Você está na página 1de 4

PATOLOGIA - AULA PRÁTICA 04.12.2017 - DISTURBIOS HEMODINAMICOS.

LÂMINAS.

CASO 8A2 – INFARTO DO MIOCÁRDIO.

• ETIOLOGIA: Aterosclerose, trombose, dislipidemias, diabetes, embolia.

• ALTERAÇÕES MICROSCÓPICAS: Edema entre as fibras musculares; fibras musculares


anucleadas; áreas com células inflamatórias e hemácias, desnaturação proteica com
manutenção da arquitetura celular (necrose isquêmica).

• CONSEQUÊNCIAS CLÍNICAS: Dor precordial com irradiação para membro superior


esquerdo, dispneia, cianose, sudorese fria, arritmia, hemorragia.

• PATOGENIA: Processo de formação da aterosclerose. (lesão endotelial-> agregação


plaquetária e de células espumosas).

CASO 8B – EDEMA AGUDO PULMONAR

• PATOLOGIA: Edema agudo pulmonar

• ETIOLOGIA (doenças de base): IAM, valvulopatias, ICCE (insuficiência cardíaca


congestiva esquerda)

• ALTERAÇÕES MICROSCÓPICAS: Congestão vascular ( as vezes); acúmulo de líquido nos


alvéolos ( edema)

• CONSEQUÊNCIAS CLÍNICAS: dispneia, tosse, insuficiência respiratória, estertor


bolhoso, hemorragia.

CASO 9 – TROMBOSE VENULAR.

• PATOLOGIA: Trombose venular (hemorroidas).

• ETIOLOGIA: fraqueza da parede dos vasos, hipertensão portal, diarreia crônica,


infecções anais, dieta pobre em fibras.

• ALTERAÇÕES MICROSCÓPICAS: Hemorragias, congestão vascular, trombose, edema.

• CONSEQUÊNCIAS CLÍNICAS: Dor, prurido, edema na mucosa, sangue nas fezes

• PATOGENIA: veias varicosas (perdem o tônus) geram lentidão no fluxo sanguíneo que
gera o trombo

CASO 4A – APENDICITE.

PEÇAS MACROSCÓPICAS.

INFARTO ESPLÊNICO – BAÇO.

- ausência de circulação - > esbranquiçada


AVC.

• PATOLOGIA: Hemorragia Cerebral

• ETIOLOGIA (DOENÇAS DE BASE): Aneurisma, hipertensão e diabetes (deixa a parede do


vaso frágil, principal causa), trombose, neoplasia cerebral.

• ALTERAÇÕES MACROSCÓPICAS: Área com hematoma, comprimindo as superfícies


adjacentes

• CONSEQUÊNCIAS CLÍNICAS: Óbito, déficit neurológico, cefaleia súbita, aumento da


pressão intracraniana

AULA PRÁTICA – 13.12.2017 - Neoplasias benignas e malignas.

CASO 12 – CARCINOMA IN SITU.

• PATOLOGIA: NIC 3 (neoplasia intraepitelial cervical)

• CLASSIFICAÇÃO: Displasia

• JUSTIFICATIVA: perda da polaridade das células; núcleos hipercromáticos; mitose fora


da camada basal

CASO 13 – FIBROADENOMA.

• PATOLOGIA: Tumor de mama (fibroadenoma).

• CLASSIFICAÇÃO: Benigno

• JUSTIFICATIVA: Bem delimitado com cápsula; semelhante ao tecido normal.

CASO 14B – METASTASE DE CARCINOMA.

• PATOLOGIA: Metástase linfonodal

• CLASSIFICAÇÃO: Maligno

• JUSTIFICATIVA: Invasão de outro tecido no linfonodo (substituição do tecido)

CASO 15 – CARCINOMA ESCAMOSO ( CEC);

• PATOLOGIA: CEC (Carcinoma de células escamosas)

• CLASSIFICAÇÃO: Maligno

• JUSTIFICATIVA: Mal delimitação, invasão, mitoses atípicas

CASO 16 – MELANOMA.

• PATOLOGIA: Melanoma

• CLASSIFICAÇÃO: Maligno

• JUSTIFICATIVA: Invasão
CASO 20 – LEIOMIOMA.

• PATOLOGIA: Leiomioma

• CLASSIFICAÇÃO: Benigno

• JUSTIFICATIVA: Boa delimitação (plano de clivagem) e células diferenciadas

CASO 14 A – ADENOCARCINOMA DE MAMA

• PATOLOGIA: Adenocarcinoma de mama

• CLASSIFICAÇÃO: Maligno

• JUSTIFICATIVA: Neoplasia invasiva, pouca diferenciação, núcleos hipercromáticos.

NEOPLASIA BENIGNA NEOPLASIA MALIGNA


Não invasiva - invasiva
Crescimento expansivo, gerando o plano de - Crescimento infiltrativo
clivagem
Bem delimitado - Mal delimitado.
Mitoses típicas Crise variável e mais rapida
Taxa lenta de crescimento Metastase
Elevada taxa de mitoses ( atípicas)

MACROSCOPICAS

1. TERATOMA

• PATOLOGIA: Teratoma

• CLASSIFICAÇÃO: Pode ser benigno ou maligno

• CARACTERÍSTICAS: Pode se originar de 3 tecidos (presença de cabelo)

2. LEIOMIOMA.

• PATOLOGIA: Leiomioma (ovário)

• CLASSIFICAÇÃO: Benigno

• CARACTERÍSTICAS: Bem delimitado.

3. LEIOMIOMA

• PATOLOGIA: Leiomioma

• CLASSIFICAÇÃO: Benigno

• CARACTERÍSTICAS: Bem delimitado, expansivo.

4. TUMOR DE PANCREAS.

• PATOLOGIA: Tumor de pâncreas

• CLASSIFICAÇÃO: Benigno

• CARACTERÍSTICAS: Bem delimitado


5. MELANOMA NO CEREBRO ( METASTASE).

• PATOLOGIA: Metástase de melanoma no cérebro

• CLASSIFICAÇÃO: Maligno

• CARACTERÍSTICAS: Metásases

6. TUMOR DE PENIS ( HPV).

• PATOLOGIA: Tumor de pênis (HPV)

• CLASSIFICAÇÃO: Maligno

• CARACTERÍSTICAS: Invasivo.

7. OSTEOSARCOMA.

• PATOLOGIA: Osteossarcoma

• CLASSIFICAÇÃO: Maligno

• CARACTERÍSTICAS: Formação de um triângulo pelo abaulamento do periósteo

8. TUMOR DE UTERO.

• PATOLOGIA: Tumor de útero

• CLASSIFICAÇÃO: Maligno

• CARACTERÍSTICAS: Já invadindo o corpo de útero.

9. TUMOR DE RIM.

• PATOLOGIA: Tumor de rim

• CLASSIFICAÇÃO: Maligno

• CARACTERÍSTICAS: Mal delimitado, invasivo.