Você está na página 1de 3

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA – UDESC

CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ALTO VALE DO ITAJAÍ – CEAVI


DIREÇÃO DE ENSINO – DEN

PLANO DE ENSINO

DEPARTAMENTO: ENGENHARIA SANITÁRIA

DISCIPLINA: COMPLEMENTO DE TRATAMENTO DE ÁGUAS RESIDUÁRIAS


SIGLA: 74OP102

PROFESSOR(A): TIAGO JOSÉ BELLI E-MAIL: tiago.belli@udesc.br

CARGA HORÁRIA TOTAL: 36 h TEORIA: 36 h PRÁTICA: 2 h

CURSO(S): BACHARELADO ENGENHARIA SANITÁRIA

SEMESTRE/ANO: II/2017 PRÉ-REQUISITOS:

OBJETIVO GERAL DO CURSO:


O Curso de Engenharia Sanitária do Centro de Educação Superior do Alto Vale do Itajaí – CEAVI, da
UDESC/ Ibirama, objetiva formar profissionais da engenharia habilitados à preservação, ao controle, à
avaliação, à medida e à limitação das influências negativas das atividades humanas sobre o meio ambiente,
de modo a atender as necessidades de proteção e utilização dos recursos naturais de forma sustentável,
aliando novas metodologias e tecnologias na exploração, uso e tratamento da água, nos projetos de obras de
saneamento, que envolvem sistemas de abastecimento de água, sistemas de esgotamento sanitário, sistemas
de limpeza urbana, bem como no desenvolvimento de políticas e ações no meio ambiente que busquem o
monitoramento, o controle, a recuperação e a preservação da qualidade ambiental e da saúde pública.

EMENTA:
Introdução. Decantação. Tratamento secundário: lodos ativados e filtração biológica. Produção e
secagem de lodo. Digestão e tratamento terciário. Efluentes industriais.

OBJETIVO GERAL DA DISCIPLINA


Proporcionar ao aluno conhecimentos sobre métodos e técnicas alternativas de tratamento de águas
residuárias

OBJETIVOS ESPECÍFICOS/DISCIPLINA:
Objetivo específico 1- Estudar métodos alternativos para avaliação da atividade nitrificante;
Objetivo específico 2- Estudar a cinética da remoção biológica de fósforo;
Objetivo específico 3- Avaliar a remoção de fósforo via organismos desnitrificantes acumuladores de
fósforo;
Objetivo específico 4- Estudar parâmetros operacionais relativo aos biorreatores à membrana;
CRONOGRAMA DAS ATIVIDADES:
Nº Data Horário H.A. Conteúdo
01 07/08 07:30 – 09:10 02 Apresentação do Plano de Ensino
02 14/08 07:30 – 09:10 02 Revisão sobre tratamento secundário de efluentes
Oxidação da matéria carbonácea
03 21/08 07:30 – 09:10 02 Revisão sobre tratamento secundário de efluentes
Nitrificação e desnitrificação
04 28/08 Respirometria
Conceitualização da técnica
06 04/09 07:30 – 09:10 02 Respirometria
Taxa de consumo de oxigênio
Exercícios
07 11/09 07:30 – 09:10 02 Remoção biológica de fósforo
Sistemas clássicos
Processo EBPR
08 18/09 07:30 – 09:10 02 Remoção biológica de fósforo
Organismos acumuladores de fósforo (PAO) e
organismos desnitrificantes acumuladores de fósforo
(DPAO).
Exercícios
09 25/09 07:30 – 09:10 02 Remoção biológica de fósforo
Mesa redonda para discussão de artigo
10 02/10 07:30 – 09:10 02 Primeira avaliação – P1
11 09/10 07:30 – 09:10 02 Biorreator à membrana
12 16/10 07:30 – 09:10 02 Biorreator à membrana – Continuação
Discussão de resultados acerca da operação de
BRMs
13 23/10 07:30 – 09:10 02 Processo de coagulação e floculação em BRMs
para controle da colmatação.
14 30/10 07:30 – 09:10 02 Eletro biorreator à membrana
15 06/11 07:30 – 09:10 02 Eletro biorreator à membrana – Continuação
Discussão de resultados acerca da operação de
BRMs
16 13/11 07:30 – 09:10 02 Segunda Avaliação – Seminário (S1)
17 20/11 07:30 – 09:10 02 Segunda Avaliação – Seminário (S1)-Continuação
18 27/11 07:30 – 09:10 02 Terceira avaliação – P2
Somatório de H.A. 36
11/12 07:30 – 09:10 Exame

METODOLOGIA PROPOSTA:
O programa será desenvolvido através de aulas expositivas dialogadas, utilização de vídeos e aulas
de exercícios.

AVALIAÇÃO:
O aluno será avaliado através de 02 (duas) provas escritas e individuais (P1 e P2) e 01 (um)
seminário em equipe (S1), que serão realizadas ao longo do semestre letivo, com média final
calculada da seguinte forma:

MF=( P1+P2+S1+)/3
BIBLIOGRAFIA BÁSICA:

Von SPERLING, Marcos. Lodos ativados. Belo Horizonte: UFMG/DESA, 2012. 428 p.
(Princípios do tratamento biológico de água residuárias. (Número de chamada: 628.39 S749l 3.ed.
2012)
SANTANNA, Geraldo Lippel, DEZOTI, M. e BASSIN, João Paulo. M. Processos
Biológicos Avançados para Tratamento de Efluentes e Técnicas de Biologia Molecular para o
Estudo da Diversidade Microbiana. Rio de Janeiro: Interciência, 2011. 358 p. (Número de chamada:
628.35D532p2011)

NUVOLARI, Ariovaldo. Esgoto sanitário: coleta, transporte, tratamento e reúso


agrícola. São Paulo: E. Blücher, 2003. 520 p. (Número de chamada: 628.3 E75)

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR:

ANDREOLI, Cleverson Vitório PROGRAMA DE PESQUISA EM SANEAMENTO


BÁSICO. Alternativas de uso de resíduos do saneamento. Curitiba: Rio de Janeiro: ABES, 2006.
398 p. (PROSAB ; 4.). ISBN 8570221517 (broch.). (Número de chamada: 628 A466).

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. Tanques sépticos: unidades de


tratamento complementar e disposição final dos efluentes líquidos : projeto, construção e
operação .Rio de Janeiro: ABNT, 1997. 60 p. (Número de chamada: 628.13 A849t 1997 N)

CHERNICHARO, Carlos Augusto de Lemos (Coord. ). Pós-tratamento de efluentes de


reatores anaeróbios. Belo Horizonte: Finep, 2001. 3 v. (Esgoto). ISBN v.1-8590164020 (Broch.).
(Número de chamada: 628.35 P858)

JORDÃO, E. P.; PESSSÔA, C. A. Tratamento de esgotos domésticos. 3.ed. – Rio de Janeiro:


ABES, 1995 720p. (CCT - Número de chamada: 628.3 P475t)

SANTANNA JR, Geraldo Lippel. Tratamento biológico de efluentes – Fundamentos e


aplicações. Interciência. Rio de Janeiro. 2010). (Número de chamada: 628.3 S232t 2.ed. 2013)

SANTOS, Maria de Lourdes Florêncio dos; BASTOS, Rafael Kopschitz Xavier; AISSE,
Miguel Mansur PROGRAMA DE PESQUISA EM SANEAMENTO BÁSICO. Tratamento e
utilização de esgotos sanitários. Recife: Rio de Janeiro: ABES, 2006. 403 p. (PROSAB ; 2). ISBN
8570221525 (broch.). (Número de chamada: 628 T776)

SPERLING, Marcos von. Introdução a qualidade das águas e ao tratamento de


esgotos. 1 ed. Belo Horizontes: UFMG- Escola de Biblioteconomia, 1995. 240 p. (CCT - Número
de chamada: 628.3 S749i)

SPERLING, Marcos Von. Introdução à qualidade das águas e ao tratamento de


esgotos. Belo Horizonte: UFMG/DESA, 2005. 452 p. (Princípios do tratamento biológico de águas
residuais, 3º edição.