Você está na página 1de 6

Biologia e Geologia, 10º ano

Ficha de diagnóstico Prof. Sandra Pinho

G R U P O I

1 Indique quais são os principais tipos de 1


rochas.

2 Com base na análise do esquema,


identifique o material que se encontra na
origem de todas as rochas magmáticas.

3 Explique como é que as rochas, que se


formaram em profundidade, podem aflorar
à superfície da Terra.

4 Como se formam as rochas


sedimentares?

5 Comente a afirmação: “As rochas


sedimentares nunca se transformam
diretamente em rochas magmáticas.”

6 Identifique as possíveis origens do


magma.

7 Analise a importância do calor interno da Terra e da energia solar no ciclo Figura 1 Ciclo das rochas
das rochas.

8 A Terra faz parte, juntamente com mais oito planetas principais e outros astros, de um sistema dependente
do Sol. Estabeleça a correspondência correta entre os termos da coluna I e as afirmações da coluna II.

O conhecimento é em si mesmo um poder - Bacon, Francis


9 Analise os esquemas da figura 2.

Figura 2

9.1 Caracterize o movimento das partículas relativamente à direção de propagação das ondas P e das
ondas S.

9.2 Explique a razão pela qual as ondas P são designadas por ondas de compressão.

9.3 Indique o tipo de ondas que lhe parece poder provocar diretamente maior destruição nas
construções humanas.

G R U P O I I

1 A figura 3 representa uma célula eucariótica animal.

Figura 3

O conhecimento é em si mesmo um poder - Bacon, Francis


1.1 Com base na figura 3 preencha o quadro seguinte:

Número Organitos Função


1
2 Retículo endoplasmático rugoso
3 Respiração celular
4
5
3
1.2 Faça a legenda do organito representado pelo número 1.

2. A figura 4 ilustra três tipos de superfícies respiratórias.

Figura 4

2.1. Identifique as superfícies respiratórias representadas em A, B e C.

2.2. Denomine o fenómeno que ocorre ao nível das superfícies respiratórias A e B.

2.3. Classifique o tipo de difusão gasosa associada às superfícies respiratórias A, B e C.

2.4. Justifique a classificação efetuada para a superfície respiratória C.

2.5. Indique duas características das superfícies respiratórias que facilitam a difusão.

3. O gráfico da figura 5 representa a variação da temperatura corporal de dois animais, com a temperatura
ambiente.

Figura 5

O conhecimento é em si mesmo um poder - Bacon, Francis


3.1. Qual dos animais apresenta uma temperatura corporal variável?

3.2. Explique por que razão se diz que o lince é um animal endotérmico.

3.3. Os animais ectotérmicos...


a) têm uma taxa metabólica muito elevada.
b) possuem uma temperatura corporal constante.
c) têm uma temperatura corporal quase inteiramente determinada pela temperatura ambiente.
d) têm menos gastos energéticos que um animal endotérmico com o mesmo peso.
e) têm um maior grau de independência em relação ao meio.
f) ajustam a temperatura do corpo por alterações comportamentais.
(Assinale as opções corretas.) 4

O conhecimento é em si mesmo um poder - Bacon, Francis


1 Rochas sedimentares, metamórficas e magmáticas.
2 Magma.
3 Podem formar-se por ascensão das rochas à superfície, como resultado da dinâmica e dos processos
internos da Terra (tectónica de placas), e/ou pela erosão das camadas superiores.
4 As rochas sedimentares formam-se por meteorização de todas as rochas pré-existentes, seguida de
erosão e depósito ao nível dos oceanos e da superfície dos continentes.
5 As rochas sedimentares, ao sofrerem aquecimento e elevadas pressões, sofrem metamorfismo (no
estado sólido) antes de formarem um magma, pois este corresponde a uma mistura composta
essencialmente por material fundido.

6 Os magmas podem formar-se pela fusão de rochas que sofreram afundamento e/ou pela ascensão de 5
corpos fundidos com origem no manto ou crusta inferior.
7 O calor interno é essencial para todos os processos de dinâmica interna; enquanto que a energia solar é
responsável pelos processos exógenos, pois geram as correntes de ar e são responsáveis pela formação
das massas de vapor de água por evaporação, que constituem, posteriormente, os agentes de erosão e
transporte. Só a gravidade é que não depende de nenhum dos elementos anteriormente referidos.
8
A–6 D–1
B–5 E–2
C–3 F–4
9
9.1 No caso das ondas P as partículas movimentam-se segundo a direção de propagação, da frente de
onda. Nas ondas S as partículas oscilam perpendicularmente à direção de propagação da onda.

9.2 As ondas P vão provocando alternadamente compressões e rarefações no material rochoso à medida
que se dá a propagação da onda.

9.3 As ondas superficiais propagam-se exclusivamente próximo da superfície do Globo, pelo que são as
responsáveis pelos deslocamentos mais pronunciados das partículas rochosas onde se encontra o edificado
propagando-se às próprias construções.
G R U P O I I
1
1.1
1- Complexo de Golgi / Armazenamento e transporte de substâncias.
2- lntervém na síntese proteica e no transporte de proteínas.
3- Mitocôndria
4- Centríolo / Divisão celular
5- Lisossoma / Lise celular

1.2 A - Vesícula golgiana; B - Sáculo.


2.
2.1.
A – Brânquias
B – Pulmões
C – Traqueias
2.2.
A - Hematose branquial
B - Hematose pulmonar.
2.3. A e B - Difusão indireta
C - Difusão direta.

2.4. O O2 é transportado diretamente às células pelas traqueias, não havendo a intervenção de um fluido no
seu transporte.
2.5. Grande área de superfície e superfícies húmidas.
3.
3.1. A cobra.
3.2. Tem uma taxa metabólica elevada que produz calor suficiente para manter a temperatura corporal
constante, independentemente das variações da temperatura ambiente.
3.3. c); d); f).

O conhecimento é em si mesmo um poder - Bacon, Francis


O conhecimento é em si mesmo um poder - Bacon, Francis