Você está na página 1de 61

1

ÍNDICE
Introdução................................................................ 3

Inteligência Emocional........................................ 7

Administração de Tempo................................... 11

Marketing Pessoal.................................................16

Auto-Motivação ................................................... 20

Persuasão e Influência ....................................... 33

Lidar com Pessoas Difíceis ............................... 37

Resiliência................................................................ 43

Inovação - Carreira e Negócios....................... 50

Teste de Auto-Avaliação..................................... 57

2
INTRODUÇÃO

3
Neste ebook quero mostrar para você

como desenvolver as 8 habilidades que

te transformará num profissional de alta

performance e com isso conquistar com

mais facilidade os seus objetivos de

ordem profissional como pessoal, mesmo

em momentos difíceis.

Confesso que não sei quais são os seus

desejos. Se você gostaria de ser promovido

na organização que trabalha, ou se você

deseja dar mais conforto à sua família,

ou se deseja ganhar mais para poder

fazer a viagem dos seus sonhos, ou se

quer iniciar um negócio próprio, ou se é

a soma de tudo isso com uma qualidade

de vida melhor.

Mas uma coisa que eu sei, é que se


4
transformando num profissional de alta

performance, através das 8 habilidades que

irei te apresentar, qualquer sonho é possível

de ser alcançado, mesmo aqueles mais

complexos que muitas pessoas acreditam

que nunca se concretizarão.

Ministro muitos treinamentos e palestras

nas empresas brasileiras e ouço muitas

reclamações das pessoas sobre vários

pontos nos seus trabalhos. Como por

exemplo, não aguentar mais o seu líder,

injustiças que lhe são atribuídas no dia a

dia, sobrecargas de trabalho e até mesmo

a impossibilidade de crescimento na

empresa. Tudo isso gerando a tal da

desmotivação no trabalho.

Agora, acredite... Para tudo isso existem


5
soluções, e eu quero compartilhar com você as

habilidades que são fundamentais para trans-

por todos estes problemas.

Siga os próximos capítulos.

6
INTELIGÊNCIA
EMOCIONAL

7
Problema: Injustiça

Solução: Inteligência Emocional

A injustiça é uma das maiores reclamações

que eu ouço das pessoas e ela normalmente é

causada por dois fatores principais:

O primeiro fator é ser acusado injusta-

mente pelo chefe ou pelo cliente ou até

mesmo por algum colega de trabalho de ser

o culpado pelo atraso ou fracasso do projeto,

isto é, a culpa é sua por tudo que saiu errado.


8

O segundo é exatamente o contrário,

você foi o responsável pelo sucesso de uma

atividade, mas não leva o crédito pelo

grande feito, sendo o seu líder ou outras

pessoas elogiadas pelo bom andamento

do projeto ou do desenvolvimento do produto.

Quando éramos crianças, nossos pais

falavam que nem sempre a vida é justa e nós

crescemos e descobrimos que isso é verdade.

Mas a habilidade da inteligência emocional,

que é uma das 8 que quero te mostrar, pode

nos ajudar nestes casos e talvez você

necessite desenvolvê-la.

Pessoas inteligentes emocionalmente não

permitem que as palavras de outras pessoas

abalem o seu estado emocional, vejamos

Walt Disney, ele foi demitido do seu primeiro


9
emprego por que o seu chefe achava que

ele não tinha criatividade suficiente para tra-

balhar no jornal. Michel Jordan também não

ligava para o que as pessoas diziam. Ele foi

negado em vários times de basquetebol

pois achavam que ele não tinha

altura suficiente para ser um bom jogador.

Se você se sente injustiçado no seu

trabalho e se abala emocionalmente com

isso, ficando com medo, tristeza ou raiva das

pessoas, você precisa trabalhar a sua inteli-

gência emocional, pois você permite que

outras pessoas determinem como você

deve se sentir.

Clique no link abaixo para fazer o teste

gratuito sobre a Roda de Carreira:

Acesse este link para fazer o teste


10
ADMINISTRAÇÃO
DO TEMPO

11
Problema: Sobrecarga de Tarefas

Solução: Administração do Tempo

Outra reclamação que ouço com frequên-

cia é a sobrecarga de trabalho e normalmente

ela acontece por dois motivos:

Se você é uma pessoa competente, o seu

superior pede mais coisas para você, pois

ele sabe que você irá entregar na qualidade

que ele deseja e no tempo que ele precisa

e você se sente injustiçado pois ganha


12
a mesma coisa que outras pessoas que

possuem menos tarefas e responsabilidades.

Outro motivo é que muitas empresas

precisam reduzir os custos e dispensar vários

colaboradores, mas alguém precisa assumir

o trabalho deles, então os chefes

distribuem as tarefas para os colaboradores

que foram mantidos, deixando-as

altamente sobrecarregadas.

Se você está sentindo que o mundo está

nas suas costas e não consegue lidar com o

excesso de tarefas que são passadas, talvez

você tenha que desenvolver a habilidade

da administração do tempo, que é uma das

8 habilidades que iremos aprender, para

que você consiga fazer mais coisas em

menos tempo.
13
Uma dica muito simples que ensino as

pessoas, sobre administração do tempo, é o

seguinte:

Oitenta por cento das tarefas que executa-

mos no dia a dia duram 25 minutos e se você

focar na execução destas tarefas sem permitir

paradas, aprendendo a dizer “não” as pessoas

que te procuram, há uma grande chance

de você concluir boa parte das suas tarefas.

Obviamente este “não” é um “não”

simpático, solicitando a pessoa que aguarde

um determinado tempo para procurá-lo

de novo, isto é no final da atividade que

durará o tempo de 25 minutos.

Resumindo foque na atividade para

conclui-la sem permitir atropelamento de

outras pessoas e depois procure estas


14
pessoas para responder o que elas precisam.

Aprenda a dizer “não” educadamente.

Clique no link abaixo para fazer o

teste gratuito sobre a Roda de Carreira:

Acesse este link para fazer o teste

15
MARKETING
PESSOAL

16
Problema: Carreira Estagnada

Solução: Marketing Pessoal

Agora, você pode estar se sentindo

estagnado na sua carreira, sem perspectiva

de crescimento, ou porque a empresa não vai

bem e não tem possibilidades de ascensão ou

por causa de favoritismos que você percebe

dentro da organização, onde nem sempre

promovem os melhores e sim aquelas pessoas

que são os “puxadores de saco” da chefia.


17
Neste caso específico será necessário

desenvolver a habilidade do marketing

pessoal, pois talvez seja isso que esteja

faltando para você aparecer e crescer no

organograma da empresa.

O que é marketing ?

Marketing são estratégias que

normalmente as empresas utilizam para

mostrar os seus produtos no mercado

e vendê-los. Algo assim: “Olha aqui este

produto, ele é bom, comprem... “

O que é marketing pessoal?

Marketing pessoal são estratégias que

normalmente os profissionais utilizam para

mostrar as suas competências e vendê-las

para os seus chefes. Algo assim: “Olha eu

aqui, veja como sou bom, me promovam”


18
A pergunta que fica é a seguinte:

“Você sabe fazer o seu marketing pessoal

na empresa que trabalha ?“

Existem pelo menos 5 condutas com-

portamentais que fazem com que você

entre no radar da alta liderança na sua

empresa ou até mesmo entre no radar do seus

clientes para comprarem os seus produtos e

percebo que a maioria das pessoas não sabem

e não executam estas condutas no dia a dia.

Clique no link abaixo para fazer o

teste gratuito sobre a Roda de Carreira:

Acesse este link para fazer o teste

19
AUTO-
MOTIVAÇÃO

20
Problema: Desmotivação no Trabalho

Solução: Auto-Motivação

Se você realizou o download deste E-book,

provavelmente você não está satisfeito com

o seu trabalho e gostaria de fazer uma

mudança. Talvez a sua questão gire em torno

do desejo de mudar de emprego ou

começar a planejar a criação de um negócio

próprio. Pode ser também que tudo com

o que sonha no momento é iniciar um


21
ano sabático para pensar em tudo isso.

Nas minhas andanças pelas empresas

brasileiras, ao conversar com as pessoas, eu

tenho percebido que há uma desmotivação

muito intensa em relação ao trabalho. Ás

vezes, o desestímulo passa por problemas

de relacionamento com líderes e pares. Em

outras, passa por dificuldades em realizar as

tarefas e projetos. E existem casos em que o

“vento da vida” simplesmente soprou e as

pessoas escolheram erradamente as suas

profissões.

O fato é que muitas destas pessoas estão

envolvidas em profissões e funções que

não trazem satisfação e felicidade. Neste

E-book, veremos que o ideal é que as

pessoas trabalhem de acordo com os seus


22
valores motivacionais, com a forma como

enxergam o mundo. Mas, o curioso é que as

pessoas não se conhecem o suficientemente

para saber o que realmente pode lhes trazer

prazer na vida – e no trabalho.

O ISMA - International Stress Manage-

ment Association - fez uma pesquisa no Brasil

e revelou números alarmantes relacionados à

insatisfação no trabalho que impedem a con-

quista dos fatores mais importantes das pes-

soas que é a busca pelo sucesso e pela feli-

cidade. Veja os números a seguir e faça uma

reflexão para identificar se você está inserido

neste quadro:

82% dos profissionais pesquisados

apresentavam traços de ansiedade em


23
diversos graus. O resultado surpreendeu

os pesquisadores, que esperavam no

máximo 60% - o que já é um índice alto.

65% dos entrevistados consideravam

seu nível de stress de regular a péssimo.

Para 58%, o trabalho foi indicado como

maior fonte de stress em sua vida e 48% se

dizem sobrecarregados de tarefas.

10% das pessoas ouvidas afirmaram sen-

tir-se deprimidas. Entre as causas apontadas

por elas, ficaram em primeiro lugar as rela-

cionadas a situações do trabalho como: de-

missão, mudanças na empresa, perda de

cargo e falta de perspectiva profissional.

30% dos pesquisados disseram sofrer

de burnout, esgotamento físico e mental

causado pelas pressões no trabalho.


24
38% dos entrevistados revelaram que

evitam tirar férias por medo que decisões

importantes sejam tomadas durante sua

ausência, medo de serem transferidos de

cargo ou demitidos.

Outra pesquisa recente da revista Exame

em conjunto com a revista Você S/A de-

monstrou que 80% dos brasileiros não estão

altamente motivados em seus trabalhos,

isto demonstra de forma gritante que as

pessoas não estão felizes nas suas carreiras

e desejam mudanças.

Se apresentássemos esta pesquisa ao

Spock, consagrado personagem da série

de filmes STAR TREK, que possui como

característica principal o uso da lógica para

solucionar os problemas da frota estrelar,


25
ele provavelmente nos daria o seguinte

conselho:

“Se vocês estão infelizes em seus

trabalhos, mudem de trabalho, façam algo

que vocês realmente gostam de fazer“.

Você tem razão Spock, mas as coisas não

são tão simples assim, o ser humano não

conduz a sua vida apenas com lógica - como

os vulcanos do seu planeta. Nós temos

emoções que muitas vezes não permitem

tomarmos uma rápida decisão de sairmos

de um trabalho sofrido, mas CERTO

para um trabalho ou um negócio mais

prazeroso, mas INCERTO.

A dúvida do sucesso ou insucesso nesta


26
nova empreitada paralisa a maioria de nós,

impedindo fazermos o movimento lógico da

mudança para um novo emprego ou a

um novo negócio. E está dúvida está

ligada à emoção do MEDO.

Existem quatro emoções básicas que

permeiam os sentimentos da humanidade:

medo, tristeza, raiva e alegria. Alguns au-

tores complementam com a emoção do

amor, mas eu gosto de colocar o

amor na emoção da alegria.

É curioso perceber que quando estamos

infelizes com o que fazemos e desejamos

fazer algum tipo de mudança, o sentimento

que bate na maioria dos corações

das pessoas é o MEDO.

Daniel Goleman, autor do best seller


27
“Inteligência Emocional” nos brinda com

a informação de que qualquer emoção

pode nos levar para uma ação negativa

ou uma ação positiva e a solução para os

nossos problemas está em não permitirmos

ir para o lado negativo do sentimento e

agirmos pelo lado positivo dele.

Normalmente, quando dou a explicação

de que as emoções possuem estes dois

lados - ação positiva e ação negativa - mui-

tas pessoas me fazem a seguinte pergunta:

“Mas Ricardo, medo, tristeza ou raiva tem

lado positivo?”. E a minha resposta é: “SIM!

TEM! E a solução para você resolver os

seus problemas como o da insatisfação

com o seu trabalho é ir para o lado positivo

do sentimento do MEDO“.
28
A ação negativa do MEDO é a paralisia!

As pessoas literalmente se paralisam quando

sentem medo. O que acontece normalmente

na mente das pessoas são os seguintes

pensamentos que geram o MEDO e

consequentemente a paralisia:

“Estou infeliz no meu trabalho e desejo

abrir um negócio, mas será que terei suces-

so empreendendo algo? Vejo tanta gente

quebrando a cara com este mercado recessivo.

Vou ficar aqui e pensar nisso mais para frente“.

“Nossa! Este trabalho não está legal,

mas será que em outra empresa não será a

mesma coisa? Será que não terei um chefe

pior do que tenho hoje? Vou ficar por

aqui e pensar nisso mais para frente”.


29
Os pensamentos negativos geram o

MEDO, que gera a paralisação

disfarçada de procrastinação. As pessoas

ficam empurrando o problema com a

barriga, procurando e achando várias

desculpas para não resolver os seu proble-

ma. O MEDO é o maior ladrão de sonhos que

existe.

Mas o lado positivo do MEDO é o que

chamamos da REFLEXÃO, isto é, da análise

dos fatos realmente como eles são, sem

fantasias e conceitos pré-concebidos que

a maioria das pessoas tem. Talvez a forma

mais correta de pensar seja:

“Estou infeliz no meu trabalho, gostar-

ia muito de abrir um negócio próprio. Vou


30
estudar as várias possibilidades do mercado

e montar um plano de ação a curto e

médio prazo para realizar este sonho. Alguns

empresários estão indo mal por causa

da recessão, porém outros vão muito bem.

Preciso refletir mais sobre o assunto, estudar

e elaborar um plano de ação”.

“Esse trabalho não está legal e eu mereço

o que existe de melhor no mercado, vou

refletir sobre a minha carreira e procurar

um novo emprego. Além disso, não será

apenas a empresa que irá me contratar. Eu

também irei contratar a empresa e o meu

líder. Serei mais exigente ao escolher onde irei

trabalhar”. Quando nós chamamos a

responsabilidade para nós mesmos e

nos determinamos a mudar é possível


31
corrigir a forma de pensar. Porém, o

sentimento de MEDO poderá persistir, mas

há uma grande tendência de usarmos ele

de forma positiva que é a reflexão segui-

da de um plano de ação a curto e médio

prazo para resolvermos os nossos problemas.

Clique no link abaixo para fazer o

teste gratuito sobre a Roda de Carreira:

Acesse este link para fazer o teste

32
PERSUASÃO
E INFLUÊNCIA

33
Veja como a história dos irmãos Mc

Donald’s comprovam o por que a persuasão

e influência é importante para o sucesso

profissional.

Dick e Maurice McDonald fundaram a

primeira loja em Pasadena nos EUA e

perceberam a oportunidade de expandir

o seu negócio através de franquias. Em

1952 começaram a procurar interessados e

conseguiram convencer apenas 15 pessoas

a comprarem a sua franquia, das quais

apenas 10 realmente abriram as portas.

Insatisfeitos com os resultados os irmãos

se associaram a Ray Kroc, que entre 1955 e

1959, conseguiu abrir 100 restaurantes.

Quatro anos depois, contava com quinhentos

McDonald’s.
34
A capacidade de influência e persuasão

de Kroc era infinitamente maior que a dos

irmãos que eram ótimos proprietários de

restaurante. Sabiam administrar um negócio,

tornar seus sistemas eficientes, cortar gastos

e aumentar lucros. Eram gerenciadores

eficientes, mas esbarravam num sucesso

maior pois não sabiam influenciar e

persuadir pessoas comprarem o sua

fantástica franquia ou a fazer o que tinha

que ser feito no restaurante.

A história dos irmãos McDonald’s pode

estar se repetindo com você, isto é, você

tem uma bela ideia ou uma fantástica

inovação para a sua área ou para a empre-

sa, mas não consegue convencer as pessoas

disto.
35
Clique no link abaixo para fazer o

teste gratuito sobre a Roda de Carreira:

Acesse este link para fazer o teste

36
LIDAR COM
PESSOAS
DIFÍCEIS

37
Provavelmente você já se deparou com

pessoas complicadas dentro da empresa,

pessoas que estão a todo tempo reclamando,

dizendo que tudo é impossível, desrespeitando

o próximo, sendo muito agressivo e por aí vai.

Estas pessoas tem como estado de EGO

predominante o que chamamos de PAI

CRÍTICO, isto é, pessoas que são críticas

em relação a outras pessoas e fatos.

Provavelmente um indivíduo com este

estado de EGO já está criticando este artigo

sem ao menos lê-lo até o final. Veja as

características destas pessoas:

Palavras: Pare, Não, Ridículo, Está

errado, É complicado;

Tom de Voz: Ríspido, Cortante, Imperioso;


38
Postura: Rígida, Ereta, Tensa;

Expressão: Cenho franzido, Bravo;

Gestos: Dedo em riste, Pé

batendo, Mão na cintura.

Para lidar com estas pessoas a última

coisa que você deve fazer é invocar o seu

PAI CRÍTICO também, pois com certe-

za haverá conflito entre vocês dois, pois PAI

CRÍTICO não tem racionalidade e flexibi-

lidade, e em momentos de conflitos o que

é mais necessário é a flexibilização dos

dois lados.

Para convencer uma pessoa difícil você

deve utilizar o seu estado de ego ADULTO,

este estado é equilibrado, atencioso e

questionador. Quando você dá atenção a


39
PAI CRÍTICO utilizando o seu estado de

ego ADULTO, e começa a fazer

perguntas para ele como: “O que

você faria para resolver esta questão?“;

“Onde você acha que erramos e o que

poderíamos fazer diferente?”, você está

estimulando ela a refletir o assunto com

o “córtex pré frontal”, parte do nosso cérebro

relacionada a “razão” e não a “emoção” que

é comandada pela “amígdala” (Veja o artigo

chamado Sequestro da Amígdala). A

amígdala é responsável pelas nossas

atitudes intempéries que impedem a

racionalização do problema.

Assim que você começar a utilizar o seu

ADULTO dando atenção e questionando, a

pessoa com quem você está conversando


40
sai do PAI CRÍTICO e vem para o ADULTO

também. E adulto com adulto se entendem,

pois têm flexibilidade e harmonia.

Não precisamos ir tão longe assim, caso

seu marido ou esposa venha com o PAI

CRÍTICO, sendo comandados pela amígdala

(lado emocional) se você vier com seu PAI

CRÍTICO haverá confusão e não chegarão a

nenhum acordo, mas se você vier com seu

ADULTO, dando atenção e fazendo perguntas

relacionadas ao problema, o marido ou a

esposa automaticamente também irão

utilizar o seu estado de ego adulto, e tudo

então ficará mais fácil para ser resolvido.

Parece muito simples o que coloco e

realmente é simples, o que atrapalha nesta

técnica é a falta de paciência de quem aplica.


41
Muitas vezes a pessoa que você está

se relacionando tem o PAI CRÍTICO muito

forte, portanto, o tempo para ele cair no

ADULTO acaba sendo um tanto longo, e por

este motivo muito pessoas acabam desis-

tindo dela, mas acredite que vale a pena, pois

quanto mais paciente você for, mais você

estará comandando o conflito e aprendendo

a se relacionar com pessoas que possuem o

PAI CRÍTICO muito elevado, afinal ao longo de

nossas vidas encontraremos muitas pessoas

com este estado de ego predominante.

Clique no link abaixo para fazer o

teste gratuito sobre a Roda de Carreira:

Acesse este link para fazer o teste


42
RESILIÊNCIA

43
Resiliência é a capacidade humana de

você passar por problemas e dificuldades,

superando-os o mais rapidamente possível,

isto é, quanto mais rápido você superar as

suas adversidades, mais resiliente você é

na sua vida.

E sabe por que as muitas pessoas não são

resilientes ?

Por que quando aparece um problema

ou uma adversidade, elas reclamam ao

invés de partir para cima e resolver o

que precisa ser resolvido.

Pesquisas demonstram que a reclamação

é um dos principais comportamentos que

mais demitem nas organizações brasileiras.


44
Existem algumas pessoas que perante um

problema ou uma pressão mais acentuada

costumam utilizar a energia da raiva

erroneamente, transferindo-a aos músculos

da boca e começam a reclamar sem parar,

culpando o chefe, o colega, a empresa

e até mesmo o cliente (aquela pessoa

que paga o salário do reclamador).

Na verdade, o “reclamão” é uma pessoa

MEDROSA, isto mesmo, o MEDO é que se

apodera dela, mas como na nossa cultura

mostrar medo é demonstrar fraqueza esta

pessoa veste a máscara da RAIVA e inicia o

processo de reclamação. Na verdade os

“reclamões” têm MEDO de entrar em ação

para resolver o problema, pois não tem

competência para isto, ou até mesmo


45
MEDO de pedir demissão e partir para

outra, concorrendo com outros candidatos

que com certeza são mais corajosos que ele.

Se você tem estes “reclamões” a sua volta

darei duas sugestões para você ajudá-los

a saírem deste estado que só atrapalha

a carreira deles e a saúde da empresa:

Dê feedback: Como já falei em outros

artigos as pessoas percebem apenas dez por

cento daquilo que fazem no dia a dia, noventa

por cento do que fazemos está no piloto

automático. Dizer em claro e bom tom,

demonstrando para a pessoa que enquanto

ela reclama muita gente tem sucesso na

empresa, você estará mostrando para ela

os noventa por cento que ela não vê.

Quanto mais pessoas disserem isto para


46
ela, aumentam as chances dela aceitar

e iniciar a mudança comportamental.

Mas caso esta opção não adiantar, temos

uma segunda sugestão.

Afaste esta pessoa de você, para o bem

dela e para o seu próprio bem: Na verdade

o “reclamão” precisa de duas coisas: da boca

dele e da orelha de alguém. Se você não

dá ouvidos a esta pessoa ela não tem com

quem reclamar e aumenta a chance dela fazer

algo para mudar este processo. Afastar

estas pessoas é bom para você também,

pois muitas vezes ouvimos estas pessoas

e também começamos a reclamar.

Sempre que apresento esta segunda


47
opção nos meus treinamentos de inteligência

emocional algumas pessoas pensam: “Nossa,

e se eu durmo com um “reclamão” deste ?!”.

Sim, existem pessoas que acordam todos os

dias com os “reclamões” de plantão.

É necessário compreender que quando

reclamamos canalizamos nossas energias para

o lugar errado, isto é, utilizamos a ener-

gia para produzir palavras que não fazem

mudanças e sim que trazem mais problemas.

No momento em que as coisas não estão

indo de acordo com a nossa vontade

é hora de entrar em ação respondendo

uma simples pergunta:

Se eu não tivesse medo, o que eu faria ?


48
A resposta a esta pergunta é o que

deveríamos ponderar, analisando os riscos,

planejar e realizar, pois pode ser uma

das soluções para mudar o que

precisa ser mudado.

Clique no link abaixo para fazer o

teste gratuito sobre a Roda de Carreira:

Acesse este link para fazer o teste

49
INOVAÇÃO -
CARREIRA E
NEGÓCIOS

50
Venho reforçando em minhas palestras

e treinamentos que existem três

tipos de profissionais quando o assunto é

inovação dentro das organizações, gostaria

de apresentá-los para que você faça uma

auto-avaliação e se posicione em qual deles

você está inserido hoje, buscando

obviamente neste quadro uma evolução

profissional consistente.

Vamos aos três tipos:

Profissional 90 graus - É a pessoa que

se preocupa apenas com as atividades dela,

provavelmente chega cedo no local de

trabalho e realiza suas tarefas sempre da

mesma forma, sem nunca questionar se

existe um jeito melhor para trabalhar. Numa


51
reunião entra quieta e sai calada, sem

contribuir com ideias que podem trazer

mais eficiência a empresa. Podemos chamar

esta pessoa como profissional BOPE, isto é,

“missão dada, missão cumprida”, pois nun-

ca apresenta formas diferentes e inovadoras

para fazer ainda melhor o que deve ser feito

no dia a dia.

Profissional 180 graus – Aqui já temos

uma melhora consistente. Este colabora-

dor interage com as pessoas da sua equipe,

buscando uma melhoria nos produtos e

processos da empresa. Em reuniões coloca

sua opinião e a defende de forma equilibrada

recebendo bem as críticas. Também é

preocupado com a integração das outras


52
áreas, pois ele sabe que o seu departamento

faz parte de uma grande engrenagem que

está interligado com outras áreas. Caso este

profissional seja da área financeira, é comum

ele ir até a área de vendas e perguntar: “O

que podemos fazer no financeiro para vocês

venderem mais ?”. É um profissional colabo-

rativo e preocupado com as outras áreas

da empresa.

Profissional 360 graus – Agora chegamos

ao nível máximo de um profissional extraor-

dinário. Esta pessoa se preocupa com a

execução perfeita do trabalho dela, assim

como a integração com as outras áreas, mas

a sua principal preocupação está na busca

de grandes inovações para a empresa. O

profissional 180 graus articula inovações


53
dentro da empresa, o profissional 360 busca

estas inovações fora da empresa. Esta pessoa

olha para fora da janela do escritório e

procura saber o que outras organizações

estão fazendo para adaptá-las e trazer

estas melhorias para a sua organização.

Wall Disney era um profissional 360

graus. Como sabemos, ele era obcecado pela

excelência no atendimento dentro de seus

parques e hotéis, mas a princípio ele não

sabia fazer este atendimento extraordinário.

Para acertar este gap entre seu sonho e

a realidade ele descobre que na época

os cartões American Express tinham

excelência em atendimento ao cliente,

com uma avaliação de 97% bom e ótimo.

Então Disney se infiltrou dentro da


54
American Express e descobriu o que eles

faziam para conseguir este fantástico

resultado, adapta as práticas para os seus

parques e hotéis e implanta um novo

conceito de atendimento ao cliente. O

resto da história você já conhece.

Reflita e veja qual dos três profission-

ais você é, e se porventura você ainda não se

encaixar no profissional de 360 graus,

sugiro que você desenvolva um plano de ação

através da leitura de livros, participação de

palestras ou até mesmo a contratação de um

coach para entrar no nível dos profissionais

que estão fora da curva comum, isto é,

dos profissionais talentosos. Lembre-se

que se você trabalhar neste nível além da

sua empresa querer te reter outras empresas


55
começam a te desejar. Profissionais 360

graus têm poder de escolha, pois são muito

requisitados nas organizações atualmente.

Clique no link abaixo para fazer o

teste gratuito sobre a Roda de Carreira:

Acesse este link para fazer o teste

56
TESTE DE
AUTO-AVALIAÇÃO

57
CHEGA DE PROBLEMAS,
VAMOS AS SOLUÇÕES:
Já falamos de alguns problemas que

cada um de nós vive no dia a dia no

ambiente corporativo, mas agora está na

hora de buscarmos as soluções para

resolver de uma vez por todas estes

pontos que nos aflige.

Há dez anos, li em um dos livros de Dale

Carnegie a seguinte frase:

“As pressões e dificuldades na vida se

dissipam a luz do conhecimento”

E com esta frase quero te ajudar a resolver


58
todo e qualquer problema que você tenha

de ordem profissional ou até mesmo

pessoal e teremos a partir de agora que

desenvolver as 8 habilidades a seguir:

1 Inteligência Emocional

Automotivação
2

3 Administração do Tempo

4 Como persuadir e influenciar pessoas

5 Como Lidar com Pessoas Difíceis

6 Resiliência – Como lidar com pressões e

dificuldades no trabalho

7 Marketing Pessoal

8 Inovação na Carreira e nos Negócios

59
auto Avaliação:
o primeiro passo

Antes de iniciarmos o aprimoramen-

to das 8 habilidades destacadas até aqui

será necessário que você faça uma avaliação

de como está em cada uma delas, pois será

fundamental buscar soluções para aquelas

que mais estão atrapalhando a sua carreira.

60
Para fazer esta auto avaliação acesse

o link abaixo. Nele você preencherá um

instrumento no qual saberemos por onde e

como começar o seu desenvolvimento

profissional.

Acesse este link para fazer o teste

61

Você também pode gostar