Você está na página 1de 3

3.

Metodologia Cientifica: Abordagem quantitativa;

1. Introdução
A metodologia científica trata de método e ciência. Método é, portanto, o
caminho em direção a um objetivo; metodologia é o estudo do método, ou seja, é o
corpo de regras e procedimentos estabelecidos para realizar uma pesquisa; científica
deriva de ciência, a qual compreende o conjunto de conhecimentos precisos e
metodicamente ordenados em relação a determinado domínio do saber.
Metodologia científica é o estudo sistemático e lógico dos métodos empregados
nas ciências, seus fundamentos, sua validade e sua relação com as teorias científicas.
Em geral, o método científico compreende basicamente um conjunto de dados iniciais e
um sistema de operações ordenadas adequado para a formulação de conclusões, de
acordo com certos objetivos predeterminados.
A atividade preponderante da metodologia é a pesquisa. O conhecimento
humano caracteriza-se pela relação estabelecida entre o sujeito e o objeto, podendo-se
dizer que esta é uma relação de apropriação. A complexidade do objeto a ser conhecido
determina o nível de abrangência da apropriação. Assim, a apreensão simples da
realidade cotidiana é um conhecimento popular ou empírico, enquanto o estudo
aprofundado e metódico da realidade enquadra-se no conhecimento científico.

1.1 O que é pesquisa?


É um procedimento racional e sistemático que tem como objetivo proporcionar
respostas aos problemas que são propostos. A pesquisa desenvolve-se por um processo
constituído de várias fases, desde a formulação do problema até a apresentação e
discussão dos resultados.
Só se inicia uma pesquisa se existir uma pergunta, uma dúvida para a qual se
quer buscar a resposta. Pesquisar, portanto, é buscar ou procurar resposta para alguma
coisa.
As razões que levam à realização de uma pesquisa científica podem ser
agrupadas em razões intelectuais (desejo de conhecer pela própria satisfação de
conhecer) e razões práticas (desejo de conhecer com vistas a fazer algo de maneira mais
eficaz).
1.2 PESQUISA QUANTITATIVA
Diferentemente da pesquisa qualitativa, os resultados da pesquisa quantitativa
podem ser quantificados. Como as amostras geralmente são grandes e consideradas
representativas da população, os resultados são tomados como se constituíssem um
retrato real de toda a população alvo da pesquisa.

A pesquisa quantitativa se centra na objetividade. Influenciada pelo positivismo,


considera que a realidade só pode ser compreendida com base na análise de dados
brutos, recolhidos com o auxílio de instrumentos padronizados e neutros. A pesquisa
quantitativa recorre à linguagem matemática para descrever as causas de um fenômeno,
as relações entre variáveis, etc. A utilização conjunta da pesquisa qualitativa e
quantitativa permite recolher mais informações do que se poderia conseguir
isoladamente.

O quadro 1, abaixo, compara os principais aspectos da pesquisa qualitativa e da


pesquisa quantitativa.

Quadro 1 Comparação dos aspectos da pesquisa qualitativa com os da pesquisa


quantitativa

A pesquisa quantitativa, que tem suas raízes no pensamento positivista lógico,


tende a enfatizar o raciocínio dedutivo, as regras da lógica e os atributos mensuráveis da
experiência humana. Por outro lado, a pesquisa qualitativa tende a salientar os aspectos
dinâmicos, holísticos e individuais da experiência humana, para apreender a totalidade
no contexto daqueles que estão vivenciando o fenômeno. O quadro 2 apresenta uma
comparação entre o método quantitativo e o método qualitativo.
Assim, como visto até aqui, tanto a pesquisa quantitativa quanto a pesquisa
qualitativa apresentam diferenças com pontos fracos e fortes. Contudo, os elementos
fortes de um complementam as fraquezas do outro, fundamentais ao maior
desenvolvimento da Ciência.

1.3 - Variável
É o conjunto de resultados possíveis de um fenômeno (resposta), ou ainda são as
propriedades dos elementos da população que se pretende conhecer.

1.3.1 Variáveis Quantitativas


É quando obtemos como resposta números. Podem ser ditas Discretas, quando
obtidas através de contagem ou Contínuas quando obtidas através de medições. Por
exemplo, Número de filhos (variável discreta) e Temperatura numa cidade. (variável
contínua).