Você está na página 1de 21

Ciências Naturais 9º ano

Unidade 2

Organismo humano em equilíbrio


2.4. Sistemas Cardiovascular e Linfático
Sangue

Circula no interior dos vasos sanguíneos

Estabelece a ligação entre os órgãos e as


células fornecendo oxigénio e nutrientes e
eliminando os produtos do metabolismo
(CO2, produtos azotados…)

Tem também funções de defesa do


organismo (imunidade) e de controlo da
temperatura.

2.4. Sistema Cardiovascular e Sistema Linfático


Constituição do Sangue
Água (90%)
Plasma
Substâncias dissolvidas (10%)
55% (proteínas, lípidos, glícidos, sais minerais, vitaminas)

Glóbulos vermelhos (4 a 7 milhões por mm3)

Plasma Células
sanguíneas
Glóbulos brancos 45% Glóbulos brancos (6,5 a 7 mil por mm3)
e plaquetas
Glóbulos vermelhos
Plaquetas (300 a 500 mil por mm3)

2.4. Sistema Cardiovascular e Sistema Linfático


Constituição do Sangue

2.4. Sistema Cardiovascular e Sistema Linfático


Funções dos constituintes do Sangue
Transporte (células, nutrientes,
Plasma gases, resíduos de metabolismo
Plaquetas
como a ureia e CO2)
(ou trombócitos)
Regulação da temperatura Coagulação sanguínea

Glóbulos Transporte de Oxigénio Glóbulos Defesa do organismo


(imunidade específica e não
vermelhos e Dióxido de Carbono brancos específica)
(ou hemácias) (ligados à hemoglobina) (ou leucócitos)

2.4. Sistema Cardiovascular e Sistema Linfático


Análises ao Sangue
Interpretação de valores de
análises sanguíneas

2.4. Sistema Cardiovascular e Sistema Linfático


Grupos de Sangue e compatibilidade de transfusões

2.4. Sistema Cardiovascular e Sistema Linfático


Sistema cardiovascular

Coração
órgão impulsionador
do sangue

Sistema
Cardiovascular
Artérias levam o sangue do coração para o corpo
Vasos
Veias trazem o sangue do corpo para o coração
sanguíneos
transportam Capilares fazem a ligação entre artérias e veias
o sangue por
todo o corpo

2.4. Sistema Cardiovascular e Sistema Linfático


Coração
Válvula semilunar ou sigmoide

Válvula bicúspide
ou mitral

Válvula tricúspide

2.4. Sistema Cardiovascular e Sistema Linfático


Ciclo Cardíaco

auricular
Sístole
(contração) ventricular

Diástole auricular
(relaxamento) ventricular

Frequência Cardíaca: nº de ciclos por unidade de tempo


2.4. Sistema Cardiovascular e Sistema Linfático
Ciclo Cardíaco

2.4. Sistema Cardiovascular e Sistema Linfático


Ciclo Cardíaco
Válvulas semilunares
fecham
Válvulas
semilunares
abrem

Aorta
Ventrículo
Aurícula
Válvulas
Válvulas AV abrem
AV fecham

2.4. Sistema Cardiovascular e Sistema Linfático


Vasos Sanguíneos
O sangue circula por
diversos tipos de vasos
sanguíneos: Veia Possuem paredes
mais finas e rígidas.

Vénula
Artéria
Possuem paredes
grossas e flexíveis A veias possuem válvulas
para manter que impedem o sangue de
pressão voltar para trás

Vasos
capilares
Arteríola

2.4. Sistema Cardiovascular e Sistema Linfático


Circulação do Sangue

Circulação Pulmonar

Circulação Sistémica

2.4. Sistema Cardiovascular e Sistema Linfático


Saúde do Sistema Cardiovascular
Aterosclerose Tratamento
coronária
Aterosclerose Vasodilatadores
(angina de peito)
Cirurgia
Bypass (ligação com vaso saudável)
Stent (tubo de malha em aço)

Placa Aterosclerótica

Prevenção
Dieta Saudável
Exercício físico
Enfarte do miocárdio Acidente Vascular Cerebral Aneurismas Não fumar

2.4. Sistema Cardiovascular e Sistema Linfático


Sistema linfático
Gânglios linfáticos
Órgãos Timo
Linfáticos Amígdalas
Baço
Sistema
linfático
Vasos Linfáticos
• transportam a linfa Funções:
• têm válvulas • Defesa do Organismo
semelhantes às das
veias • Absorção de lípidos
• Drenagem
• Transporte de substâncias

2.4. Sistema Cardiovascular e Sistema Linfático


Sistema linfático
O sistema linfático é constituído por:

Timo
Faz a maturação dos
linfócitos,
Vasos linfáticos que são importantes
Vasos semelhantes a na defesa do
veias, que transportam Gânglios organismo.
a linfa das células à linfáticos
corrente sanguínea. Filtram a linfa e Baço
eliminam substâncias Destrói as hemácias desgastadas e
e microrganismos. armazena as células sanguíneas.

2.4. Sistema Cardiovascular e Sistema Linfático


Sistema Linfático

Linfa intersticial:
Plasma + Glóbulos
brancos

Os gânglios linfático têm como


função filtrar a linfa removendo
agendes infeciosos

2.4. Sistema Cardiovascular e Sistema Linfático


Saúde do Sistema Linfático
Amigdalite Linfoma Linfedema

Inchaço dos tecidos devido à


acumulação de linfa
Inflamação das amígdalas Cancro do sistema linfático intersticial resultante de
provocada por vírus, bactérias deficiente drenagem.
provenientes do ar ou de
tecidos vizinhos

2.4. Sistema Cardiovascular e Sistema Linfático


Metas Curriculares
Sintetizar a importância do sistema cardiovascular no equilíbrio do organismo humano
A. Indicar os principais constituintes do sistema cardiovascular.
B. Explicar o uso de órgãos de mamíferos (por exemplo, borrego, coelho, porco), como modelos para
estudar a anatomia e a fisiologia humana, com base na sua proximidade evolutiva.
C. Descrever a morfologia e a anatomia do coração de um mamífero, com base numa atividade laboratorial.
D. Inferir as funções das estruturas do coração com base na sua observação.
E. Representar o ciclo cardíaco.
F. Determinar a variação da frequência cardíaca e da pressão arterial, com base na realização de algumas
atividades do dia-a-dia.
G. Relacionar a estrutura dos vasos sanguíneos com as funções que desempenham.
H. Comparar a circulação sistémica com a circulação pulmonar, com base em esquemas.
I. Caraterizar, sumariamente, três doenças do sistema cardiovascular.
J. Descrever dois contributos da ciência e da tecnologia para minimizar os problemas associados ao sistema
cardiovascular.
K. Identificar medidas que visem contribuir para o bom funcionamento do sistema cardiovascular.
Metas Curriculares

Analisar a importância do sistema linfático no equilíbrio do organismo humano

A. Caraterizar a função e os diferentes tipos de linfa.


B. Descrever a estrutura do sistema linfático.
C. Explicar a relação existente entre o sistema cardiovascular e o sistema linfático.
D. Justificar a relevância da linfa e dos gânglios linfáticos para o organismo.
E. Caraterizar, sumariamente, três doenças do sistema linfático.
F. Esclarecer a importância da implementação de medidas que visem contribuir para o
bom funcionamento do sistema linfático.