Você está na página 1de 4

CIA DE TEATRO – MINISTERIO SOS VIDA

- O que é a peça:
Peça Soldado Ferido

- Qual o enredo:
Um relato do mundo pós arrebatamento. Pessoas marcadas com a marca, outras não, fugitivas
e escondidas para não receber a marca. Estas não têm como comprar alimentos, mordias
fixas...
Soldados perseguindo e prendendo quem não tem a marca para execução e soldados que
estão tentando ajudar as pessoas que estão feridas e se escondendo, tentando salvá-las.

- Quais papeis e quem fará:


Personagens:

Personagem Juizo Final


Alexandre: Perseguido que toma tiro Salvo
Alex : Pai de Familia fugitiva Salvo
Leticia: Soldado R Não Salvo
Jessica: Mãe da Família fugitiva Não Salvo?
Dani: Fugitivo Salvo
Gisele: Moça Violentada Salva
Lorena: PopStar Não Salvo
Emerson: Soldado R Jesus
Danillo: - Soldado – Ver se poderá participar -
Julio: Talvez apoiará como soldado / general do pelotão. -
Lucas R: Soldado 2 – Reconhece Deus depois do arrebatamento Ver
Rafa: Soldado 1- Cristão não autentico – ficou no arrebatamento Ver
Dudi: Filho rebelde da família Não salvo
Isabella: Fugitivo -
Lucas: Soldado Ferido Salvo
Isa: Fugitivo -
Henrique: Pastor Não Salvo
Adriano: Soldado R Não participa
Matheus: Fugitivo Salvo
Ana: - Soldado -
Babi: Soldado -
Beatriz: Fugitivo -
Bianca: Soldado -
Mayara: Mulher do pastor Não

- Qual o objetivo:
Eu preciso HOJE ajudar a salvar mais um, porque depois do arrebatamento as condições
serão terríveis.

O foco central da peça, da mensagem que pretendemos passar é:

Hoje existem pessoas feridas, marcadas e que, estão arriscadas a perder a salvação porque não
conseguiram ser tocadas ou não permitiram ser tocadas... Resolveram guardar ira, mágoa,
raiva, perderam seu tempo com coisas banais... Esta é a razão de ter pessoas "feridas”, no
meio da peça... senão a gente ia direto para o juízo...
CIA DE TEATRO – MINISTERIO SOS VIDA

Dentro do foco central ainda, é passar ainda que eu posso ficar pq:

- Ao invés de ajudar as pessoas eu resolvi "vender a fé".

- Ao invés de levantar as pessoas, eu afundava elas ainda mais

- Ao invés de secar uma lagrima, eu feria e machucava mais.

E estas coisas serão o motivo do ter ficado, de ser condenado e de ser salvo (se arrepender).

Pontos centrais:

- Contexto Bíblico
Dias de angústia e aflição como jamais houve.
Pessoas buscando a Palavra mas não encontrarão
Submissão ao reinado do anti-cristo / falso profeta.

- Andamento e desenvolvimento Histórico

Preparação:
- Alguns personagens já espalhados, escondidos, outros no meio da igreja.
- Soldados na sala do Berçário.
- Tambores/Caixotes (paletes) como no palco.
- Personagem com bisnaga de sangue fake que sairá correndo do meio das pessoas na igreja
- Marca / Codigo de barras / Chip na mão.
- Soldado ferido – Maquiagem
- Filho agredido – Maquiagem
- Jovem violentada

Cena 1:
Algumas pessoas saem correndo para se esconder dizendo que precisam correr e a família está
junto. A família para no palco para descansar pois a mãe já não aguenta mais correr.
Começa o diálogo 1 (em anexo – Família discutindo. Filho rebelde, pois foi agredido diversas
vezes pelo pai e que agora quer ser “santo”)

Ouve-se barulho de sirene e eles fogem e se escondem novamente , agora nos paletes.

Cena 2:
Soldados entram procurando e revistando as pessoas. Um dos atores foge do meio da igreja
quando percebe que os soldados estão próximos dele. Ele corre gritando que não aceitará a
marca da besta e os soldados gritam pra ele parar mas sem sucesso, sendo alvejado por uma
rajada de tiros.

Os soldados abortam a procura e arrastam o corpo do defunto para a sala. O comandante dá


ordem à dois soldados para que fiquem de vigia naquele local pois ele acredita ter mais
pessoas fugitivas por ali.
CIA DE TEATRO – MINISTERIO SOS VIDA

Cena 3:
Os soldados conversam depois que os outros foram embora, sobre como está difícil manter
escondido que eles estão ajudando os outros que não receberam a marca. Um deles era
cristão de fachada, que ia somente para acompanhar os pais na igreja e nunca teve uma
conversão verdadeira. Os pais foram arrebatados e ele acabou ficando, enquanto estava
trabalhando já no exercito. O segundo soldado começou a acreditar em Deus depois que viu
tudo o que aconteceu depois do arrebatamento, percebendo que tudo o que tinham dito era
real e que ele se sentia no dever de ajudar a esconder as pessoas.(Ainda estou avaliando as
pontas desses dois personagens pois não quero gerar dúvidas ou contradizer o relato bíblico)

Cena 4:
A “famosa, pop-star que tem todos os pecados” encontra os soldados e tenta seduzí-los,
dizendo que depois que ela realmente deixou a vida espiritual de lado e se jogou de cabeça no
mundo, ela está mais feliz. Eles contradizem ela, um deles dizendo que lembra quando
estavam na igreja e ela era muito melhor e que agora a felicidade dela é passageira, pois
precisa viver drogada, na luxuria, apegada aos bens mas sem ter nada dentro dela.
Ela fica brava com eles sai. Ela será o pivô de denunciar eles para os demais por traição no
final, ao ver que eles estão ajudando os fugitivos.

Cena 5:

Soldados ouvem barulhos e começam a procurar, encontrando as pessoas escondidas e


feridas.
- Primeiro encontra a família e pergunta se pode ajuda-los e qual a história deles. Eles
compartilham. A mãe chora mas não diz o que aconteceu... somente o pai e o filho.
- Segundo, encontram uma moça que foi violentada por alguns soldados que a mantiveram
viva. Ela mesma conta que já havia sido violentada outras vezes em sua juventude e nunca
perdoou seus agressores, guardando ódio, raiva e mágoas. Os soldados dizem que ela precisa
perdoar, ser livre desse peso e culpa.

- Terceiro encontram um pastor que viveu a vida negociando a fé, e que nunca pregou a
verdade e uma mulher junto (sua esposa, talvez). Esta disse que ainda bem que não teve filhos
pois senão eles teriam sido levados no arrebatamento e agora ela poderia estaria sofrendo
(quando na verdade, ela foi a que abortou todos eles por não querer atrapalhar sua vida de
glamour que o dinheiro do “mercado da fé proporcionava”.
Ele não se demonstrou arrependido, mas triste por ter perdido toda sua fortuna. Ainda assim
não se preocupa com os outros e só quer livrar a pele deles da perseguição.

- Quarto: Encontram o soldado ferido: Este está muito machucado e sangrando. Ele acordou
depois de ser terrivelmente agredido pelos outros soldados que o acusavam de traição. Ele
conta que realmente tentava salvar as pessoas pois depois de ter sido muito magoado,
abusado espiritualmente por seus irmãos e familiares, ele desistiu da fé e se desviou, mas
depois que viu que muitos dos que o magoaram ficaram, ele viu que precisava ajudar outras
pessoas para não sofrer, mas foi pego. Ele diz que deveria ter crido antes, deveria ter ajudado
antes, perdoado antes, pois agora estão matando as pessoas que não aceitaram a marca.
Muitos outros estão sendo devastados em outros lugares pela peste, fome, guerra, furacões,
terremotos em diversos lugares. A comida ficou escassa e poucos têm acesso às condições de
sobrevivência humana.
Ele sabe que tudo isso vai piorar e que, infelizmente não terão muito mais o que fazer, a não
ser tentar ajudar a salvar mais um...
CIA DE TEATRO – MINISTERIO SOS VIDA

Cena 6

A “famosinha pop-star” passa e encontra os soldados com as pessoas e começa a gritar que é
por isso que eles a rejeitavam, porque eram traidores e preferiam os imundos e nojentos dos
fugitivos.

Ela sai gritando e eles correm novamente para fugir, agora com os outros dois soldados junto.
O pelotão sai novamente correndo em busca dos fugitivos e o soldado ferido fica, caído, como
se estivesse morto.

Cena 7

Entra a narrativa sobre o fim dos tempos, o período de dores, imagens de perseguição e
destruição, O soldado ferido se levanta e continua o alerta deixado que muitos hoje estão
feridos e não devemos deixar para depois, pois muitas vezes podemos ser os causadores de
alguns ficarem aqui.
Precisamos hoje, curar as feridas, limpar os machucados, restaurar os feridos. Cumprir o que
diz em Isaias 61.1:

- Conclusão
é transmitir algo mais ou menos assim:

- Encontro de dois, cara a cara...

E quando estiveres perto, eu arrancarei os teus olhos e os colocarei no lugar dos meus ...

E tu arrancaras os meus olhos e colocarás no lugar dos teus.

Então, eu te olharei com os teus olhos e tu me olharás com os meus ...