Você está na página 1de 1

Apenas 9 por cento dos inquiridos referem ter mudado a sua conta para

outro banco nos últimos 5 anos, enquanto 82 por cento nunca consideraram
essa hipótese. Os restantes 9 por cento já ponderaram a mudança mas
III não o fizeram, maioritariamente (59 por cento) por não terem a certeza
quanto aos benefícios dessa mudança. Outras razões apontadas foram
48
o facto de considerarem importante a relação de antiguidade com o seu
BANCO DE PORTUGAL | RELATÓRIO DO INQUÉRITO À LITERACIA FINANCEIRA DA POPULAÇÃO PORTUGUESA | 2010

actual banco e o custo e tempo associados a essa mudança.

Gráfico III.2.4.3

RAZÕES PARA NÃO MUDAR A CONTA DE DEPÓSITOS À ORDEM PARA OUTRO BANCO

Questão: C14; Base: 138 entrevistados

3. PLANEAMENTO DE DESPESAS E POUPANÇA

A gestão adequada do orçamento familiar pressupõe a identificação dos rendimentos e a


previsão das despesas correntes e ocasionais, tendo também em conta uma perspectiva de
médio e longo prazo. A constituição de poupanças é um princípio importante na boa gestão
do orçamento familiar, permitindo acumular riqueza e fazer face a situações imprevistas, como
a redução temporária de rendimentos ou a ocorrência de despesas inesperadas.

A importância da poupança é hoje reforçada pela transferência de responsabilidades e riscos


para os indivíduos na formulação de planos de reforma e de saúde, acentuada pela tendência
demográfica de envelhecimento da população.

Através deste Inquérito procurou aferir-se o grau de sensibilização da população para a poupança
e para um planeamento regular e adequado do seu orçamento familiar. A promoção da poupança
é um dos principais objectivos da generalidade dos programas de formação financeira.

3.1. Planeamento do orçamento familiar

89 por cento Quando questionados sobre a importância do planeamento das receitas


consideram e despesas futuras, 51 por cento dos entrevistados consideram esta
“importante” ou tarefa “muito importante” e 38 por cento acham-na “importante”, exis-
“muito importante” tindo uma relação positiva entre esta avaliação e o nível de escolaridade.
planear o Contudo, 11 por cento consideram este planeamento “pouco importante”
orçamento ou “nada importante”.
familiar…