Você está na página 1de 4

                                     PLANIFICAÇÃO A MÉDIO/LONGO PRAZO 

 
    2017/2018 ‐ 1.º Período 
 

DISCIPLINA: História                                                                                             ANO: 8.º                                                                           Total de Aulas Previstas: 25/64* 
 

Unidades Temáticas  N.º Aulas 
Mês  Competências / Objetivos  Estratégias  Avaliação 
 Conteúdos 
     
 
Setembro  ‐ Apresentação    1 
   
  DOMÍNIO  5:  EXPANSÃO  E  MUDANÇA  NOS  SÉCULOS  1. Conhecer e compreender o pioneirismo português 4 
  no processo de expansão europeu.
XV E XVI.  2. Conhecer e compreender os processos de expansão  
   
dos Impérios Peninsulares.  
  5.1. O expansionismo europeu.  
3. Compreender as transformações decorrentes do
 
comércio à escala mundial.
 
     
4. Conhecer e compreender os séculos XV e XVI como
Outubro    período de ampliação dos níveis de multiculturalidade  
    das sociedades.
‐  Elaboração/análise  de  mapas 
  5. Conhecer o processo de união dos impérios
  referentes  aos  assuntos  em 
   
  peninsulares e a Restauração da Independência estudo 
    portuguesa em 1640.   Instrumento Base 
      ‐ Elaboração/análise de tabelas  (75%) 
5.2. Renascimento, Reforma e Contrarreforma.   
  1. Conhecer e compreender o Renascimento. cronológicas   

  2. Conhecer e compreender a Reforma Protestante. 6  2 testes de avaliação sumativa 


  3. Conhecer e compreender a reação da Igreja Católica   ‐ Análise de gráficos e tabelas 
  (50%+50%) 
  à Reforma Protestante.   ‐  Leitura  e  análise  de 
  4. Conhecer e compreender a forma como Portugal foi  
Novembro    documentos  do  manual 
  marcado por estes processos de transformação  
  cultural e religiosa.   adotado ou de outros 
   
  DOMÍNIO  6:  O  CONTEXTO  EUROPEU  DOS  SÉCULOS     
  ‐  Visualização  e  análise  de  Instrumento Complementar 
XVII E XVIII.     
 

1. Conhecer e compreender o Antigo Regime europeu a imagens diversas  (25%) 


   
6   

6.1. O Antigo Regime europeu: regra e exceção.  nível político e social. ‐  Visualização  de  Competências socio afetivas 


  2. Conhecer os elementos fundamentais de  
 
Dezembro  caracterização da economia do Antigo Regime   documentários e filmes  (ver tabela anexa à planificação) 
 
    europeu.   ‐ Pesquisa de documentos 
  3. Conhecer e compreender os elementos
fundamentais da arte e da cultura no Antigo Regime   ‐ Resolução de exercícios  
 
4. Conhecer e compreender a afirmação política e  
 
económica da Holanda e da Inglaterra, nos séculos  
  XVII e XVIII.
  5. Conhecer as diferentes etapas da evolução de  
  Portugal, em termos políticos, sociais e económicos,  
  no século XVII e na primeira metade do século XVIII. 1 
     
‐ Autoavaliação    Total: 18 + 
  6 (avaliação) 

1
Responsáveis: José Alberto Moreira, Fernanda Duarte, Maria Manuel Moreira e Pedro Babo
                                     PLANIFICAÇÃO A MÉDIO/LONGO PRAZO 
 
    2017/2018 ‐ 2.º Período 
 

DISCIPLINA: História                                                                                             ANO: 8.º                                                                           Total de Aulas Previstas: 21/64*  
 

Mês  Unidades Temáticas / Conteúdos  Competências / Objetivos  N.º Aulas  Estratégias  Avaliação 


   

Janeiro  6.2. Um século de mudança (século XVIII).  1. Conhecer e compreender os vetores fundamentais 3 


    do Iluminismo.
  2. Conhecer e compreender a realidade portuguesa na  
  segunda metade do século XVIII.  
 
  DOMÍNIO  7:  O  ARRANQUE  DA  “REVOLUÇÃO    ‐  Elaboração/análise  de  mapas 
  INDUSTRIAL”  E  O  TRIUNFO  DOS  REGIMES  LIBERAIS    referentes  aos  assuntos  em 
  CONSERVADORES.    estudo 
      Instrumento Base 
7.1.  Da  “Revolução  Agrícola”  à  “Revolução  ‐ Elaboração/análise de tabelas  (75%) 
  1. Conhecer e compreender os principais 4 
Industrial”.   condicionalismos explicativos do arranque da cronológicas   

    2 testes de avaliação sumativa 
  “Revolução Industrial” na Inglaterra. ‐ Análise de gráficos e tabelas 
Fevereiro    2. Conhecer e compreender as características das   (50%+50%) 
    etapas do processo de industrialização europeu de   ‐  Leitura  e  análise  de   
  meados do século XVIII e inícios do século XIX.   documentos  do  manual 
  3. Conhecer e compreender as implicações ambientais
 
    adotado ou de outros 
  da atividade das comunidades humanas e, em  
    particular, das sociedades industrializadas.   Instrumento Complementar 
  ‐  Visualização  e  análise  de 
  7.2.  Revoluções  e  Estados  liberais  8  imagens diversas  (25%) 
1. Conhecer e compreender a Revolução Americana e a  

Março  conservadores.   Revolução Francesa.  


‐  Visualização  de  Competências socio afetivas 
  2. Conhecer e compreender a evolução do sistema  
documentários e filmes  (ver tabela anexa à planificação) 
  político em Portugal desde as Invasões Francesas até  
  ao triunfo do liberalismo após a guerra civil. ‐ Pesquisa de documentos 
 
 
    ‐ Resolução de exercícios  
‐ Autoavaliação  1 
 

Total: 16 + 
4 (avaliação) 

2
Responsáveis: José Alberto Moreira, Fernanda Duarte, Maria Manuel Moreira e Pedro Babo
                                     PLANIFICAÇÃO A MÉDIO/LONGO PRAZO 
 
    2017/2018 ‐ 3.º Período 
 

DISCIPLINA: História                                                                                             ANO: 8.º                                                                           Total de Aulas Previstas: 18/64*  
 

Mês  Unidades Temáticas / Conteúdos  Competências / Objetivos  N.º Aulas  Estratégias  Avaliação 


     
  DOMÍNIO 8: A CIVILIZAÇÃO INDUSTRIAL NO SÉCULO   
  XIX.   
 

Abril  8.1.  Mundo  industrializado  e  países  de  difícil  1. Conhecer e compreender a consolidação dos 7 
  industrialização.  processos de industrialização.   ‐  Elaboração/análise  de  mapas 
    2. Conhecer e compreender os principais aspetos da   referentes  aos  assuntos  em 
 
  cultura do século XIX.
   
  3. Conhecer e compreender os sucessos e bloqueios   estudo 
   
  do processo português de industrialização.   ‐ Elaboração/análise de tabelas  Instrumento Base 
 
Maio  8.2.  Burgueses  e  proletários,  classes  médias  e    cronológicas  (75%) 
  1. Conhecer e compreender a evolução demográfica e 7   

camponeses.  urbana no século XIX. 1 teste de avaliação sumativa 


‐ Análise de gráficos e tabelas 
    2. Conhecer e compreender o processo de afirmação  
‐  Leitura  e  análise  de  (100%) 
  da burguesia e crescimento das classes médias.  
  3. Conhecer e compreender a evolução do operariado.  
Junho      documentos  do  manual 
‐ Autoavaliação  adotado ou de outros   

    Instrumento Complementar 
‐  Visualização  e  análise  de 
  Total: 15 +  (25%) 
imagens diversas   

  2 (avaliação)  Competências socio afetivas 
‐  Visualização  de  (ver tabela anexa à planificação) 
 
documentários e filmes 
 
  ‐ Pesquisa de documentos 
  ‐ Resolução de exercícios  
 
 
 
 

* De um total de 64 tempos letivos previstos, apenas foram considerados 61 (24+20+17) para efeitos de apresentação, lecionação de conteúdos e atividades de avaliação (1 ficha de diagnóstico e respetiva correção, 5 testes de 
avaliação e respetivas aulas de correção, assim como 3 aulas de autoavaliação de final de período/ano letivo). O número de aulas remanescente (cerca de 5%) destinar‐se‐á a compensar situações imprevistas. 
 
 

3
Responsáveis: José Alberto Moreira, Fernanda Duarte, Maria Manuel Moreira e Pedro Babo
                                     PLANIFICAÇÃO A MÉDIO/LONGO PRAZO 
 

AVALIAÇÃO 2017-2018
- ANEXO -
 

INSTRUMENTOS BASE (75%)

DESCRIÇÃO DOS INSTRUMENTOS COTAÇÃO APLICAÇÃO


1º PERÍODO 2 testes de avaliação 50% + 50% (Teste 1 x 0,5 + Teste 2 x 0,5) x 0,75

2º PERÍODO 2 testes de avaliação 50% + 50% (Teste 3 x 0,5 + Teste 4 x 0,5) x 0,75

3º PERÍODO 1 teste de avaliação 100% Teste 5 x 0,75

INSTRUMENTOS COMPLEMENTARES (25%)

DESCRIÇÃO DOS INSTRUMENTOS COTAÇÃO APLICAÇÃO


A – É por norma pontual e traz o material necessário para as aulas. 25% 1-100 pontos

B – Realiza as tarefas que lhe são ordenadas (registos de aula, fichas de trabalho, trabalhos de casa, relatórios de
25% 1-100 pontos
visita de estudo,….).

C – Responde com pertinência às perguntas que lhe são formuladas e participa espontaneamente nas atividades
25% 1-100 pontos
letivas.

D – É correto na relação com os colegas e com os professores, estando atento e não perturbando as aulas. 25% 1-100 pontos

TOTAL = ((A+B+C+D)/4) x 0,25

 
 

4
Responsáveis: José Alberto Moreira, Fernanda Duarte, Maria Manuel Moreira e Pedro Babo