Você está na página 1de 2

Os efeitos da pílula do dia seguinte em mulheres com sobrepeso/obesidade:

uma revisão sistemática

Julia Vieira Machado, Karina Gonçalves Faria, Lara Esteves Ferreira de


Oliveira Almeida, Vitória Dias Campos, Selma Regina Miranda Pereira
Machado JV¹, Faria KG¹, Almeida LEFO¹, Campos DC¹, Pereira SRM²

¹Acadêmico na Faculdade de Ciências Médicas e da Saúde de Juiz de Fora – Suprema


²Docente na Faculdade de Ciências Médicas e da Saúde de Juiz de Fora – Suprema

Introdução: A prevenção da gravidez indesejada é uma preocupação de saúde


pública e tem o levonorgestrel como método mais comum de Contracepção de
Emergência (CE). Apesar disso, não é um método 100% confiável, já que
demonstra comprometimento de sua eficácia em mulheres com sobrepeso.
Objetivo: Expor as evidências científicas acerca do tema em questão, no que
tange o uso do levonorgestrel em mulheres com sobrepeso/obesidade.
Métodos: Busca realizada entre 28 de agosto e 20 de setembro na base
indexadora MedLine com a frase de pesquisa: (“body weight” OR obesity) AND
(levonorgestrel OR “morning after pill” OR “plan B”). Utilizaram-se os filtros: 5
years, english, humans, sendo localizados 41 artigos. Do total, 9 foram utilizados
para elaboração desse trabalho. Resultados: O levonorgestrel tem uma
eficiência de 89% se usada corretamente dentro das 72 horas após a relação
sexual desprotegida. Em contrapartida o risco de gravidez é 3 vezes maior para
mulheres obesas (>30 kg/m²) e 1,5 vezes maior para mulheres com excesso de
peso. A eficácia pode estar relacionada com alterações metabólicas associada
com a obesidade, o aumento da massa corporal ou o tecido adiposo. Além disso,
a farmacocinética do contraceptivo oral é alterada em mulheres obesas devido
a maior atividade do eixo hipotalâmico-pituitário-ovariano. Conclusão: A CE é
um benefício para todas as mulheres em risco de gravidez após a relação sexual
desprotegida, porém, seu uso deve ser evitado em casos de sobrepeso pela
perda da eficácia. Nesse contexto, a estratégia mais eficaz é o dispositivo
intrauterino de cobre.

Palavras-chave: Levonorgestrel; Pílula do dia seguinte; Sobrepeso;

Referência Bibliográfica:

1-Mohammad Shohe,et al.A systematic review of effectiveness and safety of


different regimens of levonorgestrel oral tablets for emergency
contraception.BMC Women's Health 2014;1-10.

2- Mario Philip R. Festin,et al.Effect of BMI and Body Weight on Pregnancy


Rates with LNG as emergency contraception: analysis of four WHO HRP
studies.Contraception 2016;1-17.

3-Nathalie Kapp,et al.Effect of body weight and BMI on the efficacy of


levonorgestrel
emergency contraception.Contraception 2014;97-104.
4-Kelly Cleland, et al.Emergency contraception review: evidence-based
recommendations for clinicians.Clin Obstet Gynecol 2014;741–50.

5-Pelin Batur.Emergency contraception: Separating fact from fiction.Cleveland


clinic journal of medicine 2012;771-6.

6- K. Gemzell-Danielsson, et al.Impact of bodyweight/body mass index on


the effectiveness of emergency contraception with levonorgestrel: a pooled-
analysis of three randomized controlled trials.CMRO 2015;1-8.

7-Alison B Edelman,et al.Impact of obesity on oral contraceptive


pharmacokinetics and hypothalamic-pituitary-ovarian activity.Contraception
2009;119-27.

8-Lynne Y,et al.Levonorgestrel Intrauterine Device Use in Overweight


and Obese Women.HAWAI‘I JOURNAL OF MEDICINE & PUBLIC HEALTH
2015;369-74.

9-Tara C, et al.Safety and effectiveness data for emergency contraceptive pills


among women with obesity: a systematic review.Contraception 2016;1-21.

Autor/Apresentador: Lara Esteves Ferreira de Oliveira Almeida /


laraoliveiralmeida@hotmail.com

Coautores: - Julia Vieira Machado / Juliamachado.vieira12@gmail.com

- Karina Gonçalves Faria / karinagfaria30@yahoo.com.br

- Vitória Dias Campos / vittoria.dias@hotmail.com

Orientador: Profª. Drª. Selma Regina Miranda Pereira

Você também pode gostar