Você está na página 1de 11

TESTE DE AVALIAÇÃO 2

Caracterização da prova

Quadro 1 – Valorização dos conteúdos

Cotação
Conteúdos
(em pontos)

Domínio: Subdomínio 1: Massa e tamanho dos átomos 20


Elementos Subdomínio 2: Energia dos eletrões nos átomos 32
químicos e sua
organização Subdomínio 3: Tabela Periódica 48
Domínio: Subdomínio 1: Ligação química 100
Propriedades e Subdomínio 2: Gases e dispersões --
transformações da
Subdomínio 3: Transformações químicas --
matéria

Quadro 2 – Tipologia, número de itens e cotação


Número de Cotação por item
Tipologia dos itens
itens (em pontos)
Itens de seleção Escolha múltipla 7 8
Resposta curta 5 8
Itens de construção 6 12
Resposta restrita
2 16
TESTE DE AVALIAÇÃO 2

NOME N.º TURMA DATA AVALIAÇÃO PROFESSOR

GRUPO I
Considere os elementos químicos X, Y e Z, em que as letras não representam
os verdadeiros símbolos químicos dos elementos, com as seguintes
configurações eletrónicas:
X: 1s2 2s2 2p6 3s2 3p6 4s2
Y: 1s2 2s2 2p6 3s2
Z: [Ne] 3s2 3p5

1. Um átomo do elemento químico X possui…


(A) 10 orbitais completamente preenchidas e 4 energias de remoção diferentes.
(B) 6 orbitais completamente preenchidas e 6 energias de remoção diferentes.
(C) 10 orbitais completamente preenchidas e 6 energias de remoção diferentes.
(D) 6 orbitais completamente preenchidas e 4 energias de remoção diferentes.

2. Um átomo do elemento químico X tem _______ energia de ionização e


________ raio atómico do que um átomo do elemento químico Y.
(A) maior ... menor
(B) maior ... maior
(C) menor ... menor
(D) menor ... maior

3. Escreva o símbolo do ião que os átomos do elemento químico Y tendem a


formar e compare o raio desse ião com o raio do gás nobre isoeletrónico desse
ião.

4. Quando os elementos Y e Z reagem, forma-se um composto…


(A) covalente, de forma YZ.
(B) covalente, de forma YZ2.
(C) iónico, de forma YZ.
(D) iónico, de forma YZ2.
GRUPO II

A Tabela Periódica atual, onde os elementos estão organizados por ordem


crescente de número atómico, constitui uma compactação de informação
surpreendente e um instrumento de trabalho fundamental para qualquer químico.
O gráfico que se segue representa a energia de ionização dos primeiros 19
elementos da Tabela Periódica, em função do seu número atómico. Os números
atómicos de elementos consecutivos diferem de uma unidade.

1. A configuração eletrónica possível para um átomo do elemento químico T,


num estado excitado, é…
(A) 1s2 2s2 2p6 3s2 3p6 4s1
(B) 1s2 2s1 2p6 3s2 3p6 4s2
(C) 1s2 2s1 2p7 3s2 3p6 4s1
(D) 1s2 2s2 2p6 3s2 3p6

2. O número de orbitais preenchidas no átomo do elemento químico I é


___________ ao número de energias de remoção obtidas por espetroscopia
fotoeletrónica por que existem orbitais _____________.
(A) superior … degeneradas
(B) superior … semipreenchidas
(C) inferior … degeneradas
(D) inferior … semipreenchidas
3. Dos elementos representados no gráfico, indique:
a) um elemento cujos átomos tenham tendência a formar iões mononegativos.
b) o elemento de maior raio atómico.
c) dois elementos com comportamento químico semelhante.

4. Tendo em conta a posição relativa dos elementos J e L na Tabela Periódica,


justifique a diferença, representada no gráfico, para os valores de energia de
ionização desses dois elementos.

GRUPO III

Os polímeros são constituídos por cadeias macromoleculares longas que


contêm uma cadeia central de átomos de carbono unidos. Esta união dos átomos
ocorre através de ligações químicas, na qual participam apenas os eletrões do
último nível de energia.
O tamanho das cadeias tem um efeito determinante nas propriedades do
polímero. As cadeias podem conter até 50 000 átomos de carbono e medir
25 000 Å.
O polipropileno é um polímero, facilmente moldado por aquecimento, com
aplicações tão variadas como embalagens alimentares ou cadeiras de plástico.
É obtido a partir do propileno, ou propeno na nomenclatura IUPAC, cuja fórmula
de estrutura é CH2=CHCH3. A figura seguinte representa parte da cadeia
macromolecular do polipropileno.

1. Quais são “os eletrões do último nível de energia” a que se refere o texto.

2. Indique a ordem de grandeza da dimensão máxima da cadeia macromolecular


que constitui um polímero em nm.
3. Atendendo a que a fórmula geral do polipropileno é C nH2n+2, qual é a massa
de uma cadeia macromolecular de polipropileno constituída por 50 000 átomos
de carbono?

4. Compare, justificando, o comprimento da ligação C=C da molécula de


propileno com o comprimento da ligação C−C da macromolécula de
polipropileno.

5. No polímero, as interações entre as macromoléculas vizinhas são fracas.


Tendo em conta a macromolécula representada na figura, identifique o tipo de
ligação intermolecular predominante entre as macromoléculas de polipropileno.

GRUPO IV

O nitrogénio, N, existe na forma de gás diatómico, N2, à temperatura e pressão


ambiente, e constitui cerca de 78% do ar atmosférico. Uma das suas aplicações
comerciais é na produção de amoníaco, NH3, através do processo Haber-Bosch.

1. Represente, com base na regra do octeto, a estrutura de Lewis para as


moléculas de nitrogénio, N2, e amoníaco, NH3, e indique o tipo de ligação química
que se estabelece.

2. A molécula de amoníaco, NH3, possui um número de eletrões de valência igual


a…
(A) 8, dos quais 6 são ligantes e 2 são não ligantes.
(B) 8, dos quais 6 pares são ligantes e 2 pares são não ligantes.
(C) 4, dos quais 3 são ligantes e 1 é não ligante.
(D) 4, dos quais 3 pares são ligantes e 1 par é não ligante.

3. A molécula de fosfano, PH3, apresenta uma geometria semelhante à da


molécula de amoníaco e, embora sejam formadas por elementos químicos
pertencentes ao mesmo grupo, originam substâncias com características muito
distintas.
Com base nas propriedades periódicas dos elementos envolvidos na ligação,
preveja qual das ligações H−P ou H−N terá maior comprimento de ligação.

GRUPO V

Um motor de combustão interna funciona com um combustível que sofre


combustão dentro dos seus cilindros. Para que a reação ocorra, é também
injetado ar no motor. O oxigénio do ar é usado para reagir com o combustível,
formando-se dióxido de carbono (CO2) e água (H2O), e, em simultâneo, liberta-
-se energia.
O etanol, CH3CH2OH, constituinte das bebidas alcoólicas, funciona como
biocombustível podendo a sua reação de combustão ser representada pela
seguinte equação química:
CH3 CH2 OH(ℓ) + 3 O2 (g) → 2 CO2 (g) + 3 H2 O(g)

1. Embora o dióxido de carbono e a água sejam moléculas triatómicas,


apresentam geometria molecular diferente. Com base no Modelo da Repulsão
dos Pares Eletrónicos de Valência, apresente uma justificação para essa
diferença.

2. A molécula de _____ é _____ , sendo constituída por duas ligações _____.


(A) H2O …apolar … HO polares
(B) CO2 … apolar … CO polares
(C) CO2 … polar … CO apolares
(D) H2O … polar … HO apolares

3. Identifique o grupo funcional presente no composto biocombustível.

4. Um combustível também muito utilizado é a gasolina, que é constituída por


uma mistura de hidrocarbonetos ramificados e aditivos.
Atribua o nome ou desenhe a fórmula estrutural dos hidrocarbonetos
ramificados seguintes.
a)

b) 2,2-dimetilpropano
COTAÇÕES

GRUPO I GRUPO IV
1.......................................8 pontos 1. ................................... 12 pontos
2.......................................8 pontos 2. ..................................... 8 pontos
3..................................... 12 pontos 3. ................................... 12 pontos
4.......................................8 pontos -----------------
32 pontos
-----------------
36 pontos

GRUPO II
GRUPO V
1.......................................8 pontos
1. ................................... 16 pontos
2.......................................8 pontos
2. ..................................... 8 pontos
3..................................... 12 pontos
3. ..................................... 8 pontos
4..................................... 16 pontos
4. ..................................... 8 pontos
-----------------
-----------------
44 pontos
40 pontos

GRUPO III
1.......................................8 pontos
2.......................................8 pontos
3..................................... 12 pontos
4..................................... 12 pontos
------------------
5.......................................8 pontos
Total 200 pontos
-----------------
48 pontos
TESTE DE AVALIAÇÃO 2 Proposta de soluções

GRUPO I
1. Opção (C)
2. Opção (D)
3. O elemento Y tende a formar o ião Y2+, que é isoeletrónico do néon, o gás
nobre que o antecede na Tabela Periódica. Na comparação do raio das
partículas isoeletrónicas, o efeito predominante é o aumento da carga nuclear.
Como ião 2+
12Y tem maior carga nuclear, há maior atração entre o núcleo e os
eletrões e, por isso, o seu raio iónico será menor que o raio atómico do néon.
4. Opção (D)

GRUPO II
1. Opção (B)
2. Opção (D)
3.
a) I ou R
b) T
c) B, J e S; I e R; H e Q; G e P; F e O; E e N; D e M ou C, L e T
4. Os elementos J (gás nobre) e L (metal alcalino) pertencem, respetivamente,
ao grupo 18 do 2.º período e ao grupo 1 do 3.º período. Como o eletrão mais
energético de L ocupa um nível de energia superior, estará mais afastado do
núcleo estando menos atraído ao mesmo, pelo que necessitará de uma menor
energia para ser removido. Além disso, o gás nobre tem uma energia de
ionização excecionalmente elevada devido à sua estabilidade química, enquanto
o metal alcalino seguinte tem uma energia de ionização excecionalmente baixa,
pois com a perda do único eletrão de valência adquire uma configuração
eletrónica semelhante a um gás nobre.

GRUPO III
1. Eletrões de valência.
2. 25 000 Å = 2500 nm = 2,500 × 103 nm, logo a ordem de grandeza é 103 .
3. A fórmula química da macromolécula de polipropileno seria C50000 H100002 .
𝑀(C50000 H100002 ) = 50 000 × 12,01 + 100 002 × 1,01 = 7,015 × 105 g mol−1
1
𝑚 = 𝑛 𝑀 ⇒ 𝑚 = 6,02×1023 × 7,015 × 105 = 1,165 × 10−18 g/macromolécula

4. Enquanto a ligação da molécula de propileno é dupla (quatro pares de


eletrões ligantes), a ligação da macromolécula de polipropileno é simples (dois
pares de eletrões ligantes). Como o número de pares de eletrões ligantes que
estabelece a primeira ligação é superior, mais fortes serão as interações
eletrostáticas atrativas entre os eletrões e os núcleos dos átomos ligados e
menor é a distância internuclear para a qual se verifica um equilíbrio entre as
interações atrativas e as repulsivas, ou seja, menor é o comprimento de
ligação.
5. Ligações dipolo instantâneo–dipolo induzido ou forças de dispersão de
London.

GRUPO IV
1.

ou e ou

No nitrogénio estabelece-se uma ligação covalente tripla entre os átomos de


nitrogénio e na molécula de amoníaco estabelecem-se três ligações covalente
simples entre um átomo de nitrogénio e um de hidrogénio.
2. Opção (A)
3. Como o nitrogénio antecede o fósforo no mesmo grupo da Tabela Periódica e
o raio atómico tende a aumentar ao longo do grupo, devido ao aumento do
número de níveis de energia preenchidos, o átomo de fósforo terá maior raio do
que o átomo de nitrogénio. O átomo de nitrogénio e o átomo de fósforo estão
ligados nas moléculas NH3 e PH3, respetivamente, a átomos do mesmo
elemento (H). É, assim, de prever que a ligação H−P na molécula PH3 tenha
maior comprimento do que a ligação H−N na molécula NH3.
GRUPO V

1. Embora as moléculas de dióxido de carbono e água possuam apenas dois


átomos ligados ao átomo central, a molécula de água possui ainda dois pares de
eletrões não ligantes.
Assim, de acordo com o modelo VSEPR, a molécula de dióxido de carbono, que
possui apenas dois conjuntos de pares de eletrões ligantes em volta do átomo
central, apresenta uma minimização das repulsões entre esses pares com a
geometria linear.
Na molécula de água, segundo o modelo VSEPR, a minimização das repulsões
dos quatro pares eletrónicos ocorre com o arranjo espacial tetraédrico,
adquirindo a molécula uma geometria angular.
2. Opção (B)
3. Grupo hidroxilo (OH) pertencendo à família dos álcoois.
4.
a) 2,3-dimetilbutano
b)