aumento pluviométrico, fatores com o assoreamento dos rios e o
biocombustiveis, a expectativa de suprimento da malha automobilística brasileira é de longo prazo. desmatamento de encostas e a ocupação de áreas inapropriadas para a habitação, são índices de
Item III – (Verdadeira) – Devido à região sudeste concentrar o principal pólo industrial do país e suma importância para a compreensão dos desastres naturais.
o contigente mais populoso de todas as regiões seu consumo é sem sombra de duvidas o maior Item D – (Verdadeira) - visto que tais características, presentes nas regiões litorâneas brasileiras,
brasileiro. áreas estas acometidas constantemente por desastres naturais.
Item IV – (Falsa) – A região centro-oeste possui uma pequena reserva de carvão mineral sendo o Item E – (Falsa) – Devido seu relevo não há o impacto direto de massas de ar.
manganês o principal minério da região.
Item V – (Verdadeiro) – O Brasil através de políticas de investimento em estudos para a preservação
7. Letra C
e para a exploração de seus recursos. Esta alcançando à longo prazo auto-suficiência, tornando-se
assim no futuro próximo peso determinante na solução de crises internacionais de energia e
Item A – (Falsa) – A placa Sul americana, apresentam abalos sísmicos, porem pela sua relativa
combustíveis.
distancia do litoral, não ha impactos tão expressivos em solo brasileiro.
Item B – (Falsa) – O território brasileiro possui diversos pontos onde é encontrado o terreno
5. Letra E balsático, principalmente na região do Bacia do Paraná.
Item C – (Verdadeira) – a expressiva distancia da costa para Placa Sul Americana, torna a
Item A- (Falsa) – Tal afirmativa não condiz com o quadro atual nordestino, que através de políticas localização brasileira até o momento segura dos abalos sísmicos ocorridos em mar aberto.
de incentivo para inverter o êxodo ocorrido nas décadas passadas dos trabalhadores masculinos
Item D – (Falsa) – A presença de grandes bacias sedimentares e um extenso litoral não impediriam
rumo ao sudeste brasileiro. O nordeste brasileiro tem sua população masculina cada vez mais
desastres naturais caso a posição das placas tectônicas estivessem presentes em solo brasileiro.
presente e sendo acrescida por aqueles que estão retornando atraídos pelo bom momento econômico
que a região vive atualmente. Item E – (Falsa) – As estruturas geológicas arqueanas presentes no solo brasileiro não poderiam
desencadear desastres naturais.
Item B – (Falsa) – Tal exploração agrícola litorânea se torna inviável devido a políticas de incentivo
ao turismo.
Item C – (Falsa) – A questão da reforma agrária nordestina ainda obteve tal aplicabilidade ao ponto 8. Letra E
de alcançar um fator relevante para o crescimento da região.
Item A – (Falsa) – A região sul do Brasil é diretamente afetada pela “Massa Tropical Atlantica”.
Item D- (Falsa) – A estiagem não poderia ser um fator relevante, visto que com políticas de
incentivo a programas de irrigação por parte do governo federal, terras que antes não tinham Item B – (Falsa) – A Massa de Equatorial Atlântica é a responsável pelo clima seco do nordeste
produção regular agora podem produzir tornando-se assim viável a sua redistribuição ao trabalhador brasileiro.
rural. Item C – (Falsa) – A Massa Polar Atlântica atua também na região sudeste do litoral brasileiro.
Item E – (Verdadeira) – Com políticas de incentivo através de instituições especializadas no Item D – (Falsa) – A Massa Tropical Continental se restringe apanas a sua região de origem não
tratamento do solo e de suas reservas, tendo assim um programa de melhor aproveitamento das chegando a atingir a região nordeste brasileira.
chuvas através de poços de armazenamento e criação de canais de irrigação ligando as bacias pluviais Item E – (Verdadeira) – Por ser oriunda do oceano Atlântico sua influência é sentido por todo o
aos locais de maior estiagem. litoral brasileiro.

30 PROVAS DE CONHECIMENTOS GERAIS 2010/2011 | Curso Preparatório Cidade


9. Letra C PROVAS DE CONHECIMENTO GERAIS 2009/2010

Item – A – (Falsa) – existe a articulação entre os entes federativos, a causa para a falta de
habitação esta ligada a fatores ligados a terra. GEOGRAFIA
Item – B- (Falsa) – Existem políticas de planejamento urbano integrado buscando sanar o problema
de falta de habitação nas grandes metrópoles. 1. Assinale a alternativa que representa uma das situações adversas que afetaram o funcionamento
do Mercosul.
Item – C – (Verdadeira) – O monopólio do solo urbano sem sombra de duvidas, se apresenta
como principal fator para o déficit de habitação nas metrópoles brasileiras, visto que aqueles que
(A) Os alinhamentos políticos de cada país com a União Europeia.
detém este monopólio ainda não se mostram dispostos a participar das políticas de planejamento
(B) A crise econômica e política que abalou a Argentina no início desta década.
urbano.
(C) Os acordos bilaterais da Argentina com os Estados Unidos.
Item D – (Falsa) – O grande contigente não deve ser levado em consideração, visto que o (D) A crise do gás entre o Brasil e a Bolívia.
planejamento urbano para comportar este contigente esta ligado ao uso correta do espaço urbano. (E) As aproximações entre a Venezuela e o Uruguai.
Item E- (Falsa) – Existem títulos fundiários nas camadas mais pobres da sociedade, porem a sua
existência não acarreta uma solução para o problema do déficit de habitação.
2. Sobre as consequências da descentralização industrial ocorrida no Brasil a partir da década de
1970, pode-se afirmar que:
10. Letra A
(A) o Sudeste apresentou um aumento expressivo de indústrias com certificação ecológica.
Item I – (Falsa) Visto que o estado de maior produção está localizado no Rio Grande do Sul. (B) o Centro-Oeste foi a região que apresentou os maiores ganhos locacionais.
(C) o Norte aparece como destaque na abertura de postos de trabalho.
Item II – (Verdadeira) – O carvão energético um dos principais produtos destinados as
(D) o Sul apresentou o melhor desempenho relativo na geração de empregos.
siderúrgicas.
(E) o Nordeste foi a região que mais se beneficiou deste processo.
Item III – (Falsa) – As principais termoelétricas estão localizados na região sul brasileira.
Item IV – (Verdadeira) – A pirita é a principal responsável pela intitulada “Chuva Ácida”, um dos
3. A partir da década de 1980, a cidade de São Paulo, passou por um processo de perda relativa da
efeitos destrutivo da emissão deste minério na atmosfera.
sua participação industrial para outras regiões do Estado de São Paulo e do Brasil. Pode ser
associado a esta afirmativa a(s):

(A) sua transição para cidade informacional.


(B) crise tecnológica do final da década de 1980.
(C) ascensão de centros que rivalizaram o seu poder.
(D) constantes greves de trabalhadores do setor industrial.
(E) homogeneização do desenvolvimento nacional.

4. O desenvolvimento capitalista brasileiro criou condições para tornar a cidade de São Paulo uma
metrópole com grande poder de centralização, devido a característica de:

(A) ter se conurbado com a cidade do Rio de Janeiro, passando à condição de megalópole.
(B) ser a única cidade brasileira integrada a uma rede mundial de cidades.
(C) ser uma metrópole econômica e ter a contigüidade moderna.

Curso Preparatório Cidade | PROVAS DE CONHECIMENTO GERAIS 2009/2010 31


(D) ter uma grande representação parlamentar e ser a Região Metropolitana com o maior
número de municípios.
(E) ter uma população acima de 10 milhões de habitantes, em crescimento acelerado, e abrigar
mais da metade dos estabelecimentos agroindustriais do país.

5. Sobre a questão regional brasileira, é correto afirmar que:

(A) a desintegração entre todas as regiões se dá de forma homogênea.


(B) o desenvolvimento do turismo no Nordeste aproximou esta região do Sudeste.
(C) o Norte do Brasil pode ser equiparado, em desenvolvimento econômico, ao Centro-Oeste.
(D) o Sul vem passando por um persistente processo de desintegração.
(E) Sul e Sudeste passam a ter um processo de integração muito expressivo.

6. Sobre a questão dos recursos minerais no Brasil, é correto afirmar que:

(A) a criação das estruturas estatais como a Companhia Siderúrgica Nacional e Petrobrás foi
importante para o crescimento do setor, apoiada em uma forte participação do capital
privado.
(B) o primeiro Código de Minas no Brasil fez importante ressalva à exploração de bens minerais,
7. O corte A-B representado no mapa define a passagem pelas seguintes unidades do relevo.
reservando somente aos brasileiros sua exploração, aspecto ainda hoje mantido.
(C) o setor mineral no Brasil apresenta três importantes segmentos: a metalurgia, a química e
(A) Planaltos e Chapadas da Bacia do Parnaíba (2) – Bacia do Rio São Francisco (19) – Altiplano
a indústria de cimento.
da Borborema (10) – Planícies e Tabuleiros Cambrianos (28)
(D) dos vários tipos de recursos minerais, os combustíveis fósseis são os mais explorados no
(B) Planaltos e Chapadas da Bacia do Paraná (2) – Bacia do Rio São Francisco (19) – Planalto
Brasil, respondendo a um percentual em torno dos 48% do valor da extração.
Nordestino (10) Tabuleiros Orogênicos (28)
(E) a Serra dos Carajás no Amazonas e o Maciço de Urucum em Tocantins, representam as
(C) Planaltos do Meio-Norte Nordestino (2) – Bacias Dobradas do Paraíba (19) – Depressão da
mais importantes áreas de exploração de minerais não metálicos do Brasil.
Borborema (10) – Planícies e Tabuleiros Marinhos (28)
(D) Planaltos e Chapadas da Bacia do Parnaíba (2) – Bacias Sedimentares do Apodi e Araguaia
Considere o mapa abaixo para responder os itens 27 e 28. Jurandir Ross propôs uma classificação (19) – Serra da Borborema (10) – Depressões Periféricas do Litoral (28)
do relevo brasileiro baseada em um conceito genético utilizando a terminologia: Planície, Planalto e (E) Planaltos e Chapadas da Bacia do Parnaíba (2) – Depressão Sertaneja e do São Francisco
Depressão. O mapa mostra estes vários compartimentos. (19) – Planalto da Borborema (10) – Planícies e Tabuleiros Litorâneos (28)

8. O corte C-D mostra a passagem por cinco unidades do relevo brasileiro. São elas:

(A) Planaltos Residuais do Sudoeste Amazônico (5) –Depressão Planáltica Norte-Amazônica


(13) – Depressão Meridional Ocidental (12) – Planície do Rio Amazonas (23) – Depressão
Marginal de Sudeste (14)

32 PROVAS DE CONHECIMENTO GERAIS 2009/2010 | Curso Preparatório Cidade


(B) Planaltos Residuais Norte-Amazônico (5) – Depressão Marginal Norte- Amazônica (13) – 10. Quais são as três grandes macroestruturas geológicas que desempenham importante papel na
Depressão da Amazônia Ocidental (12) – Depressão Marginal Sul-Amazônica (23) – configuração do relevo brasileiro?
Tabuleiros Orogênicos (14)
(C) Planaltos Residuais Norte-Amazônico (5) – Depressão Marginal Norte- Amazônica (13) – (A) Áreas cratônicas, áreas de dobramentos antigos e bacias interioranas.
Depressão da Amazônia Ocidental (12) – Planície do Rio Amazonas (23) – Depressão (B) Zonas granitoides, zonas de dobramentos modernos e bacias sedimentares.
Marginal Sul-mazônica (14) (C) Bacias modernas, dobramentos cratônicos e planícies sedimentares.
(D) Planaltos e Chapadas da Bacia do Parnaíba (5) – Planaltos Residuais Norte-Amazônico (13) (D) Bacias sedimentares, áreas cratônicas e dobramentos antigos.
Depressão Marginal Norte-Amazônica (12) – Planície do Rio Amazonas (23) – Depressão (E) Planícies orogênicas, dobramentos antigos e depressões cratônicas.
Marginal do Pantanal (14)
(E) Planaltos Amazônicos (5) – Tabuleiros Marginais (13) – Depressão da Amazônia Ocidental
(12) – Planície do Rio Amazonas (23) – Depressão Marginal Sul-Amazônica (14) GABARITO COMENTADO

1. Letra B
9. Relacione as diferentes massas de ar com as suas respectivas características e, a seguir, assinale
a alternativa que apresenta a sequência correta. Letra (A) Errada - Os países membros plenos do Mercosul ( Brasil , Argentina, Paraguai, Uruguai
e Venezuela *) não apresentam alinhamentos com a União Europeia.
MASSAR DE AR CARACTERÍSTICA * Falta a autorização do parlamento paraguaio.
Letra (B) Certa - Com a desvalorização do peso, moeda nacional argentina, em relação ao dólar,
1. Tropical Continental 1. ( ) É quente e úmida e vem do Atlântico Norte. adoção de medidas neoliberais, juntamente com o fracasso dos consecutivos planos econômicos
2. Equatorial Continental Forma os ventos alíseos de nordeste. Sua principal conduziu a economia argentina a uma crise em 2002.
3. Equatorial Atlântica atuação é no litoral das Regiões Norte e Nordeste. Letra (C) Errada - A Argentina não possui acordos bilaterais com os EUA.
4. Polar Atlântica 2. ( ) É fria, úmida e originária do Atlântico Sul.
Letra (D) Errada - A nacionalização do gás boliviano não representou uma situação adversa ao
Durante o inverno encontra-se bastante fortalecida.
ponto de afetar o funcionamento do bloco, além do mais a Bolívia não é um membro pleno do bloco.
3. ( ) É quente e úmida e vem do Atlântico Sul.
Letra (E) Errada- A Venezuela espera até o presente momento, outubro de 2011, a autorização
Forma os ventos alíseos de sudeste. Atua
do parlamento paraguaio para que possa ser considerada efetivamente um membro pleno.
principalmente na faixa atlântica leste do Brasil.
4. ( ) É quente e seca surge na Depressão do Chaco.
Sua Área de influência é parte da Região Sul e Sudeste 2. Letra D
e a Região Centro-Oeste.
Letra (A) Errada - A região Sudeste não registrou aumento expressivo de indústrias com
certificação ecológica.
(A) 5 – 4 – 1 – 3
Letra (B) Errada - A região Sul foi a que apresentou os maiores ganhos locacionais.
(B) 3 – 5 – 4 – 1
(C) 3 – 5 – 2 – 1 Letra (C) Errada - A região Norte não aparece como destaque na abertura de empregos, e sim o
(D) 5 – 3 – 4 – 1 Sul.
(E) 3 – 2 – 4 – 5 Letra (D) Certa - O processo de descentralização industrial ocorrido a partir da década de 1970,
tem caído em provas constantemente. Percebe-se um arrefecimento da produção industrial e
também no tocante a geração de empregos do setor secundário. Verifica-se um aumento das
indústrias no eixo- Rio- São Paulo. Porém, o crescimento industrial da região Sul é o que promove a
maior geração de empregos.

Curso Preparatório Cidade | PROVAS DE CONHECIMENTO GERAIS 2009/2010 33


Letra (E) Errada - A região Sul foi a que mais se beneficiou do processo de desconcentração Letra (D) Errada- O termo desintegração não é pertinente, na realidade o Sul apresenta um
industrial. aumento no número de empregos.
Letra (E) Certa - Com o processo de descentralização na centralização, a região Sul é a que vem
3. Letra A recebendo a maior parte das indústrias que saíram dos municípios de SP.

Letra (A) Certa - São Paulo foi a primeira cidade do Brasil a fazer a transição em direção ao ciclo 6. Letra C
informacional, paralelamente a diminuição da centralização industrial.
Letra (B) Errada – A década de 1980, considerada a década perdida foi marcada pela crise Letra (A) Errada – Não ocorreu forte participação do capital privado na criação de estruturas
econômica e não tecnológica. estatais.
Letra (C) Errada – A desconcentração girou em torno de SP, seja no Sul do Brasil ou ao longo do Letra (B) Errada – A exploração mineral do Brasil não é exclusividade dos brasileiros desde a
eixo em direção ao RJ. Logo, não emergiram centros rivalizadores e sim centros menores, mas ainda queda do monopólio em meados da década de 1990.
subordinados. Letra (C) Certa – Os setores citados ( metalurgia, cimento e química) são importante segmentos
Letra (D) Errada - As greves não foram constantes, nem são capazes por si próprias de gerar uma do setor mineral brasileiro. Não há como contestar tal afirmação.
desconcentração industrial. Letra (D) - Errada - Os minerais metálicos são os recursos mais explorados no Brasil.
Letra (E) Errada - Não ocorre a famigerada homogeneização do desenvolvimento nacional, nem Letra (E) - Errada - A Serra do Carajás, e o Maciço do Urucum trata-se de complexos com a maior
tão pouco do crescimento econômico. exploração de minerais metálicos.

4. Letra C 7. Letra E

Letra (A) Errada – RJ e SP estão em processo de formação de uma megalópole. Letra (A) Errada - Não se trata da Bacia do São Francisco e sim da Depressão Sertaneja do São
Letra (B) Errada - RJ juntamente com SP são as únicas cidades brasileiras consideradas cidades Francisco.
globais. Letra (B) Errada – Não se trata da Bacia do Paraná e sim do Parnaíba.
Letra (C) Certa – Trata- se da região polarizadora do país, além de se consolidar-se como uma Letra (C) Errada – Não se trata de Planaltos do Meio Norte e sim de Planaltos do Parnaíba.
metrópole informacional.
Letra (D) Errada – Não se trata da Bacia Sedimentar do Apodi e Araguaia e sim da Depressão
Letra (D) Errada - O fato de ter a maior bancada parlamentar deve-se ao fato de apresentar o Sertaneja do São Francisco.
maior contingente populacional.
Letra (E) Certa - é uma questão de mera análise das unidades de relevo, normalmente, cobra-se
Letra (E) Errada - O fato de ter mais de 10 milhões de habitantes faz com SP seja considerada a classificação mas atual: Jurandyr Ross.
uma megacidade, e não, necessariamente um centro econômico.

8. Letra C
5. Letra E
Letra (A) Errada – Não se trata do Planaltos Residuais do Sudeste e sim do Norte –Amazônico.
Letra (A) Errada – Não existe desintegração uniforme no Brasil. Letra (B) Errada – Não se trata da Depressão Marginal do Sul e sim da Depressão da Amazônia
Letra (B) Errada - A atividade turística não promoveu a aproximação entre Sudeste e Nordeste, Ocidental.
e sim o planejamento territorial proveniente do Estado.
Letra (C) Certa - é uma questão de mera análise das unidades de relevo, normalmente, cobra-se
Letra (C) Errada – O Norte apresenta Manaus como destaque industrial, mas não é suficiente para a classificação mas atual: Jurandyr Ross.
equiparar-se ao Centro- Sul.
Letra (D) Errada – Não se trata da Chapada da Bacia do Parnaíba e sim do Planalto do Norte –
Amazônico.

34 PROVAS DE CONHECIMENTO GERAIS 2009/2010 | Curso Preparatório Cidade


Letra (E) Errada – Não se trata de Planaltos Amazônicos e sim de Planaltos do Norte –Amazônico. PROVAS DE CONHECIMENTO GERAIS 2008/2009

9. Letra B GEOGRAFIA

Letra (A) Errada – A Massa Polar Atlântica não pode apresentar a característica de ser quente, 1. Sobre a inserção econômica do Brasil nas relações internacionais assinale a alternativa correta.
pois sua origem é no pólo sul .
Letra (B) Certa - O item cobra do candidato que saiba identificar as características das massas de (A) O Brasil, embora tenha aumentado as suas exportações de manufaturados, ainda pode ser
ar, bem como suas origens e locais de atuação no território nacional. considerado um país agroexportador.
Letra (C) Errada – A Massa Equatorial Continental não atua em todo litoral brasileiro. (B) A economia brasileira, desde a década de 1990, deixou de ser predominantemente
Letra (D) Errada – A Massa Equatorial Atlântica não apresenta como característica o fato de ser agroexportadora e passou à condição de exportadora de manufaturas.
fria. (C) As recentes descobertas de campos petrolíferos colocam o Brasil na condição de exportador
de petróleo.
Letra (E) Errada - A Massa Polar Atlântica não pode apresentar a característica de ser quente, pois
(D) O crescimento dos últimos anos recolocou o Brasil como a 8ª economia do mundo.
sua origem é no pólo sul.
(E) A demanda internacional por biocombustível vem impulsionando a economia brasileira.

10. Letra D Considere o texto abaixo para responder o item 30.

Letra (A) Errada – Bacias interioranas não são classificadas como estruturas geológicas e sim como “A dinâmica globalizante não apaga restos do passado, mas modifica seu significado e acrescenta,
sendo forma de relevo. ao já existente, novos objetos e novas ações características de um novo tempo”.
Letra (B) Errada – No Brasil, não existem dobramentos modernos.
(Santos & Silveira, 2001:253)
Letra (C) Errada – Planícies são formas de relevo, não podendo ser classificadas como estrutura
geológica.
2. Com base na transcrição acima, analise as afirmativas abaixo e, a seguir, assinale a alternativa
Letra (D) Certa - As três grandes macroestruturas geológicas são os : crátons, as bacias correta.
sedimentares e os dobramentos antigos, ou seja, cadeias orogênicas antigas.
Letra (E) Errada - Planícies são formas de relevo, não podendo ser classificadas como estrutura I. A globalização atua diretamente no território alterando a sua configuração espacial.
geológica. II. Os movimentos de concentração e desconcentração da indústria estão intrinsecamente
ligados às demandas internacionais.
III. A expansão da cadeia da soja e avicultura no Centro-Oeste do país obedece a uma lógica de
minimização de custos das grandes empresas.
IV. A lógica da organização territorial no Brasil obedeceu, em uma fase inicial, o interesse
nacional. Hoje, apresenta-se fragmentada e subordinada às demandas internacionais.

(A) Somente I, II e III estão corretas.


(B) Somente I e III estão corretas.
(C) Somente II, III e IV estão corretas.
(D) Somente III está correta.
(E) Todas as afirmativas estão corretas.

Curso Preparatório Cidade | PROVAS DE CONHECIMENTO GERAIS 2008/2009 35


3. A partir da década de 70 do século passado, o Brasil passa por um movimento de transformação 2. ( ) O latifúndio por exploração é toda propriedade com área de seiscentos módulos,
da produção industrial. Sobre este processo de transformação, analise as afirmativas abaixo e, a adequadamente explorada em relação às possibilidades da região.
seguir, assinale a alternativa correta. 3. ( ) O latifúndio por dimensão é todo imóvel com área superior a seiscentas vezes o módulo
rural médio fixado para a respectiva região e tipos de exploração nela decorrentes.
I. A produção industrial tornou-se mais complexa e estendeu-se para novas áreas do Sul e
4. ( ) A empresa rural é todo imóvel com dimensão igual ou inferior a seiscentas vezes o módulo
alguns pontos do Centro-Oeste, Nordeste e Norte (Manaus).
rural da região, mas que seja mantida inexplorada ou com fins especulativos.
II. No período compreendido entre 1970 e 1990, a região Sul desponta como ganhadora de
investimentos na área industrial.
(A) F–V–V–F
III. O crescimento de indústrias do setor de alimentos como a Ceval e a Sadia, cria na região Sul
(B) V–V–V–F
um locus de grandes empresas.
(C) V–V–V–V
(D) V–V–F–F
A desconcentração industrial no Brasil provocou a diluição da hegemonia econômica do Sudeste (E) V–F–V–F
como centro de decisão.

6. Em relação à produção de energia no Brasil, analise as afirmativas abaixo e, a seguir, assinale a


(A) Somente I e III estão corretas.
alternativa correta.
(B) Somente I, II e III estão corretas.
(C) Somente II e IV estão corretas.
I. A concentração de hidroelétricas na região Centro-Oeste ocorreu pela forte demanda da
(D) Somente II, III e IV estão corretas.
fronteira agrícola.
(E) Todas afirmativas estão corretas.
II. O esgotamento de possibilidades de construção de grandes hidroelétricas na região Sudeste
levou a uma mudança para modelos de menor porte.
4. Sobre o processo recente da urbanização brasileira, ocorrido na década de 90 do século passado, III. As termoelétricas hoje existentes funcionam com matrizes energéticas baseadas no carvão e
assinale a alternativa correta. gás natural.
IV. Os chamados biocombustíveis tem sua matriz em programas governamentais anteriores
(A) Aumentou o número de migrantes do campo para as metrópoles. como o Proálcool criado em 1975.
(B) As metrópoles regionais, pelas relações nacionais que passam a estabelecer, tenderam a
mudar a sua qualificação. (A) Somente II está correta.
(C) O crescente retorno da população da cidade para o campo inverteu a tendência observada (B) Somente III está correta.
nos períodos anteriores. (C) Somente I e IV estão corretas.
(D) As metrópoles e as cidades médias tiveram uma estagnação no crescimento populacional, (D) Somente II, III e IV estão corretas.
enquanto as pequenas cidades passaram por acelerado crescimento demográfico. (E) Todas as afirmativas estão corretas.
(E) A região Norte apresentou-se como a única que registrou aumento da população rural.

5. O Estatuto da Terra prevê diversas categorias de imóveis rurais. Analise as afirmativas abaixo
colocando entre parênteses a letra V, quando se tratar de afirmativa verdadeira, e a letra F
quando se tratar de afirmativa falsa e, a seguir, assinale a alternativa que contenha a sequência
correta.

1. ( ) O minifúndio é todo imóvel com área explorável inferior ao módulo fixado para a respectiva
região e tipos de exploração nela decorrentes.

36 PROVAS DE CONHECIMENTO GERAIS 2008/2009 | Curso Preparatório Cidade


7. A região Amazônica ocupa grande destaque no mundo devido à complexidade de suas dimensões 8. Na figura abaixo estão representados os diferentes domínios morfoclimáticos brasileiros segundo
sociais, econômicas e ambientais. A maioria dos especialistas brasileiros mostra-se preocupada o geógrafo Azzis Ab’Saber. Sobre tais domínios assinale a alternativa correta.
com as salvaguardas que dizem respeito à soberania nacional dada a cobiça internacional. Dentre
as várias vertentes de preocupação pode-se citar o avanço dos projetos agropecuários, o setor
madeireiro e carvoeiro, a biodiversidade, áreas indígenas, populações tradicionais e recursos
minerais. Em relação ao tema acima, analise as afirmativas abaixo colocando entre parênteses a
letra “V”, quando se tratar de afirmativa verdadeira e a letra “F” quando se tratar de afirmativa
falsa e, a seguir, assinale a alternativa que apresenta a sequência correta.

1. ( ) A Amazônia compreende um território entremeado de grandes vazios populacionais, o que


pode facilitar a implantação de grandes projetos hidroelétricos, essenciais ao crescimento do país.
2. ( ) O grande potencial hídrico da Amazônia a torna uma área estratégica frente aos cenários
de escassez hídrica global que se avizinham.
3. ( ) A exploração das Florestas Nacionais (FLONAS) através de projetos madeireiros causa baixo
impacto, pois estas áreas são muito extensas.
4. ( ) O setor mineral apresenta grande potencial de ex-ploração, pois não existem restrições ou
conflitos com terras indígenas.
5. ( ) A vasta extensão territorial permite a implantação de grandes contingentes populacionais,
especialmente os agricultores sem terra, pois a integração da região já é uma realidade.

(A) O domínio III corresponde à área onde predominam florestas ombrófilas densas, forte
(A) F–F–V–F–F
predomínio de processos de intemperismo químico e relevo de Mares de Morros.
(B) F–V–F–F–V
(B) A seqüência correspondente é: I - Amazônico, II - Pantanal, III - Mares de Morros, IV -
(C) V–V–V–V–F
Caatingas, V - Pradarias, VI - Araucárias e VII - Áreas de transição.
(D) V–F–V–V–F
(C) O domínio VII corresponde a área de clima tropical com curta estação seca, onde
(E) V–V–F–F–F
predomina agricultura tecnificada.
(D) O Planalto das Araucárias, representado pelo domínio VI da figura, é uma importante área
agrícola do Sul do país, também conhecido como coxilhas.
(E) O domínio I corresponde à região de terras predominantemente sub-úmidas, detentora da
maior biodiversidade do planeta e muito cobiçada por interesses internacionais.

9. O quadro abaixo apresenta dados de temperatura (T) e precipitação (P) de três cidades
brasileiras. Com base nesses dados, analise as proposições abaixo colocando entre parênteses a
letra V, quando se tratar de afirmativa verdadeira e a letra F quando se tratar de afirmativa falsa
e, a seguir, assinale a alternativa que contém a sequência correta.

Curso Preparatório Cidade | PROVAS DE CONHECIMENTO GERAIS 2008/2009 37


Dados climáticos de três cidades brasileiras de 1961-1990 10. Na figura abaixo estão representados esquematicamente os sistemas que influenciam o clima no
Brasil. Analise as afirmativas abaixo e coloque entre parênteses a letra V, quando se tratar de
afirmativa verdadeira e a letra F quando se tratar de afirmativa falsa e, a seguir, assinale a
alternativa que contém a sequência correta.

Fonte: Banco de dados da EMBRAPA.

1. ( ) A cidade “1” e a cidade “2” tem médias de precipitação semelhantes, portanto tem o mesmo
clima.
2. ( ) A cidade “1” e a cidade “3” tem seus totais de temperatura com variação de 0,14°C, sendo
pertencentes a mesma classificação climática.
3. ( ) As temperaturas mínimas apresentadas pela cidade “2”, permitem afirmar que ela 1. ( ) A massa Equatorial continental (3) é responsável pela formação de frentes frias que atingem
provavelmente en frenta os efeitos das massas polares. o sul do país.
4. ( ) Pelas médias de temperatura e pluviosidade a cidade “3” deve estar localizada na zona 2. ( ) A massa Polar Atlântica (2) atua na porção meridional do país, sendo responsável pela
tropical. formação das geadas e neve.
5. ( ) Os índices pluviométricos apresentados pela cidade “1”, permitem dizer que ela apresenta 3. ( ) Durante o verão a massa representada pelo número (4), avança sobre as áreas do Brasil
algum grau de semi-aridez. central, formando as precipitações mais volumosas para o Cerrado.
4. ( ) As Florestas Ombrófilas da fachada atlântica são diretamente influenciadas pelas
(A) F–F–V–V–F
precipitações formadas a partir da ação da massa equatorial atlântica (5).
(B) F–V–V–V–F
(C) F–F–V–V–V 5. ( ) O litoral setentrional brasileiro não sofre influência dos sistemas representados pelos
(D) F–F–F–V–V números (2) e (3) na figura.
(E) V–F–V–V–F
(A) V–V–V–F–F
(B) F–V–F–V–V
(C) V–F–F–F–V
(D) F–V–V–F–V
(E) F–F–F–F–V

38 PROVAS DE CONHECIMENTO GERAIS 2008/2009 | Curso Preparatório Cidade


11. O Brasil possui características bastante diferenciadas em seu território. Segundo Milton Santos e 12. O Brasil é um país que apresenta grande mobilidade da população. Em 1996, 13,5% da população
Maria Silveira, o território nacional é dividido em quatro grandes regiões conforme mapa abaixo. brasileira viviam fora do seu município de origem há menos de dois anos. Assinale a alternativa
Com base nos dados acima, analise as afirmativas abaixo colocando entre parênteses a letra “V”, que é considerada a causa para este fenômeno.
quando se tratar de afirmativa verdadeira e a letra “F” quando se tratar de afirmativa falsa e, a
seguir, assinale a alternativa que apresenta a seqüência correta. (A) Aumento das áreas de pastagens e das indústrias de base.
(B) O surto industrial paulista e a aceleração do crescimento metropolitano.
(C) A necessidade de mão-de-obra estacional e a ocupação da fronteira agrícola.
(D) Aceleração do emprego industrial e a desaceleração do crescimento das cidades médias.
(E) A alta densificação do campo no Centro-Oeste e a exploração dos perímetros irrigados do
Nordeste.

GABARITO COMENTADO

1. Questão anulada

A banca examinadora considerou como gabarito oficial a alternativa A.


A alternativa (A) afirma que o Brasil pode ser considerado um país agroexportador, o que acabou
conduzindo os candidatos a acharem que a pauta de exportações brasileiras ainda é
predominantemente constituída por produtos primários, o que não ocorre desde 1979.
fonte: Santos & Silveira

2. Letra E
1. ( ) A região 4 se implantou sobre um meio mecanizado e com denso sistema de relações.
Desponta como região ganhadora especialmente no setor secundário e terciário.
A afirmação I está correta, pois as empresas transnacionais que são os grandes sustentáculos do
2. ( ) A região 3 caracteriza-se como de povoamento antigo. Evidencia baixos índices de processo de globalização atuam diretamente na configuração espacial do território como, por
mecanização, apresentando manchas de prosperidade e muitos núcleos de urbanização. exemplo, com a construção de hipermercados centros comerciais e etc.
3. ( ) A região 2 possui rarefações demográficas interligadas por vias fluviais. Considerada a A afirmação II está correta, pois as indústrias podem concentrar-se ou desconcentrar-se em
última região a ampliar sua mecanização, tanto na produção econômica quanto no próprio território. função da procura de seus produtos por parte dos mercados externos.
4. ( ) A região 2 é considerada como área de ocupação periférica recente. Apresenta forte A afirmação III está correta, pois a lógica de expansão da cadeia produtiva da soja e da avicultura
crescimento no setor primário, beneficiado pelo relativo baixo valor da terra. prega uma redução dos custos. Essa redução tem como objetivo básico o intuito de aumentar o
5. ( ) A região 1 possui baixa densidade demográfica e forte influência do setor primário na lucro.
economia regional. A afirmação IV, pois o Estado brasileiro já foi o grande agente realizador da organização territorial,
principalmente, no governo de Getúlio Vargas. Porém, com a redução da participação do Estado na
(A) V–V–V–V–V economia (neoliberalismo) verifica-se que a organização territorial segue a lógica da subordinação
(B) F–F–F–F–V das demandas internacionais.
(C) V–V–F–V–V
(D) V–F–V–F–V
(E) V–F–F–F–V

Curso Preparatório Cidade | PROVAS DE CONHECIMENTO GERAIS 2008/2009 39


3. Letra B A afirma II está correta, a opção remete-se apenas aos grandes projetos de hidrelétricas, em
nenhum momento suscita os médios ou pequenos projetos.
A afirmação I está correta, devido ao processo de desconcentração industrial que acabou A afirmação III está correta, a termelétricas existentes no Brasil funcionam movidas a gás
dinamizando a economia brasileira. natural, carvão e óleo diesel.
A afirmação II está correta, pois no período mencionado (1970-1990) verificou-se que a região
A afirma IV está correta, o primeiro programa brasileiro de biocombustível foi o Pró-álcool
Sul foi a que mais se beneficiou do processo de deseconomia de aglomeração atravessado pelo
implmentado na década de 1970, após a primeira mundial do petróleo.
estado de São Paulo.
A afirmação III está correta, pois grandes empresas do ramo alimentício promovem o
crescimento econômico na região Sul como, por exemplo, a Perdigão, Sádia e etc. 7. Letra E

A afirmação IV está errada, devido ao fato da região Sudeste ainda apresentar-se como o centro
O erro da terceira afirmação está no fato de que projetos madeireiros causam baixos impactos,
econômico do Brasil.
sendo que na realidade tais projetos promovem elevados impactos ambientais.
O erro da quarta afirmação está no fato de alegar que não existe restrições aos projetos de
4. Letra B mineração em áreas indígenas.
O erro da quinta afirmação está no fato de afirmar que a integração da região Norte ao restante do
Letra (A) Errada – o êxodo rural entrou em processo de arrefecimento na década de 1990, tendo país proporcionou a implementação de grandes contingentes populacionais de sem terra na
em vista que seu ápice foi nas décadas de 1960/1970. Amazônia. Na realidade a região Norte é a que apresenta o maior números de conflitos pela posse
Letra (B) Correta - Percebe-se na década de 1990 um crescimento das cidades médias e pequenas da terra.
o que acabou conduzindo a uma mudança na hierarquia urbana do Brasil.
Letra (C) Errada – Não ocorreu o retorno da população urbana em direção ao campo como
8. Letra A
mencionado na opção.
Letra (D) Errada - As cidades médias não atravessaram o afamado processo de estagnação Letra (A) Correta - O Domínio Morfoclimático III realmente compreende a Mata Atlântica ou Mares
demográfico. de Morro.
Letra (E) Errada – A região Norte chegou a atravessar um processo de aumento da população Letra (B) Errada- Não existe o Domínio Morfoclimático Pantanal.
rural, como é citado por Milton Santos. Porém, a banca examinadora considerou que tal Letra (C) Errada – Não existe o Domínio Morfoclimático VII, Aziz Ab’ Saber classificou apenas VI,
acontecimento ocorreu somente na década de 1980. o sétimo que aparece no mapa é na verdade o que Aziz classificou como faixas de transição, as quais
separam os Domínios Morfoclimáticos.
5. Letra E Letra (D) Errada – O Domínio Morfoclimático VI não é o das Araucárias e sim das Pradarias.
Letra (E) Errada- Não existe “ terra sub-úmidas ” e sim climas sub-úmidos.
O erro da segunda opção está no fato de que os latifúndios de exploração sejam adequadamente
explorados, o que de fato não ocorre.
O erro da quarta opção está no fato de afirmar que as empresas rurais devam manter as terras 9. Letra A
inexploradas ou preservá-las para a especulação imobiliárias.
O erro da primeira opção está na afirmação de que as cidades I e II apresentam médias de
precipitação semelhantes. Ao analisar a tabela proposta o candidato percebe visivelmente que não é
6. Letra D correto.
O erro da segunda opção está na afirmação de que as cidades I e III apresentarem o mesmo padrão
A afirmação I está errada, devido ao fato das fronteiras agrícolas não demandarem energia a tal climático, novamente, se o candidato analisar a tabela proposta, percebe que apresentam médias
ponto do Estado ter que promover uma concentração de hidrelétricas na região Centro-Oeste. de precipitações diferentes.

40 PROVAS DE CONHECIMENTO GERAIS 2008/2009 | Curso Preparatório Cidade


O erro quinta opção está no fato de alegar que a cidade 1 apresenta algum grau de semi-áridez. PROVAS DE CONHECIMENTO GERAIS 2007/2008
Porém, não se percebe nenhum mês sem precipitação.

GEOGRAFIA
10. Letra D
1. Analise as afirmativas abaixo acerca da formação do território brasileiro, especificamente no
A erro da primeira opção está no fato da massa de ar de número (3) não ser a Equatorial Continental tocante à incorporação das terras do atual estado do Acre e, a seguir, assinale a alternativa
e sim a Tropical Continental. correta.
O erro da quarta opção está no fato de afirmar que a massa de número(5) Equatorial Atlântica
influencia nos Mares de Morro, sendo que na verdade é a massa de ar Tropical Atlântica que promove I. As terras do atual estado do Acre foram adquiridas, nos termos finais, a partir de acordos
a aclamada influência. com a Bolívia e o Peru.
II. Antes da incorporação ao território nacional, esse espaço extremo ocidental do Brasil de hoje
11. Letra C foi povoado por seringueiros nordestinos, o que pressionou a negociação entre os países
envolvidos.
O erro da terceira opção está no fato das características mencionadas não pertecerem ao Centro- III. As negociações, especialmente através do Tratado de Petrópolis, a fim de acordar acerca da
Oeste e sim a região Norte. incorporação de terras da Amazônia Oriental boliviana, aconteceram no início do século XX.
IV. O Tratado de Madri foi instrumento decisivo na aquisição das terras do estado do Acre pelo
12. Letra C poder português frente à colonização espanhola.

Letra (A) Errada – Não verifica-se o aumento do número de indústrias de base. (A) Somente I, II e III estão corretas.
Letra (B) Errada – O surto industrial paulista foi anterior a 1996. (B) Somente I, III e IV estão corretas.
Letra (C) Correta - A mobilidade espacial da população está ligado a transumância, fruto dos (C) Somente I e IV estão corretas.
movimentos temporários em quem a mão-de-obra se locomove para regiões onde é imprescindível, (D) Somente I está correta.
voltando posteriormente para sua região de origem. Além disso, a ocupação das fronteiras agrícolas (E) Todas as afirmativas estão corretas.
também fornece um enorme contingente demográfico para as áreas de expansão.
Letra (D) Errada – As cidades médias não apresentaram o citado processo de desacelaração 2. Analise as afirmativas abaixo sobre o Brasil e o Mercosul e, a seguir, assinale a alternativa correta.
populacional, pelo contrário.
Letra (E) Errada – A região Centro-Oeste não apresenta alta densificação no campo, e sim uma baixa I. O bloco econômico vigora desde 1991, inicialmente como área de livre comércio, com a
densidade demográfica no campo. assinatura do Tratado de Assunção pelos quatro primeiros países signatários: Brasil,
Argentina, Uruguai e Paraguai.
II. Apesar da importância no âmbito regional, o Mercosul, se comparado economicamente aos
grandes blocos mundiais, é bastante pequeno.
III. Dentre os óbices à maior integração econômica do Mercosul está a grande diferença sócio-
econômica entre os países-membros e a extrema fragilidade de algumas economias.

(A) Somente I e II estão corretas.


(B) Somente I está correta.
(C) Somente II está correta.
(D) Somente I e III estão corretas.
(E) Todas as afirmativas estão corretas.

Curso Preparatório Cidade | PROVAS DE CONHECIMENTO GERAIS 2007/2008 41


3. Analise as afirmativas abaixo sobre o processo de industrialização no Brasil e, a seguir, assinale 5. De forma geral, pode-se dizer que as culturas de exportação têm sido responsáveis pela
a alternativa correta. caracterização básica da concentração da agricultura comercial no Brasil. Reflete esse padrão de
concentração a cultura de:
I. Muitas das economias externas necessárias à atividade estradas, entre outras, foram feitas à
custa dos investimentos do Estado brasileiro. (A) arroz na região Sudeste, em estados como São Paulo e Minas Gerais.
II. A aceleração do processo de substituição das importações do Brasil, a partir da II Guerra (B) frutas em áreas de cerrado do oeste baiano e no vale do São Francisco.
Mundial, revelou que as economias externas do Sudeste já apresentavam condições para (C) laranja na região Sudeste, em São Paulo e no Triângulo Mineiro.
produzir bens de consumo duráveis. (D) trigo em áreas significativas do leste paulista e sul e oeste baiano.
III. A política de descentralização industrial, promovida pelo Estado brasileiro, foi motivada por (E) cana-de-açúcar em grandes áreas da orla sul da floresta amazônica.
uma necessidade de integração territorial e potencialização dos fluxos migratórios
interregionais. 6. Analise as afirmativas abaixo sobre os problemas sócio-ambientais do espaço rural brasileiro,
colocando entre parênteses a letra V, quando se tratar de afirmativa verdadeira, ou a letra F
(A) Somente I está correta. quando se tratar de uma afirmativa falsa. A seguir, assinale a alternativa que apresenta a
(B) Somente II está correta. sequência correta.
(C) Somente I e II estão corretas.
(D) Somente II e III estão corretas 1. ( ) O cultivo de várias espécies, característico da policultura praticada no Brasil, favorece o
(E) Todas as afirmativas estão corretas. desenvolvimento de grande quantidade de pequenas espécies invasoras — as pragas — que se
alimentam desses produtos.
4. Analise as afirmativas abaixo acerca do processo de urbanização no Brasil e, a seguir, assinale a 2. ( ) O ritmo da deterioração ambiental e do desperdício de recursos naturais na Amazônia segue
alternativa correta. a receita: desmatamento total da área a ser ocupada; queimada após retirada de espécies de madeira
de valor comercial; eliminação da fauna pela caça e pelo fogo; e prática anual de queimadas das
I. A partir da década de 50 do século passado, estabelece-se uma tendência à aglomeração da mesmas áreas anteriormente desmatadas.
população em cidades com mais de 20 mil habitantes, conduzindo a um processo de 3. ( ) A agricultura mecanizada brasileira necessita do preparo da terra para o plantio, constituído
urbanização concentrada e posterior metropolização. por aração e gradeação, que é feito na transição do período seco para o chuvoso. No Brasil, com a
II. As regiões metropolitanas, criadas em 1972, tem, no Brasil do século XXI, grande importância chegada das intensas chuvas de verão a perda de solo é grande.
administrativa, mas pequena atratividade demográfica, sendo responsáveis por percentuais 4. ( ) O processo histórico que gerou a concentração fundiária no Brasil revela que ocorreu,
inferiores a 20% da população nacional, uma marca da interiorização da nossa urbanização. simultaneamente a essa concentração, um crescimento dos pequenos estabelecimentos rurais.
III. O processo de desmetropolização, em curso no Brasil, reflete a busca por qualidade de vida
nas pequenas cidades e leva a um decréscimo demográfico nas metrópoles. (A) F; F; V; V.
(B) F; V; V; F.
(A) Somente I está correta. (C) V; V; F; F.
(B) Somente II está correta. (D) F; V; V; V.
(C) Somente I e III estão corretas. (E) V; F; F; V.
(D) Somente I e II estão corretas.
(E) Todas as afirmativas estão corretas.

42 PROVAS DE CONHECIMENTO GERAIS 2007/2008 | Curso Preparatório Cidade


7. Sobre os fluxos migratórios externos e internos e os seus impactos na formação demográfica (D) a SUDENE foi criada na década de 80 do século passado diante das intensas secas do
brasileira, é correto afirmar que: período. É um órgão que atua nos limites da região e canaliza recursos, principalmente,
para a agropecuária.
(A) o período de maior fluxo imigratório se dá entre 1808 e 1880 com a abertura dos portos às (E) a bacia do rio São Francisco corta parte do semi-árido nordestino e foi fundamental para a
nações amigas e o estabelecimento da Lei de Terras (1850) que possibilitava ao imigrante interiorização e sobrevivência local. O atual projeto de transposição de suas águas encontra
estrangeiro adquirir posses no território nacional. o desafio de primeiro mantê-lo perene, visto que há trechos do curso médio em que as
(B) as principais correntes imigratórias do fluxo internacional para o Brasil, ao final do século suas águas secam no período do verão.
XIX, foram de italianos, japoneses e bolivianos. Estes, concentrados nos centros urbanos
e os dois primeiros, com destino ao trabalho no campo.
10. Complete as lacunas abaixo e assinale a alternativa que dá sentido correto ao parágrafo.
(C) as duas últimas décadas do século XX marcam uma significativa alteração no saldo
migratório do país. O Brasil passa a ser um espaço de emigração, sendo os principais
O fato urbano, medidas as variações espaço-temporais, remonta ao início da colonização portuguesa
destinos os EUA, o Paraguai e a Europa.
quando as cidades e vilas _____________ tinham função estratégica na ocupação e uso do território.
(D) dos fluxos migratórios internos, merece destaque, na década de 60 do século passado, a
Ao longo do século XVIII, a centralidade das cidades ___________ se concretizou determinando
saída de trabalhadores do Sul e do Nordeste em direção ao Centro Oeste. Eles formavam
nova lógica espacial para a colônia portuguesa nas Américas. Vivia-se, no conjunto do território,
a mão de obra necessária à construção de Brasília. Como não podiam residir no local,
__________ integração entre os centros urbanos, concretizando-se, no século XX, o estabelecimento
houve, na mesma década, um refluxo migratório para as regiões de origem.
de uma rede e hierarquia urbanas nacionais com expansão das ___________.
(E) a criação da Zona Franca e Região Metropolitana de Manaus, na década de 70 do século
passado, induziu ao intenso fluxo migratório de trabalhadores da periferia das grandes
(A) interiores — amazônicas — grande — rodovias.
metrópoles nacionais (Rio de Janeiro e São Paulo) para a capital amazonense.
(B) amazônicas — açucareiras — intensa — rodovias.
(C) litorâneas — mineiras — pequena — rodovias.
8. O fundamento da atual divisão regional do Brasil feita pelo IBGE, estabelecida em 1988, foi (D) sertanejas — litorâneas — grande — ferrovias.
definido a partir das características econômicas, demográficas e naturais e corresponde às (aos): (E) atlânticas — agrárias — pequena — ferrovias.

(A) complexos regionais.


11. Em relação ao domínio morfoclimático no Brasil e suas características, associe a segunda coluna
(B) microregiões geográficas.
de acordo com a primeira e, a seguir, assinale a alternativa com a sequência correta.
(C) mesoregiões demográficas.
(D) macroregiões homogêneas.
DOMÍNIO CARACTERÍSTICAS
(E) regiões geoeconômicas.
MORFOCLIMÁTICO
1. ( ) Predominância de solos ácidos e vegetação arbustiva e
9. Sobre o Nordeste brasileiro é correto afirmar que: 1. Amazônico herbácea.
2. Cerrado 2. ( ) Espaço subtropical com predomínio de vegetação baixa,
(A) o fenômeno da seca, que ocorre regularmente, mas com severidade variada, é um evento 3. Araucária gramíneas e herbácea.
natural que atinge toda a região e responde pela pobreza do povo nordestino. 4. Mares de Morros 3. ( ) Grande interferência da variação latitudinal do clima
(B) o polígono das secas toma a maior parte da região nordeste, inclusive se prolongando pelo 5. Caatinga tropical e da proximidade atlântica. Vegetação original devastada
norte do estado de Minas Gerais. É um espaço onde ocorrem secas periódicas e prevalece 6. Pradarias em larga escala pela ocupação do território nacional.
o clima semi-árido com o domínio da caatinga. 4. ( ) Vegetação homogênea, aciculifoliada, em área próxima
(C) ao longo da história brasileira o espaço que compõe a atual região nordestina sempre se ao trópico de Capricórnio.
configurou como uma área pobre e periférica frente à centralidade nacional do sul e sudeste 5. ( ) Solos rasos e pobres em matéria orgânica, com domínio
do país. da vegetação xerófila.

Curso Preparatório Cidade | PROVAS DE CONHECIMENTO GERAIS 2007/2008 43


(A) 2 ; 5 ; 1 ; 6 ; 3. bem-sucedida, pois os norte-americanos aceitaram uma compensação de 110 mil libras esterlinas
(B) 4 ; 6 ; 1 ; 3 ; 5. para desistir do negócio, o que enfraqueceu o lado do governo de La Paz.
(C) 2 ; 3 ; 4 ; 6 ; 5. O outro, foi mostrar à Bolívia que o Brasil estaria mesmo disposto a ir a guerra na defesa do povo
(D) 4 ; 6 ; 5 ; 3 ; 1. extrativista do Acre, visto que a opinião pública não aceitaria que o governo do Rio de Janeiro
(E) 2 ; 6 ; 4 ; 3 ; 5. cruzasse os braços caso soubesse que os seringueiros fossem expulsos pelas armas daquela área.
Um admirador exaltado da posição tomada pelo barão escreveu na imprensa: “Temos um Homem
12. Analise as afirmativas abaixo que tratam da dinâmica climática do Brasil, colocando entre no Itamaraty.”
parênteses a letra V, quando se tratar de afirmativa verdadeira, ou a letra F quando se tratar de Com relação ao Peru, o Brasil pagou uma indenização de dois milhões de libras estelinas e não
uma afirmativa falsa. A seguir, assinale a alternativa que apresenta a sequência correta. correu o risco de um conflito armado.
Sentença II – O território do Acre que até então pertencia a Bolívia quando foi ocupado por
1. ( ) Áreas subtropicais de baixa pressão (ciclonais) são dispersoras de ventos, a exemplo do seringueiros nordestinos ávidos pelo látex e a prosperidade econômica do ciclo da borracha.
litoral de Santa Catarina, abaixo do Trópico de Capricórnio.
Sentença III – Não há disconformidade, as negociações entre Brasil e Bolívia, realmente ocorreram
2. ( ) Um exemplo da interferência do relevo no clima é a barreira orográfica formada pelo
no início do século XX, como se pode perceber na explicação da sentença I.
Planalto da Borborema que faz com que a massa de ar ganhe altitude e perca umidade a barlavento
na escarpa voltada para o Oceano Atlântico. Este é um dos fatores da semi-aridez do interior do Letra (B) Errada- A Sentença ( IV) apresenta-se falsa, uma vez que trata a respeito do Tratado
nordeste. de Madri, o qual ocorreu no século XVIII ( 1750). Logo, não foi decisivo na aquisição das terras
3. ( ) Maceió (AL), Vitória (ES) e Ilhéus (BA) estão na faixa de clima litorâneo úmido com maior bolivianas, e sim na questão da decadência do Tratado de Tordesilhas, que em termos práticos,
pluviosidade no outono e inverno. Palmas (TO), Brasília (DF) e Cuiabá (MT), no tropical com verão gerava desordem nas fronteiras entre Portugal e Espanha, a coroa portuguesa acabou triplicando
úmido e inverno seco. as áreas economicamente ocupadas por representantes ou indivíduos ligados à atividade colonial
4. ( ) O posicionamento astronômico do território brasileiro se dá nos hemisférios norte e sul e portuguesa. Para resolver esse impasse, os governos ibéricos decidiram utilizar um novo critério que
no ocidental, com extensão de cerca de 38º de Latitude por 39º de Longitude. Esta disposição é um pudesse redesenhar os limites territoriais sem provocar uma eventual perda para cada uma das
dos fatores que produzem a grande diversidade climática do país. nações envolvidas. A partir daí foi concretizada a assinatura do Tratado de Madri, de 1750.
Segundo esse novo acordo, os limites coloniais lusitanos e hispânicos seriam definidos por meio do
(A) V ; V ; V ; V. princípio de “uti possidetis”. Essa ideia, proposta originalmente por Alexandre de Gusmão - brasileiro,
(B) V ; F ; F ; F. nascido em Santos, porém embaixador português, sugeria que os limites de cada território fossem
(C) V ; F ; F ; V. definidos por meio de uma investigação que apontasse quem primeiramente ocupou uma região.
(D) F ; V ; V ; F. Apesar de funcional, essa proposta causou algumas descontinuidades entre os domínios das nações
(E) F ; V ; V ; V. ibéricas.
Letra (C) Errada – A sentença IV está falsa. Qualquer dúvida volte na explicaçãoda letra B.

GABARITO COMENTADO Letra (D) Errada – Não é apenas a afirmação I que está correta, e sim as sentenças I, II e III.
Letra (E) Errada – Errada. A sentença IV está falsa. Qualquer dúvida volte na explicação da letra
1. Letra A B.

Letra (A) Correta – As afirmações I, II e III estão corretas.


2. Letra E
Sentença I – A terras foram adquiridas por meio do Tratado de Petrópolis (1903) o Barão do Rio
Branco estabeleceu dois frontes para evitar o choque militar com a Bolívia. Num deles arregimentou Letra (A) Errada. Todas as afirmações estão corretas e não somente I e II.
o apoio da Casa Rothschild, de Londres, instituição financeira de históricas ligações com o Brasil, Letra (B) Errada. Todas as afirmações estão corretas e não somente a I.
para que os banqueiros intermediassem um acordo com o Bolivian Syndicate de Nova York. Operação
Letra (C) Errada. Todas as afirmações estão corretas e não somente a II.

44 PROVAS DE CONHECIMENTO GERAIS 2007/2008 | Curso Preparatório Cidade


Letra (D) Errada. Todas as afirmações estão corretas e não somente a I e III. resultando num processo de metropolização. Basta pensar que a maior parte da população brasileira
Letra (E) Correta. Todas as afirmações estão corretas. (I, II e III) está concentrada em 20 cidades.

Sentença I – Não há disconformidade, trata-se de uma questão textual, o Tratado de Assunção Letra (B) Errada - a afirmação II não está correta.
ocorreu realmente em 1991, teve como objetivo a criação de uma ZLC- Zona de Livre Comércio, que Afirmação II - O erro consiste em afirmar que as regiões metropolitanas apresentam percentuais
no primeiro momento tinha como membros plenos: Brasil, Argentina, Paraguai e Uruguai. inferiores a 20% da população nacional. Na verdade, as regiões metropolitanas representam cerca
Setença II – Se comparado ao NAFTA -Acordo de Livre Comércio da América do Norte-formado de 80% da população. A criação das aglomerações metropolitanas surgiu da necessidade de se
por EUA , Canadá e México ( 1992) e União Europeia formado por: Alemanha, Áustria, Bélgica, resolver um conjunto de problemas que iam além da competência política das esferas de poder
Bulgária. Chipre, Dinamarca, Eslováquia, Eslovênia, Espanha, Estônia, Finlândia, França, Grécia, municipais. A Lei Complementar nº 14, de 1973, estabeleceu a noção de Região Metropolitana (RM),
Hungria, Irlanda, Itália, Letônia, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Países Baixos (Holanda), Polônia, aplicando-a às nove principais aglomerações urbanas do país (São Paulo, Rio de Janeiro, Belo
Portugal, Reino Unido, República, Romênia e Suécia. O Mercosul demonstra-se economicamente Horizonte, Salvador, Curitiba, Porto Alegre, Recife, Fortaleza e Belém). Atualmente no Brasil há 35
pequeno. regiões metropolitanas, distribuídas por todas as grandes regiões do país, e definidas por leis federais
ou estaduais. A criação de uma região metropolitana não se presta a uma finalidade meramente
Setença III – Entre os obstáculos/empecilhos da plena integração do Mercosul estão as
estatística; o principal objetivo é a viabilização de sistemas de gestão de funções públicas de interesse
disparidades econômicas entre os países membros: Brasil, Argentina, Paraguai e Uruguai. Brasil e
comum dos municípios abrangidos.
Argentina encontra-se em posição central, enquanto Paraguai e Uruguai ocupam posição periférica.
Letra (C) Errada – A afirmação III está incorreta.
O processo recente de desmetropolização está associado à diminuição dos fluxos migratórios em
3. Letra C
direção das metrópoles. Porém, no Brasil tal processo não conduz a decréscimo demográfico nas
metropóles. Embora estejamos atravessando um processo de crescimento de cidades pequenas e
Letra (A) Errada – Apenas as afirmações I e II estão corretas e não apenas a I.
médias, isso não está ligado a uma busca por qualidade de vida do moradores das grandes
Letra (B) Errada - Apenas as afirmações I e II estão corretas e não apenas a II.
metrópoles, e sim ao êxodo rural.
Letra (C) Correta- Apenas as afirmações I e II estão corretas
Letra (D) Errada- Somente a afirmação I está correta e não I e II.
Afirmação I – No Brasil, muitas das atividades externas necessárias ao processo industrial,
Letra (E) Errada - Somente a afirmação I está correta e não todas as afirmativas.
realmente foram realizadas pelo Estado brasileiro, como indaga o item. Podemos citar o sistema
Eletrobrás com Furnas, Eletronorte e Eletrosul, além da CVRD – Companhia Vale do Rio Doce e CSN
Companhia Siderúrgica Nacional. 5. Letra C
Afirmação II – Quando o Brasil implementou seu processo de substituição das importações, após
a Segunda Guerra Mundial, já existinham economias externas produzindo bens duráveis, inclusive Letra (A) Errada- Não ocorre a concentração da produção de arroz na região Sudeste.
era parte dessas economias a qual importavamos tais bens. Letra (B) Errada – Nas áreas de cerrado e no oeste baiano ocorre a concentração da produção de
soja, e não de frutas voltadas para o mercado externo.
Letra (D) Errada- A afirmação III está falsa. A política de descentralização industrial pelo regime
militar, como sendo uma forma de planejamento territorial e não para atender a pontecialização dos Letra (C) Correta- A região Sudeste se destaca como a maior produtora de laranjas, destaque para
fluxos migratórios interregionais como indaga o item. SP e MG.

Letra (E) Errada - A afirmação III está falsa. Letra (D) Errada – O oeste baiano não apresenta produção significativa de trigo.
Letra (E) Errada – A floresta amazônica não apresenta concentração de cana- de açúcar em sua
orla sul.
4. Letra A

Letra (A) Correta - Somente I está correta. 6. Letra D


Afirmação I - O processo de urbanização brasileiro se consolida efetivamente na década de 1960.
Logo, a partir da década de 1950, teve início a tendência à aglomeração urbana que acabou Letra (A) Errada – A segunda sentença não está falsa e sim verdadeira.

Curso Preparatório Cidade | PROVAS DE CONHECIMENTO GERAIS 2007/2008 45


Letra (B) Errada – A quarta sentença não está falsa e sim verdadeira. Letra (E) Errada - O fundamento da atual divisão regional do Brasil feita pelo IBGE, estabelecida
Letra (C) Errada – A terceira e quarta sentenças não são falsas e sim verdadeiras. em 1988, foi definido a partir das características econômicas, demográficas e naturais resultando nas
macroregiões, e não em regiões geoeconômicas.
Letra (D) Correta - Apenas a primeira sentença está falsa, pois não é a policultura que favorece
o desenvolvimento de grande quantidade de pequenas espécies invasoras — as pragas — que se
alimentam desses produtos e sim a monocultura que é uma característica da agricultura brasileira. 9. Letra B
Letra (E) Errada – A terceira sentença não é falsa e sim verdadeira.
Letra (A) Errada – A seca ocorre principalmente na sub-região e não é essencialmente a causa da
pobreza do povo nordestino.
7. Letra C Letra (B) Correta – O polígono da seca não se limita ao Nordeste, esse também abarca a região
Sudeste, no Norte de Minas Gerais.
Letra (A) Errada – O período de maior fluxo migratório ocorreu entre 1850 e 1930.
Letra (C) Errada - A atual região nordestina foi o espaço onde ocorreu a colonização do país sendo
Letra (B) Errada- No período citado o correto seria apenas os italianos, uma vez que os japoneses
a área mais importante e central pelo menos até meados do século XVIII, quando em 1763, a capital
migraram para o Brasil no início do século XX (1908).
foi transferida de Salvador para o Rio de Janeiro.
Letra (C) Correta- Os principais fluxos migatórios brasileiros estão direcionados aos países da
Letra (D) Errada – A Sudene foi criada em 1960, no governo JK, seus recursos foram destinados
Europa, os EUA e ao Paraguai, não esquecendo o Japão. Com a crise econômica que assolou o Brasil
ao setor secundário.
na década de 1980 ( década perdida), o quadro de emigração aumentou significativamente.
Letra (E) Errada – O rio São Francisco não é intermitente, embora apresente-se assoreado em
Letra (D) Errada - Não ocorreu o famigerado processo de refluxo migatório citado, e sim o
algumas partes. A priore é o único que atravessa o semiárido de uma forma perene.
surgimento de cidades denominadas de satélites que abarcaram a mão- de-obra candanga.
Letra (E) Errada – Não se pode sustentar a afirmação de que a criação da Zona Franca de Manaus,
tenha gerado um intenso fluxo de pessoas das periferias de RJ e SP em direção a Manaus. 10. Letra C

Letra (A) Errada – A ocupação inicial não foi interiorana.


8. Letra D Letra (B) Errada – A colonização inicial não ocorreu na Amazônia.
Letra (C) Correta- A ocupação do território concentrou-se no litoral, na qual habita a maior parte
Letra (A) Errada - O fundamento da atual divisão regional do Brasil feita pelo IBGE, estabelecida
da população.
em 1988, foi definido a partir das características econômicas, demográficas e naturais resultando nas
macroregiões, e não em complexos regionais. Letra (D) Errada – No século XVIII ocorreu o prolongamento da ocupação interiorana via
Letra (B) Errada - O fundamento da atual divisão regional do Brasil feita pelo IBGE, estabelecida bandeiratismo, ou seja, busca por metais preciosos e escravos.
em 1988, foi definido a partir das características econômicas, demográficas e naturais resultando nas Letra (E) Errada – Não existe o conceito de vila agrária no contexto da colonização.
macroregiões, e não em microregiões demográficas.
Letra (C) Errada - O fundamento da atual divisão regional do Brasil feita pelo IBGE, estabelecida 11. Letra E
em 1988, foi definido a partir das características econômicas, demográficas e naturais resultando nas
macroregiões, e não em mesoregiões demográficas. Letra (A) Errada – O segundo parêntese refere-se ao Domínio da Araucárias e não a Caatinga.
Letra (D) Correta - O fundamento da atual divisão regional do Brasil feita pelo IBGE, estabelecida Letra (B) Errada – O primeiro parênrese refere-se ao Cerrado e não aos Mares de Morro.
em 1988, foi definido a partir das características econômicas, demográficas e naturais resultando nas Letra (C) Errada – O segundo parêntese não corresponde as Araucárias e sim ao Domínio das
macroregiões homogêneas. Com o destaque para o caráter político- admistrativo, que acabou Pradarias.
locando Tocantis na região Norte ao invés da região Centro Oeste, a qual o Goiás ainda continuou
Letra (D) Errada - O primeiro parênrese refere-se ao Domínio Cerrado e não aos Mares de Morro.
fazendo parte.
Letra (E) Correta – É a única sequência que apresenta conformidade com as características dos
parênteses.

46 PROVAS DE CONHECIMENTO GERAIS 2007/2008 | Curso Preparatório Cidade


12. Letra E

Letra (A) Errada – O primeiro parêntese apresenta um erro, pois nas áreas de baixa pressão não
são disperssoras de ventos e sim concentradoras de ventos.
Letra (B) Errada – O primeiro parêntese apresenta um erro, pois nas áreas de baixa pressão
não são disperssoras de ventos, e sim concentradoras de ventos.
Letra (C) Errada – O primeiro parêntese apresenta um erro, pois nas áreas de baixa pressão não
são disperssoras de ventos, e sim concentradoras de ventos.
Letra (D) Errada - O último parênrese não apresenta qualquer discoformidade, trata-se de uma
questão textual, ou seja, está presente nos livros recomendados na bibliografia oficial.
Letra (E) Correta – É a única sequência que apresenta conformidade com as características dos
parênteses citados. Somente o primeiro parêntese está falso, pois as áreas ciclonais são receptoras
de ventos e não dispersoras.

Curso Preparatório Cidade | PROVAS DE CONHECIMENTO GERAIS 2007/2008 47