Você está na página 1de 5

APOL 5 Nota: 100 Disciplina(s): Tópicos Emergentes e Ferramentas da Qualidade

Questão 1/5
Ainda há dificuldade de compreensão das diferenças entre chefia e liderança. Porém, em todas as discussões,
independente das suas especificidades, parece haver algo em comum: a ideia de que chefe é aquele que
detém o poder e o líder é quem possui a habilidade de influenciar pessoas. Desse modo, no contexto do
processo de coaching podem surgir dois atores organizacionais:

(1) líder
(2) chefe
Na sequência são apresentados os comportamentos dos atores apresentados anteriormente.

(A) Estimula o desenvolvimento de novas formas de trabalho.


(B) Obtém resultados a partir das pessoas.
(C) Informa o propósito em busca de comprometimento.
(D) Diz o que deve ser feito.
(E) Movido por desafios.
(F) Faz a coisa corretamente.

Relacione os atores organizacionais aos seus respectivos comportamentos


1 (A, C, E) – 2 (B, D, F)

Você acertou!

Aula 6 (p. 3-4) Os comportamentos dos chefes e líderes são: CHEFE O chefe manda, diz o que deve
ser feito e qual tarefa deve ser executada. O chefe convive melhor no status quo, ou seja, busca
manter a ordem estabelecida. A chefia é relacionada ao cargo. O chefe foi designado pela
organização. O chefe obtém resultados através das pessoas. O chefe é temido. O chefe faz a coisa
A
corretamente. O chefe está focado na tarefa. O modelo de chefia é eficaz em tempos estáveis. O
chefe busca segurança e estabilidade. O chefe é controlador. LÍDER O líder informa o propósito, o
objetivo e a tarefa que deve ser feita, buscando o comprometimento dos liderados. O líder desafia
com vistas à mudança e desenvolve novas formas em conjunto com o grupo. A liderança é
relacionada à conduta e às habilidades pessoais e interpessoais. O líder desenvolve pessoas e grupos
para resultados. O líder é respeitado. O líder faz a coisa certa. O líder está focado na humanização
da tarefa. O modelo de liderança é imprescindível em tempos de mudanças. O líder é movido a
desafios. O líder exerce o controle por exceção. Lotz e Gramms, 214, p. 173.
B 1 (F, E, D) – 2 (C, B, A)
C 1 (A, B,C) – 2 (D, E, F)
D 1 (B, D, F) – 2 (A, C, E)
Questão 2/5
Pessoas com predisposição ao lócus de controle interno percebem a si próprios como fatores responsáveis
pelos resultados aos quais chegam através de suas ações. Selecione a alternativa correta que apresenta o
tipo de linguagem relacionada ao lócus de controle interno.
A Linguagem não verbal.
B Linguagem corporal.
C Linguagem reativa.
Linguagem proativa.

Você acertou!

D Pessoas com predisposição ao lócus de controle interno acreditam que seus esforços e suas
competências são a fonte principal do seu sucesso ou do seu fracasso. Sendo assim, pode-se dizer
que elas percebem a si próprios como fatores responsáveis pelos resultados aos quais chegam
através de suas ações. A linguagem e a abordagem observadas nesse caso é proativa, pois a pessoa
percebe a relação existente entre as suas escolhas e os resultados obtidos (cap. 5).

Questão 3/5

Leia a definição a seguir:

O gráfico de linha é uma ferramenta muito útil para estabelecer a tendência de uma serie de dados. É
utilizado para estabelecer comparações entre uma série de dados e podem ser empregados no auxílio da
tomada de decisão. Sua análise permite identificar, no âmbito de uma série de condições, aquela que deve
ser abordada em primeiro lugar, possibilitando uma ordenação adequada de recursos materiais e de pessoal.
Veja um exemplo aplicado na figura abaixo:

Fonte da questão: Adaptado de SELEME, Robson; STADLER, Humberto. Controle da Qualidade: as


ferramentas essenciais. 2. ed. rev. e atual. Curitiba: Ibpex, 2010, p. 113. ISBN: 978-85-7838-718-1.

Observe a seguinte situação: O Gráfico de Linha a seguir demonstra a taxa de desemprego entre Março de
2014 e Março de 2015.
A partir dos dados expostos no gráfico de linha, analise as afirmações a seguir e marque V para verdadeiro e
F para falso em relação ao aumento do desemprego no Brasil.

I. Em Agosto de 2014, a taxa de desemprego aumentou e voltou ao patamar dos 5%.

II. Entre Março e Maio de 2014, houve leve redução na taxa de desemprego e ficou abaixo dos 5%.

III. Pelas informações do gráfico, a menor taxa de desemprego foi registrada em Maio de 2014.

IV. De Dezembro de 2014 a Março de 2015, ocorreram três altas consecutivas de desemprego no Brasil.

V. Pelas informações do gráfico, a maior taxa de desemprego foi registrada em Fevereiro de 2015.

Agora selecione a alternativa correta:

AV–F–F–V–V
B F–V–F–V–F
V–V–F–V–F
C
Você acertou!
A alternativa 3 está CORRETA porque é a única que traz a sequência adequada de sentenças
Verdadeiras e Falsas conforme solicita a questão.

A alternativa I “Em Agosto de 2014, a taxa de desemprego aumentou e voltou ao patamar dos 5%” é
VERDADEIRA porque o gráfico aponta essa informação entre os meses de Julho e Setembro.

A alternativa II “Entre Março e Maio de 2014, houve leve redução na taxa de desemprego e ficou
abaixo dos 5%” é VERDADEIRA porque o gráfico aponta que essa informação sinalizando abaixo
dos 5%.

A alternativa IV “De Dezembro de 2014 a Março de 2015, ocorreram três altas consecutivas de
desemprego no Brasil” é VERDADEIRA porque o gráfico aponta aumentos nas colunas de Janeiro,
Fevereiro e também Março.
DF–F–V–V–V
E V – F – F – F – V.

Questão 4/5

Leia o trecho a seguir:

O Six Sigma é apresentado como um método estruturado para efetivar a melhoria da qualidade. A partir de
sua criação pela Motorola em 1986, a metodologia Six Sigma evoluiu muito e hoje faz parte do cotidiano de
empresas industriais, comerciais e de prestação de serviços, pois todos têm o mesmo objetivo, que é atender
as necessidades do cliente.

A partir da colocação do texto e também do material de apoio da disciplina, analise as sentenças a seguir que
versam sobre os benefícios que as empresas podem alcançar com a aplicação correta da metodologia.

I. O Six Sigma auxilia na redução dos refugos, retrabalhos, e traz garantias aos clientes.

II. O Six Sigma auxilia na melhoria da moral do trabalhador, aumenta a eficiência e a produtividade.

III. O Six Sigma auxilia na investigação da satisfação dos clientes em relação à qualidade do produto.

IV. O Six Sigma auxilia a estabelecer trade offs ou compensações entre as diversas variáveis estudadas.

V. O Six Sigma auxilia na melhoria da qualidade que afeta o custo e o lucro das organizações.

É correto o que se afirma em:

A I, III e IV, somente.


B II e IV, somente.
C III, IV e V, somente.
D IV e V, somente.
I, II e V, somente.

Você acertou!
E
A alternativa 5 está CORRETA porque é a única que traz a sequência de sentenças corretas
conforme solicita a questão.
A sentença I está CORRETA porque, segundo Seleme (2010, p. 113), o Six Sigma reduz os custos
com a melhoria da qualidade, tais como os custos de refugo, redução do retrabalho e traz garantias
ao cliente.

A sentença II está CORRETA porque, segundo Seleme (2010, p. 113), o Six Sigma reduz os custos
com o a melhoria da qualidade, tais como a melhora da moral do trabalhador, aumenta a eficiência e
a produtividade.

A sentença V está CORRETA porque, segundo Seleme (20101, p. 113), o Six Sigma auxilia na
melhoria da qualidade a qual afeta o custo e o lucro das organizações.

Questão 5/5
Dar feedbacks é uma arte e o líder coach deve ser mestre nesse ofício. Deve desenvolver essa arte sabendo
que tão ou mais importante que o que se diz, é como se diz. Por isso, é necessário prestar atenção no
momento de dar um feedback e, mais que isso, é necessário planejar essa ação antes de levá-la a cabo. O que
falar, por que falar, como falar, quando falar e onde falar são aspectos que devem ser levados em conta pelo
líder coach antes da comunicação do feedback. Na sequência é descrito um desses aspectos: “aborde
especificamente os pontos que necessitam de aprimoramento”. Assinale a alternativa que indica
corretamente qual o aspecto a ser considerado antes de dar feedback.
O que falar.

Você acertou!
A
O que falar: aborde especificamente os pontos que necessitam de aprimoramento. Conforme Lotz,
Erika Gisele; Gramms, Lorena. Coaching e Mentoring. Curitiba: Intersaberes, 2014, cap. 5
B Por que falar.
C Como falar.
D Quando falar.

Você também pode gostar