Você está na página 1de 21

08/11/2017

08/11/2017 Orçamento Empresarial BASES E PREMISSAS ORÇAMENTÁRIAS Adaptado de Frezatti (2010), Lunkes (2007), Fernandes (2005) CICLO

Orçamento Empresarial

BASES E PREMISSAS ORÇAMENTÁRIAS

Adaptado de Frezatti (2010), Lunkes (2007), Fernandes (2005)

CICLO ORÇAMENTÁRIO

1

08/11/2017 Orçamento Empresarial BASES E PREMISSAS ORÇAMENTÁRIAS Adaptado de Frezatti (2010), Lunkes (2007), Fernandes (2005) CICLO

As empresas normalmente têm o seguinte ciclo orçamentário:

Planejamento do desempenho da empresa como um todo, assim como as respectivas subunidades. Todos os gestores concordam com o que é esperado deles.

Estabelecimento de um parâmetro de referência, isto é, um conjunto de expectativas específicas com relação às quais os resultados reais possam ser comparados.

Análise das variações dos planos, seguida, se necessário, das respectivas ações corretivas.

Replanejamento, levando em consideração o feedback e a mudança das condições.

08/11/2017

CICLO ORÇAMENTÁRIO

08/11/2017 CICLO ORÇAMENTÁRIO O período de duração do orçamento não necessariamente é de um ano. Um

O período de duração do orçamento não necessariamente é de um ano. Um orçamento pode ser preparado para qualquer período de tempo.

São vários os fatores que influenciam na duração do período

orçamentário que incluem o tipo (processo), a natureza da organização, a necessidade de avaliação periódica e as condições do negócio.

Adaptado de Frezatti (2010), Lunkes (2007), Fernandes (2005)

CICLO ORÇAMENTÁRIO

08/11/2017 CICLO ORÇAMENTÁRIO O período de duração do orçamento não necessariamente é de um ano. Um

O período de orçamento deve ser o tempo necessário para prover uma meta atingível em condições normais.

Idealmente, o período de tempo deve minimizar o impacto de flutuações sazonais ou cíclicas.

Por outro lado, o período de orçamento não deve ser longo demais que inviabiliza estimativas realistas.

O período de orçamento mais comum em empresas brasileiras é de um ano. Esse orçamento anual também pode ter ajustes mensais, trimestrais ou semestrais ou acréscimo do mesmo período acabado no futuro.

08/11/2017

ORÇAMENTO Orçamento do Estoque Final Orçamento de Vendas Orçamento de Fabricação Orçamento dos Custos da MP
ORÇAMENTO
Orçamento do
Estoque Final
Orçamento de Vendas
Orçamento de
Fabricação
Orçamento dos
Custos da MP
Orçamento dos
Custos da MOD
Orçamento do
CIF
Orçamento do Custo Produtos Vendidos
Orçamento
Operacional
Orçamento dos Custos de Projeto/P&D
Orçamento dos Custos de Marketing
Orçamento dos Custos de Distribuição
Orçamento dos Custos-Serviços Cliente
Orçamento dos Custos Administrativos
Projeção do Demonstrativo de Resultado
Fonte: (Horngren
et. al., 1997).
Orçamento
Orçamento
Orçamento
Projeção do Fluxo
Financeiro
de Capital
de Caixa
Projeção do Balanço
Patrimonial
de Caixa

Períodos Orçamentários

08/11/2017 ORÇAMENTO Orçamento do Estoque Final Orçamento de Vendas Orçamento de Fabricação Orçamento dos Custos da
  • Períodos orçamentários tem que estar alinhados com a geração de dados contábeis;

  • Exemplo: anual, com análise mensal;

  • Palavra de ordem dados.

é agilidade na geração de

Adaptado de Frezatti (2010), Lunkes (2007), Fernandes (2005)

6

08/11/2017

Períodos Orçamentários

08/11/2017 Períodos Orçamentários  Os períodos para a sua projeção devem ser equivalentes à apuração dos
  • Os períodos para a sua projeção devem ser equivalentes à apuração dos lançamentos contábeis (ex: mensalmente);

  • Normalmente o orçamento

de

deve

ser

projetado para um período

12

meses,

buscando a coincidência com o exercício social;

Adaptado de Frezatti (2010), Lunkes (2007), Fernandes (2005)

Períodos Orçamentários

08/11/2017 Períodos Orçamentários  Os períodos para a sua projeção devem ser equivalentes à apuração dos
  • projeções

As

orçamentárias

deverão

ser

iniciadas no

mês

de

outubro, de

forma a

permitir

que

em

dezembro

ele

esteja

aprovado e possibilite a sua implantação a

partir de janeiro;

  • Isso provoca a necessidade de estimar os

três

últimos

meses

do

ano para

que

os

orçamentos

para

o

próximo

ano

sejam

projetados.

 

Adaptado de Frezatti (2010), Lunkes (2007), Fernandes (2005)

08/11/2017

Períodos Orçamentários

08/11/2017 Períodos Orçamentários  Os saldos iniciais do orçamento, inicialmente estimados serão ajustados pelos dados reais

Os saldos iniciais do orçamento, inicialmente estimados serão ajustados pelos dados reais de fechamento de fim de ano, oportunamente.

Adaptado de Frezatti (2010), Lunkes (2007), Fernandes (2005)

A geração de bases de dados

08/11/2017 Períodos Orçamentários  Os saldos iniciais do orçamento, inicialmente estimados serão ajustados pelos dados reais
  • A integração das bases de dados permitirão

que

as

atividades

de

controle

e

reprogramação

orçamentária

sejam

realizadas;

Tipos de base de dados:

  • Orçamentária

  • Contábil

Adaptado de Frezatti (2010), Lunkes (2007), Fernandes (2005)

08/11/2017

A geração de bases de dados

08/11/2017 A geração de bases de dados  Orçamentária: constituída por todas as contas projetadas pelos
  • Orçamentária: constituída por todas as contas projetadas pelos centros de responsabilidade;

  • Contábil: constituída a partir de lançamentos contábeis efetuados durante o período;

  • Do orçamento reprogramado: constituída pela atualização da base de dados orçamentária quando há reprogramação devido a divergências entre as contas comparadas

Adaptado de Frezatti (2010), Lunkes (2007), Fernandes (2005)

Bases para elaboração do orçamento

08/11/2017 A geração de bases de dados  Orçamentária: constituída por todas as contas projetadas pelos

É fundamental que exista uma memória passada de informações. Para as empresas em implantação, é possível recorrer aos projetos de investimento/planos de negócio elaborados na criação da empresa;

  • A cada novo projeto orçamentário, os níveis de compreensão e de melhoria aumentam em decorrência do acúmulo de experiências.

Adaptado de Frezatti (2010), Lunkes (2007), Fernandes (2005)

08/11/2017

Bases para elaboração do orçamento

08/11/2017 Bases para elaboração do orçamento  Mas o principal ponto reside no planejamento subjacente a
  • Mas o principal ponto reside no planejamento subjacente a esse orçamento, uma vez que se deve sempre olhar pra frente e o passado é somente um ponto de comparação.

Adaptado de Frezatti (2010), Lunkes (2007), Fernandes (2005)

RETOMANDO A FIGURA DO PLANEJAMENTO AMBIENTE EXTERNO PROCURA CONHECER O SEU AMBIENTE EXTERNO, DIAGNOSTICANDO O QUE
RETOMANDO A FIGURA DO PLANEJAMENTO
AMBIENTE EXTERNO
PROCURA CONHECER O SEU AMBIENTE
EXTERNO, DIAGNOSTICANDO O QUE NELE OCORRE
NECESSIDADES
OPORTUNIDADES
AMEAÇAS
DIFICULDADES
RECURSOS
DISPONÍVEIS
08/11/2017 Bases para elaboração do orçamento  Mas o principal ponto reside no planejamento subjacente a
  • 1. TECNOLÓGICOS

  • 1. CONSUMIDOR

  • 1. POTENCIAL LUCRO

  • 2. POLÍTICOS

  • 2. FORNECEDOR

  • 2. PONTOS CHAVE

  • 3. ECONÔMICOS

  • 3. CONCORRÊNCIA

  • 3. EVOLUÇÃO DO MERCADO

  • 4. LEGAIS

  • 4. REGULAÇÃO

 
  • 5. SOCIAIS

 
  • 6. DEMOGRÁFICOS

6. DEMOGRÁFICOS
  • 7. ECOLÓGICOS

CENÁRIOS
CENÁRIOS

08/11/2017

RETOMANDO A FIGURA DO PLANEJAMENTO AMBIENTE INTERNO
RETOMANDO A FIGURA DO PLANEJAMENTO
AMBIENTE INTERNO

PESSOAS

TECNOLOGIAS E MATERIAIS

ESTRUTURA DESENVOLVIMENTO EQUIPAMENTOS MATERIAIS KNOW-HOW SISTEMAS DE INFORMAÇÕES METODOLOGIA INFORMAÇÕES
ESTRUTURA
DESENVOLVIMENTO
EQUIPAMENTOS
MATERIAIS
KNOW-HOW
SISTEMAS DE INFORMAÇÕES
METODOLOGIA
INFORMAÇÕES
08/11/2017 RETOMANDO A FIGURA DO PLANEJAMENTO AMBIENTE INTERNO PESSOAS TECNOLOGIAS E MATERIAIS ESTRUTURA DESENVOLVIMENTO EQUIPAMENTOS MATERIAIS

Bases para elaboração do orçamento

ASPECTOS RELEVANTES DO PROCESSO ORÇAMENTÁRIO

08/11/2017 RETOMANDO A FIGURA DO PLANEJAMENTO AMBIENTE INTERNO PESSOAS TECNOLOGIAS E MATERIAIS ESTRUTURA DESENVOLVIMENTO EQUIPAMENTOS MATERIAIS

GRANDE DEPENDÊNCIA DAS INFORMAÇÕES HISTÓRICAS, CONFLITOS ENTRE ESTRATÉGIAS E NÚMEROS

MATURIDADE DA ADMINISTRAÇÃO EM TERMOS DO QUE ESPERAR DO ORÇAMENTO

RIGIDEZ EXTREMA X FLEXIBILIDADE EM DEMASIA NAS MUDANÇAS

O PLANO É BOM QUANDO TODAS AS LINHAS SÃO ATINGIDAS

ENFOQUE NAS SIMULAÇÕES E ANÁLISE DE RISCOS

NIVEL DE PARTICIPAÇÃO MAIOR DOS ENVOLVIDOS

PARTE QUALITATIVA DO ORÇAMENTO DEVE SER CONSIDERADA

08/11/2017

Bases para elaboração do

orçamento

ENVOLVIMENTO ADMINISTRATIVO

ADAPTAÇÃO ORGANIZACIONAL

08/11/2017 Bases para elaboração do orçamento ENVOLVIMENTO ADMINISTRATIVO ADAPTAÇÃO ORGANIZACIONAL CONTABILIDADE POR ÁREA DE RESPONSABILIDADE COMUNICAÇÃO

CONTABILIDADE POR ÁREA DE RESPONSABILIDADE

08/11/2017 Bases para elaboração do orçamento ENVOLVIMENTO ADMINISTRATIVO ADAPTAÇÃO ORGANIZACIONAL CONTABILIDADE POR ÁREA DE RESPONSABILIDADE COMUNICAÇÃO

COMUNICAÇÃO INTEGRAL

EXPECTATIVAS REALÍSTICAS

APLICAÇÃO FLEXÍVEL

ACOMPANHAMENTO

RECONHECIMENTO DO ESFORÇO INDIVIDUAL E DO GRUPO

Adaptado de Frezatti (2010), Lunkes (2007), Fernandes (2005)

Bases para elaboração do orçamento

ENVOLVIMENTO ADMINISTRATIVO

08/11/2017 Bases para elaboração do orçamento ENVOLVIMENTO ADMINISTRATIVO ADAPTAÇÃO ORGANIZACIONAL CONTABILIDADE POR ÁREA DE RESPONSABILIDADE COMUNICAÇÃO

COMPREENDER AS CARACTERÍSTICAS DO PLANEJAMENTO

ESTAR CONVENCIDO DE QUE TAL ENFOQUE É PREFERÍVEL À SUA INEXISTÊNCIA

ESTAR DISPOSTO A EMPREGAR ESFORÇOS INTENSOS

APOIAR O PROGRAMA EM SUAS VÁRIAS RAMIFICAÇÕES

08/11/2017 Bases para elaboração do orçamento ENVOLVIMENTO ADMINISTRATIVO ADAPTAÇÃO ORGANIZACIONAL CONTABILIDADE POR ÁREA DE RESPONSABILIDADE COMUNICAÇÃO
08/11/2017 Bases para elaboração do orçamento ENVOLVIMENTO ADMINISTRATIVO ADAPTAÇÃO ORGANIZACIONAL CONTABILIDADE POR ÁREA DE RESPONSABILIDADE COMUNICAÇÃO

Adaptado de Frezatti (2010), Lunkes (2007), Fernandes (2005)

08/11/2017

Bases para elaboração do

orçamento

ADAPTAÇÃO ORGANIZACIONAL

08/11/2017 Bases para elaboração do orçamento ADAPTAÇÃO ORGANIZACIONAL • SÃO OS INDIVÍDUOS RESPONSÁVEIS PELA EXECUÇÃO DAS

SÃO OS INDIVÍDUOS RESPONSÁVEIS PELA EXECUÇÃO DAS TAREFAS

RESPONSABILIDADES ORGANIZACIONAIS DEVEM SER CLARAMENTE DEFINIDAS

DEVEM SER EVITADOS: DUPLICAÇÕES DE ESFORÇOS E CONFLITOS NÃO PROFISSIONAIS

08/11/2017 Bases para elaboração do orçamento ADAPTAÇÃO ORGANIZACIONAL • SÃO OS INDIVÍDUOS RESPONSÁVEIS PELA EXECUÇÃO DAS

Bases para elaboração do orçamento

08/11/2017 Bases para elaboração do orçamento ADAPTAÇÃO ORGANIZACIONAL • SÃO OS INDIVÍDUOS RESPONSÁVEIS PELA EXECUÇÃO DAS

CONTABILIDADE POR ÁREA DE RESPONSABILIDADE

SISTEMA CONTÁBIL DE ACORDO COM A ESTRUTURA ORGANIZACIONAL

VIABILIZAÇÃO: ORÇAMENTO, RELATÓRIOS, ACOMPANHAMENTO ETC.

08/11/2017 Bases para elaboração do orçamento ADAPTAÇÃO ORGANIZACIONAL • SÃO OS INDIVÍDUOS RESPONSÁVEIS PELA EXECUÇÃO DAS

CUSTO/BENEFÍCIO DO DETALHAMENTO

PLANO DE CONTAS BEM ELABORADO

Adaptado de Frezatti (2010), Lunkes (2007), Fernandes (2005)

08/11/2017

Bases para elaboração do

orçamento

COMUNICAÇÃO INTEGRAL

QUALIDADE NA COMUNICAÇÃO

RESPEITO A CULTURA E TRADIÇÃO

08/11/2017 Bases para elaboração do orçamento COMUNICAÇÃO INTEGRAL • QUALIDADE NA COMUNICAÇÃO • RESPEITO A CULTURA

AUMENTO DA PARTICIPAÇÃO PELA COMUNICAÇÃO

08/11/2017 Bases para elaboração do orçamento COMUNICAÇÃO INTEGRAL • QUALIDADE NA COMUNICAÇÃO • RESPEITO A CULTURA

Bases para elaboração do orçamento

EXPECTATIVA REALISTA

08/11/2017 Bases para elaboração do orçamento COMUNICAÇÃO INTEGRAL • QUALIDADE NA COMUNICAÇÃO • RESPEITO A CULTURA

EXTREMOS DEVEM SER EVITADOS: AUSÊNCIA DE DESAFIO E EXIGÊNCIA IRREAL

UMA ETAPA NÃO ATINGIDA AFETA AS PRÓXIMAS

AS METAS SERÃO CONSIDERADAS REALISTAS QUANDO PUDEREM SER ATINGIDAS

APLICAÇÃO FLEXÍVEL

O PLANO NÃO DEVE DOMINAR A EMPRESA

08/11/2017 Bases para elaboração do orçamento COMUNICAÇÃO INTEGRAL • QUALIDADE NA COMUNICAÇÃO • RESPEITO A CULTURA
08/11/2017 Bases para elaboração do orçamento COMUNICAÇÃO INTEGRAL • QUALIDADE NA COMUNICAÇÃO • RESPEITO A CULTURA

OPORTUNIDADES NÃO PREVISTAS DEVEM SER CONSIDERADAS

Adaptado de Frezatti (2010), Lunkes (2007), Fernandes (2005)

08/11/2017

Bases para elaboração do

orçamento

ACOMPANHAMENTO

08/11/2017 Bases para elaboração do orçamento ACOMPANHAMENTO • DEVEM SER ANALISADOS: DESEMPENHO FAVORÁVEL E DESFAVORÁVEL •

DEVEM SER ANALISADOS: DESEMPENHO FAVORÁVEL E DESFAVORÁVEL

OBJETIVOS DA ANÁLISE:

  • 1. AÇÕES CORRETIVAS EM CASO DE DESEMPENHO INFERIOR

  • 2. RECONHECER/TRANSMITIR CONHECIMENTOS QUANDO DESEMPENHO SUPERIOR

  • 3. CRIAR CONDIÇÕES DE MELHORAR PLANEJAMENTO E CONTROLE FUTUROS

RECONHECIMENTO DO ESFORÇO INDIVIDUAL E DO GRUPO

DESEMPENHO POSITIVO E NEGATIVO DEVEM SER IDENTIFICADOS E ATRIBUÍDOS

SISTEMA DE AVALIAÇÃO DEVE SER JUSTO, COMPREENSIVO E PRECISO

08/11/2017 Bases para elaboração do orçamento ACOMPANHAMENTO • DEVEM SER ANALISADOS: DESEMPENHO FAVORÁVEL E DESFAVORÁVEL •

Premissas básicas orçamentárias

08/11/2017 Bases para elaboração do orçamento ACOMPANHAMENTO • DEVEM SER ANALISADOS: DESEMPENHO FAVORÁVEL E DESFAVORÁVEL •
  • Conjunto de informações pertinentes que servem

para

orientar

nos

trabalhos

de

projeções orçamentárias;

  • Devem ser constituídas a partir de pontos fortes e fracos, ameaças e oportunidades, e são capazes de fortalecer a compreensão dos cenários envolvidos

08/11/2017

CENÁRIOS, PREMISSAS OPERACIONAIS E FINANCEIRAS CENÁRIOS POLÍTICO • TENDÊNCIAS MAIS IMPORTANTES • ASPECTOS QUE POSSAM LEVAR
CENÁRIOS, PREMISSAS OPERACIONAIS E FINANCEIRAS
CENÁRIOS
POLÍTICO
• TENDÊNCIAS MAIS IMPORTANTES
• ASPECTOS QUE POSSAM LEVAR A ALTERAÇÕES DO CENÁRIO ECONÔMICO

ECONÔMICO/FINANCEIRO

• CICLOS, SITUAÇÕES DE ESCASSEZ OU ABUNDÂNCIA • DO CENÁRIO DECORREM AS PREMISSAS

08/11/2017 CENÁRIOS, PREMISSAS OPERACIONAIS E FINANCEIRAS CENÁRIOS POLÍTICO • TENDÊNCIAS MAIS IMPORTANTES • ASPECTOS QUE POSSAM

MERCADO ESPECÍFICO

ASPECTOS REFERENTES AOS CLIENTES MOVIMENTAÇÕES DA CONCORRÊNCIA

Premissas econômico- financeiras

08/11/2017 CENÁRIOS, PREMISSAS OPERACIONAIS E FINANCEIRAS CENÁRIOS POLÍTICO • TENDÊNCIAS MAIS IMPORTANTES • ASPECTOS QUE POSSAM
  • Análise da conjuntura nacional para os períodos seguintes;

  • Projeção de índices inflacionários;

  • Projeção de juros;

  • Demonstrações contábeis da empresa;

  • Índices de avaliação da empresa;

  • Índices de avaliação de empresas concorrentes; Inflação, variação cambial, reajuste de salários, matérias-primas etc.

08/11/2017 CENÁRIOS, PREMISSAS OPERACIONAIS E FINANCEIRAS CENÁRIOS POLÍTICO • TENDÊNCIAS MAIS IMPORTANTES • ASPECTOS QUE POSSAM
08/11/2017 CENÁRIOS, PREMISSAS OPERACIONAIS E FINANCEIRAS CENÁRIOS POLÍTICO • TENDÊNCIAS MAIS IMPORTANTES • ASPECTOS QUE POSSAM

08/11/2017

Premissas econômico- financeiras

08/11/2017 Premissas econômico- financeiras Premissas de mercado  Vendas previstas por produto e região;  Mercado
08/11/2017 Premissas econômico- financeiras Premissas de mercado  Vendas previstas por produto e região;  Mercado

Premissas de mercado

08/11/2017 Premissas econômico- financeiras Premissas de mercado  Vendas previstas por produto e região;  Mercado
  • Vendas previstas por produto e região;

  • Mercado a ser atingido;

  • Produtos novos que serão lançados;

  • Condições comerciais que serão praticadas (prazo de entrega, pagamento de fornecedores e recebimento de clientes);

  • Políticas de descontos;

  • Expectativa de venda por produto/ponto/período;

  • Política de distribuição de produtos;

  • Percentual do faturamento destinado a mkt/representações;

08/11/2017 Premissas econômico- financeiras Premissas de mercado  Vendas previstas por produto e região;  Mercado
08/11/2017 Premissas econômico- financeiras Premissas de mercado  Vendas previstas por produto e região;  Mercado

08/11/2017

Premissas de mercado

08/11/2017 Premissas de mercado Premissas de mercado 15
08/11/2017 Premissas de mercado Premissas de mercado 15

Premissas de mercado

08/11/2017 Premissas de mercado Premissas de mercado 15
08/11/2017 Premissas de mercado Premissas de mercado 15

08/11/2017

Premissas de produção /industriais

08/11/2017 Premissas de produção /industriais  Políticas de investimento no parque industrial;  Expectativas dos gastos
  • Políticas de investimento no parque industrial;

  • Expectativas dos gastos gerais de fabricação, diante do histórico e da conjuntura econômica (premissas financeiras);

  • Ganhos de produtividade e/ou inovações esperada’;

  • Informações gerais sobre políticas industriais que serão adotadas na empresa.

08/11/2017 Premissas de produção /industriais  Políticas de investimento no parque industrial;  Expectativas dos gastos
08/11/2017 Premissas de produção /industriais  Políticas de investimento no parque industrial;  Expectativas dos gastos
08/11/2017 Premissas de produção /industriais  Políticas de investimento no parque industrial;  Expectativas dos gastos

Premissas de produção /industriais

08/11/2017 Premissas de produção /industriais  Políticas de investimento no parque industrial;  Expectativas dos gastos

08/11/2017

Premissas de produção /industriais

08/11/2017 Premissas de produção /industriais Premissas de administrativas e contábeis  Perspectiva de reajuste salarial em
08/11/2017 Premissas de produção /industriais Premissas de administrativas e contábeis  Perspectiva de reajuste salarial em

Premissas de administrativas e contábeis

08/11/2017 Premissas de produção /industriais Premissas de administrativas e contábeis  Perspectiva de reajuste salarial em
  • Perspectiva de reajuste salarial em todas as funções, planos, datas, encargos e outros benefícios que serão concedidos;

  • Análise e perspectivas de reajustes de diversos contratos, de locação/terceirização diversos da empresa;

  • Premissas tributárias;

  • Premissas de gastos com materiais administrativos.

08/11/2017 Premissas de produção /industriais Premissas de administrativas e contábeis  Perspectiva de reajuste salarial em
08/11/2017 Premissas de produção /industriais Premissas de administrativas e contábeis  Perspectiva de reajuste salarial em

08/11/2017

Premissas

08/11/2017 Premissas  Esse conjunto de informações macros permitirão que os centros de responsabilidade possam trabalhar
  • Esse conjunto de informações macros permitirão que os centros de responsabilidade possam trabalhar em seus orçamentos, sem necessidade de consultar permanentemente os gestores do processo orçamentário.

08/11/2017 Premissas  Esse conjunto de informações macros permitirão que os centros de responsabilidade possam trabalhar
08/11/2017 Premissas  Esse conjunto de informações macros permitirão que os centros de responsabilidade possam trabalhar

Uso de indexadores econômicos

08/11/2017 Premissas  Esse conjunto de informações macros permitirão que os centros de responsabilidade possam trabalhar

Os valores do orçamento devem der atualizados no tempo

Dessa forma, é importante projetar os índices inflacionários para o ano orçamentário, a fim de minimizar os impactos inflacionários em desvalorizações monetárias Pode-se ter indexadores diferentes para diferentes contratos da empresa São algumas instituições responsáveis pela apuração dos índices:

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística IBGE: INPC Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas FIPE /USP: IPCA Fundação Getúlio Vargas: IGP-DI, IGP-M, IPC

Adaptado de Frezatti (2010), Lunkes (2007), Fernandes (2005)

36

08/11/2017

Principais indexadores econômicos

http://www.portalbrasil.net/indices.htm

08/11/2017 Principais indexadores econômicos http://www.portalbrasil.net/indices.htm Adaptado de Frezatti (2010), Lunkes (2007), Fernandes (2005) 37 Índices de
08/11/2017 Principais indexadores econômicos http://www.portalbrasil.net/indices.htm Adaptado de Frezatti (2010), Lunkes (2007), Fernandes (2005) 37 Índices de

Adaptado de Frezatti (2010), Lunkes (2007), Fernandes (2005)

37

Índices de avaliação das empresas

Índices de avaliação das empresas

Os índices de avaliação servem para medir e acompanhar a evolução econômica e financeira da empresa. O conhecimento dos índices do ano anterior servirá de indicador para exercícios futuros, e base de comparação.

Adaptado de Frezatti (2010), Lunkes (2007), Fernandes (2005)

38

08/11/2017

ANÁLISE DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS Análise das Demonstrações Contábeis
ANÁLISE DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS
Análise das
Demonstrações Contábeis
08/11/2017 ANÁLISE DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS Análise das Demonstrações Contábeis ANÁLISE DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS INDICADORES FÓRMULAS Disponível

ANÁLISE DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS

ANÁLISE DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS

INDICADORES

FÓRMULAS

 

Disponível

  • 1.1 Liquidez Imediata

Passivo circulante

  • 1.2 Liquidez Corrente

Ativo circulante

Passivo circulante

 

AC Estoques

  • 1.3 Liquidez Seca

Passivo circulante

  • 1.4 Liquidez Geral

Ativo circulante + R.L.P. Passivo circulante + E.L.P.

2.1

Participação Capital de Terceiros

Exigível total X 100 _____

2.2 Composição do Endividamento

Passivo circulante X 100 Exigível total

08/11/2017

ANÁLISE DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS Custo das mercadorias vendidas Estoque de mercadorias 3.2 Rotação dos Estoques Contas
ANÁLISE DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS
Custo das mercadorias vendidas
Estoque de mercadorias
3.2
Rotação dos Estoques
Contas a receber x 360
Receita Bruta
3.3
Prazo Médio de Contas a Receber
Fornecedores x 360
Compras
3.4
Prazo Médio de Fornecedores
4.1.
Margem de Lucro sobre as Vendas
Resultado operacional
Receita líquida
4.2.
Giro do Ativo Operacional
__
Receita
líquida
__
Ativo operacional
4.3.
Retorno sobre Investimento (ROI)
Margem Operacional X Giro do Ativo
Operacional (4.1x 4.2) X 100
5.1 Valor Econômico Agregado (EVA)
EVA= Resultado operacional – (Patrimônio
líquido x CMPC*)

Condições para implementação

Contabilidade aberta e informatizada

voltada para o aspecto gerencial;

• voltada para o aspecto gerencial;

possibilitar o controle orçamentário;

• possibilitar o controle orçamentário;

atender além dos aspectos gerenciais, os legais, acionistas, etc.

• atender além dos aspectos gerenciais, os legais, acionistas, etc.

Os objetivos operacionais, decorrentes do planejamento

 

Perspectivas de faturamento;

Participação no mercado global;

O controle ambiental;

A maximização do lucro, etc.

Condições para Implementação
Condições
para
Implementação

Estrutura organizacional

Estrutura organizacional • níveis hierárquicos existentes; • interdependência dos orgãos subordinados; • linhas de comunicação ascendentes

níveis hierárquicos existentes;

interdependência dos orgãos subordinados;

linhas de comunicação ascendentes e descendentes;

• linhas de comunicação ascendentes e descendentes;

delegação de autoridade e cobrança de responsabilidade.

• delegação de autoridade e cobrança de responsabilidade.
 
Análise dos fatores e premissas • situação geral da economia; • tendência da politica governamental; •
   

Análise dos fatores e

 
premissas
premissas
 

situação geral da economia;

• situação geral da economia; • tendência da politica

tendência da politica

governamental;

evolução do setor em que atua a empresa;

• evolução do setor em que atua a empresa;

evolução da taxa de inflação;

• evolução da taxa de inflação;

evolução do real em

• evolução do real em

relação ao dólar;

mercado de trabalho;

• mercado de trabalho;

tendência dos preços

• tendência dos preços

do produtos, tendências

da MP (preços,

qualidade, riscos de

fornecimento);

taxa de juros, entre

outras.
outras.