Você está na página 1de 29

PREFEITURA MUNICIPAL DE FLORIANÓPOLIS

FUNDAÇÃO CULTURAL DE FLORIANÓPOLIS FRANKLIN CASCAES


COMISSÃO DE AVALIAÇÃO DE INCENTIVO CULTURAL - CAIC

PROJETO CULTURAL Nº.

___________________________________
ESPAÇO RESERVADO À FUNDAÇÃO

Denominação do projeto

PROJETO CULTURAL RECEBIDO

EM ____/____/____

_____________________
ASSINATURA
ESPAÇO RESERVADO À FUNDAÇÃO
Florianópolis, ____ de ____________ de 20______

Ilustríssimo Senhor
XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX (nome do presidente atual)
Presidente da FCFFC

Av. Mauro Ramos, 224.


Centro Executivo Mauro Ramos – 4º andar
Centro, Florianópolis - SC
CEP 88.020-300

_______________________________________________________
Denominação do Projeto

Pela presente, venho requerer inscrição do projeto em epígrafe, com


vistas à obtenção de incentivos fiscais previstos na Lei 3.659, de 05
de dezembro de 1991.

Declaro estar ciente e de acordo com as normas e obrigações


previstas na Lei e no decreto 5.207/07

Atenciosamente,

__________________________________________
Assinatura do Responsável pelo Projeto.
A.1. DADOS DO PROPONENTE: PESSOA FÍSICA
NOME COMPLETO NOME ARTÍSTICO

PROFISSÃO

ENDEREÇO

BAIRRO CEP MUNICÍPIO


FLORIANÓPOLIS

DDD/TELEFONE CELULAR FAX E-MAIL

RG CPF

OBSERVAÇÃO – ESTE QUADRO PODERÁ SER ELIMINADO CASO O


PROPONENTE NÃO SEJA PESSOA FÍSICA.
RAZÃO SOCIAL

RAMO DE ATIVIDADE

ENDEREÇO

BAIRRO CEP MUNICÍPIO


FLORIANÓPOLIS
DDD/TELEFONE CELULAR FAX E-MAIL

CNPJ CMC (Cadastro Municipal de


Contribuinte)

OBJETIVOS ESTATUÁRIOS

RESPONSÁVEL PELO PROJETO


NOME COMPLETO

RG CPF E_MAIL

CARGO QUE EXERCE NA EMPRESA DDD/TELEFONE CELULAR

OBSERVAÇÃO – ESTE QUADRO PODERÁ SER ELIMINADO CASO O


PROPONENTE NÃO SEJA PESSOA JURÍDICA.
A.3. DADOS BANCÁRIOS DO PROPONENTE PESSOA FÍSICA OU JURÍDICA
1. AGENTE BANCÁRIO (BANCO) 2. NUMERO DO AGENTE BANCÁRIO
BANCO DO BRASIL S/A. 001
3. NOME DA AGÊNCIA BANCÁRIA 4. NÚMERO DA AGÊNCIA BANCÁRIA

ENDEREÇO DA AGÊNCIA BANCÁRIA

BAIRRO CEP MUNICÍPIO FLORIANÓPOLIS

DDD/TELEFONE FAX E-MAIL

CONTATO NA AGÊNCIA DDD/TELEFONE


B. DADOS RESUMIDOS DO PROJETO.
1. NOME DO PROJETO -

2. Solicito enquadramento do projeto cultural na modalidade de incentivo, conforme


descrito no Regulamento da Lei nº 3.659/91 Art. 2º e seus:

Inciso III - ( ) DOAÇÃO

Inciso IV - ( ) PATROCÍNIO

Inciso V - ( ) INVESTIMENTO

<portal.pmf.sc.gov.br/entidades/franklincascaes> Item Lei Municipal de Incentivo à Cultura

3. ÁREA EM QUE O PROJETO SE ENQUADRA

( ) MÚSICA E DANÇA. ( ) ARTES PLÁSTICAS, ARTES


GRÁFICAS E FILATELIA.

( ) TEATRO E CIRCO. ( ) FOLCLORE E ARTESANATO.

( ) ACERVO E PATRIMÔNIO
( ) CINEMA, FOTOGRAFIA E
HISTÓRICO E CULTURAL,
VÍDEO.
MUSEUS E CENTROS
CULTURAIS.
( ) LITERATURA.

4. QUAL É O PRODUTO CULTURAL PRINCIPAL DO PROJETO?

5. ONDE SERÁ REALIZADO?

6. DATA PREVISTA PARA O INÍCIO DO 7. DATA PREVISTA PARA O


PROJETO TÉRMINO DO PROJETO
______/______/______ ______/______/______
8. VALOR TOTAL DO PROJETO 9.* VALOR SOLICITADO COMO
INCENTIVO
R$ R$

ATENÇÃO *
SOLICITAÇÃO DE INCENTIVO LIMITADA A ATÉ
R$ 200.000,00 (Duzentos mil reais) POR PROJETO.

C. JUSTIFICATIVA DO PROJETO
1. O PROJETO

2. - PRODUTO PRINCIPAL

- PRODUTO(S) COMPLEMENTAR (ES)


3. PRODUÇÃO DO PROJETO
3.1 DIREITOS DO AUTOR

3.2 RECURSOS MATERIAIS

3.3 ESPAÇOS FÍSICOS

3.4 RECURSOS HUMANOS ENVOLVIDOS


3.5. CRONOGRAMA DE REALIZAÇÃO DO PROJETO (físico e financeiro).
FÍSICO FINANCEIRO (R$)
O QUE SERÁ CUSTO DA
PERÍODO DA REALIZAÇÃO
REALIZADO REALIZAÇÃO

TOTAL
ESTA TABELA NÃO DEVE SER SUBSTITUIDA.
4. O PÚBLICO
4.1. PERFIL DO PÚBLICO –

4.2. PLANO DE DISTRIBUIÇÃO –

4.3 PLANO DE DIVULGAÇÃO -


5. ORÇAMENTO DO PROJETO
5.1. ORÇAMENTO REDUZIDO DO PROJETO
5.1.1 VALORES NECESSÁRIOS

* VALOR TOTAL DO PROJETO: R$ ________________ .

* VALOR SOLICITADO COMO INCENTIVO À CAIC: R$ ....................................

* VALORES OBTIDOS (OU PLEITEADOS) MEDIANTE OUTRAS LEIS DE

INCENTIVO (Protocolo e cópia do projeto): R$ ..................................

* OUTROS APORTES R$ ..................................

TOTAL GERAL: R$

5.1.2. VALORES NECESSÁRIOS POR EXERCÍCIO

* VALORES NECESSÁRIOS COMO INCENTIVO EM 20.... R$

* VALORES NECESSÁRIOS COMO INCENTIVO EM 20....

CADA UM DOS ANOS SUBSEQUENTES R$

* TOTAL R$

5.1.3. PREVISÃO DE RECEITA: R$


INSTRUÇÕES PARA APRESENTAÇÃO DO PROJETO
E INFORMAÇÕES PARA O FORMULÁRIO-GUIA.

INSTRUÇÕES QUANTO AO DETALHAMENTO DO ORÇAMENTO -

1. O detalhamento dos itens e subitens de despesas deve ser informado


de maneira clara. Manter a relação com o cronograma de realização do
empreendimento (físico financeiro).
- Coluna A, informar o item ou subitem de despesa a ser realizado;
- Coluna B, informar a quantidade necessária de pessoas ou material a
ser utilizado para execução da despesa. Exemplo, uma pessoa (diretor,
ator, palestrante, etc.), uma passagem aérea ou ônibus;
- Coluna C, informar a unidade de medida relativa à quantidade
(ocorrência) necessária para execução. Exemplos: Ensaios 02h00min
horas; tecido 20 metros; água 10 litros; serviço; verba; apresentação;
cachê; etc.; ou seja, as unidades de medida normalmente utilizadas no
dia-a-dia;
- Coluna D, informar o preço unitário, ou seja, relativo ao custo
de execução de uma única unidade do item informado.
Exemplo: 01 camiseta R$ 10,00; contador R$ 350,00; 01 Livro; 01 flyer.
- Coluna E – informar o preço em real, neste caso multiplique o valor
unitário pela quantidade (coluna B x coluna D = coluna E).

Sendo o valor total do projeto superior ao solicitado como incentivo


informar 5.2.1 ORÇAMENTO DETALHADO DE TODO O PROJETO e
5.2.2 ORÇAMENTO DETALHADO DA PARTE INCENTIVADA.

Sendo o valor total do projeto igual ao valor solicitado como incentivo


informar apenas 5.2.2 ORÇAMENTO DETALHADO DA PARTE
INCENTIVADA.
5.2. PLANO ORÇAMENTÁRIO DO PROJETO
5.2.1 ORÇAMENTO DETALHADO DE TODO O PROJETO
A B C D E
ITENS E SUBITENS QUANTIDADE UNIDADE DE VALOR POR VALOR
DE DESPESA MEDIDA UNIDADE (R$) EM R$

TOTAL DO PROJETO

5.2. PLANO ORÇAMENTÁRIO DO PROJETO


5.2.2 ORÇAMENTO DETALHADO DA PARTE INCENTIVADA
A B C D E
ITENS E SUBITENS QUANTIDADE UNIDADE DE VALOR POR VALOR
DE DESPESA MEDIDA UNIDADE (R$) EM R$

TOTAL SOLICITADO COMO INCENTIVO

6. PRESTAÇÃO DE CONTAS
6.1. PRAZO PARA PRESTAÇÃO DE CONTAS DO PROJETO -
60 (SESSENTA) DIAS APÓS A DATA DE EXECUÇÃO, PREVISTA NO
FORMULÁRIO NO ÍTEM B. DADOS RESUMIDOS DO PROJETO:

ASSIM, O PRAZO DE PRESTAÇÃO DE CONTAS DESTE PROJETO É PREVISTO


PARA:

DATA_______/_______/_______

6.2. DEMONSTRAÇÃO DA REALIZAÇÃO DO EMPREENDIMENTO.


7. RECIBO DE DISTRIBUIÇÃO DO PRODUTO CULTURAL

RECIBO DE PESSOA FÍSICA

Recebi de ____________________________________ (colocar o nome do proponente)


a doação de ____ (quantificar o número de exemplares doados e o produto, ex: livros,
CD, DVD, etc.) referente ao Projeto _____________________________________
(colocar o nome do projeto cultural), conforme determina a Lei Municipal de Incentivo à
Cultura.

Florianópolis, _____de _____________ de 20___.

_________________________ ______________________
Nome Legível Assinatura

CPF _____________________ RG____________________

RECIBO DE PESSOA JURÍDICA

Recebi de ____________________________________ (colocar o nome do proponente)


a doação de ____ (quantificar o número de exemplares doados e o produto, ex: livros,
CD, DVD, etc.) referente ao Projeto _________________________________
(colocar o nome do projeto cultural), conforme determina a Lei Municipal de Incentivo à
Cultura.
Florianópolis, _____de _____________ de 20____.

________________________________ ___________________________
Responsável pela Instituição Assinatura Carimbo da instituição recebedora
Com CNPJ
ANEXO I
- Documentos do proponente pessoa física ou jurídica conforme
descrito no item “A. 1.” e “A. 2.” das instruções de preenchimento
do formulário guia;
- Informações complementares do projeto e do empreendedor
pessoa física ou jurídica que comprovem sua qualificação técnica
para realização do projeto CURRÍCULO, CLIPAGEM, FOTOS, CDs,
DVDs, CATÁLOGO, todo material que possibilite uma melhor visão
da proposta. A mesma referência para os participantes pessoas
físicas ou jurídicas.

ANEXO II
Modelos de informações para pessoa física e jurídica:
- Carta de anuência;
- Declaração de Residência;
- Declaração de Utilização de Espaço Físico;
- Formulário de intenção de apoio ao projeto.
CARTA DE ANUÊNCIA
Pessoa Física

Florianópolis, de de 20...

Eu .........................................., CI ....................., CPF .................., informo ter


conhecimento do projeto cultural ................................, e concordo em participar do
mesmo na condição de................................., caso o projeto venha a ser aprovado.

Atenciosamente,

_______________________________
CARTA DE ANUÊNCIA
Pessoa Jurídica

Florianópolis, de de 20...

A empresa .........................................., CNPJ....................., neste ato representada


por ................................................., CI..................... CPF......................, informa ter
conhecimento do projeto cultural ................................, e concorda em participar do
mesmo na condição de ................................., caso o projeto venha a ser aprovado.

Atenciosamente,

_______________________________
DECLARAÇÃO DE RESIDÊNCIA

Florianópolis, de de 20...

Eu ......................................................, CI .........................., CPF ................................,


residente à rua ....................................., n°............., bairro .................................
declaro que.....................................CI.............. CPF .................. reside em minha
moradia, desde .................. .

Atenciosamente,

______________________________

OBS: Esta declaração deve ter firma reconhecida em cartório.


DECLARAÇÃO DE UTILIZAÇÃO DE ESPAÇO FÍSICO

Florianópolis, de de 20...

Eu ....................................................., CI .........................., CPF ................................,


proponente do projeto denominado ...................................., declaro que obterei a
autorização necessária do órgão competente para o uso do seguinte espaço
físico: .................................................., firmando o compromisso de entregar a devida
carta de anuência em até 30 dias antes da realização do projeto conforme os
parágrafos 1° e 2°, do artigo 3°, da Portaria N° 007/FCFFC/2011, caso este venha a
ser aprovado.

Atenciosamente,

_______________________________________
(nome e assinatura do proponente)
FORMULÁRIO DE INTENÇÃO DE INCENTIVO

D. DADOS DO CONTRIBUINTE INCENTIVADOR PESSOA FÍSICA


NOME COMPLETO

ENDEREÇO

BAIRRO CEP MUNICÍPIO


FLORIANÓPOLIS
DDD/TELEFONE CELULAR FAX E - MAIL

RG CPF

REGISTRO TER CONHECIMENTO DO PROJETO CULTURAL............................., E


A INTENÇÃO DE INCENTIVAR SUA REALIZAÇÃO, NA MODALIDADE DE
APROVAÇÃO EM QUE FOR ENQUADRADO, CASO O MESMO VENHA A SER
APROVADO, DE ACORDO COM A LEI 3659/91.

FLORIANÓPOLIS, ____/____/____ ___________________________


CONTRIBUINTE
- A FUNDAÇÃO ENTRARÁ EM CONTATO APÓS A PUBLICAÇÃO DA AUTORIZAÇÃO DE
CAPTAÇÃO DO INCENTIVO, PARA CONFIRMAR E ESTABELECER O VALOR, A
MODALIDADE E O CRONOGRAMA DE REPASSE DO INCENTIVO. LEMBRA-SE QUE A
NÃO CONFIRMAÇÃO DO APOIO REVOGA A APROVAÇÃO DO PROJETO CULTURAL.
FORMULÁRIO DE INTENÇÃO DE INCENTIVO

E. DADOS DO CONTRIBUINTE INCENTIVADOR PESSOA JURÍDICA


RAZÃO SOCIAL

RAMO DE ATIVIDADE

ENDEREÇO

BAIRRO CEP MUNICÍPIO


FLORIANÓPOLIS
DDD/TELEFONE CELULAR FAX E - MAIL

CNPJ CMC (Cadastro Municipal)

REGISTRO TER CONHECIMENTO DO PROJETO CULTURAL............................., E


A INTENÇÃO DE INCENTIVAR SUA REALIZAÇÃO, NA MODALIDADE DE
APROVAÇÃO EM QUE FOR ENQUADRADO, CASO O MESMO VENHA A SER
APROVADO, DE ACORDO COM A LEI 3659/91.

FLORIANÓPOLIS, ____/____/____ ___________________________


CONTRIBUINTE
- A FUNDAÇÃO ENTRARÁ EM CONTATO APÓS A PUBLICAÇÃO DA AUTORIZAÇÃO
DE CAPTAÇÃO DO INCENTIVO, PARA CONFIRMAR E ESTABELECER O VALOR, A
MODALIDADE E O CRONOGRAMA DE REPASSE DO INCENTIVO. LEMBRA-SE QUE A
NÃO CONFIRMAÇÃO DO APOIO REVOGA A APROVAÇÃO DO PROJETO CULTURAL.

RESPONSÁVEL PELA EMPRESA


NOME COMPLETO

RG CPF E - MAIL

CARGO QUE EXERCE NA EMPRESA DDD/TELEFONE CELULAR


INSTRUÇÕES PARA APRESENTAÇÃO DO PROJETO
E INFORMAÇÕES PARA O FORMULÁRIO-GUIA.
Após leitura cuidadosa da Lei nº. 3.659/91 e de sua regulamentação, orienta-
se o seguinte:
Os projetos culturais deverão ser apresentados em 02 (duas) vias, sendo uma via
impressa e encadernada e outra em mídia regravável CDR-W, ambas preenchidas
de acordo com as orientações do formulário-guia, juntamente com a documentação
correspondente.

Fazem parte do formulário guia:


a) Solicitação de inscrição do projeto;
b) Dados do proponente, pessoa física ou jurídica;
c) Dados técnicos do projeto;
d) Anexo I - Documentos e informações complementares do proponente e do
projeto;
e) Anexo II – Carta de anuência; Declaração de utilização de Espaço Físico;
Declaração de Residência; Formulário de intenção de apoio ao projeto.

Os quadros ou campos poderão ser expandidos conforme a necessidade de


preenchimento, porém não modificados ou suprimidos, exceto aqueles que possuam
essa informação.
Na apresentação dos projetos culturais, o formulário-guia deverá estar
completo, permitindo que a Comissão de Avaliação de Incentivo Cultural - CAIC
possa analisar criteriosamente e fazer as devidas deliberações.

INFORMAÇÕES DO FORMULÁRIO-GUIA

A protocolização dos projetos será realizada na Gerência de Promoção


Cultural e Projetos da Fundação Cultural de Florianópolis Franklin Cascaes,
mediante a apresentação dos seguintes documentos:

A. 1. NO CASO DO PROPONENTE TRATAR-SE DE PESSOA FÍSICA:


- Cópia da Cédula de Identidade (CI);
- Cópia do Cadastro de Pessoa Física (CPF);
- Comprovante de domicílio no município de Florianópolis (água, luz ou telefone) ou
contrato de locação ou declaração de que reside com familiares (conforme modelo
disponível em formulário-guia), assinada pelo proprietário ou locatário do imóvel,
com firma reconhecida;
- Currículo comprovado na área cultural;
- Certidão Negativa de Débitos Municipais (CND) ou Certidão de não cadastro.
A. 2. NO CASO DO PROPONENTE TRATAR-SE DE PESSOA JURÍDICA:
- Cópia do CNPJ e da Inscrição Estadual atualizados;
- Cópia do instrumento constitutivo da empresa ou instituição e suas alterações,
devidamente registrados;
- Cópia de inscrição junto ao Cadastro Municipal de Contribuintes (CMC);
- Certidões negativas de débitos Municipal, Estadual e Federal;
- Declaração de qualificação técnica da empresa; caso a empresa seja recém-
constituída, apresentar currículo dos dirigentes na área cultural;
- Cópia autenticada da Cédula de Identidade (CI) e do Cadastro de Pessoa Física
(CPF) do responsável pelo projeto.

A. 3. DADOS BANCÁRIOS DO PROJETO PROPONENTE PESSOA FÍSICA OU


JURÍDICA:

O proponente deverá informar a agência bancária de sua preferência para abertura


da conta corrente bloqueada, destinada unicamente a receber os recursos
necessários para execução do projeto, devendo o encerramento da referida conta
ser comprovado na prestação de contas.
A abertura da conta corrente será permitida mediante a concretização das seguintes
condições:
1. Publicação no Diário Oficial do Município autorizando a captação e execução;

2. Apresentação da carta de incentivo ao projeto por parte do incentivador, pessoa


física ou jurídica, a FCFFC conforme modelo disponível no endereço eletrônico
<portal.pmf.sc.gov.br/entidades/franklincascaes>

3. Solicitação de atualização, se necessário, dos documentos de regularidade fiscal


de âmbito Municipal, Estadual e Federal, e ou outras informações ou documentos
que se fizerem necessários; e

4. Envio de correspondência da FCFFC ao gerente da agência indicada pelo


proponente;

** FEITA CAPTAÇÃO DE 20% OU MAIS DO VALOR APROVADO PARA O


PROJETO, A FCFFC SOLICITARÁ AO AGENTE BANCÁRIO, INDICADO PELO
PROPONENTE, O DESBLOQUEIO DA CONTA.

B. DADOS RESUMIDOS DO PROJETO:


1. Citar o nome do projeto;
2. Assinalar com (X) a modalidade desejada para o enquadramento do projeto
cultural, observando o disposto nos incisos III, IV e V do Art. 2º do Regulamento da
Lei nº 3.659/91;
3. Assinalar com um (X) a área em que ele se enquadra prioritariamente;
4. Descrever detalhadamente qual o produto cultural principal resultante do projeto;
acrescentar produtos complementares se houver;
5. Indicar em que locais o projeto será realizado: (praça(s), escola(s), teatro(s) etc.);
6. Definir o período de início do projeto (mês e ano);
7. Definir o período de término do projeto (mês e ano);
8. Informar o valor total do projeto, incluindo o valor solicitado como Incentivo;
9. Informar o valor solicitado como incentivo junto à FCFFC. Limite de R$ 80.000,00
(oitenta mil reais) por projeto. Decreto nº 4057/2006.
C. DESCRIÇÃO DO PROJETO
1. O PROJETO
- Justificar sua realização do ponto de vista cultural. Incluir no anexo I: roteiro,
projetos gráficos, cenográficos ou arquitetônicos, textos e outros elementos que
facilitem sua compreensão, de acordo com as peculiaridades da área em que ele se
enquadra.

2. O PRODUTO
- Descrever detalhadamente o produto cultural principal resultante do projeto,
informando suas características técnicas, de acordo com a área em que ele se
enquadra, como: espetáculo, livro, CD’s, exposição, filme etc. - Por exemplo, no
caso de livro: formato, número de páginas, papel a ser utilizado, tiragem, etc.;
- Se houver produtos culturais complementares, informar também suas
características técnicas.

3. PRODUÇÃO DO PROJETO

3.1. DIREITOS DO AUTOR


- Apresentar documento de cessão de direitos autorais ou declaração de autoria; ou
- Apresentar documentos do órgão controlador de direitos autorais informando os
valores a serem pagos pela utilização da(s) obra(s), sendo estes valores
posteriormente informados no orçamento; ou no caso de domínio público quando for
o caso.

3.2. RECURSOS MATERIAIS


- Descrever os meios necessários à realização do projeto. Ex: Espaços físicos,
tendas, iluminação, sonorização, camarins, transportes, palcos, banheiros químicos,
etc.
3.3. ESPAÇOS FÍSICOS
- Apresentar uma Declaração do proponente de que obterá as autorizações
necessárias em caso de uso de espaços públicos ou privados, tais como: teatros,
clubes, cinemas, associações e centros comunitários, escolas, ginásios, igrejas,
universidades, associações culturais, museus, bibliotecas, logradouros públicos ou
patrimônios históricos (parque, praças, largos, ruas, avenidas, bosques, praias, etc.);
- O proponente deverá entregar as cartas de anuência e/ou as autorizações dos
órgãos competentes, comprovando a Declaração supracitada, até 30 dias antes da
realização do projeto.
- Incorporar no ANEXO II as cartas de anuência dos espaços físicos e autorizações,
se houver.

3.4. RECURSOS HUMANOS ENVOLVIDOS


- Nomear os participantes do projeto com suas respectivas funções, tais como:
coordenadores, diretores, produtores, curadores, músicos, intérpretes, coreógrafos,
dançarinos, atores, regentes, maestros, pesquisadores, fotógrafos artísticos,
ilustradores, designer, grupos, companhias, artistas de modo geral. Apresentar suas
cartas de anuência, incorporando-as ao ANEXO II.
3.5. CRONOGRAMA DE REALIZAÇÃO (físico e financeiro)
- Apresentar cronograma de realização (plano de trabalho) físico e financeiro do
projeto e suas respectivas etapas, estabelecendo correspondência com o
orçamento. Físico - Informar quando e quais itens e subitens de despesas serão
realizados nos respectivos períodos. Financeiro - Informar qual o custo da
realização da despesa.
O plano de trabalho dever iniciar pelo período de captação.

FÍSICO - FINANCEIRO
Exemplos: Jan - Contratação de diretor R$ 0,00.
Fev - Impressão de folhetos R$ 0,00.
R$ TOTAL
4. O PÚBLICO
4.1. PERFIL DO PÚBLICO
- Informar qual o número estimado de pessoas que o projeto pretende atingir e
caracterizar o público-alvo do produto.

4.2. PLANO DE DISTRIBUIÇÃO


- Informar se o público será pagante, se haverá redução de preço em função do
incentivo ou outro modo de facilitar o acesso mais amplo à população.
- Relacionar as Instituições para as quais será distribuído o produto principal do
projeto, com as respectivas quantidades.
- Quantificar a distribuição destinada ao público.
- Nos produtos totalmente incentivados, deverá constar a informação “Produto
Cultural Incentivado pela Lei Municipal de Incentivo à Cultura - VENDA
PROIBIDA” e destinar uma cota mínima de 20% de contrapartida para a FCFFC.
- Nos produtos parcialmente incentivados, deverá constar a informação “Produto
Cultural Parcialmente Incentivado pela Lei Municipal de Incentivo à Cultura”,
mantendo a cota de 10% de contrapartida para a FCFFC.

4.3. PLANO DE DIVULGAÇÃO


Apresentar o plano detalhado necessário à divulgação do projeto, tais como:
cartazes, folhetos, convites, outdoor, flyer, folder, busdoor, mala-direta, assessoria e
imprensa, blogs, internet, jornal impresso, anuncio em rádio e TV, faixas, camisetas
e ou bonés customizados e outros.

5. ORÇAMENTO DO PROJETO
5.1. ORÇAMENTO REDUZIDO DO PROJETO

5.1.1 VALORES NECESSÁRIOS


- Informar o valor total do projeto;
- Informar o valor solicitado como incentivo à FCFFC;
- Quando for o caso, informar valores disponíveis, resultantes de investimento
próprio do empreendedor;
- Quando for o caso, informar valores resultantes de empréstimo bancário, de co-
produção, etc.
- Quando for o caso, informar valores obtidos (ou pleiteados) através de outras leis
de incentivo à cultura (Lei Rouanet, Lei do Audiovisual, FIA, Funcultural, etc.),
apresentando as respectivas comprovações. Ressalta-se que itens de despesas não
podem se repetir em diferentes leis de incentivo à cultura.

5.1.2. VALORES NECESSÁRIOS POR EXERCÍCIO


- Citar os valores necessários como incentivo em 2011 e, se for o caso, para o
exercício subsequente, pleiteados à Lei de Incentivo.

5.1.3. PREVISÃO DE RECEITAS


- Nos projetos parcialmente incentivados, havendo previsão de receitas, deverão ser
especificados os valores resultantes da venda de ingressos, livros, vídeos, CDs, etc.

5.2. PLANO ORÇAMENTÁRIO DO PROJETO

5.2.1 ORÇAMENTO DETALHADO DE TODO O PROJETO


- Informar detalhadamente todos os itens e subitens de despesas, incluindo os itens
pleiteados em outras Leis de Incentivo e/ou aportes particulares, se houver.

5.2.2 ORÇAMENTO DETALHADO DA PARTE INCENTIVADA


- Informar detalhadamente todos os itens e subitens de despesas e as informações
necessárias para realizá-los, limitado ao valor solicitado como incentivo.

6. PRESTAÇÃO DE CONTAS
6.1. O PRAZO PARA PRESTAÇÃO DE CONTAS DE PROJETOS CULTURAIS
- Corresponde a 60 (sessenta) dias após a data de execução do projeto (conforme
previsto no formulário B. DADOS RESUMIDOS DO PROJETO, ITEM 8).

OBS:
- A prestação de contas deverá ser realizada conforme o Formulário de Prestação
de Contas, disponível no site www.portal.pmf.sc.gov.br/entidades/franklincascaes.

– Após a conclusão do projeto, não mais poderão ocorrer despesas ou


liquidação de despesas. Todo o projeto deverá estar executado. O período de
60 dias deverá ser utilizado unicamente para prestação de contas.

6.2. DEMONSTRAÇÃO DA REALIZAÇÃO DO EMPREENDIMENTO:


Informar e comprovar como executou o produto cultural do projeto, podendo ser:
- Formulário de Prestação de contas da Lei de Incentivo;
- Cópia de cartaz, flyer, banner, programa;
- Cópias de registros fotográficos;
- DVD de shows;
- Cópias de cheques (nominais e cruzados);
- VT de divulgação na mídia televisiva;
- Outros.

7. RECIBO DE DISTRIBUIÇÃO DO PRODUTO CULTURAL:


- Informar os recibos com os dados solicitados;
- Os recibos deverão obrigatoriamente ser apresentados na prestação de contas;