Você está na página 1de 5

Questão 1

ESTATÍSTICA

A “distribuição normal de probabilidade” é uma distribuição de probabilidade contínua que é


simétrica em relação à média e à mesocúrtica, e assíntota em relação ao eixo das abcissas, em
ambas as direções. Analisando os resultados das avaliações dos 2.000 alunos de certa escola,
verificou-se que as notas têm uma distribuição aproximadamente normal com média 6 e desvio
padrão 1.
Quantos alunos pode-se esperar que tenham tirado nota superior a 7,5? Assinale a
alternativa correta.
Escolha Resposta Comentário
esperada
683 alunos.
ara X = 7,5, temos: z = X   = 7,5 – 6 = + 1,5 S
1 Então: P(0  z  +1,5) = 0,4332 Portanto: P(6
 X  7,5) = 0,4332 ou 43,32% Mas estamos
interessados nas notas superiores a 7,5. Então,
estamos interessados no percentual da área sob a
curva a partir de z igual a +1,5. Logo, temos: 0,5
134 alunos.  0,4332 = 0,0668 ou 6,68% Como são 2.000
alunos, 6,68% deles corresponde a: 2000 .
0,0668 = 133,6 Logo, com nota superior a 7,5
esperamos encontrar 134 alunos. Não se esqueça
de arredondar o resultado. Não podemos ter 0,6
aluno! (CASTANHEIRA, 2010, cap. 10, p. 166-
188)
605 alunos.
317 alunos.

Múltipla escolha (Resposta única)


Questão 2
ESTATÍSTICA

A “distribuição normal de probabilidade” é uma distribuição de probabilidade contínua que é


simétrica em relação à média e à mesocúrtica, e assíntota em relação ao eixo das abcissas, em
ambas as direções. A altura média dos empregados de uma empresa de seguros se aproxima de
uma distribuição normal, com média de 172 cm e desvio padrão de 8 cm.
Calcule a probabilidade de um empregado dessa empresa, escolhido aleatoriamente, ter
altura maior que 176 cm. Utilize a Distribuição Normal de Probabilidades.
Escolha Resposta Comentário
esperada
19,15%
Dados do enunciado: X = 176 ; λ = 172 e S = 8
Visualizando o que deve ser calculado:
Calculando o valor padronizado z: z = (176 –
172)/ 8 z = 0,50 Procurando este valor na tabela
30,85% dos valores padronizados encontra-se: P (X ≥
176) = P (X ≥ 172) – P (172 ≤ X ≤ 176) P (X ≥
176) = P (z ≥ 0) – P (0 ≤ z ≤ 0,5) P (X ≥ 176) =
0,5000 – 0,1915 P (X ≥ 176) = 0,3085 P (X ≥
176) = 30,85% (CASTANHEIRA, 2010, cap. 10,
p. 166-188)
34,13%
15,87%

Múltipla escolha (Resposta única)


Questão 3
ESTATÍSTICA

A distribuição de Poisson pode ser usada para determinar a probabilidade de um dado número de
sucesso quando os eventos ocorrerem em um continuum de tempo ou espaço.
Em Tóquio ocorrem, em média, 9 suicídios por mês. Calcule a probabilidade de que, em um
mês selecionado aleatoriamente, ocorram exatamente dois suicídios. Utilize Poisson.
Escolha Resposta Comentário
esperada
Dados do enunciado: X = 2; λ = 9
Substituindo na fórmula: P(X  1) = (X .
e ) / X! P(X=2  =9) = (92 . e 9) / 2!
0,50%
P(X=2  =9) = (81 . 0,00012) /2 = 0,005
ou 0,5% (CASTANHEIRA, 2010, cap. 9,
p. 154-163).
3,75%
5%
50%

Múltipla escolha (Resposta única)


Questão 4
ESTATÍSTICA

A “distribuição normal de probabilidade” é uma distribuição de probabilidade contínua que é


simétrica em relação à média e à mesocúrtica, e assíntota em relação ao eixo das abcissas, em
ambas as direções. Considere que a renda média de uma grande comunidade possa ser
razoavelmente aproximada por uma distribuição normal com média de R$ 1.500,00 e desvio
padrão de R$ 300,00.
Qual a porcentagem da população que terá renda superior a R$ 1.860,00? Assinale a
alternativa correta.
Escolha Resposta Comentário
esperada
88,49%
38,49%
Vamos então verificar qual a porcentagem da
população que tem renda superior a R$1.860,00.
Para X = 1860, temos: z = X   = 1860 – 1500 = +
1,2 S 300 Então: P(0  z  1,2) = 0,3849 Portanto:
11,51% P(1500  X  1860) = 0,3849 ou 38,49% Então,
salários maiores que R$1.860,00 correspondem aos
valores de z maiores que 1,2. Assim: P(X  1860) =
0,5  0,3849 = 0,1151 ou 11,51% da população.
(CASTANHEIRA, 2010, cap. 10, p. 166-188)
61,51%
Múltipla escolha (Resposta única)
Questão 5
ESTATÍSTICA

A “distribuição normal de probabilidade” é uma distribuição de probabilidade contínua que é


simétrica em relação à média e à mesocúrtica, e assíntota em relação ao eixo das abcissas, em
ambas as direções. Se uma amostra de 3.000 unidades de certo produto possui distribuição
normal com média igual a 30, qual o desvio padrão dessa distribuição? Utilize a Distribuição
Normal de Probabilidades.
Escolha Resposta Comentário
esperada
Dados do enunciado: N = 3000 ; λ = 30. λ
= N . p 30 = 3000 . p p = 0,01 q = 0,99
pois (p + q = 1) S2 = N . p . q S2 = 3000 .
5,45
0,01 . 0,99 S2 = 29,70 S = 5,44977063....
S = 5,45 (CASTANHEIRA, 2010, cap.
10, p. 172)
29,7
0,01
0,99

Múltipla escolha (Resposta única)


Questão 6
ESTATÍSTICA

O termo probabilidade é usado de modo amplo na conversação diária para sugerir certo grau de
incerteza sobre o que ocorreu no passado, o que ocorrerá no futuro e o que está ocorrendo no
presente.
Qual a probabilidade de se obter, exatamente, 5 coroas em 6 lances de uma moeda não
viciada? Utilize a distribuição binomial.
Escolha Resposta Comentário
esperada
Dados do problema: p = 50% ou seja, p = 0,50. p +
q = 1 0,50 + q = 1 q = 1 – 0,50 q = 0,50 X = 5 N =
6 Substituindo os dados na fórmula: P(X = 5) =
CN,X . p X.q N-X = N ! . p X . q N-X X ! (N – X) !
9,375%
P(X = 5) = C6,5 . 0,50 5 . 0,50 6-5 = 6 ! .0,505.0,50
1 5!(6–5)! P(X = 5) = 6 . 5 ! . 0,03125 . 0,50 5 ! . 1
P(X = 5) = 0,09375 ou 9,375% (CASTANHEIRA,
2010, cap. 8, p. 143-145).
1,5625%
15,625%
4,375%

Múltipla escolha (Resposta única)


Questão 7
ESTATÍSTICA

Assinale a alternativa correta.


A média corresponde ao centro de gravidade dos dados; a variância e o desvio padrão medem a
variabilidade; mas a distribuição dos pontos sobre um eixo ainda tem outras características - uma
delas é a assimetria. As medidas de assimetria, também denominadas de “enviesamento”,
indicam o grau de deformação de uma curva de frequências.
O segundo coeficiente de assimetria de Pearson para determinada distribuição de frequências é
igual a zero.
Pode-se então afirmar que a curva é:
Escolha Resposta Comentário
esperada
Assimétrica positiva.
Leptocúrtica.
Platicúrtica.
Uma distribuição de frequência ideal seria
aquela em que a curva resultante fosse
rigorosamente simétrica, o que
Simétrica.
dificilmente acontece na prática. Nesse
caso, a média, a mediana e a moda seriam
iguais. (CASTANHEIRA, 2010, p. 96)

Múltipla escolha (Resposta única)


Questão 8
ESTATÍSTICA

A “distribuição normal de probabilidade” é uma distribuição de probabilidade contínua que é


simétrica em relação à média e à mesocúrtica, e assíntota em relação ao eixo das abcissas, em
ambas as direções. Em um teste de estatística realizado por 45 alunos, a média obtida foi de 5,0
e com desvio padrão igual a 1,25.
Determine quantos alunos obtiveram notas entre 5,0 e 7,0. Utilize a distribuição Normal de
probabilidades.
Escolha Resposta Comentário
esperada
24 alunos.
18 alunos.
25 alunos.
Dados do enunciado: X = 7 ; λ = 5 e S = 1,25
Calculando o valor padronizado z: z = X – λ S z = 7
– 5 = 1,60 1,25 Procurando este valor na tabela dos
valores padronizados encontra-se: P (5 ≤ X ≤ 7) = P
(0 ≤ z ≤ 1,60) = 0,4452 P (5 ≤ X ≤ 7) = P (0 ≤ z ≤
20 alunos.
1,60) = 44,52% Para descobrir o número de alunos,
basta calcular o percentual encontrado em relação ao
total de alunos: 44,52% . 45 alunos = 20,034 alunos,
ou seja, 20 alunos. (CASTANHEIRA, 2010, cap. 10,
p. 166-188)

Múltipla escolha (Resposta única)


Questão 9
ESTATÍSTICA

Em um ano particular, 30% dos alunos de uma Universidade de Medicina do Estado de São
Paulo foram reprovados em Clínica Geral.
Se escolhermos, aleatoriamente, dez alunos dessa Universidade que tenham cursado Clínica
Geral, qual a probabilidade de que exatamente 3 deles tenham sido reprovados? Utilize a
distribuição binomial de probabilidades.
Escolha Resposta Comentário
esperada
14,68%
2,7%
Dados do problema: p = 30% ou seja, p = 0,30. p + q
= 1 0,30 + q = 1 q = 1 – 0,30 q = 0,70 X = 3 N = 10
Substituindo os dados na fórmula: P(X = 3) = CN,X .
p X.q N-X = N ! . p X . q N-X X ! (N – X) ! P(X = 3)
26,68%
=C10,3.0,30 3.0,70 10-3= 10! . 0,30 3 .0,70 7 3 ! (10
– 3) ! P(X = 3) = 10 . 9 . 8 . 7! . 0,027 . 0,082354 3 .
2 . 1 . 7! P(X = 3) = 0,2668 ou 26,68%
(CASTANHEIRA, 2010, cap. 8, p. 144-145).
10,94%

Múltipla escolha (Resposta única)


Questão 10
ESTATÍSTICA

A “distribuição normal de probabilidade” é uma distribuição de probabilidade contínua que é


simétrica em relação à média e à mesocúrtica, e assíntota em relação ao eixo das abcissas, em
ambas as direções. Em um exame de estatística, verificou-se que as distribuições das notas têm
uma distribuição aproximadamente normal, com média igual a 78 e desvio padrão igual a 10.
Quantos alunos podemos esperar que tenha obtido notas entre 68 e 93?
Escolha Resposta Comentário
esperada
43,32% dos alunos.
34,13% dos alunos.
Dados do enunciado: X1 = 68 ; X2 = 93 ; λ = 78 e
S = 10 Calculando os valores padronizados z1 e
z2: z = X – λ S z1 = 68 – 78 = –1,00 10 z2 = 93 –
78 = 1,50 10 Procurando estes valores na tabela
dos valores padronizados encontra-se: P (68 ≤ X ≤
77,45% dos alunos.
93) = P (–1,00 ≤ z ≤ 0) + P (0 ≤ z ≤ 1,5) P (68 ≤ X
≤ 93) = P (–1,00 ≤ z ≤ 0) + P (0 ≤ z ≤ 1,5) P (68 ≤
X ≤ 93) = 0,3413 + 0,4332 P (68 ≤ X ≤ 93) =
0,7745 P (68 ≤ X ≤ 93) = 77,45%
(CASTANHEIRA, 2010, cap. 10, p. 166-188)
9,19% dos alunos.

Múltipla escolha (Resposta única)