Você está na página 1de 20

O NÚCLEO DA CÉLULA

Prof. Fabio
NÚCLEO CELULAR
• É o responsável pelo controle de todas as
funções celulares.

• A maioria das células de nosso corpo possui


um único núcleo. Contudo, há células que não
possuem nenhum (glóbulo vermelho) e outras
que possuem vários, como, por exemplo, às
células musculares esqueléticas.
Núcleo 1. Carioteca - envoltório nuclear,
formada por duas membranas com
Celular poros, onde há intercâmbio de
substâncias entre o núcleo e o
citoplasma, contém poros.
nucléolo
carioteca
2. Nucleoplasma ou Cariolinfa
poros uma massa incolor constituída
principalmente de água e proteínas.

3. Nucléolo - Trata-se de um
corpúsculo esponjoso, rico em RNA
ribossômico.
cariolinfa
DNA 4. DNA - material hereditário
disposto na forma de cromatina ou
cromossomos.
Carioteca

PORO
Superfície
citoplasmática
Superfície
nuclear
DNA
• O DNA é como uma escada retorcida ou uma dupla hélice e é
composta por inúmeros genes, os quais tem a função de
determinar as características de cada um de nós.
Organização do
DNA em
cromossomos

Ocorre na divisão celular


cromatina

cromosssomo
Se preparando para divisão celular:
Cromossomos duplicados

centrômero Cromátides-irmãs

cromátide

Cromátides são cromossomos recém-originados que


ainda estão ligados pelo mesmo centrômero.
Tipos de cromossomos

• Telocêntrico: Centrômero na região terminal,


formando apenas um braço
• Acrocêtrico: Formando um braço longo e outro
curto.
• Submetacêntrico: Formando dois braços de
tamanhos um pouco diferentes.
• Metacêntrico: Centrômero na região média
POSIÇÃO DO CENTROMERO

Metacêntrico - Acrocêtrico - Submetacêntrico - Telocêntrico


Genoma e Gene
Genoma: conjunto de moléculas de DNA de uma espécie.
(com ou sem informação)
Gene: trecho do DNA que é transcrita em um RNA – proteína.
(é a informação)
Cromossomos homólogos
- Dois representantes de cada par cromossômico, originalmente
herdados nos gametas (óvulo e espermatozóide)

Célula com cromossomos


homólogos
haplóide (n) e diplóide (2n)
• Em todas as células do nosso corpo (exceto as dos gametas) os
cromossomos estão aos pares, ou seja, são diplóides (2n).
(no homem são 46 cromossomos - 23 pares homólogos).
• Quando uma célula possui apenas um cromossomo de cada par,
dizemos que ela é haplóide (n). (gametas - 23 cromossomos)

2N = Diplóide N = Haplóide
Cada espécie tem um número constante
de cromossomos

Nome científico Nome vulgar Número de cromossomos (2n)

Homo sapiens Ser humano 46


Gorilla gorilla Gorila 48
Pan troglodytes Chimpanzé 48
Canis familiaris Cachorro 78
Lysandra atlantica Mariposa 440
Drosophila melanogaster Mosca-das-frutas 8
Oryza sativa Arroz 24
Phaseolus vulgaris Feijão 22
Milho 20
CARIÓTIPO
• É o conjunto de todos os cromossomos
presentes no núcleo da célula de um
organismo. O estudo do cariótipo pode ajudar
no diagnóstico pré-natal ou pós-natal de
aberrações genéticas.
• Na espécie humana, é composto de 46
cromossomos, em 23 pares (22 pares de
autossomos e o par sexual).
CARIÓTIPO HUMANO = 46 cromossomos

Cromossomos
autossomos:

22 pares

Cromossomos
sexuais:

XX-mulher
XY-homem
Ciclo Celular
• Período G1: intensa síntese de
RNA e proteínas e aumento do
citoplasma.
• PERÍODO S: Este é o período de
síntese,duplicando seu DNA.
• PERÍODO G2: tempo adicional
para o crescimento celular
assegurando completa
replicação do DNA antes da
mitose.
• MITOSE : Divisão equacional da
célula. G1 + S + G2 = intérfase
(espaço entre duas duvisões)
Mitose
• Divisão celular de todas as células somática vegetais
e animais. É um processo continuo que é dividido
didaticamente em 4 fases: Prófase, metáfase,
anáfase, telófase, nas quais ocorrem grande
modificações no núcleo e no citoplasma.

• Mitose serve para reprodução assexuada de seres


unicelulares, crescimento e regeneração de tecidos
de seres multicelulares.

• Mitoses anormais e aceleradas podem originar


tumores malignos (Neoplasia/Câncer). Muitos tipos
de câncer não têm causas conhecidas e outros estão
associados a drogas, radiação e certos vírus
O que são células-tronco?
• São células indiferenciadas capazes de realizar
inúmeras mitoses e que podem originar todos
os demais tipos de células do organismo
(TOTIPOTENTES) ou alguns tipos diferentes
(MULTIPOTENTES), encontradas em embriões,
medula óssea, encéfalo e na pele de adultos.